Home

Atualizações
Colunas
Críticas

Projetos

Adote Uma Ideia
Leitor Criativo
Quiz Criativo
Songfics

Informativo

Destaques
Vagas abertas
Torne-se VIP

VOCÊ SABIA? As atualizações são anunciadas diariamente pelo nosso twitter. Siga o perfil para saber quais histórias foram atualizadas!

⥃ CONFIRA ATUALIZAÇÕES PASSADAS

Histórias Vip
  1. Be, por Ray Dias
    | K-Pop, BTS, Andamento
  2. Mafia's Paradise, por Pâms
    | Original, Andamento
  3. Sight, My Sight, por M-Hobi
    | K-Pop, Seventeen, Restrita, Finalizada
  4. Entre CEO's, por Ray Dias
    | Artistas, Woo Do Hwan, Restrita, Andamento
  5. Lady Lewis, por Pâms
    | Séries, Bridgerton, Finalizada

Segunda Lei de Newton {Outros, Finalizada}
|| sábado 20 de junho de 2020 às 18:30 - Comentários
|| Arquivado em: Críticas, Outros

Segunda Lei de Newton, por Mah Vargas {Outros, Finalizada}

Nota: [usr 4,7]
ATENÇÃO! ESTA AVALIAÇÃO POSSUI SPOILER.

RAZÕES PARA LER: O bom desenvolvimento já começa pelo o que a gente encontra na tabela da fic. O título é bastante curioso, principalmente quando você se depara com “mistério/terror” na classificação de gênero da história e compara isso com “segunda lei de Newton”. Não faz muito sentido de início, o que deixa tudo ainda mais curioso. Em seguida, a sinopse, apesar de consideravelmente curta, consegue ser bem marcante e instigante, te deixando com a pulga atrás da orelha e com o sentimento de urgência em ler a história.
E ela não desaponta! Já no início, a leitora vai se deparar com uma impactante carta de Christie Elliot, a personagem principal, que consegue, em meio a fatos corriqueiros e triviais, dar o tom da narrativa, que faz jus à classificação. Isso me deixou com aquela sensação de “hm… vamos ver onde isso vai dar!”, num sentimento misto de empolgação e curiosidade (que foi a palavra que definiu essa leitura) e até um pouco de medo também, confesso, rs.
A tensão é criada logo de cara, trazendo pressa e desespero nas ações da personagem, e é extremamente possível identificar tudo isso no decorrer da primeira parte da história. O que foi mais legal pra mim, entretanto, foi o fato de que há uma total quebra de expectativas quanto à participação da leitora no enredo. [SPOILER] [blur toggle=click]No momento das perguntas, a autora diz à leitora que ela tem um papel importante na história, o que nos sugere (pelo menos a mim sugeriu) que, de alguma maneira, eu, como leitora, estaria por trás das investigações da morte de Christie. Mas, pasmem! Na verdade, a vilã era eu! Isso pra mim foi o maior de todos os plot twits que eu poderia imaginar. Pode parecer algo bobo, mas isso realmente me surpreendeu, porque não costumamos ser as vilãs das histórias que lemos e isso com certeza me deu um gás ainda maior para continuar lendo a história e descobrir o que de ruim eu faria.[/blur]
Outro ponto muito interessante é que, por ser uma história de época (1929/1939), existem certas questões presentes que nos fazem realmente relembrar que tudo se passa em um tempo bem passado, como o casamento arranjado, a mulher que não pode andar desacompanhada e o preconceito racial (evidente/escrachado). Achei extremamente acertado da parte da autora distribuir pela narrativa discursos como esses, que caracterizam ainda mais a época em que a história foi ambientada.
Para fim dos elogios, devo mencionar a parte final. E que final, meus queridos! A história, apesar de breve, consegue mostrar exatamente o essencial para causar tensão em quem lê. Poderíamos perfeitamente classificar a fanfic como um conto, que possui apenas um conflito a ser resolvido e não se estende demais para além dele. O destino traçado pela atitude impensada que a personagem tomou na adolescência é trágico e irreversível, trazendo como consequência um final ainda mais doloroso do que a própria morte. A autora finaliza com conjecturas de Christie, que volta a nos lembrar que nossas escolhas podem ser fatais. Então é realmente de te deixar pensando: quantas possibilidades boas de vida nós deixamos escapar por causa de escolhas erradas? Será que a vida também vai voltar pra nos cobrar mais cedo? Nossa, isso sim é assustador!

O QUE PODE MELHORAR: Acho que o que mais notei negativamente foi no quesito gramática, no uso da vírgula. Em muitos momentos, a vírgula poderia ser trocada por um ponto final, separando as sentenças, pois, em muitos dos casos, senti que essa questão prejudicou a fluidez da leitura. Já em outros momentos, havia a necessidade da vírgula e ela estava ausente. Um bom exemplo disso são os vocativos, que não têm vírgula antes deles, mas possuem necessidade de tal. Há um ou outro errinho ortográfico aqui e ali, uns na concordância nominal, um “se não” em lugar de “senão”, uma crase aqui, um “porquê” ali (engraçado que estava errado num capítulo e, duas partes à frente, estava certinho) e algumas palavras que estavam acentuadas, mas foram alteradas na nova ortografia, então creio que isso tenha passado despercebido até mesmo pelos olhos da beta, assim como o “porquê” mencionado acima. Entretanto, fora isso, a escrita da autora estava muito boa.
Outra coisa que notei é que, enquanto eu escrevia os pontos positivos, parei pra pensar que a personagem não teve a personalidade muito bem desenvolvida no decorrer da história, mas isso foi algo que eu realmente só reparei quando comecei a escrever, porque definitivamente não foi algo que interferiu na minha imersão.
Além disso, a única coisa que eu sugeriria que a autora prestasse mais atenção (além da parte de gramática e ortografia, que pode ser facilmente corrigida) é na construção do enredo. A história é ótima, te prende do início ao fim, mas, mesmo sendo uma história curta, poderia ter desenvolvido um pouquinho mais os fatos para que não passasse a sensação de pressa, tanto no decorrer da história (capítulo 3) como no final, como se não houvesse tido tempo suficiente para desenvolver além do que foi feito. Mas só isso.

MENSAGEM: Querida Mah Vargas, eu nunca tinha lido essa história e a encontrei por acaso, mas lê-la foi uma escolha muito feliz (diferentemente da escolha da Christie hahaha)! Gostei demais da premissa, de como você criou rapidamente o clima de tensão na história e como conseguiu nos surpreender com aquele plot twist logo de cara! Sua escrita é muito boa e a sua história com certeza entrou para a minha lista de favoritos. Amei!

SUGESTÃO DE COLUNA: Para solucionar os probleminhas apontados, as colunas abaixo poderão te ajudar muito. Sucesso demais pra você, garota!

– Crítica por: Nix

O site possui a permissão do autor em elaborar postar todas as críticas divulgadas em nosso domínio. Leia outras críticas aqui.




0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x