Ana Ammon
Visite o Perfil

Status

Loading

Avalie

Este texto não foi revisado
Encontrou algum erro? Clique aqui

Esta história não possui capas prévias (:

Sem curiosidades para essa história no momento!

Baby Sitter

08.

  A Cameron veio buscar a Raddix na segunda no fim da tarde, o David havia me avisado que chegaria por volta das oito da noite no aeroporto como já eram sete e meia, eu fui tomar um banho para me arrumar e ir buscar ele, coloquei uma roupa básica, entrei no carro e fui até o aeroporto.
0
Comente!x

  :
  Hey David
0
Comente!x

  Já estou aqui na área de desembarque
0
Comente!x

  Parei no starbucks para tomar um café
0
Comente!x

  David:
  Hey!
  Já desembarquei, em vinte minutos te encontro.
0
Comente!x

  See you.

  Bloqueei o celular e me sentei em uma mesa esperando ele, em meia hora eu o vi aparecer carregando uma mala razoavelmente grande, me levantei da mesa para cumprimentar ele que se sentou na cadeira ao meu lado.
0
Comente!x

  - Tá trazendo a cada junto?
0
Comente!x

  - Não, só bastante roupa. – ele deu risada. – E aí preparada para o evento?
0
Comente!x

  - Nem em um milhão de anos. – suspirei enquanto dava um gole no café. – Ainda não caiu a ficha que vou em um evento desse tamanho.
0
Comente!x

  - Relaxa e se diverte ok?
0
Comente!x

  - Ok…
  Voltamos para casa e logo que entramos a Cameron me disse que o estilista iria lá na manhã seguinte e que ela estaria junto com ele, eu senti borboletas no meu estômago, afinal eu sempre quis saber como era estar no tal tapete vermelho mas nunca pensei que de fato um dia isso aconteceria.
0
Comente!x

  - ?
  - Hm? Que foi? – falei me virando para ele.
0
Comente!x

  - Onde eu vou dormir?
0
Comente!x

  - Bom, tem duas opções, quarto de visitas e o meu quarto, você quem sabe. – sorri para ele.
0
Comente!x

  - Matt não vai ficar bravo se dormir contigo?
0
Comente!x

  - Nós não temos nada, David.
0
Comente!x

  - Ah, eu achei que…
0
Comente!x

  - Que a gente estivesse namorando? Não, pelo menos não ainda.
0
Comente!x

  - Esse ainda que me assusta um pouco.
0
Comente!x

  - Ué David, não tem motivo para ficar assustado não, eu heim.
0
Comente!x

  - Se você diz…
  Eu dei risada da reação dele e fui até a cozinha preparar algo para jantar, sinceramente estava com vontade de comer uma comida bem brasileira, fiz arroz, feijão, salada e um bife, o típico prato feito do brasil, depois de tudo pronto servi a comida na mesa e nos sentamos para comer.
0
Comente!x

  Depois do jantar assistimos a um filme na sala e fomos deitar, acordei cerca de dez da manhã com a Cam me ligando.
0
Comente!x

  - Bom dia Cam.
  - Bom dia flor do dia, estamos a caminho.
0
Comente!x

  - Mas já? – falei pulando da cama e acordando o David. – Sorry. – sussurrei.
0
Comente!x

  - Ele tá no seu quarto né?  – ela gargalhou do outro lado.
0
Comente!x

  - Você pare, não aconteceu nada.
0
Comente!x

  -  Hm, sei. Bom, em meia hora estaremos aí.
0
Comente!x

  - Ok, estou esperando vocês.
0
Comente!x

  Corri para o banheiro, escovei os dentes, fui até a cozinha passar o café enquanto me vestia e quase caí no caminho, quando o café ficou pronto, peguei uma xícara e fui até a parte de fora para poder tomar o café e observar as plantas, coisa que eu não abria mão pela manhã, me sentei na cadeira que tinha da parte da sacada próxima a porta e notei que em seguida o David se sentou ao meu lado.
0
Comente!x

  - Cameron te ligou?
  - Sim, estão vindo.
  - Ah, ok. – ele deu um gole no café. – , tem certeza que você e o Matt não tem nada?
0
Comente!x

  - Mas que coisa, tenho absoluta certeza, por que?
0
Comente!x

  - Então, você não tem visto sites de fofoca ultimamente né?
0
Comente!x

  - Eu não, eles inventam cada coisa.
0
Comente!x

  - Pois então, saiu em vários lugares que você era a nova namorada do vocalista do avenged sevenfold, até fotos de vocês juntos onde parecia ser em las vegas as pessoas usaram.
0
Comente!x

  - Mano como é? – me ajeitei na cadeira e olhei confusa para ele. – Caralho não se tem um minuto de paz quando estamos andando com alguém famoso.
0
Comente!x

  - Olha esse. – ele me entregou o celular enquanto dava risada da minha reação.
0
Comente!x

  - Meu deus…
  Quando peguei o celular dele estava lá a reportagem:
0
Comente!x

  “Babá da filha da atriz Cameron Diaz com o músico Benji Madden se envolve romanticamente com M. Shadows do Avenged Sevenfold, os dois foram vistos constantemente juntos, em vários lugares de Las Vegas e Los Angeles, confira as fotos!”
0
Comente!x

  Devolvi o celular para o David e fiquei um bom tempo em silêncio pensando naquilo, peguei meu celular e fui conferir os sites de fofoca do Brasil, claro que com um total de zero surpresa lá estavam as mesmas reportagens, para ser bem sincera eu já esperava algo do gênero, só não esperava que fosse tão cedo.
0
Comente!x

  A Cameron chegou com o estilista e eu fui atender eles, fomos para o quarto de visitas e o estilista tirou todas as minhas medidas, depois de tudo medido e devidamente anotado nos sentamos na mesa da sala para decidir como seria o modelo, a Cameron tinha idéias de vestidos brilhantes, com salto alto e uma maquiagem leve, nada próximo do que eu estava pensando, se é para aparecer no tapete vermelho, que seja algo icônico.
0
Comente!x

  - Então, na verdade eu estava pensando em um vestido nesse estilo. – mostrei a referência sendo a P!nk, onde ela usava um vestido preto com pontas assimétricas. – O tecido eu deixo por sua conta. – olhei para o estilista.
0
Comente!x

  - Nossa é exatamente o que eu havia pensado, quando a Cameron me falou de você eu fui atrás das suas redes sociais, vi que você anda sempre com bandas de rock e achei que seria interessante montar algo diferente para você. – ele pegou a pasta e tirou um desenho. – Veja o que acha.
0
Comente!x

  - É perfeito! – respondi olhando o desenho, um vestido preto com pontas assimétricas, um pouco de brilho, spikes, simplesmente o que eu estava imaginando.
0
Comente!x

  - Ótimo! Até depois de amanhã ele fica pronto! – o estilista fechou sua pasta depois de ter anotado tudo.
0
Comente!x

  - , me conta, você e o Matt estão namorando em segredo?
0
Comente!x

  - Caralho, você também viu os sites de fofoca né Cam?
0
Comente!x

  - Sim, inclusive as reportagens começaram a sair esta semana.
0
Comente!x

  - Gente do céu. – falei inconformada. – Nós não temos nada sério, pode estar certa que se um dia se tornar sério você vai ser a primeira a saber, ok?
0
Comente!x

  - Ok! – ela deu risada. – Não se estressa com isso, sério, daqui para frente só vai ficar mais complicado, ainda mais que você vai no evento com o David, não com o Matt.
0
Comente!x

  - Olha, não tinha pensado nisso.
0
Comente!x

  - É por isso que eu estava te perguntando tanto sobre você e o Matt. – o David entrou na sala. – Assim eu posso ficar tranquilo, mesmo sabendo que irão sair fofocas dizendo que eu estou saindo com a namorada do Sanders. – ele deu risada.
0
Comente!x

  - Bom, pode ficar tranquilo, David. – sorri para ele.
0
Comente!x

  Passamos a tarde daquele dia tomando cerveja, comendo amendoins e conversando, em meio a conversa meu celular começou a vibrar e não parava, quando peguei e olhei as mensagens era o grupo com as meninas.
0
Comente!x

  Li:
   QUE ROLÊ É ESSE DE TU ESTAR NAMORANDO COM O SANDERS?
0
Comente!x

  Bia:
  Calma Li, acho que se fosse real ela contaria para nós antes das revistas, NÉ ?
0
Comente!x

  :
  Gente se acalmem!
0
Comente!x

  Não tem nada sério rolando entre eu e o Matt
0
Comente!x

  Relaxa, quando for sério vocês vão saber.
0
Comente!x

  É só fofoca gente.
  Rê:
  Eu já ia te ligar pra saber essas fofocas
0
Comente!x

  Não estava me conformando.
0
Comente!x

  Inclusive seus pais vão te ligar logo menos
0
Comente!x

  Eles viram site de fofoca e estão inconformados.
0
Comente!x

  :
  Ah pronto…
  É isso gente, não to namorando com ninguém.
0
Comente!x

  Tanto que vou ao tal evento da Marshall hoje com o Desrosiers
0
Comente!x

  Se eu estivesse namorando com o Sanders não faria sentido ir com o David.
0
Comente!x

