Status

Loading

Avalie

Este texto não foi revisado
Encontrou algum erro? Clique aqui

Esta história não possui capas prévias (:

Sem curiosidades para essa história no momento!

Inevitável

Centésimo Vigésimo Capítulo – Crawl

  Em seu apartamento, sentado no sofá com um olhar preocupado, Jungkook segura o celular em suas mãos, olhando algumas fotos que ele tinha com em sua galeria. A notícia da fuga do stalker ainda pesa em sua mente, e ele não quer colocar a vida de em risco.
0
Comente!x

  A chuva lá fora ecoa os sentimentos conflitantes que enchem o coração de Jungkook. Ele se lembra de todos os momentos felizes que passaram juntos e suspira, sentindo um aperto no peito pela distância que criou entre eles. Uma fotografia deles juntos em especial chama sua atenção, e Jungkook a mira com carinho, olhando para o sorriso radiante de na imagem. Ele sabe que precisa protegê-la, mas a ideia de perdê-la é insuportável!
0
Comente!x

  Ele sussurra para si mesmo:
  - Eu te amo, , mas não posso arriscar sua segurança! Preciso encontrar uma maneira de mantê-la afastada do perigo…
0
Comente!x

  Enquanto ele pensa em uma solução, um barulho do lado de fora do apartamento o alerta. Ele se põe em alerta, seus sentidos aguçados, e percebe que alguém está tentando entrar. Quem poderia ser? O porteiro não havia ligado e estava proíba de subir… O coração dele, em alerta, começou a acelerar.
0
Comente!x

  Jungkook se move silenciosamente em direção à porta, preparado para enfrentar qualquer ameaça. Ele abre a porta cautelosamente e encontra apenas um gato molhado na porta. Suspirando de alívio, ele se abaixa para acariciar o animal:
0
Comente!x

  - Você me assustou, amiguinho! De onde você é, hum?
0
Comente!x

  Enquanto acaricia o gato, Jungkook não percebe que há um bilhete deixado próximo à porta.
0
Comente!x

  Um de seus vizinhos de corredor abre a porta do apartamento e então o gatinho corre em direção ao apartamento, entrando no mesmo. Jungkook e o vizinho sorriem um para o outro. Antes de se levantar, os olhos de Jungkook batem no bilhete deixado em sua porta, com seu nome.
0
Comente!x

  Suas mãos vão em direção ao mesmo, pegando o papel e então ele se levanta, entrando em seu apartamento logo em seguida e fechando a porta, mas esquece de trancar a mesma enquanto abre o bilhete e caminha para o sofá.
0
Comente!x

  O bilhete diz: “Logo será sua vez, Jungkook. Mal posso esperar para ver você sofrer.”
0
Comente!x

  O stalker estava se preparando para atacar, e Jungkook não tinha ideia do perigo que estava prestes a enfrentar.
0
Comente!x

  Ele amassou o bilhete nas mãos, com força e raiva enquanto sentia a respiração começar a ficar desregulada. Aquilo precisava acabar! Desamassou o bilhete e então tirou uma foto do mesmo, o encaminhando para Namjoon. Depois ele resolveu descer para checar algumas informações com o porteiro pessoalmente, levando o bilhete consigo.
0
Comente!x

  - O senhor tem certeza que ninguém procurou mesmo por mim então? – o porteiro assentiu – É que esse bilhete foi deixado lá na porta!
0
Comente!x

  Jungkook retirou o papel amassado do bolso abrindo-o e entregando o mesmo para o porteiro, que ao ler, arregalou os olhos.
0
Comente!x

  - Cruzes senhor Jungkook! O senhor precisa procurar a polícia!
0
Comente!x

  - Eles já estão cientes, nós já sabemos quem é! Agora só estou curioso para saber como ele conseguiu deixar isso na minha porta! Você tem acesso aos arquivos da câmera?
0
Comente!x

  - A síndica tem, vou pedir os arquivos para ela e avisar o senhor!
0
Comente!x

  Jungkook agradeceu mais uma vez e então correu para dentro do prédio de novo, entrando em seu elevador, se molhando já que a chuva estava grossa.
0
Comente!x

  Assim que ele saiu do elevador, mexendo no telefone, lendo as instruções de Namjoon, o coração de Jungkook acelerou quando ele se deparou com o stalker, sua expressão séria e ameaçadora, com a arma apontada diretamente para ele.
0
Comente!x

  - Achou mesmo que poderia se livrar de mim, Jungkook? Eu sempre estarei um passo à frente. Você não vai escapar dessa vez! – um sorriso cruel brotou nos lábios dele –
0
Comente!x

  Jungkook cerrou os punhos, mas tratou de manter a calma.
0
Comente!x

  - Você é doente! Por que está fazendo isso?
0
Comente!x

  - Oh, eu simplesmente adoro ver as pessoas que me fizeram mal, sofrer! E agora, chegou a sua vez.
0
Comente!x

  Jungkook respirou fundo, tentando controlar a raiva que fervia dentro dele. Ele sabia que precisava manter a calma e proteger a si mesmo e a .
0
Comente!x

  - Não vai conseguir o que quer. Eu não vou permitir que você machuque mais ninguém!
0
Comente!x

  O stalker riu de forma sinistra, se aproximando lentamente de Jungkook, como um predador prestes a atacar.
0
Comente!x

  - Você sempre foi um idiota ingênuo, Jungkook! Acha mesmo que pode me deter? Você e a não têm ideia do que eu estou disposto a fazer. Abre a porta do seu apartamento, anda!
0
Comente!x

  O stalker fez um sinal com a cabeça indicando a porta e Jungkook com as mãos erguidas, fez o que ele pediu.
0
Comente!x

  - Certo, eu vou abrir a porta, mas por favor, não faça nada precipitado. Podemos conversar sobre isso, não é necessário continuar com essa violência!
0
Comente!x

  - Conversar? Você acha que pode me convencer de alguma coisa? Já passou da hora de você aprender a lição.
0
Comente!x

  Jungkook entrou na frente, sentindo a ponta da arma em suas costas, bem no meio de sua coluna vertebral. Ele engoliu seco, e depois respirou fundo.
0
Comente!x

  - Não precisamos ser inimigos, podemos encontrar uma solução… Se você tem algum problema comigo, podemos resolver isso sem recorrer a mais violência e deixe a fora disso, ela não tem nada a ver com o seu problema comigo. Inclusive nós não estamos mais juntos, faz tempo! Nem com ela eu falo mais!
0
Comente!x

  - Vocês dois são tão ingênuos. – a risada irônica do stalker ecoou no apartamento de Jungkook – Eu já disse que não vão escapar dessa vez. Se você quer poupar a vida dela, então faça o que eu digo… Para o seu quarto, anda! Vamos!
0
Comente!x

  Ele empurrou Jungkook com força, e então Jungkook fez o que ele havia pedido, caminhando devagar até o quarto.
0
Comente!x

  - Eu entendo que você está com raiva, mas isso não vai resolver nada. Você pode estar ferido por dentro, mas machucar os outros não vai curar suas cicatrizes. Por favor, me deixe conversar com você, talvez eu possa te ajudar de alguma forma!
0
Comente!x

  Jungkook se sentou em sua cadeira e então o stalker apontou a arma diretamente para sua testa, fazendo o corpo de Jungkook arrepiar e tremer de medo. Aquilo podia acabar muito mal, e ele se via de mãos atadas, não podia e nem queria tomar nenhuma atitude arriscada, afinal de contas ele tinha uma arma agora.
0
Comente!x

  - Acha que pode me ajudar? Eu duvido…
0
Comente!x

  O interfone que ficava na cozinha começou a tocar e a arma foi pressionada na testa de Jungkook com ainda mais precisão.
0
Comente!x

  - Deixa tocar, nem pense em mexer um músculo ou eu estouro os seus miolos agora mesmo!
0
Comente!x

  O interfone parou de tocar, e logo em seguida começou de novo.
0
Comente!x

  - Nunca é tarde demais para mudar! Você pode escolher ser uma pessoa melhor, encontrar um propósito diferente na vida. Eu posso te ajudar a se entregar à polícia e a enfrentar as consequências de seus atos. A vida atrás das grades pode ser uma oportunidade de se reabilitar.
0
Comente!x

  O interfone havia parado de tocar e voltado a tocar inúmeras vezes. E agora o celular de Jungkook dentro do bolso era o que fazia barulho.
0
Comente!x

  - Desliga essa droga de telefone! AGORA!
0
Comente!x

  Jungkook assentiu, retirando o celular do bolso e desligando o mesmo.
0
Comente!x

***

   olhava para o porteiro, começando a ficar assustada com o semblante dele. Havia implorado ao porteiro para subir depois de interfonar algumas vezes para o apartamento e não ter obtido resposta de Jungkook, resolveu explicar um pouco da situação dos dois para o mesmo, quem sabe ele não ficasse com pena e a deixasse subir. O porteiro informou que ligaria para JK em seu apartamento informando que ela estava lá e se ele autorizasse, ela subia. Mas ele também não atendia… nem ao celular ele atendia.
0
Comente!x

  Ele se lembrou do bilhete… ficou imensamente preocupado.
0
Comente!x

  - Eu vou liberar a senhorita então! Pode ser que alguma coisa tenha acontecido! Ele me mostrou um bilhete que recebeu hoje, com uma ameaça! A senhorita sobe que eu vou chamar a polícia, só por garantia!
0
Comente!x

   franziu o cenho. Um bilhete com ameaça? O coração dela começou a temer pelo pior e acelerou com força, ela saiu correndo em direção ao elevador quando foi liberada, mas resolveu ir de escadas mesmo, chegaria mais rápido.
0
Comente!x

***

  - Você acha que eu sou estúpido? Isso é apenas uma tática para me distrair. Você não me engana!
0
Comente!x

  - Não estou tentando te enganar, só quero evitar mais violência. Sei que você é capaz de fazer escolhas melhores. Não precisa ser assim!
0
Comente!x

  A risada amarga do stalker ecoou outra vez pelo apartamento, fazendo os olhos de Jungkook marejarem, e então ele os fechou.
0
Comente!x

  - Você é patético! Não entende que não há esperança para pessoas como eu. Eu perdi tudo, e agora você vai perder também. Se a não vai ficar comigo, ela não vai ficar com mais ninguém! E eu vou matar você, para que doa nela! Quero que ela sinta a mesma dor que eu…
0
Comente!x

***

   chegou apressada ao corredor do apartamento, o coração acelerado pela ansiedade e pelo medo do que poderia encontrar. A porta do mesmo estava aberta, e então ela entrou e não encontrou Jungkook na sala, nem na cozinha. Percorreu o corredor do quarto ouvindo vozes vindas de lá. Ela se deparou com Jungkook e o stalker em uma situação tensa, mas a falta de contexto a deixou confusa.
0
Comente!x

  O moreno tinha os olhos fechados e um homem estava bem em frente a ele com algo que parecia ser uma arma em sua cabeça. As mãos e o restante do corpo de começaram a tremer, e ela pensou que só podia ser ele: o stalker. Mas ao mesmo tempo a sua cabeça rodava, como podia ser ele, se ele estava preso?
0
Comente!x

  Ainda com a cabeça tonta ela saiu do quarto, e caminhou cegamente até a sala, pegando um vaso que havia sobre a mesa de centro da sala de Jungkook, voltando rapidamente para o quarto. O stalker agora gritava com Jungkook, que parecia tentar negociar ou acalmá-lo.
0
Comente!x

   segurou o vaso com firmeza nas mãos, seu coração batendo descompassadamente. Ela não podia deixar que o stalker machucasse Jungkook, não suportaria perder a pessoa que amava para aquele psicopata. Com o vaso em mãos, ela se aproximou silenciosamente por trás do stalker, tentando conter a respiração para não chamar sua atenção.
0
Comente!x

  Jungkook, percebendo a chegada de pelo reflexo no espelho, agora com os olhos abertos, fez um sinal discreto para que ela se afastasse, preocupado com sua segurança. No entanto, ignorou o gesto e manteve-se determinada em proteger Jungkook.
0
Comente!x

  O stalker continuou a ameaçar Jungkook, sua voz cheia de raiva e desequilíbrio. sabia que precisava agir rápido e com precisão. Com um movimento repentino e rápido, ela ergueu o vaso e o quebrou com força sobre a cabeça do stalker. Um ruído alto e ensurdecedor ecoou pelo apartamento, seguido por um grito de dor do stalker. O vaso se despedaçou em cacos afiados, e o agressor caiu de joelhos, segurando a cabeça ferida. A ação inesperada de o pegou desprevenido, permitindo que Jungkook se afastasse e buscasse uma rota de fuga.
0
Comente!x

  Ele se levantou e então segurou uma das mãos de , e os dois então, correram para fora do apartamento, trancando o stalker lá dentro. Com as mãos trêmulas os dois então desceram as escadas depressa, sentindo os corações baterem rápido, o medo que sentiam se misturavam ao desespero de sair de lá o mais rápido o possível. E no caso de , todos aqueles sentimentos ainda dançavam com sua mente confusa e cheia de dúvidas.
0
Comente!x

  Quando finalmente eles chegaram até a portaria, Jungkook tocou os ombros do porteiro, enquanto andava de uma lado para o outro.
0
Comente!x

  - Eu preciso ligar para a polícia, senhor Vitório! É urgente!
0
Comente!x

  - Eu já liguei meu filho, já avisei a síndica e estamos avisando os moradores que temos um bandido no prédio! Que é para todos ficarem trancados dentro de seus apartamentos que a polícia já está a caminho! O senhor está bem senhor Jungkook? Eu chequei as câmeras da garagem, e ele entrou por lá, enquanto um dos moradores entrava com o carro! Eu sinto muito por não ter prestado atenção!
0
Comente!x

  Jungkook assentiu, agradecendo pela ação rápida do porteiro. , ainda abalada, continuava andando de um lado para o outro, incapaz de acalmar seus pensamentos tumultuados. A situação ainda era tensa, e eles aguardavam ansiosamente a chegada da polícia, torcendo para que o pesadelo finalmente chegasse ao fim!
0
Comente!x

  Os dois começaram a ouvir as sirenes se aproximando do prédio e então olhou para Jungkook, engolindo seco. Mal conseguia acreditar que tivera coragem de se arriscar daquele jeito, assim como ela não conseguia entender porque aquilo estava acontecendo de novo. Jungkook segurou novamente uma das mãos dela, e juntos – debaixo de uma forte chuva – eles saíram para fora do prédio se encontrando com as viaturas de polícia e bombeiros.
0
Comente!x

  Os flashes das luzes vermelhas e azuis das viaturas de polícia e dos caminhões dos bombeiros iluminavam a noite chuvosa, criando uma cena caótica. e Jungkook foram imediatamente abordados pelos policiais, que prontamente verificaram suas identidades e começaram a fazer perguntas sobre o ocorrido. Ambos estavam trêmulos e ainda abalados pela experiência terrível que acabaram de viver.
0
Comente!x

  Somente ali soube que o stalker havia conseguido fugir da cadeia junto a outros comparsas havia algumas semanas e que ele estava perseguindo e ameaçando Jungkook. Com as lágrimas começando a se misturar com a chuva, ela entendeu porque ele havia se afastado dela tão repentinamente: para tentar protegê-la. Jungkook a conhecia o suficiente para saber que ela ficaria desesperada com a notícia e faria o mesmo para protegê-lo. A dor que ela sentia por tudo aquilo ter acontecido, por quase ter perdido Jungkook, afinal de contas algo muito grave poderia ter acontecido se ela não tivesse chegado, era quase física.
0
Comente!x

  A polícia imediatamente organizou uma equipe para entrar no prédio e lidar com o stalker, enquanto outra equipe conversava com e Jungkook para colher mais informações e depoimentos.
0
Comente!x

  Sob a chuva persistente, eles foram levados a um ambiente mais protegido para aguardar a conclusão das investigações. Sentados juntos, enxugava o rosto molhado com as mãos, tentando conter a mistura de emoções que a inundava.
0
Comente!x

  - Jungkook, eu… eu não sei o que fazer ou dizer! Isso não deveria estar acontecendo novamente! Eu pensei que tudo tinha acabado quando ele finalmente parou de me ligar da prisão. – disse , com a voz embargada –
0
Comente!x

  Jungkook apertou a mão dela suavemente, buscando transmitir conforto e apoio.
0
Comente!x

  - Vamos ficar bem, ! Eu estou aqui com você… Nós enfrentaremos isso juntos, assim como da última vez. Ele não vai mais nos afastar ou nos intimidar.
0
Comente!x

  Os dois resolveram avisar Namjoon do que estava acontecendo, e assim o fizeram com a ajuda de um policial. Por sorte o advogado já estava saindo do escritório e indo para casa quando recebeu a ligação de . Ele ficou responsável por dar a notícia à V e levá-lo junto com ele para a rua de Jungkook, onde se encontrariam.
0
Comente!x

  Enquanto os policiais vasculhavam o prédio, e Jungkook esperavam na área segura, ainda abalados pela experiência traumática. A chuva não dava trégua, e o ambiente tenso aumentava ainda mais a angústia do casal.
0
Comente!x

  - Você foi muito corajosa! Mas não deveria ter se arriscado daquela maneira ! E se acontece alguma coisa com você?
0
Comente!x

  - E se acontece alguma coisa com você Jungkook? – ela lhe estapeou com certa força um dos ombros – Eu nunca ia me perdoar se ele tivesse feito algo com você! O que eu ia fazer sem você? Já pensou nisso?
0
Comente!x

  - E eu? O que eu faria sem você?
0
Comente!x

  Os dois se encararam em silêncio e estava tomada por uma mistura avassaladora de emoções. Seu coração batia acelerado, quase pulando do peito, enquanto a adrenalina ainda corria em suas veias após o confronto com o stalker. As mãos trêmulas não conseguiram conter as lágrimas que teimavam em escorrer por seu rosto, refletindo a dor, o medo e a raiva que a atingiam como ondas poderosas.
0
Comente!x

  Naquele momento, os dois se viram refletidos um no outro. O amor que compartilhavam era uma força poderosa, capaz de impulsioná-los a enfrentar qualquer desafio. No entanto, compreendeu que, para proteger a pessoa que amava, também precisava cuidar de si mesma.
0
Comente!x

  Ela se permitiu chorar, liberando as emoções contidas que estavam à beira de transbordar. O trauma da situação a atingia profundamente, mas ela encontrou conforto nos braços de Jungkook. percebeu que precisava lidar com suas próprias feridas emocionais e buscar apoio para superar o trauma. A coragem que havia demonstrado naquele confronto também se manifestaria ao buscar ajuda e cuidado para si mesma.
0
Comente!x

  Jungkook acariciou o rosto dela, enxugando suas lágrimas com dedos delicados. Eles permaneceram juntos, encontrando força e conforto um no outro, enquanto a chuva continuava a cair, lavando a angústia daquela noite traumática, e Jungkook se abraçavam com esperança em seus corações.
0
Comente!x

  Namjoon e Taehyung se identificaram na barreira formada pelos policiais para afastar os curiosos e preservar toda cena, e então conversaram com um dos policiais para saber tudo com detalhes.
0
Comente!x

  V, depois de saber que estava tudo bem com a integridade da irmã, abraçou-a com carinho, compreendendo a aflição que ela estava passando. Namjoon, o advogado e amigo leal do casal, colocou uma mão no ombro de Jungkook, demonstrando solidariedade e apoio.
0
Comente!x

  Em um determinado momento, ouviram-se tiros vindo do interior do prédio. e Jungkook olharam um para o outro, com o coração apertado de ansiedade e medo. Os policiais continuaram a avançar, buscando neutralizar a ameaça do stalker.
0
Comente!x

  Cerca de vinte minutos depois, um dos policiais emergiu do prédio, com o rosto sério e o olhar pesaroso. Ele se aproximou de e Jungkook, informando:
0
Comente!x

  - O stalker resistiu à prisão e fez disparos contra a equipe… Nós tivemos que agir para nos defender. Infelizmente, ele foi atingido durante o confronto e, ao que tudo indica, não resistiu aos ferimentos.
0
Comente!x

  As palavras ecoaram como uma mistura de alívio e tristeza nos ouvidos de e Jungkook. A ameaça que os atormentava finalmente havia sido eliminada, mas a perda de uma vida, mesmo que a do stalker, ainda era uma realidade difícil de absorver.
0
Comente!x

  A chuva continuava a cair, agora parecendo refletir a tristeza do momento. Juntos, eles encontraram um espaço seguro para sentar e conversar. O policial detalhou o ocorrido, explicando que o stalker havia sido confrontado, mas optou por resistir à prisão e acabou atirando contra a equipe. A resposta da polícia foi um ato de legítima defesa.
0
Comente!x

  Enquanto V e Namjoon ouviam atentamente, e Jungkook compartilharam suas experiências, descrevendo o momento em que a coragem de os salvou de uma situação terrível. Ela não conseguiu evitar o desespero de ter que enfrentar novamente aquela ameaça em suas vidas. V e Namjoon ofereceram apoio, compreensão e palavras de consolo, reafirmando que estariam sempre ao lado do casal, enfrentando juntos as adversidades.
0
Comente!x

   permanecia agarrada a Jungkook, como se temesse perdê-lo a qualquer momento. As mãos dos dois continuavam entrelaçadas, buscando conforto e segurança um no outro. A adrenalina da noite ainda estava presente em seus corpos, mas a exaustão começava a tomar conta deles. Ela implorou à Namjoon que ela e Jungkook pudessem depor no dia seguinte, ambos não tinha condições físicas, muito menos emocionais de comparecer à uma delegacia para depor e tratar e todas aquelas burocracias, a chuva parecia não ter fim, e eles estavam agora, outra vez debaixo dela, encharcados.
0
Comente!x

  Namjoon, compreensivo e atento, concordou prontamente com o pedido de . Ele sabia que sua amiga precisava de tempo para se recuperar tanto fisicamente quanto emocionalmente após o terrível evento. Com sua habilidade como advogado e amigo dedicado, ele tomou a frente para organizar tudo relacionado ao depoimento dela.
0
Comente!x

  - Não se preocupe, . Eu vou cuidar de tudo! Vamos marcar uma data para que vocês possam depor em um ambiente seguro e confortável, sem pressões desnecessárias. – disse Namjoon, assegurando-a com um sorriso tranquilizador –
0
Comente!x

   sentiu-se aliviada ao saber que poderia ter um tempo para lidar com seus sentimentos e traumas antes de prestar seu depoimento à polícia. O apoio de Namjoon era fundamental para ajudá-la a enfrentar esse processo de forma mais tranquila e segura.
0
Comente!x

  Enquanto Namjoon saia para resolver as coisas com a polícia, sentiu o irmão lhe acariciar o rosto.
0
Comente!x

  - Vamos para casa então? – ele lhe apertou o rosto com carinho – Eu vou fazer uma sopa pra você e passamos na farmácia para pegar alguns remédios! Você pode vir com a gente Jungkook, não fique sozinho nesse apartamento! Que tal?
0
Comente!x

   engoliu seco e antes que Jungkook pudesse responder, ela abraçou o irmão com força.
0
Comente!x

  - Me desculpe irmão, mas eu preciso ficar com o Jungkook! Acho que temos que passar por isso sozinhos, nós dois! A gente tem que conversar, resolver umas coisas e eu vou me sentir mais confortável se estivermos só os dois… sei que está abalado assim como eu, e que cuidaria super bem de mim… mas eu preciso ficar!
0
Comente!x

  V olhou para com compreensão e respeito em seus olhos. Ele sabia o quanto a irmã era forte e o quanto o amor que ela e Jungkook compartilhavam era poderoso. Apesar de sua vontade de protegê-la, ele também entendia a importância desse momento para os dois.
0
Comente!x

  - Tudo bem, ! Eu entendo… Vocês sabem que eu estarei aqui sempre que precisarem, não importa o que aconteça. – disse V, dando-lhe um beijo na testa – Cuidem um do outro, e qualquer coisa, me liguem imediatamente, está bem?
0
Comente!x

   assentiu com gratidão, para o irmão. Ela sabia que podia contar com ele em qualquer circunstância, assim como ele sabia que podia contar com ela, sempre havia sido daquele jeito e sempre seria!
0
Comente!x

  Jungkook, observando o carinho entre irmãos, sentiu imensa gratidão por Taehyung. Ele sorriu para V e disse:
0
Comente!x

  - Obrigado, hyung. Nós vamos ficar bem. E obrigado por estar sempre aqui para nós! – com os corações mais leves, eles se despediram –
0
Comente!x

  O apartamento de Jungkook foi finalmente liberado pela polícia após as perícias necessárias serem feitas, comunicou a Namjoon que ficaria lá com Jungkook essa noite e eles combinaram de se falar novamente no dia seguinte pela manhã.
0
Comente!x

   e Jungkook, encharcados e cansados, se encararam quando Namjoon fora embora. ergueu a mão na direção dele, que a segurou com força. E então, juntos os dois caminharam debaixo da chuva de volta para o prédio.
0
Comente!x

  Assim que os dois entraram no apartamento novamente os olhos de Jungkook se encheram de água e mesmo molhado, ele se jogou no sofá fechando os olhos e suspirando pesadamente, com a cabeça cheia de pensamentos, todos misturados. se jogou ao lado dele, também com os olhos cheios de água.
0
Comente!x

  Ela voltou a estapear o ombro de JK com força, fazendo ele abrir os olhos e encará-la.
0
Comente!x

  - Você é louco!
0
Comente!x

  - Nossa… – ele levou uma das mãos até o ombro atingido pelos tapas dela –
0
Comente!x

  - Você é louco Jungkook! E se isso tudo tivesse custado a sua vida?
0
Comente!x

  Ele segurou as mãos de com força, impedindo que ela continuasse com os tapas em seus ombros e então se posicionou no sofá ficando de frente para a morena.
0
Comente!x

  - Você que é louca! Como ia viver sem mim?
0
Comente!x

  - Porque você faz essas coisas por mim? Eu não sou nada…
0
Comente!x

  Ela se livrou das grandes mãos de Jungkook e então enxugou as próprias lágrimas.
0
Comente!x

  - Foi por você que arrisquei minha vida duas vezes! Então agora você por favor, fique comigo pelo resto da sua vida! Fiz tudo por você… então cuide de mim o resto da sua vida! – Jungkook riu pelo nariz – Você salvou a minha vida também ! Se você não tivesse aparecido, eu poderia ter morrido no lugar dele!
0
Comente!x

  - Cuidarei enquanto estiver viva Jungkook!
0
Comente!x

  Jungkook regulou a temperatura do chuveiro antes de entrar debaixo do mesmo e então encarou do lado de fora do box, parecendo incerta sobre entrar ou não. Quantas vezes ela não tomou banho ali, bêbada e louca para fazer finalmente as pazes com ele, mesmo sabendo o risco que eles corriam? Quantas vezes Jungkook não ficou assistindo respeitosamente ela terminar seu banho, sempre pronto para acudi-la caso ela se desequilibrasse o suficiente para cair? E agora ali estavam os dois novamente, ambos sóbrios até demais, com os pensamentos acelerados e sem saber como agir um com o outro…
0
Comente!x

  Jungkook ergueu a mão na direção dela e, após cuidadosamente ajeitar seus cabelos molhados para trás, a convidou para se juntar a ele. , delicadamente, soltou a toalha e entrelaçou seus dedos nos dele, adentrando o box. Sem dizer uma palavra, os dois se envolveram em um abraço, deixando a água morna banhar suas peles e aquecer seus corpos que ansiavam tanto por esse momento de proximidade e conexão. No silêncio confortável do momento, eles se permitiram apenas sentir a presença um do outro e a saudade que haviam compartilhado.
0
Comente!x

  - Então pra onde a gente vai daqui, com todo esse medo em nossos olhos? E onde o amor pode nos levar agora? Porque você mudou a marcha? Nós estávamos começando a correr juntos…
0
Comente!x

  Jungkook passou as mãos pelo rosto de quando os dois se olharam.
0
Comente!x

  - Nós estivemos profundamente distantes, mas nós ainda podemos tocar o céu! Porque eu mudei a marcha? Porque corações nunca foram feitos para correr ! Eu sempre precisei de espaço… E agora não posso alcançar seu rosto!
0
Comente!x

   aproximou seu nariz do dele, fechando os olhos ao sentir a proximidade.
0
Comente!x

  - Minha maior contradição foi te mandar embora, mesmo sentindo cada pedaço do meu corpo implorando para você ficar! – disse ela, com voz suave e sincera –
0
Comente!x

  O hálito quente de bateu em seu rosto fazendo o corpo inteiro de Jungkook se arrepiar. Jungkook segurou o olhar de , sentindo a intensidade de suas palavras ecoar dentro dele. Seu coração se apertava diante da sinceridade daquelas palavras e a conexão que sempre existiu entre eles se tornava ainda mais palpável. Ele acariciou o rosto dela com o polegar, deslizando suavemente sobre a pele macia.
0
Comente!x

  - Eu também sinto isso, ! – JK murmurou, a voz rouca e carregada de emoção. – Cada fibra do meu ser clama pela sua presença. Eu tentei afastar esses sentimentos, convencer-me de que era o melhor para nós, mas a verdade é que eu preciso de você. Muito, muito de você. Eu quero muito, muito você aqui de vez em quando nem que seja, muito de vez em quando. Você não precisa trazer nada, só você mesmo… Você nem precisa dizer alguma coisa no telefone, basta ligar e eu fico ouvindo o seu silêncio. Juro como não peço mais que o seu silêncio do outro lado da linha ou do outro lado da porta ou do outro lado do muro. Mas eu preciso muito, muito de você!
0
Comente!x

  - Eu tenho medo, Jungkook. Medo de nos machucarmos novamente, de nos perdermos um ao outro mais uma vez!
0
Comente!x

  Ela se afastou dele subitamente, a mente um turbilhão! Ela sabia muito bem que agora o stalker estava morto, mas ao mesmo tempo era como se a sua mente estivesse a sabotando, enquanto ela se lembrava da perda dos pais e de como tudo o que ela tocava parecia escorrer por entre seus dedos, como se tudo que ela mais amava no mundo de repente fosse destruído por ela mesma… ela se sentia como o Rei Midas, tudo que tocava virava ouro, só que essa habilidade tem consequências desastrosas!
0
Comente!x

   saiu do box, se enrolando de volta na toalha e saindo em direção ao quarto de Jungkook. O moreno respirou fundo entendendo que a cabeça dela devia estar a milhão e então ele, desligando o chuveiro, foi atrás dela em seu quarto, também enrolado em sua toalha.
0
Comente!x

  Se aproximou de no quarto, que o encarava com lágrimas poderosas nos olhos. Jungkook ergueu outra vez a mão na direção dela:
0
Comente!x

  - Você não consegue ver minha mão? Eu preciso de mais uma chance, nós ainda podemos ter tudo! Todo mundo vê que é você, e bom, eu não quero nunca perder esta vista!
0
Comente!x

   olhou para a mão estendida de Jungkook, sentindo o coração acelerar em seu peito. As palavras dele reverberaram em sua mente, e ela viu a sinceridade em seus olhos. No entanto, o medo ainda a assombrava, as lembranças dolorosas do passado ecoando em sua mente.
0
Comente!x

  - Jungkook, eu não sei… – ela começou a dizer, a voz vacilante – Eu quero acreditar que podemos dar certo, mas é tão difícil para mim confiar novamente. Tenho medo de que, se seguirmos em frente, eu acabe destruindo tudo de novo, como aconteceu com minha família e com o stalker…
0
Comente!x

  - Então nós iremos rastejar, até podermos andar de novo. Então nós correremos até que estejamos fortes o suficiente para saltarmos, depois nós voaremos até que não haja mais vento! Então vamos rastejar de volta para o amor!
0
Comente!x

  Jungkook se aproximou ainda mais dela, segurando seu rosto entre as mãos com delicadeza. deixou escapar um soluço, sentindo a emoção transbordar dentro dela. Ela queria acreditar nas palavras reconfortantes de Jungkook, queria acreditar que o amor deles poderia ser mais forte do que qualquer desafio. Mas o medo ainda a mantinha cautelosa.
0
Comente!x

  - Eu sei que é difícil confiar novamente, mas eu não vou desistir de nós. Vamos caminhar devagar, sem pressa. Se você precisar de espaço, eu vou entender. Se precisar de tempo, eu vou esperar. Mas por favor, não desista de nós antes mesmo de tentarmos de novo!
0
Comente!x

  - Eu não quero desistir… – ela murmurou, com a voz embargada – Mas também não quero te machucar! E tenho medo de te decepcionar…
0
Comente!x

  Jungkook acariciou sua bochecha com ternura.
  - Não precisa ter medo de me decepcionar, . Muito menos me machucar! Eu amo você caramba! E sei que você também me ama, se não, você não teria feito o que fez por mim hoje!
0
Comente!x

   olhou profundamente nos olhos de Jungkook, buscando neles a resposta para suas inseguranças. Ela podia sentir o amor genuíno que ele nutria por ela. Lentamente, ela estendeu a mão, segurando a dele.
0
Comente!x

  Um sorriso suave iluminou o rosto de Jungkook, e ele apertou a mão dela com carinho.
0
Comente!x

  Com o coração batendo forte no peito, Jungkook se aproximou lentamente de . Ela podia sentir o calor reconfortante de seu corpo enquanto ele a abraçava com ternura. Os olhos deles se encontraram, e no silêncio daquele momento, todas as palavras se tornaram desnecessárias.Sem quebrar o contato visual, Jungkook inclinou-se suavemente na direção dela, seus lábios a poucos centímetros dos dela. segurou a respiração, o coração agora parecia querer escapar do peito.
0
Comente!x

