Mari Guizelini
Visite o Perfil

Status

Loading

Avalie

Este texto foi revisado
Encontrou algum erro? Clique aqui

Capa por Fe Camilo

Gostaria de requerer a capa como oficial? Clique aqui!

Sem informações no momento.

The One With The Letters

  - Não se esqueça de me escrever, ein!
0
Comente!x

  Digo isso à , minha melhor amiga, enquanto entro no carro que está a minha espera para me levar de volta para casa. Estudo na escola Middlesex, que é um colégio interno bem simpático aqui na cidade de Concord, em Massachusetts. É uma excelente escola, que custa aos meus pais uma pequena fortuna mensalmente, e nós moramos nesta escola durante nove meses do ano, o que não posso reclamar, porque sou muito feliz aqui! Conheci pessoas incríveis e aprendi muita coisa desde que ingressei em Middlesex, mas, apesar de amar minha escola também amo minhas férias, quando volto para casa e posso passar um tempo com meus pais, que são bem ocupados.
0
Comente!x

  Esse ano não irá para casa nas férias, pois seu pai precisou sair com urgência do país em uma viagem de negócios e nossa escola acolhe esses estudantes que não podem ir embora durante as férias por uma nem tão pequena taxa e para ela não se sentir tão sozinha (não que ela vá, realmente estar sozinha, muitos alunos permanecem em Middlesex durante as férias) prometemos mandar cartas uma para outra durante esses três meses de férias.
0
Comente!x

  Enquanto penso sobre a escola e nossas férias durante o caminho, adormeço e sou acordada somente quando já estamos em minha casa e sem mais delongas vou ao encontro dos meus pais.
0
Comente!x

  - Papai! Mamãe! Que saudades de vocês!
0
Comente!x

  - , meu amor! Também estava morrendo de saudades, estava falando agora para seu pai que não via a hora que você chegasse! – dizia minha mãe enquanto me dava um abraço bem apertado.
0
Comente!x

  - ! Querida, solte ela que também estou com saudades da minha filha! – meu pai ria enquanto tentada me tirar dos braços de minha mãe.
0
Comente!x

  - Pai, como o senhor está? – o abracei mais do que depressa.
0
Comente!x

  - Eu estou bem… Nós estamos bem, mas me conte mais sobre a escola, o que está achando das matérias desse ano? E as atividades extracurriculares? Você ainda está naquele serviço comunitário na comunidade que gostava tanto?
0
Comente!x

  Nós passamos o resto do dia todo juntos, conversamos sobre a escola e o trabalho deles, ao fim do dia fomos dar um passeio a cavalo todos juntos e eu me diverti muito!
0
Comente!x

  Minhas primeiras semanas em casa foram maravilhosas, ouvi que o verão de 73 teria um clima agradável em toda estação e estava muito disposta a aproveitar desse clima tão apropriado às férias, então fiz muita coisa legal do lado de fora, como piqueniques com as outras meninas da rua de casa, algumas delas minhas amigas desde a infância, fomos ao centro da cidade tomar sorvete quase todo dia, aprendi a costurar com a minha mãe, fui nadar no lago perto de casa algumas vezes e até fui andar de bicicleta! Recebi cartas de e fiquei muito feliz que ela está se divertindo assim como eu nessas férias e mandei minha resposta para ela no mesmo dia, de tão empolgada que fiquei para contar um pouco do que andava fazendo.
0
Comente!x

  Assim que acordei e desci para tomar o café da manhã, em um dia de muito sol, nossa governanta, Noele, me avisou que havia chegado uma carta de Middlesex para mim e, com a certeza que era a resposta de , me apressei em tomar o café e ir ler a carta da minha amiga, quando a abri não reconheci a caligrafia, mas devo dizer que essa não foi a maior surpresa que tive ao ler a carta:
0
Comente!x

  “,

  Espero que suas férias estejam sendo divertidas e que esteja aproveitando bem o tempo fora da escola! Confesso que levou algum tempo e muita insistência por parte de meus amigos para criar a coragem necessária e te escrever. Nós não nos conhecemos oficialmente, se é o que você está se perguntando, mas vamos à mesma escola e temos algumas aulas juntos, então espero que você não esteja achando isso muito rude ou esquisito. Provavelmente você deve estar.
0
Comente!x