  Bia:
  Olha, você tem um bom ponto.
0
Comente!x

  Se cuide, cuidado com as fofocas, tenha em mente que vão sair umas fofocas loucas.
0
Comente!x

  Principalmente falando que o David roubou a namorada do Shadows.
0
Comente!x

  :
  To sabendo mana
0
Comente!x

  Estamos preparados já.
0
Comente!x

  Obrigada <3

  Eu mal sai do whatsapp e meu celular estava tocando, meus pais me ligando em chamada de vídeo, eu atendi e fui para longe de todos para conseguir explicar a situação toda, depois de um tempo explicando e reexplicando tudo eles entenderam, afinal eram só fofocas, nada sério, se fosse eles estariam sabendo sem dúvidas, depois de muito conversar eles entenderam, eu mostrei por vídeo chamada a casa nova e pouco depois desligamos.
0
Comente!x

  - , que acha de irmos amanhã no letreiro? – o David falou assim que viu que desliguei.
0
Comente!x

  - Pode ser!
  - Gente, eu vou para casa, o Benji está chegando, comportem-se e não façam nada que eu não faria. – Cam olhou para mim e gargalhou.
0
Comente!x

  - Tu não presta mulher. – falei rindo e abraçando ela.
0
Comente!x

  - Se cuidem, vejo vocês no evento.
0
Comente!x

  Sorri para ela e voltei a olhar para o David que estava me encarando com uma sobrancelha arqueada, dei de ombros para a expressão dele e fui me trocar, afinal está muito quente e tudo o que eu preciso no momento é ir na piscina, aproveitar um pouco depois de ter ido a tantos shows seguidos.
0
Comente!x

  Saí do quarto usando só o biquini preto, passei pela sala e notei que o David acompanhava cada passo meu com o olhar, sorri de canto satisfeita com a reação dele e saí no quintal, fiquei um tempo pensando e decidi entrar na jacuzzi, pouco tempo depois vi o David caminhando em minha direção usando somente a bermuda de tactel, ele entrou na jacuzzi e se sentou ao meu lado e passou a mão pelo meu ombro.
0
Comente!x

  - Sabe, o Matt tem muita sorte.
0
Comente!x

  - Sorte? – falei confusa.
  - Sim, de ter te conhecido primeiro.
0
Comente!x

  - Ah pronto, agora tem isso é? – falei inconformada e me afastei um pouco dele. – Saiba que quem toma as decisões na minha vida sou eu mesma, não os outros, quem decidiu morar com o Sanders e ficar com ele fui eu, assim como quem escolheu beijar o Tom e você também fui eu.
0
Comente!x

  - Calma . – ele falou apreensivo.
0
Comente!x

  - Calma nada. – bufei e cruzei os braços.
  - Eu quis dizer que talvez se eu tivesse te conhecido antes você moraria comigo…
0
Comente!x

  - David, só se você morasse aqui, o que sabemos que não acontece, minha vida está nesse país, não posso simplesmente mudar para o Canadá, nem visto eu tenho.
0
Comente!x

  - É, você tem um ponto.
0
Comente!x

  - Entende agora quando eu digo que quem decide o que fazer da minha vida sou eu?
0
Comente!x

  - Sim, faz sentido, eu é quem criei uma história e teoria maluca mesmo.
0
Comente!x

  - Sim. – dei risada. – Enfim, amanhã vamos no letreiro então?
0
Comente!x

  - Sim! Tem muitos anos que fui lá, nem lembro direito de como é.
0
Comente!x

  - Gigante. – gargalhei. – Mas vamos sim, é bom rever os pontos turísticos, podemos ir na warner depois, o que acha?
0
Comente!x

  - Acho perfeito! – ele se aproximou e acariciou meu rosto. – Onde quer que você decida ir, nós vamos.
0
Comente!x

  Sorri de canto para ele, passei a mão pela nuca e ele entendeu que isso era um sinal de que estava tudo bem, nos encaramos durante alguns instantes e venci o espaço entre nós selando nossos lábios, no início foi um beijo calmo que aos poucos foi se intensificando, senti suas mãos passando levemente pela minha cintura como se pedisse permissão para continuar se aventurando em meu corpo, quando passei uma mão pela sua cintura o puxando para mais perto ele entendeu que poderia continuar explorando cada pedaço do meu corpo, sua mão foi lentamente da minha cintura em direção ao meu peito, ele o pegou com firmeza me fazendo soltar um gemido baixo, nesse momento ele me pegou firmemente pela cintura e me puxou para seu colo onde pude sentir que ele queria aquilo tanto quanto eu.
0
Comente!x

  - David… – sussurrei ao pé do ouvido dele – É melhor irmos para a cama, não?
0
Comente!x

  - Se você diz… – ele mordeu meu lábio inferior. – Por mim continuamos aqui mesmo.
0
Comente!x

  - Não gosto muito de água para coisas assim.
0
Comente!x

  Me levantei pegando a toalha e me sequei, em seguida ele saiu também se secando, assim que entramos em casa ele me puxou e me beijou novamente, com mais voracidade dessa vez, enquanto ele me guiava até o quarto eu depositava beijos no pescoço dele, assim que entramos no quarto as roupas molhadas foram jogadas para o lado, ele me deitou gentilmente na cama e sua mão deslizou até minhas coxas, eu o empurrei na cama e comecei a depositar beijos pela extensão de seu peitoral, pude ouvir os gemidos baixos que ele soltava enquanto isso, em um movimento rápido ele me deitou na cama enquanto pegou a camisinha em sua carteira na mesa de cabeceira, ali na minha cama nós matamos a vontade que estávamos.
0
Comente!x

  - Acho que vou tomar um banho. – falei meio ofegante.
0
Comente!x

  - Quer companhia?
0
Comente!x

  - Não vou negar. – sorri de canto e olhei para ele.
0
Comente!x

  Ele se levantou e me acompanhou no banho, depois do banho saímos para jantar, a escolha do restaurante ficou por conta do David, que escolheu o Providence, um restaurantes de frutos do mar.
0
Comente!x

  Chegamos no restaurante havia uma fila enorme de espera, ele pegou minha mão e foi em direção s entrada, falou com a recepcionista e em minutos nós já estávamos sentados na mesa escolhendo o que jantar.
0
Comente!x

  - Você reservou? – perguntei depois de fazer meu pedido.
0
Comente!x

  - Sim, eu já havia planejado sair para jantar com você, foi indicação do Pierre este restaurante.
0
Comente!x

  - Não esperava por isso. – sorri para ele.
0
Comente!x

  - Bom, daqui podemos dar uma volta no píer se quiser, dizem que a noite lá fica bem bonito.
0
Comente!x

  - Claro! Amanhã temos que sair cedo, o letreiro é bem cheio por ser ponto turístico.
0
Comente!x

  - Com certeza!
  Terminamos de jantar, fomos até o píer onde resolvemos andar na praia, realmente aquele lugar é lindo a noite, eu notei algumas pessoas olhando para nós enquanto caminhávamos em direção ao bar que tem no píer para tomarmos uma cerveja, sinceramente eu não liguei muito, acho que talvez fossem fãs dele, de lá nós voltamos para casa, eu tomei uma ducha e fui direto para a cama dormir.
0
Comente!x

  Acordei no dia seguinte com o despertador, me levantei e fui fazer o café, enquanto passava o café me perdi lendo as notícias, coisa que eu não faço com frequência.
0
Comente!x

  “ Caralho tão real achando que eu estou namorando o Sanders, sinceramente eu não iria negar namorar ele mas sabemos que ele acabou de sair de um relacionamento, nós dois temos o direito de curtir um pouco, eu quero aproveitar ao máximo o tempo e a oportunidade de ficar próxima aos meus ídolos”
0
Comente!x

  O celular tocou me tirando dos meus pensamentos sobre as notícias, a tela mostrava escrito “M.Shadows”
0
Comente!x

  - Hey!
   que doideira é essa?
0
Comente!x

  - Calma Matt, do que você está falando?
0
Comente!x

  – Até ontem para a mídia nós namorávamos, hoje sai notícia de que você está me traindo.
0
Comente!x

  - Amado? – exclamei confusa. – Eu estava lendo as notícias até agora e não vi nada.
0
Comente!x

  – Bom, vou te mandar o link, mas no geral a fofoca fala que você está me traindo com o David, postaram até foto de vocês em restaurante e no píer.
0
Comente!x

  - Ah então era isso… – sussurrei. – Matt vai sair mais coisa, hoje vou no letreiro e na warner com o David, lembre-se de que você quem falou que não tinha problema ir com ele ao evento.
0
Comente!x

  – Ok, obrigado por me avisar. – ele bufou. – Aproveitem.
0
Comente!x

  - Escuta, você tá bravo?
0
Comente!x

  – Não, só incomodado com as notícias.
0
Comente!x

  - Não leia notícias, não vale a pena ver as fofocas não.
0
Comente!x

  – É, você tem razão. – ele deu risada do outro lado. – Ai , só você para me fazer ficar bravo com fofoca, sabe eu acho que…
0
Comente!x