  E, finalmente, em um gesto carinhoso e repleto de amor, Jungkook uniu seus lábios aos dela em um beijo suave e apaixonado. Foi como se o mundo inteiro desaparecesse ao seu redor, e só existisse o calor do beijo que compartilhavam. Era um beijo carregado de emoção, uma promessa silenciosa de que eles estavam dispostos a superar todas as dificuldades juntos.
0
Comente!x

  Os lábios de se moveram com suavidade, respondendo ao beijo com a mesma intensidade. As inseguranças ainda estavam presentes, mas, naquele momento, elas pareciam se dissipar, substituídas pelo sentimento poderoso que os unia.
0
Comente!x

  O beijo durou o suficiente para fazer o tempo parecer suspenso. Quando finalmente se separaram, suas testas se tocaram, e eles sorriram um para o outro. As lágrimas nos olhos de agora eram lágrimas de felicidade e alívio.
0
Comente!x

  - Eu te amo, Jungkook! – ela sussurrou, a voz carregada de emoção –
0
Comente!x

  Jungkook sorriu ternamente, acariciando o rosto dela com as pontas dos dedos.
0
Comente!x

  - Eu também te amo, ! E estou disposto a fazer tudo o que for preciso para provar a você que podemos superar tudo juntos.
0
Comente!x

   sentia o coração acelerado no peito. O momento era mágico, e ela se deu conta de que não queria que aquela noite acabasse. Ela olhou nos olhos de Jungkook e sorriu, sentindo uma mistura de emoções inundando sua alma. Ela se aproximou lentamente, sentindo a respiração quente de Jungkook em seu rosto. ansiava por outro beijo, queria sentir novamente o gosto do amor que eles compartilhavam. Sem dizer uma palavra, ela tocou os lábios dele com os seus, outra vez em um beijo doce e apaixonado.
0
Comente!x

  Desta vez, o beijo foi diferente. Era como se todo o universo tivesse desaparecido ao redor deles, e só existisse o calor e a intensidade do momento. Cada carícia dos lábios do outro era um lembrete poderoso de que eles estavam unidos por algo mais forte do que as palavras podiam expressar.
0
Comente!x

  Jungkook correspondeu ao beijo com a mesma paixão, segurando-a firmemente em seus braços. Ele podia sentir a conexão profunda entre eles, como se fossem duas almas destinadas a se encontrar e se amar.
0
Comente!x

  Quando finalmente se separaram, olhou nos olhos de Jungkook, seus rostos a centímetros de distância. Eles podiam sentir o calor do outro, o desejo de ficarem mais próximos. A noite estava repleta de eletricidade, e eles sabiam que havia algo especial.
0
Comente!x

  - … – sussurrou Jungkook, com a voz rouca – Eu não quero que essa noite termine! Quero ficar com você, sentir seu toque…
0
Comente!x

   sentiu um arrepio percorrer sua espinha com as palavras de Jungkook. Ela ansiava por ele tanto quanto ele ansiava por ela. Com um sorriso travesso, ela tomou a iniciativa e o puxou para mais um beijo apaixonado.
0
Comente!x

  Os dois cambaleiam até chegarem à cama, e então cai sobre a mesma com Jungkook por cima dela. As mãos de Jungkook lhe apertavam em si com firmeza enquanto as línguas dançavam uma com a outra. Até que eles separaram os lábios.
0
Comente!x

  - Eu nunca vou me cansar de beijar você, … Cada vez é como se fosse a primeira! – confessou Jungkook, acariciando suavemente o rosto dela –
0
Comente!x

   olha nos olhos de Jungkook, sentindo-se envolvida pela paixão e o desejo que compartilham. Ela sorri, ainda com o coração acelerado, respondendo às palavras doces de Jungkook:
0
Comente!x

  - Eu também nunca me cansarei de beijar você, Jungkook! Cada vez é única e especial… – ela diz, com voz suave, enquanto acaricia também o rosto dele com carinho –
0
Comente!x

  Os dois voltam a se beijar e as mãos habilidosas de Jungkook começam a percorrer o corpo ainda quente de , e então as línguas se encontram, explorando uma à outra como se não fossem velhas conhecidas! deixa as duas mãos paradas no cós da toalha, como se esperasse alguma autorização de Jungkook para retirar a mesma de seu corpo e então o beijo se corta, apenas para que o moreno pudesse se livrar da toalha, revelando o membro já pulsante de desejo pela enfermeira.
0
Comente!x

   fecha os olhos quando sente Jungkook abrir a toalha que revestia seu corpo e então um suspiro sôfrego sai de seus lábios quando ela sente sua pele se encontrar com a de Jungkook, sem nenhum tecido entre elas. As mãos de percorrem as costas largas de Jungkook, enquanto ele mesmo faz questão de enrolar as pernas dela em volta de seu quadril, não deixando de apertar suas coxas enquanto isso era feito.
0
Comente!x

   resolveu cravar as unhas em suas costas quando sentiu os lábios de Jungkook lhe beijarem o maxilar, depois o pescoço, até que enfim eles chegaram em seus seios. Jungkook passou levemente a língua em seu mamilo esquerdo primeiro, depois fez a mesma coisa com o direito. E então abocanhou com sede o seio todo, fazendo as costas de arquear com o contato dos lábios dele lá. Sentia tanta saudade dele!
0
Comente!x

  As mãos dela voaram para seus cabelos, segurando-os com firmeza e inclusive guiando os movimentos da boca de Jungkook, fazendo-o ir mais devagar um pouco, como se ela ainda não acreditasse que o tinha ali, tão agarrado á ela e que agora os dois podiam curtir aquele momento sem nenhuma culpa.
0
Comente!x

  Mas Jungkook não queria ir devagar, eles já haviam perdido tempo demais longe um do outro! Rapidamente ele abocanhou o outro seio de e deixou uma leve mordidinha em seu mamilo, arrancando o primeiro gemido dos lábios dela, com um sorriso nos lábios, satisfeito pelo barulho arrancado, ele continuou trabalhando por lá mais alguns segundos.
0
Comente!x

  Depois ele continuou descendo os lábios pelo corpo de : beijou a lateral do corpo dela, dos dois lados, depois passou a lingua quente pela barriga dela, provocando arrepios na enfermeira que apertou os olhos e intensificou o aperto nos cabelos negros dele, Jungkook destribuiu beijos curtos por toda a extensão da barriga de e então fez a mesma coisa com suas coxas, especialmente na parte interna das mesmas, até finalmente alcançar sua intimidade.
0
Comente!x

  Jungkook fechou os olhos enquanto respirava descompassadamente, provocando que lhe empurrou o rosto dele em direção à própria intimidade já começando a ficar úmida. Jungkook riu antes de afundar a língua nela, apertando suas coxas com força outra vez. arfou e arqueou as costas outra vez, tão gostosa era a sensação de ter a língua quente dele em suas paredes. Conforme a língua dele ia se movimentando dentro dela, continuava arqueando as costas, fazendo com que Jungkook a segurasse pelas coxas, para mantê-la no lugar.
0
Comente!x

  - Seja boazinha e não dificulte as coisas para mim… – ele pediu já com o rosto molhado com líquido de – Eu não estou sendo bom para você?
0
Comente!x

   indicou que sim com a cabeça enquanto tentava abrir os olhos, quando o fez, encarou os grandes olhos de jabuticaba de Jungkook.
0
Comente!x

  - Estou, ou não estou? – ele queria que ela falasse –
0
Comente!x

  - Está Jungkook, agora pode por favor voltar ao que estava fazendo? – sentiu a intimidade pulsar pela falta de contato com os lábios de Jungkook –
0
Comente!x

  O sorriso que ele deu fez agarrar os lençóis se preparando para o que viria em seguida.
0
Comente!x

  Quando os lábios dele voltaram a engolir sua intimidade, se manteve o máximo de tempo possível com os olhos abertos, ela conseguiu observar o quão faminto dela Jungkook parecia, era como se ela fosse uma espécie de fruta, bebida ou comida que fosse vital para a sobrevivência dele, tamanha intensidade ele se encontrava enquanto a chupava. Quando Jungkook introduziu um dos dedos nela, não aguentou, fechou os olhos e mordeu o lábio inferior impedindo um gemido de escapar de seus lábios, o que não passou despercebido por Jungkook.
0
Comente!x

  Mas ele queria ver se entregando ao momento completamente, da cabeça aos pés… O dedo permaneceu lá dentro dela, estático, então Jungkook subiu o corpo o suficiente para lhe despejar alguns beijos no pescoço.
0
Comente!x

  - Eu só vou mexer esse dedo, e introduzir outro quando você gemer e me pedir para fazer isso!
0
Comente!x

  - Ah Jungkook… – ela deixou escapar enquanto movia as mãos de volta para os cabelos dele – Por favor!
0
Comente!x

  Jungkook sorriu e então movimentou o dedo médio dentro dela que se permitiu gemer, tanto pelo prazer provocado pelo movimento, quanto pelo medo que ele parasse… o dedo entrava e saia de dentro dela e sentia o estômago revirar de prazer enquanto ficava ainda mais molhada. Quando Jungkook inseriu o dedo anelar aos movimentos sentiu que poderia gozar a qualquer momento, tão bem ele os movimentava dentro dela.
0
Comente!x

   sentia como se estivesse no paraíso, e ele nem havia a penetrado ainda! Uma de suas mãos desceu para as costas de Jungkook, arranhando o local, fazendo o membro de Jungkook doer de vontade dela. Ele não queria mais esperar, não agora que podiam fazer aquilo! Não agora que ele podia tê-la embaixo dele gemendo seu nome, como ele sempre quis e nunca pode porque ela sempre estava bêbada, ou por causa de todo o caos que viviam. Agora ele podia! E como os dois se queriam!
0
Comente!x

  Conforme os movimentos dos dedos de Jungkook foram diminuindo, ia abrindo os olhos, e quando ele a deixou vazia e incompleta ela protestou, se sentando na cama, que nem ele.
0
Comente!x

  Os dois se beijaram outra vez, com os corpos grudados um no outro e Jungkook voltou a ajeitá-la na cama, com seu corpo pesado por cima. Ele esticou o braço o suficiente para alcançar o criadinho que estava ao lado da cama, abrindo desajeitadamente a gaveta e alcançando com certa dificuldade o preservativo lá dentro. Tudo isso sem os lábios e os corpos se desgrudarem um do outro. podia sentir o quão rápido o coração dele batia colado ao seu, que não estava diferente. Ela não acreditava que finalmente aquilo estava acontecendo de novo entre os dois, e agora sem nenhum impedimento.
0
Comente!x

  Os lábios apenas se separaram para que pudesse vestir Jungkook, e quando as mãos dela tocaram seu membro sensível e cheio de desejo, Jungkook gemeu alto, fechando os olhos e jogando a cabeça para trás, lentamente subiu e desceu uma das mãos por toda a extensão de Jungkook, e ela mal acreditou no quão duro ele estava…
0
Comente!x

  - Tudo isso por minha causa? – ela sussurrou nos ouvidos dele –
0
Comente!x

  Jungkook segurou a mão dela, ajudando com os movimentos. Ele balançou a cabeça para ela.
0
Comente!x

  - Só para você! Eu nunca amei tanto alguém, ! – juntou a testa na dela –
0
Comente!x

  Os dois voltaram a se beijar com intensidade e desejo e quando partiram o mesmo, colocou a camisinha torturantemente no membro de Jungkook, que sentia que não aguentaria por muito tempo, tanta vontade estava dela!
0
Comente!x

  Já deitados outra vez, Jungkook posicionou o membro dentro na entrada da intimidade de , que fechou os olhos enquanto entrelaçava as pernas em volta da cintura fina de Jungkook, forçando o membro dele em si mesma. Ela gemeu, fazendo Jungkook soltar um “puta que pariu” quando sentiu o membro começar a entrar dentro dela.
0
Comente!x

  - Você é tão quente ! Eu tinha me esquecido disso, meu Deus! Dessa sensação… eu não sei quanto tempo aguento!
0
Comente!x

  Foi a vez de sorrir, de olhos fechados, encarando as expressões gostosas que ele fazia enquanto ia entrando mais fundo dentro dela.
0
Comente!x

  Quando Jungkook já estava praticamente todo dentro dela, os dois se beijaram de novo, com mais leveza, mais paixão, mais devagar… e assim Jungkook começou a se movimentar, fazendo os dois gemerem entremeio o beijo. A sensação de estarem ali, grudados, com Jungkook dentro dela depois de tanto tempo não tinha explicação! Era como se eles confirmassem o que sempre desconfiaram: se pertenciam e nada podia mudar aquilo.
0
Comente!x

  Os movimentos de Jungkook acompanhavam o ritmo do beijo dos dois, era suave, lento, quase torturante, e enquanto as paredes de iam o apertando com cada vez mais força, Jungkook gemia…
0
Comente!x

  - JK… – ela sussurrou com a boca contra a dele – Por favor, amor!
0
Comente!x

  As unhas dela cravaram com força as costas dele enquanto ela mesma movimentava o corpo, implorando por mais… e Jungkook sabia o que ela queria!
0
Comente!x

  - O que você quer, amor? – ele sussurrou de volta –
0
Comente!x

  As mãos de foram para os quadris dele, incentivando que ele fosse mais rápido e Jungkook sorriu malicioso, assistindo ela implorar por ele…
0
Comente!x

  - Você quer mais fundo? Hum? É isso?
0
Comente!x

  Ele assim o fez, sem esperar que ela respondesse, a penetrou o mais fundo que pode, e então eles gemeram juntos outra vez enquanto Jungkook sentia o nó na boca do estômago começar a se formar.
0
Comente!x

  - Porra Jungkook! – ela cravou as unhas nos quadris no moreno –
0
Comente!x

  Jungkook resolveu acelerar os movimentos, entrando e saindo de dentro de com rapidez enquanto falava coisas sem sentido. Ele sentia o orgasmo se aproximando, mas precisava se controlar, queria que ela gozasse primeiro, ele fazia questão!
0
Comente!x

  Os movimentos foram diminuindo o ritmo, assim como os gemidos gostosos que saiam dos lábios dela, Jungkook aproveitou para passar a língua por um de seus mamilos intumescidos e então um gemido mais alto saiu dos lábios de , que apertou as pernas em seu quadril quando outra vez ele abocanhou seu seio. Os movimentos se intensificaram e ele aproveitava para ir cada vez mais fundo dentro dela.
0
Comente!x

  Os dois chamaram os nomes um do outro e fechou os olhos com força enquanto atingia seu ápice, agarrada a Jungkook. Jungkook chamou o nome dela alto, enquanto também se entregava a seu próprio orgasmo.
0
Comente!x

  Ainda nos braços um do outro, Jungkook sentia o cheiro bom que emanava dela, com o nariz grudado em seu pescoço, e , agora passeava as mãos pelas costas largas dele, as respirações descompassadas, as costas dele subiam e desciam muito rápido. Os dois se acalmaram e então Jungkook se levantou, saindo de vez de dentro dela. Os dois se encararam.
0
Comente!x

  Tomaram outro banho juntos, se acariciavam, se beijavam, olhavam um para o outro com tanta ternura, com tanto carinho, com tanto cuidado…
0
Comente!x

  - Vem cá, deixa eu te olhar mais um pouquinho… – Jungkook chamou com o dedo enquanto se ajoelhava na cama –
0
Comente!x

   sorriu e se deitou ao lado dele, permitindo que Jungkook se deitasse em seu peito. Ali, juntos, eles desfrutaram da calma e da proximidade um do outro. O coração de Jungkook batia tranquilamente, e podia sentir sua respiração próxima à sua.
0
Comente!x

  - Vamos dar risada das coisas mais bestas e brincar de lutinha para ver quem ganha. – disse Jungkook, buscando trazer leveza ao momento – Vamos fazer dancinhas, e brisar nas coisas nada a ver sem ao menos uma gota de álcool!
0
Comente!x

   riu suavemente, apreciando a espontaneidade e a alegria de Jungkook. Eles tinham passado por tantas dificuldades, mas agora estavam ali, juntos, desfrutando da felicidade do reencontro.
0
Comente!x

  - Me abraça, de conchinha, para eu me sentir seguro… – sussurrou Jungkook – Pra eu saber que eu não quero mais sair do seu abraço…
0
Comente!x

   envolveu Jungkook com os braços, acolhendo-o em seu abraço caloroso e protetor. Ali, naquela proximidade, eles se sentiam completos e em paz.
0
Comente!x

  - Coloca sua mão gelada dentro da minha blusa, eu esquento ela para você… – continuou Jungkook, em tom de brincadeira, enquanto o acariciava – Deixa eu te roubar pra mim, e te fazer feliz!
0
Comente!x

   sorriu, sentindo-se amada e desejada. A conexão entre eles era intensa, e ela sabia que estava vivendo um momento especial e único.
0
Comente!x

  - Vamos caminhar de mãos dadas e brincar de “nós andamos iguais”. – disse Jungkook entrelaçando os dedos com os de Jungkook – Estou amando estar com você, ! Eu amo você!
0
Comente!x

  Os olhos de brilharam de felicidade ao ouvir as palavras dele. Ela o abraçou ainda mais forte, selando seus lábios em um doce beijo.
0
Comente!x

  - Eu também te amo, Jungkook. Mais do que palavras podem expressar… – sussurrou , emocionada –
0
Comente!x

  Naquele momento, tudo o que importava era o amor que sentiam um pelo outro. Eles sabiam que ainda havia desafios a enfrentar, mas estavam dispostos a enfrentá-los juntos, fortalecidos pelo amor que compartilhavam. Ali, deitados lado a lado, eles souberam que aquele amor era verdadeiro e que estariam juntos, enfrentando a vida de mãos dadas, para sempre.
0
Comente!x

Centésimo Vigésimo Primeiro Capítulo – In The Middle

  O clima daquele sábado estava estranho, fazia sol, mas também estava frio… os dois – e Hoseok – estavam ajudando Namjoon com a mudança de escritório, já que agora ele teria sua própria sala de estágio dentro do MPE do Rio de Janeiro.
0
Comente!x

  Todo o vínculo que ele tinha com o escritório como sócio já havia sido desfeito, ele havia vendido sua parte para um amigo que estava enfrentando problemas com o aluguel do prédio e com os atuais sócios, e já havia comunicado a todos os seus clientes quem seria seu novo advogado! Ele ainda teria algumas reuniões com o amigo para explicar mais detalhes sobre todos os processos em andamento e etc.
0
Comente!x

  Já no novo escritório de Namjoon, enquanto se exprimia numa salinha que eles chamavam de “depósito de arquivos”, Hoseok observava o Rio de Janeiro da imensa janela de vidro de lá. Namjoon sorriu ao observá-lo todo entretido observando a imensidão da cidade à sua frente e então se aproximou dele, que quase não percebeu a presença do agora promotor, a não ser quando o mesmo colocou as duas mãos em sua cintura e aproximou o corpo do dele.
0
Comente!x

  Hoseok, assustado com o contato repentino, se virou de frente para ele, colocando as duas mãos em seu peito.
0
Comente!x

  - O que está fazendo? – ele olhou para o rumo onde ficava a sala que estava – A pode aparecer a qualquer momento…
0
Comente!x

  Voltou a encarar o advogado que agora apertava o corpo miúdo dele ainda mais rente ao seu, como se não se importasse com a presença de ali, e o pior, como se não se importasse nadinha que ela flagrasse os dois!
0
Comente!x

  - Ela não vai aparecer agora, está muito ocupada e entretida organizando os arquivos novos no depósito! – juntou os lábios nos de Hoseok –
0
Comente!x

  Os olhos de Hoseok encontraram os de Namjoon, e ele se deixou levar pelo momento. O beijo foi suave no início, mas logo se tornou mais intenso, como se os dois estivessem esperando por esse momento desde que haviam se visto. estava longe de seus pensamentos naquele instante, e eles se entregaram ao carinho que sentiam um pelo outro. O beijo durou alguns instantes, até que eles se afastaram com sorrisos nos rostos. Namjoon acariciou suavemente a bochecha de Hoseok, deixando claro o que estava sentindo.
0
Comente!x

  Os dois se afastaram e então apareceu logo em seguida, coçando a cabeça e encarando os dois. Hoseok sentiu o coração acelerar, será que ela havia visto ou percebido alguma coisa? Ele e Namjoon precisavam dar um jeito naquela bagunça toda, e não, ele não falava do escritório…
0
Comente!x

***

  - Você não acha que nós dois precisamos resolver essa merda toda? – Hoseok perguntou assim que Namjoon selou seus lábios após ele entrar no carro –
0
Comente!x

  Namjoon arregalou os olhos com a agressividade repentina nas palavras de Hoseok, então ele respirou fundo.
0
Comente!x

  - Essa merda toda você quer dizer eu e você?
0
Comente!x

  - Quero dizer, eu, você e a ! E eu só me expressei mal, não interprete errado, você é um homem maduro Namjoon! E entendeu perfeitamente o que eu quis dizer!
0
Comente!x

  - Você se expressou de forma agressiva e sabe muito bem disso! O que aconteceu?
0
Comente!x

  Hoseok respirou fundo se ajeitando no banco do carona e colocando o cinto.
0
Comente!x

  - Aconteceu que o que nós dois estamos fazendo é errado com ela! Não é justo que ela não saiba o que está acontecendo entre nós dois!
0
Comente!x

  - E você quer contar? Acha que é o momento?
0
Comente!x

  Hoseok balançou a cabeça em negativa enquanto encarava os próprios sapatos e Namjoon deu partida no próprio carro.
0
Comente!x

  - As coisas tendem a ser mais difíceis para mim porque eu nunca sou suficiente para nada! Eu nunca me encaixo em lugar nenhum e isso nunca foi um problema muito sério, só que as coisas mudam e eu percebi que não me encaixar em nada pode ser um pouco solitário. E de solidão eu entendo bem… e sei que se nós dois contarmos corremos um grande risco de perdê-la!
0
Comente!x

  - Corremos! Mas você também sabe que só saberemos se um dia tentarmos não é?
0
Comente!x

  - A minha cabeça está uma bagunça!
0
Comente!x

  - A minha não! Não mais! Existe uma solução muito simples para isso tudo! Como diria Caio Fernando de Abreu: O tempo que temos, se estamos atentos, será sempre exato!
0
Comente!x

  Hoseok levantou o olhar encarando o perfil de Namjoon.
  - O que você quer dizer?
0
Comente!x

  - Talvez vocês dois ainda não estejam preparados! – Namjoon balançou a cabeça em negativo – Por isso nunca toquei nesse assunto… ele é delicado demais e não quero perder você, nem ela!
0
Comente!x

  - Queria ter a casca grossa mas sou tão sensível, tão quebrável…
0
Comente!x

  - Eu sei! – o agora promotor depositou uma das mãos sobre uma das pernas de Hoseok – Por isso nunca toquei nesse assunto!
0
Comente!x

  - O que eu faço? – Hoseok pensou alto enquanto levava as mãos ao rosto –
0
Comente!x

  - Você ama a ? – Namjoon parou o carro depois de os dois virarem a esquina –
0
Comente!x

  - Porque essa pergunta? – ele riu de nervoso –
0
Comente!x

  - Porque eu a amo! E o que eu sinto por você é tão forte quanto o que eu sinto por ela! E assim como a , eu não saberia escolher entre você e ela!
0
Comente!x

  Hoseok engoliu seco.
  - Com você não é assim? Você consegue escolher entre eu e ela? E tudo bem se você disser que sim e que escolheria ela… sei muito bem que o que você sente pela é muito forte, mais do que o que você sente por mim, e isso não me incomoda, nem me dói! Eu não sinto ciúmes de vocês dois, e nem posse! Vocês dois não são meus… e tudo bem!
0
Comente!x

  - Não! – Hoseok, confuso, balançou a cabeça – Quer dizer! Eu não consigo escolher entre você e ela… claro que não! Eu não estou brincando com os seus sentimentos Namjoon!
0
Comente!x

  - E nem eu com os seus Hoseok!
0
Comente!x

  - Então o que fazemos agora? – Hoseok perguntou, buscando entender a situação e suas próprias emoções –
0
Comente!x

  Namjoon suspirou, olhando para a estrada à frente por um momento antes de voltar seu olhar para Hoseok.
0
Comente!x

  - Acho que precisamos ser honestos com nós mesmos e com ela. Não podemos continuar nesse triângulo amoroso indefinido. A não merece ser enganada, e nós também não merecemos viver essa incerteza constante!
0
Comente!x

  Hoseok assentiu, compreendendo a gravidade da situação. As palavras de Namjoon atingiram seu coração, pois sabia que eram verdadeiras.
0
Comente!x

  - Mas é tão complicado… – ele murmurou, sentindo-se ainda mais confuso – O que a gente vai falar para ela?
0
Comente!x

  - Sim, é complicado, mas precisamos enfrentar isso. Se realmente amamos a , temos que pensar no que é melhor para ela também.
0
Comente!x

  - Eu preciso primeiro te perguntar uma coisa… muito importante! – Namjoon suspirou pesadamente – Você acha que conseguiria viver um relacionamento à três?
0
Comente!x

  Hoseok engoliu seco enquanto seus olhos se arregalaram. Aquela pergunta ecoando em sua mente, e ele em silêncio, apenas pediu que Namjoon repetisse, queria se assegurar que não havia entendido errado.
0
Comente!x

  - O que você disse?
0
Comente!x

  Outro suspiro pesado vindo de Namjoon.
  - Você vê alguma outra solução para nós três? Seja sincero Hoseok!
0
Comente!x

  Hoseok ficou em silêncio por alguns instantes, processando a pergunta de Namjoon. Ele nunca havia considerado seriamente a possibilidade de um relacionamento a três, afinal de contas ele nunca havia se apaixonado por duas pessoas ao mesmo tempo… ele havia evitado aquele sentimento pelo medo da rejeição durante muitos anos! A cabeça dele deu um nó, e ele fechou os olhos tentando clarear a mente. Pensou em , depois em Namjoon… a ideia começou a tomar forma em sua mente. Pensou nos sentimentos que tinha por Namjoon e na forma como se importava com
0
Comente!x

  - Eu… eu nunca pensei nisso antes, mas agora que você trouxe à tona, parece uma opção que vale a pena considerar… – Hoseok admitiu, olhando para Namjoon com sinceridade –
0
Comente!x

  Namjoon pareceu surpreso com a resposta, mas também aliviado por Hoseok estar aberto à ideia. Ele sabia que seria complicado, mas também sentia que, se todos estivessem dispostos a enfrentar as dificuldades juntos, poderia valer a pena.
0
Comente!x

  - Eu entendo que seja algo novo e talvez assustador, mas acredito que, se realmente nos amamos e queremos estar juntos, essa pode ser a solução para todos nós.
0
Comente!x

  Hoseok assentiu lentamente, ainda processando tudo em sua mente. Ele amava tanto Namjoon quanto e sabia que não conseguiria escolher apenas um deles. Talvez, de fato, a resposta estivesse em tentar construir algo diferente, fora dos padrões convencionais.
0
Comente!x

  - Acho que pode ser uma opção viável… – ele disse com cautela – Mas precisamos conversar com a e ver como ela se sente em relação a isso!
0
Comente!x

  - Claro! Precisamos ser honestos com ela e expor nossos sentimentos, assim como estamos fazendo agora. Se ela também estiver aberta à ideia, podemos tentar… Caso contrário, teremos que encontrar outra forma de resolver essa situação, com respeito e cuidado com os sentimentos de todos nós!
0
Comente!x

  Os dois ficaram em silêncio novamente, deixando o peso da decisão pairar no ar. A perspectiva de um relacionamento a três era desconhecida e cheia de incertezas, mas ambos sabiam que era uma possibilidade que precisavam explorar. Afinal, a felicidade dos três estava em jogo, e talvez essa fosse a única solução para que todos encontrassem a plenitude em seus sentimentos.
0
Comente!x

  - E a gente vai falar com ela agora? – Hoseok questionou quando Namjoon voltou a ligar o carro –
0
Comente!x

  - Eu não consigo mais segurar essa situação Hoseok! Ainda mais agora sabendo que você concorda em tentarmos…
0
Comente!x

  Dessa forma, Hoseok e Namjoon concordaram que o momento ideal de conversar com e expor suas ideias seria hoje, já que eles iam até sua casa para comemorar que agora Namjoon havia se tornado promotor. Ambos com a esperança de que ela também estivesse disposta a embarcar nessa jornada de descobertas.
0
Comente!x

   abriu a porta para os dois com um sorriso brilhante nos lábios e então deu passagem para que eles entrassem na casa, e os dois homens assim o fizeram.
0
Comente!x

  - Eu já comecei a decorar lá fora! Vocês dois me ajudam com as mesas?
0
Comente!x

  - Claro! – Namjoon respondeu, engolindo seco –
0
Comente!x

  Os dois foram logo atrás dela para a parte dos fundos da casa, e então encontraram os animais presos numa espécie de canil, que era feita justamente para eles ficarem. O schnauzer começou a latir intensamente assim que botou os olhos em Namjoon e fechou os olhos, o gatinho que odiava Hoseok também havia começado a dar indícios de sua insatisfação. Os dois se entreolharam e riram da situação.
0
Comente!x

  - É que faz muito tempo que eles não vêem vocês dois!
0
Comente!x

  - Você sabe que eles nos odeiam, né?
0
Comente!x

  - É! Não tem haver com tempo ! – Hoseok completou –
0
Comente!x

   sorriu sem mostrar os dentes enquanto tentava acalmar os bichinhos. Namjoon se aproximou, tentando ajudá-la, assim que ele se aproximou do schnauzer e ergueu a mão para que o bichinho pudesse cheirar, os latidos foram cessando, e o gato encarava Hoseok com o rabo de olho, até que resolveu dormir.
0
Comente!x

   e Namjoon sorriram um para o outro depois que os latidos ficaram mais baixos se tornando apenas alguns rosnados. Se levantaram e agora estavam um de frente pro outro, perto demais…
0
Comente!x

  Ela engoliu seco e então abaixou a cabeça, aquilo a machucava tanto!
0
Comente!x

  - Você ficou triste de repente, o que foi? – Namjoon segurou gentilmente o queixo de , erguendo seu rosto para que seus olhos se encontrassem –
0
Comente!x

  - É que dói! – ela confessou, com a voz embargada pelas emoções – Às vezes dói como se nunca fosse parar de doer, às vezes dói em paz.
0
Comente!x

  Hoseok, preocupado, se aproximou dos dois.
  - O que dói? – perguntou, com sinceridade em sua expressão –
0
Comente!x

  - Essa situação toda! – ela suspirou, desviando o olhar entre Namjoon e Hoseok – Enfim…
0
Comente!x

  Ela respirou fundo e quando ia saindo de perto de Namjoon, os dois homens a impediram, ficando em frente a ela.
0
Comente!x

  - Acho que nós precisamos conversar, ! – Namjoon engoliu em seco, buscando coragem para falar – Sobre nós três! Primeiro você precisa saber que eu sempre fui apaixonado por você, e eu acho que sempre soube disso!
0
Comente!x

  - Então porque você nunca falou sobre isso abertamente?
0
Comente!x

   fechou os olhos, sentindo os mesmos encherem de água. Namjoon e Hoseok trocaram olhares, compartilhando um sentimento de compreensão mútua.
0
Comente!x

  - No fundo era medo! Era um medo tremendo de deixar alguém chegar até onde ninguém tinha ido. Era um medo de ir até onde nunca fui…Você me olhava como se eu fosse alguma espécie de monumento inabalável e isso me dava tanto medo ! Porque eu desmoronava todos os dias dentro de mim sem ninguém saber!
0
Comente!x

   deixou algumas lágrimas escorrerem por seu rosto, e as limpou logo em seguida. Namjoon continuou:
0
Comente!x

  - Eu sempre tive o que os outros chamam de bagunça organizada, é tudo um caos, mas eu sei onde encontrar cada coisa. Só que quando se tratava de você, era um caos diferente, eu não sabia onde encontrar nada e isso me deixava com medo, assustado. Na verdade me deixa apavorado! É preciso ter coragem para amar e isso eu não tinha. Eu era um covarde. Tinha medo do amor…
0
Comente!x

  - Não tem mais? – engoliu seco outra vez e se atreveu a perguntar –
0
Comente!x

  - Não! – Namjoon respondeu com sinceridade e coragem – Não tenho mais medo!
0
Comente!x

  Ela respirou fundo, fechou os olhos, sentindo-se emocionalmente sobrecarregada.
0
Comente!x

  Hoseok tomou a liberdade de segurar uma de suas mãos, e viu abrir os olhos e lhe encarar.
0
Comente!x

  - Eu sempre fui muito inseguro sobre o sentimento dos outros por mim. Até você me mostrar que eu não precisava… você mudou tudo dentro de mim! Tudo ! Acho que o que eu sinto por você nunca foi um segredo…
0
Comente!x

  - Tá, mas o que vocês dois querem com isso? Eu já disse que não consigo me decidir entre vocês dois!
0
Comente!x

  - E nós não queremos isso! – Namjoon segurou a outra mão dela – Nós poderíamos queimar juntos…
0
Comente!x

  A feição de passou de tristeza para confusão, Namjoon e Hoseok se olharam e depois olharam para ela de novo.
0
Comente!x

