Status

Loading

Avalie

Este texto foi revisado
Encontrou algum erro? Clique aqui

Esta história não possui capas prévias (:

Sem curiosidades para essa história no momento!

mortal

Capítulo 1 — the beginning

  “Querida, você é a rainha do inferno! Tem certeza de que quer perder alguns anos da sua longa vida presa a um humano?”
0
Comente!x

   Morningstar gostaria de ter escutado o seu ex.
0
Comente!x

  Talvez, se tivesse escutado Lúcifer desde o início, não teria passado por uma desilusão amorosa tão grande com Adam. Talvez, se não tivessem a barreira da mortalidade, teriam dado certo.
0
Comente!x

  Contudo, um amor entre um demônio e um humano estava fadado ao fracasso antes mesmo de começar, e tanto quanto Adam sabiam que o fim chegaria, apesar de terem se amado.
0
Comente!x

  Era uma manhã ensolarada no mundo humano quando , em uma das visitas aos Vatore, esbarrou com um jovem rapaz um tanto atrapalhado, mas que tinha um sorriso tão cativante que a fez achá-lo uma graça. Ela estendeu a mão em sua direção, o ajudando a levantar e percebeu que, em menos de cinco minutos, o humano já havia se apresentado afobadamente, quase revelando o seu tipo sanguíneo. Não é preciso de muito para saber que depois desse primeiro encontro, Adam e engataram em uma amizade que se tornou um relacionamento em exatos três meses.
0
Comente!x

  O fato de Morningstar ser a rainha do inferno era de conhecimento do rapaz, já que na semana seguinte que se conheceram, Adam se perdeu em uma floresta e quase virou comida de vampiro. Para a sua sorte, a mulher estava por perto fazendo uma ronda na área por conta de alguns relatórios sobre movimentações de um certo grupo de anjos, então no momento em que Adam viu jogar o vampiro para longe apenas com um movimento de mão, ele soube que ela era um demônio. Isso não o assustou, tampouco o fez querer esquecer da cena; ele apenas agradeceu e disse que esperava que ambos pudessem continuar sendo amigos. Claro que a rainha foi pega de surpresa, afinal, não é todo dia que um humano reage tão bem ao fato dela ser uma demônio, mas, o que a deixou ainda mais boquiaberta foi o fato dele propor um contrato.
0
Comente!x

  Por mais afeiçoada que fosse aos humanos, Morningstar não conteve o riso sarcástico ao escutar aquela baboseira. Como que um mero mortal era ousado o bastante para propor algo desse nível à rainha do submundo? No entanto, a determinação em seu olhar a fez pensar que talvez esse humano fosse diferente dos demais. Ainda levou um bom tempo até que ela cedesse ao pedido, chegando a sua decisão final quando, em uma noite calorosa, Adam a pediu em namoro após três meses de amizade. aceitou sem pensar duas vezes e, a fim de proteger o seu amado, colocou a marca nele, tatuando o seu braço com um coração que seria visível só para poucos. Dessa forma, ele ficaria protegido e ambos teriam uma conexão a mais, o que deixou o recém casal empolgado. Entretanto, atrás dos portões do inferno, havia uma certa figura que no momento que escutou tal baboseira, não deixou a sua opinião passar despercebida.
0
Comente!x

  Lúcifer Morningstar não conseguia acreditar que a sua ex-esposa aceitou um pedido de um mero mortal, e o fato de ser contra esse relacionamento não é por ter sentimentos por ou se sentir trocado, mas por possuir uma intuição tão afiada que lhe permitia dizer a natureza de qualquer ser vivo somente com o olhar. Ele queria apoiá-la em todas as suas escolhas, no entanto, seu coração apertava ao perceber o quão envolvida a mulher estava, e era de conhecimento tanto da rainha quanto do rei que se relacionar com mortais significava apenas uma coisa: sofrimento.
0
Comente!x

  E, no caso de Adam e , tinha plena certeza que o relacionamento não duraria.
0
Comente!x

  — Mas nós gostamos do sofrimento, amor — Morningstar comentou enquanto tirava as suas luvas ensanguentadas, as jogando fora rapidamente. Os dois acabaram de voltar de uma ronda, a qual precisaram lidar com alguns humanos que tiveram que ser punidos de acordo com seus crimes.
0
Comente!x

  — Gostamos do sofrimento de quem merece, não do nosso, querida! — Lúcifer tocou no seu nariz, se preparando para se despir em seguida.
0
Comente!x

  — Precisa fazer isso na minha frente? — Rolou os olhos impaciente e se sentou no sofá, cruzando os braços. — Eu sou uma mulher comprometida.
0
Comente!x

