Home

Atualizações
Colunas
Críticas

Projetos

Adote Uma Ideia
Leitor Criativo
Quiz Criativo
Songfics

Informativo

Destaques
Vagas abertas
Torne-se VIP

VOCÊ SABIA? As atualizações são anunciadas diariamente pelo nosso twitter. Siga o perfil para saber quais histórias foram atualizadas!

⥃ CONFIRA ATUALIZAÇÕES PASSADAS

Histórias Vip
  1. Em Busca de Mim, por Natashia Kitamura
    | Original, Restrita, Andamento
  2. Me Apaixonei Pela Babá, por Natashia Kitamura
    | Original, Finalizada
  3. Enemies But We've Got Benefits, por M-Hobi
    | K-Pop, Seventeen, Restrita, Finalizada
  4. 7 Heavens, por Betiza
    | K-pop, BTS, Restrita, Andamento
  5. Semiapagados, por Ray Dias
    | Cantores, Luan Santana, Andamento

Diferentes Ares Para Uma História
|| terça-feira 16 de outubro de 2018 às 19:09 - Comentários
|| Arquivado em: Colunas

O tempo todo estamos sendo abordado por histórias. Aliás, estamos sempre relatando histórias. No entanto, a grande massa de conteúdo de entretenimento que nos conta história tem características similares. Uma delas é a ambientação. Diga-me, de todos os filmes e livros que você leu no último mês, quantos se passavam fora do trio: Estados Unidos, Reino Unido e Brasil? Antes de mim menosprezar tais textos, porém, é bem verdade que o lugar comum está nesses países. São aparentemente mais fáceis de relatar (embora muitas vezes ignoramos certos detalhes culturais) e não tiro mérito nenhum de serem usados como cenário, porém, que tal inovar um pouco? Que tal levar seu leitor a um país que ele não conhece tão bem?

Quando eu estava na oitava série (atual nono ano), minha professora disse uma frase interessante: “toda vez que leio A Menina Que Roubava Livros eu viajo para Alemanha” e foi aí que percebi o poder das histórias que nós lemos. Seu leitor pode nunca sair do país através de aviões, mas pode fazê-lo através da sua história. Então, que tal apresentar um lugar novo para eles?

A escolha de um país é meio difícil; é necessário imaginar suas manifestações culturais encaixam-se no seu plot. Muitos autores às vezes acabam criando lugares imaginários, o que, para mim, é incrível! Mas como escolher uma boa nação já existente para sua história?

A dica principal é não se prender demais ao plot. Às vezes é preciso mudar algumas cenas para que ela seja adaptada aquela realidade. Nisso, não limite sua ideia; deixe ela seguir seu curso. Isso vale para outras situações também; às vezes, o bloqueio criativo advém desses apegos a ideias.

A primeira coisa que o autor deve ter em mente é que terá que fazer muita pesquisa. Desde textos na internet até documentários sobre o país. Por exemplo: se o país escolhido é Itália e minha história é sobre um jogador da Juventus, posso assistir alguns documentários sobre o time e filmes que se passam nesse cenário, além das pesquisas formais, é claro. É importante delinear em que momento do país a história se passa. Afinal, nenhum país vive fases homogêneas. Não obstante, isso influencia diretamente na sociedade que será retratada na obra.

Outra coisa a ser considerada é a língua usada pelo país. Obviamente, apesar do texto acontecer na Bolívia, ele não estará em espanhol, no entanto, é interessante o uso de algumas palavras e/ou expressões idiomáticas típicas do país. Além de incrementar a obra, fica evidente para o leitor que estamos em uma história específica. Às vezes não é possível a tradução literal sem que o significado seja comprometido, então, o uso do original é preciso. E não há nada errado nisso. No entanto, é importante explicá-lo ao seu leitor em notas. Nunca se esqueça desse detalhe, afinal, seu leitor não é adivinho, não é?

Sair da zona de conforto nunca é fácil, porém pode lhe dar um trabalho excepcional. Obras que retratam países diferentes, além de chamar a atenção ao leitor, é um bom exercício para autores e um incentivo a conhecer mais desse mundo tão vasto que vivemos. Adote um país para sua nova história e mude os ares! Há um mundo inteiro esperando ser descrito por você.

Coluna por Maraíza Santos





0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x