  - Você não precisa escolher!
0
Comente!x

  - Pode ficar com os dois!
0
Comente!x

  Ela semicerrou os olhos e soltou-se das mãos dos homens, indo para trás alguns passos até bater na cerca do canil. Confusa, muito confusa…
0
Comente!x

  - Com… os dois? Como assim? – ela fechou os olhos e levou uma das mãos até a testa –
0
Comente!x

  - É! Você pode ficar comigo e com o Namjoon… até porque… – Hoseok pausou, tentando com todas as forças encontrar as palavras certas –
0
Comente!x

  - Depois que você se afastou completamente de nós dois, isso nos aproximou! Isso você já sabe… não sabe?
0
Comente!x

   fez que sim com a cabeça, ainda confusa.
  - Aconteceu que com essa aproximação eu me descobri atraído pelo Hoseok…
0
Comente!x

   estreitou ainda mais os olhos. Atraído? Namjoon atraído por um homem?
0
Comente!x

  - Espera! – ela ergueu as mãos na direção de Namjoon – Você? Atraído por um homem?
0
Comente!x

  - Por um homem, ! Não se lembra de quando conversamos sobre meu período da faculdade?
0
Comente!x

  - Sim, você me disse que naquela época havia vivido sem freios e tudo mais e que até havia se envolvido com homens!
0
Comente!x

  - Então porque a surpresa?
0
Comente!x

  - Eu não sabia que aquilo havia sido uma confissão sobre a sua sexualidade! Eu não havia entendido daquela forma, por isso minha surpresa! – ela voltou a levar uma das mãos até a testa – E você se atraiu pelo Hoseok?
0
Comente!x

   levou a língua até os lábios umedecendo-os.
  - Sim! Eu… – ele passou as mãos pelos cabelos, bagunçando-os levemente – Eu não entendia o que você via nele, e depois de um tempo isso virou uma inquietação, uma curiosidade que virou uma atração!
0
Comente!x

   piscou os olhos algumas vezes, inquieta. Aí então ela olhou para Hoseok…
0
Comente!x

  - E eu também preciso ser sincero com você, ! Eu sempre tive dúvidas quanto à minha sexualidade, desde a época da faculdade. Naquela época, cheguei a me sentir atraído pelo Jimin… – Hoseok fechou os olhos ficando vermelho ao assumir aquilo em voz alta – E foi por causa dessas dúvidas, eu me afastei dele depois que me formei. Tive medo do julgamento da sociedade, medo do que meu pai acharia… e nunca te contei por achar que já estava tudo resolvido dentro de mim! Mas, depois de dar uma chance ao Namjoon, acabei descobrindo que sou bissexual.
0
Comente!x

   ouviu atentamente, processando as palavras de Hoseok.
0
Comente!x

  - Sempre tive sentimentos por você, e a atração que sinto por você também é real. Eu não queria confrontar minha verdadeira sexualidade, mas foi por causa do Namjoon que finalmente me permiti ser quem sou. Ele me ajudou a aceitar esses sentimentos e a entender que o amor não precisa se encaixar em rótulos!
0
Comente!x

   sentiu um misto de emoções.
  - Então, vocês dois… – ela gesticulou na direção de Hoseok e Namjoon – …estão juntos?
0
Comente!x

  - Sim, estamos! – Namjoon respondeu, mantendo a calma – Depois que você se afastou, nós conversamos e percebemos que tínhamos muito em comum, inclusive nossos sentimentos por você. A partir daí, nossa relação evoluiu para algo mais do que amizade.
0
Comente!x

   olhou para ambos, entendendo finalmente a conexão que existia entre eles.
0
Comente!x

  - Vocês estão… juntos de verdade? Como um casal?
0
Comente!x
0
Comente!x

  Hoseok e Namjoon trocaram um olhar significativo antes de Hoseok responder.
0
Comente!x

  - Nós não estamos procurando rótulos ou definições precisas… O que sentimos um pelo outro é especial, e estamos vivendo o momento, construindo nossa relação com amor e respeito. E estamos dispostos a incluir você nisso, se você também estiver disposta!
0
Comente!x

   refletiu sobre tudo o que ouviu, percebendo que talvez a solução para toda a dor e confusão que estava sentindo estivesse bem na sua frente. A ideia de estar com os dois parecia improvável, mas, ao mesmo tempo, trazia uma sensação de acolhimento e pertencimento que ela nunca havia experimentado antes.
0
Comente!x

  - Eu não sei se isso pode dar certo… – ela disse com sinceridade, lutando contra si mesma – Vocês dois estão juntos a esse tempo todo, enquanto eu estava aqui me sentindo um lixo por não conseguir escolher, e por ter ficado com os dois ao mesmo tempo?
0
Comente!x

  Hoseok e Namjoon se aproximaram dela, demonstrando compreensão e carinho com sua reatividade repentina.
0
Comente!x

  - , não queremos que você se sinta culpada por isso! O que aconteceu entre eu e o Hoseok não foi planejado! Não foi intencional, não foi nenhuma vingança… só aconteceu! Nós dois também tivemos nossas próprias inseguranças e demoramos a aceitar nossos sentimentos um pelo outro. E o que aconteceu entre nós no passado não importa mais! O que importa é o que sentimos agora e o que queremos construir juntos. – disse Namjoon –
0
Comente!x

  - É verdade, . Nós não estamos aqui para discutir o passado, e sim para viver o presente e pensar no futuro. – acrescentou Hoseok –
0
Comente!x

   suspirou, ainda relutante, mas sentiu o apoio e o amor que os dois estavam lhe oferecendo.
0
Comente!x

  - Eu só… não sei se consigo lidar com tudo isso. É muita informação, muitos sentimentos, e eu não sei se estou pronta para essa dinâmica…
0
Comente!x

  Hoseok e Namjoon respeitaram suas palavras, entendendo que ela precisava de tempo para assimilar tudo.
0
Comente!x

  - Está tudo bem, . Nós não estamos pedindo que tome uma decisão agora. Queremos que se sinta confortável e segura. Se precisar de tempo para pensar, nós entendemos! – disse Namjoon –
0
Comente!x

  - Isso mesmo! Não queremos pressioná-la ou apressar as coisas. Queremos que se sinta bem com qualquer que seja sua escolha, e o mais importante de tudo, nós dois amamos você e não seríamos capazes também de escolher! – acrescentou Hoseok –
0
Comente!x

   assentiu, agradecendo a compreensão deles.
  - Obrigada por serem pacientes comigo. Eu realmente preciso de um tempo para pensar, entender meus próprios sentimentos e o que realmente quero.
0
Comente!x

  - Claro, ! Estamos aqui por você, independentemente da sua decisão. Nosso objetivo é que você seja feliz. – disse Namjoon, com sinceridade –
0
Comente!x

  - Isso mesmo… E pode contar conosco para conversar sobre tudo o que precisar! – acrescentou Hoseok –
0
Comente!x

  Ela respirou profundamente, enquanto assentiu para os dois.
  - Onde estão as mesas? – Namjoon resolveu mudar de assunto – Ou você quer cancelar e ficar sozinha?
0
Comente!x

  - Não! – tentou se recompor – Não é justo com você, muito menos com os convidados! Vocês dois podem montar as mesas que eu vou tomar um banho e me arrumar e venho para terminarmos! Pode ser?
0
Comente!x

   umedeceu os lábios, ainda tentando se recompor. Os dois homens assentiram para ela, então mostrou as mesas e os forros que iriam por cima das mesmas, logo em seguida ela entrou em casa.
0
Comente!x

  Após entrar em casa, Namjoon e Hoseok ficaram em silêncio por um momento, processando tudo o que haviam conversado com ela.
0
Comente!x

  - Você acha que ela vai realmente considerar essa possibilidade? – perguntou Namjoon, olhando para Hoseok com expectativa –
0
Comente!x

  Hoseok suspirou, pensativo.
  - Acredito que sim! Ela ficou surpresa, é claro, mas também percebi que havia uma faísca de esperança nos olhos dela… é inteligente e sensível, ela vai refletir sobre o que foi dito e tomar a decisão que achar melhor para si mesma.
0
Comente!x

  Namjoon concordou, sentindo-se aliviado por Hoseok estar confiante na decisão de .
0
Comente!x

  - É verdade, ela vai precisar de tempo para digerir tudo isso. Afinal, não é algo que as pessoas estão acostumadas a ouvir todos os dias… Mas acho que nós fomos sinceros com ela e isso é o mais importante.
0
Comente!x

  Hoseok assentiu, tocando de leve o ombro de Namjoon.
  - Você foi incrível hoje, sabia? Eu comecei a descobrir que você era uma pessoa especial, mas hoje você mostrou o quanto é maduro e compreensivo.
0
Comente!x

  Namjoon sorriu, agradecendo as palavras de Hoseok.
  - Obrigado, Hobi. Mas você também foi incrível! E eu sempre soube que você era uma pessoa carinhosa e simpática, mas hoje você mostrou o quanto é corajoso ao se abrir sobre suas próprias dúvidas e sentimentos.
0
Comente!x

  Hoseok corou levemente, desviando o olhar.
  - É… eu sempre tive medo de me mostrar vulnerável, mas com vocês dois eu me sinto seguro para ser quem sou…
0
Comente!x

  Namjoon colocou uma mão no queixo de Hoseok, fazendo-o olhar novamente para ele.
0
Comente!x

  - E você é incrível do jeito que é, Hobi. Eu me apaixonei por todas as suas nuances, pela pessoa sensível e amorosa que você é.
0
Comente!x

  Hoseok sorriu timidamente, sentindo seu coração se aquecer.
  - Eu também me apaixonei por você, Namjoon! E pela também… Essa situação toda é nova e assustadora, mas acho que juntos podemos fazer dar certo.
0
Comente!x

  Namjoon segurou a mão de Hoseok, entrelaçando seus dedos.
  - Eu acredito nisso. E não importa o que aconteça, eu quero estar com você! Eu te amo, Hobi!
0
Comente!x

  Hoseok olhou nos olhos de Namjoon, sentindo uma onda de emoção.
0
Comente!x

  - Eu também te amo, Namjoon! E estou disposto a enfrentar qualquer desafio se for ao seu lado…
0
Comente!x

  Os dois se aproximaram e se beijaram suavemente, sentindo a conexão e o amor que compartilhavam.
0
Comente!x

  - Vamos montar as mesas e esperar ! Ela precisa de tempo, mas estamos dispostos a esperar o quanto for necessário – disse Namjoon, com determinação –
0
Comente!x

  Hoseok concordou, sentindo-se grato por ter Namjoon ao seu lado.
0
Comente!x

  - Vamos fazer dar certo, Namjoon! Por nós três!
0
Comente!x

  Namjoon sorriu, sabendo que havia encontrado alguém especial em sua vida.
0
Comente!x

  - Por nós três! Vamos enfrentar o futuro juntos, com amor e respeito…
0
Comente!x

  E assim, os dois se uniram para montar as mesas, esperando ansiosamente pelo momento em que estariam os três juntos novamente para continuar essa conversa.
0
Comente!x

***

   entrou no banheiro e trancou a porta, dando um suspiro profundo. A água quente do chuveiro começou a cair, envolvendo-a em um abraço reconfortante. Enquanto a água escorria pelo seu corpo, ela fechou os olhos e começou a pensar sobre tudo o que havia acontecido até aquele momento.
0
Comente!x

  As palavras de Namjoon e Hoseok ecoavam em sua mente, e ela se pegou relembrando os momentos compartilhados com cada um deles. Com Namjoon, havia uma conexão intensa, uma amizade profunda que havia crescido para algo mais. Ela se lembrava dos olhares carinhosos e dos gestos atenciosos que Hoseok sempre teve com ela. Ele a fazia rir como ninguém, e seu jeito carinhoso e atencioso a cativava. Sentia-se bem ao seu lado, amada e respeitada.
0
Comente!x

  E com Hoseok, era uma explosão de emoções diferentes. Os dois tinham uma química incrível e não só na cama. Namjoon provocava sentimentos controversos dentro dela, mas sempre que estavam juntos, seu coração batia tão forte que ela tinha medo de rasgar a pele. Ele sempre esteve ao lado dela quando ela precisava de ajuda, mesmo sem se entregar completamente. Ela se lembrava dos momentos divertidos e dos momentos mais íntimos que compartilharam. Com ele, sentia-se livre para ser ela mesma, sem julgamentos.
0
Comente!x

  Lágrimas começaram a se misturar com a água do chuveiro, e deixou as emoções fluírem livremente. Ela sentia medo, incerteza e vulnerabilidade, mas também sentia uma estranha sensação de pertencimento. Era como se, de alguma forma, eles tivessem preenchido um vazio que ela nem sabia que existia.
0
Comente!x

   sabia que precisava ser honesta consigo mesma e com eles. Ela não podia simplesmente ignorar seus sentimentos e fugir da situação. Ela precisava enfrentar isso de frente e tomar uma decisão. Ao sair do banho, sentia uma mistura de ansiedade e determinação. Ela se olhou no espelho, observando as lágrimas que ainda escorriam por seu rosto. Ela sabia que seria difícil, mas também sabia que precisava conversar com eles.
0
Comente!x

  Já pronta, ela saiu do quarto e caminhou até a varanda de casa, encontrando os dois sentados lado a lado com as mesas já prontas.
0
Comente!x

  - Estou pronta para continuar a conversa… – disse ela, olhando para os dois com sinceridade –
0
Comente!x

  Namjoon e Hoseok sorriram, acolhendo-a com carinho.
  - Nós estamos aqui para ouvir o que você tem a dizer! – disse Namjoon, segurando sua mão –
0
Comente!x

  - E não importa qual seja sua decisão, estaremos aqui por você! – acrescentou Hoseok, com um sorriso gentil –
0
Comente!x

  Ela ainda não tinha todas as respostas, mas estava disposta a descobri-las. Porém a campainha da casa tocou, não permitindo que eles voltassem a falar sobre o assunto. Os três entenderam que era melhor esperarem os amigos irem embora.
0
Comente!x

  , Suga e foram os primeiros a chegarem e Suga tinha uma garrafa de vinho nas mãos com uma fitinha de cetim envolta da mesma, como se fosse um presente. engoliu seco ao pensar: será que todos os amigos sabiam que Namjoon e Hoseok estavam juntos, menos ela? Balançou a cabeça para afastar os pensamentos intrusivos e cumprimentou as amigas, depois Suga.
0
Comente!x

  - Os dois já estão lá fora! Vamos?
0
Comente!x

  - Os dois? – franziu a testa –
0
Comente!x

  A reação dela fez achar que não… ela não era a única que não sabia!
0
Comente!x

  - Namjoon e Hoseok! É que os dois vieram juntos para me ajudar com algumas coisas, que cabeça a minha pensar que vocês iam adivinhar! – ela soltou um risinho, tentando disfarçar o nervosismo –
0
Comente!x

   riu com ela depois de lhe acariciar levemente as costas e então os quatro caminharam para o fundo, encontrando Namjoon e Hoseok rindo juntos, sentados quase lado a lado, havia uma cadeira vaga entre eles, que provavelmente seria para , pensaram os amigos.
0
Comente!x

  Namjoon se levantou abrindo os braços e indo em direção aos amigos. Abraçou primeiro que lhe desejou muitas felicidades no novo cargo e ele agradeceu. Depois fez o mesmo com que o parabenizou pela conquista e alegou ter certeza que o cargo era perfeito para ele, aí então foi a vez dele e Suga trocarem um abraço meio desajeitado.
0
Comente!x

  - Parabéns Namjoon-ah! Você merece! – os dois se encararam e Namjoon sorriu para ele – Eu trouxe um vinho para você de presente, já que aquele dia na casa do Taehyung eu vi que você gosta desse!
0
Comente!x

  O sorriso de Namjoon se alargou ainda mais enquanto ele pegava a garrafa de vinho das mãos de Suga.
0
Comente!x

  - Obrigada hyung! Eu realmente gosto deste vinho…
0
Comente!x

  Os amigos foram cumprimentar Hoseok e se sentaram, estava na cozinha e logo Namjoon apareceu por lá também com a garrafa nas mãos.
0
Comente!x

  - Será que eu posso guardar aqui? – deu um pulinho de susto e Namjoon riu – É incrível como você e o Hoseok se assustam fácil!
0
Comente!x

   sorriu sem mostrar os dentes, era verdade! Ela e Hoseok tinham isso em comum, aliás, não só isso! Namjoon engoliu seco e se aproximou dela no balcão da cozinha e passou as mãos pelas costas dela.
0
Comente!x

   sentiu a proximidade de Namjoon, e uma onda de calor percorreu seu corpo. Ela não conseguia evitar a atração que sentia por ele, mas também estava confusa com toda a situação. Eles haviam conversado sobre suas emoções, sobre suas expectativas, mas ainda não haviam chegado a uma conclusão definitiva.
0
Comente!x

  - Namjoon… – ela começou a dizer, mas sua voz falhou um pouco –
0
Comente!x

  Ele a olhou nos olhos, com um olhar intenso e cheio de emoção.
0
Comente!x

  - , eu sei que isso é complicado e pode parecer confuso, mas eu quero que você saiba que tudo o que eu disse é verdade. Eu sempre fui apaixonado por você, e não é algo que eu possa ignorar.
0
Comente!x

   engoliu em seco, sentindo o coração bater mais rápido.
0
Comente!x

  - Eu também me apaixonei por você, Namjoon, mas… não sei como lidar com tudo isso!
0
Comente!x

  Ele acariciou gentilmente o rosto dela, olhando-a com ternura.
0
Comente!x

  - Eu entendo, . Nós temos todo o tempo do mundo para descobrir como lidar com isso… O importante é que estamos sendo honestos um com o outro, e eu não quero forçar nada!
0
Comente!x

   assentiu, sentindo-se aliviada com as palavras de Namjoon.
  - Obrigada por entender…
0
Comente!x

  - Claro, eu entendo! Vamos dar um passo de cada vez. – ele sorriu –
0
Comente!x

  Os dois ficaram ali, olhando um para o outro, sentindo a atração e o desejo que os envolvia. se perguntou se seria capaz de resistir àquele momento, se conseguiria evitar o que parecia inevitável.
0
Comente!x

  Namjoon se aproximou lentamente, seus lábios quase tocando os dela. sentia a respiração dele, o coração acelerado, assim como o dela. Era um momento de pura tensão e expectativa.
0
Comente!x

  Por um instante, tudo ao redor pareceu desaparecer, e era apenas ela e Namjoon naquela cozinha. Mas antes que os lábios se tocassem, recuou um pouco, interrompendo o momento quase mágico.
0
Comente!x

  - Desculpe… Eu… eu não posso. Não agora. – ela disse, com a voz trêmula –
0
Comente!x

  Namjoon assentiu compreensivamente, respeitando sua decisão.
0
Comente!x

  - Tudo bem, . Eu entendo! Nós podemos esperar até você estar pronta.
0
Comente!x

  Ela sorriu timidamente, agradecendo sua compreensão.
0
Comente!x

  - Obrigada, Namjoon. Eu realmente preciso de um tempo para pensar sobre tudo isso.
0
Comente!x

  Ele acariciou suavemente a bochecha dela.
  - Eu estarei aqui quando você estiver pronta, não importa a decisão que tomar!
0
Comente!x

   sentiu seu coração se aquecer com as palavras de Namjoon.
  - Obrigada… isso significa muito para mim!
0
Comente!x

  Eles se abraçaram carinhosamente, compartilhando um momento de conexão e compreensão. sabia que havia muito a ser explorado e decidido, mas também sabia que tinha duas pessoas especiais ao seu lado, dispostas a esperar e apoiá-la em suas escolhas. Namjoon guardou o vinho na geladeira de e então ele saiu.
0
Comente!x

  Enquanto os amigos continuavam a conversar lá fora, ficou na cozinha, pensando em tudo o que havia acontecido. Ela ainda estava confusa, mas sabia que tinha dois corações que a amavam, e isso a fazia sentir-se abençoada.
0
Comente!x

  Assim que ela acabou de montar alguns pratinhos com os salgadinhos que havia encomendado, ela aguardava até que os mesmos esquentassem um pouco no microondas. Foi a vez de Hoseok aparecer por lá.
0
Comente!x

  - Tudo bem? Você precisa de ajuda?
0
Comente!x

   olhou para ele e sorriu.
  - Pega as bebidas na geladeira por favor? Que aí eu levo os pratinhos com a comida e você as bebidas!
0
Comente!x

  Hoseok assentiu com um sorriso e foi até a geladeira pegar as bebidas. sentiu um calor familiar em seu peito ao vê-lo ali, tão prestativo e gentil como sempre. Ele era um amigo muito querido, alguém em quem ela confiava e com quem sempre se sentia à vontade.
0
Comente!x

  Enquanto ele organizava as bebidas, pegou os pratinhos com os salgadinhos no microondas e colocou-os em uma bandeja. Ela notou que suas mãos tremiam um pouco, ainda reflexo da tensão emocional da conversa anterior com Namjoon.
0
Comente!x

  - , você está bem? – Hoseok perguntou, preocupado ao perceber suas mãos trêmulas –
0
Comente!x

  Ela respirou fundo e assentiu, tentando acalmar os nervos.
0
Comente!x

  - Sim, estou bem… Foi só um momento de emoção ali com o Namjoon.
0
Comente!x

  Hoseok se aproximou dela, colocando a mão em seu ombro e olhando em seus olhos.
0
Comente!x

  - Se precisar conversar sobre qualquer coisa, estou aqui para você, sabia?
0
Comente!x

   sorriu, sentindo-se tocada pela preocupação dele.
  - Obrigada, Hoseok… Você é um amigo incrível!
0
Comente!x

  Ele sorriu de volta, com aquele sorriso acolhedor que sempre a fazia se sentir bem.
0
Comente!x

   sentia seu coração acelerar ao estar tão perto dele, e Hoseok também parecia sentir a mesma tensão no ar.
0
Comente!x

  Ele se aproximou dela lentamente, olhando-a nos olhos com uma intensidade que a fez tremer. podia sentir o calor do seu corpo, e a atração que existia entre os dois era inegável.
0
Comente!x

  - … – sussurrou Hoseok, com a voz rouca e carregada de emoção – Eu não posso negar o que sinto por você! Desde o primeiro momento em que te vi, algo dentro de mim mudou… Eu nunca me senti assim antes…
0
Comente!x

  Ela segurou a respiração, sentindo-se hipnotizada pelos olhos dele.
  - Eu também… você sabe disso! – murmurou, com a voz suave e cheia de emoção – Eu nunca me senti assim com ninguém antes. É como se eu estivesse perdida em você.
0
Comente!x

  Hoseok estendeu a mão e acariciou suavemente a bochecha dela, e fechou os olhos, absorvendo a sensação do toque dele.
0
Comente!x

  - Você é incrível, … – sussurrou ele, com a voz baixa e apaixonada –
0
Comente!x

  - E você também… – respondeu ela, abrindo os olhos e encontrando o olhar de Hoseok –
0
Comente!x

  Sem pensar, ele se inclinou mais perto dela, seus lábios quase se tocando. O desejo e a tensão entre os dois eram palpáveis. podia sentir o coração batendo descontroladamente, e a respiração de Hoseok se misturando com a dela.
0
Comente!x

  Eles estavam tão perto… quase se beijando. sentia o cheiro do perfume dele que tanto amava, e o calor do seu corpo. Ela queria se entregar àquele momento, deixar-se levar pela atração que existia entre eles.
0
Comente!x

  Mas antes que os lábios se tocassem, eles foram interrompidos pelo som de vozes se aproximando da cozinha. Era e perguntando se podiam usar o banheiro, e e Hoseok se afastaram rapidamente, tentando disfarçar o que quase aconteceu. Ela guiou as amigas com as mãos, indicando onde ficava o banheiro.
0
Comente!x

  O clima romântico que havia se formado entre eles se dissipou um pouco, mas não desapareceu por completo. podia sentir a tensão ainda presente no ar, ela trocou um olhar significativo com Hoseok, e ambos sabiam que havia algo especial entre eles, algo que não poderia ser ignorado. Mas também sabiam que precisavam de mais tempo.
0
Comente!x

   e Hoseok tentaram disfarçar o que quase aconteceu, mas a atração e a cumplicidade entre eles eram evidentes. Quando os dois voltaram e depositaram as bebidas e comidas sobre a mesa ela se sentou na cadeira que havia no meio dos dois homens. sentia o coração repleto de emoções, sabendo que o futuro poderia quem sabe reservar algo promissor ao lado de Hoseok e Namjoon…
0
Comente!x

  Alguns minutos depois a campainha da casa voltou a tocar e se levantou depois de algumas risadas para poder atender. Era e que haviam chegado juntas, ela abraçou as amigas e então elas conversaram brevemente sobre como estavam e etc. Depois caminharam juntas até a cozinha e pegou mais algumas bebidas e comida. e terminaram de caminhar até a varanda da casa, se encontrando com os outros amigos que já haviam chegado e os cumprimentando, deixando Namjoon por último, lhe parabenizando pela conquista.
0
Comente!x

  Quando voltou para a mesa com mais um pratinho de comida e bebidas, a campainha tocou outra vez, e Namjoon percebendo que a publicitária estava ocupada resolveu que receberia os convidados, já que ela estava ocupada naquele momento.
0
Comente!x

  Namjoon recebeu , Jungkook e V, com abraços calorosos e não deixou de reparar nas mãos de Jungkook e grudadas uma na outra. Ele sorriu com compaixão ao entender que finalmente os dois haviam se acertado e estavam juntos. Ele passou um dos braços em volta dos ombros de V e então ele guiou os amigos até onde estavam todos os outros.
0
Comente!x

  - E você e a ? Não vão se acertar antes de você ir para Paris?
0
Comente!x

  Taehyung suspirou pesadamente e retribuiu o abraço do amigo.
  - Eu não sei muito bem como responder essa pergunta hyung! – ele riu – Mas espero que eu consiga colocar minha cabeça no lugar antes de ir, para não me arrepender de nada!
0
Comente!x

  - Isso aí! – a campainha voltou a tocar – Deixa que eu atendo ! Já estou aqui!
0
Comente!x

  Por coincidência, Jin e Jimin chegaram basicamente juntos e Namjoon os recepcionou, ganhando mais dois vinhos dos amigos. Quando eles entraram na casa, Jungkook ajudava com mais bebidas e comida. Jimin cumprimentou com um beijo na testa e abraçou Jungkook. O pulso dele agora já estava quase cem por cento e Jungkook gostou de saber. Jin cumprimentou os dois com um grande sorriso e um aceno de cabeça.
0
Comente!x

  Quando eles chegaram lá fora, cumprimentaram o restante dos amigos. e Jimin deram um aperto de mão, bem forte, enquanto se olhavam dentro dos olhos um do outro. Jimin finalmente soltou a mão dela e então cumprimentou , depois os dois se olharam de novo, com sendo a primeira a desviar o olhar para cumprimentar Seokjin. Jimin umedeceu os lábios, ele precisava calar as vozes em sua cabeça… não podia ceder ao que elas diziam.
0
Comente!x

   e Seokjin se encararam e Jin respirou fundo, umedecendo os lábios. Os dois ainda não haviam conversado, Seokjin mal estava tendo tempo para dormir! Ele precisava muito terminar alguns trabalhos antes de viajar também, mas ele queria muito que eles conseguissem conversar antes que ele fosse… mas esse assunto era outra história!
0
Comente!x

  Se cumprimentaram com um rápido aceno de cabeça e então Jimin se sentou ao lado de , fazendo com que Jin se sentasse ao lado do publicitário.vOs amigos então começaram a conversar com e Jungkook sobre o ocorrido, comentando no quanto os dois pareciam estar aliviados e felizes agora.
0
Comente!x

  - Então… agora é namoro ou não é? – questionou, deixando os dois vermelhos –
0
Comente!x

   e Jungkook se olharam, apaixonados e então trocaram um selinho demorado.
0
Comente!x

  - Agora é ! – Jungkook respondeu deixando o sorriso de coelho aparecer em seus lábios –
0
Comente!x

  - Agora é oficial! – completou enquanto os amigos vibravam em voz alta –
0
Comente!x

  - Que bom que agora eu e a não somos mais o único casal da turma! – Suga levantou a taça com vinho dentro comemorando –
0
Comente!x

  - Ué, mas não temos o Namjoon hyung e o Hobi hyung também? – Jungkook olhou para os dois sorrindo –
0
Comente!x

  Namjoon e Hoseok se olharam enquanto a turma fazia silêncio, sem entender o comentário de Jungkook. Como assim os dois eram um casal? engoliu seco, então Jungkook sabia? Provavelmente Jimin também, já que ele havia desviado os olhos de quando ela o encarou. Agora todos encaravam os dois, esperando alguma explicação.
0
Comente!x

  Namjoon e Hoseok tentavam disfarçar o constrangimento causado pelo comentário de Jungkook. Eles não tinham planejado revelar sua relação naquela noite, mas agora parecia que não havia mais como esconder.
0
Comente!x

  - E-eu acho que temos algo para contar também… – Namjoon disse, com a voz um pouco trêmula –
0
Comente!x

  A curiosidade estava estampada nos rostos dos amigos.
  - Nós… estamos juntos também! – Hoseok disse, com um sorriso envergonhado –
0
Comente!x

  Os amigos ficaram em silêncio por um momento, processando a informação. A surpresa foi substituída por sorrisos e olhares de aprovação.
0
Comente!x

  - Uau, isso é incrível! – disse, animada – Vocês dois formam um casal lindo!
0
Comente!x

  - Estou feliz por vocês, de verdade! – acrescentou, abraçando os dois –
0
Comente!x

  Enquanto os amigos felicitavam o novo casal, Jungkook não conseguiu evitar deixar escapar um comentário inocente:
0
Comente!x

  - Ué, mas todo mundo já sabia que vocês estavam juntos, não era óbvio?
0
Comente!x

  O constrangimento tomou conta de Namjoon e Hoseok, que não sabiam como reagir ao comentário de Jungkook.
0
Comente!x

  - Ah… na verdade, a gente ainda não tinha falado abertamente sobre isso… – disse Namjoon, tentando disfarçar a surpresa –
0
Comente!x

  - É, acho que deixamos escapar agora! – Hoseok acrescentou, com um sorriso envergonhado –
0
Comente!x

  Os amigos riram e Jungkook ficou confuso por um momento, e então percebeu que talvez tivesse dito algo que não deveria.
0
Comente!x

  - Ops, desculpa se eu estraguei alguma surpresa! – disse ele, encolhendo os ombros – Mas de qualquer forma, eu acho ótimo que vocês estejam juntos!
0
Comente!x

  Os amigos riram da ingenuidade de Jungkook, e o clima constrangedor se dissipou um pouco.
0
Comente!x

  - Não se preocupe, Kook! Não foi uma surpresa ruim… – disse Namjoon, tentando aliviar a situação –
0
Comente!x

  - É, acho que agora é oficial para todo mundo! – brincou Hoseok, fazendo todos rirem –
0
Comente!x

  , que observava a interação, não pôde evitar dar um sorriso tímido. Ainda se sentia um pouco confusa, mas o carinho e o apoio dos amigos em relação aos dois a faziam se sentir melhor, menos desconfortável. Se pegou confusa porque deveria ter ficado incomodada com todo mundo demonstrando tanto apoio ao dois, sem ao menos se lembrar da existência dela ou do que ela já havia vivido com os dois… mas estranhamente aquilo não aconteceu!
0
Comente!x

  Agora os olhares estavam em , e ela sentiu as bochechas corarem.
0
Comente!x

  - O que foi? Porque tá todo mundo me olhando? Eu fiquei sabendo um pouco antes de vocês!
0
Comente!x

  - E você sabe que a porta está aberta para você, não é? – Namjoon disse, olhando para ela com sinceridade – Você só não participa desse romance se realmente não quiser…
0
Comente!x

  Hoseok assentiu, concordando com as palavras de Namjoon enquanto os amigos vibravam com a fala do agora promotor, deixando ainda mais vermelha.
0
Comente!x

  - Isso mesmo! Nós te amamos, , e queremos que você esteja feliz, independentemente da decisão que tomar.
0
Comente!x

   sentiu o coração se aquecer com as palavras deles. Era reconfortante saber que tinha a liberdade de escolher o caminho que queria seguir.
0
Comente!x

  Enquanto os amigos continuavam a demonstrar seu apoio, decidiu se manifestar…
0
Comente!x

  - Sabe, , eu acho que vocês três formam um trio incrível! – disse ela, com um sorriso afetuoso – Vocês têm uma conexão tão forte e especial… É lindo de ver!
0
Comente!x

  Os outros concordaram com entusiasmo, mostrando que também apoiavam a ideia de um trisal entre , Namjoon e Hoseok.
0
Comente!x

  - É verdade! Vocês se completam de uma forma única! – acrescentou Jimin, olhando carinhosamente para os três –
0
Comente!x

  - E vocês já mostraram que são capazes de lidar com os desafios juntos. – completou Suga – Acho que seria uma história de amor e amizade muito bonita.
0
Comente!x

   ficou surpresa com a reação positiva dos amigos, mas também se sentiu acolhida e compreendida por eles.
0
Comente!x

  - Eu realmente não sei o que fazer… – ela confessou, olhando para Namjoon e Hoseok – Mas é reconfortante saber que posso contar com todos vocês.
0
Comente!x

  - E nós estaremos aqui, independente da sua decisão – disse – O importante é que todos estejam felizes e de acordo.
0
Comente!x