  — Que não deveria ser.
0
Comente!x

   odiava quando Lúcifer usava esse tom de voz.
0
Comente!x

  O demônio discordava dela pouquíssimas vezes, e em todas utilizava o mesmo timbre que a fazia sentir como se ele estivesse brigando com ela. Pode não parecer, mas a relação desses dois foi uma que faria os demais demônios se questionarem se ambos realmente eram rei e rainha do inferno de tão doce que era.
0
Comente!x

  — Você não gosta nem um pouco quando falo assim, não é? — Ele se agachou na sua frente e colocou a sua mão em cima da dela, fazendo um carinho.
0
Comente!x

  — Não — fez um biquinho, esquivando o olhar —, você é sempre ligado no 220 e ama falar, quando fala com tamanha tranquilidade e de maneira curta me preocupa. Você só fala assim ou quando discorda de mim ou quando quer tirar a paciência de alguém…
0
Comente!x

  — Às vezes esqueço que até nós, realezas do submundo, também podem ser vulneráveis. — Lúcifer riu, segurando o rosto da mulher. — , se você quer continuar com o seu namoro, continue e vá em frente. Eu não vou te impedir ou te encher com os meus comentários, mas a questão é que lá no fundo, eu e você sabemos que no fim o que te espera é o sofrimento. Eu queria muito não ter essa intuição, todavia…
0
Comente!x

  — Eu não te escolhi como meu braço direito à toa, Lúcifer. — Morningstar encostou suas testas, suspirando cansadamente. — Eu só quero tentar, sabe? Eu realmente gosto dele e ele provou que não tem medo de mim ou está comigo só por eu ser a rainha.
0
Comente!x

  — Se é o que você quer… — O outro Morningstar se afastou, voltando a se despir enquanto caminhava para o banheiro. — Mas só peço que você se cuide, . Adam ainda não te viu na sua forma demoníaca.
0
Comente!x

🌙

Capítulo 2 — monster

  O namoro durou em torno de três anos, surpreendendo não só o rei, como a própria rainha. e Adam se amavam e levavam o relacionamento com tranquilidade, no entanto, algumas coisas começaram a mudar nos últimos meses do terceiro ano. Adam decidiu cursar uma segunda faculdade em paralelo ao seu trabalho, sendo apoiado por Morningstar, que até se ofereceu para acompanhá-lo no primeiro dia de aula. Adam adorou a ideia, e sempre que a rainha podia, ela fazia questão de encontrar o namorado na saída, até que decidiu parar. Adam nunca teve problemas em apresentá-la para as suas amizades, inclusive ficava animado com a possibilidade da namorada ser amiga do seu grupo, contudo, também possuía uma intuição tão boa quanto a do seu ex. Morningstar conhecia um olhar apaixonado de longe, e por mais que não tivesse nada que confirmasse a sua suspeita, a rainha decidiu dar um espaço maior para Adam.
0
Comente!x

  Não era ele quem estava apaixonado, mas pensou que seria apenas uma questão de tempo para que o rapaz retribuísse os sentimentos da sua colega de classe, Eve. Chegou em um momento em que conversou com Adam sobre, e por mais que ele assegurasse que isso não aconteceria, algo dentro de Morningstar se remexia ao vê-lo afirmar com tanta certeza. Com o tempo, os dois iam se distanciando de pouquinho em pouquinho, e apesar de tentarem fazer dar certo, sabiam que só o amor não sustenta uma relação; eventualmente, com a recente falta de tempo de ambos, o afastamento se tornou inevitável, e no dia em que marcaram um encontro para conversarem sobre o relacionamento, um acidente aconteceu.
0
Comente!x

  Adam e seus amigos voltavam da faculdade juntos como sempre faziam, se dividindo em grupos menores assim que chegavam na pracinha para seguirem os caminhos de suas respectivas casas. Adam e Eve conversavam animadamente, enquanto Miguel estava mexendo em seu celular desinteressado nos amigos; para o rapaz, essa amizade entre ambos era meio diferente, e mesmo que sentisse que não fosse certo já que Adam tinha uma namorada, preferiu não se meter e deixar que os amigos continuassem com a sua animada conversa. A essa altura, era óbvio para todos que Adam havia se afeiçoado por Eve, mas o próprio rapaz não percebera completamente esse detalhe, o que lhe causava sentimentos conflitantes, visto que não achava justo colocar nesse tipo de situação.
0
Comente!x

  Tudo ia bem até que o trio foi interrompido não só por um certo grupo de anjos, mas por um carro desgovernado que vinha em sua direção, acertando Miguel em cheio e o arremessando para dentro da floresta; os anjos, aproveitando a oportunidade, miraram em Eve e principalmente em Adam, os atacando sem cerimônias. Eles só não contavam que e Lúcifer estavam por perto, além do fato de Adam ter um contrato com a rainha, o que a faria chegar rapidamente de qualquer maneira. Mas, apesar de virem para salvar o dia, tinha só um porém que não pensaram previamente: Adam nunca viu a forma demoníaca de .
0
Comente!x

