Esta história pertence ao Projeto Songfics

Status

Loading

Avalie

Este texto não foi revisado
Encontrou algum erro? Clique aqui

Temporada #033

Buenas
Quevedo

Esta história não possui capas prévias (:

Sem curiosidades para essa história no momento!

Buenas

   jogou a bolsa sobre a mesa e cruzou os braços abaixo do seios e encarou que umedeceu os lábios.
0
Comente!x

  - Olá, não quero incomodar, mas faz um tempo que não sei de você e só queria perguntar…
0
Comente!x

  - Fala , estou com pressa!
0
Comente!x

  - Senta ! – ele apontou a cadeira vazia à sua frente com a cabeça – Depois eu te deixo na agência, sei que deve estar com alguma sessão de fotos marcada e por isso está com pressa.
0
Comente!x

  - Ai … – bufou, impaciente – Não sei nem porque apareci aqui.
0
Comente!x

  A morena reclamou, mas acabou puxando a cadeira se sentando na mesma. respirou fundo e encarou os olhos profundos de , como ele sentia falta de encará-los durante a noite quando se virava para o lado a noite. Sentia falta da intensidade daquele olhar, da maneira como os olhos dela pareciam desvendar todos os seus segredos mais profundos.
1
Comente!x

  Seus olhos eram um misto de serenidade e tempestade, capazes de acalmá-lo e perturbá-lo ao mesmo tempo. Durante as noites solitárias, se pegava imaginando o brilho daqueles olhos ao seu lado, o calor que emanavam quando ela sorria ou a intensidade que transmitiam durante suas conversas mais íntimas.
0
Comente!x

  - , eu… – ele começou, a voz falhando ligeiramente – Eu sinto falta dos teus olhos, da maneira como me olhavam quando estávamos juntos. Sinto falta daquela intensidade que só você tem.
0
Comente!x

  Ela desviou o olhar por um momento, como se estivesse ponderando suas palavras. continuou, sentindo a necessidade de se abrir.
0
Comente!x

  - Às vezes, quando viro para o lado na cama à noite, imagino seus olhos me observando, trazendo uma sensação de conforto que só você conseguia me dar. Sinto falta da maneira como seus olhos brilhavam quando falávamos dos nossos sonhos, da maneira como eles ficavam sombrios quando discutíamos… – ele fez uma pausa, a voz agora apenas um sussurro – Sinto falta de tudo isso, .
0
Comente!x

  Ela voltou a encará-lo, e por um breve momento, viu uma faísca de algo que não conseguia decifrar. A intensidade daquele olhar, agora tão próxima, fez seu coração acelerar.
0
Comente!x

  - O que aconteceria se deixássemos o medo para trás? Retomássemos o que deixamos pela metade… É tarde demais ou não?
1
Comente!x

  - Ai …- piscou os olhos algumas vezes e então pegou a bolsa sobre a mesa se levantando – Eu preciso ir!
1
Comente!x

   se levantou abruptamente e quando começou a lhe dar as costas, ele continuou:
0
Comente!x

  - Gata, não perco a fé. E mesmo que não esteja mais com ele… Você sabe que o orgulho acaba com a gente. Gata, quero te ver… – ele engoliu seco – Olhe para mim.
0
Comente!x

   parou por um momento, fechando os olhos. A tentação de ficar era quase insuportável. Podia sentir o peso das palavras de ressoando em sua mente, a promessa de algo que ainda poderia ser recuperado, se ela apenas deixasse o orgulho de lado. Mas o medo do passado e das cicatrizes que ainda não tinham cicatrizado completamente a segurava.
0
Comente!x

  Ela abriu os olhos lentamente, lutando contra a vontade de se virar e encará-lo mais uma vez. Mas a decisão já estava tomada.
0
Comente!x

  - Desculpa, , eu realmente preciso ir. – disse, quase sussurrando, antes de sair pela porta da cafeteria –
0
Comente!x

   não hesitou. Correu atrás dela, alcançando-a na calçada. Ele segurou o braço dela com firmeza, mas com delicadeza, forçando-a a parar.
0
Comente!x

  - , por favor, – ele implorou, olhando diretamente nos olhos dela – não vá embora assim. Só me dê uma chance… uma última chance.
1
Comente!x

  Ela ficou parada, olhando para ele. O conflito interno estava claro em seus olhos. Ela queria acreditar, queria dar a eles uma segunda chance, mas o medo e a dúvida ainda a seguravam.
0
Comente!x

  - … – ela começou, a voz trêmula – Eu não sei se consigo passar por isso de novo.
0
Comente!x

  Ele apertou levemente o braço dela, tentando transmitir todo o seu sentimento através do toque.
0
Comente!x