  O clima entre os amigos era de apoio e cumplicidade, e sentiu-se grata por ter pessoas tão especiais ao seu redor. Agora se sentia menos pressionada e mais confiante de que teria o suporte dos amigos, não importasse o que acontecesse.
0
Comente!x

  Enquanto a noite continuava, eles brindaram à amizade e ao amor, celebrando a união que tinham e a certeza de que enfrentariam juntos qualquer desafio que a vida lhes trouxesse. E, no fundo do coração de , a semente de uma nova possibilidade começava a florescer, regada pelo carinho e compreensão dos amigos que tanto amava.
0
Comente!x

  Conforme a noite avançava, a casa estava cheia de risos, conversas animadas e música suave ao fundo. Os amigos desfrutaram dos petiscos e bebidas, compartilhando histórias e momentos especiais. O clima era leve e descontraído, como se todos estivessem verdadeiramente celebrando não apenas a promoção de Namjoon, mas também a união e a amizade que os mantinham juntos.
0
Comente!x

  À medida que a noite foi chegando ao fim, os amigos começaram a se despedir, agradecendo a pela incrível festa e pelo carinho com que os recebeu. os abraçou um a um, sentindo-se grata por ter amigos tão maravilhosos em sua vida.
0
Comente!x

  Após a saída dos amigos, olhou ao redor da casa, agora tranquila e silenciosa. Ela suspirou e começou a recolher alguns pratos e copos vazios, sentindo-se satisfeita com o desenrolar da noite. Enquanto organizava a bagunça da festa, Namjoon e Hoseok se juntaram a ela na cozinha, prontos para ajudar.
0
Comente!x

  - Parece que todos gostaram da festa. – comentou Hoseok, sorrindo para
0
Comente!x

  - Sim, foi realmente ótimo tê-los aqui! – concordou Namjoon, enquanto começava a lavar alguns pratos –
0
Comente!x

   sorriu, sentindo-se mais à vontade na presença deles. A conversa fluiu de forma natural enquanto eles trabalhavam juntos para arrumar a cozinha. percebeu que, apesar das decisões complicadas que estavam em jogo, aquele momento era simples e reconfortante.
0
Comente!x

  Assim que acabaram, Hoseok pediu apenas alguns minutos para descansar um pouco, se jogando no sofá de , que riu dos gemidos de dor do químico. Namjoon apareceu na sala, se espreguiçando e alongando o corpo também cansado. , que terminava de beber um copo de água, logo se juntou aos dois na sala da própria casa, ficando em pé ao lado de Namjoon, que olhou para ela.
0
Comente!x

  - Você prefere conversar outro dia? Parece estar cansada…
0
Comente!x

  - Você tinha dito que estava pronta para conversar quando saiu do banho, mas o pessoal começou a chegar! Se preferir conversar depois, não tem problema!
0
Comente!x

  - Vocês sabem que isso é completamente diferente de tudo o que já vivi, não é? – ela disse, olhando para os dois com um misto de ansiedade e esperança –
0
Comente!x

  Hoseok se levantou do sofá e foi em direção a .
  - Sim, , nós sabemos, – respondeu Hoseok, acariciando seu rosto com carinho – E também sabemos que é diferente para nós… Mas o que sentimos é real, e queremos tentar, se você estiver disposta!
0
Comente!x

  Namjoon assentiu, sorrindo para ela.
   sentiu o coração acelerar diante das palavras deles. Era uma mistura de emoções, mas a sensação predominante era de que talvez, de alguma forma, isso pudesse dar certo. Ela olhou alternadamente para Namjoon e Hoseok, vendo a sinceridade em seus olhares e o desejo genuíno de fazer aquilo funcionar.
0
Comente!x

  - Eu… – ela começou, lutando para encontrar as palavras certas – Eu não sei como isso vai ser, nem como vou lidar com tudo isso, mas… eu quero tentar! Quero dar uma chance a isso e ver onde vai nos levar.
0
Comente!x

  Hoseok e Namjoon trocaram um olhar de surpresa e alegria. Hoseok segurou delicadamente as mãos de entre as suas.
0
Comente!x

  - Nós não esperamos que você tenha todas as respostas agora. Vamos descobrir juntos, passo a passo, o que funciona para todos nós!
0
Comente!x

  Namjoon concordou com um aceno de cabeça.
  - Exatamente, . Queremos que isso seja algo que todos nós construamos juntos, com respeito e cuidado.
0
Comente!x

   sentiu um peso se levantar de seus ombros. Era reconfortante saber que não estava sozinha nessa jornada incerta e que poderia contar com os dois para aprenderem juntos sobre toda aquela dinâmica.
0
Comente!x

  - Talvez amar seja outra coisa, sabem? É mais do que apenas se sentir leve e livre. É saber que o coração dos outros não é seu, não lhe pertence, porque não é um contrato! A cada dia você deve merecer e dizer, e o mais importante, deve fazer o outro sentir, e compreender pelas respostas que talvez seja necessário mudar… Talvez, amar seja abandonar quem você é para encontrar o caminho de quem você pode ser. Só talvez…
0
Comente!x

   virou o rosto encarando Namjoon, e então um sorriso tímido iluminou seu rosto. Era como se um peso tivesse sido retirado de seus ombros, e a incerteza que a havia assombrado por tanto tempo estava finalmente se dissipando… O olhar de Namjoon era gentil e encorajador, transmitindo a confiança de que eles poderiam enfrentar qualquer desafio juntos.
0
Comente!x

  Hoseok sorriu, trazendo-a para um abraço reconfortante. A sensação de estar nos braços de Hoseok trouxe uma onda de conforto e segurança, como se ela estivesse exatamente onde deveria estar. Era como se cada abraço dele a lembrasse de que ela não estava sozinha nessa jornada. Namjoon se aproximou também, unindo-se ao abraço de forma carinhosa. sentiu a proximidade dele, aconchegante e reconfortante, como um refúgio seguro em meio à tempestade de emoções que ainda a cercava.
0
Comente!x

  - Nós estamos aqui, . Vamos enfrentar isso juntos, como um time! – disse Namjoon, sua voz suave e determinada ao mesmo tempo –
0
Comente!x

  - E, quem sabe, talvez possamos criar algo bonito e único entre nós três… bom, assim eu desejo!
0
Comente!x

   assentiu levemente, sentindo-se apoiada e amparada pelas palavras deles. Era como se cada palavra fosse um voto de confiança em seu futuro incerto.
0
Comente!x

  Hoseok encarou Namjoon com um olhar significativo, compartilhando um entendimento silencioso entre eles. encaixou o rosto na curva do pescoço de Hoseok, sentindo a batida suave de seu coração. Era como se os batimentos deles estivessem sincronizados, uma melodia que ecoava a promessa de um novo começo.
0
Comente!x

  Os dois se inclinaram e selaram os lábios em um beijo demorado e cheio de emoção. Era um beijo repleto de sentimentos que transbordavam, uma expressão tangível do amor e da conexão que compartilhavam. observou aquele momento com um sorriso nos lábios, sentindo-se emocionada ao testemunhar a intimidade entre eles.
0
Comente!x

  Os corações batendo em sintonia, cada toque dos lábios deles enviando ondas de calor através de seu corpo. Era como se o tempo tivesse parado naquele instante, permitindo que eles se entregassem completamente ao momento. No entanto, sua admiração logo se transformou em um desejo irresistível de se juntar a eles. Com um impulso suave, ela se aproximou ainda mais, depositando beijos rápidos e carinhosos nas bochechas dos dois homens. Sentir a textura da pele deles sob seus lábios era reconfortante, uma confirmação física da conexão que compartilhavam.
0
Comente!x

   sentiu a energia pulsante entre eles, como um fio invisível que os unia de maneira profunda e íntima. E, no calor do momento, ela não conseguiu resistir mais. Com um movimento suave, ela se inclinou para frente, unindo seus lábios aos deles em um beijo apaixonado e cheio de desejo.
0
Comente!x

  O beijo era uma fusão de sensações e emoções, um encontro de três corações que batiam em harmonia. se sentiu envolvida pelo calor dos lábios de Namjoon e Hoseok, perdendo-se no toque suave e provocante. Era como se seus beijos fossem a expressão física de tudo o que haviam compartilhado até aquele momento.
0
Comente!x

  Os três se entregaram ao beijo, explorando a intimidade recém-descoberta com curiosidade e entrega. Cada toque, cada carícia, era um lembrete vívido de que estavam criando algo verdadeiramente único e especial juntos… O desejo queimava entre eles, uma chama que só aumentava à medida que se entregavam à paixão que os unia.
0
Comente!x

  Quando finalmente se separaram, suas respirações estavam aceleradas e os olhos brilhavam com uma mistura de emoções. olhou de Namjoon para Hoseok e vice-versa, compartilhando um sorriso carregado de significado. Não havia mais dúvidas em seu coração, ela havia encontrado algo precioso e inestimável, algo que valia a pena explorar e cultivar.
0
Comente!x

  - Isso é apenas o começo… – sussurrou Hoseok, seus olhos brilhando com esperança e entusiasmo –
0
Comente!x

  Namjoon assentiu, um sorriso suave nos lábios.
  - Estamos prontos para enfrentar cada momento juntos… – acrescentou ele, olhando para com uma expressão cheia de determinação –
0
Comente!x

   sorriu entre os dois, sentindo-se abençoada por ter encontrado não apenas um, mas dois corações dispostos a compartilhar o amor e a vida com ela.
0
Comente!x

***

  Após a festa e a decisão de , os dias seguiram em um misto de excitação e descoberta para os três. , Namjoon e Hoseok começaram a passar mais tempo juntos, explorando essa nova dinâmica que haviam decidido abraçar. E, à medida que os dias se desenrolavam, o vínculo entre eles se aprofundava cada vez mais.
0
Comente!x

  Certa tarde, o sol brilhava intensamente no céu, iluminando o cenário perfeito para um passeio descontraído. Os três decidiram ir a um parque próximo a casa de Namjoon, – ele inclusive já havia estado lá com Hoseok – caminhando lado a lado enquanto conversavam e riam, compartilhando histórias engraçadas e memórias do passado.
0
Comente!x

   sentia-se verdadeiramente feliz na companhia dos dois. A presença de Namjoon e Hoseok ao seu lado a fazia sentir-se completa, amada e aceita de uma maneira que ela nunca havia experimentado antes. Ela não podia deixar de sorrir ao observar as interações entre os dois homens, percebendo como eles se complementavam de maneiras diferentes.
0
Comente!x

  Enquanto caminhavam por um caminho cercado por árvores, Hoseok se aproximou de , segurando gentilmente sua mão. Ela olhou para ele, os olhos se encontrando em um olhar cheio de carinho e cumplicidade. sentiu seu coração bater mais rápido, o simples toque da mão de Hoseok enviando arrepios pela sua pele.
0
Comente!x

  Namjoon se juntou a eles, passando o braço pelos ombros de . Ela se sentiu envolvida por um calor reconfortante, a proximidade dos dois homens criando um casulo de intimidade ao seu redor. Os três continuaram a caminhar, compartilhando momentos de silêncio confortável e conversas animadas.
0
Comente!x

  Chegando a um gramado ensolarado, eles decidiram se sentar e relaxar. Hoseok estendeu uma toalha sobre a grama, criando um espaço acolhedor para os três. se deitou de costas, olhando para o céu azul acima dela, enquanto Namjoon e Hoseok se acomodavam ao seu lado.
0
Comente!x

  O clima era sereno e tranquilo, mas também carregado de tensão e desejo. sentia a eletricidade no ar, uma energia intensa que parecia envolver os três em um abraço invisível. Ela virou a cabeça para olhar para Namjoon e Hoseok, encontrando seus olhares fixos nela, cheios de intensidade e paixão.
0
Comente!x

  Em um movimento suave, Namjoon se inclinou para beijar os lábios de , sua boca capturando a dela em um beijo lento e apaixonado. sentiu suas borboletas no estômago dançando freneticamente, seu corpo respondendo ao toque ardente de Namjoon.
0
Comente!x

  Enquanto Namjoon a beijava, Hoseok se aproximou por trás, seus lábios encontrando o pescoço de em beijos suaves e provocantes. Ela arrepiou-se com o toque duplo, sentindo-se completamente envolvida pelo desejo que os três compartilhavam.
0
Comente!x

  O beijo se intensificou, as mãos de deslizando pelo peito de Namjoon e pelo braço de Hoseok, explorando cada centímetro de suas peles. Os três corações batiam em ritmo acelerado, como se estivessem dançando em harmonia.
0
Comente!x

  Finalmente, eles se separaram, os olhares ardentes e os sorrisos carregados de significado. sentiu-se completamente entregue àquele momento, sua mente clara e decidida.
0
Comente!x

  Já de volta à casa de Namjoon, os três tomaram um banho refrescante – um por um – e reunidos no quarto Namjoon propôs que eles assistissem um filme.
0
Comente!x

  - Mas aí vai ficar tarde! Não gosto de dirigir sozinha de noite! – ela suspirou – E não, não quero que nenhum de vocês dois me levem, eu não quero dar trabalho a vocês dois!
0
Comente!x

  - Você já tem uma porrada de roupa aqui e o Hoseok também, dormimos os três aqui! Que nem fizemos no final de semana passado…
0
Comente!x

  - Mas foi diferente, estava chovendo muito e aí não teve como o Hoseok me levar de moto… além de que estávamos todos bem bêbados!
0
Comente!x

  - E qual a diferença? Não entendi muito bem… – Namjoon a segurou pela cintura, colando os corpos –
0
Comente!x

  - Nós estávamos todos cansados e capotamos assim que deitamos aqui… e agora estamos sóbrios até demais!
0
Comente!x

  - E qual o problema? – disse Hoseok já se ajeitando na cama – Para assistirmos ao filme precisamos estar sóbrios!
0
Comente!x

  O químico gargalhou alto fazendo colocar a língua para ele e Namjoon rir dos dois.
0
Comente!x

  - É que eu não sei se estou preparada para o que isso pode nos levar a fazer…
0
Comente!x

   mordeu o lábio receosa e então tentou se livrar das mãos de Namjoon, que apertaram ainda mais a sua cintura.
0
Comente!x

  - Porque está se sentindo tão pressionada assim? Nós dois fizemos alguma coisa que te fizesse pensar isso? Eu propus na inocência, você que está pensando besteira…
0
Comente!x

  Namjoon aproveitou para roubar um selinho dos lábios dela. Ele tinha razão, ela havia sido a única a levantar aquela questão.
0
Comente!x

  - Talvez você esteja inclusive muito mais preparada do que nós, já que seu cérebro trouxe isso à tona… – Hoseok mordeu o lábio, olhando para ela –
0
Comente!x

  Ela se viu encurralada pela pergunta de Namjoon e pela fala de Hoseok, sua expressão denunciando a confusão que estava em sua mente. Sentir as mãos de Namjoon em sua cintura, mantendo-a próxima, ao mesmo tempo em que Hoseok se acomodava na cama, aumentava a sensação de intimidade e proximidade entre os três.
0
Comente!x

  As palavras de Hoseok a fizeram refletir. Será que estava superestimando a situação? Talvez eles estivessem simplesmente buscando um momento descontraído e confortável juntos, sem que isso necessariamente levasse a algo mais. O selinho inesperado de Namjoon a fez sentir borboletas no estômago, uma mistura de nervosismo e antecipação.
0
Comente!x

  Ela olhou para Hoseok pensando na perspectiva acrescentada por ele, fazendo-a considerar que talvez seu próprio cérebro estivesse projetando seus medos e ansiedades sobre a situação. Talvez fosse ela quem estava colocando uma pressão indevida sobre si mesma.
0
Comente!x

   suspirou suavemente, sentindo a tensão em seus ombros diminuir lentamente. Ela olhou para os dois homens, seus olhos percorrendo os rostos que agora eram tão familiares.
0
Comente!x

  - Vocês têm razão… – ela admitiu com um pequeno sorriso – Eu acho que deixei minha mente correr solta demais. Talvez eu esteja lendo demais nas entrelinhas…
0
Comente!x

  Namjoon soltou um suspiro de alívio, afrouxando o aperto em sua cintura, e Hoseok sorriu suavemente.
0
Comente!x

  - Não precisa se sentir pressionada, … – Namjoon disse com gentileza – Nós apenas queremos passar um tempo juntos, aproveitar a companhia um do outro. Se surgir algo mais, será natural, e se não, tudo bem também!
0
Comente!x

  Hoseok assentiu, concordando com Namjoon.
  - Estamos aqui para nos divertirmos, sem expectativas ou pressões. – Hoseok acrescentou, o carinho em seu olhar tranquilizando
0
Comente!x

  Ela assentiu, sentindo um peso sendo retirado de seus ombros. sabia que ainda havia muito para explorar e descobrir entre os três, mas agora ela estava disposta a deixar as coisas fluírem e aproveitar o momento.
0
Comente!x

  - Tudo bem, então! – ela disse com um sorriso sincero – Vamos assistir ao filme e aproveitar o tempo juntos.
0
Comente!x

  Com a tensão dissipada e um sorriso nos lábios, os três se acomodaram no quarto, prontos para aproveitar a noite juntos, sem expectativas, apenas desfrutando da companhia um do outro.
0
Comente!x

  Mas é claro que aquele clima sem expectativas se dissipou aos poucos. estava sentada entre Namjoon e Hoseok na cama, em um silêncio carregado de expectativa. A proximidade entre os três era palpável, as respirações sincronizadas enquanto eles trocavam olhares cheios de desejo e expectativa. podia sentir o calor emanando de seus corpos, o toque sutil de suas mãos quase fazendo com que ela perdesse o fôlego.
0
Comente!x

  Ela desviou o olhar para Namjoon, sua expressão intensa a fazendo perder-se em seus olhos de dragão… O coração de batia acelerado, suas mãos tremendo ligeiramente em seu colo. Namjoon sorriu levemente, como se compreendesse as emoções conflitantes que a dominavam.
0
Comente!x

  Hoseok moveu-se delicadamente ao seu lado, sua mão encontrando a dela, entrelaçando os dedos com suavidade. olhou para ele, encontrando um sorriso tranquilizador em seu rosto. Era como se ambos estivessem lendo seus sentimentos sem a necessidade de palavras.
0
Comente!x

  Os dedos entrelaçados com os dela transmitiam uma sensação de segurança, um elo invisível que os unia naquele momento de intimidade compartilhada. podia sentir o calor emanando de seus corpos, a eletricidade no ar aumentando a cada segundo. Seu coração batia tão forte que ela podia jurar que os outros dois também podiam ouvir. Ela desviou o olhar para Namjoon, perdendo-se na profundidade de seus olhos. Havia algo hipnotizante na forma como ele a olhava, como se a entendesse além das palavras. sentia como se ele conhecesse cada parte dela, cada pensamento, cada anseio.
0
Comente!x

  Hoseok moveu-se delicadamente ao seu lado, sua mão encontrando a dela, entrelaçando os dedos com suavidade outra vez. olhou para ele, encontrando um sorriso tranquilizador em seu rosto. Ela sentiu seu coração bater descompassado enquanto suas mãos apertavam suavemente os dedos de Hoseok e Namjoon. O desejo queimava em seu peito, uma mistura irresistível de paixão e anseio. Ela tinha consciência de que estava prestes a cruzar uma fronteira desconhecida, mas a presença tranquilizadora dos dois homens ao seu lado a fazia sentir-se segura. Ela estava se estranhando, não tinha essas inseguranças… vai ver era só porque essa parte toda ainda era desconhecida para ela…
0
Comente!x

  Namjoon moveu-se ligeiramente, inclinando-se para mais perto de . Seus olhos ardiam com uma intensidade apaixonada, sua respiração quente acariciando seu rosto. sentiu o coração acelerar ainda mais, o mundo ao seu redor parecendo desaparecer enquanto ela se perdia naquele olhar magnético.
0
Comente!x

  Hoseok também se aproximou, seus lábios roçando suavemente a pele exposta de seu pescoço. Um arrepio percorreu a espinha de , suas mãos instintivamente buscando o toque reconfortante dos cabelos de Hoseok enquanto ela se virava para ele. Cada carícia, cada toque dos dois homens parecia acender uma chama ardente dentro dela.
0
Comente!x

  Em um movimento quase instintivo, inclinou a cabeça ligeiramente, permitindo que os lábios de Hoseok encontrassem os dela em um beijo suave e provocante. O contato dos lábios enviou ondas de eletricidade por todo o seu corpo, fazendo-a suspirar contra os lábios macios de Hoseok.
0
Comente!x

  Enquanto se entregava ao beijo suave e provocante com Hoseok, Namjoon não pôde evitar sentir uma mistura de emoções intensas. Seu olhar permanecia fixo nos dois, capturando cada detalhe daquele momento. Um leve sorriso curvou seus lábios, revelando o quanto ele apreciava aquela cena.
0
Comente!x

  Era uma sensação peculiar de felicidade e excitação que o invadia. Ver e Hoseok compartilhando aquele beijo era como testemunhar a concretização de um desejo secreto que ele nunca ousou admitir completamente. Namjoon sempre sentiu uma atração especial por e, ao mesmo tempo, uma conexão profunda com Hoseok. Ver os dois juntos, compartilhando um momento de intimidade, fazia com que o coração de Namjoon batesse mais rápido.
0
Comente!x

  Ele podia sentir a energia daquele beijo reverberando em seu próprio corpo, causando arrepios na pele e um formigamento sutil fazendo seu membro endurecer com força. Era uma emoção diferente de qualquer outra que já havia experimentado, uma combinação única de satisfação e um desejo latente de se juntar a eles.
0
Comente!x

  Namjoon admirava a forma como e Hoseok se completavam, como suas personalidades se entrelaçavam de maneira tão natural e envolvente. Era como se os dois fossem peças de um quebra-cabeça, destinados a se encaixar perfeitamente. Cada toque, cada troca de olhares, confirmava essa conexão especial que Namjoon podia sentir no âmago de seu ser.
0
Comente!x

  Enquanto o beijo entre e Hoseok continuava, Namjoon notou os pequenos detalhes: a maneira como os dedos deles se entrelaçavam, os suspiros sussurrados entre os lábios, a maneira como seus corpos se aproximavam ainda mais. Cada gesto era como uma obra de arte, uma dança delicada e apaixonada que ele não conseguia tirar os olhos.
0
Comente!x

  Namjoon também sentia uma pontada de ciúmes, mas não do tipo de ciúmes possessivos. Era mais uma sensação de desejo, um anseio profundo de fazer parte daquilo, de compartilhar aquelas emoções e sensações com os dois. Ele queria sentir o toque suave dos lábios de , queria perder-se nos beijos apaixonados e nas carícias provocantes de Hoseok.
0
Comente!x

  Com um suspiro suave, Namjoon afastou os pensamentos tumultuados e concentrou-se no presente. Ele estava ali, testemunhando aquele momento, e sabia que havia um mundo de possibilidades à sua frente. O sorriso persistiu em seus lábios, uma expressão de contentamento e curiosidade sobre o que aquela noite reservava para os três.
0
Comente!x

  Enquanto e Hoseok continuavam a se beijar, Namjoon sentiu-se grato por fazer parte daquela jornada de descoberta e paixão. Ele estava disposto a explorar os limites de seus sentimentos, a abraçar a complexidade daquela situação e a se entregar ao desconhecido.
0
Comente!x

  Enquanto o beijo com Hoseok se aprofundava, sentiu a mão de Namjoon acariciando sua bochecha com ternura. Ela se virou para ele, capturando seus lábios em um beijo cheio de intensidade e desejo. Os lábios de Namjoon eram quentes e macios contra os seus, um contraste delicioso com o toque suave de Hoseok.
0
Comente!x

   estava completamente imersa naquele momento, os beijos apaixonados de Namjoon e Hoseok despertando uma fome insaciável dentro dela. Cada toque, cada carícia, era uma explosão de sensações que a envolviam e a faziam esquecer de tudo ao seu redor.
0
Comente!x

  Os três corações batiam em um ritmo acelerado, como uma sinfonia de paixão e desejo. se sentia em um estado de êxtase, completamente entregue àquele momento de conexão profunda. O quarto estava repleto de suspiros entrecortados, sussurros suaves e o doce som dos lábios se encontrando.
0
Comente!x

  Enquanto os lábios de pulavam entre os de Hoseok e Namjoon, Hoseok sentiu uma mistura de emoções avassaladoras percorrerem seu corpo. Seu coração batia freneticamente no peito, e sua mente estava tomada por uma enxurrada de pensamentos e sentimentos que ele nunca havia experimentado antes.
0
Comente!x

  O beijo entre e Namjoon tinha um efeito hipnotizante sobre ele. Era como se estivesse observando um momento íntimo e delicado, uma dança apaixonada que acontecia bem diante de seus olhos. estava no centro daquele encontro de lábios, e Hoseok não conseguia evitar sentir uma atração irresistível por ela.
0
Comente!x

  Cada movimento dos lábios de com os de Namjoon parecia ecoar dentro dele, desencadeando sensações profundas que ele mal conseguia compreender. Ele sentiu uma pontada de surpresa ao perceber o quanto gostava daquela cena, o quanto sentia seu próprio corpo reagir ao vê-los se beijando com tanta paixão.
0
Comente!x

  Hoseok sabia que sua conexão com era especial, mas observar seu desejo compartilhado com Namjoon trouxe uma nova dimensão para seus sentimentos. Era como se ele estivesse descobrindo um lado de si mesmo que estava adormecido, uma parte de seu coração que ansiava por mais daquilo, daquela visão, daquela sensação…
0
Comente!x

  O toque suave de no rosto de Namjoon, a forma como ela se moveu entre os dois beijos, despertou um calor intenso dentro de Hoseok. Ele sentiu um formigamento percorrer sua pele, um desejo latente que se acendia com cada carícia trocada entre eles, uma fonte de prazer e curiosidade o consumia.
0
Comente!x

  Enquanto o beijo entre os dois continuava, Hoseok deixou escapar um suspiro involuntário. Ele não conseguia negar a atração que sentia por e o quanto gostava de vê-la compartilhando aquele momento com Namjoon. A sensação era estranhamente libertadora, como se ele estivesse se permitindo explorar um território desconhecido e emocionante.
0
Comente!x

  Hoseok sabia que a situação era complexa e cheia de desafios, mas naquele momento, ele estava disposto a se entregar às emoções que o dominavam. Ele queria sentir cada beijo, cada toque, como uma celebração da conexão única que os três compartilhavam. Então ele se juntou aos dois.
0
Comente!x

  Enquanto os lábios de se moviam entre os seus e os de Namjoon, Hoseok fechou os olhos por um instante, entregando-se ao turbilhão de sentimentos que o envolvia. Ele sabia que estava descobrindo uma nova parte de si mesmo e estava determinado a explorá-la completamente, ao lado de e Namjoon.
0
Comente!x

   sentia uma mistura intensa de emoções percorrer seu corpo. Cada beijo, cada toque, parecia acender uma chama dentro dela, uma chama que há muito tempo estava adormecida.
0
Comente!x

  Era um misto de excitação e ansiedade, um desejo profundo que a fazia tremer ligeiramente. não conseguia acreditar na intensidade do que estava vivenciando naquele momento. Ela havia se entregado a essa experiência com um misto de medo e curiosidade, mas agora estava claro que não havia mais espaço para dúvidas.
0
Comente!x

  Os beijos apaixonados de Namjoon e Hoseok despertavam uma fome voraz dentro dela, uma fome por conexão, por intimidade, por algo que fosse além das palavras. sentia suas defesas se desmoronarem lentamente, permitindo que ela se entregasse àquela paixão ardente que os três compartilhavam. Enquanto os beijos continuavam e as mãos dos três exploravam os contornos dos corpos uns dos outros, sentiu-se completamente entregue àquela experiência.
0
Comente!x

  Quando os lábios de Namjoon se separaram dos dela, sentiu uma onda de calor percorrer seu corpo, deixando-a sem fôlego. Seu olhar foi atraído para o beijo ardente que se desenrolava diante dela, enquanto Namjoon e Hoseok se entregavam a um momento íntimo e apaixonado.
0
Comente!x

  Era uma visão hipnotizante, quase como se estivesse assistindo a um filme em câmera lenta. Os lábios de Namjoon e Hoseok se moviam em perfeita sincronia, suas mãos explorando os corpos um do outro com uma intensidade que enviava arrepios pela espinha de . Ela sentia-se em um estado de êxtase e admiração enquanto observava a conexão entre os dois homens que agora compartilhavam um beijo tórrido. Era uma cena tão íntima e pessoal, repleta de paixão e desejo, que fez o coração de acelerar ainda mais.
0
Comente!x

  Os sentimentos dentro dela eram complexos e profundos. Por um lado, ela estava maravilhada com a intensidade do que estava testemunhando, fascinada pela forma como Namjoon e Hoseok se entregavam um ao outro. Por outro lado, havia uma pontada de insegurança, uma vozinha interior que sussurrava dúvidas e questionamentos. No entanto, estava determinada a não deixar esses pensamentos a dominarem. Ela queria aproveitar cada momento dessa experiência única e especial, deixar-se envolver pelo turbilhão de emoções e sensações que a cercavam.
0
Comente!x

  Enquanto os lábios de Namjoon e Hoseok se encontravam em um beijo apaixonado, permitiu-se sentir uma onda de excitação percorrer seu corpo enquanto sentia a intimidade ficar cada vez mais úmida. Ela estava compartilhando um momento tão íntimo com os dois homens que amava, e isso a fazia sentir-se viva e conectada de uma maneira profunda.
0
Comente!x

  Enquanto seus olhos permaneciam fixos no beijo ardente diante dela, sentiu-se conectada não apenas a Namjoon e Hoseok, mas também a uma parte mais profunda de si mesma, uma parte que estava pronta para explorar e abraçar o amor de maneiras que nunca imaginara antes.
0
Comente!x

   sentiu sua respiração ficar mais rápida, seu peito subindo e descendo em um ritmo acelerado. Seus olhos se fixaram nos lábios de Namjoon, que buscavam os de Hoseok com uma intensidade quase predatória.
0
Comente!x

  Os dedos de apertaram ligeiramente o lençol sob suas mãos, enquanto ela observava a aproximação gradual dos dois homens. O coração dela batia tão forte que parecia ecoar por todo o quarto, ecoando o ritmo frenético de seu próprio tesão.
0
Comente!x

  Os dois soltaram os lábios um do outro por alguns segundos, e Hoseok parecia completamente entregue ao momento. Seus olhos estavam fixos em Namjoon, uma mistura de desejo e paixão brilhando em seu olhar… Ele inclinou a cabeça ligeiramente, seus lábios se aproximando dos de Namjoon outra vez em um movimento quase instintivo.
0
Comente!x

  O toque dos lábios de Hoseok nos de Namjoon outra vez foi como um choque elétrico, uma corrente de calor que percorreu seus corpos. pôde ver os músculos de Namjoon se contraindo sob a pele, um sinal claro da intensidade do que estavam compartilhando.
0
Comente!x

   resolveu se retirar brevemente do meio dos dois homens, se colocando em frente á eles, ajoelhada, ainda hipnotizada nos dois. O beijo começou suave e exploratório, os lábios de Hoseok se movendo gentilmente contra os de Namjoon. Mas logo a paixão se intensificou, os lábios se pressionando com mais fervor, como se estivessem buscando uma conexão mais profunda. observou com admiração o entrelaçamento dos corpos dos dois homens, seus braços se envolvendo em torno um do outro, mãos acariciando costas e cabelos. Era uma dança de desejo, uma troca de emoções que transbordava em cada toque e movimento.
0
Comente!x

   percebeu que estava testemunhando algo mais do que apenas um beijo físico. Aquelas trocas de carícias eram um reflexo do vínculo profundo e da atração que existiam entre Namjoon e Hoseok. E, ao mesmo tempo, era um lembrete poderoso de como ela também fazia parte desse laço especial.
0
Comente!x

  Quando os dois se separaram outra vez, encararam com as respirações afobadas e entrecortadas, os dois homens praticamente a devoraram com os olhos e mordeu o próprio lábio sentindo o quanto também era desejada pelos dois! Namjoon foi o primeiro a voltar a colar os lábios nos de enquanto adentrava devagar as mãos por dentro da blusa de malha fina que a morena usava, sentiu o corpo esquentar ainda mais quando ele começou a subir sua blusa vagarosamente.
0
Comente!x

  Hoseok engoliu seco e fechou os olhos, para levar uma das mãos até o próprio membro que agora já deixava claro o quão excitado ele estava com aquela cena… apertou rapidamente o lugar, deixando um gemido baixo escapar de seus lábios, chamando a atenção de Hoseok e , que olharam para ele. O peito de subia e descia rapidamente e ver Hoseok pressionando o próprio membro ainda dentro do tecido da calça e da roupa íntima, fez ficar ainda mais úmida e ela também gemeu, fechando os olhos logo em seguida.
0
Comente!x

  Namjoon sentiu o membro vibrar de tesão também e apertou os olhos enquanto sentia o mesmo apertado dentro da cueca, e então voltou a subir a blusa de , abrindo os olhos logo em seguida. Os olhos de Namjoon percorreram o torso de , coberto apenas pelo sutiã também branco que ela usava. Namjoon apertou a cintura dela em resposta enquanto também tratava de se livrar da camiseta azul que ele usava. Hoseok se posicionou atrás de e então retirando seus cabelos do caminho, começou a depositar beijos molhados pela extensão de seu pescoço.
0
Comente!x

   sentiu a pele se arrepiar com os beijos depositados em sua pele, como se estivesse entrando em combustão. Namjoon acariciava a bochecha de Hoseok com o dedo polegar, como se o incentivasse a continuar… as unhas de arranham o abdômen de Namjoon enquanto Hoseok continua trabalhando em seu pescoço.
0
Comente!x

