Status

Loading

Avalie

Este texto não foi revisado
Encontrou algum erro? Clique aqui

Esta história não possui capas prévias (:

Sem curiosidades para essa história no momento!

Cai a Chuva / Me Diz

“Cai a chuva e molha o meu amor, cai a chuva, vai molhar o meu amor…”

  O show estava acabando de começar e eu só tinha olhos para ela, os meus amigos até tentavam chamar minha atenção, mas sempre que nós dois nos víamos eu ficava hipnotizado por ela. tinha algo que eu não sabia explicar, eu simplesmente só conseguia sentir!
0
Comente!x

  As primeiras gotas de chuva começaram a pingar e nenhum de nós pareceu se importar, nem os meus amigos, nem as amigas dela, nem o restante dos presentes no campus. O show seguia e eu, hipnotizado, continuava olhando para ela enquanto levava a garrafa de cerveja até meus lábios. Nós dois somos conhecidos de faculdade, não cursamos o mesmo curso mas nos esbarramos direto no campus, e para mim ela é a garota mais bonita de toda a Universidade…
0
Comente!x

  Eu sabia que ela tinha uma espécie de ficante/quase namorado, mas nem sempre os dois estavam juntos e eu não sabia muito bem como funcionavam as coisas entre os dois, mas me matava por dentro ver ela com ele. Eu sentia que merecia mais, merecia alguém que a quisesse do lado o tempo todo… e esse alguém poderia ser eu.
0
Comente!x

  Eu sonhava dia e noite com o momento em que finalmente eu criaria coragem de dizer a ela o quão atraído eu me sentia pelo jeitinho meigo dela de conversar com as amigas, pelos olhos intensos dela quando nós passamos diariamente um pelo outro nos corredores e aí balançavam a cabeça um pro outro, o jeito que o rosto dela corava quando nossos olhares se encontravam… tudo nela me atraía de uma forma inexplicável. Nós dois já havíamos conversado algumas vezes, sobre nossos cursos, sobre a faculdade, sobre o tempo…
0
Comente!x

  A chuva começava a ficar mais intensa e ela ainda não havia me visto. Eu virei meu corpo em direção ao meu grupo de amigos, e então perguntei:
0
Comente!x

  - Vocês vão ficar para o show principal? Mesmo com chuva?
0
Comente!x

  - Você não é de açúcar Jackson! – Yugyeom respondeu enquanto depositava uma das mãos sobre meu ombro apertando-o – Agora que sua sereia chegou, você quer ir embora por causa da chuva?
0
Comente!x

  Eu a chamava de sereia, porque para mim se parecia exatamente com o que eu idealizava de uma…
0
Comente!x

  - Não seja bobão Jackson! – eu gargalhei enquanto olhava para JayB –
0
Comente!x

  Eu sempre achava graça dos xingamentos usados por JayB, ele era uma espécie de “pai” do grupo e se sentia responsável por nós seis. Então ele quase não usava palavras chulas ou xingamentos muito pesados, ele era o “certinho” do grupo, e eu sempre achava graça quando ele ficava irritado conosco…
0
Comente!x

  - Bobão, porque, pai? – eu abracei JayB pelos ombros –
0
Comente!x

  - Pai não! Já falei que não gosto disso! – ele tentou se livrar do meu abraço, mas eu não deixei – Quando você vai finalmente se declarar para ela?
0
Comente!x

  - Ela está sozinha hoje… – Youngjae piscou na minha direção –
0
Comente!x

  - Por enquanto! – levei a garrafa de cerveja aos lábios mais uma vez e dei um grande gole –
0
Comente!x

  Os meninos continuaram insistindo, dizendo que eu deveria me encorajar: BamBam e Jinyoung bagunçavam meus cabelos e eu os empurrei, um a um. Mark era o único que permanecia calado, apenas observando e rindo. Eu amava os meus amigos! Eles eram a minha família, já que meus pais não moravam na mesma cidade nem estado que eu, e eu os via apenas nas férias de fim de ano.
0
Comente!x

  Voltei a olhar para e ela tentava secar os cabelos, bagunçando-os.
0
Comente!x

“A chuva cai e ela vai passando, baby, vem… Será que vai olhar pra mim?”

