Esta história pertence ao Projeto Quiz



Status

Loading

Avalie

Este texto foi revisado
Encontrou algum erro? Clique aqui
Quiz #008
// O Tema
Qual a sua forma de amar ou a do personagem de sua próxima história? Responda às perguntas e descubra!
// O Resultado
Presente


Esta história não possui capas prévias (:

Sem curiosidades para essa história no momento!

both of my loves

   andava pelas ruas de Seul com certa pressa, ansiosa para chegar na sua nova casa. O final do ano se aproximava, e além das festividades conhecidas, seria a comemoração de dois meses de namoro, o que a deixava muito feliz e animada, e da sua mudança. Desde que veio visitar os seus melhores amigos, já tinha planos de voltar para a sua cidade natal, e com a sua promoção no trabalho, isso se tornou possível. A fim de surpreender e , a mulher planejou um jantar com a desculpa de que adiantou as suas férias, e com as agendas lotadas de seus amigos, ela poderia organizar tudo com calma e do jeitinho que queria. Depois de visitar todas as lojas que precisava, guardou tudo no seu carro e se dirigiu para casa, na companhia da ligação de sua mãe:
0
Comente!x

  — E os preparativos, filha?
0
Comente!x

  — Finalizados, senhora — respondeu enquanto balançava a cabeça ao som da música. — Agora o que falta mesmo é decorar a casa.
0
Comente!x

  — Eu queria poder estar aí para te ajudar, honey! — riu com a chateação da mãe — Você não sabe o quanto a sua outra mãe queria poder conhecer os rapazes! Sem contar que ela virou fã deles.
0
Comente!x

  — Ah, e como eu sei disso! — Bateu no volante levemente, sorrindo — Eu acordo cheia de mensagens dela sendo a maior fangirl que existe.
0
Comente!x

  — Uma pena eles serem tão atarefados, queria chamá-los para virem na próxima visita.
0
Comente!x

  — Posso falar com os dois, mãe — se empolgou com o pensamento de fazer uma viagem com ambos — Tenho certeza que eles aceitariam um convite seu.
0
Comente!x

  — Às vezes eu vejo os seus álbuns da sua época de criança e é impressionante como e estão em quase todas as fotos. Vocês sempre foram inseparáveis, e depois da notícia, não tive dúvidas de que minhas suspeitas estavam certas! — O risinho malicioso da mais velha não passou despercebido por — Você contou para o seu pai?
0
Comente!x

  — Nem precisei, sinceramente — Deu de ombros, olhando para a tela ao sinal ter fechado — O que mais me assustou foi o fato dele ter aceitado.
0
Comente!x

  — Honey, entenda que eu e seu pai somos farinhas do mesmo saco, apesar da sociedade em que ele cresceu ser preconceituosa. Se ele te julgasse, julgaria a si mesmo.
0
Comente!x

  A mulher sorriu pequeno, sabendo o quão sortuda foi por crescer na presença de seus pais. Eles se conheceram em uma das idas do homem ao Brasil, país de sua mãe, e por mais que tivessem a barreira do idioma, não demorou para engatarem um relacionamento, e após alguns meses de namoro a distância, Ingrid e Seo-Joon decidiram visitar um ao outro com mais frequência até que Ingrid engravidou. Com o novo bebê a caminho, as viagens tiveram que ser interrompidas, e por mais que tenha nascido no Brasil, cresceu em Seul por conta da transferência de trabalho da sua mãe. Seus pais se separaram na sua adolescência e felizmente a separação foi amigável e saudável, no entanto, Ingrid precisou viajar para outros países a trabalho e ficou com seu pai, visto que não queria ter que abrir mão da sua vida com seus amigos. A relação dos três sempre foi muito boa, por essa razão que era sincera e aberta com os mais velhos, e agora ela tinha Tai, a namorada de Ingrid e sua outra mãe, que se tornou sua melhor amiga rapidamente.
0
Comente!x

  — Não sei o motivo dele não ter se juntado a vocês duas.
0
Comente!x

  — Seo-Joon é um caso a parte, honey. Ele se junta quando viaja para cá, mas não é como se tivéssemos vontade de manter um relacionamento a distância novamente — escutou a mulher suspirar. — Chega de falar sobre a vida amorosa dos seus pais, mocinha! Trate de ficar bem linda e gostosa para os seus namorados, e depois me conte como foi a noite. Sem detalhes, claro.
0
Comente!x

