Status

Loading

Avalie

Este texto foi revisado
Encontrou algum erro? Clique aqui

Capa por Li Santos

Gostaria de requerer a capa como oficial? Clique aqui!

Cadeado

  – Por quanto tempo irá ignorar a mensagem, ?
0
Comente!x

  Encarei a minha melhor amiga por longos segundos antes de revirar os olhos, sem me importar em lhe dar uma resposta concreta – muito menos uma honesta. Suspirei e dei de ombros, pressionando entre meus dedos a chave que vim buscar com Lua, fingindo que não estava nervosa o suficiente com o objeto em meu poder. A vi resmungar um “que seja” e recebi um abraço dela, dizendo que me amava em seguida; nos despedimos brevemente e comecei a fazer o tão conhecido caminho para a minha casa, tentando conter o misto de excitação com ansiedade e uma – grande – pitada de irritação por conta da última notícia que chegou até mim: acabara de cruzar a fronteira.
0
Comente!x

  Quando li a mensagem, a primeira reação do meu corpo foi ficar estático e eu não conseguia acreditar na cara de pau do homem em aparecer depois de meses.
0
Comente!x

  Mais precisamente, seis meses.
0
Comente!x

  183 dias que eu não tinha nenhuma notícia do filha da puta que sabia muito bem que mesmo eu tendo terminado o nosso relacionamento, a sua mera presença era o suficiente para fazer com que eu estremecesse por completo. Talvez seja por isso que não ouvi nenhuma palavra sua, mas eu não o culpava por não querer falar comigo, afinal, quem falou que precisava de um tempo foi eu e sei que não deve ter sido fácil para ele – nem para mim, sinceramente.
0
Comente!x

  Com as provas da academia e ter que lidar com o trabalho corrido de fada e dos negócios da família, a única saída que enxerguei foi cortar algumas coisas da minha vida, resultando em abrir mão da pessoa que eu mais amava. Não é algo que me dê orgulho ou que seja justo, no entanto, na época é o que me pareceu correto. e toda sua compreensividade sempre foram o meu fim, e às vezes eu não entendia o motivo dele não ficar com raiva ou estressado por culpa das merdas que tínhamos que passar em relação aos meus familiares, contudo, esses meses longe dele me fizeram realizar que sim, ficava muito chateado com os acontecimentos, entretanto, não dizia nada para não piorar o peso que eu possuía.
0
Comente!x

  O meu coração se apertava ao lembrar as palavras que lhe direcionei no nosso término, porém, o que não me arrependo é de ter dito que o homem precisava externar os seus sentimentos e emoções – um pouco de hipocrisia da minha parte, confesso. O pensamento – que descobri um tanto tarde ser errôneo – de que eu dei tudo de mim e não soube aproveitar vinha das inúmeras conversas com tais familiares que teimavam em reafirmar que ele não me merecia, de modo que eu, em um momento vulnerável, acreditei que isso era verdade. Suas máscaras caíram assim que trinta dias se passaram e dei um basta nas suas falas, visto que a minha recuperação de ter um coração partido estava melhorando gradativamente graças à Lua e os meus estudos; os parentes, por outro lado, odiaram o fato de eu ter cortado os laços, já que perderiam sua marionete favorita.
0
Comente!x

  Esse período de meio ano foi o necessário para que eu me organizasse em todos os âmbitos da minha vida, e eu tenho plena noção de que tem um detalhe faltando que precisava ser arrumado.
0
Comente!x

  Fadas são conhecidas por garantir os desejos dos indivíduos, recebendo algo em troca; há situações que alguns solicitam coisas irreais, mas, em sua maioria, os pedidos são fáceis em ser atendidos. Nem todas trabalham com isso, que nem a mãe de Namjoon – o “namorado” da minha melhor amiga –, que se especializou em seu elemento e contribui com o seu conhecimento adquirido no mundo humano para mantermos a nossa flora em perfeitas condições.
0
Comente!x

  A cidade de Luna, por menor que seja, é vasta em seres místicos com suas diversificações, então você não é obrigado a seguir apenas um caminho. No meu caso, o gosto que possuo em ter um segredo confiado a mim e poder ajudar a realizá-lo é o bastante para eu ter certeza de que essa é a minha vocação.
0
Comente!x

  O que nos leva ao objeto na minha mão: a chave.
0
Comente!x

  Quando assisti partir pela porta da loja o meu coração se despedaçou, e sem querer dar o braço a torcer, eu optei em guardar cada um dos meus desejos em relação a nós e a ele dentro do meu cadeado, de maneira que fosse mais fácil manter o meu foco nos assuntos que me cercavam. Fadas têm o direito de atender aos próprios pedidos e, se não quiserem, podemos afastá-los com um cadeado se forem difíceis demais de lidar. Lua aceitou ficar com a chave com a condição de que eu fosse mais honesta com os meus sentimentos e, finalmente, após 183 longos dias, me senti preparada para encarar de frente os meus desejos com .
0
Comente!x

  – Eu sou uma idiota – murmurei sem humor. – Não é como se ele fosse me aceitar facilmente e nem sei se preciso dessa chave…
0
Comente!x

  – Talvez.
0
Comente!x

  Mordi o meu lábio inferior ao escutar uma voz ecoando pela loja e com o restante da coragem que tinha, me virei, dando de cara com um cheio de bagagens em suas mãos. As palpitações do meu coração deveriam estar audíveis e o misto de excitação com nervosismo me consumiu por completo, me deixando sem reação; eu imaginava como seria o nosso reencontro – se tivéssemos um – e jeitos de agir, falar e conduzir a cena, porém, o vendo na minha frente o cenário mudava totalmente.
0
Comente!x

