Espaço Criativo Vip

25 anos, quase bióloga, aspirante a escritora, apaixonada pela cultura pop e cult ao mesmo tempo, gosto de criar mundos fantásticos e mundos cotidianos <3.

• Quando você começou a escrever fanfics?
Eu comecei a escrever em maio de 2020, bem no início da pandemia. Eu já tinha tido vontade de escrever algumas outras vezes antes, mas nunca sobrava o tempo que a situação pandêmica me trouxe, então foi uma oportunidade que eu aproveitei e estamos aí até hoje.

• Qual gênero você se sente mais à vontade de escrever?
Eu me viro bem em vários gêneros, mas o que eu genuinamente me sinto muito feliz e confortável é sobrenatural/suspense.

• Como autor, qual é o maior desafio na hora da escrita?
Pra mim, o principal desafio é a constância de um personagem. Quando eu começo a escrever, gosto de ir pelo feeling e ir conhecendo meus protagonistas aos poucos, mas logo logo eu preciso traçar suas escolhas e suas reações aos acontecimentos, e isso geralmente é um pouco difícil pra mim, porque sempre tenho preocupação de que, do nada, posso mudar alguma coisa no futuro e o querido (a) vai tomar uma atitude que não seria condizente com suas ações até o momento (deu pra entender? É basicamente isso HAUSH). Ir direto ao ponto também é um enorme desafio pra mim na escrita.

• De onde vem a inspiração para suas histórias?
Sinceramente: de macho RSRSRSRS. Sacanagem, mas minha inspiração vem 99% das vezes do meu lado fã, que não tem muito critério e nem muita decência, mas normalmente músicas e livros também ajudam a me transmitir pra história.

• Qual a maior dificuldade que você encontra como autora?
A minha própria cabeça kkkrying. Sem brincadeira, eu acho que escrever é de uma gratificação imensa, mas muitas vezes tenho dificuldade de equilibrar as coisas dentro da mente, porque tenho uma vida de estudante, quase professora e quase pesquisadora, de vez em sempre as coisas se embolam e no fim do dia eu me sinto cansada, pensando que não consigo dar conta de tudo e, assim, não vou dar conta do meu plot. Mas são apenas pormenores; a organização de tempo é algo que eu tô aprendendo dia após dia pra continuar entregando meu melhor.

• Qual história sua você indica para um leitor que acabou de te conhecer?
Se gostar de K-Pop, já vai direto pra Focus of my blur: Filme I porque agrada a 98% dos públicos, e geralmente a galerinha não se importa em ler com pp fixo. Se não gosta, eu indico Ghost Feelings porque é ótima e é interativa, serve a muita gente e te deixa muito curiosa com os próximos acontecimentos.

• Você prefere escrever fanfics ou histórias originais? Por quê?
Eu comecei com as fanfics e confesso que é mais fácil porque tenho facilidade de incorporar as personalidades da minha cabeça em um rosto que já existe hahaha mas já me aventurei nas histórias originais e pretendo voltar, vou confiar na minha capacidade de fazer um personagem muito querido nascido apenas da imaginação HAUSHAU

• Como você dribla o bloqueio criativo?
Na maioria das vezes eu só largo e vou viver HAUSHU na verdade, eu começo entendendo as raízes do meu bloqueio. Às vezes, o que a gente acha que é bloqueio é apenas cansaço e falta de clareza. Precisa sentar e tirar um tempo pra reavaliar sua rota, reler, começar tudo de novo se precisar. Até hoje, eu tive certeza que estava bloqueada em uma só história, então uma das formas de superar isso era ir escrever outra coisa. Se isso não funcionar, eu deixo pra lá e vou dormir, assistir alguma coisa, ler, etc. Rapidinho as coisas voltam pro lugar 🙂

• Existe alguma ambição que deseja realizar como autor?
Lançar um livro, com certeza. Principalmente de Focus, que é a minha história com mais público, mas também gostaria de continuar uma fic que comecei sobre ficção científica, seria um enorme passo pra mim e tenho certeza que eu iria me divertir muito escrevendo.

• Alguma história sua possui um significado pessoal para você, que queira dividir com seus leitores?
Ghost Feelings foi minha primeira fanfic e, sinceramente, é cheia de defeitos e falta de técnica, mas é minha favorita por pura memória afetiva e porque é o marco mais evidente da minha evolução. Faz eu olhar pra trás e ver o quanto eu melhorei e ainda tenho pra melhorar, fora as lembranças dos dias que eu escrevia enquanto chovia ou tinha um dia inteiro sem fazer nada pra me dedicar a isso HAUSHU Fora que é um belo começo da minha vida fanfiqueira: iniciar com um gênero que eu amo tanto quanto sobrenatural. É cheia de importância por esses e tantos motivos.

Histórias

Total de 31 histórias

1 step forward, 3 steps back | Original, Finalizada
28 | K-pop, BTS, Restrita, Finalizada
A Céu Aberto | K-pop, BTS, Finalizada | Projeto Quiz
A Dualidade de Murphy | K-pop, Crossover (NCT & BTS), Finalizada
All I Got | K-pop, GOT7, Finalizada
Azar Majoritário | K-pop, NCT, Finalizada
Azul & Cinza | K-pop, BTS, Restrita, Finalizada
Biscoitos de Natal | K-pop, NCT, Finalizada
Black Swan | K-pop, BTS, Não-interativa, Finalizada
Breathe | K-pop, DPR Ian, Finalizada
Bungee | K-pop, NCT, Finalizada
Cifrão ao Cubo | K-pop, BTS, Restrita, Finalizada
Contratempo de Primeira (Vez) | K-pop, NCT, Restrita, Finalizada
Dancing in the Rain | K-pop, NCT, Finalizada
Dom & Becky | K-pop, NCT, Finalizada
Dope | K-pop, BTS, Finalizada
Focus of my blur: Filme I | K-pop, BTS, Restrita, Finalizada
Focus of my Blur: Filme II | K-pop, BTS, Restrita, Andamento
Ghost Feelings | K-pop, BTS, Andamento
Heart Attack | K-pop, SHINee, Não-interativa, Finalizada
Interlude: Shadow | K-pop, BTS, Finalizada
Johnny-Bell em Busca de Sininho | K-pop, NCT, Finalizada
Life Is Still Going On | K-pop, NCT, Finalizada
Look Up At The Stars | Artistas, Shawn Mendes, Finalizada
O Presente de Jojo’s | K-pop, NCT, Finalizada
Reflection | K-pop, BTS, Restrita, Não-interativa, Finalizada
Skool Luv Affair | K-pop, BTS, Finalizada
Snøstorm | K-pop, BTS, Finalizada
Thank You Sorry | K-pop, GOT7, Finalizada
The Truth | K-pop, BTS, Finalizada | Adote Uma Songfic
Your Eyes Tell | K-pop, BTS, Finalizada | Adote Uma Songfic

Conteúdo Extra

You cannot copy content of this page