  - Eu prometo que será diferente desta vez. Eu aprendi com os meus erros. Por favor, , só me deixe tentar.
0
Comente!x

  Ela respirou fundo, os olhos marejados, e finalmente se desvencilhou do seu braço.
0
Comente!x

  - Me dê um tempo, . Eu preciso pensar.
0
Comente!x

  Sem dizer mais nada, virou-se e foi embora, deixando parado, observando-a desaparecer pela rua. Ele não sabia se ela voltaria, mas uma coisa era certa: ele não iria desistir dela tão facilmente.
0
Comente!x

***

  - Sonho que você fala comigo, amor e mesmo que acorde e você não esteja aqui, não há razão pra estarmos tão perto e tão distantes ao mesmo tempo!
0
Comente!x

   encarou o reflexo dele no espelho enquanto retirava os brincos. A maioria dos staffs já estava indo embora e bom, como era um dos donos da agência a presença dele lá não era estranha para os staffs, mesmo que raramente ele aparecesse em alguma sessão de fotos, como os dois eram ex-namorados, ninguém questionou.
0
Comente!x

  - Como você soube que não estou mais com ele? – ela se virou de frente para escorando as costas na grande penteadeira –
0
Comente!x

  O moreno deu de ombros e colocou as mãos nos bolsos. A resposta para aquela pergunta parecia tão óbvia, era claro que ele tinha como conseguir aquela informação num piscar de olhos com a quantidade de pessoas em comum que cercavam os dois, e sabia daquilo, não era boba. sabia que ela queria ouvir da boca dele que ele havia mandado que vigiassem ela…
0
Comente!x

  - , você sabe como as coisas são nesse meio… – ele começou, tentando medir as palavras – Temos amigos em comum, pessoas que se preocupam conosco… e sim, eu perguntei sobre você. Não mandei ninguém te vigiar, se é o que está pensando, mas quando você se importa com alguém, é difícil não querer saber como essa pessoa está.
0
Comente!x

  Ele deu um passo à frente, tirando uma das mãos do bolso e a passando pelos cabelos, um gesto nervoso que ela conhecia bem.
0
Comente!x

  - Não queria parecer invasivo, mas… – ele fez uma pausa, a voz suavizando – Eu me preocupo com você. Sempre me preocupei.
0
Comente!x

   cruzou os braços, ainda encostada na penteadeira, os olhos fixos nele. A tensão no ar era palpável, a mistura de emoções oscilando entre a nostalgia e o desconforto.
0
Comente!x

  - E o que você espera conseguir com isso, ? – ela perguntou, tentando manter a voz firme – Já faz um tempo que terminamos, e nossas vidas seguiram caminhos diferentes.
0
Comente!x

  - Eu sei, eu sei – ele respondeu rapidamente, dando mais um passo em sua direção – Mas isso não muda o que eu sinto. Eu sonho com você todas as noites, . Sonho que falamos, que rimos juntos, que compartilhamos nossos medos e desejos. E mesmo que acorde e você não esteja lá, a sensação de estar tão perto e, ao mesmo tempo, tão distante… isso está me matando.
0
Comente!x

  Ela piscou, lutando contra as lágrimas que ameaçavam cair. Havia algo na voz dele, uma sinceridade que a tocava profundamente, mas também a deixava vulnerável.
0
Comente!x

  - Eu só quero uma chance de tentar de novo, – continuou, agora a poucos passos dela – Sem orgulho, sem medos. Apenas nós dois, como antes.
1
Comente!x

   fechou os olhos por um momento, respirando fundo, tentando encontrar forças para responder. Quando os abriu, viu tão próximo que quase podia sentir sua respiração.
0
Comente!x

  - … – ela começou, mas a voz falhou –
0
Comente!x

  Ele se aproximou mais um pouco, estendendo a mão para tocar o braço dela suavemente.
0
Comente!x

  - Por favor, , apenas pense sobre isso. Não estou pedindo para decidir agora, só para considerar a possibilidade.
0
Comente!x

  Ela suspirou, sentindo o calor do toque dele e a familiaridade daquele momento.
0
Comente!x

  - Eu… vou pensar – ela respondeu finalmente, a voz baixa – Mas preciso de tempo.
0
Comente!x

  Ele assentiu, retirando a mão lentamente.
0
Comente!x

  - É tudo o que peço.
0
Comente!x

  Ela se afastou dele, pegando a bolsa e se dirigindo para a saída.
0
Comente!x

  - Boa noite, .
0
Comente!x

  - Boa noite, . – ele respondeu, observando-a sair, a esperança brilhando em seus olhos –
0
Comente!x