  Até que os lábios de e Namjoon se chocam outra vez, num beijo lento e intenso demonstrando o quanto estavam desejando aquele momento, e como queriam aproveitar todas as sensações que estavam se proporcionando. Hoseok resolveu tomar a atitude de abaixar bem devagar o short de tecido que usava, enquanto mordiscava o lóbulo de sua orelha. Os lábios de e de Namjoon se soltaram e ela se virou de frente à Hoseok, para dar alguma atenção ao químico.
0
Comente!x

  Enquanto os lábios e línguas se entrelaçavam, ela ouviu Hoseok gemer entre o beijo e então levou uma de suas mãos até o membro pulsante do moreno que voltou a gemer entre o beijo, fazendo Namjoon fechar os olhos e se livrar das próprias calças de moletom. Os gemidos de Hoseok deixavam tanto quanto Hoseok com o corpo em chamas.
0
Comente!x

  Namjoon resolveu tomar o lugar de Hoseok, e agora era ele quem depositava beijos pelo pescoço de enquanto apertava as mãos de Hoseok sobre a cintura dela. O beijo entre e Hoseok tomava intensidade e então ela desamarrou o nó que havia no cós da calça de Hoseok, afrouxando a mesma. Hoseok arfou contra os lábios dela e então desceu o tecido o suficiente para levar sua cueca preta junto.
0
Comente!x

  Hoseok sentiu o próprio membro bater em sua barriga, livre de qualquer tecido, soltou os lábios dos dele e então encarou Namjoon. Com um sorriso nos lábios ela pegou uma de suas grandes mãos e levou até o membro rígido de Hoseok. Namjoon entendendo o que ela queria, envolveu o membro de Hoseok em sua mão, fazendo Hoseok fechar os olhos com força e jogar a cabeça para trás.
0
Comente!x

   observou primeiro a mão de Namjoon envolver o membro de Hoseok dentro da sua, e depois observou a reação gostosa de Hoseok. Quando ele deitou a cabeça para trás, passou a língua pela extensão do pescoço tensionado dele, e enquanto distribuía beijos por lá, ela colocou suas duas mãos sobre a de Namjoon… aumentando a pressão sobre o membro de Hoseok, que suspirou baixinho com a sensação.
0
Comente!x

  Juntos, e Namjoon começaram a movimentar suas mãos, fazendo com que Hoseok se segurasse nos ombros de Namjoon. Logo os gemidos que saiam dos lábios dele, começaram a ficar mais intensos e altos. Namjoon cravou os dentes no pescoço de com leveza, e então intensificou os movimentos no membro de Hoseok, que grudou o corpo no de , fazendo-a quase desaparecer entre os dois.
0
Comente!x

   deixou que Namjoon seguisse sozinho, enquanto levava as próprias mãos para trás, alcançando o membro de Namjoon… ele precisava de um pouco de atenção também. Assim que ela lhe acariciou os testículos, um grunhido saiu dos lábios de Namjoon, fazendo Hoseok abrir os olhos e encarar o rosto tensionado e cheio de desejo do agora, promotor. Os movimentos sobre o membro de Hoseok se intensificaram e ele sentia que explodiria de prazer a qualquer momento, então segurou a mão de Namjoon, ajudando-o a diminuir a intensidade dos movimentos. Os três estavam envoltos em tanto desejo, que mal conseguiam falar, era como se eles não conseguissem formar frases coerentes, e do jeito que estavam, elas nem se faziam tão necessárias.
0
Comente!x

  Namjoon e Hoseok se encararam com intensidade e então se beijaram. Namjoon foi parando os movimentos aos poucos, enquanto ainda o acariciava e se juntava aos dois no doce beijo.
0
Comente!x

  Com os três agora completamente despidos e entregues àquele turbilhão de sensações, eles se encararam. Os três corações batiam rápido, praticamente sincronizados um com o outro, tamanha paixão aquilo tudo envolvia. Namjoon tomou a frente e então beijou , deitando-a lentamente sobre a cama, enquanto Hoseok, com a respiração descompassada se perguntava como aquilo funcionava tão bem? E porque eles demoraram tanto para descobrir?
0
Comente!x

   se permitiu arranhar com força toda a extensão das costas largas de Namjoon enquanto sentia a intimidade pulsar, pronta para receber qualquer um dos dois homens, que ela tanto amava e desejava! Namjoon queria provocá-la a noite toda, até que o lençol estivesse encharcado, mas ele tinha pressa de estar dentro dela novamente, tamanha saudade sentia! E ele sabia que Hoseok sentia a mesma coisa… os olhos do químico brilhavam em luxúria enquanto ele encarava os dois agarrados um ao outro.
0
Comente!x

  Os lábios de Namjoon desceram pelo corpo de , até que lhe alcançaram sua intimidade, úmida e quente… Namjoon sorriu, fazendo Hoseok sorrir também ao se lembrar de como era a sensação de estar com os lábios lá…
0
Comente!x

  Namjoon fechou os olhos com força e então lhe apertou as coxas antes de enterrar a língua nela sem aviso prévio, arrancando um gemido sôfrego e manhoso dos lábios de , que fez o membro dos homens pulsar com força. Hoseok arfou enquanto levava mais uma vez as mãos até o próprio membro, subindo e descendo a mesma, bem devagar, sentindo o estômago contrair de prazer.
0
Comente!x

  Namjoon gemeu alto contra a intimidade de ao perceber o quão molhada ela estava em seus lábios, enquanto a publicitária agarrava os lençóis sentindo a língua de Namjoon entrar e sair de sua intimidade, enviando ondas de eletricidade que começavam em seus dedos do pé e passavam por todo o seu corpo. Como ela sentiu falta de Namjoon, como ela sentiu falta dos dois homens lhe proporcionando o que somente os dois sabiam!
0
Comente!x

  Os gemidos de Hoseok se misturavam com os de , e o químico não conseguia tirar os olhos dos dois, e ele só conseguia ficar ainda mais duro com a visão de Namjoon com o rosto enfiado no meio das pernas de … aquilo tudo o deixava tonto de excitação. Até que Namjoon perguntou se ele não se incomodava de pegar os preservativos em uma gaveta no guarda-roupas, o que ele assentiu que sim com a cabeça, extasiado o suficiente para conseguir responder com palavras.
0
Comente!x

  Quando Hoseok retornou com os preservativos, ainda tinhas as mãos agarradas aos lençóis da cama e Hoseok sentiu o membro pulsar com força outra vez, e então antes de abrir o pacote da camisinha, Hoseok se aproximou o suficiente dela, e lhe beijou os lábios com urgência. Namjoon observou os dois sentindo que poderia gozar só de assistir os dois se beijando com toda aquela urgência.
0
Comente!x

  Hoseok agora, se aproximava de Namjoon, já com o preservativo em mãos. Ele mesmo fez questão de vestir o membro do namorado, brincando com ele um pouco é claro, abafando seus gemidos com um beijo. , encarava os dois sorrindo. Com o membro já vestido, Namjoon voltou a se posicionar entre meio as pernas de , encarando seus olhos com profundidade. Hoseok nem piscava, ele não queria perder aquilo de jeito nenhum…
0
Comente!x

  Os movimentos circulares do polegar de Namjoon sobre seu clitóris, fizeram-na ficar ainda mais molhada, e então o membro de Namjoon deslizou com facilidade para dentro dela, lhe arrancando um gemido alto, que fez Hoseok sorrir. O moreno aproveitou para se ajeitar ao lado de , se deitando ao lado dela na cama, encarando seus olhos, já que ela havia se virado para encará-lo. Os dois deram as mãos, enquanto se ajustava ao tamanho de Namjoon.
0
Comente!x

  Namjoon encarou os dois com amor, e então ajeitou as pernas de em seus ombros, uma de cada lado, enquanto fechava os olhos. Quando ele se movimentou dentro dela, sentiu o agarrar internamente com força e então ele gemeu algumas palavras sem sentido, Hoseok quase sentiu o prazer que o namorado havia sentido e então apertou a mão livre em volta da própria extensão enquanto lhe apertava a outra mão e gemia. O gemido dela fez Namjoon investir com um pouco mais de força, provocando-a. gemeu o nome dele, provocando-o de volta.
0
Comente!x

  Hoseok gemeu junto com os dois quando Namjoon começou a intensificar os movimentos dentro de , e então Namjoon pediu:
0
Comente!x

  - Eu quero ouvir vocês dois gemerem juntos! Por favor! – os dois apenas obedeceram o pedido de Namjoon e continuaram –
0
Comente!x

  Namjoon sentia o clímax se aproximando, a cada gemido que saía dos lábios de e Hoseok, e ele ia cada vez mais fundo dentro dela, que o recebia lhe apertando… Ele sabia que não conseguiria se segurar mais se fosse mais fundo e mais rápido. E assim ele o fez, aumentando o ritmo das estocadas, fazendo os gemidos ficarem mais altos por parte de , fazendo com que agora, os três gemessem juntos. E assim, ele chegou, primeiro que . Namjoon fechou os olhos e se deitou sobre a morena, enterrando o nariz no pescoço suado dela, se entregando ao seu clímax.
0
Comente!x

  Hoseok fechou os olhos e então não se atreveu a continuar movimentando sua mão, ou ele gozaria intensamente, apenas vendo Namjoon e … aquilo parecia loucura, mas ele estava no céu!
0
Comente!x

  Assim que Namjoon começou a se recuperar, ele saiu de se ajoelhando na cama e encarando a morena, depois Hoseok. Ele sabia que ainda não havia atingido seu orgasmo, mas ele planejava que Hoseok o entregasse á ela, ele queria ver os dois chegando lá juntos… era uma de suas maiores fantasias recentemente…
0
Comente!x

  - Agora é sua vez, meu bem! – ele se livrou do preservativo usado – Me esperem voltar do banheiro, eu quero ver! Quero muito…
0
Comente!x

  A voz rouca de Namjoon pedindo, fez e Hoseok se olharam com ainda mais desejo um pelo outro. Os dois se atreveram apenas a iniciar um beijo quando Namjoon saiu do quarto. As mãos de Hoseok lhe seguravam o rosto, e os dois colaram os corpos suados um no outro. gemeu entre o beijo quando ele lhe puxou os cabelos com força. Quando Namjoon voltou, ele encontrou os dois colados um ao outro se beijando como se dependessem daquilo para sobreviver e então se ajeitou na poltrona, virado para a cama. Ele passou as mãos pelos cabelos suados e então e Hoseok soltaram os lábios, encarando o promotor.
0
Comente!x

  - Vocês dois não conseguem imaginar quantas vezes eu desejei isso… ver vocês dois, assim!
0
Comente!x

  O coração de Hoseok acelerou dentro do peito e ele passou a encarar que com os olhos brilhando ainda mais, o encarou de volta. se sentou na cama e então pegou o outro preservativo que Hoseok havia trago. Ela encarou Hoseok sentado na cama com as costas na cabeceira da mesma, ele encarava Namjoon outra vez. se livrou da embalagem do mesmo e vestiu Hoseok, que continuou encarando Namjoon. também encarou o promotor, que virou os olhos para ela.
0
Comente!x

  - Vocês dois podem se beijar e acabar logo com a minha angústia? – ele engoliu seco –
0
Comente!x

   e Hoseok, sorriram divertidos um para o outro e então passou as duas pernas em volta de Hoseok, beijando o químico logo em seguida. Namjoon fechou os olhos rapidamente quando ouviu os barulhos do beijo e os abriu logo em seguida. Encarou os dois e desceu os olhos para o membro coberto pela camisinha, de Hoseok, e voltou a fechar os olhos.
0
Comente!x

  Abriu-os novamente quando escutou o gemido de , e encarou a mesma forçando a intimidade sobre o membro vermelho e pulsante de Hoseok. O promotor engoliu seco sentindo o coração começar a bater rapidamente dentro do peito, e a pele voltando a esquentar. Quando ela afundou a intimidade toda sobre o membro de Hoseok, os dois homens gemeram juntos. Hoseok tinha os olhos fechados com força enquanto sentia o quente da intimidade de o receber.
0
Comente!x

  - Como eu senti sua falta! Como você é gostosa ! – ele passou as unhas pelas costas dela –
0
Comente!x

   gemeu enquanto enterrava o rosto no pescoço de Hoseok, ouvindo Namjoon grunhir de tesão ou satisfação – ou os dois – cheirou o pescoço de Hoseok, inalando o cheiro que ela tanto amava… sentiu a intimidade pulsar e isso fez Hoseok gemer ainda mais manhoso.
0
Comente!x

   começou a movimentar os quadris, bem lentamente, como se quisesse torturar Hoseok e Namjoon ao mesmo tempo. Namjoon se remexeu na cadeira, incomodado… o corpo parecia querer reagir de novo. Ver se movendo em cima de Hoseok fez ele querer soltar um grunhido ainda mais selvagem que os anteriores. Hoseok apertou a cintura de com força, fazendo com que ela o encarasse.
0
Comente!x

  Só quando os olhos dela bateram nos dele, recheados de desejo, ela aumentou o ritmo dos quadris sobre ele, o torturando ainda mais. sentia cada músculo de seu corpo retrair de prazer com Hoseok dentro dela, como se estivesse completa. E Hoseok pulsava sem parar dentro dela, aumentando seu prazer. embrenhou as mãos nos cabelos do químico e deixou que suas mãos delicadas a guiasse sobre seu membro e Hoseok assim o fez, aumentando o som de seus gemidos manhosos.
0
Comente!x

  Namjoon encarava os dois, ele mal piscava, estava completamente estático e hipnotizado pela cena dos dois ali, suados, com os corpos quase fundidos… as mãos de Hoseok sobre a cintura de , quase circundando a mesma enquanto ela mantinha a cabeça jogada para trás, os olhos fechados… os dois agora gemiam juntos enquanto Hoseok guiava os quadris de em movimentos intensos e precisos. Ele soltou um palavrão e levou a mão até o próprio membro que começava a querer dar sinais de vida outra vez… mas ele precisava se controlar, aquele momento era dos dois, e ele se satisfaria sozinho se precisasse. Só queria assistir agora.
0
Comente!x

  O corpo dos dois fazia barulho quando friccionavam um no outro e os gemidos iam ecoando cada vez mais alto pelo quarto, invadindo os ouvidos de Namjoon, como música! Até que enterrou o rosto no pescoço de Hoseok outra vez, sentindo o famoso nó em seu estômago apertar mais e mais… quando ela avisou que estava chegando, Hoseok deixou que ela continuasse sozinha, encontrando o próprio ritmo para chegar lá. rebolou os quadris sobre ele como se dançasse alguma música e fez ele gemer alto e agarrar os lençóis. jogou outra vez a cabeça para trás e então seus olhos rolaram, fazendo Namjoon soltar alguns palavrões enquanto segurava o próprio membro, tentando se controlar. O quão incrível era assistir os dois gozar? Já que Hoseok veio logo em seguida… os gemidos manhosos saindo da boca dele… Namjoon fechou os olhos, sorrindo, satisfeito.
0
Comente!x

***

  Os três se aconchegaram na cama, permitindo que um silêncio confortável envolvesse o ambiente. encontrou um lugar acolhedor no peito de Namjoon, sentindo sua respiração tranquila e regular. O toque de Hoseok ao redor de sua cintura transmitia uma sensação de segurança e proximidade.
0
Comente!x

  Enquanto os dedos de se entrelaçavam com os de Namjoon e Hoseok, ela fechou os olhos, deixando-se envolver pela calma e pela sensação de união entre os três. O calor dos corpos juntos e a batida suave dos corações pareciam formar uma melodia suave e reconfortante. O silêncio era preenchido apenas pelo som suave das respirações e pelas batidas dos corações sincronizados. sentiu-se em paz, como se estivesse exatamente onde deveria estar, entre os dois homens que a faziam sentir-se amada e Namjoon e Hoseok sentiram o mesmo, estando com alguém que os aceita.
0
Comente!x

  Nenhum deles sentiu a necessidade de falar naquele momento. As palavras não eram necessárias para expressar o que sentiam. O simples ato de estarem juntos, compartilhando aquele espaço de intimidade e carinho, era o suficiente para transmitir a profunda conexão que tinham.
0
Comente!x

   se permitiu relaxar completamente, deixando de lado quaisquer preocupações ou incertezas. Ela sabia que havia muito a explorar e descobrir nesse novo capítulo de sua vida, mas por enquanto, ela estava grata por aquele momento de serenidade e cumplicidade.
0
Comente!x

  Quando estavam prestes a adormecer, Hoseok quebrou o silêncio:
0
Comente!x

  - Eu dormiria abraçado com vocês todos os dias. Amo vocês dois!
0
Comente!x

   sorriu e Namjoon também.
  - Eu fugi a vida inteira do amor… e acabei aqui, amando vocês dois de uma vez só!
0
Comente!x

  O sorriso de se alargou e ela se aconchegou mais ainda aos dois, já bem sonolenta.
0
Comente!x

  - Eu amo vocês dois, meus Namseok! – os outros dois, também sonolentos, riram –
0
Comente!x

  E assim, com os dedos entrelaçados e os corações em sintonia, os três adormeceram, envoltos em um abraço invisível de amor e confiança.
0
Comente!x

Centésimo Vigésimo Segundo Capítulo – Sobrevivi

  O celular dela vibrou sobre a mesa e então franziu a testa ao ver o número de Namjoon. Atendeu o mesmo:
0
Comente!x

  - Joonie! – ela sorriu enquanto respirava fundo – Tudo bem e você?
0
Comente!x

  Jimin continuou concentrado em seu computador quando ouviu o apelido de Namjoon escapar dos lábios da mais velha.
0
Comente!x

  Rapidamente ela abriu sua agenda e pegou uma caneta qualquer de dentro do porta canetas, derrubando o mesmo inclusive, fazendo Jimin se assustar e olhar na direção dela. Ela parecia ter ficado apreensiva ao telefone com Namjoon.
0
Comente!x

  - Tem certeza que agora esse é o endereço? – ela pausou esperando a resposta de Namjoon do outro lado da linha – Você falou com ela? Falou o que Joonie?
0
Comente!x

  Jimin viu fechar os olhos e franziu a própria testa, começando a ficar preocupado com a conversa entre os dois.
0
Comente!x

  - Tá bom! Pode me passar, vou anotar e aguardar você me mandar a localização via Whatsapp para não ter erro!
0
Comente!x

  Jimin viu a morena anotar alguma coisa na agenda enquanto balançava a cabeça positivamente e depois ela repetiu o endereço em voz alta, provavelmente para confirmar com Namjoon se estava correto. Que endereço era aquele?
0
Comente!x

  - Fico te devendo essa, grandão! Obrigada de verdade! – ela pausou outra vez enquanto seus olhos marejavam – Eu te dou notícias assim que sair de lá, não se preocupe!
0
Comente!x

   pausou outra vez enquanto Jimin ainda observava a cena confuso.
0
Comente!x

  - Não precisa ir comigo! – riu – Eu te dou notícias, sim! Obrigada mais uma vez Joonie!
0
Comente!x

  E a ligação foi desligada. Os olhos dela se encontraram com os de Jimin.
0
Comente!x

   desviou os olhos dos dele e se pôs a arrumar o porta canetas que havia caído com todas elas. Jimin reparou que as mãos dela tremiam levemente.
0
Comente!x

  - Tudo bem ?
0
Comente!x

  A publicitária fez que sim com a cabeça.
  - Tem certeza? Você está tremendo…
0
Comente!x

   levantou o olhar para ele, encarando-o de novo. Respirou fundo e fechou os olhos.
0
Comente!x

  - Vou me encontrar com a minha mãe hoje, quando sair daqui!
0
Comente!x

  - O que? Como assim, sua mãe? – Jimin perguntou, sua voz cheia de curiosidade e preocupação –
0
Comente!x

   suspirou e se sentou novamente, olhando para Jimin com um misto de emoções.
0
Comente!x

  - Lembra quando você me incentivou a procurá-la antes de… bem, antes de tudo isso acontecer entre nós? – ela perguntou, sua voz um pouco trêmula –
0
Comente!x

  Jimin assentiu, lembrando-se das conversas sinceras que tiveram antes de se separarem.
0
Comente!x

  - Eu decidi seguir o seu conselho e também o da minha psicóloga… Falei com Namjoon sobre isso, e ele conseguiu o endereço dela. Vou até lá para conversar, tentar entender as coisas, sabe? – explicou, sua expressão misturando determinação e nervosismo –
0
Comente!x

  Quase que instintivamente Jimin se aproximou dela, empurrando sua cadeira até a dela, sentindo uma onda de admiração por sua coragem. Ele também sentia um toque de preocupação, sabendo o quanto essa conversa poderia ser difícil para .
0
Comente!x

  Os dois se encararam e sentiu a respiração ficar descompassada pela súbita aproximação dele. O coração dela deu um salto quando os olhares se conectaram, e ela capturou um lampejo de hesitação nos olhos de Jimin antes que ele desviasse o olhar.
0
Comente!x

  - Eu… eu fico feliz pela sua decisão! Parabéns pela coragem, isso é uma grande decisão! – ele disse, sua voz soando sincera e calorosa –
0
Comente!x

  O sorriso de se alargou, aquecido pelo incentivo genuíno de Jimin. Ela pousou a mão sobre a dele, sentindo o toque suave e reconfortante. Um misto de emoções a invadiu, mas ela tinha certeza de que Jimin iria retirar a mão dele da dela, afinal, eles ainda estavam navegando na delicada linha entre voltar a se falar e se ignorar o dia todo.
0
Comente!x

  Mas, para sua surpresa, Jimin não retirou a mão. Em vez disso, ele permitiu que seus dedos se entrelaçassem suavemente, criando uma conexão sutil e significativa. ergueu as sobrancelhas, surpresa com a ousadia silenciosa dele.
0
Comente!x

  Ela continuou encarando os olhos de Jimin, sentindo uma troca silenciosa de sentimentos entre eles. Havia um anseio não dito, uma vontade implícita que pairava no ar. podia quase sentir a energia tensa e a emoção borbulhando sob a superfície. Ela se perguntou se Jimin estava pensando no mesmo que ela…
0
Comente!x

  Ela ansiava por sua companhia naquele momento tão significativo, queria sentir o apoio dele ao seu lado enquanto enfrentava seu passado doloroso. Mas ela também entendia que ele não havia oferecido explicitamente. manteve o olhar fixo nos olhos de Jimin, permitindo que um sorriso suave brincasse em seus lábios. Era como se eles estivessem compartilhando uma conversa silenciosa, uma dança de emoções não faladas.
0
Comente!x

  Jimin engoliu em seco, seus olhos piscando rapidamente antes de retornar ao olhar dela. Ele parecia tão perto, tão palpável. podia quase sentir o calor do desejo naquele breve momento de proximidade. E então, como se ambos soubessem que havia muito mais a dizer, eles se afastaram lentamente. Jimin retirou sua mão da dela com um toque suave, mas seus olhares ainda estavam presos, uma compreensão mútua brilhando entre eles.
0
Comente!x

  A porta foi aberta por , depois das típicas duas batidinhas na porta e então e Jimin olharam para ela, que sorriu sem mostrar os dentes.
0
Comente!x

  - Joonie me avisou! Ele está preocupado… me pediu para ir com você! Você quer minha presença? Eu expliquei a ele que talvez fosse melhor você ir sozinha…
0
Comente!x

   olhou para Jimin e pensou que talvez não quisesse falar sobre aquele assunto na frente do amigo, ela propos de elas irem tomar café, já que ele ainda não havia voltado a tomar café com elas com frequência. aceitou e ajeitou a saia jeans quando se levantou antes de sair, deixando Jimin sozinho com seus pensamentos na sala em que dividiam.
0
Comente!x

***

  - O que rolou? Porque vocês dois estavam tão próximos daquele jeito? Eu atrapalhei alguma coisa?
0
Comente!x

   se sentou na mesa de sempre e então foi fazer o café das duas.
0
Comente!x

  - Não atrapalhou nada! Sei lá o que deu nele, ele acabou me perguntando sobre a conversa com o Namjoon no telefone porque ele viu que eu fiquei meio desnorteada e aí acabei contando para ele… quando eu vi ele já tava lá!
0
Comente!x

   deu de ombros, tentando convencer a si mesma que aquilo havia sido só um impulso de Jimin.
0
Comente!x

  - Entendi! E como você está se sentindo agora que finalmente vai encontrar sua mãe?
0
Comente!x

   colocou os dois cafés sobre a mesa e então encarou , as mãos ainda tremiam.
0
Comente!x

  - Eu estou nervosa! Não sei o que falar para ela, não sei qual vai ser a reação dela quando me ver depois de todos esses anos! E se a reação dela for ruim? Me expulsar, me tratar mal… ás vezes acho que não estou preparada para isso, sabe?
0
Comente!x

   assentiu para ela e então segurou suas mãos.
  - Sua psicóloga te preparou para todas essas possibilidades, não?
0
Comente!x

  Foi a vez de assentir para ela.
  - Mas quando está de fato acontecendo, é diferente! Estou disposta a encarar isso de peito aberto, seja qual for a reação dela! É importante para o meu processo de cura, então o farei!
0
Comente!x

  - Você quer que eu vá com você?
0
Comente!x

   levou a xícara até os lábios enquanto fazia que não e enchia os olhos de lágrima, então confessou:
0
Comente!x

  - Eu queria que ele fosse comigo! Seria muito importante se ele fosse, já que ele foi a pessoa que mais me incentivou a fazer isso!
0
Comente!x

  - Jimin? – confirmou com a cabeça para a amiga – Porque você não o convida? Agora ele anda um pouquinho menos cabeça dura… insiste com ele!
0
Comente!x

  - Não! – riu sem graça – Não vou fazer isso! Deixa para lá!
0
Comente!x

  - Então vamos fazer assim? Eu levo você até o endereço e te faço companhia até você se sentir pronta para entrar e encarar tudo isso! Daí eu vou embora, ou espero você para te levar para casa! Pode ser? Acho melhor…
0
Comente!x

   agradeceu a amiga, aceitando a oferta.
0
Comente!x

  Mais tarde, já perto do horário do fim do expediente, ela arrumou as coisas como um tufão e acabou deixando algumas coisas para trás, como por exemplo a agenda onde o endereço estava anotado… será que ela tinha a localização no celular enviada por Namjoon? E ? Iria com ela ou não?
0
Comente!x

  Jimin bufou alto tentando calar seus próprios pensamentos, afinal de contas ele não tinha nada haver com aquilo mais… ou tinha? Ele se levantou indo até a mesa dela e encarando o papel… era como se aquele endereço quisesse dizer algo para ele…
0
Comente!x

***

  O ambiente estava envolto em um silêncio tenso, enquanto e sentavam no banco da praça, observando a casa à distância. O vento cortante parecia espelhar a agitação interior de . Ela não conseguia evitar que seus pensamentos fossem preenchidos com ansiedade e incerteza.
0
Comente!x

   lançou um olhar compassivo para a amiga, percebendo o turbilhão de emoções que ela estava enfrentando. Ela colocou uma mão reconfortante no ombro de e sorriu gentilmente.
0
Comente!x

  - Você está pronta para isso, ? – perguntou suavemente –
0
Comente!x

   olhou para a amiga, seu olhar misturando apreensão e determinação. Ela respirou fundo, sentindo o apoio de ao seu lado.
0
Comente!x

  - Eu acho que sim! Não tenho certeza se estou totalmente preparada, mas sei que preciso fazer isso. Só não sei o que vou dizer, como vou reagir quando a vir depois de tanto tempo – confessa, sua voz trêmula –
0
Comente!x

   apertou o ombro de carinhosamente.
  - Você não precisa ter todas as respostas agora. Só lembre-se de que você é forte e está dando um passo importante em direção à sua cura!
0
Comente!x

   assentiu, agradecendo silenciosamente pelas palavras reconfortantes de . Ela olhou novamente para a casa, seus pensamentos se voltando para Jimin. Ela se perguntou se ele estaria pensando nela, se estaria torcendo por ela…
0
Comente!x

  Bufando de frustração consigo mesmo, Jimin pegou o casaco e saiu, trancando a porta atrás de si. Ele havia olhado tanto para aquele endereço anotado na agenda de que achava até que tinha decorado o mesmo! Ele não sabia exatamente o que estava fazendo, mas seu instinto o guiou exatamente na direção à praça que e estavam.
0
Comente!x

  Enquanto caminhava em direção a elas, seus pensamentos se encheram de dúvidas. Ele estava invadindo um momento íntimo de ? Será que ela ficaria brava com ele? Ele sabia que tinha suas próprias questões não resolvidas com ela, mas também sabia que a conexão entre eles era mais profunda do que qualquer desentendimento.
0
Comente!x

  Quando ele finalmente chegou à praça e avistou e sentadas no banco, seu coração deu um salto. Ele estava prestes a se afastar, permitindo que enfrentasse esse momento em paz, quando seus olhos caíram sobre as mãos trêmulas de . Ele não pôde deixar de notar a tensão em seu rosto.
0
Comente!x

  Jimin se aproximou lentamente, sentindo-se como se estivesse invadindo um espaço privado. Ele parou a uma distância respeitosa, não querendo assustar . Então as duas se levantaram e se virou para , encontrando os olhos de Jimin. arregalou levemente os olhos, surpresa por vê-lo lá. Ela entendeu que aquele momento deveria ser dividido entre os dois, apenas entre os dois.
0
Comente!x

  - Eu estarei na cafeteria se você precisar de mim! Mas acredito que não vai precisar… – piscou o olho esquerdo para Jimin, que sorriu para ela sem mostrar os dentes – Eu tenho certeza que vai ser incrível!
0
Comente!x

   assentiu para a amiga que saiu, deixando a mão dela livre.
0
Comente!x

  Jimin engoliu seco e então se aproximou finalmente dela, segurando a mão de que havia soltado. Seus olhos se encontraram com os de Jimin. Houve um breve momento de surpresa e incerteza, antes de um pequeno sorriso aparecer nos lábios dela.
0
Comente!x

  Seu coração acelerou, e ela sentiu uma mistura de surpresa, gratidão e uma pitada de incerteza. Era como se uma parte dela tivesse secretamente desejado que ele estivesse lá, mas não tinha certeza de como processar essa sensação. Ele estava ali por ela, em um momento tão crucial e pessoal. viu a hesitação nos olhos de Jimin quando ele se aproximou, e isso a fez sentir-se ainda mais grata por sua presença. Ela não pôde deixar de notar como ele parou a uma distância respeitosa, demonstrando seu respeito pela privacidade dela, mesmo com as mãos grudadas.
0
Comente!x

  - O que você está fazendo aqui? – ela perguntou, sua voz suave –
0
Comente!x

  Jimin encolheu os ombros, tentando parecer casual, apesar da tempestade de emoções dentro dele.
0
Comente!x

  - Eu estava passando por aqui e pensei… bem, pensei que você talvez pudesse precisar de algum apoio.
0
Comente!x

   sabia que ele estava mentindo ao dizer que estava passando por lá… como ele havia descoberto o endereço? Ah, aquilo pouco importava! O importante é que ele estava lá!
0
Comente!x

  - Eu sei que talvez você prefira ficar sozinha agora, e eu não quero atrapalhar nada… – ele começou, sua voz cheia de sinceridade –
0
Comente!x

   balançou a cabeça suavemente, interrompendo-o.
  - Você não está atrapalhando, Jimin. Na verdade, é reconfortante tê-lo aqui… Eu estava me sentindo um pouco nervosa!
0
Comente!x

  Jimin olhou para ela, seus olhos cheios de emoção. Ele queria dizer mais, expressar o que estava sentindo, mas as palavras pareciam fugir dele. Em vez disso, ele simplesmente apertou a mão de , um gesto silencioso de apoio e compreensão.
0
Comente!x

   olhou para a mão deles, sentindo o calor reconfortante do toque de Jimin. Ela apertou a mão dele suavemente de volta, sabendo que não estava mais sozinha nessa jornada emocional.
0
Comente!x

***

  Enquanto o vento soprava suavemente, e Jimin permaneceram lado a lado, observando a casa à distância. A tensão no ar era palpável, mas a presença reconfortante de Jimin ao seu lado a ajudava a se sentir mais segura.
0
Comente!x

  Finalmente, o momento chegou. deu um passo hesitante em direção à casa, atravessando a rua, sua respiração acelerando. Jimin a acompanhou, sua mão ainda segurando a dela, fornecendo um apoio silencioso. Juntos, eles se aproximaram da porta.
0
Comente!x

   levantou a mão trêmula e bateu na mesma, o som ecoando no ar quieto. O coração dela batia tão forte que ela podia senti-lo pulsando em suas têmporas. Momentos intermináveis pareceram passar antes que a porta finalmente se abrisse.
0
Comente!x

  E lá estava ela – a mulher que não via há anos, sua mãe. Os olhos de se encheram de lágrimas enquanto ela olhava para o rosto envelhecido da mulher que a trouxe ao mundo. Sua mãe também parecia emocionada, seus olhos se arregalaram de surpresa e emoção.
0
Comente!x

