Status

Loading

Avalie

Este texto foi revisado
Encontrou algum erro? Clique aqui

Esta história não possui capas prévias (:

Sem curiosidades para essa história no momento!

Para Sempre

  A pequena e pacata cidade de Luna continuava bela apesar dos anos que se passaram; Rey e Marc voltavam para casa após uma das inúmeras viagens que costumavam fazer, ansiosos para compartilhar com sua filha as novidades que encontraram. Suas aventuras possuíam vários objetivos, mas o maior e mais importante era estarem juntos, mesmo que vivessem grudados desde que começaram a namorar.
0
Comente!x

  Com a grande lua iluminando os seus caminhos, eles decidiram pegar um pequeno desvio para a floresta, a fim de estenderem o seu encontro – afinal, a filha do casal provavelmente estaria ocupada com os preparativos para o próprio casamento. Nascidos e criados em Luna, ambos sabiam todos os seus locais secretos, então optaram em ir para uma cabana bem escondida mais a fundo do lugar, chegando depois de vinte minutos de caminhada. Os dois se acomodaram e acenderam uma pequena fogueira, usufruindo tanto do fogo quanto de seus corpos abraçados para espantarem o frio.
0
Comente!x

  — Isso me traz lembranças… — Rey sorriu, se acomodando ainda mais próximo do esposo.
0
Comente!x

  — Definitivamente — Marc o beijou brevemente e encarou o fogo, relembrando uma memória específica. — O dia que conheci a sua mãe.
0
Comente!x

  — Oh, esse fatídico dia.
0
Comente!x

  Rey e Marc começaram a namorar quando tinham dezesseis anos e, prestes a completarem cinco meses, os pais de Rey quiseram conhecer o genro. Não era um problema para o casal, só que, quando os mais velhos descobriram um detalhe sobre o bruxo, quase impediram o relacionamento dos dois.
0
Comente!x

  Antes de se envolver com Rey, Marc saía com Stella, uma jovem lobisomem que amava viajar pelos dois mundos e tinha o espírito livre. Em um certo dia, eles confirmaram a suspeita que vinham tendo há umas semanas: Stella estava grávida. Por mais que tivessem todos os motivos para surtarem, os dois se mantiveram calmos em prol do bebê que viria e, apesar dos pesares, decidiram prosseguir com a gravidez.
0
Comente!x

  Independente de não terem mais um relacionamento romântico, Stella e Marc eram melhores amigos e, com o apoio de seus respectivos familiares, o restante da gestação ocorreu bem. Lua – nome escolhido pelos pais – nasceu assim que Rey e Marc assumiram o namoro, e não foi difícil para Rey considerar Lua como sua filha, já que pretendia se casar com o namorado em um futuro próximo. Na verdade, às vezes Marc achava que tinha perdido a filha para o parceiro, visto que a pequena Lua se acalmava bem mais rápido no colo de Rey do que no de Marc ou Stella.
0
Comente!x

  Rey nunca teve uma relação muito boa com sua família, no entanto, nada passava despercebido pelos mais velhos. Uma hora ou outra saberiam sobre Marc e, consequentemente, sobre Lua.
0
Comente!x

  E calhou em ser no dia que levou o seu namorado para conhecer os seus pais.
0
Comente!x

  Não houve discussão ou briga, porém, os olhares dos demais diziam tudo; não é preciso comentar que após o jantar, Rey ficou extremamente irritado com os progenitores e, a fim de tirar a limpo o climão que ficou, seus pais lhe deram duas opções: ou Rey terminava ou saía de casa. Os mais velhos eram extremos em tudo nas suas vidas, e com suas malas prontas antes mesmo do jantar – já que Rey imaginava que ser expulso seria uma opção –, ele saiu da casa anunciando que nunca mais falaria com os pais.
0
Comente!x

  Marc, Stella e a pequena Lua o esperavam no lado de fora, o que o surpreendeu. O jovem acreditava que o namorado havia ido para sua residência, mas Marc apenas se escondeu perto das árvores, avisando Stella a situação. Por estar na casa de sua mãe, Stella se encontrou com Marc e trouxe Lua, preparada para entregá-la ao pai caso precisasse entrar em ação. Por serem da mesma espécie, Stella era a melhor pessoa para ajudar Rey, e ela nunca abandonaria um amigo e um dos pais de sua filha.
0
Comente!x

  Rey correu para o braço dos dois, sentindo o calor deles o confortar; Stella passou Lua para ele, que sorriu de imediato ao ver seu outro papai e quase fez com que o lobisomem chorasse. Os quatro seguiram para a floresta, indo para a cabana que Marc frequentava desde criança, e passaram a noite lá. O espaço possuía tudo o que precisavam, e Stella tinha tudo de Lua na mochila da pequena, então a noite foi mais tranquila do que imaginavam.
0
Comente!x