***

“Te vi passar e pensei que fosse você… Mas ela só parecia com você, gata, que ansiedade! Desde que você se foi, não tenho com quem apagar a luz. Sabia que te amava, mas não sabia a dimensão…”

  Ele bloqueou o celular, mas permaneceu olhando a tela do mesmo. Os pensamentos fervilhavam em sua mente, agora era assim, ele a confundia sempre. Achava que sempre era ela… A intensidade dos olhos dela, a tensão palpável entre eles, a mistura de sentimentos que o consumia. Era como se tudo voltasse à tona, os momentos bons e ruins, as noites em claro, os sonhos compartilhados e os medos confessados.
0
Comente!x

   suspirou, pensando nas palavras que acabara de dizer a ela na mensagem. As noites sem tinham se tornado um tormento constante. A presença dela era como uma luz que havia sido apagada abruptamente, deixando-o na escuridão. Ele sabia que a amava, mas só agora compreendia a verdadeira profundidade desse amor. Era como se uma parte dele estivesse faltando, um vazio que nada conseguia preencher.
0
Comente!x

  Ele levantou o olhar, observando a sala vazia da cafeteria, agora silenciosa sem mais nenhum funcionário na agência. Podia quase sentir a presença dela ali, o eco das suas palavras, o som suave da respiração dela quando estava perto. Cada detalhe era uma lembrança viva que o assombrava, uma lembrança do que ele havia perdido.
0
Comente!x

   passou a mão pelos cabelos, tentando organizar seus pensamentos. Tinha conseguido uma pequena vitória ao falar com , ao fazê-la reconsiderar. Mas sabia que seria um caminho difícil, cheio de obstáculos. Precisava encontrar uma maneira de mostrar a ela que realmente tinha mudado, que estava disposto a lutar por eles, por aquilo que um dia tiveram e que ainda poderiam ter.
0
Comente!x

  Ele desbloqueou o celular novamente, olhando a última mensagem que tinha enviado a ela há semanas antes dessa, sem resposta. Queria enviar outra, mas sabia que precisava dar espaço a para pensar. O tempo era seu aliado e inimigo ao mesmo tempo, mas ele estava determinado a esperar. Determinado a reconquistar o amor que um dia foi seu.
0
Comente!x

  Com um último olhar para a tela do celular, ele decidiu sair da cafeteria. O ar fresco da noite o envolveu enquanto ele caminhava, perdido em pensamentos. Cada passo era uma lembrança de que estava mais perto de um futuro incerto, mas cheio de esperança. E mesmo que não tivesse certeza do que o aguardava, sabia que, pelo menos, havia dado o primeiro passo para tentar consertar o que havia quebrado. E isso já era um começo.
0
Comente!x

***

  Assim que botou os olhos em Seunghwa e a modelo novata ela estreitou os mesmos e aí, os olhos de Seunghwa também pousaram nela. A novata continuou conversando com ele, mas a partir daquele momento ele não escutava mais nada, só conseguia encarar a ex, parada lá, linda, encarando-o de volta.
0
Comente!x

  Quando a novata se deu conta que ele não prestava atenção nela, olhou na direção de onde os olhos vidrados de olhavam e viu . Ela sabia que os dois haviam sido namorados e que o dono da agência ainda era perdidamente apaixonado por ela, afinal de contas eles haviam avisado a ela que seria uma perda de tempo ela investir em
0
Comente!x

  - Você nunca mais vai ter olhos para ninguém, não é mesmo? Só para a grandiosa
0
Comente!x

   se aproximava deles e então ouviu a novata praguejar. Quando a novata olhou para ela, bufou alto e então depositou sua taça sobre a mesa que separava ela e e então saiu, com os cabelos ao vento.
0
Comente!x

   pegou a taça que a novata havia deixado ali e cheirou o líquido que havia dentro. Então, levou a taça aos lábios enquanto encarava .
0
Comente!x

  - Falando de mim para a novata? – ela questionou, arqueando uma sobrancelha –
0
Comente!x

   respirou fundo antes de responder, a voz carregada de intensidade.
0
Comente!x

  - De tudo o que sinto quando falam de você pra mim. O quarto é grande e não tenho com quem dividir… Melhor estar sozinho do que mal acompanhado, isso é o que dizem. Porque sei que se me dessem a escolha, , eu preferiria as brigas, os gritos e as transas, as férias na Itália em agosto… Se tivesse você novamente seria como ganhar na loteria. Eu te levaria à praia para um passeio de moto.
1
Comente!x

   observou-o por um momento, os olhos refletindo uma mistura de sentimentos. Ela bebeu um gole da taça, permitindo que as palavras dele ecoassem em sua mente. A intensidade do olhar de não deixava dúvidas sobre a sinceridade de suas palavras. Ela sentia seu coração bater mais rápido, cada palavra dele trazendo à tona lembranças e desejos que ela tentava enterrar.
0
Comente!x