  Mas já que tive a coragem de lhe mandar esta carta… Como está passando suas férias? As minhas não estão tão emocionantes, então estou praticamente contando os dias para as aulas retornarem… Eu adoraria conversar com você e lhe conhecer um pouco melhor, então se você não achar um pouco demais escrever de volta para um mero desconhecido, eu adoraria conversar sobre as coisas que você gosta de fazer ou qualquer outro tópico que seja de seu interesse, porém se esta carta te fez se sentir desconfortável de qualquer maneira possível, por favor, apenas ignore que você recebeu essa carta.
0
Comente!x

  Com meus sinceros sentimentos,
1
Comente!x

  .”
  Li a carta umas três vezes enquanto refletia se aquilo era mesmo sério ou se era alguma pegadinha boba dos alunos entediados que ficaram em Middlesex durante o verão e, por fim, resolvi dar o beneficio da dúvida ao estranho e escrever uma resposta. Também escreveria à para ver se ela conseguia descobrir alguma coisa por mim, afinal minha amiga poderia fazer isso muito mais fácil do que eu por ter continuado na escola.
0
Comente!x

  “.,
  Não mentirei e confesso que não estava esperando de jeito algum receber uma carta como essa e fiquei bem surpresa, mas não me importo em lhe escrever para nos conhecermos melhor e, quem sabe, virarmos amigos algum dia, não é mesmo?
0
Comente!x

  Porém, adoraria saber quem é você, não tenho tantos amigos assim na escola – o que não falo como uma reclamação, pois os amigos que tenho são incríveis – para não me lembrar de algum com a inicial igual a sua. Mas você parece bem agradável, então poderíamos conversar melhor quando as aulas retornassem, se você quiser, é claro, ficaria feliz em ter mais um amigo.
0
Comente!x

  Sobre meu verão, estou me divertindo muito, ., tenho algumas amigas na minha vizinhança, então sempre que podemos saímos para fazer várias coisas legais, como nadar, piqueniques e sorvetes com muita conversa e risada. Sinto muito que não esteja se divertindo tanto quanto eu. Não sei se você gosta de ler, mas soube por que chegaram novos títulos à biblioteca da escola nessas férias, talvez você possa dar uma olhada, quem sabe não tem alguma coisa que lhe chama atenção e faz seus dias passarem um pouco mais rápido?
1
Comente!x

  Obrigada pela carta que me mandou, me deu no que pensar!
0
Comente!x

  .”
  Com muita calma dobrei o papel e o coloquei em um envelope para mandar minha resposta, mas como no envelope que recebi não havia o nome do aluno, coloquei apenas sua inicial, como ele havia assinado na carta, e o endereço da escola, esperando que chegasse ao seu destino correto.
0
Comente!x

  A partir desse momento não consegui deixar para lá o meu novo amigo misterioso, ele sempre estava na minha mente e eu sempre tentando descobrir de quem havia recebido uma carta misteriosa. Eu tentei, e como tentei, pensar em todos os alunos daquela escola, mas não tinha praticamente nenhuma pista, o poderia ser do seu nome, sobrenome ou apelido, além disso, haviam muitos alunos que tinham a inicial do nome ou sobrenome com , seria impossível descobrir isso sozinha.
0
Comente!x

  Em minha carta seguinte à lhe contei tudo sobre . e pedi que ela tentasse descobrir qualquer coisa para mim, qualquer mínima pista, conhecendo minha amiga do jeito que conheço, ela não dispensaria uma oportunidade de bancar a detetive, então agora estava a espera de receber duas cartas, quem diria.
0
Comente!x

  Após pouco depois de uma semana fui avisada que tinha mais uma carta de Middlesex esperando por mim, minha curiosidade ganhou de mim e disparei ao meu quarto para ver quem havia me enviando uma resposta.
0
Comente!x

  “,
  Muito obrigado por ter sido tão legal e ter me respondido, confesso que não esperava uma resposta sua, tinha esperanças, mas não esperava, então tive uma surpresa muito agradável no dia que sua carta chegou até mim.
0
Comente!x

