Life as One Direction

Escrito por Escrito por Ana Braga e Vitória Berçot | Revisado por Natashia Kitamura


« Anterior


Capítulo 1 - Terra da Rainha.

’s Pov
- Não ta esquecendo de nada? - me perguntava enquanto eu terminava de arrumar minhas malas. Nós trabalhamos na MTV, e recebemos uma super proposta de emprego, em Londres. Fazer um documentário da boyband do momento, One Direction. Digo que é uma super proposta porque também iremos fazer alguns cursos extracurriculares, e conhecer Londres. Além de mim e da , , e também iriam. Nós cinco éramos melhores amigas desde os 8 anos.
- Já peguei tudo sim! Acha que eu ia esquecer de alguma coisa? To arrumando as malas faz uma semana, e você acha que eu esqueceria de algo? - todas riram, e me xingaram pela patada.
- O táxi já chegou faz cinco minutos ,e vocês ai discutindo, vamos logo… - gritava na porta de casa nos apressando como sempre.
- Olha a mamãe aterrorizando de novo… Já vamos! - Disse imitando a voz de .
Pegamos nossas malas, que não eram poucas, e nos dividimos em dois táxis. Eu, e fomos num táxi, enquanto e foram em outro. não abriu mão de nada, levando praticamente sua casa. Depois de uma hora e um trânsito infernal chegamos em no aeroporto de Guarulhos. Descarregamos tudo, fizemos o Check-in e tentamos não nos estressar com a lotação do aeroporto. Só para variar ,o voo atrasou meia hora; esses foram os trinta minutos mais demorados da minha vida. Entramos no avião. Em um dos bancos sentaram-se , e , eu e sentamos em outro, ao lado de um velho ‘adorável’ que roncou a viagem inteira. Confesso que não percebi esses roncos porque eu dormi, e acho que não percebeu, por conta dos fones de ouvido. Estávamos em rumo a Londres, que sonho! Dá pra acreditar?

’s Pov
Depois de 14 horas de viagem muito calmas, sem nenhuma turbulência, (graças a Deus, pois se ocorresse uma, quebraria minhas mãos de tanto apertá-las, e provavelmente faria um escândalo) aterrissamos em Londres. Eu não aguentava mais aquele senhor ‘adorável’ roncando ao meu lado, mesmo com os fones de ouvido, a situação estava complicada. Eu e nos juntamos as outras meninas, pegamos nossas bagagens, e seguimos ao aeroporto, onde uma mocinha ruivinha adorável nos esperava com uma plaquinha: “MTV Brasil: Sejam bem vindas a Londres, , , , e . ”A mocinha se apresentou como , seguimos , como gostava de ser chamada, ao estacionamento, duas vãs nos aguardavam, uma para nós, e outra para nossa bagagem.
- Sei que é difícil querer trazer todas as suas coisas pra Londres, por isso preparamos uma van apenas para as bagagens, já imaginávamos que vocês trariam bastante coisa, acho que trouxe metade da minha casa quando vim para cá, sintam-se a vontade meninas. - disse. Ela era super simpática e nos ajudaria com muita coisa.
Passaríamos na MTV para conhecer os meninos, e depois seguiriamos ao hotel para nos instalarmos. Ela nos explicou um pouco mais sobre o documentário, disse que teríamos que ouvir algumas músicas pelo menos, e ler uma biografia sobre eles... Biografia! Sobre uma boyband? Ah que palhaçada! Ainda bem que é em Londres. Teríamos que passar 24 horas por dia com aqueles meninos, acompanhando a vida e a rotina deles, os shows, e filmando, filmando muito… Além das fotos, entrevistas, estou me preparando psicologicamente. Durante o caminho a MTV de Londres, ela nos mostrou fotos deles, disse os nomes, que obviamente já sabíamos, não se falava em outra coisa a não ser 1D. Cada uma escolheu o que achou mais ‘atraente’ e seguimos o caminho todo rindo bastante. Chegamos ao lindo prédio e fomos direto ao banheiro, dar um tapinha no visu, afinal, não poderíamos aparecer lá com aquelas caras de bunda, e aquelas olheiras enormes. Cada uma estava com uma camiseta preta da MTV, com seu respectivo nome atrás. Todas de jeans e tênis, com uma maquiagem leve e o cabelos soltos. Antes de sairmos do banheiro, ficou parada em frente a porta e começou a falar:
- Tentem ser simpáticas com eles pelo menos... Eles não tem culpa de não gostarmos de modinhas e de estarmos nesse emprego APENAS para ganhar dinheiro, e conhecer Londres, lembrem-se disso.
- Mas e se eu quiser pegar um deles? Tem problema? - disse provocando risadas em todas, menos em .
- É claro que tem! Estamos aqui a trabalho, não estamos curtindo Londres e meninos bonitinhos…
- Olha só! Confessou que os meninos são bonitinhos!! - deu um grito que provocou risadas em todas, até em , que não conseguiu conter o riso.
- Vamos encarar isso logo, unidas? - disse, colocando sua mão a frente, cada uma colocou sua mão, e gritamos “UNIDAS” todas juntas.
Saimos do banheiro e chegamos ao último andar, onde , os meninos,o empresário deles e algumas pessoas da equipe nos aguardavam.Os meninos nos olharam de cima a baixo e acho que também não conseguimos esconder os olhares escancarados, principalmente a , que encarava o branquinho de cachinhos na maior cara de pau! É, aquela viagem prometia...

’s POV
Todas nós coramos instantaneamente quando eles nos olharam. Não me pergunte o motivo. O clima estava meio tenso e já notei que seria difícil conviver com os garotos por algum tempo.
- Bom, eu sou a , essa é a , , e ! Nós que vamos fazer o documentário sobre vocês, meninos - tomou a frente e nos apresentou, o que fez com que o clima melhorasse - Espero que se comportem ok? - Todos nós rimos. Um deles, o de listras, levantou e também começou a falar:
- Eu sou Louis, esse é o Harry, Zayn, Niall e Liam! - fez uma pausa, e olhou para - Nós somos praticamente anjos, não se preocupem quanto a isso… - Ele olhou para o resto dos garotos e deu uma piscadinha.
Eu e as meninas não sabíamos o que dizer, afinal, apesar de não gostarmos deles, era a One Direction e milhares de meninas dariam tudo pra estarem no nosso lugar.
- Èr, porque vocês não conversam um pouco para se familiarizarem, enquanto o empresário dos garotos resolvem os detalhes com a produção? - quis dar um empurrãozinho na nossa ‘relação’ de alguns minutos. “Eles não devem morder”, pensei; e vendo que dessa vez Aninha não tomou a frente, resolvi falar para que apenas minhas amigas ouvissem.
- Vamos falar com eles meninas! Eu li que um deles tem medo de colheres, olhem, são inofensivos, poxa! - Todas nós gargalhamos e observamos a boyband: o mais sério deles tentava irritar o de cachinhos; o loiro e o de topete estavam conversando alegremente e o garoto de listras me olhava fixamente. Fiquei com vergonha e fitei o chão.
- Senti um clima hm - já começou a tiração. Antes que eu pudesse responder, me imitou:
- “Mas e se eu quiser pegar um deles? Tem problema?” - Ela gesticulava exageradamente, o que fez com que todos os olhares da sala se dirigissem a ela. Ainda bem que falou em português.

Zayn’s POV
Minha conversa com Niall foi interrompida por gritinhos de uma das meninas. Se não me engano era a , ela falava em português; e nós não entendiamos nada, isso me deixava irritado. Percebi que cada um dos meninos mostrou interesse por cada uma delas; só eu e Niall que não.
- Bom meninos, vamos conviver muito durante essas próximas semanas, vamos conversar - A mais escandalosa delas puxou uma cadeira e se sentou a nossa frente. Estávamos numa mesa grande e as outras quatro fizeram o mesmo. - Sobre o que vocês querem falar?
- Comida típica brasileira! - Niall não consegue falar de outra coisa. Todos nós rimos e ele fez bico - É que to com fome, cara.
Conversamos sobre nossas manias, medos, que horas levantamos, rotina de shows e alguns fatos de infância. As meninas eram legais, extrovertidas e lindas. e Louis tinham se dado super bem e conversavam animadamente. Eu falava só quando permitiam, todos queriam dizer algo ao mesmo tempo. Uma delas me chamou atenção: . Ela era tímida como eu, e ria das piadas da . Quando notou que eu olhava pra ela, colocou o cabelo atrás da orelha e fitou o chão. Nosso empresário nos avisou que as filmagens começariam em uma semana, junto com a nossa turnê; explicou também que as meninas passariam a maior parte do tempo com a gente. Se despedir das meninas foi a parte mais complicada. Não sei o porque, mas queria ficar ali conversando com elas horas e horas. Nos levantamos e elas deram um beijo em nossa bochecha, quando viram nossa surpresa, começaram a gargalhar.
- Desculpem meninos, é costume brasileiro! - olhou para as meninas e riu mais ainda.
- Eu sempre disse que a gente tinha que ir para o Brasil, poxa - Lou não perdia uma oportunidade de fazer piadas. Harry estava quieto, deve ser porque a não parava de olhar pra ele. Fingi não ver que o Louis pegou o telefone da , sai e acenei para as meninas.

’s POV
Depois que ficamos sozinhas na sala, nos entre olhamos e caímos na gargalhada.
- É COSTUME BRASILEIRO MENINOS! - me imitou procurando ar para respirar. Sentamos nas cadeiras e sequei uma lágrima.
- Tenho que confessar… Eles são legais para uma boyband… - como sempre falando com responsabilidade.
- ELES SÃO GATOS, AF MARIA - Tentei ser o mais sincera possível. Acontece que Harry tinha chamado minha atenção, e pela segunda vez me peguei pensando nele; mas vez questão de me tirar dos meus devaneios:
- Terra para , terra para ! Acorda amiga, ta pensando na morte da bezerra?
- ELA TÁ PENSANDO NA BUNDA DO HARRY, ISSO SIM! - já começou a me zoar. Antes que pudesse falar da troca de olhares dela com Louis, tomou a frente:
- Chega de conversa fiada, temos muito o que fazer! Vamos para o hotel, depois temos que arrumar os aparelhos de filmagem com a produção e ainda por cima temos que resolver os detalhes do curso! Vamos gurias. - Ela sempre estragava tudo, era a mais responsável de nós. Mas confesso que sem ela, não seríamos nada.
- Tá bom mamãe! - falou em meio aos risos, mas parou no momento que recebeu um olhar cerrado de .
- PERAÍ GENTE! Agora que caiu a ficha! Vamos ver os meninos só daqui há uma semana? - realmente tinha se interessado por eles. Depois que recebeu um olhar de todas nós, continuou. - É que acho… Eu só acho… Que nós… Sabe nós cinco?… Deveríamos ter uma “relação” com eles sem ser profissional… Sei lá né?
- Eu peguei o telefone do Boo Bear, relaxa! - Todas nós olhamos para e soltamos um “hummmmmmmmmm” - Gente, ele é só meu amigo! - Rimos ainda mais.
Seguimos direto para a van, que nos deixou no hotel. Não via a hora de mandar uma mensagem pro Louis marcando um role. Eu tinha gostado do Harry e de todos eles, porém, não queria demonstrar, as meninas me zoariam na hora. Só tinha uma certeza: queria ver aqueles cinco meninos novamente, e logo.