  - … – ela começou, a voz suave, mas cheia de significado – Você sabe que não é tão simples assim.
0
Comente!x

  Ele deu um passo em sua direção, a voz agora mais baixa, mas firme.
0
Comente!x

  - Eu sei que não é simples. Mas eu estou disposto a tentar, a lutar por nós. Não consigo imaginar minha vida sem você. Por favor, , me dê uma chance.
0
Comente!x

  Ela suspirou, desviando o olhar por um momento antes de voltar a encará-lo.
0
Comente!x

  - Ela é muito bonita… deveria dar uma chance à ela.
0
Comente!x

  - Não há chance , se você competir, não há chance! Você é a única que me acalma… Vou fazer com que nunca se canse de mim…
0
Comente!x

   se aproximou dela, segurando-a pela cintura, investindo com o corpo no dela. O calor e a proximidade faziam prender a respiração.
0
Comente!x

  - Não sei se você se lembra de mim dessa forma, sou aquele que tirava todas as suas preocupações transando na minha casa, amor, quando matávamos aula… Quem dera poder voltar no tempo, ouvindo Costear, da playlist Pra Transar! Até sua mãe sente minha falta, e você também, mas sempre vai negar. Sinto falta das brigas, dos gritos e das transas… não sei o que aconteceu com a gente, passamos do “te amo” para o “não te suporto”, esse agosto virou setembro.
0
Comente!x

  As palavras dele ressoaram profundamente em , trazendo à tona uma avalanche de memórias e emoções. Antes que ela pudesse reagir, inclinou-se, os lábios dele encontrando os dela em um beijo ardente e cheio de saudade. hesitou por um breve momento, mas logo se entregou ao beijo, sentindo a intensidade e a paixão que ainda existia entre eles.
0
Comente!x

  O tempo parecia parar enquanto eles se beijavam, todos os sentimentos reprimidos e não ditos encontrando expressão naquele momento. Quando finalmente se separaram, ambos estavam ofegantes, os olhos fixos um no outro, cheios de desejo e uma nova esperança.
0
Comente!x

  - … – ela sussurrou, ainda sem fôlego – Eu…
0
Comente!x

  Ele a interrompeu com outro beijo, desta vez mais suave, mas cheio de promessa.
0
Comente!x

  - Não precisa dizer nada agora – ele murmurou contra os lábios dela – Só quero que saiba que estou aqui, esperando por você. Sempre estarei.
0
Comente!x

Fim

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lelen
Admin
1 mês atrás

Eu tô indignada com esse fim HAHAHAHAHAH
ELA PRECISAVA DIZER ALGUMA COISA SIM, HOMI, PELO BEM DAS LEITORAS ANSIOSAS E CURIOSAS COMO EEEEU! 😂😂
Mas já que ficou assim, vou me dar a liberdade de imaginar que os dois tentaram e tiveram seus felizes para sempre depois de alguns altos e baixos, talvez umas terapias, MAS TERMINOU TUDO BEM. 😂😂
Obrigada pela atenção.

Ilane CS
24 dias atrás
  A morena reclamou, mas acabou puxando a cadeira se sentando na mesma. respirou fundo e encarou os olhos profundos de…" Read more »

O olhar chega queimou aqui!

Ilane CS
24 dias atrás
  - O que aconteceria se deixássemos o medo para trás? Retomássemos o que deixamos pela metade... É tarde demais ou…" Read more »

Não é tarde demais não! Eu já tô torcendo aqui por esse amor!

Ilane CS
24 dias atrás
  - Ai …- piscou os olhos algumas vezes e então pegou a bolsa sobre a mesa se levantando - Eu…" Read more »

VOLTA AQUI, MULHER, RECUPERE ESSE HOMEM!

Ilane CS
24 dias atrás
  - , por favor, - ele implorou, olhando diretamente nos olhos dela - não vá embora assim. Só me dê…" Read more »

Eu lendo e pensando: eu dou tudo! Não só as chances! KKKKKKK

Ilane CS
24 dias atrás
  - Eu só quero uma chance de tentar de novo, - continuou, agora a poucos passos dela - Sem orgulho,…" Read more »

“Apenas nós dois”, e não precisa de mais nada!

Ilane CS
24 dias atrás
  - De tudo o que sinto quando falam de você pra mim. O quarto é grande e não tenho com…" Read more »

Era o meu sonho de princesa um boy desse na Itália em pleno agosto!


You cannot copy content of this page

7
0
Would love your thoughts, please comment.x