  - Matthew, pense bem no que você vai falar em seguida. – interrompi ele sentindo meu coração bater mais forte só de pensar ele falando que me ama.
0
Comente!x

  – Vou esperar voltar para casa, aí completo a frase.
0
Comente!x

  - Você não presta Matt. – dei risada
0
Comente!x

  – See you soon my little monster.
0
Comente!x

  - See you soon sweetie.
  Desliguei o telefone e virei de volta para a pia onde estava a garrafa térmica e o café, acabei levando um susto com o David ali, coloquei o celular na bancada e fui em direção ao café.
0
Comente!x

  - Bom dia.
  - Bom dia , estava falando com o Matt?
0
Comente!x

  - Sim, imagino que pela sua cara você já viu as fofocas do dia.
0
Comente!x

  - , babá da Cameron Diaz, está traindo o M. Shadows, vocalista do Avenged Sevenfold, com o David Desrosiers, baixista do Simple Plan.  – ele falou rindo. – As fofocas correm rápido.
0
Comente!x

  - Mas gente, como vocês dois viram isso antes de mim? – perguntei colocando duas xícaras na bancada e servindo o café. – Te juro que eu estava olhando site de fofoca agora, enfim, com falei para o Matt, deixa para lá. – entreguei uma xícara de café para ele. – Vamos tomar café e sair, só está sem açúcar.
0
Comente!x

  Ele sorriu enquanto pegou o café, colocou um pouco de açúcar e se sentou na mesa comigo, foi quando abri novamente os sites de fofoca e me deparei com as notícias, dei risada da reação das pessoas e em seguida veio na minha mente o quão complicado isso ia ser no Brasil.
0
Comente!x

  - Ah puta que pariu. – falei colocando a xícara na mesa.
0
Comente!x

  - Que foi?
  - Eu simplesmente esqueci que a fanbase do Simple Plan é meio doida no Brasil, enquanto estava mexendo com os fãs do Avenged estava fácil…
0
Comente!x

  - Ah, já saiu a fofoca no Brasil também.
0
Comente!x

  - Em português não, mas em inglês já tem uma galera compartilhando. – abri o site do Simple Plan Brasil, um dos maiores sites de fã e lá estava a notícia, tinha até noticia de que eu havia saído com o Jeff há meses atrás. – É isso, vou ser massacrada no Brasil, só aceito mesmo.
0
Comente!x

  - Calma, os fãs brasileiros não são tão assim.
0
Comente!x

  - Vocês tiram isso da onde? O Pierre disse o mesmo para mim uma vez.
0
Comente!x

  - Ah são nossos fãs né.
0
Comente!x

  - David, sou Brasileira, faço parte da fanbase de vocês, sei bem o quão doidas são as fãs.
0
Comente!x

  - Ah… Nesse caso você tem a experiência como fã.
0
Comente!x

  - Sim e sei o quanto a Lachelle é odiada. – suspirei. – Enfim, deixa falarem.
0
Comente!x

  - Mas será que ela não é odiada por ser casada com o Pierre?
0
Comente!x

  - Além de ser uma puta escrota com os fãs? – falei deixando meu lado fã tomar conta. – Sorry, não me responsabilizo quando se trata de Lachelle.
0
Comente!x

  - Lado fã berrou heim. – ele deu risada. – Mas sério por que as fãs odeiam tanto ela?
0
Comente!x

  - Ah David são tantos motivos…
0
Comente!x

  - Bom, eu ia te convidar para ir ao Brasil com a gente na turnê, mas não sei mais se você vai querer ir.
0
Comente!x

  - Claro que quero David! Só não me responsabilizo pelos meus atos nos shows. – dei risada.
0
Comente!x

  - Ótimo! Vou avisar o Pierre, nós embarcamos daqui duas semanas, tudo bem?
0
Comente!x

  - Claro, para lá eu não tenho que me preocupar com visto.
0
Comente!x

  Nós terminamos o café e fomos para o letreiro, o dia passou suave e tranquilo, eu estava muito empolgada com a ideia de ir para o Brasil e de combo ainda ir com Simple! O meu eu do passado jamais iria prever isso vindo, depois do letreiro passeamos pela warner, onde fizemos a visitação guiada, por fim terminamos tomando um café em um restaurante próximo da praia, eu vi algumas pessoas tirando foto de longe e curiosas com nós dois, já sabendo das fofocas evitamos ao máximo o contato físico assim fica mais difícil das pessoas criaram ou confirmarem as teorias.
0
Comente!x

  No dia seguinte eu fiz a prova do vestido, que ficou perfeito inclusive, a semana passou voando e finalmente chegou o dia do evento, eu comecei a me arrumar eram três da tarde, o evento começa às seis, tenho certeza que até lá estarei pronta, quando terminei a maquiagem e cabelo, olhei o relógio e levei um susto com o horário, ele marcava cinco e meia.
0
Comente!x

  - , está pronta? – David falou entrando no quarto.
0
Comente!x

  - Quase, me ajuda com o vestido?
0
Comente!x

  - Claro!
  Ele me ajudou a fechar o vestido, coloquei meu coturno e me olhei no espelho, sorri orgulhosa com a imagem que vi.
0
Comente!x

  “You can do it!”
  Falei para mim mesma mentalmente, peguei uma bolsa preta para combinar com o vestido e me virei para o David.
0
Comente!x

  - Estou pronta.
  - Está linda! – ele sorriu enquanto me olhava. – Vamos?
0
Comente!x

  - Claro! – olhei para ele. – Você está incrível David.
0
Comente!x

  - Obrigado. – ele sorriu sem jeito.
0
Comente!x

  Fomos para o evento e chegando lá vi logo de cara muitas pessoas com câmeras vindo para cima do carro, eu sabia que aquelas fotos iriam parar em sites de fofoca logo em seguida, descemos do carro e fomos para o tal tapete vermelho, fizemos poses para nos fotografarem e entramos no lugar, era tudo incrivelmente lindo e chique, para ser sincera eu nem sabia direito como me comportar, nos sentamos na mesa junto com o restante do Simple e suas acompanhantes, vieram nos servir bebidas e escolhi vinho tinto para beber, naquela situação eu realmente precisava de uma bebida e o vinho era a melhor opção.
0
Comente!x

  - Pierre, a falou que topa ir ao Brasil com a gente!
0
Comente!x

  - Ótimo! Temo uma guia turística.
0
Comente!x

  - Admito que não conheço muita coisa fora de São Paulo. – falei sem graça.
0
Comente!x

  - Tradutora então! – o Pierre falou sorrindo.
0
Comente!x

  - Ah nisso posso ajudar! – sorri para ele.
0
Comente!x

  - Combinado então, esteja preparada, daqui duas semanas nós vamos embarcar, saímos daqui de LA mesmo.
0
Comente!x

  - Combinado!
  O evento foi acontecendo, tiveram algumas apresentações no decorrer da noite, como Måneskin, P!nk, Imagine Dragons e então veio a pausa para jantar, parecia tudo estar correndo perfeitamente bem, depois do jantar uma pessoa da empresa subiu ao palco com o microfone na mão.
0
Comente!x

  - Boa noite a todos, espero que estejam aproveitando nosso evento e que o jantar tenha sido agradável, como estamos chegando ao fim do evento vamos para nossa participação especial, uma banda de rock conhecida mundialmente e também um de nossos maiores parceiros. – ele estendeu o braço e abriram as cortinas revelando a bateria com a estampa de caveira com asas de morcego, senti meu estômago revirar no mesmo instante. – Com vocês Avenged Sevenfold!
0
Comente!x

  Um piano começou a tocar e pude sentir minhas pernas tremerem, ainda bem que eu estava sentada, quando ouvi a bateria começar eu sabia que aquele seria o show mais incrível que eu poderia estar, o Matt começou a cantar e senti meu corpo inteiro estremecer, ele desceu do palco e foi cumprimentando a todos que ele conhecia, quando chegou na nossa mesa cumprimentou os meninos, parou atrás de mim e cantou o pedaço “its your fucking nightmare” onde em seguida vem o solo do Synyster.
0
Comente!x

  - Hey girl.
  - Hey Matt. – olhei para ele e tive que segurar a vontade de pular em cima dele ali mesmo.
0
Comente!x

  - Te vejo em casa. – ele sorriu e apertou levemente meu ombro.
0
Comente!x

  - Ok… – olhei para o David que estava tão confuso quanto eu. – Você também não sabia que ele estaria aqui?
0
Comente!x

  - Não, se não teria te avisado .
0
Comente!x

  - Ah.
  - Hm, tem alguém sem jeito por ter dois boys no mesmo lugar. – a Cameron disse atrás de mim.
0
Comente!x

  - Cam! – sorri olhando para ela e me levantei para a abraçar. – Help?
0
Comente!x

  - Vem, vamos comigo.
0
Comente!x

  Nós caminhamos para uma área mais distante, onde havia um jardim e vista para a rua, nos sentamos nos bancos ali e ela apoiou a mão na minha perna.
0
Comente!x

  - , você não sabia mesmo?
0
Comente!x

  - Claro que não! Você estava comigo quando ele falou que estaria em outro país!
0
Comente!x