  O ex-casal Morningstar evitava ao máximo exibir suas formas demoníacas no mundo humano, pois era arriscado demais e em um mundo tecnológico, com apenas poucos cliques as pessoas postavam fotos e vídeos na internet. A questão é que quando precisavam lidar com esse determinadogrupo de anjos, suas formas humanas, apesar de superiores, não davam tanta força quanto as suas verdadeiras faces – é como se eles fossem personagens de um jogo, e cada skin tem uma utilidade diferente. Lidar com os anjos não foi uma tarefa difícil, e para a sorte deles, Raphael veio resgatá-los, levando consigo um dos últimos ultimatos de Morningstar direcionado a Michael. A rainha e o rei não queriam guerra por agora, por isso permitiram que os anjos fossem embora, independente de desejarem matá-los com suas próprias mãos.
0
Comente!x

  O ex-casal voltou suas atenções para o trio e enquanto Lúcifer ia em busca de Miguel, socorreu Eve e Adam, achando curioso a garota ter mais ferimentos do que o seu namorado. Apesar de ter os seus poderes, ela usou algumas poções que sua amiga feiticeira lhe deu, fazendo com que os ferimentos de Eve se curassem mais rapidamente, visto que, como Adam tinha a marca do contrato, Morningstar conseguia curá-lo através dela, então poderia focar sua amiga tranquilamente.
0
Comente!x

  Para evitar futuros problemas com o trio se lembrando do que houve, e Lúcifer invocaram Aerith, a amiga feiticeira, para que ela pudesse apagar suas memórias, e como a mulher morava perto, ela foi a escolha número um deles, já que não correriam risco de chamarem a atenção ao abrir o portal.
0
Comente!x

  — Eles só vão se lembrar do acidente do carro — anunciou após apagar as lembranças de Eve e Miguel, soltando um suspiro cansado. — E o seu namorado? — perguntou ao olhar de relance para o rapaz.
0
Comente!x

  — Acredito que não terá problemas, já que Adam é acostumado comigo, mas precisamos seguir o protocolo…
0
Comente!x

  — O que vocês estão fazendo com a Eve?! Foram vocês que causaram o acidente?
0
Comente!x

  Os três se viraram para Adam, que além da dificuldade para falar, tentou se levantar e quase caiu, se não fosse por . A mulher o colocou sentado na calçada, verificando a sua atual situação e soltou o ar, aliviada por seus ferimentos já estarem bem curados. Em sua cabeça, apesar do acidente, assim que Adam a reconhecesse, ele a olharia com aquele mesmo olhar de sempre, apaixonado e doce, mas tudo o que encontrou em seus olhos esverdeados foi medo e terror.
0
Comente!x

  Morningstar não estava surpresa, só queria que o seu lado esperançoso estivesse certo e que o seu namorado não tivesse medo da sua forma demoníaca, no entanto, as palavras de Lúcifer ecoaram em sua mente, a fazendo se afastar subitamente. Adam continuou imóvel, tentando raciocinar a quantidade de informações que não só a sua mente, mas os seus olhos, lhe dava, e a única coisa que saiu de seus lábios foi o que os três mais estavam acostumados a ouvir:
0
Comente!x

  — Vocês são monstros.
0
Comente!x

  — Humanos e suas capacidades de perceberem algo óbvio. — Lúcifer revirou os olhos, encarando Adam com desdém. — Se não fosse por esses monstros, você e seus amigos estariam mortos.
0
Comente!x

  — Lúcifer. — Morningstar o chamou com um tom firme, lhe dizendo silenciosamente que era para ele sair do caminho. O demônio sabia que sua rainha conseguia se proteger sozinha, mas não podia evitar de tentar protegê-la mesmo assim.
0
Comente!x

  — Estarei com Aerith se precisar, — anunciou, dando uma olhada para Adam por cima do ombro antes de se afastar, como se avisasse: se você tentar alguma coisa, você está morto.
0
Comente!x

  — ? — Adam murmurou baixinho, fazendo a ligação. — Não tem como ser, a não é um…
0
Comente!x

  — Termine a sua frase. — O rapaz engoliu a seco, sabendo muito bem que aquilo era uma ordem. A mulher levantou o seu queixo com o dedo indicador, o obrigando a sustentar o olhar. — Quero escutar em alto e bom som.
0
Comente!x

  — Um monstro.
0
Comente!x

  — E qual é a surpresa? Você começou a namorar comigo sabendo que eu sou um, Adam. — A realidade lhe bateu ferozmente, provocando em si um sentimento misto de incômodo e arrependimento. — Eu nunca escondi que a minha forma demoníaca era que nem a dos livros e da internet, embora eu não consiga culpá-lo por ter esse tipo de reação. A minha forma humana é mais agradável, certo?
0
Comente!x