  Fico muito feliz que você está se divertindo nesse recesso e espero que continue fazendo muitas coisas divertidas até as aulas retornarem. Devo dizer que você acertou em cheio em sua sugestão sobre a biblioteca, meu passatempo preferido nessas férias está sendo ler e, realmente, há ótimos novos títulos na biblioteca! Se você quiser, poderia me indicar alguns livros de seu interesse, assim teria mais opções e acredito que se pode conhecer muito de uma pessoa pelos seus gostos em livros.
0
Comente!x

  Quanto a sua sugestão, não acho que seria uma boa ideia, não tenho certeza se você gostaria de mim se soubesse quem eu sou… Não pense que acho que você é superficial, de jeito nenhum, é só que eu não tenho nada de especial, sou apenas… eu.
0
Comente!x

  .”
  Me pergunto o porquê de ser tão inseguro, não é comum encontrarmos garotos inseguros em Middlesex, afinal todos têm muitas posses. Ainda não havia uma pista sequer nessa carta sobre quem era esse garoto misterioso, mas estou determinada a descobrir quem você é, !
0
Comente!x

  “.,
  Agradeço pelos desejos de diversão, quem sabe posso me divertir por nós dois nesse resto de férias, não é? Que bom que aceitou minha sugestão e está conseguindo se entreter. Confesso que não tenho certeza se você gostaria dos livros que leio, mas estou lhe enviando uma lista juntamente a carta dos meus livros preferidos, quem sabe você consiga aproveitar um ou dois desta lista, não é? E já que você acredita que podemos conhecer uma pessoa pelos seus livros, peço que me envie também uma listinha de seus títulos preferidos, vou adorar saber quais são!
0
Comente!x

  E, por favor, não seja tão cruel com si mesmo, você me parece uma ótima pessoa e até agora não consigo pensar em um único motivo para não querer lhe conhecer e não gostar de você. E, além do mais, você me escreveu uma carta querendo me conhecer, então eu ficaria chateada se nosso contato ficasse só no papel.
0
Comente!x

  .”
  Naquele mesmo dia recebi uma carta de , ela, como já previsto, adorou a ideia de bancar a Sherlock Holmes de Middlesex e se animou toda para procurar meu “admirador secreto” como ela se referiu, fiquei com vontade de corrigi-la sobre isso, mas não o fiz.
0
Comente!x

  A resposta de , porém, demorou um pouco mais para chegar desta vez, já havia recebido notícias de dessa vez e nada dele. Ela, a proposito, não conseguiu avançar muito em sua busca, não é como se tivéssemos muita informação de qualquer maneira. Ela até ficou de tocaia – como a mesma fez questão de enfatizar algumas vezes durante sua carta extremamente detalhada de todos seus planos – na biblioteca, mas, infelizmente, ninguém apareceu por lá naquele dia.
0
Comente!x

  Já estava começando a me preocupar que havia sido muito rude em minha última carta e não estava conseguindo me concentrar muito bem nas coisas, minhas amigas já estavam começando a notar minha impaciência.
0
Comente!x

  Em uma tarde na sorveteria acho que estava mais distante do que nos outros dias, pois era a terceira vez no dia que recebia um cutucão nos braços.
0
Comente!x

  - … Ei, , vamos voltar para a Terra? – Alice acenava as mãos em frente ao meu rosto.
0
Comente!x

  - Desculpe… Estava falando comigo?
0
Comente!x

  - , o que está acontecendo com você? Ultimamente quase não fala uma palavra nas nossas conversas, está sempre parecendo longe… Há alguma coisa te preocupando? – Molly era a pessoa mais doce do planeta, não me admira que ela esteja preocupada comigo.
0
Comente!x

  - É, , você pode contar para nós se estiver com algum problema, somos suas amigas há tanto tempo! – Alice concordou com Molly.
0
Comente!x

  - Não é nenhum problema, meninas… – Pensei em conta-las sobre as cartas, mas não sei se haveria algum sentido, afinal ele poderia ter simplesmente parado de me mandar, por isso decidi não falar nada para elas por enquanto – Eu só não estou conseguindo dormir direito com esse calor, ai estou com sono o tempo todo, é horrível.
0
Comente!x