  - Verdade. – ela falou pensativa. – Bom, eu já sabia que o Matt adora pregar peças mas não achava que era nesse nível.
0
Comente!x

  - Não sei nem o que fazer Cam, tá cheio de gente, vai sair várias fofocas…
0
Comente!x

  - , calma, respira fundo, você consegue lidar com isso.
0
Comente!x

  - Cam, enquanto eu lidava com a fanbase do Avenged estava tudo bem, o problema está em lidar com a fanbase do Simple.
0
Comente!x

  - Ué, por que?
0
Comente!x

  - Por que as fãs brasileiras são malucas, o Pierre me convidou para ir ao Brasil com eles, ser intérprete.
0
Comente!x

  - Você vai, né?
  - Óbvio, acha que vou negar uma oportunidade de visitar meu próprio país? – dei risada. – Só tenho que achar um modo de lidar com as fãs, de resto, tudo certo.
0
Comente!x

  - Bom, saiba que pode contar comigo, se precisar sair no meio da noite hoje me avisa.
0
Comente!x

  - Obrigada Cam, sério. – me levantei e a abracei.
0
Comente!x

  - Vamos voltar que meu vinho está lá dentro.
0
Comente!x

  Dei risada e voltamos para as mesas, assim que me sentei começou a tocar Scream, a minha música preferida, cantei junto mesmo sentada na mesa, o que fez o Pierre e o Jeff ficarem me olhando enquanto eu cantava olhando fixamente para o Matt, que notou que eu estava cantando e veio cantar na minha frente no final da música, me puxou pela cintura nos fazendo ficar bem próximos.
0
Comente!x

Cherishing, those feelings pleasuring
Cover me, unwanted clemency
Scream till there’s silence
Scream while there’s life left, vanishing
Scream from the pleasure unmask your desire
Perishing

  Ele acariciou meu rosto com as costas da sua mão e voltou ao palco, me sentei novamente e respirei fundo, eu realmente não esperava por aquilo, senti que muitas pessoas me observavam, incluindo Simple Plan que estava na mesma mesa que eu, passei a mão pela minha nuca e olhei para o David.
0
Comente!x

  - Que foi?
0
Comente!x

  - Nada, só que eu não esperava tanto auto controle de você.
0
Comente!x

  - Como assim?
  - Bom, ele te puxou pela cintura, todos sabem o que ele quer.
0
Comente!x

  - Ah, é… – falei sentindo meu rosto queimar. – Eu e o Matt somos muito, complexos sobre essas coisas.
0
Comente!x

  - Bom, imagino que você vai sair com ele daqui.
0
Comente!x

  - Não, eu vim com você, volto com você, a não ser que você não queira voltar comigo.
0
Comente!x

  - Então voltamos juntos. – ele sorriu.
0
Comente!x

  - Bom, você ir com a gente para o Brasil está confirmado mesmo? – Pierre perguntou me olhando sério. – Por que estamos falando em contratar você como intérprete.
0
Comente!x

  - Claro que eu aceito, Pierre, eu jamais iria negar visitar meu próprio país com minha banda favorita.
0
Comente!x

  - Combinado então, o salário e coisas assim combinamos amanhã, pode ser?
0
Comente!x

  - Claro! Se quiser posso ir até a sua casa.
0
Comente!x

  - Seria perfeito. – a Lachelle interrompeu a conversa. – Por acaso você pode me ensinar a fazer o Brigadeiro?
0
Comente!x

  - Claro Lachelle! – sorri para ela. – Encontro vocês umas duas horas, pode ser?
0
Comente!x

  - Combinado!
  O evento acabou e na hora de sair eu não estava achando o David, depois de desistir de procurar eu o vi vindo em minha direção junto com o Matt, os dois se sentaram na minha frente e sorriram.
0
Comente!x

  - , o que acha de nós três sairmos juntos?
0
Comente!x

  - Acho perfeito, mesmo sabendo que isso vai dar o que falar. – dei risada imaginando as páginas de fofoca.
0
Comente!x

  - Bom, então vamos!
0
Comente!x

  Eu me levantei e cada um deles me abraçou de um lado, ambos passando a mão pela minha cintura, senti meu rosto queimar e começamos a caminhar em direção à saída do evento, assim que passamos a porta vi os flashes em nossa direção, nós três fizemos algumas poses para as fotos, incluindo uma que eles me pegaram no colo como se eu estivesse deitada, decidi naquele momento que eu iria deixar os hates de lado, que iria aproveitar ao máximo tudo o que eu estava vivendo naquele momento.
0
Comente!x

  Chegamos em casa e nos jogamos no sofá, foi uma noite longa e cansativa, sinceramente não estava me importando mais com a situação toda.
0
Comente!x

  - Vocês tem consciência de que vão sair fofocas mundiais falando que somos um triângulo, né?
0
Comente!x

  - Sim, foi planejado. – o Matt falou se ajeitando no sofá. – O David teve a ideia e veio falar comigo.
0
Comente!x

  - E por que vocês não me contaram?
0
Comente!x

  - Imaginávamos que você iria aceitar. – David deu risada. – Afinal, é bem nítido que você está a fim de nós dois.
0
Comente!x

  - Caralho, ficou tão na cara assim?
0
Comente!x

  - Sim. – eles responderam em coro.
0
Comente!x

  - Enfim, eu vou deitar. – me levantei do sofá e fui em direção ao quarto, no caminho do quarto notei que o Matt estava me seguindo, ele entrou no quarto atrás de mim e fechou a porta. – Não, eu quero descansar.
0
Comente!x

  - Ah, ok… – ele respondeu passando a mão pela nuca. – É que eu queria me despedir, sei que você vai viajar com Simple semana que vem.
0
Comente!x

  - Ah sim, mas só para o Brasil, depois eu volto para casa. – abracei ele. – Enquanto isso você aproveite. – olhei para ele e selei nossos lábios.
0
Comente!x

  - Vou aproveitar, fique tranquila. – ele sorriu. – Você também, aproveite.
0
Comente!x

  - E a frase que você falou que completaria em casa?
0
Comente!x

  - Bom, era que eu acho que gosto de você.
0
Comente!x

  - Hm, saiba que é recíproco. – sorri para ele. – Promete não se deixar abalar pelas fofocas?
0
Comente!x

  - Prometo. – ele sorriu. – Sabe, consigo lidar com a ideia de dividir você com o David.
0
Comente!x

  - Olha só, Sanders deixando o ciúme de lado? – dei risada. – Bom assim.
0
Comente!x

  - Ah, já vi que não vai ter jeito, ou eu aceito ou vou ficar com raiva sempre.
0
Comente!x

  - Bom que entendeu. – sorri para ele.
0
Comente!x

  Eu soltei ele e fui me ajeitar para dormir, afinal no dia seguinte eu tinha combinado de ir até Ojai assinar um contrato com Simple Plan.
0
Comente!x

  Acordei na manhã seguinte me espreguiçando na cama e encontrei o Matt deitado ao meu lado, quando me levantei vi que ele estava acordado também.
0
Comente!x

  - Good morning sunshine. – sorri para ele. – Vou até Ojai assinar contrato com Simple.
0
Comente!x

  - , eu estava pensando, você também pode ajudar Avenged quando formos pata o Brasil.
0
Comente!x

  - Sem dúvidas honey, o show de vocês eu não perco por nada! Quando vão?
0
Comente!x

  - Mês que vem.
  - Contem comigo! – sorri para ele.
0
Comente!x

  - Olha, sobre o salário, o que acha de ganhar três mil dólares?
0
Comente!x

  - Para mim é perfeito Matt. – me sentei ao lado dele. – Quanto tempo vão passar no Brasil?
0
Comente!x

  - Duas semanas.
  - Ok. – olhei séria para ele. – Todas as despesas são por conta da banda, certo? Hotel, passagens, comida, transporte, tudo.
0
Comente!x

  - Claro! Hotel se você topar a gente até divide o quarto!
0
Comente!x

  - Não quero te atrapalhar, mas eu aceito.
0
Comente!x

  - Combinado então! Vou falar para os caras que você topou. – ele sorriu e me abraçou. – Agora vai lá e combina com Simple também!
0
Comente!x

  - Matt, eu tenho uma condição para fechar isso com vocês, a mesma condição que tenho com Simple, eu quero assistir aos shows da plateia.
0
Comente!x

  - Você vai poder assistir de onde quiser sweetie.
0
Comente!x

  - Tá, eu também quero três ingressos extras com all access, assim levo minha irmã e uma amiga.
0
Comente!x

  - Ok, quantos você precisar.
0
Comente!x

  - Então fechado. – dei risada.
0
Comente!x

  Fui para a cozinha onde encontrei o David, ele já havia feito todo o café da manhã, me servi e comi em silêncio.
0
Comente!x

  Caralho quem diria, de babá dos Madden para intérprete e tradutora de banda, além de Simple eu já fechei com Avenged, sinceramente estou orgulhosa de mim mesmo.
0
Comente!x