  Quando as amigas e ela começaram a andar na direção em que eu e os garotos estávamos, o meu coração começou a saltar dentro do peito. Tomei o último gole da cerveja que tinha em mãos, e agora a chuva caia forte e livre sobre todos os estudantes presentes no campus. O show também continuava e agora alguns dos garotos – Jinyoung, BamBam e Mark especificamente – estavam ocupados com garotas e Youngjae e Jayb curtiam o show. E só conseguia olhar para agora, que andava de cabeça baixa e de mãos dadas com uma das amigas.
0
Comente!x

  Será que nossos olhos vão se encontrar? Eu torci para que sim e então ela levantou o rosto… os olhos batendo direto nos meus. Eu sorri automaticamente com o quão bonita ela estava e a vi sorrir de volta, mas sem mostrar os dentes. E então ela e as amigas pararam de andar e ficaram lá, paradas perto de nós, para curtir o show. A minha cerveja havia acabado mas eu não queria correr o risco de sair dali e perder a de vista. Não quando eu estava finalmente tão perto dela. Até que para combinar com o clima, provavelmente, a banda começou a tocar “Cai a Chuva / Me Diz” de Sandy & Júnior e a plateia ficou empolgada, inclusive os meus amigos e .
0
Comente!x

“Balanço, boca, jeito de sereia, que me hipnotiza de amor! E diz que não vai, não vai, sim vai, sim vai: uma noite nunca mais! Eu digo baby, não espere mais… Oh, não.”

  - Pelo amor de Deus Yugyeom, você precisa buscar uma cerveja para mim! – eu sussurrei para o nosso maknae
0
Comente!x

  - Só se você me prometer que vai se aproximar dela! – ele olhou para e sorriu para ela –
0
Comente!x

  - Ah Yugyeom! – eu gargalhei de nervoso –
0
Comente!x

  - Não precisa se declarar para ela, só desenvolver uma conversa! Pelo menos isso Jackson!
0
Comente!x

  Os olhos de Yugyeom brilhavam, como se ele fosse um filhotinho e eu umedeci meus lábios. Voltei a encarar que de olhos fechados balançava o corpo no ritmo da música entoada pela banda, e meus olhos desceram para os lábios vermelhos e carnudos dela e por seu corpo esbelto enquanto eu sentia meu corpo queimar de desejo de tocá-la…
0
Comente!x

  - Fechado! – eu voltei a falar com Yugyeom – Pode ir lá buscar a cerveja que eu vou falar com ela!
0
Comente!x

  - Você jura Jackson? – ele ergueu a mão na minha direção –
0
Comente!x

  Eu dei uma última olhada em , dançando agora com uma cerveja nas mãos e de olhos fechados.
0
Comente!x

  - Eu juro maknae! – apertei a mão de Yugyeom com firmeza e vi o sorriso dele aparecer –
0
Comente!x

  Quando Yugyeom saiu para buscar a minha cerveja eu respirei fundo algumas vezes, de olhos fechados. O que eu falaria para ela? Abri meus olhos e ela estava ainda mais próxima de mim, devido ao aumento de estudantes próximos a nós. O show começava a encher, a chuva não fez ninguém ir para casa, pelo contrário, atraiu ainda mais os estudantes. A roupa dela agora estava grudada, evidenciando o corpo esbelto de ainda mais…
0
Comente!x

  - Acho que corremos um sério risco de nos resfriarmos!
0
Comente!x

  “Sério Jackson?” Foi o que eu disse para mim mesmo e depois balancei a cabeça em negativa, decepcionado com a minha primeira tentativa de puxar papo com a minha maior paixão platônica desde a adolescência.
0
Comente!x

  - Você não perde uma festa hein? – ela gargalhou enquanto tentava arrumar os cabelos negros – Gosto assim!
0
Comente!x

  Foi a minha vez de gargalhar e sentir minhas bochechas esquentarem, provavelmente eu estava vermelho.
0
Comente!x

  - Acho que temos isso em comum então, porque te vejo em todas as festas também!
0
Comente!x

  - É Jackson né? – ela engoliu seco enquanto a chuva engrossava –
0
Comente!x

  - É sim! !
0
Comente!x

  Nós dois nos olhamos e então Yugyeom voltou com a minha cerveja, os dois se cumprimentaram com sorriso e então eu peguei a long neck da mão do mais novo e o agradeci. Logo eu e estávamos nos olhando de novo.
0
Comente!x

  - Qual a melhor parte de fazer o curso de educação física? Você nem precisa se preocupar em pegar um resfriado, do tanto que você se exercita e vai à academia! Seu organismo deve ser resistente à uma chuva dessas!
0
Comente!x

  Os lábios vermelhos dela estavam praticamente encostados em meus ouvidos e ela falava um tanto quanto alto, já que a chuva estava mais forte e se misturava com o som alto da banda. Meu corpo arrepiou e eu quis muito beijar os lábios convidativos de .
0
Comente!x