Niall’s Pov
Conversamos bastante com as meninas, elas eram super legais. Depois que elas foram para o hotel, eu dei a ideia de irmos ao Nando’s, e os meninos concordaram, aquela conversa toda me deu uma fome enorme! Durante o caminho fomos conversando sobre as meninas, e Louis nos contou que tinha pegado o telefone de , ela era super divertida e parecia amar comida, assim como eu.
- Ta rolando um clima hein Louis? - Liam disse e todos gargalharam.
- Não ta rolando clima nenhum! Somos apenas amigos! Alguém tinha que pegar o telefone delas né… - Louis se defendeu.
- Só eu reparei que a ficou encarando o Curly Boy o tempo inteiro? Ta podendo hein Hazza? - Zayn falou, e eu já não me aguentava de tanto rir.
- Também vi a toda tímida quando você olhava pra ela...- Harry debateu e Zayn corou.
- Pessoal, o melhor de tudo foi o costume brasileiro do beijinho - Falei em meio as risadas.
- Eu aprovei! - Harry concordou.
- Todos aprovamos - Liam falou e rimos.
- Pessoal, eu tenho uma ideia, a gente podia ligar pra elas, convidar pra comer alguma coisa aqui ou sei lá… - Louis disse.
- Acho melhor não, elas acabaram de chegar de viagem, e devem estar cansadas… - Liam advertiu.
- Verdade. Vamos esperar até amanhã. - Eu sugeri.

’s POV
Os meninos são super legais, mas vou tentar não me apegar muito e focar no trabalho, senão depois vai ser difícil voltar para o Brasil sem aquele aperto enorme no coração. Fomos para o hotel rindo e falando sobre os meninos. Assim que chegamos no hotel, ficamos surpresas, era enorme, ficaríamos na cobertura, num duplex, que mas parecia um apartamento. Havia uma cozinha enorme, uma sala com equipamentos de última geração, um lavabo, e uma lavanderia. No andar de cima haviam cinco suítes, uma varanda enorme com uma vista linda, e uma piscina enorme. Que vida viu? Qualquer menina gostaria de estar no nosso lugar. As meninas ficaram fascinadas com a sala, com a cozinha, e eu fui ver os quartos. Entrei em qualquer um, e estranhei, pois tudo estava branco, e havia apenas uma cama com roupas também brancas. Encontrei um envelope no travesseiro e abri, nele estava escrito o seguinte:
“O quarto é seu, decore-o como preferir...
P.S - Use este cartão de crédito para decorar o quarto e fazer um novo guarda roupa.”

’s POV
Ríamos muito enquanto falava dos planos que tinha com a sua nova cozinha, quando veio gritando escandalosamente, o que eu achei estranho, por ela ser comportada.
- MENINAS! MENINAS! VOCÊS NÃO SABEM!
- Não sabemos mesmo, você não falou... - retrucou, provocando uma cara feia de .
- Eu fui ver os quartos e achei um envelope com um cartão de crédito, e uma mensagem que dizia que era nosso dever decorá-los de acordo com a nossa vontade, e renovar nosso guarda roupa… - surtou e rimos.
Cada uma correu ao seu quarto, guardou o envelope, arrumou suas coisas, e depois nos reunimos na sala para conversar. Não conversamos muito, pois o sono não permitiu, fomos dormir, afinal nosso fuso horário estava totalmente desregulado.

’s POV
Acordei cedo e todas as meninas estavam na sala me esperando para tomar café da manhã. Era engraçado a nossa situação matinal: cara inchada, cabelo desgrenhado e bocejos a toda hora.
- Bom dia bitches do meu coração! - Falei e me espreguicei.
- Ela tá querendo alguma coisa… - me olhou, sorriu e continuou. - Mentira! Bom dia dorminhoca!
- Olha, vamos logo! Já são 8 da manhã e não fizemos nada! Ainda temos o quarto pra decorar, meninas. - era nossa agenda de compromissos ambulante - O que tem pro café ?
- Tem cupcake, panquecas, suco e waffles pra entrar no clima gringo - estava atrás da bancada terminando de pegar as coisas para arrumar a mesa. Ela era nossa chefe, tinha o dom para cozinhar e comer também; sempre estava com fome.
- Não consegui dormir hoje! Tô muito ansiosa pra nossas comprar, af maria! - resmungou de boca cheia, todas nós rimos.
Comemos o mais rápido possível. Todas estavam ansiosas para arrumar os quartos. Subimos, nos trocamos numa rapidez surpreendente e nos encontramos na sala, lindas e absolutas. Descemos, pegamos um táxi e fomos ao shopping mais próximo.

Harry’s POV
Estávamos de folga a semana toda. Acordamos tarde e já tínhamos perdido quase metade do dia. Liam já tinha tomado café e estava vendo um seriado. Eu, Louis, Zayn e Niall procurávamos algo nos armários para comer. Não demorou muito para que encontrássemos alguns biscoitos e cereais. Zayn fez uma vitamina e nos servimos.
- O que vamos fazer hoje? Quero sair! - Liam gritou da sala para que todos ouvissemos.
- Que tal irmos ao Nando’s? - Niall sempre propunha um restaurante ou uma lanchonete.
- Tenho uma ideia melhor! Que tal o Lou ligar pra e marcar um role, sei lá, podíamos levá-las num parque de diversão ou no cinema! - Não me aguentei, tive que propor uma saída com as meninas, não via a hora de ver a outra vez.
- Hazza safadão! - Depois que Niall falou isso, todos riram de mim.
- Sei que tanto quanto eu, todos vocês querem vê-las novamente! O Zayn flertou com a , o Louis contava piada para a , o Niall olhava para a e até o Liam, nosso Daddy, encarava a ! - Os meninos coraram e ficaram quietos, até que Louis decidiu quebrar o silêncio:
- E você é o santo né Sr. Styles? Vi você me traindo com a ! - Todos riram do comentário dele - Todos estão de acordo? Eu posso ligar?
- Pode! - Todos nós dissemos em coro. - Só coloca no viva voz, pelamor! - Zayn lembrou de um pequeno detalhe.
Louis discou o número e ficamos alguns segundo esperando que Aninha atendesse. Até que uma voz saiu do celular:
- Alô?

’s POV
Estávamos cheias de sacolas no meio do shopping, parecendo cinco loucas varridas. Tivemos que alugar até um carrinho para carregar as tintas e prateleiras. Decidimos ligar pra MTV mandar a van, para que pudéssemos guardar as coisas para começarmos o segundo round de compras. Estávamos esperando a van, quando meu celular tocou. Olhei no visor e estava escrito: Boo Bear?. O Louis me ligando aquela hora?
- Alô? - Falei, ainda surpresa pela ligação.
- Oi , é o Louis! - “Eu sei que é você, dã”, pensei.
- Oi boo bear! Tudo bem? - Não sabia bem o que falar pra ele.
- Tudo ótimo e ai? Você está ocupada?
- Tô bem! Mais ou menos, mas pode falar! - Eu não ia perder a chance de saber o que ele queria.
- É que eu queria saber se vocês vão sair hoje! Eu e os meninos queríamos ser o guia turístico de vocês em Londres - Ouvi um “Louis Tomlinson que coisa idiota para se dizer!” que Liam devia ter falado.
- Ah, boo bear, tem que ser hoje? É que estamos no shopping, a MTV mandou nós próprias decorarmos nossos quartos e viemos as compras! E sabe como são mulheres, vamos demorar pra caramba… - Não podia deixar aquela chance escapar - Pode ser amanhã? Vocês vão nos buscar no hotel de manhã e passamos o dia juntos! - A essa altura, estava infartando e o resto das meninas me olhavam incrédulas.
- Claro que pode! Então amanhã as 10 da manhã em ponto estaremos na porta do hotel de vocês ok? E mostraremos cada cantinho de Londres - Esse Louis era um fofo né?
- Combinado! As 10 estaremos prontinhas a espera de vocês!
- Então tá bom, beijos e se cuide ok?
- Beijo boo bear, se cuida também! - Desliguei o telefone, olhei para as meninas e gritei: - É meninas, temos um encontro com a One Direction!
- VOCÊ FALA COM MÓ TRANQUILIDADE, AF! É A ONE DIRECTION, QUALQUER FÃ QUERIA ESTAR NO NOSSO LUGAR, VÉI - realmente estava surtando.
- Acontece que nenhuma de nós é fã deles, dã - disse com tanta convicção que fez todas nós soltarmos uma risada.

’s POV
Ficamos incrédulas quando a disse que teríamos um encontro com a One Direction! Por mais que eles sejam bonitinhos e famosinhos, eu não quero sair com eles! Imagina um encontro com a boyband mais famosa do momento: uma coisa monótona e cheia de paparazzi atrás de nós… Alguns minutos depois a van chegou, levou as tintas, prateleiras e tudo mais até o hotel. Combinamos com o motorista de que quando quiséssemos ir embora, ligaríamos pra ele, que viria nos buscar. Comemos alguma coisa, e fomos a maratona de roupas.

’s POV
Depois de umas 4 horas andando no shopping, depois de entrar em todas as lojas de roupas disponíveis; terminamos as compras, saímos cheias de sacolas. tinha os braços cheios e ainda carregava uma com a boca até a van. A cara de espanto do motorista quando chegamos foi a melhor, até ele fez uma piadinha com a gente.
- Será que cabem vocês e todas essas sacolas na van? Não sei não hein?
Rimos bastante e ele também, depois que nos ajeitamos na van, começaram as provocações.
- Nossa , tudo isso é pro Zayn? Coitado do garoto.. - falou fazendo uma voz e uma cara sexy que quase nos matou, a fitou e começou a rir, estava vermelha, a ponto de ficar totalmente sem ar.
A tinha marcado um encontro com a 1D. Ela estava com a cabeça nas nuvens só pode! Tínhamos que arrumar os quartos, resolver as coisas da filmagem, fazer as melas para acompanhar os guris na turnê e arrumar os detalhes da matrícula do curso e ela me marca um encontro! Ok, vamos ver que surpresas o dia de amanhã nos trará.

Louis POV
Depois que eu falei com a , os meninos ficaram eufóricos, gostamos muito das meninas. era incrível, já vi que seríamos melhores amigos. Harry ligou o video game e fomos jogar Dance Central. A primeira disputa seria entre ele e Liam, o que era muito engraçado, pois na maioria das vezes Liam era super centrado, concentrado, mas nesse jogo ele se soltava de verdade, Zayn já não se aguentava mais ao meu lado, e Niall tentava imitar os rebolados de Harry. Durante um bom tempo me peguei pensando nos olhos de , aquela menina era linda, divertida, e o melhor: contava as melhores piadas, assim como eu... Ela realmente mexeu comigo. Saí do meu transe quando Zayn me chamou para jogar com ele.

’s POV
Chegamos exaustas, largamos as sacolas na sala, e nos jogamos nos sofás. Quando reparei em , vi que ela comia uma caixa enorme morangos, como ela aguenta comer depois de ter mandado pra dentro um cheeseburguer, batata frita, milk shake e muffins? Eu não aguentava nem olhar comida, ela e o Naill seriam o casal perfeito. Descansamos mais um pouco e fomos pintar os quartos. Cada uma pintou o seu e foi super divertido, todas fizeram uma parede personalizada, de acordo com o seu estilo. No fim, estávamos todas imundas, tomamos banho, levamos os colchões pra sala, ligamos para recepção do hotel e pedimos várias pizzas. Enquanto comíamos as pizzas, o celular de tocou, era Louis, ela colocou no viva-voz e ficamos ouvindo a conversa.
- Oi ! - Ele cantarolou no telefone e nos seguramos para não explodirmos em risadas
- Oi boo bear! Tudo bem anjo? - Ela fazia caras e bocas, o que só aumentava nossa vontade de rir. levava uma mão a boca, afim de conter o riso.
- Eu e os meninos ligamos apenar para desejar boa noite, estávamos com saudade de vocês - Pude ouvir um “Porra Louis!” no fundo, não aguentamos e rimos, rimos..
- Anw que lindos, boa noite pra vocês também anjos.
- Harry mandou um boa noite e um beijo especial para … - “Caramba Louis, fecha essa boca!” Harry tentou cochichar, mas todas ouviram, principalmente , que corou na hora. - Boa noite meninas, amanhã passamos ai as 10h00 ok? Beijos.
- Boa noite meninos! Ok, esperamos por vocês hein? Beijos.
Quando desligou o telefone, foi atingida com várias perguntas, especulações e piadinhas, ela não conseguia nem se defender, depois de bastante risadas, fomos dormir.O menos pior dos 5 era o Zayn, ele não era tão palhaço como o Louis, nem tão atirado como o Harry. Talvez, em outra encarnação, podíamos ter algum tipo de relação… Procurei me concentrar em dormir, pois teríamos que acordar cedo para receber os meninos... Após alguns minutos virei para o lado e dormi.