  Marc e Rey acenderam uma pequena fogueira e se sentaram lado a lado, conversando sobre coisas aleatórias enquanto colocavam Lua para dormir. Stella se ausentou por um tempinho, a garota foi fazer uma ronda para garantir que não foram seguidos e queria dar um tempo a sós para o casal. Assim que a bebê adormeceu, eles falaram sobre o acontecimento, e não demorou para Marc convidar Rey para morar consigo. A tia do bruxo já estava ciente da situação, e receberia o jovem lobisomem sem problemas. Stella também o chamou, apesar de que não faria tanta diferença o local que Rey escolhesse, visto que Marc e Stella viviam na casa um do outro. Com a escolha feita, os três melhores amigos não se desgrudaram mais e criavam a sua filha juntos, da melhor forma possível.
0
Comente!x

  — É nostálgico pensar que já se passaram vinte e quatro anos desde que começamos a namorar.
0
Comente!x

  — E vinte desde que casamos… — Marc olhou as suas alianças com carinho. — E que Stella não mora mais aqui.
0
Comente!x

  — O que se apaixonar por um humano não faz com a pessoa. Lua está indo pelo mesmo caminho. — Ambos gargalharam. — Alguma notícia da Stella?
0
Comente!x

  — Muitas — o bruxo riu —, inclusive, ela pediu que não contássemos a Lua sobre a sua vinda.
0
Comente!x

  — Ela não muda, né? Parece que a querida esquece que eu existo!
0
Comente!x

  — Talvez se você olhasse o nosso grupo e não estivesse tão ocupado com o trabalho, Stella te procuraria mais…
0
Comente!x

  — Ei! — Marc recebeu um tapa em seu braço, mas logo Rey se deu por vencido. — Contra fatos não há argumentos. Enfim, quero ver a reação da Lua ao ver sua mãe no dia do seu casamento. — Rey soltou um risinho cúmplice.
0
Comente!x

  — Stella sempre gostou de surpresas. — Marc suspirou. — Não sei como nós três tivemos um relacionamento.
0
Comente!x

  — Você é o único que não gosta, querido. Ainda fico impressionado como você deu conta de dois lobisomens.
0
Comente!x

  — Ah, é? — O bruxo sorriu maliciosamente, pondo o seu esposo em seu colo e abraçou a sua cintura, espalhando beijos por toda a sua clavícula.
0
Comente!x

  — Definitivamente, certas coisas nunca mudam. — Ele beijou o outro sem delongas ao decidir que não provocaria mais o marido. — Eu amo você. E amo compartilhar a vida contigo.
0
Comente!x

  — Somos dois, então. — Marc sorriu. — Mesmo após todos esses anos, nada mudou. Eu continuo sendo o homem mais feliz por ter você, Lua e a nossa família que a cada dia cresce mais.
0
Comente!x

  — Já podemos considerar a Becca como nossa filha mais nova.
0
Comente!x

  — Eu já estava considerando desde que ela veio para Luna, meu bem. — Marc segurou o rosto do outro e acariciou a sua bochecha, sorrindo. — Não há outra pessoa no mundo para mim a não ser você, Rey Solari. Eu juro te amar para sempre.
0
Comente!x

  — Isso soa como votos de casamento… — Rey envolveu o pescoço de Marc e o puxou mais para si, encostando as suas testas.
0
Comente!x

  — Eu me casaria com você todos os dias, meu bem.
0
Comente!x

  — Para sempre? — Ele assentiu com toda a certeza do mundo. — Marc Solari, quer se casar comigo mais uma vez?
0
Comente!x

  — A resposta é sempre sim para você, Rey Solari.
0
Comente!x

  O lobisomem estava à beira das lágrimas, sentindo-se sortudo por ter alguém que o amava na mesma intensidade e, apesar de tudo o que já enfrentaram, eles tinham a certeza de que ficariam juntos.
0
Comente!x

  Para sempre.
0
Comente!x

Fim

  N/A: eu amo esse casal, sabe <3
  Enquanto não trago o casamento da Lua e do Namjoon (e talvez o da Hellen e do Jin e a continuação da Becca e do Jimin), deixo vocês com a história sobre como Rey e Marc começaram a namorar e, consequentemente, um pouco do passado da Lua. Essa fic está na categoria original, mas as outras estão na do BTS, só entrar no meu perfil e procurar por BALINHA DE CORAÇÃO (a primeira da série da Lua e do Namjoon), Cadeado (a da Hellen e Jin) e Heaven (Becca e Jimin).
  Espero que tenham gostado! Eu gostei muito de escrever sobre eles, definitivamente são duas pessoas que se amarão para sempre, apesar de qualquer coisa que possa aparecer no caminho deles.
  Até a próxima <3

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lelen
Admin
10 meses atrás

Eu tô brava porque os backups do site não salvaram os comentários OIHASNDOIABSNDO
Mas: EU AMO ESSE CASAL e foi mara ver o começo de tudo. Amei o trisal inicial HAHHAHA
E vou eu ler Heaven que ainda não consegui ler ;-;

Liv
Liv
10 meses atrás
Reply to  Lelen

eu amo eles demaaaais!!!
eles como trisal eram tudo também <3
leiaaa <3


You cannot copy content of this page

2
0
Would love your thoughts, please comment.x