Home

Atualizações
Colunas
Críticas

Projetos

Adote Uma Ideia
Leitor Criativo
Quiz Criativo
Songfics

Informativo

Destaques
Vagas abertas
Torne-se VIP

VOCÊ SABIA? As atualizações são anunciadas diariamente pelo nosso twitter. Siga o perfil para saber quais histórias foram atualizadas!

⥃ CONFIRA ATUALIZAÇÕES PASSADAS

Histórias Vip
  1. Be, por Ray Dias
    | K-Pop, BTS, Andamento
  2. Mafia's Paradise, por Pâms
    | Original, Andamento
  3. Sight, My Sight, por M-Hobi
    | K-Pop, Seventeen, Restrita, Finalizada
  4. Entre CEO's, por Ray Dias
    | Artistas, Woo Do Hwan, Restrita, Andamento
  5. Lady Lewis, por Pâms
    | Séries, Bridgerton, Finalizada

Uso de “obrigada” e “obrigado”
|| quinta-feira 18 de fevereiro de 2021 às 17:00 - Comentários
|| Arquivado em: Colunas, Postagens

“Como é que diz?” “Obrigada.”

Aposto dois reais que você já ouviu um pai ou uma mãe dizer isso para a criança deles. Agradecer é uma das primeiras coisas que aprendemos a fazer socialmente. Se alguém te faz um favor, você agradece. Se alguém te elogia, você diz “obrigado”.

Ou seria “obrigada”?

Antes de responder a pergunta, já perceberam que das línguas indo-europeias, o português é o único que usa essa expressão? Inicialmente era usada apenas como o particípio de obrigar e tinha uma ideia intrínseca de obrigação. Muitas das cartas terminavam com a frase “Muito Venerador e Obrigado a Vossa Mercê” e só com o tempo perdeu o peso semântico de obrigatoriedade e tornou-se uma expressão fixa. Os primeiros registros de “obrigado” como agradecimento vêm do século XIX, então podemos dizer que é bem nova para a história da nossa língua.

Você deve estar pensando “ok, entendi, mas qual é a diferença de obrigado e obrigada?” Simples: qual é o gênero que a pessoa que fala se identifica? Se é com o gênero masculino, ele falará “obrigado”. Se for feminino, ela dirá “obrigada”. Independente do gênero de quem conversa junto com a pessoa, ela sempre falará a mesma coisa.

Um exemplo prático:

Paula recebeu um presente caro de João. Ela sorriu e disse “obrigada”. Porém, a filha dela, que se chama Daniela, deu uma cartinha. Paula se emocionou com o gesto e disse “muito obrigada”.

Paula fala “obrigada” não importa o gênero do interlocutor; o que importa realmente é o gênero de quem fala.

Em resumo:

Quem está agradecendo se identifica com o gênero feminino?

É “obrigada”.

Quem está agradecendo na verdade se vê como gênero masculino?

Ele dirá “obrigado”.

Espero que a coluna tenha ajudado você nesse detalhe da língua portuguesa.

É isso, até mais!

Coluna por Maraíza Santos




0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x