Capítulo 2 - Fun&Fight

Liam’s POV
Acordei com os berros de Louis no meu ouvido, abri os olhos devagar, senti um fio de luz no meu rosto e joguei um travesseiro no Louis, que estava saltitante.
- Bom dia Daddy! Levanta logo que você ainda tem que tomar banho e se arrumar.
- Bom dia Lou, parece que meu clone está falando comigo… - Ele riu, mas continuou me apressando.
Levantei, caminhei ao banheiro lentamente e tomei um banho rápido, não queria aborrecer o Boo Bear e nem dar um mau exemplo. Me troquei e quando cheguei na cozinha, encontrei todos prontos e cheirosos, tomando café da manhã, achei aquilo muito esquisito! Porque até o Zayn, que passa horas no banheiro em frente ao espelho, estava nos trinques.
- Bom dia paizão! - O próprio me cumprimentou em tom animado. Aliás, ele não era o único que demonstrava felicidade.
- Quanta animação, se arrumaram primeiro que eu! Que milagre!
- É que cinco meninas estão nos esperando… - Harry indagou olhando o relógio - E você nem comeu ainda!
- O encontro é as 10h00 e ainda são 9h00...
- Você acha que a gente vai voando daqui até lá? - Louis e suas piadinhas.
- Não né, mas o hotel não é muito longe. Chega de discussão porque estou morrendo de fome.
Comi cereais com garfo, enquanto Niall devorava vários cupcakes, esse menino está sempre com fome. Em 30 minutos terminamos de comer e estávamos prontos para buscar as meninas. Lavamos até a louça e o tempo não passava. Faltando 20 minutos saímos do Loft e seguimos ao hotel na nossa van, que Louis dirigia, me dando medo. Não sei muito bem o que os meninos viram nelas, mas Nathalie se parece bastante comigo, confesso que estou ansioso para vê-la novamente.

’s POV
Acordei primeiro que todas, na verdade nem dormi direito. Odiava o efeito que Harry tinha sobre mim, aqueles olhos azuis não saiam da minha mente, ainda mais depois do beijo de boa noite que ele me mandou ontem. Mas mesmo que estivesse acordada, o máximo que consegui adiantar foi tomar banho, já que não sabia cozinhar, então decidi acordar :
- Levanta Bitch! Já são 8h45! To com fome! - Falei a chacoalhando.
- vai dormir! Não acredito que você me acordou a essa hora... - Ela não estava falando não pra mim né? Me rebelei e tirei o edredom dela, que pouco se importou e continuou dormindo, parti para o plano B e abri a janela.
- Porra! Fecha isso! Eu levanto, me rendo… Já acordou as outras? - Ela levava as mãos aos olhos, bocejava, e se espreguiçava, que cena linda.
- Não, vou acordá-las agora, acordei você primeiro para poder adiantar o café da manhã...
- Ótimo, interesseira! Vai acordar as outras que vou tomar banho. - Ela me disse caminhando para o banheiro, enquanto fui pular em cima das meninas.
Todas acordaram reclamando, e recebi muitos travesseiros na cara, mas valeria a pena.Depois de alguns minutos, já havia tomado banho e tomava banho contra sua vontade, pois não queria sair de jeito nenhum, ainda mais com os “gayrections” como ela dizia. fez pão de queijo e um bolo de chocolate, acompanhados de vitamina de abacate. Devoramos quase o bolo inteiro e rapidamente, corremos para nos trocar. Eram 9h45 e estávamos quase prontas, e depois de muito custo achamos as roupas perfeitas. Só faltava cabelo e maquiagem. Quando a retocava a sombra o telefone da tocou e só a ouviela dizer: “Estamos descendo...”
- Eles estão lá embaixo! Vamos, vamos logo! - Indaguei.
- Calma, o Harry não vai fugir sem você... - disse e todas rimos.
Pegamos as bolsas, chamamos o elevador, que não chegava de jeito nenhum. Dei a ideia de descermos de escada, mas ninguém aceitou descer 32 andares. Depois de 5 minutos chegamos no térreo e avistei cinco silhuetas inquietas do lado de fora do hotel. Louis fazia uma dança esquisita, Niall batucava algo imaginário, Zayn olhava o topete num pequeno espelho, Liam olhava o relógio apressado e Harry enrolava mais ainda seus cachinhos. Assim que nos viram pararam tudo que estavam fazendo e vieram nos encontrar.

Louis POV
Chegamos ao hotel e ficamos inquietos esperando as meninas. Não demorou muito para que elas descessem. me viu e abriu um enorme sorriso, corremos de encontro um ao outro e nos abraçamos; vi de canto de olho Niall fazer uma cara feia. Os meninos cumprimentaram as meninas e senti certa malícia em Harry e .
- Aonde nós vamos meninos? - falou. Que saudade daquela voz!
- Podíamos ir no London Eye… - Niall sugeriu e deu um sorriso depois que viu que todos concordaram.
Entramos na van e fomos conversando e rindo o tempo inteiro. Eu dirigia e ia na frente comigo contando piadas que nem eram tão boas, mas morria de rir só pela sua risadas engraçadinha. No banco de trás, Harry e Paula conversavam sobre algo que não consegui entender; e Zayn estavam sentados juntos, mas nenhum dos dois puxava conversa; Niall e conversavam sobre os possíveis restaurantes onde iríamos almoçar; e Liam e falavam das vezes em que esquecemos o celular e eles nos lembraram, mas eles só sentaram juntos porque não tinha outra opção. iria se sentar ao lado de , mas Zayn sentou primeiro, a mesma coisa com Liam e Harry.

Zayn’s POV
Entramos na van e eu me sentei ao lado de antes da , que teve que se sentar com Liam. No início ficamos num silêncio constrangedor e aquilo estava me estressando, decidi puxar um papo com ela:
- Primeira vez que viaja para outro país? - Eu perguntei vendo que ela olhava a paisagem admirada
- É sim! Nunca sai do Brasil antes… - Ela respondeu e sorriu educadamente.
- Ah então você vai gostar de Londres, posso te levar em vários lugares legais...
- Promessa feita Sr. Malik! Vou cobrar... - Ela falou e riu,continuamos a conversar sobre os pontos turísticos londrinos e brasileiros. Confesso que fiquei ansioso para ir ao Brasil, principalmente a São Paulo, cidade que ela sempre morou. O tempo passou rápido enquanto conversávamos e nem percebemos quando chegamos ao London Eye.

’s POV
Como todas as meninas foram nos bancos de trás da van, decidi ir na frente com o Lou. Liam me advertiu que ele não era um bom motorista, mas então olhei naqueles olhos meio verdes, meio azuis, e decidi dar um voto de confiança. Ele era incrivelmente engraçado e… lindo. No dia que eu falei para as meninas sobre a possibilidade de pegar um deles, não estava brincando. E Louis era o menino perfeito pra mim, pena que ele era famoso. Porque ele me escolheria entre todas as directioners gostosonas? Era como se tudo isso fosse um banquete e eu fosse uma cenoura… Porque ele escolheria a cenoura? Ok , chega de sonhar! O pior de tudo é que eu sempre o julguei pelo fato de ser famoso e participar de uma boyband. Pensei que ele fosse mimado e mesquinho, mas não era. Ótimo, estava totalmente confusa em relação a ele.
- , tá pensando em que? - Ele me olhava de uma forma sincera e foi nesse instante que percebi (cara, nunca pensei que ia dizer isso) que estava certa em gostar deles. Por mais que sejam famosos e blá, eles (pelo menos Louis) são comuns.
- Tô com medo dessa roda gigante, Lou - Menti. Não ia dizer a ele: “Louis, acho você um fofo, sério! Deixa eu te apertar?”. E pensando nisso, notei o tanto que as meninas zoariam comigo se soubessem.
- Ei, chegamos! - Louis estacionou e desligou a van e antes que pudesse perceber, já estava abrindo a porta pra mim - Sou um cavalheiro! - Disse em tom teatral e fez uma reverência.
- Ah Lou, você é um bobo! - Ri e desci. Esperamos a manada descer dos bancos de trás. Louis realmente era diferente.

’s POV,br /> Todo mundo desceu da van e fingir não ver o escarcéu das meninas ao verem o tamanho da London Eye, essas meninas não sabiam se comportar? Tá, até eu estava impressionada, acostumada com rodas-gigantes daqueles parques de diversão temporários, que ficam em estacionamento de shoppings. Caminhamos até a entrada da roda-gigante e esperamos alguns minutos na fila.
- A gente tem mesmo que ir ai? - Harry falava balbuciando. Nem reparei não quão ele estava pálido, seus olhos fixos no ponto mais alto do London Eye.
- Até parece que tá com medo Styles! - deu um leve soco em seu ombro. Todos nós rimos, mas Harry continuou sério.
Finalmente chegou a nossa vez, todos nós entramos e Harry hesitou um pouco, mas acabou sendo empurrado pelo Louis. Ficamos só nós 10 (só?) lá dentro. Eu estava mais com medo de cair devido ao peso, do que da roda-gigante em si. Grudei num ‘corrimãozinho’ e observava a (linda) paisagem quando senti uma mão quente em meu ombro. Olhei para trás e era Liam. “Ele tá pensando que viramos amigos só porque conversamos na van, af” pensei.
- Tá com medo? – Ele quis saber. Um “Não te interessa” veio a minha mente, mas eu sou educada né?
- Não, só tô meio apreensiva! Tem muita gente aqui dentro, não acha?
- Não - Ele riu, eu não entendi e fiz bico - Dentro de uma cabine do London Eye cabe muito mais gente, relaxa, é bem seguro!
- Ufa! Que susto! - Nós rimos de mim por alguns instantes, mas depois o silêncio permaneceu e ele continuava com a mão em mim.
Queria pedir para que ele tirasse, porém, apesar de tudo, eu estava gostando daquela sensação. Além de que não era só eu que estava com um dos meninos. Aquilo tava parecendo mais um encontro de casais, pelamor! Zayn e estavam se dando super bem… E falar em dando, estava quase dando para o Harry e eu tinha medo disso! De todas nós, era a mais atirada! e Louis não paravam de rir um instante e Niall e não viam a hora de chegar em terra firme para comer alguma coisa. estava falando a verdade, ela e Louis são apenas bons amigos, notei isso quando eles se abraçaram no hotel.