  — Não foi o que eu quis dizer… — Suspirou pesadamente, com os olhos marejados. — E definitivamente não era assim que eu queria que tivéssemos nossa conversa.
0
Comente!x

  — Eu sei — sorriu pequeno, enxergando nele o seu namorado do início do relacionamento —, mas acredito que você teria essa exata reação mesmo que eu te preparasse anteriormente, ou eu estou errada? — O seu silêncio falou mais alto do que mil palavras. — Acho que temos a nossa resposta sobre o nosso relacionamento, Adam.
0
Comente!x

  — , eu… — Adam esticou a mão para tocá-la, mas parou no meio do caminho. De fato, ele ignorava a verdadeira natureza da mulher, se prendendo somente ao seu lado considerado “belo” e amável, e agora começava a se odiar por isso. — Eu sinto muito.
0
Comente!x

  — Não é como se eu precisasse das suas desculpas, mas agradeço. — Ela lhe entregou uma pequena poção, causando uma confusão no homem. — Creio que seja melhor esquecermos do nosso relacionamento, não há nada de positivo que mereça ser lembrado, e eu não quero que pare a sua vida por causa do que vivemos. Já vivo em meio a sofrimento o suficiente, não gostaria de ter mais um adicionado a minha lista…
0
Comente!x

  — Não tem como tentarmos de novo? — Ele a interrompeu, com lágrimas rolando por suas bochechas.
0
Comente!x

  — Adam, você nem consegue me tocar. Acredita mesmo que poderíamos tentar novamente apesar de você ter todas as suas lembranças dessa noite? De como o primeiro pensamento que surgiu na sua cabeça foi em dizer que não tinha como eu ser a sua por eu estar na minha versão “monstro”? — A rainha se afastou, sentindo um gosto amargo na boca. Os dois sabiam que essa seria a última conversa, e passaram o dia inteiro com aquela sensação incômoda de que seus corações seriam partidos. — Eu não te culpo por ter se assustado, mas não vejo como podemos prosseguir com algo. E creio que se esse acidente não tivesse acontecido, chegaríamos a mesma conclusão de um jeito ou de outro. A poção — o rapaz apertou o frasco em sua mão — te fará esquecer de nós e do ocorrido, talvez você se lembre de alguns momentos como se fosse um sonho bem distante, nada que vá atrapalhar a sua vida com… Eve. A partir de agora, estamos livres um do outro, Adam.
0
Comente!x

  — Eu sinto muito mesmo, — falou em meio ao choro, com o coração apertado. — E me perdoa por não conseguir te amar da maneira que você merece. Eu espero que um dia você encontre essa pessoa.
0
Comente!x

  A rainha não olhou, mas sabia que Adam havia bebido toda a poção em uma só golada. Esse ato final colocava um fim no seu relacionamento e, por mais que doa, era o melhor para os dois. O som da ambulância começava a soar mais perto, e ao se juntar a Lúcifer e Aerith a amiga falou:
0
Comente!x

  — Vocês dois podem ir, eu fico aqui como testemunha.
0
Comente!x

  — Certeza? — o rei perguntou um tanto preocupado, mas igualmente agradecido por poder retornar ao seu reino com .
0
Comente!x

  — Sim, apenas vão. E Lúcifer — lhe deu uma bolsinha florida —, são como sais de banho. Ajudarão a relaxar.
0
Comente!x

  O demônio assentiu, seguindo a ex-esposa pelo portal, e, igual a ela, não olhou para trás, deixando tudo o que aconteceu em seu devido lugar.
0
Comente!x

  Naquela noite, os dois Morningstar agiram como se ainda fossem um casal.
0
Comente!x

  Lúcifer preparou o banho com água morna e derramou os conteúdos dos frascos, reconhecendo os aromas que invadiram o banheiro imediatamente: erva doce e lavanda, os favoritos de . Ele riu com esse detalhe, anotando mentalmente que deveria agradecer Aerith por ter sido atenciosa com a amiga, e logo chamou , que apareceu com uma feição cansada e com o seu roupão de sempre.
0
Comente!x

  O homem aguardou que ela entrasse na banheira para se juntar, engatando em um assunto sobre quando eles brigaram pelo trono, arrancando uma risada sincera da mulher e sorriu um tanto aliviado, vendo que Morningstar parecia estar um pouco relaxada. Após passarem quase uma hora na banheira, os dois voltaram para o quarto, e Lúcifer fez questão de secar o cabelo de para que eles pudessem dormir. Quando o amanhecer chegou, os dois estavam no reino dos sonhos, dando um descanso para suas mentes cansadas um nos braços do outro.
0
Comente!x

🌙

Capítulo 3 — be mine

  — Essa é minha “trágica” história de amor. — A rainha sorriu, observando . — Espero que tenha gostado.
0
Comente!x

   ficou em silêncio, fazendo se questionar o que havia acontecido. Talvez fosse muita informação para ele assimilar ou apenas chegou à conclusão que se continuasse com a amizade, provavelmente sofreriam igual. Mas, nada preparou a mulher para o que veio a seguir.
0
Comente!x

