Envie sua história!
Não deixe de fazer parte deste grupo.

Sobre o site & Projetos
O Espaço Criativo está no há mais de um ano com o intuito de fornecer o melhor para seus autores e leitores.

Conheça nossos projetos!

Creidim

por Luh Marino

O que existe fora da nossa realidade é algo que não podemos descobrir ou controlar. Quando você duvida de algo, tenha certeza do que está escolhendo. Às vezes, você pode estar muito, muito errado. Agora cabe a você acreditar.

{Outros, Andamento}

~ Leia a História

11/10/2017

Nossa equipe
Conheça um pouco mais sobre quem faz o site!

Beta-readers

Quem cuida das suas histórias!

Capistas

Quem faz as melhores capas!

Resenhistas

Quem faz os melhores resumos!

Colunistas

Quem te dá as melhores dicas!

Trailer Makers

Quem faz os melhores trailers!

Criticistas

Quem te ajuda a melhorar!
Últimas Atualizações
Confira

Últimas Atualizações!

dez. 10, 2017 by

Lembrete: As atualizações são anunciadas diariamente pelo twitter da equipe. Siga o perfil para saber quais histórias foram atualizadas!

Não deixe de acompanhar as nossas redes sociais! Estaremos atualizando-as com frequência!
Página do Facebook | Ask.fm | Twitter

PARA ATUALIZAÇÕES DA SEMANA PASSADA, CONFIRA POSTS ANTERIORES!

NOVAS!

ATUALIZAÇÕES

A Herança, Capítulo 19 {Outros, Restrita}
Angelus Novus, Capítulo 02 {Original}
I Don’t Know Love, Capítulo 06 {Asiáticos, Não-Interativa}
Nicht Mögen, Capítulo 03 {Artistas, André Schürrle, Restrita}
Versalhes: O Garoto dos Meus Sonhos, Capítulos 07 a 09 {Outros, Não-Interativa} – Saiu do Hiatus!

CAMPANHA: VAMOS DAR TRABALHO ÀS BETAS!
ENVIE SUA HISTÓRIA PARA NÓS! CLIQUE AQUI.

[www] Está precisando de novas ideias ou não quer mais alguma que possui? Participe do Adote Uma Ideia!
[www] Escreva uma história em parceria com outro(a) autor(a)! Participe do Co-Written!
[www] Vagas abertas! Inscreva-se!

Últimas Atualizações!

nov. 26, 2017 by

Lembrete: As atualizações são anunciadas diariamente pelo twitter da equipe. Siga o perfil para saber quais histórias foram atualizadas!

Não deixe de acompanhar as nossas redes sociais! Estaremos atualizando-as com frequência!
Página do Facebook | Ask.fm | Twitter

PARA ATUALIZAÇÕES DA SEMANA PASSADA, CONFIRA POSTS ANTERIORES!

NOVAS!

Route 55, por Lay {Outros, Andamento}Parte do Adote Uma Ideia!

ATUALIZAÇÕES

A Última Mihail – A Caçadora de Vampiros, Capítulo 03 {Original}
Angelus Novus, Capítulo 02 {Original}
Our Worlds Collide, Capítulo 20 {Outros}

CAMPANHA: VAMOS DAR TRABALHO ÀS BETAS!
ENVIE SUA HISTÓRIA PARA NÓS! CLIQUE AQUI.

[www] Está precisando de novas ideias ou não quer mais alguma que possui? Participe do Adote Uma Ideia!
[www] Escreva uma história em parceria com outro(a) autor(a)! Participe do Co-Written!
[www] Vagas abertas! Inscreva-se!

First Sensibility, por Pâms {Asiáticos, EXO, Finalizada}

dez. 11, 2017 by

First Sensibility {Asiáticos, EXO, Finalizada}

Nota: (4 / 5)

RAZÕES PARA LER: A história tem um enredo muito interessante e é gostosa de se ler. Apesar de estar classificada com uma banda em específico, pode ser lida com qualquer artista coreano. O final foi ótimo, não esperava por ele daquela forma.

O QUE PODE MELHORAR: A história possui alguns erros gramaticais e de digitação, assim como alguns verbos conjugados de forma indevida. A autora precisa tomar cuidado também com o uso das vírgulas que pode causar uma leve confusão no sentido da frase quando colocada no lugar errado. Observei que alguns nomes/sobrenomes eram fixos, incluindo o nome “Suho” que é um dos integrantes do EXO, caso ele fosse meu favorito poderia haver uma grande confusão.