’s POV
O London Eye era incrível, era impressionante o tanto de pessoas que cabia numa cabine. Fiquei observando aquela paisagem maravilhosa com Zayn ao meu lado, aliás, ele não me deixou sozinha desde a nossa conversa na van! Ele era um fofo, mas eu não queria me envolver, meu último relacionamento foi traumático; vive dizendo que chegou a hora de superar, mas eu sinto que não estou pronta. A viagem na roda-gigante foi rápida, só fui voltar a mim quando a cabine parou e todos desceram.
- Quem tá com fome? - Niall perguntou. Se alguém respondesse que sim, levaria um tapa na cara. Era tipo impossível estar com fome, saímos de casa há um pouco mais de uma hora e marcamos o almoço para 13h00.
- Eu tô… - Ah, claro! Esqueci da fome em pessoa! também estava com fome e todos nós olhamos para os dois.
- A sempre tá com fome, af maria! Como cabe tanta comida ai fia? - comentou e todos nós rimos.
- O Niall também é um saco sem fundo! - Harry completou. Aliás, ele e estavam de mãos dadas. Uma coisa fofa e rápida, porque conhecemos os meninos só há dois dias.
- Ei vocês dois, a fome aguenta mais uma hora até irmos ao Nando’s? - Zayn perguntou. Niall e se entre olharam e com um olhar triste responderam que sim. - Bom, então porque não vamos ao Green Park? Passamos no Nando’s, almoçamos e vamos pra lá. Passamos a tarde lá e depois deixamos as meninas no hotel! Que tal?
Todos adoraram a ideia e fomos para a van. Eu estava muito curiosa para ver o Green Park, devia ser divertido lá. Entramos na vam, todos animados com o novo destino, menos Niall e que estavam mal humorados de tanta fome. se aproximou de mim e cochichou:
- Que lindo passeio! Vamos passar mais tempo na van do que nos lugares legais! - Nós duas rimos e Liam e Zayn ficaram confusos.
Essa viagem foi menos animada que a outra, todos nós estávamos cansados. Louis e foram na frente e a cambada atrás. descasava a cabeça no ombro de Harry. O bom era que mesmo não vendo a hora para descer da van, Londres era encantadora. A toda hora se via aqueles ônibus vermelhos e algumas cabines telefônicas vermelhas também. Me senti num filme. Alguns minutos depois, a van parou e Lou gritou:
- Chegamos crianças! Bem vindos ao Green Park - Ele disse em tom sério. Eu e as meninas rimos, mas os meninos continuaram com as mesmas expressões como se aquilo fosse comum.
- Muito obrigado Alfredo! Dispensado. - Harry falou e ai sim todos na van soltaram altas gargalhadas.
- A gente pode comer antes? - Niall parecia realmente impaciente.
- É cara, to com fome - passava as mãos na barriga de forma engraçada.
- Claro que podem casal fome! - Louis fez uma pausa. - Achei esse apelido digno, é! - Todos nós rimos - Vamos ao Nando’s, dá pra ir andando!
- Eu topo! - já estava do lado de fora da van - Chega de van galera.

Harry’s POV
Niall estava com fome, isso era de se esperar, mas quando só ele esta com fome, podemos vencê-lo adiando a refeição. Agora ele tinha uma companheira gulosa: . Ela tinha um poder de persuasão que nos convenceu a ir ao Nando’s 40 minutos antes da hora marcada. Parecia que cada um de nós se interessou por uma delas, menos o Louis que tinha virado ‘best’ da e dava em cima da . Eu me interessei pela . Que menina linda! E além de tudo é engraçada. Só de olhar pra ela tenho vontade de sorrir, isso é mágico. Andamos algumas quadras até o Nando’s, parando algumas vezes para dar autógrafos e tirar algumas fotos. As meninas ficavam tímidas e sem jeito quando isso acontecia.
- Desculpe fazer vocês passarem por isso! - Liam fez o que todos nós deveríamos ter feito. Agradeci ele por telepatia.
- Que isso meninos, relaxem! Esqueceram que vamos conviver com isso nas próximas semanas? - me lembrou daquele detalhe importantíssimo. Eu estaria próximo dela nas próximas semanas. Aquilo era incrível, iria poder conhecer melhor a menina que me ‘conquistou’.
Entramos no Nando’s, e Niall escolheram uma mesa afastada; “Não quero uma penca de meninas aqui!” disse ela. Fizemos os pedidos, todos nós fizemos um grande esforço pra comer, e Niall e comeram o que eles pediram e o que sobrou dos nossos pedidos.
- Que tal um sorvete? - Todos nós olhamos Niall, incrédulos!
- Eu topo! - como sempre aceitando comida.
- Eu disse que eles eram um casal fome! - Os dois coraram com o comentário de Lou, que riu - Então crianças, vamos voltar ao parque?
Assentimos e levantamos. Na hora de pagar foi uma luta, as meninas queriam que dividíssemos o total e nós queríamos pagar tudo.
- Imagina se sai nas revistas que a One Direction deixou que belas damas pagassem a conta? - As meninas riram, Zayn tirou o cartão de crédito da carteira - Nós pagamos!
- Só hoje, Sr. Malik! - sempre ouvia o que Zayn falava, eu posso até viver no mundo da Lua, mas diria que esta rolando um clima.

’s POV
Os meninos foram super atenciosos indo ao Nando’s com a gente... E ainda pagaram a conta! Aquele dia estava sendo um dos melhores da minha vida. Niall me chamou para tomar um sorvete que compraríamos no Green Park. Se os meninos estivessem andando sozinhos não chamariam tanta atenção, mas ria tão alto, que várias meninas olhavam, reconheciam a 1D e tiravam fotos. Eu ficava irritada. Depois de muitas paradas, autógrafos e fotos, chegamos ao Green Park. Era 14h00, isso significava que tínhamos muito tempo pela frente.
- Vou levar a pra tomar o sorvete! Vocês vão ficar ai? - Niall entrelaçou nossos braços, eu fiquei surpresa, mas não me importei.
- Vamos! Voltem logo! Tô de olho em vocês… - Louis falou em meio as risadas e um olhar malicioso.
- Relaxa Boo Bear! Já voltamos - Pisquei pra ele e saí com Niall.
A sorveteria não era tão distante. Andamos alguns passos e agradeci por ninguém reconhecer o Niall. Não me agradava ficar parando toda hora. Quando chegamos meus olhos brilharam. Não era uma sorveteria qualquer, tinha todos os tipo e sabores de sorvete imagináveis. Niall viu minha expressão e sorriu.
- Vai querer que sabor? - Ele abriu o freezer onde estavam os sorvetes de palito.
- Quero um de fruta, abacaxi, sei lá. - Fiz uma careta e quando ele me olhou surpreso, eu bufei - Tá, eu quero um de chocolate! Não consigo fingir! - Nós dois rimos.
Ele pegou um picolé de chocolate, igual o meu e não me deixou pagar. Isso era fofo. Caminhamos calmamente até o pessoal, que se divertia. Louis corria atrás de , , , Harry e Zayn. Liam a estavam sentados conversando.
- Depois vou te levar pra experimentar Açaí! - Disse a Niall, lembrando do meu doce predileto.
- Nunca ouvi falar - ele riu - É bom?
- Eu imagino! É um doce típico brasileiro! Você vai gostar, assim como eu! É meu doce preferido.
- Se você gosta, eu também gosto! - Corei e fitei o chão. Mas antes que pudesse responder, veio correndo em nossa direção
- Vamos ter que ir embora, gente - Ela disse em tom de tristeza, fazendo bico.

Liam’s POV
Depois do enorme almoço de Niall e , eles ainda estavam com fome e foram tomar sorvete. Nós resolvemos esperar debaixo de uma árvore. A princípio todos sentaram, mas depois Lou inventou de brincar de pique e saiu correndo atrás de todo mundo. Só eu e permanecemos sentamos a sombra da árvore. Observei-a de canto de olho. Ela era linda e se parecia comigo. Seria a namorada perfeita se não estivesse se aproximando de nós só por uma questão profissional.
- Que foi? - Ela perguntou. “Liam seu idiota, ela notou que estava a encarando” disse para mim mesmo.
- Nada, é que tinha uma folha aqui. - Passei a mão em seu cabelo, fingindo que havia uma folha naquele local - Pronto, saiu! – Menti.
- Awn, obrigada Liam! - Ela sorriu e antes que pudesse completar a frase o celular dela tocou. Não queria ouvir a conversa, mas foi inevitável
“Oi”… “Sim, é a ” … “Mas marcamos a entrega dos móveis pra noite”… “ E podem só agora?” … “A próxima entrega é só semana que vem?”… “Não, podem ir para o hotel que estou chegando lá” … “Obrigada”
- Quem era? - Não evitei a curiosidade
- O lugar onde compramos os móveis! Eles vão fazer a entrega agora e temos que voltar para o hotel!
- Voltar para o hotel? - Paula surgiu do nada, ofegante - Os meninos podiam ir com a gente e quem sabe ajudar com os móveis! - Harry logo surgiu atrás dela e percebi suas verdadeiras intenções… Móveis? Sei.
- Tá bom! - demorou um pouco para responder - Eles podem ir, mas precisamos voltar logo! , vai chamar o Niall e a !
correu para a sorveteria, mas o casal fome já estava voltando. Nos reunimos e corremos para a van. Dessa vez, eu e fomos na frente, aleguei que a pressa podia atrapalhar Louis na direção, já que ele dirigia ‘otimamente bem’. Em poucos minutos nos encontrávamos na frente do hotel.
- Pode estacionar a van ali! - apontava para um local vazio. Segui suas instruções e estacionei a van. Logo, todos desceram e estavam esperando o elevador no térreo. Eu estava super tímido com toda aquela situação, já que conhecíamos pouco as meninas. Chegamos no quarto delas e quando abriu a porta meu conceito mudou. O ‘quarto’ era como um apartamento, enorme por sinal. As meninas jogaram as bolsas numa mesa.
- Fiquem a vontade! - fez uma voz de recepcionista - Só não liguem pra bagunça, estamos em reforma - Ela apontava para os colchões no meio da sala. Nós rimos e nos sentamos no sofá.

’s POV
Não acreditei quando falou pra mim que teríamos que ir embora. Não perdi a chance e pedi a ela que os meninos nos acompanhassem para o hotel. Para minha surpresa ela deixou. Só não acreditei no momento em que vi os colchões na sala! Cara, tava tudo uma zona! fez uma piada do atual estado do nosso cantinho e parece que funcionou porque os meninos riam bastante, principalmente Niall e Louis. Harry estava sempre perto de mim, o que me deixava nervosa a todo instante.
- Alguém tá com fome? - apareceu atrás da bancada da cozinha com um avental.
- Você tá com fome ainda ? - Zayn indagou surpreso.
- Pensei que seria uma boa ideia assistirmos um filme de terror… Mas assistir filme sem comer nada não rola! Alguém me ajuda a preparar umas guloseimas?
- Eu ajudo! - Niall se prontificou e rapidamente estava na cozinha ajudando a fazer cupcakes e pipoca.
- Eu escolho o filme - Falei em voz alta - Já volto! - Fui para o meu quarto e vasculhei a mala até achar Atividade Paranormal 2.
Desci e mostrei o filme, todos pareceram animados, menos Harry. Fiquei decepcionada e Louis percebeu e logo falou:
- Não se preocupe , o filme é ótimo e vamos assistir - Ele olhou para Harry - E quanto ao Curly Boy, não ligue! É que ele gosta de Ursinho Pooh - Todos soltaram gargalhadas, menos Harry que estava bufando.
A campainha tocou e correu para atender. Vários homens brotavam da porta carregando móveis e prateleiras de todos os tamanhos. ordenava e eles colocavam cada coisa em um quarto diferente.
- Vocês não vão ajudar ela? Tadinha - Louis brincou e fez bico.
- Não precisa, ela dá cona do recado - respondeu passando a mão no cabelo dele.
realmente tinha jogo de cintura e em menos de meia hora se despedia dos entregadores.
- Agora estou cansada e quero ver esse filme logo! - Assim que falou, e Niall apareceram com os cupcakes e a pipoca. Dei play no filme.
Eu estava sentada num sofá com Harry, e Louis. e Niall estavam sentados nos colchões, Liam a nas poltronas e e Zayn no outro sofá. O filme era legal e eu ria a cada gritinho de Harry.