  - Vamos? – David falou me tirando dos meus pensamentos.
0
Comente!x

  - Vamos!
  Nós entramos no carro e fomos até Ojai, no caminho mandei mensagem para as meninas atualizando elas do que estava rolando, mais tarde eu iria explicar tudo com calma, o David foi dirigindo o caminho todo e cerca de uma hora depois nós chegamos na casa do Pierre, quando estacionamos o Pierre e a Lachelle já abriram a porta ambos sorrindo.
0
Comente!x

  - Hello! – Lachelle falou empolgada.
0
Comente!x

  - Hey guys! – desci do carro e abracei eles que ficaram meio em choque. – Bom se acostumar com abraços, você está indo para o Brasil, costumes brasileiros ué. – falei rindo notando que os dois me olhavam confusos.
0
Comente!x

  - Ah então realmente é um costume brasileiro isso?
0
Comente!x

  - Sim Lachelle, quando a gente conhece a pessoa ou sente que conhece é assim que Brasileiro se cumprimenta.
0
Comente!x

  - Viu baby te falei que era normal isso lá. – Pierre entrou fazendo menção para seguirmos ele, na mesa de jantar estavam sentados o restante da banda, a equipe toda e o empresário.
0
Comente!x

  - Bom, chegaram bem na hora. – Danny, o empresário, falou separando uns papéis. – Aqui está o contrato , leia com calma e veja se aceita.
0
Comente!x

  - Ok.
  Me sentei na mesa pegando o contrato da mão do Danny, comecei a ler e uma das primeiras coisas era o valor que iria receber, cerca de quatro mil dólares, mas teria que acompanhar eles nos passeios, em entrevistas e principalmente ajudar com a parte dos fãs para eles entenderem o que estava sendo dito, abaixo estava descrito que nada que acontecesse em backstages era para ser divulgado, como caso eles saíssem com alguém, ficassem bêbados e coisas do gênero, eu teria tudo pago, alimentação, estadia, passagens, eu suspirei apoiando o contrato na mesa e os olhei séria, foi quando notei que todos me encaravam.
0
Comente!x

  - Tá, eu vou ter que lidar com fãs?
0
Comente!x

  - Então, caso precise você será a tradutora.
0
Comente!x

  - Hm, por que não arredondamos para quatro mil? – apoiei a mão sobre o contrato apontando o valor. – O restante para mim está tudo certo.
0
Comente!x

  - Podemos fazer isso. – Danny falou pegando outro papel e me entregando.
0
Comente!x

  - Já tinham previsto isso hm?
0
Comente!x

  - Já. – ele sorriu. – Não custava nada tentar o mais barato.
0
Comente!x

  - Está certo. – dei risada pegando o outro papel, li minuciosamente e estava tudo igual, somente o valor que mudava mesmo, eu assinei e devolvi para o Danny. – Prontinho.
0
Comente!x

  - Oficialmente um membro da crew agora. – Pierre falou empolgado.
0
Comente!x

  - Pelo menos no Brasil sim. – sorri para o Pierre. – Embarcamos no domingo de acordo com o contrato, certo?
0
Comente!x

  - Sim.
  - Qual a ordem das cidades?
0
Comente!x

  - São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e por último Belo Horizonte.
0
Comente!x

  - Quanto tempo ficaremos lá mesmo?
0
Comente!x

  - Duas semanas.
  - Ok, só tenho um termo para adicionar. – o Danny me olhou assustado. – Quero três ingressos extras com all access e quero poder assistir ao show da platéia, de preferência na grade.
0
Comente!x

  - Para quem será esses ingressos?
0
Comente!x

  - Minhas amigas que estavam aqui no festival e minha irmã.
0
Comente!x

  - Ah, elas? Fechado. – ele suspirou aliviado. – Achei que eram pessoas desconhecidas.
0
Comente!x

  - Jamais. – dei risada. – Até porque eu também posso sofrer se colocar pessoas aleatórias.
0
Comente!x

  - É, ela tem um ponto. – o David falou colocando o celular dele na mesa com a notícia aberta.
0
Comente!x

  - Eita. – exclamei pegando o celular. – Então viramos um trisal só por sair fotos de nós três, essa galera não cansa?
0
Comente!x

  - Melhor se acostumar .
0
Comente!x

  - É um processo para acostumar. – olhei para a Lachelle. – Quer que te ensine a fazer o brigadeiro?
0
Comente!x

  - Claro!
  Me levantei e segui ela em direção a cozinha, lá pedi para ela pegar manteiga, leite condensado e chocolate em pó, ela ficou meio chocada por ser só isso, coloquei tudo na panela e falei para ela ir mexendo que eu avisaria quando estivesse pronto, quando finalmente ficou pronto o brigadeiro nós nos sentamos na mesa junto com a banda e todos comemos brigadeiro enquanto decidíamos detalhes da viagem, quais pontos turísticos eles queriam ir e coisas do gênero.
0
Comente!x

  Voltei para casa naquela noite com a sensação de que eu estava realizada, finalmente seguindo meu sonho de trabalhar com bandas, ainda não da forma que eu gostaria mas tudo bem, quem sabe em breve eu faria realmente parte da crew de alguma das bandas, cheguei em casa o Matt estava me esperando para jantar com a mesa posta, jantamos calmamente enquanto contava para ele os detalhes de como havia sido, ele parecia tão empolgado quanto eu com tudo isso.
0
Comente!x

09.

  No final de semana eu aproveitei o tempo com o Matt antes de eu ir para o Brasil e ele sair novamente de turnê, eu sabia que iria sentir falta dele, mas não podia deixar passar a oportunidade de visitar meu país.
0
Comente!x

  - Vou sentir saudades. – falei me alinhando no peitoral dele.
0
Comente!x

  - Vou sempre estar com você little monster.
0
Comente!x

  - Como assim Matt?
  - Em seus pensamentos. – ele deu risada e rolou na cama pegando uma caixa na mesa de cabeceira. – Olha, mandei fazer para você.
0
Comente!x

  - Matthew não precisava! – olhei a pequena caixa de veludo preto na mão dele, eu a peguei empolgada e a abri, dentro estava um anel com o logo do Avenged. – Matt…
0
Comente!x

  - Olha na parte interna. – ele sorriu enquanto se sentava na cama, eu olhei a parte interna do anel onde estava escrito M.S.
0
Comente!x

  - Obrigada. – eu pulei em cima dele o fazendo cair novamente deitado na cama.
0
Comente!x

  Ele sorriu e me segurou pela cintura selando nossos lábios, aquele beijo deu início a um beijo mais intenso, mãos percorreram o corpo um do outro, a sensação era um misto de prazer e saudades antecipada, naquela cama nós dois tivemos o que eu acreditava ser o último momento juntos durante um tempo.
0
Comente!x

  Me levantei da cama e fui tomar uma ducha, logo vi que o Matt havia entrado no banheiro atrás de mim, sorri de canto e o puxei para o chuveiro comigo, tomamos um longo banho juntos, ele saiu primeiro e quando sai já vestida do banheiro encontrei ele sentado na cama com o anel na mão.
0
Comente!x

  - Não seria um presente tão bom se eu não o colocasse no seu dedo. – ele pegou minha mão direita e colocou no dedo anelar. – Assim não vão achar que você está noiva. – ele sorriu e selou nossos lábios novamente.
0
Comente!x

  - Matt, quando a gente voltar, promete que vamos passar um tempo juntos?
0
Comente!x

  - Claro! Mas pelas minhas contas eu encontro você no Brasil, assim que o Simple termina a turnê lá eu estarei chegando, praticamente no mesmo dia.
0
Comente!x

  - Caralho, eu tinha me esquecido disso!
0
Comente!x

  - Você ainda vai querer ser nossa tradutora?
0
Comente!x

  - Mas é óbvio que sim!
  - Então vem que eu marquei uma reunião com a banda antes de te levar para o aeroporto.
0
Comente!x

  Nós fomos até a sala onde o restante da banda e o empresário deles estavam sentados na mesa, foi praticamente igual ao que aconteceu com o simple, o contrato que me entregaram estava marcando dois mil novecentos e trinta e seis dólares pelos quinze dias, para ser tradutora deles durante quinze dias no Brasil, acompanhando em entrevistas, pontos turísticos e se necessário lidar com fãs.
0
Comente!x

  - Guys, só tem uma coisa…
  - Diga.
  - O valor, vocês podiam me pagar o mesmo que Simple?
0
Comente!x

  - Quanto seria? – o empresário claramente já estava pronto para aquela situação. – Cinco mil cobre?
0
Comente!x

  - Sim. – falei encarando o Matt que estava sorrindo, era nítido que ele sabia. – Por que não ofereceram isso de uma vez?
0
Comente!x

  - Não custava tentar né. – o Matt deu risada. – Mas nada mais justo que te pagar os cinco mil.
0
Comente!x

  - Fechado então. – eu reli o contrato novamente agora com o valor correto, assinei as duas vias e o devolvi ao empresário. – Prontinho.
0
Comente!x

  - Bem vinda a crew da banda.
0
Comente!x

  - Obrigada!
  Conversamos um pouco antes de eu sair já com as malas prontas em direção ao carro, o Matt e o Synyster me levaram até o aeroporto onde encontramos o Simple no estacionamento, me despedi do Matt com um abraço apertado e um selinho, junto com uma promessa de que em breve nós nos encontraremos no Brasil, ele e o Synyster entraram no carro e foram embora, caminhei para perto da banda onde fui muito bem recebida por todos.
0
Comente!x