  — Como posso gostar de algo que te fez sofrer? — Ao contrário da sua expressão séria, sua voz continuava no mesmo tom calmo. Morningstar semicerrou os olhos, percebendo que a intenção por trás das palavras do rapaz era verdadeira, causando uma inquietação no seu interior conforme sustentava a troca de olhares.
0
Comente!x

  — Em todos esses anos da minha longa existência, não achei que alguém reagiria dessa forma ao escutar sobre Adam. É, Lúcifer com certeza sentirá ciúmes de você. — Sorriu marotamente.
0
Comente!x

  — Vocês tiveram uma relação diferente do que muitos imaginam — comentou pensativo.
0
Comente!x

  — É por conta da visão que as pessoas possuem sobre demônios — deu de ombros —, há muitos que são como eu e Lúcifer fomos, sabe, melosos. — A sua careta fez rir, e Morningstar achou a sua risada gostosa, gostando de escutá-la.
0
Comente!x

  — Vocês ainda…?
0
Comente!x

  — Se nos gostamos ou estamos juntos? — A rainha arqueou a sobrancelha e caiu na gargalhada, sem acreditar que pensava que eles podiam ter algo. — Definitivamente não, querido. Eu e Lúcifer somos um ótimo exemplo de como funcionamos melhor sendo amigos do que esposo e esposa. Apesar de termos ficado juntos por anos, o nosso amor não passou para a fase romântica totalmente. Na época, nosso único objetivo era expulsar quem quer que fosse do poder para termos o nosso reinado, e claro, nos divertimos no meio do caminho. E se eu e ele realmente estivéssemos juntos, você nunca estaria deitado comigo na minha grande cama. Diferente de mim, Lúcifer não se importa em manter várias relações ao mesmo tempo, mas, quando fomos casados, eu era a única prioridade dele, mesmo sendo dois melhores amigos que nunca pensaram que passariam as suas vidas imortais um com o outro.
0
Comente!x

  — Então vocês se casaram sabendo que não ficariam juntos? — encheu a sua taça mais uma vez, degustando do vinho como se fosse a primeira.
0
Comente!x

  — Basicamente. — suspirou, se acomodando na cama de forma que ficasse mais perto do rapaz, de maneira sutil. — O amor surge de vários jeitos, certo? Eu sou um dos amores de vida de Lúcifer, e ele é um dos meus, porém, não precisamos amar ou ter amado um ao outro romanticamente para isso. O meu povo — Morningstar se levantou abruptamente e caminhou até a sua janela que lhe dava uma visão privilegiada de todo o seu reino, sorrindo carinhosamente — é um dos meus amores e o meu bem mais precioso. Às vezes, as pessoas se prendem à ideia de que só pode existir um único amor em suas vidas ou só podem casar com quem amam romanticamente, e compreendo que para vocês, humanos, a vida é muito curta. Contudo, para nós, seres imortais, é impossível sermos “egoístas” e guardar esse espaço para uma única existência, por essa razão uma parte de nós não se prende ao fato de estar apaixonado para, sei lá, se casar ou ter um bebê, sabe? Temos tempo o bastante para acharmos o “alguém certo”. — Riu.
0
Comente!x

  — Demônios são realmente românticos e adoráveis, né? — comentou baixinho, soltando uma risadinha abafada por ter achado a fala de uma graça, além de admirável. — No início do meu relacionamento com Carolina, eu cheguei a acreditar que ela era o amor da minha vida e se eu fosse imortal, nós passaríamos a eternidade juntos. No entanto, depois de tudo o que aconteceu, eu percebi que isso não passava de uma romantização, e que não fazia muito sentido em colocá-la como o centro do meu mundo. Mas isso é uma conclusão tirada após anos em uma relação tóxica, talvez se a relação fosse saudável, eu continuaria achando que ela era a única que poderia ter o lugar de “amor da minha vida”. Talvez seja pela duração da minha vida e o sentimento de quando você chega em determinada idade, parece que o mundo te obriga a estar casado e com filhos.
0
Comente!x