Louis POV
O filme que escolheu era legal e assustador, eu gostava. Os cupcakes estavam ótimos, cozinhava super bem, hora ou outra sentia ela apertar meu tornozelo e sorrir para mim, ela era uma grande amiga. se assustava com o filme e também apertava meu braço. Era engraçado e confortante. No meio do filme todos estavam assistindo concentrados, menos e que dormiram no ombro de Zayn e Niall. , por mais que tenha sugerido o filme, prestava atenção mais em Harry do que em qualquer outra coisa.
- Tá gostando? - perguntei para .
- Hoje foi perfeito! Podíamos repetir mais vezes! - Ela respondeu e sorriu. Eu estava perguntando sobre o filme, mas aquela era a coisa que eu mais queria ouvir. Minutos depois o filme acabou e acordamos e , que despertaram com vergonha e sem jeito por terem dormido nos meninos. Nós rimos delas.
- Bom acho melhor irmos embor… - Antes que pudesse concluir meu pensamento, um trovão soou alto e forte. As meninas e o Harry soltaram um gritinho e nós rimos.
- Vocês vão embora nessa chuva? - falou com uma voz séria e com os olhos encharcados de pena.
- Eles não são de açúcar, - rebateu.
- Eu tô com medo! - Harry confessou e nós rimos. Ficamos em silêncio.
- Eles podem ficar aqui essa noite? - perguntou e todos encararam .

Zayn’s POV
As meninas encararam-na com cara de pidão, fazia aquela carinha de piedade do gato de botas do Shrek. Sorri ao ver aquela cena... Ela ficava tão fofa assim! Liam olhou para e sorriu, ela pensou bastante até que disse:
- Algum de vocês ronca?
Nos entreolhamos e Liam respondeu:
- Não, pelo menos não até agora...
- Ta bem, ta bem! Mas só porque sou muito legal e vocês me amam muito! - falou suspirando. As meninas riram e pularam em cima dela, falando coisinhas carinhosas, a abraçando, fazendo cócegas e falando algumas coisas em português que não entendíamos direito… Olhei para os meninos e começamos a rir da situação, elas são muito loucas!
- Acho que vai ser bom para nos acostumarmos né? Afinal ficaremos muito tempo juntos...- comentou.
Muito tempo juntos... Bem lembrado, isso seria ótimo! Ficamos um bom tempo conversando, quando as meninas notaram que já eram 23h00. Começaram a se mexer em busca de colchões e travesseiros. Paula nos aconselhou a sentarmos no sofá e esperarmos até elas se ajeitarem, senão acabaríamos levando algum objeto na cabeça, ou algo do tipo.

’s POV
As meninas acabaram me convencendo, acabei deixando os meninos dormirem aqui. Essa ideia ainda não me parecia boa, mas não queria aparentar ser a mais chata de todas, afinal era só uma noite. Que mal poderia haver? Fomos no andar de cima buscar colchões infláveis, roupas de cama e travesseiros. Aproveitamos também para tomar banho e colocar nossos pijamas. Tentamos fazer tudo o mais rápido possível e em 20 minutos estávamos prontas. Eu desci com duas caixas de colchões, com mais duas, com uma e dois travesseiros, com roupas de cama e travesseiros; e cheia de travesseiros e edredons... Mal dava pra ver a cara da coitada! Chegamos lá embaixo e eles nos encararam, cochicharam algo e sorriram. Logo em seguida disse da metade da escada:
- Alguém me ajuda, por favor? Não to enxergando nada…
- Eu ajudo! - Zayn se levantou do sofá num pulo e pegou metade das coisas que ela carregava. Liam e Harry também vieram nos ajudar enquanto Louis e Niall afastavam os sofás.

Harry’s POV
As meninas nos deixaram esperando na sala enquanto tomavam banho e procuravam colchões. Esperamos alguns longos minutos em silêncio, até que resolvi puxar conversa:
- Que que vocês acharam delas?
- Elas são engraçadas, gosto de todas, mas me dou melhor com Cah e Ana.. - Louis disse.
- Principalmente com a … - Eu rebati e os meninos riram.
- Falou o menino que não para de falar na ... Além do mais está me traindo com ela! - Louis respondeu.
Eu e Louis discutíamos quando Liam nos cutucou olhando abobado para escada, “Olhem isso” Foi a única coisa que consegui ouvir antes de ficar paralisado.
- Elas são lindas... - Niall comentou com um suspiro.
As meninas estavam cheia de coisas nas mãos e nos olhavam como quem diz “Vocês não vão nos ajudar?” Menos , que não conseguia nem enxergar de tanta coisa que carregava...
- Alguém me ajuda, por favor? Não to enxergando nada… - Ela comentou com a voz abafada.
- Eu ajudo! - Zayn se levantou do sofá num pulo e foi ajudá-la. ”DJ Malik safadão!” Pensei e ri comigo mesmo. Logo Liam me cutucou e fomos ajudá-las também, enquanto Niall e Louis afastavam os sofás.
Foi uma bagunça total, mais bagunçamos do que arrumamos, estávamos tontinhos sem saber o que fazer quando gritou:
- É GUERRA! - E jogou um travesseiro na cara de Louis. que ficou irritado e atacou Zayn que estava ao seu lado. Ele atacou e a guerra começou. Logo,estávamos todos ofegantes, descabelados e com a barriga doendo de tanto rir, até que deu um grito:
- CHEEEEEEEEEGA! - Ela gritou em português e eu não entendi nada. jogou o travesseiro no chão e levou as mãos ao alto, como se fosse pega em flagrante, deu um gritinho de susto, agarrou Louis que estava ao seu lado e não conseguia parar de rir. - Vocês 4! Podem sentar no sofá que vamos ter uma conversa séria! - As meninas fizeram uma fila indiana e de cabeça baixa e se sentaram no sofá.
- E vocês fiquem quietos, mania de tumultuar! - Liam completou. Eles eram perfeitos um para o outro, nossa!
- Vocês perderam a noção de perigo? Que história é essa de guerra? Já viram que horas são? Temos que acordar cedo amanhã, viemos para trabalhar não para ficar no oba-oba o tempo todo. - Quando disse “oba-oba” Paula explodiu em risadas. - Ta rindo de que? Não tem graça! E você , fica dando em cima do Harry na cara de pau, vamos parar com isso! A Dona não larga Louis, fica toda boba ao lado de Zayne a Sra. quer cozinhar para Niall a todo o momento! Vocês pensam que não to vendo tudo isso? - O que ela está falando da gente? E o que é “oba-oba”? Elas falavam em português, eu e os meninos estávamos cada vez mais confusos e irritados, principalmente Zayn, que bufava e passava as mãos no cabelo.
- E você faria um par perfeito com o Liam Payne! Se faz de santa e ta se jogando em cima dele! - rebateu e ficou vermelha de raiva.
- Falar dos outros é fácil, olhar para o próprio umbigo ninguém quer né? - gritou entrando na onda de . e ouviam tudo perplexas.
- Suas irresponsáveis! Se estamos passando por isso, a culpa é de vocês! - Quando disse aquilo, a se entreolharam, começaram a chorar e subiram correndo para o quarto. Já em inglês disse:
- Pronto! Agora eu quero ver... - E subiu para os quartos, subiu correndo a bateu a porta do seu quarto.
- Então pessoal... Vocês estão com fome? - perguntou e quando Niall ia falar que sim, o cutuquei e olhei para ele, falando com os olhos que aquele não era um bom momento.

’s POV
Nunca vi as meninas daquele jeito, nunca vi elas brigarem daquela forma. Fiquei com medo de que as coisas não se resolvessem. , , e subiram para os quartos me deixando numa situação bem saia justa... Observei os meninos surpresos e confusos e lembrei que discutimos em português.
- Então pessoal... Vocês estão com fome? - Perguntei tentando fugir do assunto.
- A que sempre pergunta isso… - Louis disse e um silêncio constrangedor se instalou na sala, fez uma pausa e prosseguiu - , pode nos contar o que aconteceu? Não entendemos nada...
Suspirei e expliquei a eles o que havia acontecido, e quando Harry foi fazer um comentário ouvimos uma porta bater e gritar em inglês, para que todos entendessem:
- VOCÊS NÃO VÃO SAIR DESSE QUARTO ENQUANTO NÃO SE RESOLVEREM! ISSO É PRA VOCÊS APRENDEREM A NÃO SER CRIANÇAS! - Depois que ela disse isso, desceu as escadas totalmente calma, como se nada houvesse acontecido, sorriu e disse olhando nossos rostos perplexos: - O que foi gente? - Os meninos riram da calmaria dela, que se sentou no colchão e sugeriu que começássemos a arrumar as coisas enquanto elas se resolviam. Assentimos. Os meninos começaram a encher os colchões e eu e pegamos os lençóis para arrumar as camas.

’s POV
Não, realmente não tinha colocado a culpa em mim, tinha? Fala sério, como se fosse eu quem tivesse anunciado a guerra, e como se fosse só eu quem tivesse participando da brincadeira. Não me aguentei e chorei, de raiva de mim por ter ofendido ela, e por raiva dela por ter dito aquilo. Tudo bem que estávamos em Londres a trabalho e tudo mais, mas só começaríamos daqui há uma semana… E que mal tem em se divertir um pouco? Entendo a preocupação dela, mas não precisava ter dito aquilo de que nós estávamos nos jogando em cima dos meninos (A sim, mas a gente não!). Só sei que segurei forte a mão da e corremos para o meu quarto. Não era um lugar aconchegante: estava cheio de caixas de tintas e de móveis, mas foi o melhor lugar que pensei! Nós nos sentamos num canto, encostamos os joelhos no queixo e choramos mais.
- Não deveríamos ter dado aquele showzinho na frente deles, cara - fiz uma pausa - Devem estar pensando que somos crianças…
- Não deveríamos, mas fizemos! E agora? - me respondeu vermelha de tanto chorar.
Antes que eu pudesse responder ouvi a porta abrindo e me puni mentalmente por não ter a trancado. saiu empurrando para dentro do quarto e gritou:
- VOCÊS NÃO VÃO SAIR DESSE QUARTO ENQUANTO NÃO SE RESOLVEREM!ISSO É PRA VOCÊS APRENDEREM A NÃO SER CRIANÇAS! - Ela jogou para dentro e fechou a porta. Não trancou, só encostou, mas não éramos loucas a ponto de desobedecer ela, que estava tão nervosa. Ouvimos seus passos na escada e algumas vozes baixas. Deveriam ser os meninos comentando o fato.
- Bom - resolvi quebrar o silêncio - Eu estou arrependida do que eu falei, me desculpa? Sério mesmo!
- É eu também tô arrependida - complementou - Eu falei aquilo pro estar nervosa! Você sempre pensa na gente, ! Desculpa! - A essa altura nós três estávamos chorando com aquele momento “Arquivo confidencial” do Faustão.
- Eu penso até demais! - finalmente falou algo. - Vocês são maiores de idade e sabem muito bem como lidar com as situações! Mas eu exagerei! E , naquele momento eu pensei só em mim mesmo, desculpem meninas… E , sobre seu comentário do Liam… Talvez eu esteja interessada nele sim!
- AAAAAAAAAAAAAA QUE LINDA!! - Eu e gritamos juntas e rimos da .
- Abraço em grupo! - anunciou e nós nos abraçamos. Estava bem melhor agora, sem estar brigada com ninguém.
- Bem, vamos descer? - sugeriu.
- Com que cara, minha fia? - perguntou e nós gargalhamos.
- Com essa que você tem! - Respondi - Vamos, antes que eu desista.
Levantamos juntas, nos abraçamos de novo e saímos do quarto. Fitamos a escada por alguns instantes e sussurrou: “Vai gente, é só uma escada” nos encorajando. “É só uma escada, mas lá em baixo tem cinco meninos que devem estar pensando coisas ruins de mim, principalmente o Liam. E ainda tem a e a que deve estar soltando fumacinha pela boca” pensei. Descemos as escadas o mais silenciosamente possível, mas a tapada da Paula pisou em falso e fez um barulhão. Todos nos encararam e eu sorri. Foi o melhor que consegui fazer, é.

