O grande dia chegou e… se foi

Escrito por Sofis Payne | Revisado por Natashia Kitamura

Tamanho da fonte: |


  É... Eu aqui tentando anexar tudo que aconteceu, mas sendo sincera, eu nunca vou me recuperar, talvez vocês, mas eu não. O que aconteceu naquela data será inesquecível para mim, algo que apenas quem estava lá pode sentir, eu me pergunto até agora se vocês na minha única chance de ser notada me viram... Acredito que não, estava tão escuro e eu estava tão longe, saiba que se não fosse por aquele grande telão, eu não saberia como vocês estavam vestidos... Tolo, não? Eu sei, minha garganta está doendo até agora de tanto que eu gritei para que nem que vocês apenas passassem seus olhares sobre mim ou acenassem com um simples gesto de ídolo para fã, o mundo inteiro podia acabar, mas eu não ligaria. Hoje estou aqui sentada na minha cama e com meus fones de ouvido escutando mais uma vez suas vozes, só que dessa vez apenas uma música gravada que eu baixei do computador. Se passaram uma semana desde o show de São Paulo e eu ainda estou em choque. Depressão pós show, segundo minha irmã... Quando as luzes do palco se apagaram e gritos e choros eram escutados, como se isso pudesse fazê-los voltar para o palco, mas não... Como todo show vocês se foram, hoje eu me pergunto: vocês se lembram de nós? Se lembram das brasileiras? Aquelas que tanto esperaram, tanto brigaram com as gringas, que tanto choraram... Vocês notaram a diferença de nós pelas gringas? Há uma semana eu presenciei o twitter entrando em loucura quando um de vocês postou o nome do nosso país dizendo que sentiria saudades, que nos fomos inesquecíveis... Será mesmo que seremos inesquecíveis para vocês? Os milhões de Fanfics que eu li em que vocês viam para o Brasil, eu iria no camarim e acabaria casada com um de vocês... Bom, como o nome já diz, é nada menos que ficção. Eu espero que eu nunca ouse esquecer de vocês, esquecer dessa data, aquela que eu tanto esperei e que se passou como um dia qualquer. É... Seguir a vida e esperar o próximo, a única coisa que eu posso fazer... Por enquanto.

FIM



Comentários da autora