  Por um momento, elas apenas se olharam, uma torrente de emoções passando entre elas. E então, as palavras começaram a fluir, carregadas de arrependimento e saudade.
0
Comente!x

  - Mãe… – sussurrou, sua voz embargada pelas lágrimas –
0
Comente!x

  - … – a voz da mãe tremeu, cheia de emoção –
0
Comente!x

  Ela deu um passo hesitante para frente, como se não acreditasse no que estava vendo.
0
Comente!x

   deixou as lágrimas rolarem por seu rosto enquanto ela se lançava nos braços da mãe. Um soluço escapou de seus lábios, uma mistura de dor e alívio. Sua mãe a abraçou com força, segurando-a como se temesse que ela desaparecesse.
0
Comente!x

  - Minha querida, meu Deus, como eu senti sua falta! – a mãe sussurrou, sua voz quebrando –
0
Comente!x

  Ela afagou os cabelos de com as mãos trêmulas. se afastou o suficiente para olhar nos olhos da mãe. Ela viu o arrependimento profundo nos olhos dela, as lágrimas brilhando. O coração de doeu ao ver a dor que sua mãe também carregava.
0
Comente!x

  - Mãe, eu… eu senti tanto a sua falta. Eu queria que você estivesse ao meu lado em todos esses anos difíceis! Eu queria que você acreditasse em mim… – começou, sua voz embargada pelas lágrimas –
0
Comente!x

  - , eu sei, meu amor! Eu sei que falhei com você de maneiras que não posso nem começar a explicar. Eu estava tão perdida, tão cega pelo meu próprio medo e culpa. Eu deveria ter acreditado em você, deveria ter te protegido… – a mãe soluçou, suas palavras cheias de remorso –
0
Comente!x

   soluçou junto com a mãe, abraçando-a novamente. Ela sentiu a tristeza e o arrependimento de ambos se misturarem, criando um laço de compreensão e perdão.
0
Comente!x

  - Mãe, eu também errei! Eu deveria ter tentado de novo, deveria ter insistido para que você me ouvisse. Nós duas cometemos erros, mas eu sinto que finalmente estamos nos encontrando novamente… – disse, suas palavras cheias de honestidade e vulnerabilidade –
0
Comente!x

  A mãe segurou o rosto de entre as mãos, olhando diretamente nos olhos dela. Seu olhar era repleto de amor e arrependimento.
0
Comente!x

  - Eu só quero que você saiba, , que eu estou aqui agora e estou pronta para enfrentar as consequências do meu passado e fazer o que for preciso para reconstruir nosso relacionamento… Eu te amo, minha filha, e estou tão, tão arrependida por tudo o que aconteceu! – a mãe disse, suas palavras carregadas de sinceridade –
0
Comente!x

   sorriu através das lágrimas, sentindo um peso sendo levantado de seus ombros. Ela abraçou a mãe com força, sentindo uma mistura de emoções – dor, perdão, amor.
0
Comente!x

  - Eu também te amo, mãe! E estou pronta para começarmos de novo, para construirmos um novo caminho juntas – respondeu, sua voz firme e cheia de esperança –
0
Comente!x

  Enquanto e sua mãe se abraçavam, Jimin observava a cena com os olhos úmidos, mal conseguindo conter suas próprias emoções. Ele podia sentir a intensidade do momento, a reunificação de uma mãe e filha que haviam passado por tanto sofrimento. Seu coração se apertou ao ver as lágrimas de alegria e alívio nos olhos de . Ele estava lá, testemunhando não apenas o reencontro entre mãe e filha, mas também a redenção de um relacionamento quebrado. Jimin não pôde deixar de sentir uma profunda admiração por e sua mãe, por terem a coragem de enfrentar o passado e buscar a cura juntas.
0
Comente!x

  Enquanto a mãe de afagava seus cabelos, Jimin sentiu um nó na garganta. Ele podia ver o genuíno arrependimento nos olhos dela, e isso o comoveu profundamente. Ele sabia que essa era uma oportunidade rara e preciosa de cura, e ele estava honrado por estar presente.
0
Comente!x

  À medida que e sua mãe compartilhavam suas palavras de arrependimento e perdão, Jimin sentiu um calor no peito. Ele podia sentir a energia emocional preenchendo o ambiente, e cada palavra dita parecia ser carregada com significado. Ele admirava a maneira como expressava sua vulnerabilidade e sinceridade, abrindo seu coração para a mãe.
0
Comente!x

  Quando disse que estava pronta para começar de novo e construir um novo caminho juntas, Jimin sentiu um orgulho imenso. Ele viu a força e a determinação dela em superar o passado e construir um futuro mais positivo. Era como se ele estivesse testemunhando uma transformação profunda e poderosa.
0
Comente!x

  Jimin deu um passo discreto para trás, dando-lhes espaço e privacidade para esse momento íntimo. Ele estava emocionado por estar ali, por fazer parte desse capítulo de cura na vida de . E enquanto observava mãe e filha se abraçarem novamente, ele sabia que essa cena ficaria marcada em sua memória como um exemplo inspirador de amor, perdão e redenção.
0
Comente!x

  O vento frio parecia não mais importar. O que importava era o reencontro, o perdão e a oportunidade de cura que estava diante delas. Naquele momento, sentiu que finalmente estava encontrando um capítulo de sua história que havia sido deixado em aberto por tanto tempo, e ela estava pronta para escrever um novo começo, cheio de amor e compreensão.
0
Comente!x

***

   sentia seu coração pesado enquanto observava as folhas de papel sobre a mesa da sala de reuniões. Ela sabia que essa decisão era necessária, mas não tornava a tarefa mais fácil. O ambiente estava silencioso, exceto pelo som suave do zumbido dos aparelhos eletrônicos. Depois do acontecido de duas noites atrás, quando os dois voltavam para a casa dela depois de seu encontro com sua mãe, onde num rompante Jimin havia simplesmente proposto que os dois fugissem… se arrependendo logo em seguida e dizendo a ela que esquecesse aquilo e não tocasse mais naquele assunto… Ela não podia mais continuar com aquela postura apática… Sabia que ele ainda sentia algo por ela, e que mesmo entre rompantes e arrependimentos, o que ele sentia ainda era real. Precisava lutar por Jimin e ela acreditava que aquele era um dos passos importantes.
0
Comente!x

  Ela desviou o olhar das folhas de papel e respirou fundo, tentando controlar a mistura de emoções dentro dela. A decisão de pedir demissão do trabalho era uma que ela vinha ponderando há algum tempo. Não era apenas uma questão de carreira, mas também uma maneira de reavaliar sua vida e o que ela realmente queria agora, apesar dos anos felizes na empresa e na profissão.
0
Comente!x

  - , você tem certeza? Eu não queria perder você como funcionária! Você é uma das melhores que eu tenho…
0
Comente!x

   encarou o chefe que tinha o semblante num misto de surpresa e tristeza.
0
Comente!x

  - Eu estive pensando muito sobre isso, – começou, sua voz refletindo sua determinação e incerteza – Minha jornada aqui no trabalho tem sido significativa, cheia de desafios e aprendizados… Mas também está na hora de seguir em frente, de explorar novas oportunidades e buscar um novo capítulo na minha vida!
0
Comente!x

  Ela olhou para as folhas de papel, seu currículo impresso ali como um lembrete de suas habilidades e ambições. sabia que essa decisão não seria fácil, mas ela estava disposta a enfrentar as mudanças e os desconhecidos que viriam com ela.
0
Comente!x

  - E uma promoção? A curto prazo… não te faria ficar? Eu realmente não sei o que vou fazer sem você no setor!
0
Comente!x

  - Uma promoção? – ela franziu o cenho – Que tipo de promoção?
0
Comente!x

  - Você subiria como gestora da área e eu colocaria a Chloe para ajudar o Jimin!
0
Comente!x

  Ela engoliu seco, aquilo seria o mais puro suco da tragédia. Abriu um sorriso nervoso e analisou os papéis outra vez.
0
Comente!x

  - Não! Eu agradeço! Sendo assim, você pode promover o Jimin… ele é bem mais capacitado que eu para ser gestor da área! Eu quero me permitir crescer, evoluir e encontrar um lugar onde possa me desenvolver plenamente, – ela continuou, sua voz mais firme agora – Eu sei que isso significa deixar para trás o conforto e a familiaridade deste trabalho, mas também sei que é a escolha certa para mim neste momento!
0
Comente!x

   sentiu um misto de emoções – excitação, medo, esperança – ela sabia que estava prestes a embarcar em uma jornada de autodescoberta e transformação. Assinou enfim os papéis de sua demissão e olhou para o futuro com determinação, sabendo que, independente do que viesse a seguir, estava pronta para enfrentar os desafios de cabeça erguida.
0
Comente!x

  Com um último olhar para as folhas de papel, finalmente se levantou da cadeira. Apertou as mãos do agora ex-chefe, que ainda estava pesaroso com a saída repentina dela, apesar de já terem conversado sobre no dia anterior. Ela deixou a sala de reuniões com um passo firme e determinado, sabendo que essa decisão marcaria o início de uma nova fase em sua vida. Enquanto ela fechava a porta atrás de si, sentiu um senso de liberdade e empoderamento, pronta para abraçar o desconhecido e moldar seu próprio destino.
0
Comente!x

***

  Os olhos de Jimin bateram na mesa vazia dela, estranhou quando ontem ao terminar o horário de trabalho ela estava sentada em frente ao armário que havia dentro da sala deles, como se estivesse o organizando ou algo do tipo e hoje já não havia nada além do notebook dela sobre a mesa… nada mesmo. Nenhum porta-retrato, sua caneca, seus objetos de trabalho, nada!
0
Comente!x

  Ele engoliu seco sentindo o coração acelerar. O que tinha acontecido? E porque ele estava se sentindo estranho daquele jeito? Se sentou em sua mesa, ainda encarando a mesa de . No entanto, seu turbilhão de pensamentos foi interrompido quando a porta se abriu novamente, revelando o chefe com uma expressão séria. Jimin se levantou imediatamente, sua apreensão aumentando ainda mais.
0
Comente!x

  - Jimin, podemos conversar por um momento? – perguntou o chefe, sua voz calma, mas carregando um tom de seriedade –
0
Comente!x

  Jimin assentiu, preocupação e curiosidade misturadas em sua expressão. Ele assistiu enquanto o chefe fechava a porta atrás de si e se sentava em uma das cadeiras.
0
Comente!x

  O chefe olhou para Jimin, avaliando-o por um momento antes de suspirar e começar:
0
Comente!x

  - Houve uma mudança aqui na equipe, Jimin. pediu demissão!
0
Comente!x

  As palavras atingiram Jimin como um soco no estômago. Ele sentiu como se o chão tivesse sido puxado debaixo de seus pés. Ele piscou algumas vezes, tentando assimilar a notícia.
0
Comente!x

  - O quê? Pediu demissão? Por quê? – Jimin perguntou, sua voz um pouco mais alta do que ele pretendia –
0
Comente!x

  O chefe assentiu, compreendendo sua reação.
  - Ela mencionou que sentia que era hora de explorar novas oportunidades, seguir em frente e crescer em sua carreira de uma maneira diferente.
0
Comente!x

  Jimin sentiu uma mistura de emoções dentro de si. Choque, confusão, tristeza e até uma pontada de mágoa. Ele não tinha ideia de que estava pensando em deixar o emprego. Ele olhou para a mesa dela novamente, como se procurasse por alguma evidência de que aquilo não era real.
0
Comente!x

  - Eu… Eu não sabia que ela estava considerando isso! – Jimin admitiu, sua voz um pouco mais controlada agora –
0
Comente!x

  O chefe inclinou a cabeça, expressando compreensão.
  - Eu sei que pode ser difícil de digerir Jimin, mas, às vezes, as pessoas precisam seguir seu próprio caminho!
0
Comente!x

  Jimin passou a mão pelos cabelos, frustração e pesar se misturando. Ele lembrava de todas as vezes que compartilhou risadas, preocupações e até mesmo silêncios confortáveis com durante o trabalho. Era difícil acreditar que isso estava prestes a mudar.
0
Comente!x

  - Eu só… vou sentir falta dela… – Jimin admitiu, sua voz embargada –
0
Comente!x

  O chefe ofereceu um sorriso compreensivo.
  - Eu sei, Jimin… E é natural sentir falta de alguém com quem você compartilhou tanto! Mas lembre-se de que as pessoas seguem seus próprios caminhos por razões pessoais…
0
Comente!x

  Jimin assentiu lentamente, sua mente ainda processando a notícia. Ele sabia que precisava encontrar uma maneira de lidar com essa mudança. Enquanto absorvia a realidade de que não estaria mais ali, ele se deu conta de que teria que descobrir como seguir em frente, mesmo que isso significasse enfrentar um futuro sem a presença constante dela ao seu lado. Ele não conseguiu impedir o sentimento de culpa de invadi-lo aos poucos. Teria sido por causa dele? Por causa do que o relacionamento entre os dois tinha se tornado?
0
Comente!x

  - Eu vou trazer a de volta para cá e vou deixar a Chloe assumir o setor dela! Até que eu contrate outra pessoa para ajudar a Chloe… ou você prefere que eu traga a Chloe… vocês também eram próximos!
0
Comente!x

  Jimin respirou fundo, processando as palavras do chefe. Enquanto ele refletia sobre a sugestão do chefe de trazer de volta e a possibilidade de trabalhar mais de perto com Chloe, ele sabia que precisava ser honesto sobre seus sentimentos.
0
Comente!x

  - Eu realmente aprecio a oferta… – ele começou, sua voz calma e sincera – No entanto, acho que seria melhor trazer a de volta… Nós também temos uma boa dinâmica de trabalho, e acho que seria mais confortável para nós dois!
0
Comente!x

  Ele olhou para o chefe, mantendo seu tom respeitoso e firme ao mesmo tempo. Ele sabia que a decisão estava nas mãos do chefe, mas queria expressar sua preferência de maneira educada e delicada.
0
Comente!x

  - Chloe é uma excelente profissional, mas acredito que a colaboração com a funcionaria melhor para o nosso fluxo de trabalho. Além disso, considerando o momento de mudança que estamos enfrentando, manter essa familiaridade seria positivo para todos nós…
0
Comente!x

  O chefe assentiu, parecendo compreender a perspectiva de Jimin. Ele fez uma anotação em seu caderno antes de olhar novamente para Jimin.
0
Comente!x

  - Agradeço pela sua opinião, Jimin. Vou levar isso em consideração ao tomar a decisão. Quero que saiba que estamos aqui para apoiar você durante essa transição e que estamos abertos a discussões sobre como tornar essa mudança mais suave para todos!
0
Comente!x

  Jimin assentiu, agradecendo pela compreensão do chefe. Enquanto eles continuavam a discutir os próximos passos, Jimin sentiu um senso de responsabilidade em relação ao setor e ao seu próprio crescimento profissional. Ele sabia que teria que se adaptar a essa nova realidade, encontrar novas maneiras de colaborar e continuar avançando, mesmo com o buraco que começava a se formar em seu peito pela ausência de .
0
Comente!x

***

  O telefone dele tocou dentro do bolso da calça e ele o retirou, encarando o nome dela lá na tela, brilhando. Com os olhos começando a marejar, ele contou mentalmente antes de atender: 10!
0
Comente!x

  - Você é maluca ? Porque fez isso? – ele apoiou uma das mãos no próprio carro – Pode me explicar? Você me disse diversas vezes que não seria justo que nenhum de nós dois abdicasse do trabalho, já que nós dois amávamos o que fazíamos!
0
Comente!x

   já esperava uma reação como aquela vindo da parte dele, então ela suspirou.
0
Comente!x

  - Onde você está? Eu vou até você…acho que precisamos nos olhar nos olhos para termos essa conversa!
0
Comente!x

  Jimin olhou para o horizonte encarando a praia que começava a esvaziar, assim como o sol começava a se pôr. Gostava de hora ou outra dar uma passada pela praia quando a cabeça falava muito.
0
Comente!x

  - Se você realmente vier, vai ser pela última vez! Ou a gente se acerta em definitivo e resolve essa merda toda, ou a gente nunca mais se vê… e … se você se importa, não me deixe ir! Você sabe, se eu for, agora não volto mais!
0
Comente!x

  Ele desligou a ligação e enviou sua localização para ela. Ele desabotoou alguns botões da camisa social que usava, buscando um pouco mais de conforto em meio à tensão. Depois, dirigiu-se a um dos quiosques que conhecia bem e pegou uma cerveja, tentando encontrar alguma calma.
0
Comente!x

  Ele sentou-se na areia, observando o mar e aguardando. Se aparecesse, ele sabia que seria o momento de resolver as questões pendentes entre eles. Era uma conversa que não podia mais ser adiada. Ele tomou um gole de sua cerveja, preparando-se mentalmente para enfrentar tudo o que viria a seguir.
0
Comente!x

***

  O céu estava tingido de tons quentes de laranja e rosa conforme o sol se punha no horizonte, sentado na areia ele olhava para o mar enquanto esperava, perdido em seus próprios pensamentos.
0
Comente!x

  Pouco tempo depois, ele notou a figura de se aproximando, seus passos determinados enquanto ela se aproximava. Seu coração deu um salto, uma mistura de ansiedade e antecipação percorrendo suas veias.
0
Comente!x

   se aproximou dele com uma expressão mista de determinação e apreensão. Seus olhares se encontraram, e ambos pareciam presos em um momento carregado de significado. Ela delicadamente se sentou ao lado dele, sendo praticamente devorada por seus olhos cheios de dúvidas.
0
Comente!x

  - Jimin… – começou, sua voz suave, mas carregada de emoção – Eu sei que você está confuso e chateado com a minha decisão, e eu entendo por quê. Eu precisava conversar pessoalmente para explicar…
0
Comente!x

  Jimin assentiu, sua expressão séria, mas seus olhos revelavam a turbulência de sentimentos que estava experimentando.
0
Comente!x

  - Eu sei que conversamos várias vezes sobre como não queríamos que nossas vidas pessoais interferissem em nosso trabalho. Mas, Jimin, eu percebi que eu estava usando isso como uma desculpa para evitar enfrentar meus próprios medos e problemas… – disse com sinceridade, seus olhos encontrando os dele – Eu não queria mais continuar fugindo, não só do meu passado, mas também de mim mesma.
0
Comente!x

  Jimin ouviu atentamente, sentindo o nó em sua garganta apertar à medida que as palavras dela penetravam em sua mente. Ele não conseguia evitar a sensação de que havia algo mais profundo acontecendo, algo que ia além da demissão.
0
Comente!x

  - Eu preciso me redescobrir, me curar e encontrar meu próprio caminho. E eu não posso fazer isso enquanto estiver presa em uma situação que só me lembra do passado…
0
Comente!x

  - Então eu já sou passado? – os olhos dele marejando –
0
Comente!x

   abaixou os olhos por um momento, lutando contra as lágrimas que ameaçavam escapar. Ela levantou o olhar novamente, seus olhos encontrando os dele com ternura.
0
Comente!x

  - Sempre te guardei como um segredo, daqueles que não fazem mal a ninguém, só a mim…
0
Comente!x

  Jimin suspirou alto, bagunçando os cabelos com as mãos. Ele não queria mais resolver nada! Os dois não tinham solução, eram uma completa bagunça, um caos! Ele se levantou, pegou seus sapatos e começou a caminhar. permaneceu sentada, encarando as costas dele.
0
Comente!x

  - Então é assim o fim? Esse vazio, esse silêncio, essa tristeza e essa vontade desesperada de te chamar? Enquanto minha ansiedade ataca colocando vozes na minha cabeça tentando me culpar por tudo, enquanto meu coração, coitado, já cansado de apanhar, tenta a todo custo me consolar e dizer que vai ficar tudo bem, que sempre fica tudo bem, e que nem tudo é culpa minha! E nesse redemoinho de sentimentos, pensamentos e vontades eu chego a cogitar que enlouqueci… Com o choro preso na garganta, com as palavras remoendo meu peito, pois sinto que meus amigos já não aguentam mais ouvir a mesma história… Mas sou eu que não aguento mais, sou eu quem quer desligar tudo isso! Como mágica, sabe? Sem drama… Só o fim em seu estado mais puro, sem toda essa guerra que destrói tudo em mim. Afinal, era pra ser o nosso fim, não o meu.
0
Comente!x

  Jimin parou de andar enquanto ouvia falar e então ele deixou as lágrimas correrem por seu rosto. Se virou de frente para ela, caminhando outra vez em sua direção. continuava sentada, observando o mar.
0
Comente!x

  - Eu só espero que um dia você lembre do quanto eu te amei! E não te desejo isso como forma de punição, eu só quero que você perceba que eu te amava e você me quebrou… – ele fechou os olhos enquanto as lágrimas desciam por suas bochechas –
0
Comente!x

  -Foi amor para mim também Jimin! Desde o começo da implicância, até o tchau que eu não queria ter dito!
0
Comente!x

  - Com você vivi o tudo e o nada, e aposto que o destino riu do nosso fim: tão bons juntos, tão ruins em durar… Assistimos nosso amor arder feito chama e vimos as labaredas consumir tudo de nós. Fomos a estrela mais brilhante no coração um do outro, e acabamos como uma supernova… um fim digno de tudo que fomos!
0
Comente!x

  - Então, é isso? Chegamos mesmo ao fim? – finalmente desviou os olhos para ele –
0
Comente!x

  Jimin não sabia o que responder para ela, ele apenas balançou a cabeça antes de enxugar as próprias lágrimas.
0
Comente!x

  - No final eu preferi atirar em mim mesmo do que apontar a arma pra você. Você não se preocupou em estancar o sangue que escorria do meu coração, me negou socorro. E assim eu morri quando a bala do seu amor perfurou em cheio meu peito…
0
Comente!x

   se levantou, batendo as mãos pela saia jeans para tirar a areia do tecido e se aproximou dele. Os olhos dela também brilhavam, cheios de lágrimas.
0
Comente!x

  - Você era meu oposto em carne e osso, e meu polo diferente do teu se atraia mais e mais pela tua boca e teu riso aberto… Nossa inconstância me tirava o juízo na mesma medida que eu queria tirar sua roupa, e sabia que me entregar a você seria minha perdição! – ela pausou enquanto subia uma das mãos até o rosto de Jimin – Te encontrei em personagens de filmes minuciosamente criados para darem errado e serem consertados pela mocinha do filme, e eu nunca fui mulher de consertar ninguém! Tinha medo que você fosse embora porque sabia que nunca mais nossos olhares iriam se cruzar novamente, só não sabia que mesmo depois da partida, teus olhos ainda iam habitar minha mente… é uma droga não te ter aqui, mas a realidade é bem diferente dos filmes de romance!
0
Comente!x

  Jimin se deixou ser acariciado por ela enquanto fechava os olhos. A amava tanto que sentia o peito doer. continuou, deixando suas lágrimas correrem livremente também:
0
Comente!x

  - A vida me ensinou que amor não se implora, mas como eu quis naquele momento te implorar pra ficar! Teu coração machucado não reconheceu no meu coração machucado um ponto de paz, lugar pra ficar. Meu medo gritou mais alto do que a vontade de te ter e eu simplesmente corri, mesmo querendo desesperadamente ficar… Não me permiti durar mais um par de horas segurando tuas mãos porque senti que tu podia esmagar meu peito com os mesmos dedos que passeavam pelos meus cabelos… Te quis ao ponto de ter vontade de gritar teu nome na avenida principal, e sei que o mesmo sentimento correu nas tuas veias Jimin! Mesmo quando você virou as costas e foi embora, eu senti que queria permanecer em nós. Mas você está machucado demais… E meu peito também sangra!
0
Comente!x

  Jimin abriu os olhos e encostou a testa na dela, segurando-a pela nuca. Os olhos dele estavam marejados enquanto ouvia cada palavra que dizia. Ele sentia uma mistura de dor, tristeza e arrependimento tomando conta de seu coração. Cada frase dela era como uma flecha que atingia em cheio seu peito, fazendo-o reviver os momentos que compartilharam e os sentimentos intensos que nutriam um pelo outro.
0
Comente!x

  - Antes do nosso nós, tropeçamos em braços demais que não souberam nos segurar! O nosso nós seria épico se não tivéssemos explodido e estilhaçado por dentro… Queria ter tido a oportunidade de te amar bonito e ser amada de volta, mas nos amaram tão errado que a gente não soube amar certo… e que pena…
0
Comente!x

  As lágrimas escaparam dos olhos de Jimin, misturando-se com as de enquanto eles compartilhavam um momento íntimo e vulnerável. Ele sentia a conexão profunda que tinham, mesmo diante das circunstâncias difíceis que os levaram àquele ponto.
0
Comente!x

  Enquanto ela continuava a falar sobre o medo de se machucarem mutuamente, Jimin apertou suavemente sua nuca, mantendo seus rostos próximos. Ele podia sentir a angústia dela, assim como compartilhava a mesma preocupação. Ele queria protegê-la, mas também sabia que ambos estavam feridos e precisavam de uma solução para toda aquela dor.
0
Comente!x

  Quando mencionou a sensação de que seus corações sangravam, Jimin pressionou seus lábios suavemente contra os dela, buscando um momento de conforto e conexão. Ele podia sentir o calor do beijo compartilhado, a mistura de tristeza e amor que fluía entre eles.
0
Comente!x

  Finalmente, quando se afastaram, Jimin abriu os olhos e olhou nos olhos dela, sua expressão carregada de emoção. Ele acariciou sua bochecha com o polegar, perdendo-se na profundidade do olhar dela.
0
Comente!x

  Jimin voltou a caminhar para longe dela, com o coração batendo rápido.
0
Comente!x

  - Se ainda quiser fugir comigo, eu não desisti! Se você estiver ouvindo isso… Eu sobrevivi Jimin!
0
Comente!x

  Ele parou, mas continuou de costas para ela, absorvendo as palavras que ela dizia agora.
0
Comente!x

  - O sol se pôs tão lindo! A gente não tem que se preocupar mais! Faz a mala e me encontra no infinito… A gente só vai precisar de amor e paz!
0
Comente!x

  Jimin respirou fundo com toda sua força e então se virou para ela outra vez, os dois estavam distantes o suficiente um do outro para se tocarem, então eles só se encaravam.
0
Comente!x

  - Eu tô cansada de esperar! Eu juro que não vai faltar nada pra nós dois! E, meu Deus, tanta vida tem lá fora! Não me deixa ir agora… Só te peço essa chance de ficar!
0
Comente!x

  Silêncio por alguns segundos.
  - No fim do túnel, continuei andando até te ver… Eu sempre soube que aquela luz só podia ser você! Segura a minha mão e vamos embora… – ela ergueu a mão para ele – Não tem hora melhor que agora! Olha bem pra mim, eu não volto atrás quando eu digo sim! Eu nem preciso repetir que eu tô cansada de esperar Jimin…
0
Comente!x

  Ele caminhou, encurtando a distância entre os dois e segurando a mão dela com força, fechou os olhos.
0
Comente!x

  - Como eu posso te dizer que não? Aceitar que é um erro e te apagar da minha mente? Quantas vezes menti ao disfarçar a tristeza que há por trás dessa falsa alegria? De rir pra não chorar… eu cheguei ao ponto de perder a razão! E se segui resistindo, foi por amor! Eu cheguei a te buscar em outros lábios, te sentir em outras mãos, apagar nosso passado e não te dar mais bola! Quantas vezes tive que me disfarçar? Esconder a realidade enquanto morria pra te ter!
0
Comente!x

  Voltou a encostar a testa na dela, enquanto roçava vagarosamente o nariz no dela, que também fechou os olhos. Os lábios de encontraram os de Jimin em um beijo lento e suave, como se estivessem explorando um novo território cheio de promessas. Era um beijo cheio de emoções intensas, um misto de desejo reprimido e amor profundo. Eles se aproximaram lentamente, como se quisessem sentir cada centímetro da pele um do outro antes de finalmente se entregarem.
0
Comente!x

  No momento em que seus lábios se tocaram, uma corrente elétrica percorreu seus corpos, enviando arrepios pela espinha de ambos. envolveu seus braços em volta do pescoço de Jimin, puxando-o suavemente para mais perto. Seus lábios se moveram em harmonia, explorando um ao outro com ternura e paixão. As mãos de Jimin encontraram a cintura de , segurando-a com firmeza enquanto ele a puxava para si. O beijo era um turbilhão de emoções, uma mistura de saudade, perdão e esperança. Eles se entregaram completamente ao momento, esquecendo o mundo ao redor e focando apenas nas sensações que estavam compartilhando.
0
Comente!x

  À medida que o beijo continuava, sentia seu coração bater acelerado contra o peito, cada batida uma confirmação do amor que sentia por Jimin. Seus lábios se moveram em um ritmo mais apaixonado, um desejo fervente que havia sido contido por tanto tempo finalmente se manifestando. Jimin acariciou suavemente as costas de , suas mãos traçando padrões reconfortantes em sua pele. Ele sentia como se estivesse derretendo por dentro, todo o peso das incertezas e tristezas do passado sendo substituído pela calorosa certeza de que eles estavam onde pertenciam.
0
Comente!x

  Quando finalmente se separaram, suas respirações estavam sincronizadas, seus olhos se encontrando com um brilho de conexão intensa. mordeu o lábio inferior, seu olhar fixo nos lábios de Jimin, como se estivesse desejando mais.
0
Comente!x

  Jimin acariciou o rosto dela com os polegares, seus olhos percorrendo cada traço de seu rosto como se quisesse gravar cada detalhe em sua memória.
0
Comente!x

  - … – sussurrou ele, sua voz rouca de emoção – Eu te amo! E estou disposto a enfrentar tudo ao seu lado! Tudo!
0
Comente!x

   sorriu, seus olhos se enchendo de lágrimas de felicidade. Ela segurou a mão de Jimin, entrelaçando seus dedos.
0
Comente!x

  - Jimin, eu… – sua voz tremeu levemente enquanto ela lutava para encontrar as palavras certas – Eu sei que cometi erros, agi com imaturidade no passado e deixei que o medo me guiasse. Eu não estava pronta para enfrentar meus sentimentos, para lidar com o que tínhamos. Mas agora… agora eu entendi! Entendi que nosso amor é forte demais para ser abandonado, que vale a pena lutar por ele, por nós… Eu quero fazer as coisas certas dessa vez, quero cuidar de você, assim como sei que você vai cuidar de mim. Quero aprender, crescer e construir um futuro juntos, onde o passado não nos atormente mais. Estou disposta a enfrentar qualquer desafio, qualquer obstáculo, contanto que seja ao seu lado. Eu te amo, Jimin, mais do que posso expressar em palavras!
0
Comente!x

  Jimin a encarou, seus olhos cheios de admiração e ternura. Ele puxou para um abraço apertado, deixando que as lágrimas caíssem livremente dos olhos de ambos. Era como se aquele abraço fosse uma promessa silenciosa, um compromisso renovado de que eles dariam o seu melhor um ao outro, superando as adversidades e construindo um amor verdadeiro e duradouro.
0
Comente!x

  Enquanto estavam envolvidos no abraço, levantou o rosto e olhou nos olhos de Jimin, um brilho determinado em seu olhar.
0
Comente!x

  - Jimin, eu quero fazer algo que não tivemos a chance de fazer direito antes! Eu quero que a gente comece de novo, mas de uma forma mais séria, mais madura… Eu quero te pedir algo, Jimin. Quero te pedir… – sua voz se encheu de coragem enquanto ela segurava as mãos dele com firmeza – Quero te pedir em namoro, oficialmente! Quero ter a honra de ser a sua namorada e construir esse futuro que falamos juntos…
0
Comente!x

  Jimin a olhou surpreso por um momento, antes de um sorriso radiante se espalhar por seu rosto. Ele segurou as mãos dela com carinho antes de gargalhar.
0
Comente!x

  - , você não sabe o quanto eu desejei ouvir essas palavras… na verdade o quanto eu desejei ouvir você dizendo sim para mim! E é claro que eu aceito, com todo o meu coração… Eu quero ser seu namorado, quero estar ao seu lado, enfrentar as dificuldades e celebrar as alegrias. Eu te amo, !
0
Comente!x

   soltou um suspiro aliviado e feliz, sentindo como se um peso tivesse sido retirado de seus ombros. Ela se aproximou ainda mais de Jimin e o abraçou com ternura, sentindo-se completa e confiante no caminho que estavam escolhendo trilhar.
0
Comente!x

  E ali, sob o céu tingido de cores suaves do pôr do sol, Jimin e trocaram um beijo doce e cheio de significado.
0
Comente!x

***

  Eles estavam sentados no sofá, compartilhando um momento tranquilo enquanto conversavam sobre planos futuros e sonhos. As palavras fluíam suavemente entre eles, mas havia algo mais, um olhar intenso que comunicava muito além do que as palavras poderiam expressar. A TV estava ligada na série que os dois haviam começado a maratonar juntos, a pipoca estava quase acabando e mantinha a cabeça no peito de Jimin, que subia e descia tranquilamente.
0
Comente!x

  O clima no apartamento estava aconchegante, a iluminação suave criando uma atmosfera íntima. levantou o olhar, seus olhos se encontrando com os de Jimin em um silencioso entendimento. A série na TV já não parecia tão interessante quanto a eletricidade que preenchia o ar entre eles.
0
Comente!x

  Jimin passou os dedos carinhosamente pelos cabelos de , sua respiração acelerando levemente. Ele podia sentir o calor do corpo dela contra o seu, uma sensação deliciosa que enviava arrepios por sua espinha.
0
Comente!x