  - Então, está ansiosa? – o Jeff perguntou parando do meu lado.
0
Comente!x

  - Ansiosa para voltar ao Brasil? Com certeza!
0
Comente!x

  Nós entramos na sala de embarque e pouco tempo depois já estávamos no avião em nossos acentos, achei engraçado o fato de estar entre o Jeff e o David, mesmo sem eles saberem que são mês favoritos, o voo que era longo para mim pareceu super rápido, as quatorze horas de voo passaram em um piscar de olhos, quando a voz nos auto falantes anunciou que estávamos pousando em terras paulistas meu estômago deu um nó, não sei exatamente o porquê mas minhas mãos começaram a suar frio.
0
Comente!x

  - ?
  - Hm?
  - Está tudo bem? – o David perguntou apoiando a mão sobre a minha
0
Comente!x

  - Não exatamente… – falei sentindo minha voz falhar. – Mas vai ficar.
0
Comente!x

  Assim que pousamos eu peguei meu celular para mandar mensagem para as meninas.
0
Comente!x

  :
  MENINAS ESTAMOS EM SP!
0
Comente!x

  Bia:
  Pera, você veio junto?
0
Comente!x

  :
  Claro que vim, achou que eu ia arrumar ingresso para vocês e não vinha?
0
Comente!x

  Estamos desembarcando ainda, como tão as coisas ai fora?
0
Comente!x

  Bia:
  Está tranquilo até, parece que ninguém sabe qual o portão de vocês.
0
Comente!x

  Se quiser me contar agradeço
0
Comente!x

  
  Me encontra no portão 301
0
Comente!x

  Bia:
  Fechou meu amô!
0
Comente!x

  Eu não tinha idéia do que esperar, mas sabia que a Bia não contaria para as pessoas aleatórias onde estávamos, assim que passamos o portão veio a prova de que eu estava certa, só estava a Bia e duas amigas dela ali, mais ninguém, pelo menos por enquanto, eu as cumprimentei e a banda parou para tirar foto e conversar um pouco com elas, falei para a Bia me encontrar no dia do show, o all access dela estava garantido, assim como o da Rê e da Li.
0
Comente!x

  - , vocês vão ficar em qual hotel? – a amiga da bia me perguntou.
0
Comente!x

  - Renaissance mana. – sorri para ela. – encontro vocês lá.
0
Comente!x

  - Obrigada!!
  Elas sorriam e eu fui puxada pelo David para continuarmos andando em direção ao estacionamento, no caminho encontramos o tal mutirão de fãs que eu sabia que ia ter eu tentei me camuflar com a crew até o momento que o Pierre me chamou.
0
Comente!x

  - Diga. – falei assim que cheguei do lado dele, depois de muitos fãs tentarem me barrar.
0
Comente!x

  - Eu não to entendendo o que ele tá falando.
0
Comente!x

  - Oi, tudo bem? Vou traduzir para ele o que você está falando. – sorri para o moço.
0
Comente!x

  - Não precisa, eu falo inglês.
0
Comente!x

  - Bom, o Pierre me chamou aqui por não estar entendendo o que você está falando. – tentei manter meu bom humor.
0
Comente!x

  O rapaz bufou e repetiu novamente em uma mistura de inglês com português o que ele havia falado anteriormente, eu traduzi na maior calma para o Pierre, ele agradeceu e eu voltei para onde o restante da crew estava, eu estava quase chegando junto do Danny quando uma menina me chamou.
0
Comente!x

  - Eu? – parei e olhei para a menina.
0
Comente!x

  - Sim, vem cá.
  - O que foi? – falei chegando perto dela.
0
Comente!x

  - Você é babá dos Madden, o que está fazendo aqui?
0
Comente!x

  - Estou contratada de tradutora pelo Simple. – sorri para ela. – Você já tirou fotos?
0
Comente!x

  - Sim, quando te vi que não entendi o que faz aqui, afinal está namorando com o cara lá do Avenged.
0
Comente!x

  - Ah sim, é isso, estou trabalhando de tradutora.
0
Comente!x

  - Ah… Não entendo o motivo de eles não contratarem alguém local.
0
Comente!x

  - Moça aí é com eles, mas olha, eu sou brasileira.
0
Comente!x

  - Sério?
  - Sim, nascida e crescida em São Paulo.
0
Comente!x

  A garota ficou meio chocada e eu voltei para o lado do Danny, avisei que seria uma boa idéia começar a levar eles em direção aos carros, se não aquilo não teria fim nunca, ele concordou e começou a agitar a banda a continuar andando, em pouco tempo já estávamos sentados dentro das vans que nos esperavam, assim que saímos do aeroporto eu me ajeitei confortável, sabia que iríamos levar pelo menos uma hora até chegar no hotel.
0
Comente!x

  - Então , quer dizer que ganhou um anel? – Pierre comentou olhando para minha mão.
0
Comente!x

  - Ah, é só um anel, uma lembrança.
0
Comente!x

  - Hm, não tem nada por trás disso?
0
Comente!x

  - Olha, que eu saiba não. – dei risada. – Ele falou que é um modo de estar por perto só.
0
Comente!x

  - Cara, eu já falei que vocês dois fariam um belo casal. – Seb comentou abrindo um pouco a janela. – Olha que sol! Está uma delícia!
0
Comente!x

  - Delícia onde Seb, fecha essa janela e tira esse celular daí.
0
Comente!x

  - Oxe o que te deu? – David olhou confuso.
0
Comente!x

  - Ah, o modo sobrevivência em São Paulo baixou, foi mal se soou grosso. – falei sem jeito. – É que os índices de furto de celular no trânsito são altos, só toma cuidado.
0
Comente!x

  Eles deram risada e concordaram, o Seb fechou a janela, eu me ajeitei apoiada no ombro do Pierre que estava sentado ao meu lado e acabei dormindo, claro que o David não perderia a oportunidade e tirou algumas fotos daquela cena, segundo ele mesmo só para recordações.
0
Comente!x

  - Sweetie chegamos. – acordei com o Pierre me chamando enquanto acariciava meu ombro.
0
Comente!x

  - Hm? – olhei ao redor notando que já estávamos na avenida Paulista. – Já?
0
Comente!x

  - Demoramos uma hora. – ele deu risada.
0
Comente!x

  - Nossa dormi tudo isso?
0
Comente!x

  - Sim, murmurou algumas coisas enquanto dormia também, parecia estar brigando com alguém.
0
Comente!x

  - Desculpa…
  - Tudo bem, o jet leg deixa a gente assim mesmo.
0
Comente!x

  Eu sorri agradecendo pela compreensão dele, não esperava esse lado dele, afinal até pouco tempo atrás eu só conhecia o lado que ele mostra aos fãs, nós estacionamos na garagem e logo que descemos fomos até a recepção do hotel, onde eu recebi a chave do meu quarto, minhas malas já haviam sido levadas para lá, olhei rapidamente a entrada do hotel e notei a quantidade de fãs, também vi a segurança que há anos atrás havia me barrado de entrar, com a frase de “vocês fãs são todas iguais” dei risada quando lembrei e subi direto para o meu quarto, quando entrei e fechei a porta tive o meu surto de fã de estar ali com eles, de estar em um quarto no renaissance e ter acesso aquele hotel inteiro.
0
Comente!x

  Tomei uma ducha, me vesti usando uma camiseta do Simple e um short jeans básico, coloquei meu mad rats surrado nos pés e os encarei por alguns instantes, realmente acho que era uma boa ideia ir comprar outro, aproveitando que eu estava no Brasil, afinal é uma marca brasileira que dá um baile na americana, o Vans no caso, a palmilha do mad rats é infinitamente melhor, sai do quarto e fui até o Pierre que estava com a porta entreaberta.
0
Comente!x

  - Hey Pierre, qual a programação de hoje?
0
Comente!x

  - Bom, não temos nada para ser sincero, o show é amanhã, por que?
0
Comente!x

  - Preciso comprar um tênis novo, a loja fica na galeria do rock, no centro.
0
Comente!x

  - Bom, se esperar um pouco vou com você! – ele falou empolgado.
0
Comente!x

  - Claro! Enquanto isso vou ver se acho algum lugar por aqui na Paulista que venda esse tênis!
0
Comente!x

  - Não, vamos até esse lugar que você falou! Nunca fui lá!
0
Comente!x

  - Nunca foi na galeria? Sério?
0
Comente!x

  - Sério! Por que?
  - Ponto turístico em São Paulo oras, achei que vocês já conheciam lá!
0
Comente!x

  - Não, nem sabia que existia uma galeria com esse nome. – ele sorriu. – Bom, estou pronto, vamos ver se os caras também querem ir!
0
Comente!x

  Nós fomos juntos de quarto em quarto chamando a todos que rapidamente toparam sair, em pouco tempo já estava a banda inteira novamente na van prontos para sair, avisei o motorista para onde é para ir, ele concordou mesmo sendo contra a banda ir até lá, no caminho todos começaram a fotografar tudo e postar em seus instagrams.
0
Comente!x