  - Estou com o mesmo problema, acredita? Meu pai não quer que eu durma com a janela aberta, pois tem medo que algo me aconteça. Vocês acreditam que… – Alice, a mais falante, já emendou outro assunto e aproveitei que elas haviam se entretido na conversa novamente para me lastimar sobre não ter recebido nenhuma novidade de .
0
Comente!x

  Porém, naquele mesmo dia, quando cheguei em casa fui recebida com a notícia de que havia mais uma carta a minha espera. Tentei controlar as batidas empolgadas do meu coração, afinal poderia ser , mas não consegui e quando cheguei no meu quarto parecia que ia colocar meu coração para fora.
0
Comente!x

  Não podia ter ficado mais feliz quando reconheci a letra de . no envelope!
0
Comente!x

  “,
  Agradeço muito por suas recomendações, realmente não é meu tipo preferido de literatura, mas definitivamente vou dar uma chance – inclusive encontrei um dos livros da lista na biblioteca e peguei, assim que estiver lendo ele te escrevo com minha opinião, o que acha?
0
Comente!x

  Estou lhe enviando uma lista com meus livros preferidos, assim como você pediu, e espero que goste de pelo menos alguns.
0
Comente!x

  Sinto muito se minha resposta na carta anterior não foi o que você esperava, não queria te desapontar, mas eu não acho que sou alguém quem as garotas gostam de imediato e acredito que você já tenha me imaginado ao seu gosto e não chegaria nem perto dessa imagem, temo que seria uma grande decepção para você e não quero que isso aconteça.
0
Comente!x

  .”
  Enquanto lia já dei uma olhada na lista que havia me enviado e fiquei muito curiosa a respeito de alguns livros e não via a hora de achar algum para ler. Mas ao final da carta já estava com o coração apertado. Poxa, pensar que ele se sentia tão inferior me deixou triste e não demorei a lhe escrever minha resposta.
0
Comente!x

  “Querido .,
  Obrigada pela lista de livros, estou doida para ler algum e ver o que acho, acho que vou começar pelo primeiro da lista, acha que é uma boa ideia?
0
Comente!x

  Você não me desapontou de maneira nenhuma e tenho certeza que você não é tão ruim assim do jeito que imagina. Eu passei por cada rosto dessa escola em minha cabeça e não tem sequer um que eu consideraria uma decepção, na verdade, tenho mais certeza a cada carta que gostaria ainda mais de você se nos falássemos pessoalmente!
0
Comente!x

  Eu tenho uma sugestão, sei que é provável que você diga não, mas não custa tentar, não é? Você gosta de sorvete? Eu amo, então o que acha de tomarmos um sorvete na vila próxima a escola? Podemos conversar e tomar sorvete, duas das minhas coisas preferidas para se fazer. Se você concordasse iria ficar muito feliz!
0
Comente!x

  .”
  Aproveitando essa coragem que não imagino de onde tenha vindo já tratei de envelopar a carta e colocar junto com a correspondência a ser enviada antes que eu reconsiderasse retirar o convite – coisa que, com toda certeza, faria.
0
Comente!x

  Agora é só esperar pela resposta do meu admirador secreto – nas palavras de , claro.
0
Comente!x

  Dessa vez a resposta não demorou e confesso que fiquei surpresa, pois esperava que ele demorasse depois do meu convite audacioso da última carta. A ansiedade, se isso for possível, foi maior do que nas cartas anteriores, apenas quatro dias mais tarde estava lendo sua resposta.
0
Comente!x

  “Querida ,
  Queria começar com uma atualização sobre o livro que me indicou, comecei há alguns dias e até agora estou gostando muito, por isso muito obrigado!
0
Comente!x

  Talvez você não tenha lembrado de todos os rostos, afinal são muitos! Você é uma garota muito bonita e gentil, está sempre cercada de gente então não tenho certeza de que você tenha sequer me notado algum dia. Porém agradeço muito por suas palavras sobre mim, após lê-las fiquei muito tentado a te contar quem sou eu, mas ainda tenho receio de que você não irá gostar muito de mim.
1
Comente!x