DICA: Como a história tem elementos de uma cultura não muito conhecida aqui no Brasil, seria legal se a autora colocasse uma nota de rodapé com o significado das palavras estrangeira e a forma como se pronuncia cada uma. Também poderia ser avisado na tabela da história que alguns nomes e sobrenomes são fixos e quais.

SUGESTÃO DE COLUNA: Dicas de Ortografia – A vírgula de cada dia
Dicas de Ortografia – Concordando com o Verbo
Eu, você e os tempos verbais
O que vem depois do travessão
Dicas de Gramática – Colocação Pronominal

– Crítica por: Eve

O site possui a permissão do autor em elaborar postar todas as críticas divulgadas em nosso domínio.
Leia outras críticas aqui.


Dicas de Gramática – O Uso do “que” Parte I

dez. 5, 2017 by

O “que” é uma palavrinha muito versátil e que tem diversas utilidades na língua portuguesa. Por causa disso, é muito comum que acabemos utilizando-a várias e várias vezes ao longo do nosso texto, sem perceber que acaba ficando muito repetitivo. Muitas das funções realizadas pelo “que” podem ser, na verdade, substituídas por palavras adequadas a cada situação, o que elimina o excesso e limpa nosso texto. Nesta coluna, que é dividida em duas partes, vamos explicar melhor um pouco as diversas funções do “que”. A parte um aborda os casos em que ele não pode ser substituído, e a segunda parte, aqueles que não têm problema trocar por alguma outra palavra com o mesmo valor. Se você sente dificuldades com isso, não deixe de conferir!

PARTE I – Uso do QUE: Insubstituível

O “que” pode funcionar como substantivo, e, neste caso, é sempre acentuado graficamente. É também quando nomeamos a letra do alfabeto “Q”, ou quando usamos a palavra para falar dela mesma, como estou fazendo nesta coluna (no entanto, como vai ficar bastante repetitivo, preferi deixa-lo entre aspas para destacar quando ele é o assunto!). Como substantivo, ele pode exercer várias funções, por isso é difícil substituí-lo.
Exemplos: Todo o seu discurso tem um quê de arrogância.
Tal palavra escreve-se com quê.
Este quê exerce o papel de objeto direto.

Outros três casos em que é bom deixar o “que” é quando ele se torna um pronome interrogativo substantivo, um pronome indefinido substantivo ou um pronome interrogativo adjetivo. No primeiro caso, ele não determina um substantivo, ligando-se ao verbo, e deve ser acentuado no final da frase.

Exemplos: O que fazes aqui?
Desconfia de quê?

No segundo caso, ele sempre tem um sentido mais vago, e também é acentuado:

Disse-me não sei o quê e foi embora.
Chegou anunciando não vi bem o quê.

E por fim, o último caso ele tem a função sintática de adjunto adnominal, ou seja, delimita o significado de um substantivo quando se conecta a ele, o que o pronome interrogativo substantivo não faz.

De que candidato estamos falando?

O “que” também é extremamente importante na construção de orações subordinadas como conjunção integrante, ou seja, ela vai integrar uma nova frase, normalmente com sentido de objeto ou complemento, à outra frase. Lembrando que objeto é, neste caso, a frase que vai completar o sentido do verbo, e complemento, a mesma coisa, só que complementa o sentido do substantivo! Em geral, as orações substantivas são as que mais utilizam a conjunção integrante “que”. Então, a frase seguinte vai ter o valor de algum desses elementos sintáticos (objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, sujeito…)

Exemplos: É urgente que você seja aprovado. (complementa o substantivo “urgente”)
Desejo que você seja aprovado. (objeto direto de “desejar”, quem deseja, deseja alguma coisa)
A verdade é que triunfamos. (predicado da oração principal, completa o sentido de o que a verdade é).

O último caso do uso do “que”, e provavelmente o mais fácil de ser lembrado, é quando ele funciona como interjeição. Mais uma vez, ele é sempre acentuado graficamente.

Exemplos: Quê!? Você ainda não saiu de casa?

Na próxima coluna, continuação desta, veremos os casos em que a palavra torna-se substituível ou até mesmo descartável, sendo possível limpá-la de nosso texto e então evita-la conforme nos acostumamos com seus usos!

Coluna por Annelise Stengel

CAMPANHA: VAMOS DAR TRABALHO ÀS BETAS!
ENVIE SUA HISTÓRIA PARA NÓS! CLIQUE AQUI.

[WWW] Vagas abertas! Inscreva-se!

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das novidades!