  Enquanto seus olhos continuavam travados um no outro, Jimin moveu sua mão da cabeça de para acariciar sua bochecha delicadamente. Ele inclinou a cabeça levemente, capturando seus lábios em um beijo suave e cheio de intenção.
0
Comente!x

   suspirou contra seus lábios, seus olhos se fechando enquanto se entregava ao beijo apaixonado. Ela ajustou sua posição no sofá, ficando mais perto de Jimin, suas mãos explorando o peito dele de maneira tímida, mas cheia de desejo.
0
Comente!x

  Jimin segurou sua cintura com firmeza, puxando-a ainda mais para si. O beijo se aprofundou, suas línguas dançando em perfeita sintonia. podia sentir as batidas aceleradas do coração de Jimin sob suas mãos, uma prova tangível do desejo que ele também estava sentindo.
0
Comente!x

  Enquanto o beijo continuava, Jimin deslizou uma mão pela coxa de , suas carícias lentas e provocativas deixando um rastro de calor por onde passavam. gemeu baixinho, os lábios deles se separando por um momento enquanto ela buscava ar.
0
Comente!x

  Jimin aproveitou o momento para beijar o pescoço de , seus lábios trilhando um caminho suave pela pele dela. Ele podia sentir a pulsação acelerada dela sob seus lábios, cada toque deixando uma marca.
0
Comente!x

   inclinou a cabeça para o lado, dando-lhe acesso livre ao seu pescoço enquanto suas mãos acariciavam os ombros musculosos de Jimin. Ela soltou um suspiro arrepiante quando ele encontrou um ponto sensível logo abaixo de sua orelha, suas mãos se fechando levemente na camiseta dele.
0
Comente!x

  Jimin ergueu os olhos para encontrá-la, seu olhar ardente de desejo. Ele segurou seu queixo suavemente, guiando seus lábios de volta aos dela. O beijo agora era mais urgente, mais intenso, suas línguas dançando em uma sinfonia de paixão.
0
Comente!x

  A série na TV continuou passando em segundo plano, suas vozes e risadas preenchendo o apartamento enquanto eles se entregavam ao desejo que havia crescido entre eles. Cada toque, cada carícia, cada beijo os aproximava ainda mais, selando o amor que compartilhavam e o fogo que os consumia.
0
Comente!x

  Eles exploravam um ao outro com um fervor crescente, suas mãos e lábios traçando um mapa dos desejos e anseios que haviam mantido guardados por tanto tempo. O sofá, agora testemunha silenciosa de sua paixão desenfreada, os envolvia em um abraço caloroso, proporcionando um refúgio para a entrega completa que estavam prestes a compartilhar.
0
Comente!x

   gemeu suavemente quando Jimin deslizou uma mão por baixo de sua blusa, seus dedos traçando um caminho lento pela pele sensível do seu abdômen. Ela se arrepiou com o toque, sentindo as borboletas agitarem-se em seu estômago. Jimin continuou a beijá-la com paixão enquanto suas mãos exploravam cada centímetro do corpo dela, como se estivesse com fome de suas curvas e contornos. se entregou totalmente àquele momento, suas mãos percorrendo os músculos definidos de Jimin por baixo da camiseta também.
0
Comente!x

  Ele a ergueu gentilmente, fazendo com que ela se acomodasse no colo dele. Os olhos deles se encontraram novamente, faíscas de desejo e amor ardendo entre eles. envolveu as pernas em torno da cintura de Jimin, aproximando-se ainda mais dele.
0
Comente!x

  Jimin a carregou com cuidado, levando-a em direção ao quarto com passos firmes e determinados. O desejo pulsava em suas veias, mas havia algo mais profundo e significativo em seus olhares. Era a conexão profunda que compartilhavam, a promessa de amor e intimidade que os unia.
0
Comente!x

  Ao chegarem ao quarto, Jimin a colocou com delicadeza sobre a cama, seus olhos nunca deixando os dela. se apoiou nos cotovelos, observando enquanto Jimin se aproximava lentamente, sua expressão repleta de admiração e desejo.
0
Comente!x

  Jimin se inclinou sobre ela, capturando seus lábios em outro beijo apaixonado. Suas mãos exploravam cada parte exposta da pele um do outro, cada toque e carícia alimentando o fogo que ardia entre eles.
0
Comente!x

  Lentamente, Jimin desfez o beijo e começou a distribuir beijos suaves pelo pescoço de , suas mãos deslizando pela lateral do seu corpo. suspirou, fechando os olhos e inclinou a cabeça para trás, dando-lhe mais acesso.
0
Comente!x

  As mãos de Jimin encontraram o fecho da blusa de , seus dedos hábeis abrindo os botões um a um. Ele deixou um rastro de beijos pela pele revelada, suas mãos acariciando sua barriga enquanto ele se movia. Quando a blusa caiu no chão, o puxou de volta para um beijo ardente, suas mãos indo direto para a camiseta dele. Ela deslizou as mãos por baixo do tecido, sentindo a pele quente e macia de Jimin sob seus dedos.
0
Comente!x

  Jimin afastou-se por um momento, retirando a camiseta e revelando seu peito esculpido… apreciou a visão, seus olhos percorrendo cada detalhe do corpo dele com desejo evidente. Ela o puxou de volta para um beijo voraz, suas mãos explorando agora livremente a pele exposta, deixando os arranhões que ele tanto gostava em suas costas.
0
Comente!x

  - Eu senti tanta saudade de você… – ele sussurrou no ouvido dela –
0
Comente!x

   gemeu baixinho em resposta a Jimin, seus lábios roçando suavemente na pele quente do pescoço dele. Suas mãos exploravam cada músculo, cada contorno do corpo que ela tanto desejava… Quando ele sussurrou aquelas palavras no ouvido dela, um arrepio percorreu a espinha de . Ela ergueu os olhos para encontrar o olhar intenso de Jimin, seus corações batendo em um ritmo acelerado.
0
Comente!x

  - Eu também senti muita saudade, Jimin… – ela murmurou com voz rouca, seus dedos traçando um caminho suave pelo peito dele antes de descerem pela linha dos músculos abdominais – Cada momento longe de você foi uma tortura… E agora, estar aqui assim, é como um sonho que finalmente se tornou realidade.
0
Comente!x

  Seus lábios voltaram a se encontrar em um beijo ardente, cheio de paixão acumulada. se entregou completamente ao momento, suas mãos explorando e acariciando cada centímetro da pele dele, como se estivesse memorizando cada sensação.
0
Comente!x

  Enquanto eles se perdiam naquela dança apaixonada, o restante das roupas caíram uma a uma, até que ambos estavam completamente nus e entregues um ao outro. O quarto estava mergulhado em um calor intenso, a atmosfera carregada de eletricidade e desejo.
0
Comente!x

  Quando os lábios de Jimin se encostaram em seu mamilo, sugando o mesmo, arqueou as costas e aprofundou os arranhões por sua pele, grudando os corpos ainda mais. A língua dele dançava por lá enquanto ele levava uma das mãos até sua intimidade, que naquele momento já estava encharcada pelo desejo que sentia por ele.
0
Comente!x

  Com movimentos circulares sobre seu clítoris, sentiu os músculos do corpo tremerem com a onda de prazer que a invadiu, e gemeu alto quando ele lhe abocanhou o seio todo e intensificou os movimentos em seu clitóris. Logo um dos dedos de Jimin estava dentro dela, fazendo-a agarrar seus cabelos com força.
0
Comente!x

  Jimin deixou um sorriso de canto escapar enquanto deixava seu pescoço totalmente livre para ela, que depositou alguns beijos por lá, voltando a gemer logo em seguida. sentiu o calor crescente dentro dela, uma necessidade avassaladora de se fundir com Jimin de uma maneira mais profunda. Seus olhos se encontraram novamente, e ela sussurrou com voz rouca:
0
Comente!x

  - Jimin, eu… quero você. Quero sentir você completamente, cada parte de você, como se fôssemos um só!
0
Comente!x

  A resposta dele foi um beijo cheio de desejo e cheio de promessas de uma conexão ainda mais intensa.
0
Comente!x

  - … – sua voz estava carregada de emoção e desejo, suas mãos acariciando suavemente o rosto dela – Eu também quero isso, mais do que posso expressar em palavras! Quero que saiba que meu coração e minha alma são seus, que cada batida do meu peito é por você. Quero sentir cada toque, cada carícia como se fossem uma promessa de amor eterno entre nós…
0
Comente!x

  Ele a beijou novamente, mas dessa vez com um misto de ternura e paixão, como se estivesse selando aquele compromisso com cada movimento de seus lábios contra os dela. Suas mãos percorreram delicadamente a curva de sua cintura, traçando um caminho de fogo em sua pele. Os dois se separaram apenas para que Jimin pegasse o preservativo no criadinho ao lado da cama e vestisse o próprio membro. fechou os olhos, com a respiração descompassada.
0
Comente!x

  Ele a puxou para mais perto, seus lábios se encontrando novamente em um beijo ardente e apaixonado. Naquele momento, não havia mais nada além deles, da paixão que os envolvia e da promessa de um amor intenso e duradouro. Quando Jimin encostou a cabeça do membro em sua entrada já úmida e pronta para recebê-lo, soltou um suspiro seguido de um gemido, sabendo que ela queria aquilo com toda a sua alma, ele a penetrou, soltando um gemido de satisfação por estar dentro dela novamente depois de tanto tempo e com tanto significado.
0
Comente!x

   arfou com força e então colocou as duas mãos sobre o peito definido de Jimin, cravando as unhas lá enquanto se ajustava a ele depois de tanto tempo. Ela se sentia incrivelmente completa, com ele ali agora, dentro dela! Os lábios grudaram um no outro, outra vez e as línguas se chocaram com força quando ele começou a se movimentar dentro dela, com calma e precisão. A sensação era tão extasiante que os dois soltaram os lábios para gemer juntos. As pontas dos narizes coladas uma na outra enquanto ele entrava e saia de dentro de .
0
Comente!x

  - Ah… Jimin! – ela chamou o nome dele enquanto embrenhava as mãos pelos cabelos dele outra vez –
0
Comente!x

  - Eu amo você! – ele sussurrou de volta para ela enquanto aumentava o ritmo das estocadas e fechava os olhos com força –
0
Comente!x

  Mais algumas investidas rápidas e profundas dentro dela e se entregou ao orgasmo, deixando um gemido alto sair de seus lábios e preencher os ouvidos e o quarto de Jimin, fazendo-o sorrir completamente satisfeito. Agora, mais devagar, com movimentos, mais tranquilos, foi a vez dele chegar ao clímax, gemendo mais baixo, ao pé do ouvido dela, que ainda tentava se recuperar da intensidade do próprio orgasmo.
0
Comente!x

  Era o início de uma nova jornada íntima e emocional que os levaria a descobrir um novo nível de conexão e intimidade entre seus corações e corpos.
0
Comente!x

***

  Jimin saiu do banho, vestindo uma calça jeans e uma camiseta, gotas de água ainda escorrendo por seu corpo. estava no quarto, colocando uma das camisetas dele por cima de sua calcinha, quando ouviu a campainha tocar. Ela arqueou uma sobrancelha, um pouco confusa, e rapidamente puxou a camiseta para baixo, tentando se cobrir um pouco mais. Enquanto ela caminhava em direção à porta, ouviu a voz de Jimin chamando-a:
0
Comente!x

  - , a comida chegou!
0
Comente!x

  Ela abriu a porta, pronta para receber a entrega, mas o que viu do outro lado a deixou completamente surpresa e um tanto nervosa. Era a mãe de Jimin, uma mulher elegante que ela só conhecia pelas fotos. Seus olhos se arregalaram ao ver a mulher ali parada, e se viu imediatamente consciente de sua própria vestimenta.
0
Comente!x

  Ela puxou a camiseta com um movimento rápido, tentando se sentir mais coberta e composta. Os olhos da senhora Park passearam por ela, e depois a então sogra a encarou com curiosidade.
0
Comente!x

  - Desculpe, talvez eu tenha errado de apartamento!
0
Comente!x

  - Não! – engoliu seco – A senhora não errou! É aqui mesmo!
0
Comente!x

  Os olhos da mulher passearam por outra vez, começando a entender o que poderia estar acontecendo…
0
Comente!x

  - Você conhece o meu filho, suponho…
0
Comente!x

  Quando abriu a boca para falar, por sorte Jimin apareceu. Arregalando os olhos também ao ver a mãe lá parada na porta, com vestida daquele jeito.
0
Comente!x

  - Ah, é mesmo? Jimin, por que você não me disse que tinha companhia? – ela perguntou, levantando uma sobrancelha de forma intrigada –
0
Comente!x

  - Mãe! Você não avisou que vinha… e o porteiro também não! Como eu ia avisar você!
0
Comente!x

  Jimin coçou a nuca, visivelmente envergonhado.
  - Bem, mãe, é que… – ele começou a explicar, mas o interrompeu com um sorriso constrangido –
0
Comente!x

  - Desculpe, Sra. Park, por qualquer confusão! Nós só estávamos jantando e assistindo a uma série. Eu não queria atrapalhar… – ela disse, tentando parecer o mais casual possível, apesar da situação inesperada –
0
Comente!x

  A Sra. Park olhou entre os dois, seu olhar avaliativo, antes de finalmente sorrir de forma compreensiva.
0
Comente!x

  - Não se preocupem, queridos! Eu só vim trazer a comida que o porteiro disse que você tinha pedido Jimin, e dar um oi rápido. Parece que peguei vocês de surpresa mesmo… Vou deixá-los aproveitar o jantar! Foi um prazer conhecê-la, querida, apesar de não saber seu nome!
0
Comente!x

  - Mãe! – Jimin chamou, elevando um pouco o tom de voz – Essa é a , e ela é minha namorada! Eu ia apresentá-la a você em breve! Mas já que está aqui…
0
Comente!x

  A Sra. Park pareceu genuinamente surpresa, mas seu sorriso se alargou ainda mais ao ouvir as palavras de Jimin.
0
Comente!x

  - Ah, entendi meu filho! É um prazer conhecê-la, ! Parece que você pegou meu filho de jeito, hein? – ela disse brincando, fazendo com que todos rissem um pouco, aliviando a tensão do momento –
0
Comente!x

   sentiu o rosto corar, mas sorriu de volta, apertando levemente a mão de Jimin, que estava ao seu lado.
0
Comente!x

  - O prazer é todo meu, Sra. Park! Jimin sempre fala muito sobre você…
0
Comente!x

  - Espero que sejam muito felizes juntos! E por favor, vamos marcar outro momento, com mais calma! Bom, vou deixar vocês aproveitarem o jantar e me retirar. Nos vemos em breve, querido! – disse a Sra. Park, entregando a sacola com a comida para Jimin e lhe dando um beijo de despedida –
0
Comente!x

  Depois que a mãe de Jimin se despediu e foi embora, soltou um suspiro de alívio e olhou para Jimin, com um sorriso divertido.
0
Comente!x

  - Bom, isso foi inesperado! Parece que finalmente tive o prazer de conhecer a famosa mãe de Park Jimin!
0
Comente!x

  Jimin riu e a abraçou de lado, olhando para ela com carinho.
  - Desculpe por não ter te avisado… Eu não fazia ideia de que ela viria!
0
Comente!x

  - Tudo bem, eu entendo. Pelo menos agora já nos conhecemos oficialmente, certo?
0
Comente!x

  Eles voltaram para o interior do apartamento, onde a comida os esperava. Sentaram-se juntos no sofá, retomando o momento tranquilo que haviam compartilhado antes da chegada surpresa.
0
Comente!x

  - E aí, o que você achou da minha mãe? – Jimin perguntou, brincando com um pedaço do cabelo de
0
Comente!x

  Ela pensou por um momento, com um olhar ponderado.
  - Ela é charmosa e parece ser muito amorosa… Acho que você puxou algumas coisas dela!
0
Comente!x

  Jimin sorriu, inclinando-se para dar um beijo suave nos lábios de .
0
Comente!x

  - Espero ter puxado as melhores partes, então… E espero que ela tenha gostado de você!
0
Comente!x

   riu, retribuindo o beijo.
  - Acho que a aprovação dela é uma etapa importante, não é?
0
Comente!x

  Jimin concordou, olhando para ela com ternura.
  - Sim, é! Mas o que importa mesmo é o que nós dois sentimos… E eu estou muito feliz por ter você ao meu lado, .
0
Comente!x

  Eles trocaram sorrisos e voltaram a se aconchegar no sofá, desfrutando da companhia um do outro e do jantar que haviam encomendado. O encontro com a mãe de Jimin havia sido inesperado, mas no final, só fortaleceu o sentimento que eles compartilhavam. Enquanto a noite avançava e as luzes da cidade brilhavam além da janela, eles sabiam que estavam construindo algo especial juntos, enfrentando os desafios e as surpresas da vida de mãos dadas agora!
0
Comente!x

Centésimo Vigésimo Terceiro Capítulo – Acércate

  A despedida de V feita pelos amigos na noite passada havia sido incrível e emocionante! Mesmo que fossem trinta dias apenas, os amigos – especialmente e – fizeram questão de fazer uma festinha de despedida para ele. E Taehyung havia ficado extremamente tocado com a atitude e com a presença dos amigos.
0
Comente!x

  Já no dia seguinte, ele resolveu dar uma volta pela cidade de bicicleta, já que precisava ir até a antiga empresa para devolver alguns equipamentos. Na volta, ele pedalava tranquilo, com os fones nos ouvidos e o óculos escuro o ajudando com a claridade do sol. A cidade começava a acordar e ficar movimentada, e o coração dele acelerou quando ele adentrou a ciclovia da praça onde havia conhecido . Havia tanto tempo que ele não passava por ali. Os flashbacks invadindo sua mente: ele se lembrou do rosto assustado e preocupado de , de como ela ajeitou os cabelos, dos livros e papéis espalhados pela ciclovia, do primeiro olhar trocado entre eles…
0
Comente!x

  Enquanto ele passava pela porta do escritório dela, resolveu parar para admirar o grande prédio preto. Sorriu sem mostrar os dentes enquanto subia os olhos pelos andares do prédio e se lembrou dela lhe entregando seu cartão…
0
Comente!x

  - Tá perdido aqui? – riu do outro lado da rua, cruzando os braços debaixo dos seios –
0
Comente!x

  Taehyung abaixou o olhar, encontrando os olhos de e o sorriso dela brilhando mais que o sol do Rio de Janeiro.
0
Comente!x

  - Eu precisei devolver algumas coisas na empresa, e resolvi dar uma volta! Você está chegando agora?
0
Comente!x

  - Eu estava, mas esqueci que hoje é meu primeiro dia de férias! – a risada dela preencheu seus ouvidos fazendo alargar o sorriso –
0
Comente!x

***

  Sentados em um banco debaixo de uma grande árvore, os dois lambiam seus respectivos sorvetes.
0
Comente!x

  - As malas já estão todas prontas? – quebrou o silêncio –
0
Comente!x

  Taehyung fez que sim para ela com a cabeça. Os olhares se encontraram.
0
Comente!x

  - Parece que foi ontem que você estava me contando sobre esse curso em Paris, e agora já está prestes a partir… O tempo realmente voa!
0
Comente!x

  - É incrível como as coisas mudam tão rápido. Me lembro de quando nos conhecemos aqui, e agora estamos sentados debaixo dessa árvore, conversando como amigos…
0
Comente!x

  - Sim, as coisas definitivamente mudaram! Eu queria te pedir desculpas mais uma vez por tudo o que aconteceu no passado… Eu fui impulsiva e egoísta, usando você daquela maneira. Eu percebi que errei, e isso afetou nossa amizade de uma forma muito negativa.
0
Comente!x

  - , eu também tive meu papel nisso tudo. Não foi apenas você! Eu não estava disposto a entender o que estava acontecendo, e a maneira como descobri tudo foi… dolorosa. Qualquer pedido de desculpa me lembra os meus erros, os seus, os nossos, nossa ruína… Mas eu não quero focar no passado agora! Quero entender o que estamos sentindo no presente…
0
Comente!x

   voltou a se concentrar no sorvete e então desviou os olhos dele. Aquilo podia ser nocivo e estragar as coisas entre os dois outra vez, e ela não queria, ainda mais agora que ele partiria para Paris!
0
Comente!x

  - Eu concordo… Eu valorizo nossa amizade, Taehyung, e eu realmente sinto muito por ter bagunçado tudo daquela forma! Mas… eu também tenho sentimentos confusos em relação a você.
0
Comente!x

  - Eu entendo. Eu também tenho sentimentos confusos… Não sei se consigo voltar a ser apenas amigo depois de tudo o que aconteceu entre nós ! É como se houvesse algo mais profundo aqui. – ele apontou para o próprio peito –
0
Comente!x

  - Exatamente, é assim que eu me sinto também… Mas, considerando que você está prestes a viajar para Paris e que as coisas ainda estão um pouco abaladas entre nós, talvez seja melhor darmos um tempo para refletir sobre isso!
0
Comente!x

  Os dois ficaram em silêncio, encarando o horizonte. Taehyung processando o que havia dito…
0
Comente!x

  - E aí quando você voltar de Paris, podemos conversar sobre tudo isso. Ver onde estamos e se há alguma possibilidade real entre nós! – voltou a quebrar o silêncio –
0
Comente!x

  - Na verdade, eu estava pensando em algo… E se você viesse comigo para Paris? Eu sei que é um pouco inesperado, mas acho que poderíamos aproveitar esse tempo para nos entendermos melhor, longe de todas as distrações e pressões do nosso ambiente normal!
0
Comente!x

  - Paris? Isso é tentador Taehyung, realmente, mas também é um passo grande. Não sei se estou pronta para isso!
0
Comente!x

  Os olhares de Taehyung e se entrelaçaram, carregando consigo uma mistura de emoções complexas. Enquanto os segundos passavam, cada um estava imerso em seus próprios pensamentos, tentando decifrar os sentimentos que os envolviam.
0
Comente!x

  Dentro da mente de Taehyung, uma tempestade de pensamentos estava acontecendo. Ele se viu dividido entre a empolgação de passar um tempo com em Paris, um lugar romântico e cheio de possibilidades, e o receio de que isso pudesse ser rápido demais, que talvez fosse um movimento precipitado. Ele estava ciente de seus próprios sentimentos profundos por ela, mas também reconhecia que o passado conturbado entre eles ainda causava ressonâncias. Ele sabia que a ideia de estar longe de casa, em um lugar novo e desconhecido, poderia proporcionar uma chance única de conhecer ainda mais em um contexto diferente, onde suas personalidades e sentimentos poderiam se revelar de maneiras inesperadas. Porém, o medo de arriscar novamente e enfrentar possíveis complicações estava presente. Ele se perguntava se estava pronto para ser vulnerável mais uma vez e se estava disposto a lidar com as consequências, independente do resultado.
0
Comente!x

  Enquanto olhava o horizonte, uma mistura de emoções a inundava. Ela sabia que os sentimentos por Taehyung eram reais e profundos, mas também estava consciente das inseguranças que carregava consigo após o que aconteceu entre eles no passado. A proposta de ir para Paris a empolgava, pois significava uma oportunidade de se reconectar e explorar o que havia entre eles longe das influências externas. No entanto, a ideia de se expor novamente e enfrentar a possibilidade de mais confusões a assustava. Ela não queria que suas decisões fossem baseadas no medo, mas também não queria ignorar a cautela que suas experiências passadas lhe haviam ensinado. Ela desejava profundamente entender seus próprios sentimentos, mas tinha receio de tomar decisões precipitadas que pudessem abalar ainda mais a delicada reconstrução da amizade que eles estavam tentando construir.
0
Comente!x

  Ambos estavam presos entre o desejo de explorar uma possível conexão mais profunda e o medo de repetir os erros do passado. A incerteza pairava sobre eles, envolvendo-os em um turbilhão de emoções e questionamentos. O que ambos sabiam era que, independentemente do que decidissem, essa jornada iria exigir honestidade consigo mesmos e entre eles, assim como uma coragem genuína para enfrentar o desconhecido. Enquanto o sol brilhava sobre eles naquela tarde, seus corações continuavam a bater em compasso com o ritmo incerto de seus sentimentos, aguardando uma decisão que poderia moldar o próximo capítulo de suas vidas.
0
Comente!x

  - Ninguém é o mesmo depois da queda. É para isso que elas servem não é? E você mudou muito depois de tudo que aconteceu, até hoje eu me surpreendo! Eu deveria ter te dito na época, que sim, eu reparei em todas as suas mudanças e admirei em silêncio cada uma delas!
0
Comente!x

  O sorvete começava a derreter então voltou a dar sua atenção ao mesmo, sentindo as emoções começarem a pesar no peito.
0
Comente!x

  - Me apeguei a você de uma tal maneira que é difícil descrever, é difícil superar. Foi tudo tão rápido e eu não tive como evitar… quando eu percebi só pensava em você, só desejava você, queria você pra dormir comigo e passar o dia conversando sobre coisas cotidianas, queria contar como foi meu dia e ouvir você contando as peripécias do seu dia… Eu queria você, e só você bastava! Nunca pedi ou esperei demais, na verdade meu coração sempre me disse que o pouco bastava, tudo que eu queria era permanência, você ao meu lado, as coisas mais simples e bobas, nós! Você não era pouco, na verdade era tudo e mais um pouco… Seu riso continua sendo minha melodia preferida, seu cheiro minha colônia favorita e seu toque minha sensação mais querida…
0
Comente!x

   ouvia atentamente cada palavra que ele dizia, sentindo-se tocada por sua sinceridade e pelo modo como ele expressava seus próprios dilemas internos. Ela se lembrava de como Taehyung havia mudado desde o momento em que se conheceram, e reconhecia o impacto que suas ações haviam tido sobre ele. As palavras que ele disse sobre suas mudanças a fizeram perceber que, de fato, o que haviam compartilhado não tinha sido apenas passageiro; tinha deixado marcas profundas em ambos.
0
Comente!x

  Seus olhos encontraram os olhos de Taehyung, como se ela estivesse compartilhando um momento de conexão profunda e verdadeira. Ele estava se expondo, mostrando seu coração sem reservas, e esperava que ela entendesse a profundidade de seus sentimentos.
0
Comente!x

  - É preciso muita coragem pra abrir a mão e o peito e deixar alguém que se ama muito ir embora Taehyung! Por isso te deixei assumir o caminho sozinho e sem mim. A gente precisava de outras coisas que, juntos, não conseguiríamos obter. Eu precisava de mais tempo pro trabalho e para cuidar da minha saúde mental e você precisava se preparar para mergulhar em uma fase da vida mais silenciosa, onde você se tornou sua própria prioridade. E o amor, pelo que eu entendo, tem disso: abrir mão, abrir os olhos, abrir o ego e deixar ir… Tudo ir…
0
Comente!x

  O tempo parecia parar naquele instante, com os sentimentos e palavras pairando no ar entre eles. Era como se toda a incerteza e confusão se desvanecessem por um momento, deixando apenas a verdade crua de suas emoções. E assim, enquanto o sol se punha lentamente no horizonte, eles compartilharam um momento de vulnerabilidade e honestidade, pavimentando o caminho para o próximo capítulo de suas vidas juntos, fosse ele qual fosse.
0
Comente!x

***

   abraçou o irmão pela milésima vez enquanto Jungkook, já emotivo, encarava o chão. Os dois sabiam que seriam apenas trinta dias, mas Jungkook era chorão por natureza e nunca havia ficado tanto tempo longe dele! Além de ficar preocupada em como ele se sairia lá sozinho por trinta dias e etc.
0
Comente!x

  Namjoon fora o próximo amigo a chegar, ele tirou o óculos escuro do rosto enquanto abria os braços pronto para abraçar V. havia chamado alguns amigos para irem ao aeroporto, mas sem nenhuma pressão, só quem pudesse e quisesse mesmo.
0
Comente!x

  Assim apareceram, – além dela e Jungkook – Namjoon, Seokjin é claro,
0
Comente!x

  , Suga e obviamente: .
  Quando os olhos de V bateram nela, eles brilharam. Os dois se abraçaram com força. As palavras não eram necessárias, pois as expressões e os gestos transmitiam toda a profundidade do que eles compartilhavam.
0
Comente!x

   olhou nos olhos de Taehyung, vendo a mistura de sentimentos que refletia os seus próprios. Ela entendia a importância desses trinta dias para ele, mas também estava ciente de que, durante esse tempo, ela teria a chance de refletir sobre tudo o que estava acontecendo entre eles. Ela sentia que o momento era significativo, tanto para ele quanto para ela, e estava grata por fazer parte disso.
0
Comente!x

  Quando ele entregou um envelope a ela e pediu que ela o abrisse somente quando estivesse sozinha em casa, sentiu uma curiosidade misturada com um toque de ansiedade. Ela segurou o envelope com cuidado, sentindo-o entre seus dedos, como se contivesse algo muito precioso. A incerteza sobre o que estava dentro aumentou ainda mais seu desejo de saber.
0
Comente!x

  Após os abraços finais e acenos enquanto Taehyung se afastava em direção ao portão de embarque, voltou para casa, carregando o envelope consigo. Ao chegar em seu espaço pessoal, ela se sentou em um lugar tranquilo, segurando o envelope entre as mãos. A sensação de antecipação a envolveu, enquanto ela se perguntava o que ele poderia ter colocado ali.
0
Comente!x

  O envelope estava ali, em sua posse, contendo algo que poderia mudar as coisas entre ela e Taehyung, ou talvez apenas reforçar a intensidade das emoções que ambos estavam experimentando. Ela o olhava de vez em quando, como se esperasse que ele sussurrasse pistas sobre o seu conteúdo. Finalmente, o cansaço começou a vencer a curiosidade, e decidiu que poderia adiar a revelação para a manhã seguinte. Deitando-se em sua cama, ela se permitiu fechar os olhos, permitindo que a fadiga a envolvesse. Os pensamentos e sentimentos relacionados ao envelope a acompanharam até os seus sonhos.
0
Comente!x

  Quando ela acordou, a primeira coisa que percebeu foi o envelope ainda ao seu lado, lembrando-a de sua existência e do que poderia estar escondido dentro dele. A expectativa voltou a crescer, mas ela também sentiu uma nova clareza em relação à situação. Com um misto de excitação e nervosismo, ela se levantou da cama e pegou o envelope novamente. Suas mãos, dessa vez, não tremiam tanto. Ela sabia que o conteúdo poderia trazer respostas ou, pelo menos, um novo rumo para seus pensamentos. Sentou-se em um lugar confortável e deslizou o dedo sob o selo, rompendo-o cuidadosamente.
0
Comente!x

  Dentro do envelope, ela encontrou um bilhete, com a caligrafia familiar de Taehyung. Seu coração batia mais rápido enquanto ela começava a ler cada palavra, absorvendo o significado por trás delas. A maneira como ele se expressava, sua consideração por seus sentimentos, tudo isso estava ali, em preto e branco:
0
Comente!x

  “Quando você ler essas palavras talvez eu não esteja mais aqui! Talvez você ouça a minha voz, embargada, em silêncio… Sim, a memória preserva um som que só as lembranças mais bonitas conseguem ecoar. Eu vou estar em algum lugar entre aqui e Paris. Provavelmente em Paris… Lá é mais fácil sofrer– tomando um chá de camomille às dez da manhã, entre um bonjour e um je t´aime – sem soar estranho, sem parecer arrogante. Nas malas levarei algumas camisas dobradas, alguns poemas incompletos, aquela foto sua em preto e branco que você nunca me deu e a certeza de que tudo o que escrevi até ontem foi para que hoje o dia nascesse mais colorido e a noite dormisse mais sonhada.
0
Comente!x

  Queria poder te amar além das palavras, além destas palavras. Queria ter coragem de te contar que, apesar de nós dois sermos um caos completo, eu ainda nos escolheria! E agora, talvez seja o momento certo para revelar algo que estava guardado em segredo, algo que me veio durante essa jornada para Paris. Na verdade, não tenho certeza se é a coisa mais sensata a se fazer, mas a verdade é que não consigo mais esconder. Eu comprei uma passagem para você, com a data do voo um dia após o meu… Essa passagem representa a possibilidade de explorarmos nossos sentimentos de uma forma mais profunda, de irmos além do que já conhecemos. Eu entendo completamente se isso te pegar de surpresa e se você precisar de mais tempo para pensar.
0
Comente!x

  Mas quero que saiba que a oferta está aqui, nas entrelinhas dessas palavras. Se você decidir não embarcar nessa jornada comigo, eu compreenderei e respeitarei a sua decisão. O mais importante para mim é a nossa amizade, a conexão que compartilhamos e o respeito mútuo pelos nossos sentimentos.
0
Comente!x

  Eu também descobri que existe muito de você nas manias que tenho e nas músicas que ouço. Os sonhos que estou realizando hoje são os mesmos que te contei no passado, e a cada passo que dou, sinto que você está comigo de alguma forma.
0
Comente!x

  Tome o tempo que precisar para refletir sobre isso, e saiba que, independente da sua decisão, eu sempre estarei aqui, valorizando o que compartilhamos, apreciando a sua presença em minha vida e aguardando o nosso reencontro.
0
Comente!x

  Até breve,
  Taehyung”

  As palavras escritas por Taehyung penetraram profundamente no coração de . Ela continuou lendo o bilhete, cada frase ecoando em sua mente, tocando cordas sensíveis que ela havia mantido cuidadosamente guardadas. A revelação sobre a passagem que ele havia comprado para ela era um turbilhão de emoções misturadas – surpresa, gratidão, excitação e, é claro, nervosismo.
0
Comente!x