  Fiquei muito lisonjeado com o seu convite, mas você está certa, terei que recusar, não me sinto pronto para te encontrar ainda, sinto muito! Espero que não fique muito chateada.
0
Comente!x

  Com carinho,
  .”
  Fiquei, de fato, bem chateada, mas entendo seus motivos, apesar de não concordar com eles. Depois de todas as cartas trocadas entre nós, eu realmente queria muito conhecê-lo. Se ele estivesse certo sobre conhecer uma pessoa pelo seu gosto em livros tenho certeza que gostaria muito de conhecer o . Na verdade, eu até gostava um pouquinho dele, não que fosse assumir isso para alguém, afinal não há nenhuma garantia que continuaríamos a conversar depois que as aulas retornassem.
0
Comente!x

  “Querido .,
   Fico feliz que está gostando dos livros que lhe indiquei, li um de sua lista e também gostei muito!
0
Comente!x

  Agradeço pelos elogios, você pode achar que estamos muito distantes, mas na verdade não estamos tanto assim, você me trata como se fosse uma princesa quando, na verdade, sou somente uma garota normal e comum. Fiquei triste por você não querer me encontrar e me fez pensar se lhe passei a impressão errada ou falei alguma coisa que não deveria, se esse for o caso, por favor, me desculpe.
0
Comente!x

  Sei que estou sendo um pouco insistente e me perdoe por isso, mas se algum dia você quiser se encontrar comigo, eu ficaria muito feliz em ir.
0
Comente!x

  .”
  Quem sabe dessa vez eu tenha convencido ! Sei que seria difícil, mas não queria deixar de tentar.
0
Comente!x

  Se havia achado que as respostas anteriores demoraram a chegar, não foi nada comparado a essa vez. Até parece que estava me torturando por insistir em me encontrar com ele.
0
Comente!x

  Pedi para parar com suas buscas, ela reclamou um pouco, mas acabou concordando. Se não quer que eu saiba quem ele é, farei sua vontade. Minhas cartas à só se resumem a falar dele e acho que ela já está um pouco de saco cheio disso, não que ela tenha me dito isso, mas não consigo pensar em mais nada, está me deixando louca! Até Molly e Alice já perceberam que algo não está normal, afinal há algum tempo não vamos todo dia à sorveteria ou fazer alguma coisa divertida como antes, agora passo a maioria dos meus dias lendo alguma recomendação de . ou esperando que sua resposta chegue até mim. O que está acontecendo comigo? Não é possível!
0
Comente!x

  Já estava na semana final de férias e nenhuma resposta de ., esse fim de semana já estaria de volta à Middlesex e estava com medo que ele havia desistido de conversar comigo e que nunca mais teria nenhuma notícia dele, afinal ainda não tinha nenhuma pista de quem ele era. Ele, pelo que pude perceber pelas palavras trocadas, com certeza seria alguém quem eu consideraria ser meu namorado, e por um momento realmente achei que poderia se tornar, mas se ele não queria mais nenhum contato comigo não havia nada que poderia fazer a não ser aceitar. Porém esse pensamento me entristecia.
0
Comente!x

  Mais tarde naquela mesma semana, quando minhas malas já estavam todas prontas e a postos para meu retorno e quando, também, já havia perdido qualquer esperança de receber uma última resposta de ., ela chegou!
0
Comente!x

  “Querida ,
   Nunca pense que você é só uma garota normal, porque pra mim você é muito mais. Na verdade, nós nos encontramos algumas vezes pela escola, mas foi só de passagem, e admito que toda vez que te vejo meu coração bate mais forte! Nós temos algumas poucas aulas juntos, mas nunca tive coragem de me aproximar e conversar com você, sei que você seria muito simpática e receptiva, assim como foi com essas cartas, mas sou muito tímido para me aproximar.
0
Comente!x

  Talvez se tivesse feito isso antes, não estaria me sentindo como estou agora e preciso te confessar que estou muito nervoso que você não irá gostar de mim e esse pensamento está me tirando o sono.
0
Comente!x

  Mas quero muito conversar com você pessoalmente, então tive uma ideia para não deixar isso muito desconfortável para nenhum de nós dois. Eu vou estar no fundo do auditório nas palavras boas vindas do diretor, estarei segurando o livro de matemática e com uma jaqueta vermelha, se você me encontrar e, ao ver quem sou eu, não quiser se aproximar é só fingir que não me viu, ai você decide o que gostaria de fazer.
0
Comente!x

  Ansiosamente,
  .”

