Esta história pertence ao Projeto Songfics

Status

Loading

Avalie

Este texto foi revisado
Encontrou algum erro? Clique aqui

Temporada #007

Take Your Yime
Sam Hunt

Esta história não possui capas prévias (:

Sem informações no momento.

Take Your Time

  A estrondosa chuva fazia reféns em marquises curtas das lojas que ocupavam a cidade, enquanto outras pessoas se aventuravam em se molharem, afinal, elas não eram feitas de açúcar. As gotas não pareciam dar trégua, o que causou um maior volume no bar no final da rua, o qual você precisava virar três direitas e entrar em um beco para chegar. O público sempre foi diversificado e havia uma ou outra atração, saciando o gosto da maioria. Por causa de sua localização, muitos achavam o recinto “estranho”, o que provocava uma ironia, já que em cidade pequena não há tantos bares para explorar que nem aquele. Ao abrir a porta, um sino soava, entregando a próxima alma que se deliciaria com o gosto magnífico de uma boa cerveja e das dançarinas espalhadas pelo espaço, e seus ouvidos preenchidos com uma melodia que os contagiavam. Muitos ali sentiam que uma sexta à noite só era maravilhosa se estivessem enchendo seus corpos com álcool após o trabalho e com a companhia de pobres almas amigas, que visavam logo esse bendito dia para darem uma trégua as suas mentes lotadas de problemas. Há também quem frequentasse o bar sozinho, sem fazer questão em ter alguém ao seu encalço; assim como , que preferia curtir seu tempo longe dos companheiros chatos e emburrados de seu emprego. O rapaz pedia para que o garçom enchesse seu copo e era prontamente atendido, degustando vagarosamente o líquido que invadia sua boca.
0
Comente!x

“I don’t know if you were looking at me or not
You probably smile like that all the time
And I don’t mean to bother you but
I couldn’t just walk by
And not say hi”

  Ele observava o local pouco a pouco, sem se importar se recebia muitos olhares de volta, porém, quando um olhar castanho o encontrou, uma sensação estranha invadiu seu corpo. Foram poucos segundos que confundiram a cabeça do homem, já que um sorriso brotou nos lábios da mulher e havia mais alguém ao lado de , então, ele não sabia ao certo se era para o mesmo.
0
Comente!x

“And I know your name
‘Cause everybody in here knows your name”

  Não demorou para lembrar de quem era aqueles cabelos ruivos grandes que vinham acompanhados com um sobretudo escuro, combinando perfeitamente com o batom vinho que usava. No auge de seus vinte e um anos, a moça era conhecida por toda a cidade, visto que seus pais eram tão influentes quanto o prefeito, e isso causava uma certa atenção nela. Portanto, em uma abordagem casual, se aproximou da mulher que se deliciava com algumas batatas fritas e a encarou, sendo percebido rapidamente.
0
Comente!x

  — ?
0
Comente!x

  — Você deveria ser…? — Respondeu, bebendo um pouco de cerveja em seguida.
0
Comente!x

  — , poderia me juntar a você? — Mexeu em suas madeixas negras que insistiam em cair na sua testa.
0
Comente!x

  — Claro, por que não? — Riu. — Em que posso ser útil, ?
0
Comente!x

  — Gosto quando me apelidam sem demora e aviso prévio, é encantadoramente engraçado. Aposto que meio mundo deve lhe chamar de , então, ficarei com . — Ela não se surpreendeu tanto ao saber que o homem a conhecia vagarosamente, do mesmo jeito que não omitiria que já ouvira o nome dela ser pronunciado por meia dúzia de bocas nos últimos dias.
0
Comente!x

  — Um ponto para você! Na verdade, só está na minha certidão, acho que nem meus pais me chamam mais assim. Aceita uma batata? — Empurrou a pequena bandeja para .
0
Comente!x

“My heart is pounding but
It’s just a conversation”

  A partir desse momento, a conversa entre eles fluiu, porém o rapaz não negava que ficara um pouco nervoso em relação a ela. Isso acontece pelo mesmo motivo dela ter dado assunto a ele, o interesse. não a conhecia totalmente, e nem a ele, mas ambos estavam ali, compartilhando coisas aleatórias em um bar numa sexta-feira à noite.
0
Comente!x

