Status

Loading

Avalie

Este texto não foi revisado
Encontrou algum erro? Clique aqui

Esta história não possui capas prévias (:

Sem curiosidades para essa história no momento!

prfct

“You can get real close, talking, your talking now. Underneath our clothes, pretending we know it all, shut off the light just to hide in the dark, dark, dark.
Hide in the dark, dark, dark. Think I know you’re the light in the dark!”

  Colocou as mãos em volta da cintura dele enquanto olhava para cima para encará-lo. Olhou dentro dos olhos de Yugyeom, e então respirou fundo.
0
Comente!x

  - Só mais uns vinte minutos e eu prometo que a gente vai embora! – encostou o nariz no dela enquanto fechava os olhos –
0
Comente!x

   assentiu para ele enquanto apertava sua cintura, o cheiro amadeirado dele invadiu suas narinas quando ele inclinou o rosto para lhe beijar a bochecha. O coração dela saltava dentro do peito. Aquela não era a primeira vez que os dois saiam publicamente para eventos como um “casal” e nem seria a última, afinal de contas, eles tinham um contrato de quatro anos para aparecer como um casal publicamente. Ambos com a imagem arruinada por vários erros e polêmicas do passado, representados pela mesma gestão…
0
Comente!x

  A idéia de que se os dois mostrassem que haviam se apaixonado e estavam buscando a redenção juntos limparia por completo todas as polêmicas em que ambos se envolveram, veio dos empresários. Os dois não tiveram muita escolha, e quando perceberam, já estavam com um contrato assinado e tendo que comparecer aos eventos juntos, e não só isso, tinham que ser vistos fazendo coisas de casais fora desses eventos. No começo não achou que funcionaria, ela inclusive tentou de todas as formas se opor, mas agora conseguia enxergar que talvez funcionasse. Na verdade, hoje ela pensava em como os dois funcionavam bem juntos…
0
Comente!x

  Os dois se jogaram no sofá que ficava mais afastado de toda a muvuca do evento e Yugyeom tirou o maço de cigarros do bolso. A mão de praticamente voou na direção dos lábios dele quando ele encostou o cigarro nos mesmos.
0
Comente!x

  - Tá maluco Yugyeom? Apaga essa porra! Joga logo isso fora!
0
Comente!x

  Jogou o cigarro no chão, apagando o mesmo com o pé enquanto ouvia Yugyeom resmungar e jogar a cabeça para trás.
0
Comente!x

  - Que merda ! Eu preciso relaxar caramba!
0
Comente!x

  - Você precisa se lembrar que agora somos outras pessoas! A gente não bebe e muito menos fuma na frente das pessoas! Quantas vezes vou precisar te lembrar disso? To cansada caramba!
0
Comente!x

  - E eu? Não estou cansado? – os dois se olharam – Eu não posso nem fumar a porra de um cigarro! – Yugyeom tapou os olhos com as mãos –
0
Comente!x

   , compadecida da dor do mais novo, lhe apertou um dos ombros.
0
Comente!x

  - Vamos embora? Por favor? Chega né? Nós dois precisamos descansar, estamos indo de evento em evento há dois dias! Vamos aproveitar que esse é o último e que vamos finalmente voltar para Seoul amanhã!
0
Comente!x

  Yugyeom assentiu para a companheira e então ergueu a mão na direção dela, que colocou a mão pequena e delicada no meio da dele que a apertou.
0
Comente!x

  Os dois se despediram dos poucos conhecidos que estavam lá, tiraram mais algumas fotos para a imprensa e então finalmente deixaram o evento. Já dentro do carro, encostou a cabeça no ombro de Yugyeom que encostou a cabeça sobre a dela.
0
Comente!x

  - Você sabe que é a minha luz no meio dessa escuridão toda, não sabe?
0
Comente!x

   , de olhos fechados, preferiu ficar em silêncio. Não podia ser daquele jeito, o que eles tinham era apenas um contrato… Mas ela sabia que Yugyeom entenderia que o silêncio dela, na verdade era sim, uma confirmação.
0
Comente!x