  Seu cabelo estava mais curto e havia pintado mais uma vez de preto, diferente de seis meses atrás; seus óculos caíam um pouco por seu nariz, e o seu gosto para roupas permaneceu o mesmo: casual, composto por um casaco de moletom – alguns detalhes nunca mudam. Ameacei a dar um passo em sua direção, todavia, me contive por não saber se eu teria esse direito. O seu olhar era indecifrável, e depois de um demorado suspiro, ouvi novamente a sua doce voz:
0
Comente!x

  – Talvez eu seja mais idiota que você, – pausou –, porque mesmo você tendo terminado comigo, eu ainda quero te ter nos meus braços.
0
Comente!x

  O meu corpo reagiu automaticamente e eu corri para ele, o abraçando com toda força que eu tinha. retribuiu, me levantando o suficiente para que eu entrelaçasse minhas pernas em sua cintura, e continuamos nessa posição por incontáveis minutos. Eu me deliciava com o seu aroma, com a curva de seu pescoço e com a sua risada baixa, tendo a sensação de que a qualquer momento o meu cadeado se abriria sozinho.
0
Comente!x

  Afinal, desde o início eu já sabia o quão fraco era e, ao observar , com certeza ele iria se desfazer sem maiores problemas.
0
Comente!x

  – Senti sua falta, . – O rapaz se afastou ao me pôr no balcão, no entanto, suas mãos estavam na minha cintura. – Como você está?
0
Comente!x

  – Pelos deuses, ! Eu senti tanto a sua falta… – o encarei. – Sei que pode parecer repentino, mas agora eu estou morando sozinha e abri esse pequeno comércio, além de ter me formado e ter cortado laços com a minha família. Eu pensei muito durante esses meses e se você ainda estiver disposto e quiser, quer ser o meu namorado? – A afobação fez com que eu despejasse as palavras sem pausa, causando uma vergonha ao me dar conta do que perguntei.
0
Comente!x

  – Calma, calma. Nós teremos tempo o suficiente para conversarmos sobre o período que ficamos separados, não precisa se afobar. – riu e fez um carinho na minha bochecha. – Eu não pretendo sair de Luna futuramente. A menos que você queira.
0
Comente!x

  – Sério? – o questionei curiosa.
0
Comente!x

  – Sim. E respondendo à sua pergunta: é claro que eu aceito ser o seu namorado. Contudo… terá que me levar para jantar. – Gargalhei alto, concordando com sua condição. – Você realmente supera as minhas expectativas, não é, ?
0
Comente!x

  – Como assim? – indaguei genuinamente confusa.
0
Comente!x

  – Desde o dia que deixei Luna até hoje, a única certeza que eu tinha é a de querer passar a minha vida com você. Por mais que eu soubesse disso antes, acredito que esses seis meses tenham sido esclarecedores para nós dois… E mais do que nunca, eu torcia para você se sentir igual a mim. – Ele pegou a minha mão carinhosamente. – A primeira coisa que fiz ao chegar foi te encontrar, e vê-la conquistando o que sempre quis me enche com uma felicidade imensa. Eu te amo, , com todo o meu coração e, diferente de você, eu vim com a intenção de pular uma etapa do nosso relacionamento e perguntar se você me daria a honra de ser a minha futura esposa.
0
Comente!x

  – É óbvio que a resposta é sim, . Eu amo você. – O beijei brevemente. – Definitivamente você é o meu fim.
0
Comente!x

  – Espero continuar sendo o seu começo e meio também, já que é o meu. – Sua atenção se desviou para o cadeado. – Sei que temos todo o tempo do mundo, mas qual é a do cadeado? Ele já estava aberto?
0
Comente!x

  Analisei o objeto e soltei um risinho, rolando os olhos ao perceber que o meu achismo estava correto. A chave que peguei mais cedo era só mais um enfeite em comparação a , que é a verdadeira chave para abrir o cadeado do meu coração.
0
Comente!x

Fim

  N/A: Espero que gostem dessa short! Ela é bem curtinha, e o planejamento inicial seria talvez usar a música “Cadeado” da Pabllo para a Lua e o Namjoon, mas Hellen e Jin surgiram tão rápido que não pude deixar de escrever essa song com eles. O pedido de casamento não foi planejado KKKKKKKK literalmente pensei em pôr conforme eu escrevia, e achei que ficou adorável.
0
Comente!x

  Infelizmente, creio que esse casal não ganhe uma continuação, CONTUDO, nunca saberemos hehehehe
0
Comente!x

  Vocês podem ler Balinha de Coração (Leia aqui) que conta a história da Lua e do Namjoon, e a continuação deve vir em breve.
0
Comente!x

  Até a próxima <3

 

4.5 2 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lelen
Admin
10 meses atrás
  — Eu estava ocupada demais trabalhando. — eu em levantei e Cronos acompanhou meu movimento pulando do banco se colocando…" Read more »

Levei para o pessoal sim ou óbvio? JJAJISHASIOANS

Lelen
Admin
10 meses atrás

Hellen + Seokjin = combinação perfeita, falei HEHEHEHEHE
E ó o spoiler do futuro da Lua e do Namjoon (apesar de ser o esperado, né, depois daquele começo de história, se não namorassem eu ia dar uns tapas na cara dos dois <3)
A história foi curtinha, mas eu amei tanto *—-*
Eu sou uma adorável fada, gente! *pose* KKKKKK
Ai, fiquei até inspirada pra escrever alguma coisa – o poder de Jin em uma fanfic bem escrita, né <3


You cannot copy content of this page

3
0
Would love your thoughts, please comment.x