“And I know it starts with hello
And the next thing you know you’re trying to be nice
And some guys getting too close
Trying to pick you up
Trying to get you drunk
And I’m sure one of your friends is about to come over here
‘Cause she’s supposed to save you from random guys
That talk too much and wanna stay too long
It’s the same old song and dance but I think you know it well”

   sempre tentava ser legal com a maioria dos caras que falavam com ela; na verdade, só era simpática para ver se eles a deixavam de lado. Por sorte, ou uns não eram babacas e não incomodavam mais a estadia da moça, ou sua melhor amiga a salvava de ouvir as mesmas investidas. Muitos não entendiam que gostava de estar sozinha e de se curtir, não visava um relacionamento tão cedo e nem fazia questão de ter um, e isso é um ponto em comum com o moreno à sua frente. não tinha intenção alguma de ter obrigações que algumas garotas que saíra queriam, e via isso nitidamente conforme a conversa avançava com a ruiva.
0
Comente!x

  — E eu fico pensando em como tem gente que ainda estranha o fato de você beijar bocas aleatórias sem mesmo saber o nome delas. Acho que se está tudo bem para você, não tem o que encrespar com isso. — apoiava sua bochecha em sua mão, enquanto a outra fazia gestos durante sua fala.
0
Comente!x

  — Não é? Ainda mais na nossa cidade, ninguém pode te ver com indivíduos diferentes que já começam os murmúrios, sabe? Elas confundem muito sentimentos com atrações momentâneas. — Ele bebeu um pouco antes de continuar — Às vezes só estamos interessados e apenas queremos algo que não seja nada além de troca de energias por uma noite.
0
Comente!x

  — Ótimo ponto, ! Afinal, qual o problema de compartilhar um momento gostoso só uma única vez com desconhecidos por aí? — Ela riu, pondo em seus lábios a malícia do outro sentido da frase.
0
Comente!x

“I don’t wanna go home with you
I just wanna be alone with you”

  — Então, Candy, que tal sairmos um pouco para termos um tempo sozinhos?
0
Comente!x

  — Achei que não fosse ganhar um apelido também, . — arrastou a última palavra com sua voz e levantou, sendo acompanhada pelo homem.
0
Comente!x

  Caminharam até um beco que era próximo do bar, tendo a plena visão de que só havia os dois juntamente com alguns utensílios abandonados. Eles ficaram se olhando e a puxou pela cintura, apertando levemente o local. Sentiu sua nuca sendo invadida por arrepios causados pelas unhas de , que não tardou em grudar seus lábios nos dele e apertar mais ainda seus corpos um contra o outro. O beijo ia em um ritmo lento, o que só instigava o desejo dos dois naquele momento, e de acordo com as mordidas nos lábios inferiores, não iriam demorar para que aumentassem a frequência de seus atos. atacava a pele exposta de , distribuindo beijos, lambidas, mordiscadas e chupões, tendo uma ótima reação e aprovação da ruiva, que não o deixava sair por cima. Ao se entreolharem, começaram a rir e ficaram desse jeito por um tempinho, até iniciarem outro beijo.
0
Comente!x

  Eles curtiam bastante o que faziam, sem se importar com a chuva ou se alguém os veriam agarrados. Quando decidiram ir embora, a beijou na testa, lhe desejando uma boa noite. sorriu, falando para ele se cuidar e deu as costas, indo para a direção contrária da dele. O homem ria sozinho, era incrível como um dia tão pacato poderia tomar uma proporção diferente do que esperava, assim como tomar o tempo de alguém e o seu próprio, teriam consequências boas.
0
Comente!x

“I just wanna take your time”

Fim

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Martins
Martins
1 ano atrás

AMEI!!!!! 

Como sempre ne kkkkkkk

Comentário originalmente postado em 08 de Abril de 2018

Liv
Liv
1 ano atrás
Reply to  Martins

Hahahaha aaaah, obrigada! Fico feliz que tenha gostado, xuxu <3

Comentário originalmente postado em 09 de Abril de 2018


You cannot copy content of this page

2
0
Would love your thoughts, please comment.x