  — Eu desfoquei um pouco da sua pergunta, né? — alongou os braços e as mangas do seu roupão deslizaram, deixando a mostra as suas tatuagens. — Mas estou gostando do assunto. Respondendo ao que você disse, não vejo problemas em humanos terem romantizações sobre o amor da vida deles ou que deveriam podar os seus desejos. Entretanto, creio que o importante seja manter o pé no chão para evitar eventuais decepções. E sobre a cobrança, você tem que fazer o que se sentir confortável. Se quiser se casar aos trinta e ter filho aos quarenta, vá fundo; se quer focar na sua vida acadêmica até o final dos seus dias, continue indo atrás dos seus objetivos. Sinceramente, apenas aproveite cada segundo da sua mortalidade sem se arrepender tanto… ah, e se quer romantizar a imortalidade para estar com quem ama, continue. Eu sinto muito pelo que você passou durante esses seis anos, e espero que possa melhorar completamente em breve, mas também espero que não abra mão das suas vontades e desejos no futuro por causa dessa situação. Mesmo você tendo dito que “Carolina não é que nem você”, no dia que ela vier para cá, prometo cuidar bem dela. — não demorou muito para cair na gargalhada ao perceber o sorriso malicioso de Morningstar.
0
Comente!x

  — Eu realmente sou um dos seus, né?
0
Comente!x

  — Não só meu, mas de Lúcifer também. Não viu como ele te aprovou?
0
Comente!x

  — Sério? — perguntou um tanto surpreso.
0
Comente!x

  — Depois de toda a história com Adam, você ficou surpreso? Se a intuição de Lúcifer apitasse, ele não seria tão receptivo com você, querido. Após o acontecimento, ele se tornou um tanto protetivo com os humanos que aparecem na minha vida. Então, já fique avisado que para estar ao meu lado, terá que aturar aquele idiota também. — se aproximou novamente, inclinando o seu corpo para frente e quase colou os seus lábios na orelha do rapaz, sussurrando: — No entanto, eu sou a sua prioridade, não ele.
0
Comente!x

   prendeu a respiração, sentindo todo o seu corpo se arrepiar com a voz da mulher; o seu rosto estava perigosamente perto, a deliciosos milímetros de distância que poderiam facilmente ser diminuídos se sua mão estivesse no pescoço nu dela, a trazendo para si com urgência. não sabia distinguir o significado do seu olhar, às vezes tinha a impressão que a rainha só queria testá-lo desde o momento que se conheceram ao mesmo tempo que ela aparentava querer devorá-lo por inteiro sem compartilhar com ninguém.
0
Comente!x

  Pela primeira vez, nunca quis tanto ser a presa de alguém.
0
Comente!x

  Contudo, independentemente de suas vontades, a porta do quarto de foi aberta sem aviso prévio, revelando três pessoas afobadas:
0
Comente!x

  — Mãe! Precisamos da sua opinião para… oh. — Lola dividiu olhares com a rainha e , se sentindo sem graça por ter atrapalhado.
0
Comente!x

  — Agora que já estão aqui, digam — ordenou tranquilamente ao sentar ao lado do humano.
0
Comente!x

  — O tema da festa de Halloween! — A do meio, Lara, foi até sua direção e entregou alguns papéis.
0
Comente!x

  — Vocês estão em dúvida entre “Uma noite sangrenta” e “O beijo do luar”? Quem foi responsável por esses nomes? — deu uma lida rápida nas papeladas, logo chegando a sua resposta. — Lúcifer e seus três mosqueteiros, certo?
0
Comente!x

  — Obviamente — Lily rolou os olhos impaciente —, não sei como ainda permitimos que eles participem das reuniões.
0
Comente!x

  — Bom, Lúcifer é o pai de vocês e os três mosqueteiros são seus namorados que seguem vocês em tudo que é lugar, então, não entendo a sua colocação, minha querida.
0
Comente!x

  — Às vezes esqueço o quão sarcástica você pode ser. — Lily levou seu olhar para , mudando o foco do assunto. — Ei, humano. Você gosta de música?
0
Comente!x

  — Sim? — Inclinou a cabeça um tanto confuso.
0
Comente!x

  — Nossos namorados têm uma banda e eles estão procurando por mais um membro. Se quiser, posso te apresentar aos três, o importante é saber cantar ou tocar um instrumento.
0
Comente!x

  — Ah… — Coçou a nuca desconcertado e espiou a rainha, que continuava com a sua feição divertida. — Tudo bem.
0
Comente!x

  — Ótimo. Depois peço para Reina te enviar os detalhes, agora precisamos resolver o nome dessa festa. Até depois, humano e rainha.
0
Comente!x

  — Foi um prazer conhecê-lo, humano! — Lara sorriu amigavelmente e puxou as outras duas consigo, fechando a porta em seguida.
0
Comente!x

  — Já posso ir me acostumando? — riu.
0
Comente!x

  — Se quiser continuar visitando o inferno. — A mulher sorriu pequeno, estendendo a mão para o rapaz. — Acredito que vá passar a noite comigo, e como o dia foi cheio, creio que podemos relaxar na banheira antes de encontrarmos o reino dos sonhos, sim?
0
Comente!x

   aceitou, segurando em sua mão sem hesitar.
0
Comente!x

🌙

  — Posso te fazer uma pergunta?
0
Comente!x

  Os dois estavam na banheira há algum tempo, sem se importarem com os seus dedos enrugando por causa da água. e conversaram bastante sobre assuntos tanto do inferno quanto do mundo humano, e descobriram que tinham várias coisas em comum, como os tipos de passeios favoritos e gêneros mais assistidos de filmes e séries.
0
Comente!x