  — Tudo bem, mãe — elas não conseguiam parar de rir da fala de Ingrid — E obrigada pelo presente!
0
Comente!x

  A ligação por vídeo foi finalizada assim que estacionou o carro, e com as suas mãos já cheias novamente, adentrou o seu novo lar, animada para dar início aos preparativos.
0
Comente!x

*

  As horas passaram voando, e quando percebeu, já se passava das sete e logo os rapazes chegariam. Ela deu uma última olhada no espelho, vendo o quão espetacular estava e sorriu satisfeita, feliz com o resultado – suas mães haviam lhe dado um vestido preto belíssimo, e nada melhor que essa ocasião para usá-lo.
0
Comente!x

  — A porta está aberta! — Avisou ao pegar a garrafa de vinho na geladeira, a colocando na mesa.
0
Comente!x

  Não demorou para ver os rostos de e surgirem na cozinha, e antes que pudesse cumprimentá-los, recebeu dois buquês de flores.
0
Comente!x

  — Feliz dois meses, ! — Falaram em uníssono, a abraçando em seguida.
0
Comente!x

  — Feliz dois meses, e ! — Ela jogou os seus braços no pescoço dos dois e ficou na ponta do pé, apertando os amigos da forma que conseguia.
0
Comente!x

   beijou a bochecha deles, mas a mulher sabia que os seus namorados queriam mais, então ela simplesmente selou os lábios com cada um brevemente.
0
Comente!x

  — Um ótimo jeito de começar a noite — a abraçou por trás, descansando a cabeça em seu ombro — Queríamos ter vindo mais cedo.
0
Comente!x

  — Bom, meus melhores amigos são famosos e tem uma agenda a cumprir — entrelaçou seus dedos com os de , recebendo vários beijinhos no pescoço — Não há como competir com isso.
0
Comente!x

  — E não tem competição alguma, meu bem. Você sempre será a nossa número um — pôs o prato que trouxera na mesa, finalizando a arrumação prévia da namorada.
0
Comente!x

  — Diga isso para as suas fãs, .
0
Comente!x

  — Quer que eu poste agora ou mais tarde? — Ele arqueou uma sobrancelha, sorrindo travesso.
0
Comente!x

  — , faça alguma coisa, por favor? — Pediu carinhosa.
0
Comente!x

  — O namorado é seu, — respondeu em meio a risadas, ganhando um tapa.
0
Comente!x

  — E o melhor amigo é seu, ! — apertou as bochechas da mulher, beijando os seus lábios demoradamente.
soltou um suspiro pesado, sabendo que não tinha muito o que fazer quando o seu queria provocá-la. — Bom, nova regra para esse jantar: sem celulares na mesa!
0
Comente!x

  — Tudo bem, senhorita — concordaram.
0
Comente!x

*

  O jantar ocorreu sem problemas, sendo recheado de comidas gostosas e risadas que alegravam toda a casa. As duas garrafas de vinho já haviam acabado e abria a terceira, com a desculpa que eles tinham mais de uma comemoração nesse dia. Os rapazes se entreolharam, tentando descobrir – sem sucesso – o que escondia atrás do seu belo sorriso; a mulher não conseguia se conter, havia segurado demais o segredo e a ansiedade para contar só crescia, ainda mais ao vê-los curiosos. Ela se retirou da cozinha e buscou as duas caixinhas que preparou anteriormente, chamando os amigos para a acompanharem até a sala. Assim que se sentaram, ficou de pé e respirou fundo, observando seus namorados com um olhar apaixonado:
0
Comente!x

