Status

Loading

Avalie

Este texto foi revisado
Encontrou algum erro? Clique aqui

Esta história não possui capas prévias (:

Sem curiosidades para essa história no momento!

Meet Me At The Exit

   havia ganhado uma competição entre os membros do Seventeen e, ao ser questionado sobre o que faria com o valor do prêmio, o rapaz decidiu levar todos os membros para um de seus bares favoritos para que pudessem comemorar a sua vitória. A noite estava extremamente agradável, em contraste com o bar, que estava extremamente lotado e barulhento. Não que ele não curtisse esse tipo de ambiente, mas o fato de estar sóbrio demais para esquecer do cansaço acumulado de duas semanas não o ajudava, além, claro, de não conseguir acompanhar o ritmo dos amigos na bebida. “Pelo menos eles estão se divertindo”, pensou ao observar os membros rindo e aproveitando a saída deles.
0
Comente!x

  Com seus amigos no karaokê, se dirigiu ao bar para pegar mais uma bebida e ficou assistindo eles cantarem até que sentiu alguém cutucando o seu ombro. Quando se virou, não viu ninguém, apenas um pedaço de papel escrito “me encontre na saída”. O rapaz procurou pelo lugar quem poderia ter sido, cogitou até ser um dos membros querendo lhe pregar uma peça, só que percebeu que os que não estavam cantando, seguiam sentados comendo e bebendo.
0
Comente!x

   soltou um suspiro cansado, não sabia se o seu humor estava dos melhores para esse tipo de joguinho, contudo, optou em dar uma chance para essa pessoa misteriosa e ver no que daria. Afinal, ele queria tomar um ar fresco de qualquer maneira.
0
Comente!x

   sorriu um tanto desacreditado ao ter a certeza de que alguém estava brincando com ele. Não só a saída não tinha uma alma viva, mas a porta havia batido e ele meio que ficou trancado para fora em um beco sem saída.
0
Comente!x

  — Quem é que planejou esse lugar? — comentou um tanto irritado. — Não é possível que a “saída” não tenha uma saída…
0
Comente!x

  Ele riu sem humor ao ver que a sorte não se encontrava nem ao seu lado e nem perto o suficiente para fazê-lo evitar essas situações.
0
Comente!x

  — Nota mental: não dar atenção para bilhetes suspeitos.
0
Comente!x

  O rapaz mandou uma mensagem no grupo da banda, sem esperanças que fossem lê-la tão cedo. Cerca de cinco minutos se passaram e sem sinal de algum de seus amigos, e depois de tentar ligar para três deles, viu a porta finalmente se abrir.
0
Comente!x

  — Eu não acredito nisso!
0
Comente!x

  Ele foi surpreendido pela voz feminina, sem saber se a mulher estava igualmente surpresa ou irritada; por um momento, achou que ela discutiria consigo, mas a viu colocar um pedaço de madeira na porta.
0
Comente!x

  — Esse bar precisa interditar essa porta! Não é a primeira vez que alguém fica preso, minimamente tinham que pôr um aviso. — se manteve quieto, apesar de concordar com a outra. — E eu sinto muito por ter sido arrastado nesse jogo.
0
Comente!x

  — Como? — O homem inclinou a cabeça, visivelmente confuso e sem entender o pedido de desculpas.
0
Comente!x

  — O papel na sua mão — a mulher apontou —, está escrito “me encontre na saída”, certo?
0
Comente!x

  — Sim?
0
Comente!x

  — É minha culpa. Minhas amigas beberam mais do que eu e por eu ter dito que gostei de você, elas decidiram fazer essa “brincadeira” sem que eu soubesse. Não era assim que eu queria que as coisas acontecessem, então, mais uma vez, desculpa!
0
Comente!x

   demorou um pouco para respondê-la, ainda assimilando toda a sua fala, já que a mulher falava rápido demais.
0
Comente!x

  — Você gostou de mim? — Ele estava um tanto surpreso com a facilidade que a outra teve para assumir algo desse tipo.
1
Comente!x

  — Sim, desde o momento que o vi chegar com os seus amigos — respondeu como se fosse a coisa mais óbvia, sem nenhum sinal de que estaria envergonhada.
0
Comente!x

  — Oh. — ficou sem palavras com a sinceridade. — Não precisa se preocupar com isso, na pior das hipóteses os donos me achariam de manhã. E obrigado.
0
Comente!x

  — Não brinca com isso, eu me sentiria culpada pelo resto da minha vida! — A mulher suspirou aliviada ao reparar que ele estava bem. — Hum… De nada? Apesar de não achar que você deva agradecer por eu ter dito que gostei de você. Ah! A menos que seja um “obrigado” de rejeição, aí é mais compreensivo…
0
Comente!x

  — E quem disse que foi uma rejeição?
0
Comente!x

  Ela o olhou surpresa, sem esperar receber essa resposta. O seu coração errou até uma batida ao confirmar que não estava sonhando, feliz com o fato de não ter sido rejeitada, no entanto, a realidade bateu na sua porta ao perceber que não queria dizer que o rapaz também havia gostado dela.
0
Comente!x

  — Eu estaria sendo muito precipitada em pensar que você sente o mesmo? — perguntou-lhe esperançosa. O “não” ela já tinha, agora iria atrás do “sim”.
0
Comente!x

  — Não — respondeu honestamente. O rapaz não sabia o motivo, mas ela o deixou curioso, além de achá-la uma graça. — Qual é o seu nome?
0
Comente!x

  — . — Estendeu a mão em direção a ele. — E o seu?
0
Comente!x

  — . Você não é daqui?
0
Comente!x

  — Não, sou do Brasil. Mas me mudei recentemente com as mesmas amigas que comentei anteriormente.
0
Comente!x

  Pelo restante da noite, e ficaram conversando, se conhecendo e compartilhando risadas até que um dos amigos do homem ligou, avisando que iriam embora.
0
Comente!x

  — Posso ter o seu número?
1
Comente!x

  — Isso quer dizer que quer continuar conversando comigo? — ela questionou em um tom divertido.
0
Comente!x

  — Quem sabe? — riu com a sua reação, a achando adorável pela milésima vez.
0
Comente!x

  Eles se despediram e a mulher voltou para as amigas, que também se preparavam para ir embora. Antes de deixar o local, o celular de vibrou, e ao ler o conteúdo da mensagem, não conseguiu esconder o sorriso em seus lábios.
0
Comente!x

  “Quer me encontrar na saída novamente?
  
0
Comente!x

Fim

  N/A: E a segunda fic do Seventeen veio aí \o/
  Eu já tava com essa ideia faz um tempinho desde que vi um vídeo do Seventeen, e finalmente consegui passá-la para o “papel” HAHAHAHA
   é um amorzinho e adorei escrever essa fic com o meu querido <3
  Até a próxima <3

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lelen
Admin
10 meses atrás
  — Você gostou de mim? — Ele estava um tanto surpreso com a facilidade que a outra teve para assumir…" Read more »

TEM COMO NÃO GOSTAR? <3

Lelen
Admin
10 meses atrás
  — Posso ter o seu número?" Read more »

Pode ter qualquer coisa, meu amor <3

Lelen
Admin
10 meses atrás

Relembrando: “meu querido da Lelen” HEHEHEHEH
Ainda aceito a continuação.
Meu Nunu é muito precioso <3

Lelen
Admin
10 meses atrás

Já que entrei aqui de novo novamente, queria dizer que: WONWOO, MEU NUNU LINDÃO <3


You cannot copy content of this page

4
0
Would love your thoughts, please comment.x