  - Como você sabe sobre a academia mocinha? – tomei um longo gole da cerveja trazida por Yugyeom –
0
Comente!x

   engoliu seco e eu vi as bochechas dela ficarem vermelhas também, depois eu acompanhei as gotas descendo pelo rosto redondo e bonito dela.
0
Comente!x

  - Eu achei você no Instagram, seu perfil é aberto e aí eu vi suas publicações na academia! – ela deu de ombros bebendo sua cerveja também –
0
Comente!x

  - E porque não me seguiu?
0
Comente!x

  - Fiquei com medo de você me achar uma psicopata! Afinal de contas nós não temos tanta intimidade assim.
0
Comente!x

  - Mas eu gostaria de ter…
0
Comente!x

   arregalou os olhos e então milagrosamente a chuva começou a diminuir a intensidade.
0
Comente!x

  - O que você disse? Eu acho que entendi errado… – os cílios grandes de subiam e desciam, tão rápido ela abria e fechava os olhos –
0
Comente!x

  - Disse que eu gostaria de ser mais íntimo!
0
Comente!x

  - Como assim? – ela se aproximou ainda mais de mim e eu senti nossos corpos molhados se encostarem –
0
Comente!x

  A música ainda tocava, animando os estudantes e eu olhei dentro dos olhos de e quase me perdi.
0
Comente!x

  - Rebola, mexe, solta a louca que a chuva já passou! Eu não me queixo com o pouco do seu amor, quero beijar a sua boca que a chuva já molhou, Me enlouquece o balanço do seu amor… – eu cantei olhando para ela –
0
Comente!x

  Esperava que ela entendesse, que eu queria muito beijá-la… que era exatamente o que eu queria dizer com ficar mais íntimo! Eu só queria saber que gosto os lábios molhados dela tinham.
0
Comente!x

  - Você quer me beijar? Ou só está cantando a música e me deixando confusa Jackson?
0
Comente!x

  - Se eu disser que sim, qual a probabilidade de isso acontecer? Mesmo que só essa noite…
0
Comente!x

  Ela passeou os olhos pelo local, e então voltou a me olhar. As mãos dela subiram pelo meu abdome molhado e então a chuva voltou a engrossar nos céus.
0
Comente!x

  - Só essa noite? E ai nunca mais?
0
Comente!x

  - Se assim você desejar…
0
Comente!x

  Encostei meus lábios nos dela, finalmente. Minhas mãos, levemente trêmulas seguraram sua cintura fina, colando ainda mais o corpo dela no meu. Por sorte ela era mulher alta então eu rocei o nariz no dela, sem precisar fazer muito esforço.
0
Comente!x

  Os olhos dela voltaram a passear pelo local antes de voltarem a se encontrar com os meus, famintos, pousados dentro dela.
0
Comente!x

  - Tá com medo dele aparecer? – a chuva caía pesadamente sobre nós dois –
0
Comente!x

  - Quem? – ela voltou a subir e descer as mãos pelo meu abdômen –
0
Comente!x

  - O seu namorado… – eu arrisquei –
0
Comente!x

  - Ele não é meu namorado Jackson! – revirou os olhos –
0
Comente!x

  - Você parece ser apaixonada por ele!
0
Comente!x

  - Pareço? – ela passou as mãos pelos meus cabelos, passando-os para trás – Eu sei fingir bem! Por isso faço artes cênicas!
0
Comente!x

   piscou, me arrancando uma risada verdadeira.
0
Comente!x

  - Ele é meu amigo, e nós trocamos alguns beijos de vez em quando! Mas eu não devo nada para ele, só que é estranho beijar outra pessoa com ele por perto! Só isso meu bem!
0
Comente!x

  - Isso quer dizer que vamos nos beijar então?
0
Comente!x

“Cai a chuva, chuva não pára, cai a chuva. Chuva não pára, molha a chuva e molha meu amor! Chuva não pára, cai a chuva, vai molhar o meu amor! Cai a chuva, chuva não pára, cai a chuva. Chuva não pára, molha a chuva, vai molhar o meu amor! Chuva não pára, cai a chuva, molha o meu amor!”

