Home

Atualizações
Colunas
Críticas

Projetos

Adote Uma Ideia
Leitor Criativo
Quiz Criativo
Songfics

Informativo

Destaques
Vagas abertas
Torne-se VIP

VOCÊ SABIA? As atualizações são anunciadas diariamente pelo nosso twitter. Siga o perfil para saber quais histórias foram atualizadas!

⥃ CONFIRA ATUALIZAÇÕES PASSADAS

Histórias Vip
  1. Garota S, por Natashia Kitamura
    | Outros, Restritas, Finalizada
  2. 7 Heavens, por Betiza
    | K-pop, BTS, Restrita, Andamento
  3. Ghost Feelings, por Sial
    | K-pop, BTS, Andamento
  4. Desapaixonar, por Betiza
    | Atores, Adam Dimarco, Restrita, Andamento
  5. Prada, Vogue e a Torre N, por M-Hobi
    | K-Pop, NCT, Andamento

Revenge
|| terça-feira 8 de novembro de 2016 às 09:30 - Comentários
|| Arquivado em: Colunas

O que é uma bela história sobre vingança né? Já foi tema de séries e inúmeros livros, mas a sede por justiça ainda continua. Tem planos para escrever uma história à qual o enredo principal é uma vingança? Aqui vai alguns conselhos:

Significado de Vingança: Ato de retribuir o mal que supostamente nos foi feito. Ato de castigar o próximo pelo sofrimento ou lesão causada.

1. Por que quero vingança?

Qual o motivo do personagem querer vingança? Acredito que ninguém passa uma história inteira em busca de justiça só porque alguém comeu o brigadeiro que estava na geladeira, certo? Então, vamos pensar em motivos convincentes. Coisas que ferem a honra, o ego e que mecham profundamente com o personagem.

Ex: Assassinato dos pais, abuso sexual, bullying…

2. O personagem passa para o leitor sua sede de justiça?

Não adianta o personagem ter um motivo convincente e dizer que deseja vingança por tal ato sendo que o autor descreve uma pessoa totalmente diferente. Passiva, que é extremamente racional porque não condiz muito com o perfil de uma pessoa que anseia por vingança, já que geralmente são levados pela emoção. Passe esse sentimento para leitor, essa raiva, essa magoa…

3. Tenho um enredo totalmente focado na vingança como desenvolve-lo?

A história toda gira em torno de uma vingança, ou seja, tem que haver conflitos/barreiras para ir prolongando a história e prendendo o leitor. Porque se o personagem só quer se vingar e já sabe quem é seu alvo ele pode muito ir lá e matar o individuo, simples. Mas, e se ele tiver que elaborar um plano ainda para que não leve a culpa de seu ato e/ou quiser que o individuo sofra, isso requer tempo e talvez o personagem ainda precise lidar com a vida além da vingança e assim a história vai se estendendo.

Para finalizar, uma bela frase de um grande pensador:

“A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena” – Seu Madruga.

Coluna por Thaís M.





0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x