Home

Atualizações
Colunas
Críticas

Projetos

Adote Uma Ideia
Leitor Criativo
Quiz Criativo
Songfics

Informativo

Destaques
Vagas abertas
Torne-se VIP

VOCÊ SABIA? As atualizações são anunciadas diariamente pelo nosso twitter. Siga o perfil para saber quais histórias foram atualizadas!

⥃ CONFIRA ATUALIZAÇÕES PASSADAS

Histórias Vip
  1. Be, por por Ray Dias
    | K-Pop, BTS, Andamento
  2. Sight, My Sight, por M-Hobi
    | K-Pop, Seventeen, Restrita, Andamento
  3. ENTRE LOBOS E HOMENS, por Ray Dias
    | Livros, Crepúsculo, Andamento
  4. Negócios Escusos, por Fe Camilo
    | Original, Restrita, Andamento
  5. Hearts on Lease, por Betiza
    | K-pop, GOT7, Andamento

O uso do pretérito mais-que-perfeito
|| domingo 18 de julho de 2021 às 17:00 - Comentários
|| Arquivado em: Colunas

Você sabe o que é pretérito mais-que-perfeito? Não, não tem nada a ver com perfeição [ba ta tum tiss]. Chamamos assim a conjugação verbal que indica um passado que ocorreu há muito tempo, um passado distante, que antecede as ações principais da frase.

Exemplo: Ele achara que estava longe do topo.

Como você conjugaria o verbo ‘achar’ nesse tempo verbal?

Eu achara
Tu acharas
Ele achara
Nós acharámos
Vós acháreis
Eles acharam

Não costumamos usar esse tempo na linguagem mais informal, muito mais fácil encontrá-la em textos que requerem um pouco mais de refinamento. Ainda assim, na maior parte das situações que usamos pretérito mais-que-perfeito composto, que tem o mesmo sentido, mas uma configuração diferente.

Mais-que-perfeito composto do indicativo

Esse palavrão é justamente a junção Sujeito + Verbo ter/haver no pretérito imperfeito + particípio. Para quem não está lembrado, o particípio é o verbo terminado em -ado e -ido como cantado e comido.
Algumas pessoas usam o verbo haver para usar o mais-que-perfeito composto, também.
Então, como ficaria o mais que perfeito composto do indicativo na prática?

Ex.: Eu tinha falado com ele na sexta-feira.
       Samuel tinha corrido na hora do pipoco!
       Quando nós chegamos, a rainha já tinha passado pelo supermercado.
       Ele havia perdido a cabeça logo quando a viu!

Mais-que-perfeito do subjuntivo

Essa conjugação, além de apontar algo que aconteceu anteriormente no passado de uma ação principal, também pode indicar uma situação hipotética. Ela se configura como:

Sujeito + Verbo ter no imperfeito do subjuntivo + particípio.

Vamos de exemplo?

Ex.: Se ele tivesse estudado não estaria nessa situação.
       Que irônico! Se eu não tivesse dito não, muitos estariam na mesma situação que Sylvia.
       Se nós tivéssemos dividido o chocolate, não teríamos brigado.

Espero que essa coluna tenha ajudado você a sanar suas dúvidas em relação ao pretérito mais-que-perfeito. É isso! Até mais 🙂

Coluna por Maraíza Santos




0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x