  Ela não conseguia evitar a sensação de que esse gesto era uma manifestação genuína de seus sentimentos, uma prova tangível de quanto ele valorizava a conexão entre eles. O convite estava ali, com todas as suas possibilidades e incertezas, como uma porta entreaberta para algo maior do que eles haviam explorado até agora. E enquanto ela não se atreveu a admitir abertamente, a sua vontade de se jogar nesse novo território estava crescendo.
0
Comente!x

  Ela segurou o bilhete entre as mãos, sentindo a textura do papel sob seus dedos enquanto sua mente se perdia em pensamentos. Tudo o que ela pensou que sabia sobre o que queria estava sendo desafiado. A mudança de perspectiva estava acontecendo dentro dela, e a ideia de Paris, de estar ao lado de Taehyung, estava começando a parecer mais possível e emocionante do que assustadora.
0
Comente!x

  Com um suspiro suave, dobrou o bilhete com cuidado, colocando-o de volta no envelope. Sua mente estava cheia de pensamentos e dúvidas, mas havia um sentimento subjacente de determinação. Ela sabia que tomar essa decisão não era simples, que havia muitos fatores a considerar…
0
Comente!x

  Ela olhou para o envelope por um momento, como se estivesse olhando para o próprio futuro. A incerteza ainda estava lá, mas agora era acompanhada por uma centelha de coragem. Ela não estava apenas se permitindo considerar a possibilidade, ela estava começando a se abrir para a ideia de que essa jornada poderia ser exatamente o que ela precisava.
0
Comente!x

  O que aconteceria a seguir estava em suas mãos, e estava pronta para enfrentar o desafio. Com um sorriso suave nos lábios, ela guardou o envelope com cuidado, sentindo-se mais confiante do que nunca em relação à direção que estava tomando. Vasculhou dentro do guarda-roupas até encontrar a pasta com papéis e documentos usados com menos frequência e lá estava o passaporte que ela havia tirado… conferiu a validade do mesmo entendendo aquilo como um “possível sinal do Universo”.
0
Comente!x

  O futuro estava cheio de incertezas, mas também estava repleto de potencial, e ela estava pronta para descobrir o que poderia vir a seguir.
0
Comente!x

***

  O avião aterrissou suavemente em solo parisiense, e sentiu o frio na barriga misturado com a emoção que pulsava em seu peito. O cenário da cidade pela janela do avião a deixou sem fôlego – as ruas movimentadas, a arquitetura única, a sensação de que estava prestes a embarcar em uma aventura inesquecível. Ela pegou suas malas e seguiu a multidão até a área de desembarque.
0
Comente!x

  Assim que passou pela alfândega e foi liberada, pegou o celular, sentindo uma mistura de nervosismo e empolgação enquanto ligava para o número de Taehyung. O telefone chamou algumas vezes antes de finalmente ser atendido.
0
Comente!x

  - ! – a voz dele soou mais animada do que ela esperava, o que fez um sorriso involuntário se formar em seus lábios –
0
Comente!x

  - Sobre o que você escreveu naquela carta, sobre a passagem… – ela começou, sua voz hesitante por um momento –
0
Comente!x

  - Sim, … – ele perguntou, agora com uma nota de curiosidade em sua voz –
0
Comente!x

  - Estou aqui em Paris! Acabei de chegar… e estou disposta a explorar o que isso pode significar para nós! – ela disse, sua voz firme e determinada –
0
Comente!x

  Do outro lado da linha, um silêncio momentâneo foi preenchido pelo som suave da respiração de Taehyung. Então, um misto de emoções tomou conta de sua voz quando ele finalmente falou.
0
Comente!x

  - , você está mesmo aqui? Em Paris? – a surpresa e alegria eram palpáveis em suas palavras –
0
Comente!x

  - Sim, Tae, estou aqui! – ela respondeu, um sorriso incontrolável em seus lábios enquanto absorvia a magnitude do momento –
0
Comente!x

  - Isso é incrível! Não consigo acreditar que você veio! – A alegria transbordava na voz de Taehyung, e podia imaginar o brilho em seus olhos e seu sorriso quadrado –
0
Comente!x

  - Eu queria explorar essa possibilidade, Taehyung. Ver o que pode acontecer entre nós. – ela compartilhou sua decisão com ele –
0
Comente!x

  - Isso significa muito para mim, ! Só quero que saiba que estou extremamente feliz por você estar aqui, independentemente de como as coisas se desenrolarem…
0
Comente!x

  A sinceridade em sua voz trouxe uma sensação de conforto e confiança.
0
Comente!x

  - Obrigada, V! Eu estou ansiosa para ver o que esse tempo em Paris nos reserva… – ela admitiu, sua voz cheia de expectativa –
0
Comente!x

  - Então, aqui está o que está acontecendo do meu lado: Eu não estou no hotel no momento! Estou no intervalo do curso. Eu sei que é um pouco confuso, mas eu queria aproveitar cada momento que pudesse para te encontrar! Você poderia ir para o hotel e me esperar lá? Assim que meu intervalo acabar, eu irei direto para lá. – Taehyung explicou, deixando claro seu desejo de se encontrar com ela o mais rápido possível –
0
Comente!x

  - Claro! Eu vou para o hotel e espero por você. – ela concordou, a emoção borbulhando em sua voz –
0
Comente!x

  - Eu não vejo a hora de te ver, ! Até já! – a felicidade e antecipação eram evidentes em suas palavras –
0
Comente!x

  - Até breve, Tae. – Ela respondeu com um sorriso radiante antes de encerrar a chamada.
0
Comente!x

   sentiu um frio na barriga, uma mistura de ansiedade e felicidade, enquanto começava a se dirigir para o hotel. Paris estava à sua frente, e o encontro com Taehyung estava prestes a acontecer.
0
Comente!x

***

   chegou ao hotel com um coração acelerado, sentindo uma mistura de emoções enquanto aguardava o momento em que finalmente veria Taehyung novamente. Ela se encontrava na recepção, observando ansiosamente cada pessoa que entrava, até que seus olhos finalmente pousaram em um homem alto, com cabelos castanhos desarrumados e um sorriso radiante.
0
Comente!x

  Os olhares deles se encontraram, e um calor familiar e emocionante a envolveu quando Taehyung se aproximou dela. Eles ficaram ali, imersos no momento, antes de finalmente se abraçarem. Era um abraço que transmitia toda emoção por estarem ali frente a frente, mas também as possibilidades que se estendiam à frente.
0
Comente!x

  Os braços de Taehyung a envolveram com carinho e, por um momento, o mundo ao redor deles parecia desaparecer. Era um abraço que dizia mais do que palavras, carregando um misto de sentimentos complexos e uma ligação que resistiu a desafios. Os corações deles batiam em uníssono, e sentiu uma sensação de pertencimento que a deixou emocionada. Finalmente, eles se afastaram um pouco, mas permaneceram com as mãos nos ombros um do outro, como se quisessem garantir que o contato não fosse completamente perdido.
0
Comente!x

  - É bom demais te ver aqui, ! – a voz de Taehyung carregava uma genuína felicidade –
0
Comente!x

  - Bom ver você também, V!- ela sorriu, sentindo um nó na garganta ao tentar conter as lágrimas de emoção –
0
Comente!x

  - Vamos fazer algo especial hoje, … Que tal darmos uma volta pela cidade? Paris tem tanto para oferecer… – ele sugeriu com um brilho nos olhos –
0
Comente!x

   concordou com um aceno, sentindo que era exatamente o que eles precisavam naquele momento. Ainda não era hora de discutir seus sentimentos complexos, mas sim de aproveitar a companhia um do outro e a atmosfera única de Paris. E então os dois finalizaram o cadastro dela na recepção, subiram com as malas de apenas para que ela pudesse guardar as mesmas e tomar um rápido banho e Taehyung também.
0
Comente!x

  E assim, eles saíram do hotel juntos, caminhando pelas ruas movimentadas da cidade. Conversaram sobre diferentes pontos turísticos, compartilharam histórias engraçadas e se perderam nas pequenas descobertas da cidade. O tempo passava rapidamente, e cada risada e olhar trocado parecia fortalecer a conexão entre eles.
0
Comente!x

  Conforme a tarde se transformava em noite, eles encontraram um café aconchegante, onde se sentaram para tomar um café e apreciar a vista da Torre Eiffel iluminada no horizonte. A conversa fluiu naturalmente, e sentiu que, mesmo que o destino deles ainda não estivesse totalmente claro, aquele momento era verdadeiramente significativo. O encontro não foi sobre resolver todas as questões que estavam entre eles, mas sim sobre redescobrir a amizade e a companhia um do outro. Era um lembrete de que havia mais a compartilhar além dos sentimentos complicados, e que eles podiam desfrutar da jornada juntos, independentemente do destino final.
0
Comente!x

   e Taehyung se acomodaram em um sofá, lado a lado, olhando para as estrelas que pontilhavam o céu noturno. Havia uma sensação de serenidade no ar, como se o universo estivesse conspirando a favor desse momento especial.
0
Comente!x

  - Sabe, , não posso negar que ter você aqui comigo em Paris é um sonho que nunca imaginei realizar. – Taehyung confessou com um sorriso terno –
0
Comente!x

  - Eu também não imaginava estar aqui, Tae! Mas estou feliz por termos dado esse passo… – ela admitiu, olhando para ele com olhos cheios de gratidão –
0
Comente!x

  Houve um momento de silêncio confortável entre eles, antes de Taehyung se voltar para , sua expressão suavizada por uma mistura de emoções.
0
Comente!x

  - O importante é que estamos aqui, juntos, compartilhando momentos e construindo memórias. – ele disse, sua voz carregada de sinceridade –
0
Comente!x

   assentiu, sentindo-se alinhada com suas palavras. Eles não precisavam apressar nada, não precisavam resolver tudo de uma vez. O presente era precioso, e eles estavam aprendendo a apreciá-lo.
0
Comente!x

  No silêncio tranquilo que se seguiu, seus olhares se encontraram, e antes que qualquer palavra fosse dita, um sorriso compartilhado selou a conexão entre eles. Em meio à calma da noite, eles se aproximaram, suas mãos encontrando naturalmente o contato.
0
Comente!x

  E então, em um instante suave e carregado de significado, os lábios deles se encontraram em um beijo suave. Foi um beijo que capturou a doçura da amizade e a intensidade das emoções que estavam emergindo entre eles.
0
Comente!x

  Ao se afastarem, suas testas se tocaram, e eles compartilharam um olhar que parecia falar volumes. Não era um beijo que selava um compromisso definitivo, mas sim um beijo que abria portas para possibilidades.
0
Comente!x

  - O que acontecerá a seguir, Tae? – sussurrou, suas palavras carregadas de incerteza, mas também de esperança –
0
Comente!x

  - Não sei ao certo, , mas estou disposto a descobrir… Juntos! – ele respondeu, sua voz suave e cheia de promessas –
0
Comente!x

  E assim, eles permaneceram na varanda, abraçados sob o manto estrelado da noite parisiense, compartilhando o momento e as emoções que o acompanhavam.
0
Comente!x

***

   acordou com a cama vazia a seu lado e sentiu um aperto no peito. Ela percebeu que Taehyung não estava ali e imaginou que ele havia saído cedo para o curso que estava fazendo em Paris. Embora um pouco preocupada por ele não ter a acordado, ela decidiu seguir sua rotina, tomando um banho e se arrumando para o dia.
0
Comente!x

  Ao descer até a área do café da manhã, ela procurou por Taehyung, mas não o encontrou. Ela enviou algumas mensagens e tentou ligar para ele, mas não obteve resposta. A preocupação começou a se misturar com uma sensação de inquietação.
0
Comente!x

   desceu até a recepção do hotel, decidida a aproveitar o dia ao máximo e explorar mais da bela cidade de Paris. Ela pegou um guia de passeios que estava disponível na área e sorriu para a recepcionista antes de sair do hotel. Seu destino estava definido: a mesma cafeteria charmosa que ela havia visitado com Taehyung na tarde anterior. Ela imaginou que seria um bom lugar para começar o dia, relembrando os momentos agradáveis que haviam compartilhado ali.
0
Comente!x

  Enquanto caminhava pelas ruas de Paris, absorvia a atmosfera única da cidade. As ruas movimentadas, a arquitetura elegante e a sensação de estar imersa em uma cultura rica e diversificada a envolviam. Era como se cada esquina tivesse uma história para contar.
0
Comente!x

  Mandou mais algumas mensagens para ele, e nada! Quando finalmente chegou à cafeteria, ela notou que estava um pouco mais cheia do que da última vez. Ela escolheu uma mesa próxima à janela e pediu um café e um croissant. Enquanto aguardava seu pedido, seus pensamentos vagaram para o dia anterior, para o encontro dos dois lá.
0
Comente!x

  Saiu da cafeteria disposta a passear pela cidade sem um destino certo. E assim ela o fez, até sentir fome novamente, perto do horário do almoço, parando assim em um restaurante charmoso.
0
Comente!x

  Depois de almoçar, enquanto ela tentava manter a calma e continuar seu dia, uma lembrança surgiu em sua mente. Ela olhou para o calendário do celular e então percebeu: hoje era o aniversário de morte dos pais de Taehyung. Ela se lembrou de algo que ele havia mencionado brevemente, algo que ele não gostava de falar.
0
Comente!x

  O peso do entendimento a atingiu. Ela imaginou que o comportamento distante e o sumiço de Taehyung durante todo o dia estivessem relacionados a esse dia doloroso. Em vez de se sentir magoada ou preocupada com o afastamento, agora ela entendia o motivo por trás disso.
0
Comente!x

  Com a empatia e o desejo de estar ali por ele, decidiu ir atrás de Taehyung. Ela percorreu as ruas de Paris, percorrendo lugares onde eles haviam estado juntos, procurando por ele incansavelmente. Cada esquina, cada rua, ela o procurou, movida pela determinação de estar ao lado dele em um momento tão difícil.
0
Comente!x

  A noite começou a cair sobre a cidade quando finalmente encontrou algo familiar. Ela avistou o restaurante coreano onde havia jantado com Taehyung na noite anterior. A lembrança dos momentos emocionais que compartilharam a guiou até lá.
0
Comente!x

  Ao entrar no restaurante, seus olhos procuraram por ele. E então, ela o avistou sentado em uma mesa, olhar distante e pensativo. O coração dela se apertou ao vê-lo ali, tão vulnerável. Ela se aproximou com cuidado, respeitando seu espaço, mas determinada a estar presente para ele. Quando estava próxima o suficiente, ela se sentou à sua mesa e olhou para ele, esperando que ele a notasse.
0
Comente!x

  Após um momento, Taehyung ergueu o olhar e seus olhos se encontraram. Houve uma breve pausa, como se ambos estivessem processando o encontro.
0
Comente!x

  - Tive dificuldade em encontrar você desta vez!
0
Comente!x

  - … – Ele murmurou, sua voz carregada de surpresa e emoção – Desculpa por sumir o dia todo… como você me achou?
0
Comente!x

  - Eu apenas procurei em todos os lugares possíveis! – deu de ombros –
0
Comente!x

   pegou o prato vazio que havia ao lado do dele e então colocou o mesmo de frente para ela, junto com o outro copo de soju também vazio que havia na mesa, enquanto a fumaça do bulgogi subia entre eles.
0
Comente!x

  - Não precisa se desculpar, Tae! Eu entendo… – ela disse, sua voz repleta de compreensão –
0
Comente!x

  Silêncio se estabeleceu entre eles por um momento, antes de ela se lembrar da data significativa.
0
Comente!x

  - Hoje é… – ela começou, mas ele a interrompeu com um aceno sutil –
0
Comente!x

  - O aniversário de morte dos meus pais. Um dia que eu preferiria esquecer, mas que nunca sai da minha mente… – ele confessou, sua voz carregada de emoção –
0
Comente!x

  - Eu acabei me lembrando disso hoje quando bati o olho no calendário… mas isso é ótimo! – o semblante confuso de Taehyung fez ela olhar para baixo por alguns segundos – Digo… eu queria fazer isso! Beber com você, cara a cara…
0
Comente!x

  Os dois permaneceram em silêncio apenas desfrutando do delicioso bulgogi e seus sojus. Mas não deixavam de se encarar profundamente hora ou outra entre a refeição e entre um copo ou outro de soju levado até os lábios.
0
Comente!x

  - Fico feliz por você não estar mais me evitando… especialmente agora que me trouxe para cá! Você nem me mandou sair… Estava acostumada em ser sozinha, até você chegar e fazer de mim seu lar. Eu me acostumei com seu aconchego, com seu cheiro, com suas manias, com a sua risada, aprendi a gostar das suas piadas e até dos filmes que eu achava bobo e você morria de dar risada… Aprendi a ser nós, aprendi a ter alguém, e gostei dessa sensação. Gostei tanto do que se formou ali, naqueles momentos, aqui, dentro do meu coração e dessa linha que unia nós dois… Eu não pensei muito bem quando sentei naquele banco, eu só fiquei te olhando, dentro dos teus olhos claros eu vi um filme que eu chamaria de clichê e você de romance barato, eu vi minha vida em um plano no qual o tempo não passava mas a gente caminhava juntos. Ainda lembra de nós como eu me lembro?
0
Comente!x

  Taehyung engoliu seco enquanto ela relembrava os tempos difíceis que os dois haviam passado. Então ele suspirou pesadamente.
0
Comente!x

  - Eu nunca evitei você!
0
Comente!x

  - Então eu acabei de imaginar todas essas coisas? – soltou um riso nervoso –
0
Comente!x

  Taehyung, começando a perceber que aquela conversa não poderia ser evitada para sempre, resolveu se servir mais um copo de soju, tomando-o logo em seguida, e ficando em silêncio por tempo demais. Aumentando a angústia de .
0
Comente!x

  - Você não é quieto assim! Por que você não diz em voz alta, ao invés de guardar tudo na sua cabeça?
0
Comente!x

  - O que eu deveria dizer?
0
Comente!x

   sentiu os olhos marejarem e então tentou engolir o choro.
0
Comente!x

  - Qualquer coisa, menos me enrolar evitando o tópico, ou dizer algo que me machucaria!
0
Comente!x

  Silêncio na mesa outra vez.
  - Você me queimaria Taehyung? – ele arregalou os olhos levemente – Se eu fosse uma carta que te dissesse tudo o que poderíamos ter sido mas não fomos, se eu fosse uma fotografia daquele momento em que nos olhamos pela primeira vez? Se eu fosse um lembrete na sua escrivaninha dizendo que nunca seremos inteiros se não nos permitirmos nos desfazer primeiro? Queimaria?
0
Comente!x

  Silêncio novamente, os olhos de Taehyung marejando.
0
Comente!x

  - Você deve ter decidido ficar quieto novamente…
0
Comente!x

  Os olhos cheios de água de Taehyung se encontraram diretamente com os de .
0
Comente!x

  - Eu vou falar dessa vez então! – ela deu um longo gole no soju, engolindo todo o líquido de dentro do pequeno copo – Bem… Eu… sobre como você queria que fôssemos amigos…
0
Comente!x

   abaixou a cabeça e ergueu rapidamente, tentando organizar as palavras em sua cabeça.
0
Comente!x

  - Hoje eu pensei mais um pouco sobre isso… E não sei se consigo continuar fazendo isso Taehyung!
0
Comente!x

  Ele fechou os olhos com força, rapidamente.
  - Assim… Não quero dizer que não quero sua amiga! – mais uma vez o semblante de Taehyung ficou confuso – Eu…acabei de…
0
Comente!x

  Taehyung a interrompeu:
  - Senti a sua falta ! Eu sempre senti a sua falta! – Taehyung viu os olhos de marejarem ainda mais – Eu… senti sua falta!
0
Comente!x

  Mais alguns segundos de um profundo silêncio enquanto Taehyung agora encarava um ponto qualquer na mesa.
0
Comente!x

  - Quando te vi de novo, depois de um tempo… continuei sentindo raiva por algum motivo, embora você estivesse de volta. E eu fiquei ressentido com você…Mas acho que agora sei porque!
0
Comente!x

  Taehyung respirou profundamente, deixando que suas emoções finamente fluíssem por seu corpo.
0
Comente!x

   piscava os olhos algumas vezes, tentando não chorar.
0
Comente!x

  - Eu acho… – ele pausou, também organizando os pensamentos – Eu queria ver você me amar.
0
Comente!x

   finalmente deixou as lágrimas caírem, sem lutas. Taehyung sentiu o peito doer.
0
Comente!x

  - Eu queria… – ele engoliu seco – ver você amar só a mim! Você fala como se soubesse tudo o que eu quero. Você acha que sabe, não acha? Só que, no momento, aposto que nem se deu conta, tudo que eu quero é você.
0
Comente!x

  Foi a vez das lágrimas de Taehyung caírem por suas bochechas, antes que ele continuasse. Os olhos de , embaçados pelas lágrimas, continuavam presos nele.
0
Comente!x

  - … – ele chamou com a voz cheia de sentimentos –
0
Comente!x

  - Sim? – ela respondeu ainda com as lágrimas descendo –
0
Comente!x

  - Por favor, continue me amando! Não me deixe partir… e se mantenha me amando! Por favor!
0
Comente!x

  - Cara, eu amo você! Depois que você chegou eu voltei a ter aquela sensação de estar apaixonada, voltei a sorrir à toa, sentir aquele friozinho no estômago quando você está perto, tenho aquela sensação de aconchego quando ouço sua voz Taehyung. Você me transmite calma, e eu amo isso em você. Na verdade, amo tudo em você, desde o seu cabelo até a pontinha do seu dedão do pé esquerdo! E eu sinto que a melhor coisa que aconteceu na minha vida foi ter conhecido você… Nada que eu fale vai definir o amor que sinto por você! Sinto um frio na barriga toda vez que vou me declarar pra você Tae! A verdade é que você fez, e faz, todo meu mundo virar de cabeça para baixo, e eu nem estou falando de um jeito ruim! Meu coração acelera, minha boca seca, minhas mãos suam, minhas pernas tremem e isso tudo só para dizer que eu amo você… eu sinto que ganhei na loteria ao te conhecer.
0
Comente!x

  Taehyung ouvia cada palavra de com o coração palpitando. O peso que ele vinha carregando pareceu diminuir à medida que ela expressava seus sentimentos. As lágrimas que caíam dos olhos de ambos eram uma mistura de emoção e alívio, uma liberação das barreiras que haviam separado seus corações. Ela estendeu a mão para segurar a dele, e ele segurou com carinho, os dedos entrelaçados. Era como se esse gesto simples trouxesse uma conexão mais profunda entre eles, selando a compreensão e o compromisso que estavam compartilhando.
0
Comente!x

  - Eu nunca quis te fazer se sentir insegura ou duvidar dos meus sentimentos, . Eu só… – Taehyung tentou explicar, mas ela o interrompeu suavemente –
0
Comente!x

  - Eu sei, Tae! E agora que estamos esclarecendo tudo isso, eu quero tentar… Eu quero estar ao seu lado, mesmo quando as coisas forem difíceis, mesmo quando tivermos que enfrentar nossos medos e inseguranças, eu quero aprender a amar e a ser amada por você. – disse, sua voz firme e decidida –
0
Comente!x

  Taehyung olhou profundamente nos olhos dela, vendo a determinação e o amor refletidos ali. Ele sentiu um nó em sua garganta, mas dessa vez não era de angústia; era de emoção pura.
0
Comente!x

  - … – Ele começou, mas as palavras falharam por um momento. Então, ele sorriu suavemente – Não sei por que fui tão idiota, tão covarde e me afastei! Perdi seu amor em um minuto e não vou perder mais nenhum segundo! Eu também quero tentar… Eu quero superar meus próprios medos e estar ao seu lado. Eu quero ser o homem que você merece, , o homem que pode te fazer feliz!
0
Comente!x

  Ela sorriu de volta para ele, uma mistura de felicidade e gratidão transbordando em seu olhar.
0
Comente!x

  - Não sei o que aconteceu comigo, não sei o que acontece… – ele pausou por alguns segundos – O tempo para cada vez que você me abraça… Não sei o que você faz, mas mexe comigo! Meu coração não parou de te amar ! Tento te esquecer e penso em você ainda mais! Sei que fui eu quem se afastou, sei que é minha culpa! Eu sei, mas te peço, por favor, se aproxime…
0
Comente!x

  - Tae… – murmurou, sua voz suave e repleta de compreensão – Não precisamos nos martirizar pelo que aconteceu. O que importa agora é o que estamos dispostos a fazer daqui para frente. E eu estou disposta a me aproximar, a estar ao seu lado, a enfrentar todas as incertezas e medos que possam surgir. Afinal, a vida é feita de escolhas, não é?
0
Comente!x

  Ele assentiu, sentindo um peso sendo aliviado de seus ombros. Era como se os dois estivessem se dando uma segunda chance, uma oportunidade de recomeçar e consertar os erros do passado.
0
Comente!x

  Eles continuaram se olhando, compartilhando um momento de entendimento profundo que parecia transcender as palavras. As palavras que não foram ditas, mas que estavam ali, pairando no ar, eram as mais importantes. Eles estavam prontos para se abrir, para se comprometer, para explorar o amor que sentiam um pelo outro.
0
Comente!x

  - Então, o que fazemos agora? – perguntou, quebrando o silêncio de maneira suave –
0
Comente!x

  Taehyung soltou um suspiro, sua expressão se suavizando ainda mais.
0
Comente!x

  - Bem, acho que podemos continuar a noite juntos… Talvez dar uma volta pela cidade, como planejávamos antes de tudo isso acontecer. Sem pressões, sem expectativas. Apenas nós dois, aproveitando o momento. O que acha? – ele sugeriu, um brilho de esperança em seus olhos –
0
Comente!x

   sorriu, sentindo-se genuinamente animada com a ideia. Era um recomeço, uma chance de construir algo novo.
0
Comente!x

  Ela assentiu, um sorriso sincero se formando em seus lábios.
0
Comente!x

  E assim, com as mãos entrelaçadas sobre a mesa, eles concordaram silenciosamente em seguir adiante juntos. Sem pressa, sem cobranças, apenas dando um passo de cada vez. A noite parisiense, que antes estava cheia de incertezas, agora se abria diante deles como uma tela em branco, pronta para ser preenchida com as cores do amor, da confiança e do compromisso mútuo.
0
Comente!x

  Os dois caminhavam pela cidade iluminada de mãos dadas enquanto observavam o céu e então Taehyung parou de andar subitamente encarando o grande edifício que havia lá onde eles estavam, um dos maiores da cidade.
0
Comente!x

  - … – ele chamou –
  - Sim? – olhou para ele –
0
Comente!x

  - Você sabe como ver o topo daquele prédio?
0
Comente!x

  Agora os dois encaravam o prédio, soltando as mãos uma da outra.
0
Comente!x

  - Nós podemos subir para um prédio diferente… – ela respondeu –
0
Comente!x

  - Não! – ele se virou de frente para ela – Você entendeu errado!
0
Comente!x

  Taehyung se deitou no chão da rua, sem pudor ou vergonha, e então encarou o prédio. encarou ele lá, deitado.
0
Comente!x

  - Ei! Você está tão bêbado assim? – ela riu –
0
Comente!x

   se ajoelhou perto dele, encarando seu maxilar quadrado e seu rosto bonito.
0
Comente!x

  - Eu ouvi dizer que é assim que você faz! – ele disse se referindo á deitar-se no chão –
0
Comente!x

  - Quem foi que te disse isso? – perguntou ainda observando o rosto dele –
0
Comente!x

  - O meu pai! – os olhos dele voltaram a encher-se de água –
0
Comente!x

  - Ah, eu sabia! Ele deveria ser muito sábio! – sorriu, olhando para o prédio –
0
Comente!x

  Resolveu se juntar à ele no chão, e então se deitou ao seu lado.
0
Comente!x

  - Eu não consigo ver o topo do prédio!
0
Comente!x

  - Foi exatamente isso que eu disse a ele também!
0
Comente!x

   desviou os olhos para Taehyung.
  - Quando foi isso? – ela o viu fechar os olhos –
0
Comente!x

  - Quando eu tinha cerca de cinco, seis anos… – riu –
0
Comente!x

  - Ele estava apenas brincando com você!
0
Comente!x

  Os olhos marejado de Taehyung se fecharam, e ele mudou de assunto:
0
Comente!x

  - Sabe, … – Taehyung começou, abrindo os olhos e olhando para o céu noturno – Eu costumava passar muito tempo olhando as estrelas da janela do meu quarto quando era criança. Era uma maneira de me sentir conectado com meus pais, mesmo que eles não estivessem mais aqui… Eles costumavam me contar histórias sobre as constelações e o universo… Era reconfortante!
0
Comente!x

   olhou para ele com ternura, compreendendo a importância das estrelas em sua vida. Ela se virou para o céu e notou as estrelas brilhando acima deles.
0
Comente!x

  - As estrelas estão tão longe, mas nós ainda podemos vê-las, mesmo que a luz delas tenha viajado milhões de anos para chegar até nós. É como se estivessem nos lembrando de que o passado continua vivo, de alguma forma, no presente. E isso me faz pensar… talvez seus pais estejam lá em cima, cuidando de vocês, mesmo que de longe.
0
Comente!x

  Taehyung virou a cabeça para olhá-la, um sorriso suave brincando em seus lábios.
0
Comente!x

  - Você sempre encontra um jeito de ver a beleza e o significado nas coisas, não é?
0
Comente!x

  - A vida é cheia de beleza e significado, Tae. Às vezes, só precisamos olhar com os olhos certos.
0
Comente!x

  Ele assentiu, seus olhos fixos nos dela. O clima entre eles estava carregado de emoção e entendimento mútuo. Como se estivessem em sintonia, eles se aproximaram um pouco mais, seus rostos agora a centímetros de distância.
0
Comente!x

  - … – Taehyung sussurrou, seus lábios quase tocando os dela –
0
Comente!x

  - Sim, Tae? – respondeu, sua voz suave e cheia de antecipação –
0
Comente!x

  Sem mais palavras, seus lábios finalmente se encontraram em um beijo doce e profundo. Foi um beijo que expressava tudo o que eles sentiam, todas as palavras não ditas, todos os momentos compartilhados e todas as promessas silenciosas. E naquele momento, no meio da cidade iluminada e das estrelas cintilantes, eles souberam que estavam em um lugar especial, onde o passado e o futuro se encontravam. O beijo era o começo de um novo capítulo, cheio de esperança, amor e possibilidades infinitas.
0
Comente!x

***

  Após o momento mágico sob as estrelas, e Taehyung decidiram voltar para o hotel. O clima entre eles estava carregado de eletricidade, uma mistura de emoção e uma conexão profunda que transcendia as palavras. Enquanto caminhavam de volta, eles se mantinham próximos, seus dedos ocasionalmente se tocando e seus olhares trocando olhares cheios de significado. podia sentir seu coração acelerando a cada passo, suas emoções fervilhando sob a superfície.
0
Comente!x

  Ao entrarem no quarto, fechou a porta suavemente atrás deles. Ela virou-se para Taehyung, cujos olhos a devoravam com uma intensidade quente. Seus corações batiam em um ritmo acelerado, e o ar estava carregado de tensão.
0
Comente!x

  Sem dizer uma palavra, Taehyung se aproximou dela, seus dedos levantando-se para tocar gentilmente o rosto dela. fechou os olhos por um momento, sentindo a carícia suave e a sensação da proximidade dele.
0
Comente!x

  Seus lábios finalmente se encontraram em um beijo apaixonado e ardente. Era como se todo o desejo reprimido e as emoções acumuladas ao longo do tempo estivessem sendo liberados naquele momento. Os beijos eram cheios de fogo e ternura, uma combinação perfeita de paixão e carinho.
0
Comente!x

  Taehyung lentamente guiou em direção à cama, onde eles caíram juntos, suas mãos explorando cada centímetro da pele um do outro sobre os tecidos. As mãos de Taehyung deslizaram pelas lateral do corpo dela, enquanto os lábios de deixavam um rastro de beijos ao longo do pescoço dele.
0
Comente!x

  O calor entre eles era palpável, a eletricidade preenchendo o ar enquanto eles se entregavam ao momento. Eles se afastaram apenas o suficiente para olhar nos olhos um do outro, seus olhares refletindo a intensidade do que estavam vivenciando.
0
Comente!x

  - … – Taehyung sussurrou, sua voz rouca de desejo –
0
Comente!x

   respondeu com um sorriso e um beijo suave nos lábios dele. Suas mãos continuaram a explorar, agora as mãos dela estavam em suas costas, por baixo dos tecidos que ele usava, seus toques enviando arrepios pela pele sensível. Os dedos dela exploravam com ternura, acariciando sua pele e despertando ainda mais o desejo latente.
0
Comente!x

  Enquanto as mãos de se moviam em sua direção, Taehyung deixou escapar um suspiro carregado de excitação. Ele sentiu a proximidade dela de uma maneira tão intensa que parecia quase irreal. Cada toque, cada beijo, era como se a conexão entre eles se aprofundasse ainda mais, transcendendo o físico e mergulhando nas emoções que compartilhavam.
0
Comente!x

  Os lábios de Taehyung encontraram novamente os dela em um beijo apaixonado e fervoroso. Seus corações batiam em uníssono, a intensidade do momento fazendo o