Home

Atualizações
Colunas
Críticas

Projetos

Adote Uma Ideia
Leitor Criativo
Quiz Criativo
Songfics

Informativo

Destaques
Vagas abertas
Torne-se VIP

VOCÊ SABIA? As atualizações são anunciadas diariamente pelo nosso twitter. Siga o perfil para saber quais histórias foram atualizadas!

⥃ CONFIRA ATUALIZAÇÕES PASSADAS

Histórias Vip
  1. Be, por Ray Dias
    | K-Pop, BTS, Andamento
  2. Mafia's Paradise, por Pâms
    | Original, Andamento
  3. Sight, My Sight, por M-Hobi
    | K-Pop, Seventeen, Restrita, Finalizada
  4. Entre CEO's, por Ray Dias
    | Artistas, Woo Do Hwan, Restrita, Andamento
  5. Lady Lewis, por Pâms
    | Séries, Bridgerton, Finalizada

Quebrando o Espelho {One Direction, Restrita, Não-Interativa, Finalizada}
|| sábado 13 de junho de 2020 às 18:30 - Comentários
|| Arquivado em: Críticas

Quebrando o Espelho, por MiRz {One Direction, Restrita, Não-Interativa, Finalizada}

Nota: [usr 4,6]

RAZÕES PARA LER: Enquanto começava a leitura de Quebrando o Espelho, imaginava todas as vezes que acompanhava o One Direction e via as fãs ‘shipparem’ (ato de combinar amorosamente duas pessoas) dois integrantes. Tudo o que pensei durante a leitura, era como tais fãs poderiam se ver satisfeitas com essa fanfic.
Retratando a vida do integrante Louis, que na fanfic não pertence ao One Direction, a autora conta como é a relação entre ele e Harry, e os altos e baixos que ele passa em sua vida, tanto pessoal, quanto conjugal e profissional.
Lados, inclusive, que dá riqueza ao enredo. Gosto, e tenho certeza que muitos leitores também, quando uma história é mais do que o casal, mais do que o personagem principal conquistando o mundo, mais do que, em uma fanfic restrita, cenas de sexo.
A escrita impecável da autora torna a leitura proveitosa e fluída. Quando se trata de assuntos considerados ‘tabu’, não ter que se preocupar com detalhes como o português é um ponto valioso para a história.
Vamos, então, destacar o fato da autora ter arriscado retratar, principalmente, o transtorno alimentar, muito sofrido por diversas de pessoas ao redor do mundo. Muito bem escrito e detalhado, como uma pessoa que conheceu alguém com esse distúrbio, posso afirmar que muito do que foi tratado no decorrer da história acontece na vida real. Tamanha a referência, a autora logo avisa na tabela da história, que caso o leitor possua problemas com esse tipo de leitura, que possa causar algum gatilho, para não realizar a leitura. Pontos extras para a empatia com os leitores.
É importante sempre ressaltar, principalmente na era da tecnologia, o quanto um simples comentário pode causar um enorme problema na pessoa que está recebendo a mensagem. Com a coragem vinda do anonimato, as pessoas estão cada vez mais viciadas em despertar seu lado maléfico, não hesitando em “expressar sua opinião” sempre que surge uma oportunidade. O enredo claramente faz uma crítica ao efeito que o externo causa no interno e que, uma vez imerso no distúrbio, até mesmo os elogios se tornam gasolina para aumentar o incêndio que ocorre na mente da vítima, resultando em atos de desespero que pioram a saúde da pessoa, como praticar o jejum intermitente de maneira descontrolada.
Mais um ponto interessante que a autora decidiu colocar, é o ponto de vista do personagem que mais acompanha Louis em sua vida: Harry, seu interesse amoroso na história. Apesar de narrada na terceira pessoa, não foi difícil para a autora inserir o ponto de vista de quem se importa com Louis e enxerga as nuances causadas pelo distúrbio. Assim como qualquer pessoa que convive com alguém que começa a sofrer do transtorno, Harry vê, aos poucos, a saúde mental e física de Louis se deteriorar. Com o vínculo emocional, vem a preocupação, a tentativa de cuidado e, em seguida, o desânimo, já que muitas vezes a pessoa com o distúrbio não enxerga o problema.
O desenvolvimento que se segue continua fluindo de forma a prender a atenção. De fato, não consegui desprender os olhos da tela até terminar a leitura. Final este que foi duplamente surpreendente, mas que só quem ler entenderá o que quero dizer. (;

O QUE PODE MELHORAR: Alguns erros de português, em sua maioria no uso da vírgula. Também foi possível identificar erros de concordância com frequência, algo que, assim como o uso da vírgula, poderia ser evitado com uma revisão extra antes do envio para o site.

MENSAGEM: MiRz, que história incrível. Gostei bastante a maneira como você desenvolveu uma pessoa saudável, para alguém que tem despertado o transtorno. Além disso, a visão de alguém que convive com a pessoa doente enriqueceu ainda mais o enredo. Vi muitas mensagens que deveriam servir para diversas pessoas pela internet. Foi uma ótima crítica!
Minha dica é que se atente aos erros de português. A história é muito rica e você possui um acervo gramatical ótimo, então a dica é apenas para uma evolução pessoal, que acredito que todo autor busque para sua escrita. Abaixo, sugeri algumas colunas referentes aos erros cometidos, para caso você tenha interesse em dar uma revisada novamente!

SUGESTÃO DE COLUNA:

– Crítica por: Nikki

O site possui a permissão do autor em elaborar postar todas as críticas divulgadas em nosso domínio. Leia outras críticas aqui.




0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x