  Finalmente chegou o dia de partir para Middlesex, finalmente conheceria ., aquele que esperei tanto tempo para finalmente saber quem é! Estaria mentindo feio se não dissesse que estou tão nervosa quanto ele, provavelmente, mas também não vejo a hora!
0
Comente!x

  Esse ano meus pais me acompanhariam até a escola, então fomos conversando o caminho todo, estava tão nervosa que não conseguia parar quieta. Acredito que eles imaginaram que a ansiedade seria em rever minhas amigas e recomeçar as aulas, por isso não fizeram perguntas.
0
Comente!x

  Assim que chegamos, estava me esperando na porta da escola, não tive tempo de lhe contar que finalmente saberíamos quem é o ., mas pretendia, assim que meus pais saíssem!
0
Comente!x

  Quando meus pais saíram do carro para se despedir e pegar minhas malas, veio ao nosso encontro.
0
Comente!x

  - Sr. e Sra. ! Que bom ver vocês!
0
Comente!x

  - , querida! Como passou de férias? – e minha mãe engataram uma conversa animada, então aproveitei para me despedir do meu pai; se fosse possível queria correr para dentro daquele auditório nesse minuto.
0
Comente!x

  Depois das despedidas feitas e de ter colocado a par das novidades, andávamos apressadas até o auditório. Todo primeiro dia de aula o diretor de Middlesex fazia questão de falar algumas palavras para os alunos voltando de férias e nunca estive tão empolgada por um desses discursos. Bom, na verdade não era sobre o discurso que estava empolgada, mas tudo bem!
0
Comente!x

  Quando chegamos ao lugar marcado, comecei minha busca ansiosa por ., olhando apressada para todos os cantos, finalmente foi quando o encontrei. Meu primeiro pensamento foi achar que não fosse ele quem me mandava as cartas, ele é tão bonito! Mas ele estava com um livro de matemática e com a cor certa de jaqueta e seu nome começava com , só poderia ser!
0
Comente!x

  Rapidamente avisei que havia encontrado e fui em direção ao menino alto, parado no fim do lado oeste do auditório, quase que invisível. Estava do outro lado do auditório e estava bem cheio, então levou um tempo para conseguir chegar até ele.
0
Comente!x

  - ? – O chamei, hesitante.
0
Comente!x

  - ! – Ele me olhou quase como quem não acreditava que eu realmente estava ali falando com ele.
0
Comente!x

  - Era você que estava se correspondendo comigo?
0
Comente!x

  - Sou eu… – Ele levou uma mão ao cabelo, parecendo desconfortável.
0
Comente!x

  Por puro impulso pessimamente controlado, o envolvi em um abraço. ficou hesitante por um momento, mas passou os braços nos meus ombros delicadamente. Agora tudo fazia sentido que me senti um pouco burra por ele não ter passado na minha cabeça quando tentava recordar de todos os nomes com que tinham aula comigo, mas agora entendo o porquê; seu nome pode ser , mas nunca vi ninguém se dirigindo a ele por esse nome, só um apelido que não tem relação nenhuma com seu real nome, mas, ainda sim, estou muito feliz que seja ele!
0
Comente!x

  Quando o soltei e olhei para seu rosto, ele estava com bastante vergonha e parecia bem desconfortável, enquanto eu não conseguia tirar o sorriso do meu rosto e, talvez vendo que estava realmente feliz por me encontrar com ele, relaxou um pouco.
0
Comente!x

  - Se você quiser, podemos nos sentar juntos durante o discurso do diretor, , é praticamente sempre a mesma coisa mesmo – perguntou ainda um pouco hesitante.
0
Comente!x