  - Guys, só tomem cuidado com carteira, celular e coisas valiosas, não deixem nada a vista. – falei assim que a van parou em frente a galeria. – Aqui é cheio de gente que passa, te rouba e você nem nota.
0
Comente!x

  - Ok, obrigado por avisar! – o Pierre falou empolgado. – Podemos almoçar por aqui, o que vocês acham?
0
Comente!x

  - Bom, eu tinha pensado em levar vocês na liberdade, mas se quiserem podemos comer por aqui sim.
0
Comente!x

  - Liberdade, o que tem de bom lá?
0
Comente!x

  - Comida japonesa e chinesa, podemos terminar o dia indo em um bar também.
0
Comente!x

  - Fechado! – Jeff respondeu antes de todos.
  Combinei com o motorista de nos encontrar ali em uma hora, assim daria tempo de a banda conhecer a galeria tranquilo, quando descemos da van fomos direto na loja que eu queria que fica no piso térreo da galeria, enquanto eu escolhia meu tênis falei para eles ficarem próximos da loja, assim ninguém se perde.
0
Comente!x

  - Não, vamos ficar juntos. – Pierre disse colocando a mão no bolso e entrando na loja.
0
Comente!x

  - Ok, talvez eu demore um pouco. – sorri para ele. – afinal vou comprar pelo menos dois pares, assim um fica de reserva.
0
Comente!x

  - Esse tênis parece o Vans. – ele apontou para o mad rats quadriculado na parede. – Mas essa linha não está certa.
0
Comente!x

  - É porque não é o Vans, é o Mad Rats. – olhei para a vendedora que estava nitidamente em choque. – Bom dia, vou querer experimentar um desse todo preto de camurça tamanho trinta e sete.
0
Comente!x

  - Bom dia… – ela respondeu olhando o Pierre. – Ok, um minuto que vou pegar.
0
Comente!x

  - Moça, fica tranquila, te juro que ele não morde. – dei risada dando um passo na direção dela. – É fã?
0
Comente!x

  - Eles foram minha adolescência.
0
Comente!x

  - Te entendo. – virei para o Pierre. – E você, vai se render e experimentar?
0
Comente!x

  - Hm, pode ser.
  - Trás um para ele, tamanho quarenta e dois.
0
Comente!x

  Ela concordou e foi em direção ao estoque completamente em choque ainda, eu entendo o lado dela, de verdade, quando ela voltou a banda inteira estava dentro da pequena loja olhando os tênis todos, ela travou na porta do estoque sem saber o que fazer, era nítido o nervoso dela.
0
Comente!x

  - Moça, olha para mim. – parei na frente dela. – Respira fundo, não surta que hoje se der certo você bate sua meta rapidinho.
0
Comente!x

  - Mas eles… Estão todos… Aqui…
0
Comente!x

  - Sim, a banda toda tá aqui. – apoiei a mão no ombro dela. – Não surta, atende eles e depois pede foto, aproveita que todos estão super empolgados por nunca terem vindo na galeria.
0
Comente!x

  - Espera, nunca vieram na galeria? Como!?
0
Comente!x

  - Pois é!
  - Tá errado isso!
0
Comente!x

  Ela respirou fundo, me entregou a caixa do tenis que pedi e foi em direção ao Pierre, entregou para ele a caixa e foi atender o restante da banda, no fim saímos de lá todos com tênis novos, o Jeff comprou um casaco de moletom além do tênis, depois de compras concluídas a moça pediu uma foto com eles e claro, uma dela com a banda toda que mostrasse a loja, essa foi tirada em uma polaroid onde todos autografaram e ela fez questão de colocar na parede ao lado do caixa.
0
Comente!x

  Passeamos pela galeria toda, quando chegamos no andar onde tem lojas de cds e camisetas de banda eles entraram direto no consulado do rock, eu fiquei apoiada do lado de fora, eu sabia bem que ali dentro não tinham camisetas das bandas que sou fã, nunca entendi direito o motivo de ser tão dificil de encontrar sem ser em shows ou online, quando eles entraram na loja de cds depois de terem comprado pelo menos quatro camisetas de banda cada um foi que notei que tinham algumas fãs nos rondando, os seguranças estavam fazendo o trabalho deles em barrar elas de chegarem muito perto e atrapalhar o passeio deles.
0
Comente!x

  - Bom dia gente. – falei parando ao lado do segurança.
  - Moça pelo amor a gente só quer tirar foto com eles, ele aqui não tá ajudando.
0
Comente!x

  - Calma. – olhei para o segurança que me olhou com cara de socorro. – Vamos fazer assim, vou ver com eles da gente tirar foto ali, o que acham? – apontei para o fim do corredor, onde a vista de fundo seria linda.
0
Comente!x

  - Perfeito, obrigado. – o rapaz falou e foi passar a informação, em pouco tempo todos se acalmaram.
0
Comente!x

  - Guys. – entrei na loja chamando eles que me olharam no mesmo instante. – Tem uma leigão de fãs lá fora querendo fotos, o que acham de parar para tirar?
0
Comente!x

  - Claro! Eu estava até estranhando que não tinha ninguém.
0
Comente!x

  - Bom, os seguranças estão fazendo o trabalho deles…
0
Comente!x

  - Ah mas estão afastando os fãs? Não gente, não precisa disso.
0
Comente!x

  - Pois é Chuck, concordo com você. – dei de ombros. – Combinei de tirar a foto ali no fim do corredor ok?
0
Comente!x

  Eles concordaram e terminaram de olhar o que queriam na loja, assim que saíram eu fui organizar com o segurança como seria feito.
0
Comente!x

  - Olha, gente, eles vão atender vocês, bora fazer uma fila ali? – apontei para o canto ao lado deles e todos rapidamente concordaram e começaram a ir até lá. – Gente, presta atenção aqui rapidinho, vocês podem tirar foto individual com eles, conversar e depois a foto com os cinco, o que acham?
0
Comente!x

  O grupo de fãs concordou empolgado, eu notei que os seguranças da galeria estavam atentos ao que estava acontecendo, mas como estava tudo muito organizado eles ficaram tranquilos, eram cerca de quinze fãs, coisa pouca comparado com entrada de hotel e vips, deixei os fãs a vontade para se organizar e fui para o canto atender o celular
0
Comente!x

  - Hey Matt
  – Hi ! Como estão as coisas?
0
Comente!x

  - Olha, mais tranquilas que o esperado por enquanto, estamos passeando pela cidade.
0
Comente!x

  – Que gostoso! Foram para onde?
0
Comente!x

  - Galeria do Rock, daqui vamos almoçar comida japonesa.
0
Comente!x

  – Galeria do rock? Acho que não conheço aí.
0
Comente!x

  - Não? Então irá conhecer quando vier. – dei risada. – i miss you honey.
0
Comente!x

  – I miss you too. See you soon.
  - Mal posso esperar. – falei encarando o anel no meu dedo. – Espero vocês aqui no Brasil, vão chegar em qual cidade primeiro?
0
Comente!x

  – Ok! Iremos desembarcar em São Paulo.
0
Comente!x

  - Ok! Honey, eu tenho que ir, tá tendo uma certa confusão com fã.
0
Comente!x

  – Boa sorte!
  Desliguei o telefone e fui em direção à fã que estava dando piti na fila, mesmo sem saber o que estava acontecendo tentei acalmar ela falando que eles iriam atender todos, para ela ficar tranquila, o que nitidamente não adiantou muito, ela estava bem brava com alguém e não queria explicar o que estava acontecendo, enquanto ela reclamava apontando para alguém que já estava falando com eles eu parei para olhar quem era, quando reparei que a ruiva falando com eles era a Bia deixei a menina reclamando sozinha e corri em direção a ela.
0
Comente!x

  - BEATRIZ!!! – falei pulando em cima dela, só não fomos para o chão por que o Pierre e o Jeff nos seguraram. – POR QUE VOCÊ NÃO FALOU QUE ESTAVA AQUI CARALHO!?
0
Comente!x

  - Eu te mandei mensagem! – ela deu risada. – Você que não olhou! Furei a fila por que o Chuck me chamou aí a mina ali começou a dar piti.
0
Comente!x

  - Maaaano foi isso então!? Desculpa, eu tava falando com o Matt.
0
Comente!x

  - Imaginei que estivesse ocupada, relaxa mana.
0
Comente!x

  Eu sorri e voltei para o canto onde os fãs estavam, logo todos foram atendidos e saíram de lá felizes e com uma foto bonita para postar, a Bia se juntou a nós para terminarmos o passeio, depois de olhar a galeria todinha nós fomos para a Liberdade, onde a Rê nos encontrou para almoçar, resolvemos ir almoçar no porque sim, todos toparam comer lamen, depois de comermos ficamos passeando pelo bairro, quando me dei conta já eram sete da noite, levei eles para encerrar o dia no TK Taverna, um bar maravilhoso ali na liberdade mesmo, assim que entramos nos direcionaram para uma mesa no fundo, próxima dos banheiros do lugar, todos se ajeitaram enquanto eu fui no banheiro lá da área dos fundos do restaurante, eu realmente precisava de privacidade um pouco.
0
Comente!x

