Home

Atualizações
Colunas
Críticas

Projetos

Adote Uma Ideia
Leitor Criativo
Quiz Criativo
Songfics

Informativo

Destaques
Vagas abertas
Torne-se VIP

VOCÊ SABIA? As atualizações são anunciadas diariamente pelo nosso twitter. Siga o perfil para saber quais histórias foram atualizadas!

⥃ CONFIRA ATUALIZAÇÕES PASSADAS

Histórias Vip
  1. Garota S, por Natashia Kitamura
    | Outros, Restritas, Finalizada
  2. Beyond Resemblance, por Betiza
    | Original, Restrita, Andamento
  3. Black & Diggory, por Reh
    | Livros, Harry Potter, Andamento
  4. The Most Beautiful Thing, por Liv
    | K-pop, Seventeen, Andamento
  5. Pulsação, por Betiza
    | Original, Andamento

Como criar uma sinopse completa?
|| quinta-feira 18 de março de 2021 às 05:00 - Comentários
|| Arquivado em: Colunas, Postagens

Se há um problema quase unânime nos escritores é a falta de capacidade de sintetizar, sobretudo quando se diz respeito a nossa própria história. Há tantos detalhes, tantas minúcias importantes, que quando alguém pergunta “como é a sua história?” é preciso comer um quilo de sal* para conseguir resumir tudo de uma vez.

Agora, se é tão difícil falar de forma curta da nossa história para alguém, é muito mais complicado fazer isso com uma sinopse. Quantas vezes você leu uma dessas e não entendeu do que se tratava a história? Já parou para pensar que talvez seja isso que seus leitores sentem ao ler as sinopses das suas histórias?

Vamos tentar reverter esse quadro?

A primeira coisa que você tem que ter em mente, é que o objetivo da sinopse é falar da história de forma resumida e, ao mesmo tempo, de forma atraente para quem vá ler. Embora eu traga uma espécie de fórmula para escrevê-la, não há um jeito certo de fazer sinopse. Inclusive, recomendo que dê uma olhada na coluna da Thaís M, ela dá dicas preciosíssimas para escrever uma sinopse.

Muitas vezes escritores usam trechos da história ou de músicas como sinopse. Não é que seja errado, mas não é suficiente para entendermos do que se trata a sua história. Mesmo que pareça claro em sua cabeça a ligação da música/trecho da história com a trama, às vezes não é tão óbvio assim para o leitor.

Como começar então? Resuma o principal conflito da história em uma frase. Qual é o objetivo do/a protagonista? Encontrar o amor? Conseguir uma herança? Descobrir quem é seu verdadeiro pai?

Às vezes o conflito nem é tão óbvio assim. Você precisa explicar alguma coisa antes? Veja o exemplo de Inferno, livro de Dan Brown:

“No coração da Itália, Robert Langdon, o professor de Simbologia de Harvard, é arrastado para um mundo angustiante centrado em uma das obras literárias mais duradouras e misteriosas da história: O Inferno, de Dante Alighieri.

Numa corrida contra o tempo, Langdon luta contra um adversário assustador e enfrenta um enigma engenhoso que o arrasta para uma clássica paisagem de arte, passagens secretas e ciência futurística. Tendo como pano de fundo o sombrio poema de Dante, Langdon mergulha numa caçada frenética para encontrar respostas e decidir em quem confiar, antes que o mundo que conhecemos seja destruído.”

Sublinhado temos o conflito principal da história, mas houve uma necessidade de explicar o contexto do título que tem tudo a ver com a história. Se você tem dois protagonistas, você pode colocar o conflito dos dois em parágrafos diferentes. Analise a sinopse de Teto para dois, livro de Beth O’Leary:

“Três meses após o término do seu relacionamento, Tiffy finalmente sai do apartamento do ex-namorado. Agora ela precisa para ontem de um lugar barato para morar. Contrariando os amigos, ela topa um acordo bastante inusitado.

Leon está enrolado com questões financeiras e tem uma ideia pouco convencional para arranjar dinheiro rápido: sublocar seu apartamento, onde fica apenas no período da manhã e da tarde nos dias úteis, já que passa os finais de semana com a namorada e trabalha como enfermeiro no turno da noite. Só que tem um detalhe importante: o lugar tem apenas uma cama.

Sem nunca terem se encontrado pessoalmente, Leon e Tiffy fecham um contrato de seis meses e passam a resolver as trivialidades do dia a dia por Post-its espalhados pela casa. Mas será que essa solução aparentemente perfeita resiste a um ex-namorado obsessivo, uma namorada ciumenta, um irmão encrencado, dois empregos exigentes e alguns amigos superprotetores?”

Perceba que nós temos três parágrafos: o primeiro e o segundo contam os conflitos do protagonistas e ‘corta’ quando chega na parte em que o outro entra. Apenas no terceiro as histórias se cruzam.

Já estabeleceu o conflito? Agora vamos desenvolver mais essa história. Vamos dizer que sua protagonista é uma mulher de meia-idade que está lutando para não acabar com o casamento; ela se chama Luana.

“Luana quer salvar seu casamento.” É a primeira frase da sinopse. E agora? Você estabelece a backstory dela antes desse problema e desenvolve o que fez ela buscar o famigerado objetivo. Diga como ela estava antes de ter que encarar essa crise. Exemplo:

“Luana quer salvar seu casamento. Após quinze anos de aparente perfeição, a monotonia tornou um grande amor em uma troféu empoeirado; eram dois estranhos dentro de casa. Ouvir de Sidney, seu marido, que o divórcio era o melhor caminho para os dois, tirou-lhe o chão.”

Então, vamos para a parte da ação do personagem diante do problema. O que ela vai fazer para resolver o objetivo dela? O que acontece com o livro?

“Luana quer salvar seu casamento. (…) A viagem para Amsterdã, cidade onde se conheceram, era a última alternativa para relembrá-los da paixão de juventude que ambos sentiram um dia.”

E o grand finale: deixe uma pulga atrás da orelha do leitor. Você pode optar por perguntas ou por sentimentos/situações encontradas na história. A sinopse completa fica assim:

Luana quer salvar seu casamento. Após quinze anos de aparente perfeição, a monotonia tornou um grande amor em uma troféu empoeirado; eram dois estranhos dentro de casa. Ouvir de Sidney, seu marido, que o divórcio era o melhor caminho para os dois tirou-lhe o chão. A viagem para Amsterdã, cidade onde se conheceram, era a última alternativa para relembrá-los da paixão de juventude que ambos sentiram um dia. Uma conversa honesta. Dois corações partidos. Um amor esquecido. Uma viagem marcante. Será que Luana será capaz de conquistar Sidney mais uma vez?

Percebeu que não precisei colocar nenhum trecho de música ou mesmo da sua própria história para fazer o resumo? Se você quiser, talvez possa adicionar uma frase chamativa da sua história para instigar o leitor, mas é opcional. O importante é resumir bem o que você irá contar e despertar a vontade de ler mais; assim, sua sinopse estará completa.

Gostou das dicas dadas aqui? Tem alguma coisa a acrescentar? Comenta aí embaixo! Compartilhe seu conhecimento conosco.

É isso, até breve.

Coluna por Maraíza Santos

*Comer um quilo de sal juntos significa aceitar e compreender o outro inteiramente – o físico, o emocional, o psíquico, o espiritual. Também uma expressão usada quando duas pessoas têm muito o que conversar.




0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x