  - É claro! Mas você não quer se sentar com seus amigos? Vocês sempre sentam juntos. – Quando olhei em volta para ver onde estavam seus amigos, os encontrei do lado de , todos nos olhando com tanta expectativa que me deu vergonha.
0
Comente!x

  - Acredito que eles não vão se importar, apesar de não duvidar que eles se sentem por perto, são extremamente curiosos.
0
Comente!x

  Ri um pouco, tenho certeza que eles e se dariam muito bem então, mas não falei nada.
0
Comente!x

  Assim que nos acomodamos e esperamos o diretor começar a falar, aproveitei para cutucar e lançar uma pergunta que estava morrendo para perguntar logo que nos encontramos:
0
Comente!x

  - , por que você estava tão relutante por me deixar te conhecer, afinal?
0
Comente!x

  - Eu sinto muito por isso, mas sua família tem bastante bens e poder… – Esperei um pouco para que ele continuasse, o que não aconteceu.
0
Comente!x

  - Sim, como todos que estudam aqui. – Ainda não entendia o que eu tinha de diferente em relação aos outros estudantes.
0
Comente!x

  - Nem todos, na verdade. Meu pai trabalha aqui, ele fica lá na biblioteca, então tenho bolsa e não vim de família rica nem temos muito dinheiro, mas eu o adoro de todo o coração. – não me olhava quando começou a falar, mas terminou com os olhos nos meus.
1
Comente!x

  - Talvez seja por isso que gosta tanto de ler, não é? – Sorri para ele.
0
Comente!x

   riu e relaxou ao meu lado, talvez estivesse esperando que não quisesse mais contato com ele sabendo que ele não vinha de uma família rica. Pelo jeito era isso mesmo que pensava, mas você está totalmente errado, ! Ha Ha!
0
Comente!x

  Continuamos conversando durante todo o discurso de volta as aulas do diretor, no fim ele já havia concordado em ir tomar aquele sorvete comigo e eu não poderia estar mais feliz!
0
Comente!x

  Parece que esse será um ótimo resto de ano, afinal.
0
Comente!x

Fim

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
MaraizaS
MaraizaS
2 anos atrás

Mari, eu amei a história! Adorei o fato de ser fora dos nossos ~anos~ e a ideia das cartas. Me apaixonei pelo pp ;-;. Obrigada pela história! 

Comentário originalmente postado em 21 de Julho de 2017

Anne
Anne
2 anos atrás

Essa história é MUITO fofa. Misericórdia. Não tô conseguindo segurar a fofura. Esse pp <3 . Parabéns pela história bem original.

Comentário originalmente postado em 28 de Julho de 2017

Ray Dias
7 meses atrás
  Com meus sinceros sentimentos," Read more »

MAS O JEITINHO DELE É TOTALMENTE COMPATÍVEL COM O TAEHYUNG KKKKKKKKKK Eu colocando meu pp sem nem saber que ele seria um xuxu escrevendo cartas! ai ai Tae… o destino está nos dizendo algo meu amor.

Ray Dias
7 meses atrás
  Sobre meu verão, estou me divertindo muito, ., tenho algumas amigas na minha vizinhança, então sempre que podemos saímos para…" Read more »

Mas ele tá na escola? Ele não disso isso ‘-‘

Ray Dias
7 meses atrás
  Talvez você não tenha lembrado de todos os rostos, afinal são muitos! Você é uma garota muito bonita e gentil,…" Read more »

IIIIIIIIIIIIhhhhhhh T. então não alimenta mais a nossa curiosidade, e vai fazer uma terapia para essa estima baixa. Eu ein

Ray Dias
7 meses atrás
  - Nem todos, na verdade. Meu pai trabalha aqui, ele fica lá na biblioteca, então tenho bolsa e não vim…" Read more »

Aaaaaah tadinho, era vergonha de ser rejeitado pelas posses? Vem cá, eu te dou um abraço bebê!

Ray Dias
7 meses atrás

OK! E EU FIQUEI CURIOSA PARA LER O RESTO DO ANO DELES ! ♥


You cannot copy content of this page

7
0
Would love your thoughts, please comment.x