  A intensidade da chuva me fez fechar os olhos e apertar ainda mais o corpo de ao meu, que passou os braços em volta do meu pescoço me fazendo ansiar.
0
Comente!x

  - Me pergunto porque eu fico assim quando estou com você, estou sempre animado, tudo em frente aos meus olhos parece novo! Você faz eu me sentir um adolescente ! – a testa dela se encostou a minha –
0
Comente!x

  - Você é lindo Jackson! E acho que sabe disso… talvez esse seja o problema!
0
Comente!x

  - Eu? – abri meus olhos com certa dificuldade –
0
Comente!x

  Os olhos dela estavam fechados com intensidade e o rosto dela molhado com a chuva. Inegavelmente a mais linda daquele campus inteiro para mim.
0
Comente!x

  - Do que está falando ?
0
Comente!x

  - Você tem todas as garotas aos seus pés…
0
Comente!x

  - Mas só quero você! Olhe para mim!
0
Comente!x

   abriu os pequenos olhos.
0
Comente!x

  - Não estou com ninguém! Diferente de você que já tem alguém! Mesmo que não seja nada sério! Acho que eu ter muitas garotas no meu pé não é o problema!
0
Comente!x

  - E muito menos o Dong Yul! Ele não é tão especial assim Jackson!
0
Comente!x

  - Então o que estamos esperando? – elevei meu tom de voz conforme a chuva aumentava seu barulho também – Todos os dias, todas as noites eu penso em você! Então você pode ser minha esta noite?
0
Comente!x

  E então, como num sonho bom, nossos lábios se encontraram com pressa e urgência e um choque percorreu toda minha espinha quando nossas línguas se chocaram uma com a outra. O gosto dela era suave, assim como a risada e o jeito dela… eu afundei uma de minhas mãos em seus cabelos pretos aprofundando o beijo enquanto sentia as mãos dela percorrerem desesperadamente toda a extensão de minhas costas molhadas.
0
Comente!x

  Parece que a chuva só fazia o momento ficar ainda mais gostoso, com nossos corpos colados um no outro enquanto a mesma caía sem parar. Me atrevi a desgrudar nossos lábios apenas para puxar seus fios entre meus dedos e vê-la franzir o cenho e morder o próprio lábio, me acendendo ainda mais. Voltei a colar os lábios nos de , agora com um pouco mais de calma, enquanto a chuva caia intensa sobre nós. Eu não conseguia pensar em mais nada naquele momento, apenas em como nossos lábios pareciam ser feitos um para o outro, em como não parecia certo ela beijar outros homens e eu outras mulheres.
0
Comente!x

  Foi a vez de puxar os meus cabelos entre seus dedos e me fazer grunhir contra o beijo enquanto apertava sua cintura fina com a mão que lá estava. E então sem fôlego nós nos separamos abruptamente.
0
Comente!x

   tinha os olhos levemente arregalados e o batom, ainda estava praticamente intacto em seus lábios e ela levou uma das mãos até lá rapidamente, involuntariamente eu fiz o mesmo. Ele aproximou o corpo do meu outra vez e segurou a minha cintura. Eu a olhei enquanto segurava seu rosto entre minhas mãos.
0
Comente!x

  - Seus olhos quando você olha para mim… É tão intenso, eu tento evitá-los, mas você é tão bonito! Droga Jackson!
0
Comente!x

  Eu gargalhei alto fazendo ela me acompanhar por alguns instantes.
0
Comente!x

  - Você não precisa de nada, seu corpo inteiro é cheio de charme… Seu rosto, seus olhos, nariz, lábios, seu corpo, sua linhas… eu gosto de tudo em você!
0
Comente!x

  Umedeci meus lábios sentindo-os secos mesmo molhados pela chuva.
0
Comente!x

  - Os batimentos por minuto do meu coração estão ficando mais rápidos, ele palpita tanto… Estou ficando assustada, Jackson meu coração está ficando quente!
0
Comente!x

  Eu selei demoradamente meus lábios nos dela e então juntos, nós olhamos para o céu, com dificuldade pela intensidade da chuva.
0
Comente!x

  - A gente pode sair daqui? – ela pediu enquanto segurava uma de minhas mãos –
0
Comente!x

  Juntos, nós corremos pela chuva enquanto gargalhávamos. Antes de atravessar a rua que nos levaria para o outro lado da universidade, eu a puxei para mim. Colando a testa na dela, minhas mãos passearam pelo corpo molhado dela…
0
Comente!x

  - , eu não sei por quanto tempo isso vai durar, mas hoje não há nada melhor!
0
Comente!x

  E então com a chuva caindo sobre nós dois eu a beijei outra vez.
0
Comente!x

Fim

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lelen
Admin
10 meses atrás

Jackson mostrando o príncipe que ele é (pior que parece que é não só nas fanfics, mas na vida real também, né? IONASDPOANDP)
e tomara que dure pra sempre porque sim HAHHAHAHAHA


You cannot copy content of this page

2
0
Would love your thoughts, please comment.x