  — Demônios podem ter filhos, certo?
0
Comente!x

  — Qualquer ser sobrenatural pode, inclusive com humanos. — Encostou a cabeça na beirada da banheira, brincando com a água e as pétalas que colocara antes de entrarem no banho. — Aqui no inferno nós temos alguns híbridos que escolheram ficar conosco, provavelmente você vai esbarrar com um. Mas se a sua dúvida é se Lola, Lara e Lily são minhas filhas biológicas, não, apesar da semelhança. Nós somos como a Lysandra e a Beatrice, então elas me chamam de mãe mais para me provocar, por mais que Lola e Lara geralmente me chamem assim sem nenhuma intenção por trás.
0
Comente!x

  — Elas vieram para cá juntas ou…?
0
Comente!x

  — Quando eu e Lúcifer encontramos as três, elas viviam em uma situação nada boa. Claro que lidamos com os humanos que diziam ser os “parentes” delas, mas demos a opção às irmãs de virem morar conosco. Os seus únicos pedidos foram: para não as separar e abandoná-las. — Morningstar suspirou, sentindo um misto de sensações ao se lembrar desse caso. — Em nenhum momento nós a obrigamos a se tornarem demônios, inclusive, fomos contra ainda mais por serem muito novas. Mas, quando completaram dezoito anos, eu nunca as vi tão sérias ao conversarem comigo e com Lúcifer. Depois de bastante tempo, fizemos as suas vontades e as três foram transformadas. E nem preciso dizer que os namorados delas…
0
Comente!x

  — Também eram humanos? — também brincava com as pétalas, mas sem deixar de olhar para .
0
Comente!x

  — Também são, querido.
0
Comente!x

  — Como assim?
0
Comente!x

  — Demônios andam pelo mundo humano livremente, e em um dos passeios das três, elas esbarram com o “amor da vida delas”. — Morningstar revirou os olhos, rindo. — O número de humanos permitidos a entrar no submundo é limitado, e nós não os liberamos por serem os namorados delas, mas por ter salvado não só as três, mas também alguns outros demônios em um acidente. E o trio parece se divertir bastante aqui, então foi unânime a decisão. Ah, sem contar que eles estão pensando em se tornar demônios, contudo, nada certo. A única coisa que impus a eles é que antes de tomar qualquer decisão, é necessário pensar seriamente, porque Lúcifer saberá dizer se eles realmente querem isso ou se é só por estarem apaixonados. Se um dia o amor acabar, será que eles ainda vão querer a imortalidade?
0
Comente!x

  — A vida de rei e rainha não é fácil… — apoiou a cabeça na mão, observando com admiração. — Obrigado por compartilhar isso tudo comigo.
0
Comente!x

  — Eu gosto de falar com você — anunciou sem delongas, se aproximando —, e nunca um humano gostou tanto de escutar as minhas histórias ou quis saber mais sobre a minha grande família. Tirando, claro, os três mosqueiros, aqueles ali são os melhores e mais apaixonados namorados que alguém poderia ter. Sério, às vezes eu fico pensando que as meninas também são e serão os únicos amores das vidas deles.
0
Comente!x

  — Eu quero muito conhecê-los! — deu uma risadinha, verdadeiramente animado para conhecer os rapazes, ainda mais por eles serem humanos.
0
Comente!x

  — Mais tarde, sim? — sorriu. — Bom, agora você pode me fazer a pergunta que está guardando desde cedo.
0
Comente!x

  — Ah… — ficou levemente sem graça. Ele queria perguntar sobre assuntos mais pessoais, porém, não sabia se deveria. estava sendo simpática até demais e o rapaz não queria ultrapassar os limites que por mais que não parecesse, existiam entre os dois.
0
Comente!x

  — Não precisa dessa cerimônia toda… — Chegou mais perto, encostando a ponta do seu pé no dele. — Eu não mordo, a menos que você queira. — Deu uma piscadinha para , que conseguiu relaxar um pouco.
0
Comente!x

  — Quando você e Adam estavam juntos, você nunca pensou em se tornar mortal?
0
Comente!x

  — Não — respondeu firmemente, sabendo que o seu questionamento era relacionado ao seu ex. — Adam possuía plena noção de que eu não me tornaria humana por ele, e eu nunca abriria mão da minha imortalidade. Quando eu era uma demônio rebelde, eu até cogitei a possibilidade, no entanto, foi algo passageiro. Eu sou a rainha do inferno, um símbolo tão forte e tão importante para muitos, e eu tenho não só um reino, mas amizades e outros seres que preciso cuidar. Pode soar egoísta, só que como abrir mão de todo o poder que conquistei para viver uma vida que acabará em alguns anos?
0
Comente!x