  - ? – a voz conhecida falou assim que passei pela área do fundo onde tem outras mesas.
0
Comente!x

  - Lucas? – me virei e vi o ruivo sentado ao lado da Livia. – Meu deus! Quanto tempo!
0
Comente!x

  - Caraca o que você está fazendo aqui? Não tinha mudado para os estados unidos?
0
Comente!x

  - ENTÃO… – dei risada. – Muita coisa rolou, no momento to servindo de tradutora para uma banda Canadense.
0
Comente!x

  - Eita porra, cadê a banda?
0
Comente!x

  - Lá na frente.
  - Pois traz eles para cá! Aqui é mais tranquilo! – a Livia falou me abraçando.
0
Comente!x

  - Ok! Vou no banheiro e chamo eles.
0
Comente!x

  - Que banda é?
  - Adivinha… – falei entrando no banheiro.
0
Comente!x

  - Simple? – ela perguntou pela porta.
  - Sim! – abri a porta do banheiro. – Não pergunte como mas são eles, no fim do mês vai ser Avenged.
0
Comente!x

  - Caraca! Sua mudança fez bem para você!
0
Comente!x

  - Mulher você nem tem idéia. – dei risada. – Vem comigo, vamos chamar eles. – nós caminhamos em direção a mesa onde eles estavam e no caminho dei um breve resumo do que estava rolando, ela ficou meio em choque mas muito empolgada. – Guys essa é a Lívia, amiga minha de anos, ela nos chamou para ir sentar com ela, vocês topam?
0
Comente!x

  - Claro! – o David levantou e em seguida os outros o seguiram.
0
Comente!x

  Nós ficamos com a Lívia e o Lucas nas mesas do fundo do bar, onde sinceramente eu achava muito mais confortável, bebemos e comemos bastante com eles, depois do bar voltamos finalmente para o hotel, eles combinaram com os seguranças de ir atender aos fãs que estavam ali na frente.
0
Comente!x

  - Guys, vocês precisam de mim? – falei assim que ouvi eles comentando de ir ver os fãs.
0
Comente!x

  - No momento não .
0
Comente!x

  - Ok, vou estar no quarto, qualquer coisa me liguem.
0
Comente!x

  Eu caminhei até os elevadores e apertei para subir, enquanto esperava eu observava eles com as fãs lá do lado de fora, quando chegou o elevador eu ouvi uma voz conhecida atrás de mim.
0
Comente!x

  - Já vai para o quarto?
0
Comente!x

  - Sim, você não vai atender fãs? – falei sem me virar sabendo quem estava ali. – Não sabia que estavam em São Paulo também.
0
Comente!x

  - Vamos fazer show daqui dois dias. – o de olhos claros falou me acompanhando no elevador. – Não sabia que estava no Brasil também.
0
Comente!x

  - Além de babá virei tradutora também. – me virei para ele e sorri. – E como está sendo lidar com as brasileiras de novo Harry?
0
Comente!x

  - Ah, para mim é tranquilo. – o elevador parou e ele dei um passo em direção ao corredor. – Te vejo por aí
0
Comente!x

  - Estarei em São Paulo durante quatro dias, qualquer coisa você tem meu número.
0
Comente!x

  - Pode deixar!
  O Harry saiu e em seguida voltou para o elevador, fiquei confusa mas aceitei ele em silêncio até o meu andar onde nitidamente ele não sabia mais para onde ir.
0
Comente!x

  - O que foi?
  - Tinham fãs no corredor. – ele me olhou sério. – Posso ficar no seu quarto um pouco?
0
Comente!x

  - Claro!
  - Obrigado!
  Ele me acompanhou até o quarto, nós entramos e eu logo coloquei minha bolsa e minhas compras no canto, falei para ele ficar a vontade que eu iria tomar uma ducha, liguei o chuveiro e tomei um banho rápido, peguei a roupa que eu já tinha levado para o banheiro e me vesti.
0
Comente!x

  - Então, descobriu se tiraram as fãs?
0
Comente!x

  - Eu estava falando com o Danny agora, parece que são fãs do Simple, não nossas.
0
Comente!x

  - Ué fãs do Simple dando dessas, raro mas acontece. – me sentei na cama. – Bom, agora já sabe onde me encontrar se precisar. – sorri para ele.
0
Comente!x

  - Obrigado !
  Ele saiu e eu me joguei na cama exausta, meus músculos agradeciam eu ter deitado um pouco, finalmente peguei o celular e liguei para meus pais, fiquei conversando um bom tempo com eles e combinamos de tomar café juntos no hotel no dia seguinte, afinal fazia muito tempo que eu não os via, bloqueei o celular e me rendi ao sono, realmente o jet lag não estava ajudando.
0
Comente!x

  Acordei algum tempo depois com alguém batendo insistentemente na porta, me levantei ainda meio dormindo e abri a porta, era o David bem desesperado, assim que abri ele já entrou no quarto.
0
Comente!x

  - Bom, pode entrar. – falei meio grossa.
0
Comente!x

  - do céu…
  - O que foi Desrosiers? – falei em meio a um bocejo. – O mundo tá acabando?
0
Comente!x

  - Olha, quase.
  - Oi? – me sentei ao lado dele na cama. – O que foi?
0
Comente!x

  - Tentaram agarrar o Pierre.
0
Comente!x

  - Hm, novidade…
  - Não , foi bem feia a coisa.
0
Comente!x

  - Por que?
  - Bom, ele já tinha negado, a moça continuou insistindo…
0
Comente!x

  - E o segurança nesse momento estava onde? Cagando?
0
Comente!x

  - Conversando com outra fã que aparentemente é amiga da moça que tentou agarrar o Pierre.
0
Comente!x

  - Coitado.
  - Então! Aí começaram a falar para te chamar, tentamos te ligar mas você não atendeu ninguém, ai eu subi preocupado contigo.
0
Comente!x

  - Ah, eu dormi, foi mal.
  - Notei. – ele sorriu. – Mas parece que já está tudo bem… – ele falou conferindo o celular.
0
Comente!x

  - Bom, nesse caso, eu posso voltar a dormir? Marquei de tomar café da manhã com meus pais, inclusive acho uma boa deixar avisado na recepção, vou descer com você.
0
Comente!x

  - Espera, você vai dormir ou vai na recepção?
0
Comente!x

  - Vou na recepção e depois dormir. – parei olhando para ele. – Ow você é fofoqueiro heim?
0
Comente!x

  - Sou nada, é que falaram de te chamar… – ele falou sem graça.
0
Comente!x

  - Está tudo bem, eu amo uma fofoca de qualquer forma. – dei risada. – Quer tomar café com meus pais amanhã?
0
Comente!x

  - Claro! Encontro vocês no restaurante! Me dá o nome deles, eu deixo avisado na recepção, a Rê também vem?
0
Comente!x

  - Sim. – escrevi em um papel o nome completo dos dois. – Tá aqui.
0
Comente!x

  Ele saiu do quarto e eu mandei mensagem para meus pais avisando que o nome deles estava na recepção, quando chegassem era só falar o nome, coloquei o celular na mesa de cabeceira e me espreguicei na cama de casal enquanto me perdia em meus pensamentos.
0
Comente!x

   do céu quem diria que um dia você iria trazer seus pais para tomarem um belíssimo café da manhã em um dos melhores hotéis de São Paulo, de quebra ainda estaria trabalhando para uma de suas bandas preferidas, ou duas no caso, já que vai trabalhar com Avenged também, é o mundo dá voltas, não é mesmo?
0
Comente!x

Continua

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lelen
Admin
2 meses atrás

Povo ama uma fofoca, né? Se não trouxesse consequências pra vida de quem tá sendo citado, eu ia muito me divertir com as fanfics que o povo cria como verdade HAHAHA
Assim, eu tô indo com a cara dessa Lachelle da história, pelo menos não tá sendo um c* de tanto ciúmes (ainda?), vamos ver até quando dura a paz, né? kkkk
Matt só aceitando a verdade da vida foi maravilhoso, mas vamos ver se Nanda vai conseguir aceitar também quando o moço estiver se divertindo também. Eu super apoio os três numa relação poliamor ou pode ser 4 pra ser justa com o Matt de certa forma PONASPDONASDPOASNDP
Esperando pra ver no que vai dar essas duas semanas aqui 👀👀👀

Lelen
Admin
2 meses atrás

Ai, os turistas gringos não sabem viver nas grandes metrópoles do Brasil, viu? JASPODNASPD
Às vezes eu me sinto muito desligada de emoção comparado com os fãs que eu vejo por aí, tipo… Acho que se eu visse meus ídolos por aí, não surtaria, olharia e tal, poderia tirar umas fotos de longe… TALVEZ pedir uns autógrafos e pá OADPAMDOPMP ai, acho que meu lado fã tá com defeito kkkkkk
Mas enfim, eu tô imaginando esse café da manhã com os pais dela indo tudo de boa, até um dos meninos aparecer (ou todos kkkkk) tentando “conquistar” os “futuros sogro e sogra” e aí vira um auê porque VAI VIRAR FOFOCA KKKKKK


You cannot copy content of this page

2
0
Would love your thoughts, please comment.x