Niall’s POV
Depois da discussão, o clima ficou meio tenso. Confesso que fiquei preocupado com a , principalmente depois dos berros da . A perguntou se estávamos com fome, mas Harry não me deixou responder. desceu as escadas, e pensamos que haveria a 3° Guerra Mundial, mas para nossa surpresa ela estava calma e tranquila. Sugeriu que nós arrumássemos tudo para que as meninas pudessem se resolver. Quando havíamos colocado a última fronha no último travesseiro, ouvimos um barulho na escada. tinha pisado em falso e quase caiu, sorte dela que a segurou. Mesmo assim Harry correu para acudi-la, esse Hazza não perde tempo… riu quando ele subiu as escadas correndo. Ela e continuaram descendo.
- , tá tudo bem? - Louis correu na direção da e a abraçou. mostrou a língua sem que ninguém percebesse, e eu me senti estranho.
- Tá tudo bem Boo Bear! A gente já se resolveu - Ela fez uma pausa e sorriu - Ai gente, desculpa por vocês terem visto isso ok? Me sinto até envergonhada…
- Eu também! - surgiu com Harry ao seu lado.
- E eu perdi a cabeça! Me desculpem também - complementou, e nesse momento Liam ergueu a cabeça, ele estava sem prestar atenção em nada, até ela falar.
- Bom, agora que já esta tudo bem… - ia dizer algo, mas a interrompeu:
- A gente pode comer! Sei que pelos menos um de vocês está com fome! - Ela sorriu para mim.
- Com certeza! - Eu respondi e todos riram. Ouvi uns comentários do tipo “Com fome de novo?”, “Como sabe tanta comida nesses dois?”, mas ignorei e me sentei na mesa esperando para ver o que ela traria pra mim.
Ela bagunçou o cabelo de Louis, caminhou até a cozinha e abriu o forno. Tirou uma forma de brownies, cortou dois pedaços generosos e colocou em dois pratos, também serviu dois copos de suco. Comemos tudo bem rápido, estava muito bom.
- Foi você quem fez? - Perguntei, com a boca cheia.
- Foi! Tudo sou em quem faço aqui em casa. – Ela tirou os pratos e os copos e colocou na pia. - Vamos, Potato, tá na hora de dormir!
Me surpreendi com ela me chamando pelo meu apelido, mas nem liguei. Quando fomos deitar, todos já estavam estirados nos sofás. Harry e dormiam em colchões vizinhos, não sei porque, mas sentia que eles acordariam no mesmo colchão. Louis, , e Zayn deitaram próximos também, e entre eles tinha dois colchões, provavelmente o meu e o da . Liam e dormiram fora da rodinha. Nos deitamos e todos já estavam dormindo. Zayn roncava, jogou um travesseiro nele, e eu e rimos baixinho.
- Boa noite, !
- Boa noite, Potato! - Por alguns minutos fiquei observando o teto e pensando no dia maravilhoso que tivemos. Mas não demorou muito para que eu também pegasse no sono.

Capítulo 3 – “A cidade mágica de Londres”

’s POV
Acordei por volta de umas 4 horas da manhã, sem sono. Olhei para o lado e vi Zayn dormindo feito um bebê, me deu uma vontade repentina de tocar no seu topete, mas logo passou... Afinal, vai que ele acorda e o que eu ia dizer? “Ah desculpa,só queria tocar no seu cabelo...” Que coisa mais sem noção né? Puf. Levantei para beber um copo d’água, aproveitei e olhei para os meninos e para as bests. Todos dormiam belamente, mas pera aí… Onde estavam , Liam e ? Fui na cozinha e encontrei Ana comendo cupcakes... Que fome eterna essa menina tem! Ficamos conversando um pouco sobre como foi o nosso dia, até que me lembrei de algo e toquei no assunto:
- Você viu a e o Liam? Os dois não estão nas camas…
- O QUÊ? - Ela falou relativamente alto e depois levou as mãos a boca.
- Shhh! Alguém pode acordar, sem escândalo! - Eu e ela rimos baixinho - Vamos procurá-los...
- Será que eles estão vestidos? - Ela comentou e começamos a rir, com as mãos na boca para não soltarmos gargalhadas super altas.
- Ah para, é a e o Liam! Vamos procurá-los, vem! - Eu a puxei pelo braço e seguimos atrás do casal.
Procuramos no andar de cima inteiro e nenhum sinal dos dois! Só faltava a piscina e a varanda, procuramos na área da piscina e não encontramos ninguém, então fomos devagarinho até a varanda, só poderiam estar lá... Quando fomos chegando mais perto, ouvimos umas vozes. Nos escondemos atrás de uma pilastra enorme e ficamos observando os dois conversarem a luz do luar, eles eram tão fofos juntos, awn.
- Hoje foi um dia e tanto né? - Liam comentou - Você gostou do passeio?
- Foi mesmo, gostei bastante! - Ela respondeu e sorriu, fazendo com que ele sorrisse também. - E a propósito, Liam?
- Eu? - Ele respondeu e os dois riram.
- Me desculpa pela discussão de hoje... É que as vezes as meninas me deixam estressada assim mesmo, tem vezes em que elas realmente me tiram do sério e...
- Relaxa , ta tudo bem, tudo ótimo! Te entendo perfeitamente, os meninos também me tiram do sério as vezes e ainda me chamam de chato quando dou bronca neles as vezes...
- Comigo e com as meninas é a mesma coisa! Difícil esse pessoal viu! - Os dois riram.
- A noite está linda né ? - Ele disse, pegou na mão de Nathalie, que sorriu timidamente.
- Também acho, a lua tá linda… - Liam chegou mais perto dela e passou a mão em seus cabelos.
- A noite só não está mais linda que você. - Depois que disse essas palavras, ele a agarrou pela cintura e selou seus lábios nos dela. Ela por sua vez ficou imóvel, depois de alguns segundos passou as mãos pelo pescoço de Liam e então eles começaram a se beijar! A cena foi tão fofa que tive que tampar a boca de Ana para ela não soltar um “Annnnnnnnw” e acabar com o clima. Quem te viu quem te vê hein dona ? Beijou o Liam antes da beijar o Harry... Bem, a gente acha que foi antes, nunca se sabe né? Quando vimos que eles parariam de se beijar, fomos andando devagar até a saída da varanda e saímos correndo até a sala, para chegarmos primeiro que eles, pois não sabíamos se voltariam agora ou se continuariam se amando mais um pouco. Decidimos comentar sobre o ocorrido no dia seguinte, afinal não queríamos ser pegas flagrante pelo ‘papai’ e pela ‘mamãe’, deitei ao lado de Zayn e dormi.

’s POV
Acordei no meio da madrugada com fome e alguns minutos depois me deparei fofocando com a na cozinha. Notamos que e Liam não estavam nas camas e quando fomos procurá-los eles estavam no maior love. Naquele momento me senti sozinha, o que a falta de um homem fofo não faz na vida de uma mulher? Pelamor! Eu queria ver a cena até o final para poder aplaudir, mas achou melhor irmos deitar para que eles não percebessem nada. Dormi rápido e acordei primeiro que todo mundo, já que tinha que preparar o café para a galera. Meu cabelo estava todo desgrenhado, então prendi num coque pra disfarçar. Coloquei um avental e decidi assar um bolo de fubá, pães de queijo, e fiz suco de laranja e suco de açaí para beber. Tentei fazer uma coisa bem brasileira, o que seria novidade para os meninos. Coloquei uma toalha na mesa, acrescentei mais cadeiras e coloquei também os pratos e copos. Ainda bem que tínhamos máquina de lavar louça, porque lavar 10 pratos e 10 copos não era pra mim. O timer do forno apitou e eu tirei as formas e quase me queimei. Soltei um gritinho para não acordar ninguém, mas já tinha alguém na minha cozinha, encostado no balcão.

- Bom dia ! - Era o Louis. Ele estava com a roupa toda amassada e com os cabelos intactos. “Que inveja, eu acordei parecendo um leão…” pensei
- Bom dia Boo Bear! Tá com fome?
- O que vocês estão aprontando? Esse cheiro tá muito bom! - Liam apareceu atrás de Lou, que deu uma risada.
- Bom dia pra você também, Daddy - ele apertou as bochechas de Liam.
- Bom meninos, podem se sentar que o café está servido! Mas acho educado vocês esperarem a cambada acordar… Aliás, vou acordá-los agora! - Liam e Louis se sentaram nas cadeiras no momento em que eu disse isso enquanto eu ia acordar o povo.
Fui primeiro acordar Niall, que estava dormindo tão gostoso que preferi deixá-lo pra depois. Me virei e me deparei com Zayn e abraçados e soltei um risinho. Cheguei bem perto do ouvido deles e cochichei:
- Bom dia casal, vamos acordar? - Zayn abriu os olhos lentamente e deu um sorriso, sorriu também e se espreguiçou, mas quando notou que estava naquela situação embaraçosa, saiu daquela posição num pulo e ficou sem jeito e toda vermelha. Zayn olhou para mim e nós dois gargalhamos.
- Não estou vendo graça! - disse batendo os pés impaciente, com as mãos na cintura. Mas logo deu o braço a torcer e riu também - Bom dia, !
Eles me ajudaram acordando e Harry (que estavam de conchinha, tá), e ; eu fui acordar o Niall. No início fiquei meio sem jeito, não sabia o que fazer, então tirei o edredom dele e falei:
- Bom dia Potato! Tem café da manhã pronto não vai querer? - Ele acordou num pulo, se espreguiçou (estava lindo, confesso) e sorriu pra mim. “Um homem desses fazendo pose pra mim de manhã? Vai chover hoje, Jesus” pensei.

O café da manhã foi uma bagunça. Os meninos, principalmente o Niall, gostaram muito do bolo e do suco de açaí. E tive que explicar que o pão de queijo era típico de Minas, eles estavam interessados por informações de cada um dos pratos.
- Comer é tão bom! - Niall falou com a boca cheia e passando a mão na barriga.
- É melhor do que beijar de madrugada, né ? - falou pra mim, me olhando maliciosamente, se referindo ao beijo da e do Liam que coraram instantaneamente. Eu gargalhei e só consegui responder um ‘poisé’. Todos pareceram confusos.
- Aconteceu alguma coisa? - Harry perguntou olhando para e Liam que eram os únicos sérios da cozinha.
- É só um exemplo, Hazza - Falei e riu mais ainda.
O café da manhã acabou e enquanto eu e recolhíamos a mesa, as meninas arrumavam os colchões (e a zona inteira) e os garotos se ajeitavam para ir embora.