  — Não é egoísmo e mesmo que fosse, você está no seu direito. — Mais uma vez, se surpreendeu com a fala. — Você não precisa deixar tudo o que conquistou para trás em nome do “amor” e, sendo sincero, acho que nem seria amor caso ele pedisse isso a você. Seria egoísmo dele em querer que você abra mão da sua imortalidade para viver uma vida mortal.
0
Comente!x

  — Essa é a sua opinião ou você só quer me conquistar? — perguntou divertida.
0
Comente!x

  — Se fosse só para te conquistar — a puxou pela mão, fazendo seus rostos ficarem próximos um do outro novamente —, eu já teria feito isso.
0
Comente!x

  — E você acha que eu sou fácil assim? — A mulher passou os braços pelo pescoço do rapaz, se encaixando perfeitamente no seu colo.
0
Comente!x

  — Não, mas você é a rainha do inferno e pode fazer o que bem entender. E creio que a sua intuição já teria dito se eu não gostasse de escutá-la, não é?
0
Comente!x

  — Não sei, acho que teremos que descobrir, querido.
0
Comente!x

   segurou a cintura de com firmeza, e com a sua mão livre, traçou um caminho pelas suas costas até chegar no seu pescoço, trazendo o rosto de Morningstar para o seu. Eles ficaram a poucos centímetros de distância, o suficiente para passar a sua língua pelos lábios do rapaz e fazê-lo perder a sanidade gradativamente, já que no segundo seguinte, ele colou suas bocas com tamanha urgência que a rainha nem pôde continuar com o que havia planejado. Ela fincou as suas unhas nos ombros dele, marcando toda a extensão com um sorriso satisfeito, vendo em seu olhar o quanto ele gostava, e simplesmente chegou à conclusão de que se quisesse apenas usá-lo, ela poderia fazer o que bem entendesse consigo.
0
Comente!x

  Contudo, Morningstar não queria usá-lo. A rainha queria que a quisesse tanto, mas tanto, que derramaria lágrimas para ter o seu amor; que a faria se sentir como se fosse a única em sua vida; que, no final do dia, desejasse ser só seu como ela desejava ser só dele nesse exato momento.
0
Comente!x

🌙

  N/A: e aqui está a história de amor da Lilith com Adam, gostaram?
  Lúcifer estava certo? Obviamente, mas faz parte, né. Infelizmente essa história de amor estava fadada ao fracasso desde o primeiro dia. Sinceramente, tanto Lilith quanto Adam sabiam que a mortalidade/imortalidade seria um empecilho, e o Adam só amava o lado “belo” dela, então……… que bom que terminaram hehehehehehe
  Pelo amor, não shippem a Lilith com o Lúcifer!!!!! (eu estou shippando 😩🤭)
  Sério, a Lelen pediu e eu vou trazer um spin-off deles provavelmente quando a série acabar, não tem como deixar o relacionamento deles de lado depois dessa fofura que foi os dois juntos. MAS, eles se amam apenas como bffs (na verdade, sempre foi como bffs kkkkkkkk), e como a própria Lilith disse: eles são outro exemplo de que não dariam certo como casal, mas, sim, como amigos e parceiros de crime.
  E por mais que eles fossem uns fofos juntos, nada se compara ao casal que vai vir. Eles são tão shippaveis quanto, e prometo que as próximas histórias serão sobre o desenvolvimento do romance deles hihihi
  O que acharam das três irmãs? HAHAHAHAHA e já dá pra imaginar quem são os três mosqueteiros, e sim, a festa vai acontecer futuramente na fic hehehehe
  Minha amiga disse que o Cheol e a Lilith já estão que nem pais, sendo interrompidos pelas crianças no meio dos momentos 😂🤣
  Espero que tenham gostado!
  Até a próxima <3

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lelen
Admin
6 meses atrás

Adam e Eve se merecem POASNDPOASNDMOPASD
Vou dizer que eu seria muito o Scoups nessa vida, olhando pros “monstros” com cara de “uau, que maneiro” NASDAPSODNP fala sério, né, os demônios podem ter aparência monstruosa, mas quem será o verdadeiro monstro nesse mundo, hum? HEHEHEH
Estou muito feliz em saber que teremos o spin off do ex-casal e bffs porque eles merecem e são TUDO juntos <3
E nem preciso falar que também vou esperar a história das três irmãs, né? ASDOPHASDP
E sobre os três mosqueteiros, eu primeiro pensei em BSS, mas aí lembrei que o DK já tem uma história nesse universo, então agora tô apostando em: HIP HOP UNIT NO INFERNO YAAAY KKKKKKKKKKKKKKKKKK
Esperando ansiosa pelo resto da história <3


You cannot copy content of this page

2
0
Would love your thoughts, please comment.x