“Like, A-B-C-D, that could work so perfectly, if perfect was the kinda thing that worked for me… But I wanna feel nervous, just a little bit off the edge even if I know that I will end up in a mess like…”

  Yugyeom se livrou do blazer jogando o mesmo na poltrona do quarto caro do hotel em que estavam. Abriu os botões da camisa social preta que vestia e então caminhou para o banheiro. ouviu ele chamar seu nome e então apareceu no cômodo, vislumbrando o homem já sem a camisa e com o cinto já desafivelado. Era impossível que os olhos dela não passeassem pelo peito desnudo de Yugyeom. Se lembrou exatamente da textura de sua pele em seus lábios e então engoliu seco. Não podia!
0
Comente!x

  - Não quer tomar um banho? – Yugyeom viu ela balançar a cabeça em negativa – Porque?
0
Comente!x

  - Pode tomar seu banho meu bem! – e ela saiu –
0
Comente!x

  Não podia ceder aos encantos de Yugyeom de novo! As coisas entre os dois estavam indo de zero a cem muito rápido, e tudo aquilo podia acabar muito mal. Os dois não deveriam criar vínculo algum, e se ela continuasse a não resistir às investidas de Yugyeom, aquilo não funcionaria.
0
Comente!x

  Yugyeom saiu do banho ainda enrolado na toalha e encarava , esparramada na cama mexendo no celular.
0
Comente!x

  - Pronto! O banheiro tá liberado para você usar! – o tom de voz áspero da voz dele invadiu seus ouvidos – Se quiser eu saio do quarto para você ficar mais à vontade!
0
Comente!x

  - Para com isso Yugyeom! Olha a palhaçada! Não seja infantil! Você me irrita quando age assim!
0
Comente!x

  - E você me irrita quando age como se não me quisesse também!
0
Comente!x

  - Yugyeom, por favor! – ela se levantou caminhando apressada em direção ao banheiro –
0
Comente!x

  Sentiu uma das mãos de Yugyeom a segurarem pelo braço e então o corpo dos dois colidiu com certa força.
0
Comente!x

  - Você não engana ninguém! Muito menos a mim! Nós estamos nessa merda juntos ! E estamos atolados nela até o pescoço! Não vai ser perfeito, mas eu sei que isso poderia funcionar.
0
Comente!x

  E então ele a beijou com força, e deixou que ele assim o fizesse. A língua quente dele pediu passagem e deixou que ela entrasse enquanto subia os braços enlaçando-os no pescoço de Yugyeom enquanto ficava na ponta dos pés para que o rapaz ficasse mais confortável. Logo as mãos dele desciam as alças do vestido preto que ela usava fazendo o mesmo deslizar por sua pele até cair no chão. Os beijos dele desceram para o pescoço dela que deixou o acesso ao local completamente livre sentindo o corpo arrepiar.
0
Comente!x

  - Eu sei, poderia valer a pena! E por todas as noites em que eu deixei lágrimas caírem por meu rosto, borrando o meu rímel… Não é perfeito, mas talvez seja o que precisamos!
0
Comente!x

  O olhar dos dois se encontrou e então os lábios se chocaram enquanto eles caminhavam de volta para a cama. Com o corpo dele por cima do seu, as unhas de desceram pelas costas desnudas e ainda úmidas de Yugyeom arrancando um gemido baixo dos lábios dele.
0
Comente!x

  - Não é perfeito, mas talvez seja o que precisamos! – ele repetiu com os lábios contra os dela –
0
Comente!x

Fim

  Curiosidade: Essa fanfic nasceu porque o Yugyeom é o bias de uma das minhas melhores amigas, e eu fiz a fanfic para ela! O nome original inclusive é o dela <3

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lelen
Admin
10 meses atrás

Mulher, eu quero saber das bobeiras que esses dois fizeram antes de se “envolverem”. E também não reclamo se tiver uma fic falando do início de tudo HEHEHEHEH
Sim, sou abusada OIANSDINASDP


You cannot copy content of this page

2
0
Would love your thoughts, please comment.x