Harry’s POV
Aquela noite na casa das meninas foi inesquecível, assim como o dia que passamos com elas. E por mais incrível que pareça não aconteceu nada entre mim e , só dormimos de conchinha. As garotas eram incríveis e pareciam terem sido moldadas para cada um de nós. No café da manhã e falaram de ‘beijar na madrugada’ e estava na cara que alguém tinha escapulido da cama naquela noite. Eu não fui, muito menos elas duas… Então Zayn e Niall dormiram a noite toda… Sobraram o Louis e o Liam, mas cara, o Liam não faria isso! Não acreditei quando minha dedução me levou à Louis, ele falava tanto que eu estava traindo ele com a , mas era ele que estava espreitando para dar o bote! Bom, isso tudo era só uma hipótese que preferi deixar de lado. Nos arrumamos e quando percebi estávamos prontos para irmos embora. Que droga! Não podíamos ficar porque as meninas tinham que cuidar da reforma, nos oferecemos para ajudar, mas alegou que não precisavam de ajuda. Recebi uma mensagem de texto do nosso empresário avisando uma seção de fotos de última hora e foi isso que nos empurrou para fora do ‘quarto de hotel’ das meninas.
- Bom meninas, vamos ter que nos despedir, mas nos vemos em breve né? - OI? ERA O LIAM FALANDO AQUILO OLHANDO PARA ?
- Em breve, pode ter certeza! - E ERA ELA RESPONDENDO? As minhas hipóteses estavam erradas.
- Agora que temos o celular de todo mundo, podemos marcar algo ou sei lá - fez uma pausa - Só que tem que ser amanhã ou depois de amanhã.
- VAMOS REFORMAR NOSSAS QUARTOS PARA SERMOS GIRLS DE LONDON - gritou.
- E vamos arrasar! - complementou. Elas coraram quando viram que estávamos rindo de tudo aquilo.
- Até mais guys! - Elas disseram em coro fechando a porta. Nós acenamos em reposta e ficamos esperando o elevador, em silêncio, mesmo eu sentindo que aquelas horas juntos renderiam muita conversa.

’s POV
Acordei sem sono de madrugada e fui a varanda tomar um pouco de ar. Que coisa não? Há uma semana atrás estávamos no Brasil, trabalhando feito loucas para conseguir alguma promoção... E agora estamos aqui, em Londres, com os meninos da One Direction, seria o sonho de qualquer menina. Estava presa em meus devaneios quando Liam apareceu e disse que também estava sem sono, começamos a conversar, até que ele me beijou e eu correspondi. Ainda não acreditava que tinha beijado Liam! Falei tanto das meninas e acabei me envolvendo primeiro. Se bem que, não tem como não se apaixonar pelo Liam... Ele é lindo, fofo e se parece tanto comigo... Peraí! Se apaixonar? Olha pra mim falando em paixão, meu Deus! Não to apaixonada, pelo menos ainda não… Durante o café da minha ele não conseguia parar de sorrir e eu também não. Estávamos totalmente desligados quando comentou:
- É melhor do que beijar de madrugada, né ? - fez uma cara maliciosa e só conseguia rir, ninguém entendia nada, apenas eu e Liam. Será que elas haviam visto? As duas só conseguiam rir e o Harry era o mais confuso dali. Olhei para Liam que tentava disfarçar comendo pão de queijo, mas também estava super corado. Depois que os meninos foram embora chamei e em um canto e perguntei se elas sabiam de algo que eu não sabia.
- Sabemos sim, mas sabemos de algo que você também sabe. - disse e explodiu em risadas.
- Eu sei que vocês viram.
- Vimos sim! Anw, foi tão lindo, você e o Liam são tão fofos, ai ai... - comentou e suspirou.
- A noite só não está mais linda que você, sua linda – imitou Liam, fazendo uma voz grave. Logo, todas nós estávamos rindo.
- Como vocês viram? - Eu perguntei.
me contou que elas acordaram de madrugada sem sono, não encontraram Liam e eu em nossas camas e decidiram nos procurar, então viram o beijo.
- Como vocês são enxeridas hein? - Elas riram e perguntaram se poderiam contar a e e eu deixei né... Alguns minutos depois todas gritavam:
- BEIJOU o Liam, BEIJOU o Liam, BEIJOU o Liam!!! Elas gritavam enquanto rodavam em volta de mim, não aguentei e comecei a gargalhar. Arrumamos a casa, começamos a arrumar os móveis em seus devidos lugares, organizar as roupas nos armários, tudo isso ouvindo One Direction, até que não era tãããão ruim assim.

Liam’s POV
A cena do beijo não saía da minha cabeça, não saia da minha cabeça, será que estou me apaixonando? Bem, ainda não sei direito o que estou sentindo, só sei que preciso de perto de mim a todo momento. Antes de irmos embora sorri cúmplice pra ela, que entendeu e sorriu de volta. No caminho a nosso loft decidi contar aos meninos o que aconteceu:
- Pessoal, tenho uma coisa pra falar pra vocês…
- Vas happenin Liam? É algo grave? – Zayn perguntou.
- Não, é só que… Eu beijei a .
E então começou a gritaria e o falatório. Os meninos berravam coisas do tipo: “Então é você o fujão da madrugada?” “Por isso que comentava algo do tipo ‘beijar na madrugada é melhor ainda’ e ela e riam” “Liam safadão, beijou antes de eu pegar ...” Eu apenas ria dos comentários, “Vocês fazem um casal perfeito!” “O papai e a mamãe coisas fofas!” Depois de muitas risadas e comentários, Niall disse:
- Mas e aquelas comidas brasileiras? Que delícia hein! To doido pra experimentar mais algumas...
- Quer experimentar a comida ou a cozinheira? - Zayn alfinetou e todos riram, exceto Niall que murmurou um “Porra Zayn, cale a boca.” e continuou a falar:
- Todo mundo viu você acordando abraçado com a e ela toda boba, morrendo de vergonha…
- Eu não dormi abraçado com ela, apenas acordamos abraçados, não sei porque! - Zayn respondeu.
- E você gostou né Dj Malik safadão! - Harry gritou.
- Digamos que… Sim! - Ele respondeu e todos murmuraram um “hummmmm” seguidos de assovios de Louis.
- Ah mas fala sério, as meninas são super legais e divertidas, parecem que foram feitas pra gente, eu sei lá - O mesmo disse.
- Só sei que o Liam ta apaixonado! - Harry berrou.
- LIAM TA APAIXONADO, LIAM TA APAIXONADO, LIAM TA APAIXONADO! - Todos gritaram e Niall fingiu um choro dizendo que eu estava o traindo. Esses meninos viu.

’s POV
Ainda não acreditávamos que havia beijado Liam! Ela que sempre disse para não nos envolvermos pois era perigoso e tudo mais…. Mas eles são muito fofos juntos! Ficamos o dia inteiro reformando e arrumando nossos quartos, que ficaram lindos. terminou de arrumar o dela primeiro, terminou em seguida, eu terminei o meu alguns minutos depois, terminou depois de mim e foi a última a finalizar. Estávamos acabadas, deitamos no sofá e eu viajei pensando em Louis por um bom tempo, ele era engraçado,fazia piadas como eu e não parava de rir em nenhum momento. As meninas comentavam algo sobre e Harry, e Liam, sobre como ficara vermelha quando acordara abraçada com Zayn, Niall e comiam juntos o tempo inteiro e eu e Louis éramos o casal piadista. Nem liguei, pois só conseguia pensar naqueles lindos olhos azuis, estava presa em meus devaneios quando o celular de tocou e ela colocou no viva-voz:
- Alô?
- Oi , é o Harry... - murmurou um “humm” e fez “shhh” pra ela calar a boca.
- Oi Harry! Tudo bem? - Ela perguntou sorrindo. Tava na cara que os dois ficariam muito lindos juntos.
- Tudo ótimo e você e as meninas? - Podíamos ouvir Louis dando risada no fundo.
- Estamos ótimas…
- Então, eu e os meninos queríamos saber se vocês querem ir almoçar com a gente no Nando’s amanhã... - “A ideia foi minha!” berrou Niall e ficou vermelha.
- Ah não sei meninos, a gente podia ir outro dia... Combinamos com a de ela fazer uma receita da mãe dela de almoço! Ah, vocês poderiam almoçar aqui amanhã…
- A gente aceita! - Zayn tomou o telefone de Harry e praticamente gritou. Ele nem queria ver a cozinhar, mas tudo bem!

’s POV
A reforma dos quartos me deixou acabada. Terminamos tudo de noite e eu só queria dormir, mas ai meu… quer dizer, o Harry me liga. Eu queria tanto ouvir a voz dele. Eles nos chamaram para ir no Nando’s, mas acabou que eles iriam vir pra cá de novo, a ia fazer o almoço, uma receita de família. Custei a dormir, nem estava ansiosa, magina! Pelo menos não dormimos na sala… Combinamos de acordar cedo para comprar os ingredientes da tal receita. Senti que assim que dormi, apareceu na porta para me acordar. Nos trocamos e resolvemos tomar café numa padaria perto do hotel. Pedimos waffles e leite, e levou uns muffins pra comer no caminho. Fomos a um mercado e comprou presunto, mussarela, batatas e outras coisas que não memorizei. já estava babando pensando no prato pronto. Ninguém sabia o que ela iria fazer. Colocamos as sacolas na van e voltamos para casa. Isso já era 10h00 e nós marcamos com os guris 12h00.
- Bom eu vou tomar banho, porque sou lerda pra me arrumar - Desabafei. e também foram se arrumar, e e foram fazer a massa da receita.
Tomei banho, coloquei uma roupa velha (decidi me trocar depois) e desci para a cozinha. e trabalhavam rápido juntas e o prato estava no forno.
- Eu e a vamos nos arrumar, fica de olho no forno! O timer vai avisar, mas é melhor prevenir.
Vi e subirem as escadas e sumirem para dentro dos quartos. Logo e desceram. Ligamos a televisão e ficamos trocando de canal até parar num seriado que parecia divertido.
As meninas desceram faltando meia hora para os meninos chegarem e quando disse a que o timer não apitou, ela retrucou dizendo que demorava. Me deparei com todas meninas sentadas nos sofás assistindo seriados, com roupas de ficar em casa e um coque.
- Cara, eu entendo que estamos cansadas, mas isso de qualquer forma é um encontro! Vamos nos valorizar! Compramos muitas roupas, dá pra melhorar não dá? - Desabafei. Mesmo que os meninos já eram nossos ‘amigos’ não rolava se apresentar daquele jeito. Nos entreolhamos.
- Verdade ! A última que ficar pronta é um ovo podre! - Quando disse isso corremos para nossos respectivos quartos e começamos a revirar os guarda roupas. Depois de vinte minutos, corri para a sala e todas as meninas já estavam lá. Devidamente prontas e cheirosas, as roupas estavam lindas. Não deu nem tempo de fazer comentários. O timer tocou, tirou a travessa do forno e um cheiro delicioso tomou conta do ambiente. correu para a cozinha, mas mudou seu destino, indo até a porta, pois a campainha havia tocado. Os meninos chegaram!