  — Eu sei que além dos dois meses, estamos comemorando mais de vinte anos de amizade — sorriu ao recordar dos três quando mais novos — e esse tempo todo é basicamente a nossa vida inteira. Sei também que não sou de falar, já que prefiro demonstrar o que sinto por vocês com presentes e ações, e acho que foram poucas as vezes que eu realmente falei… — sempre demonstrou os seus sentimentos através de mimos e presentes, sem se importar se a época era festiva ou não. e eram surpreendidos em lançamentos e em dias comuns com as entregas da melhor amiga, e não havia um momento sequer que eles não se sentissem amados e apreciados, apesar de não escutarem aquelas três palavras que costumavam dizer a ela. — Mas, a verdade é que desde o primeiro dia que nos conhecemos, eu tive certeza de que vocês se tornariam as pessoas mais importantes da minha vida, e ironicamente, se tornaram os amores dela. Eu amo vocês com todo o meu coração, e . Espero que gostem do presente!
0
Comente!x

  Ela esticou as mãos, entregando para cada um a sua respectiva caixa; achava engraçado o fato deles agirem com tamanha semelhança, balançando as caixas para descobrirem o que tem dentro. Ao abrirem, os dois se entreolharam boquiabertos por conta do conteúdo, e no momento que tiraram o presente das caixinhas, puxaram para um abraço tão apertado que a mulher precisou se afastar para recuperar o ar. Os três estavam com sorrisos de orelha a orelha e os olhos marejados, visivelmente felizes e emocionados por estarem compartilhando esse momento.
0
Comente!x

  — É o que estamos pensando, meu bem? — limpou as lágrimas dela e fez um carinho em sua bochecha corada.
0
Comente!x

  — Agora ficaremos mais próximos do que nunca! — Exclamou animada — Vocês são sempre bem-vindos para virem para cá.
0
Comente!x

  — Não é como se não fossemos antes, né? — riu, segurando a mão da namorada — As nossas chaves combinam.
0
Comente!x

  — Sim, com a minha também! — Levantou o colar, mostrando o objeto na fina corrente — Eu tinha pensando em dar um anel junto da chave, mas sei que seria difícil para vocês usarem, então optei pelo cordão. Vocês podem usar e pôr a chave para dentro da camisa, assim sempre estará com vocês!
0
Comente!x

  — Nós três realmente pensamos igual — e se separaram de , buscando seus presentes na estante da sala — Combinamos de não dar um anel pelo mesmo motivo, então pensamos em algo que poderíamos levar conosco no dia a dia.
0
Comente!x

   pegou as bolsas decoradas com certa ansiedade, curiosa para saber o que ganharia; na de , havia três pulseiras com a primeira letra de cada nome do trio gravada de maneira discreta em um coração, e na de , tinha três pares de brincos idênticos que combinavam tanto com as pulseiras quanto com os cordões. Eles caíram na gargalhada com a similaridade e logo colocaram as joias em seus devidos lugares, contentes com os presentes.
0
Comente!x

  — Nós te amamos, — falaram em uníssono, sorrindo.
0
Comente!x

  — Eu sei — ela deu a língua para ambos, sendo surpreendida com os vários beijinhos que recebia em seu rosto dos namorados. — Agora, que tal estrearmos essa casa nova e provarmos que o nosso amor é verdadeiro?
0
Comente!x

  O seu sorrisinho malicioso não passou despercebido, e assim que entraram no seu mais novo quarto, , mais uma vez, teve a certeza de que e são os amores da sua vida, e não mediria esforços para demonstrar através do seu próprio jeitinho.
0
Comente!x

FIM


N/A: eu adoro essa amizade e esse namorooooo 🤌🏻
Pretendo futuramente trazer mais fics (restritas também) deles hihihi a continuação deles não seria para esse quiz, mas achei que combinou e ficou um mimo fofinho demais <3
Espero que tenham gostado!
Até a próxima <3

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lelen
Admin
8 meses atrás

Aqui tem coragem (de ler e não entender nada kkkk) porque eu não li 3D, mas agora que li BoML acho que algumas coisas começaram a fazer sentido na minha cabeça, depois vou averiguar se estava certa kkkkk
Enfim, preciso ler a primeira fic pra sacar melhor as coisas, mas achei 22kinha demais essa relação, AMO um relacionamento fora do padrão (não sei se daria conta, mas amo mesmo assim kkkk)

Indy
Indy
6 meses atrás

uma coisa mais cute,depois de 3D hauahsu eu amei <3


You cannot copy content of this page

4
0
Would love your thoughts, please comment.x