Louis POV
Ver as meninas tinha virado rotina e cada hora sem elas era um tédio mortal. Todos nós tínhamos gostado delas e não víamos a hora pra começarmos a turnê. Acordei os meninos 10h00 da manhã, só o Zayn que acordei mais cedo, porque né… Tomamos café da manhã e Niall ficou falando que a cozinha melhor que o Harry. Nos trocamos em questão de minutos e 11h15 estávamos prontos. Não sei se era porque estávamos ansiosos, mas nos arrumamos bem rápido. Toda vez que íamos encontrar as meninas era assim: Zayn se apressava, Niall comia na van (para economizar tempo), Liam deixava a roupa pronta uma noite antes, Harry fazia o café da manhã e eu acordava todo mundo. Chegamos no hotel 12h00 em ponto e corremos para não atrasar um minuto sequer. No hall do andar delas já dava pra sentir o cheiro da tal receita que Vick havia feito. Niall passou a mão na barriga e todos rimos. Paramos na frente da porta, ajeitamos os últimos detalhes e Zayn tocou a campainha. Ouvi uns gritinhos e passos apressados se aproximando. abriu a porta, deu um largo sorriso e me abraçou (eu sempre estava na frente de todo mundo). estava arrumando a mesa; , e se levantaram para nos cumprimentar. Nem preciso falar que elas estavam incrivelmente lindas, especialmente . Nós ficamos ali parados, observando a paisagem. olhou para as meninas, deu um risinho e perguntou:
- Não vão entrar meninos?
- Claro! - Respondi e fui logo entrando, seguido por Harry, Liam, Zayn, e Niall, que não parava que dizer como o cheiro estava bom.
Cumprimentamos todas com um beijo na bochecha, não preciso nem dizer que adorei isso né? Pois então... falou para que nos sentássemos na mesa enquanto ela trazia a tal receita, a ajudava a trazer o suco e o resto das coisas. Elas também trouxeram arroz e salada, caso alguém quisesse. Notei que os olhares entre e Liam estavam cada vez mais frequentes... É, eles se amavam. veio com uma travessa enorme com a tal receita e todos murmuraram um “hmmmm”. As meninas faziam comentários do tipo “Já pode casar hein?” “É uma linda mesmo...”. Zayn olhava mais para a garota do que para a comida. Ela colocou a travessa no centro da mesa e começou a falar:
- Bom gente - As meninas não paravam de falar e ela prosseguiu - Se ninguém ficar quieto eu levo pro meu quarto e como tudo sozinha! - As meninas ficaram quietas na hora. - Bem, eu fiz essa receita da minha mãe, que é um enroladinho de batata com presunto e queijo...
- Ai que delícia, batata! - Niall falou e todos riram enquanto ele passava as mãos na barriga.
- E bom, espero que vocês gostem né? Não ta igual o da minha mãe, porque mãe é mãe, eu ainda não sou mãe, e... Enfim! Espero que vocês gostem!
Ela se sentou e todos começaram a se servir. Liam pegou a jarra de suco e várias mãos com copos surgiram na sua frente.
- Nossa hein? Preguiça mata! - Todos riram e ele serviu os copos.
Cada um comeu uma porção bem generosa e e Niall até repetiram, mas isso não é novidade.

Zayn’s POV
Chegamos na casa das meninas e nos recebeu. Todas estavam lindas, especialmente , eu a abracei e dei um beijo na sua bochecha e ela fez o mesmo... Ela é super cheirosa. Ela trouxe a tal receita e nós nos servimos, como aquilo estava bom! realmente cozinha muito bem. Depois do almoço ficamos um bom tempo conversando, as meninas nos contaram que quando ficou doente, que cozinhou para elas. As meninas foram recolher a mesa e nós nos oferecemos para ajudá-las, mas elas insistiram que somos visitas e visitas não arrumam nada. e Liam conversavam quando falou:
- Ô Liam! Empresta sua namorada um pouco só pra ela ajudar a gente aqui, é rapidinho, ela já volta...
As meninas começaram a rir e não paravam mais, nós também ríamos, Liam estava vermelho e achei que abriria um buraco no chão para se enterrar, mas ela apenas levantou da mesa e ajudou as meninas a levarem as coisas de volta para a cozinha. Eu e os meninos olhávamos a paisagem da varandinha da sala, Londres era mesmo, muito linda. Logo as meninas voltaram e foram se sentar no sofá. Eu ainda observava a vista quando tropeçou sozinha e quase caiu, ela soltou um gritinho mas eu a segurei pela cintura antes que ela fosse de encontro ao chão. Ela ficou toda sem graça.
- Obrigada Zayn...
- Que isso . - Ela sorriu pra mim e eu sorri de volta, nem percebemos que ela estava com as mãos eu meu pescoço e eu com as mãos em sua cintura, trocávamos olhares intensos, paramos apenas quando Louis brincou:
- Não vão se beijar na nossa frente hein? Que deselegante…
saiu daquela posição num pulo, ficou encarando Louis e eu e disse:
- Vou sentar ali… É - Ela apontou para um lugar vago no sofá e saiu toda desajeitada.
- Dj Malik está na área! Nem esperou até a festa hein? - Louis falou enquanto todos os meninos riam e as meninas nos olhavam confusas.
- Que festa gente? - perguntou olhando feio para Louis.
- Ah, quase íamos esquecendo meninas - Harry fez uma pausa e olhou que estava com os braços cruzados em baixo dos seios. - Nós vamos dar uma festa amanhã no loft, de despedida porque vamos sair em turnê e tudo mais…
- E o que a gente tem a haver com isso tudo? - perguntou toda grossa, acho que pensava que não íamos convidar elas…
- Vocês estão convidadas… Ou melhor intimadas a ir na nossa festa! - Harry respondeu à altura. soltou um largo sorriso.
- A gente pode ir? - perguntou pra .
- Claro que sim! Vamos nos jogar meninas - Ela olhou pra Liam e senti que só aceitou o convite por causa dele.

’s POV
Fiquei feliz porque todo mundo gostou da receita da minha mãe, mas logo fiquei roxa (literalmente) de vergonha depois do meu ‘quase beijo’ com o Zayn presenciado pelo Louis. Ai Jesus, aquele menino é muito perfeito. Nós estávamos sentados no sofá quando eles nos chamaram para uma festa no loft. Essa era a chance da com o Liam e da com o Harry… Talvez era a chance de todas nós com eles, porque por mais que negássemos estávamos gostando deles; não como Liam, Harry, Zayn, Louis e Niall, os meninos da boyband famosa; mas sim do Liam Payne, Harry Styles, Louis Tomlinson, Zayn Malik e Niall Horan, os cinco meninos idiotas e engraçados que nos conquistaram em alguns dias. E fiquei muito surpresa depois que autorizou nossa ida a tal festa. Claro que se ela não autorizasse nós iríamos do mesmo jeito, mas tá. O fato é que ela deixou por causa do Liam, ele estava mudando ela, awn que amor!
- Claro que sim! Vamos nos jogar meninas - Foi a frase que ela respondeu pra minha pergunta. A falando em se jogar? Oi?
- Bom, mas tem uma condição - Todo mundo olhou pra cara da - Tem que tocar música brasileira! É! - Naquele momento todos os ritmos típicos do nosso país me veio a mente. Ela não gosta de samba, pagode, muito menos MPB. Ah eu não acredito, sobrou… - Tem que tocar funk, tá?
O que eles vão pensar do Brasil quando tocar funk na festa? Adiós moral! Mas que mal teria? A batida do funk até que é legal e eles não vão entender a letra mesmo… E vão só amigos na festa, eu acho.
- Funk? - Repetiu Zayn - Tá fechado, vocês escolhem a música desse ritmo e eu toco!
- Pra quem não sabe, Dj Malik que vai discotecar! - Niall comentou e todos nós rimos. Então ele iria discotecar. Claro que agora era certeza que eu ia, dã.
- Ah e que horas que é a festa? - indagou.
- Vocês não tem hora pra chegar, podem chegar a hora que quiserem! Mas, combinamos com todo mundo 20h00! - Como tanta fofura cabia numa pessoa só, né Sr. Louis?
- Bom, vamos chegar 20h30 pra não abrir a festa ok? - falou e todas rimos.
- Então, vamos mandar um carro vir buscar vocês, tá? - Dessa vez o fofo foi o Liam, que segurou a mão de enquanto falava, ela soltou logo que notou que todos nós estávamos os encarando.
- Não precisa gente! - balbuciou, mas eles insistiram tanto que acabamos cedendo.

Niall’s POV
As meninas pareceram contentes com o convite e era a mais empolgada. Aquela conversa toda me deixou com fome, cara já tinha passado uma hora e meia desde o almoço, como o tempo passa rápido com elas! Olhei pra e ela estava fitando a cozinha.
- Tá com fome? - Ela sussurrou para que só eu ouvisse.
- Sempre! - Ela me puxou pelo braço e todos estavam tão distraídos conversando que nem perceberam quando a gente saiu. e Liam estavam afastados conversando, e Harry quase estavam de beijando e Zayn, e riam de alguma piada do Louis.
pensou um pouco, pegou um liquidificador, jogou alguns ingredientes lá dentro, bateu, decorou um copo e num piscar de olhos vi um enorme milkshake de chocolate no balcão da cozinha.
- Não se importa em dividir né? - Ela disse com um sorriso largo nos lábios. “Claro que não” foi o que consegui falar. Ela era incrível: linda, engraçada, comilona e eu sorria só de olhar pra ela. Ela pegou dois canudos e colocou na taça. Notei que fiquei olhando pra ela por muito tempo quando ela disse:
- Que foi Niall, não quer mais? - Ela fez bico e colocou uma mecha de cabelo atrás da orelha.
- Não é que… Eu só estava te olhando! - Como eu fui idiota, não tinha nada mais tosco pra dizer?
- Cuidado, porque eu muito feia e você pode ficar cego! - Ela riu educadamente e eu decidi não discutir.
Conversamos sobre o tal funk que tinha falado, sobre costumes brasileiros e prometi a ela que iríamos fazer um tour por todos os restaurantes mais badalados de Londres, ela amou a ideia. Depois que o milkshake acabou sobrou só um pouco de chantili no fundo do copo. Passei o dedo no chantili e coloquei no nariz dela, ela riu e fez o mesmo e antes que pudesse pegar mais, ela pegou o copo virou de uma vez, tomou todo chantili num gole e ficou com a boca toda suja. Eu ri e ela fez uma careta.
- Tá com bigode ! - Peguei um guardanapo e limpei os lábios dela. Deixei meus dedos tocarem sua boca e senti um arrepio súbito.
- Ei casal fome vamos jogar vídeo game! - Louis estava parado no balcão, eu e olhamos para ele assustados. - Opa, tô atrapalhando né?
- Não Boo Bear, você nunca atrapalha! Estávamos tomando millshake - pegou o copo e jogou na pia. Correu para o lado de Louis - Não vem Potato?
Levantei e vi os dois indo pulando até a sala. Sentei num canto e sentou ao meu lado, já que Louis e jogariam primeiro. Decidimos jogar esportes e eles escolheram Ping Pong. Fiquei ali olhando pro nada passando a cena da cozinha na minha mente trocentas vezes.

’s POV
Fui tomar milkshake com o Niall e senti um clima entre nós, olha eu me iludindo de novo. Eu podia estar começando (apenas começando) a me interessar por ele, mas ele não sente o mesmo por mim. Quando pensei que iria acontecer algo, Louis aparece do nada, nem sei se ficou nos observando. Fomos para a sala e jogamos vídeo-game a tarde toda. Os meninos jogam bem, mas nós ganhamos no fim da tarde. era a melhor de nós, mas vez ou outra deixava o Harry ganhar. Niall e eu ficamos quietos o resto do dia e só sentia nossos braços tendo um leve contato, já que estávamos sentados lado a lado. e Zayn mostravam que foram feitos um pro outro a cada troca de olhares, e Louis riam só de se falar ‘pudim’, Harry e quase se beijando e nem preciso falar que Liam e estavam lindos juntos. Agora eu… Ia ficar pra titia, buenas . O telefone do Harry tocou e ele murmurou algumas palavras e desligou.
- Temos que ir, nosso empresário ligou dizendo que temos que escolher os figurinos do show e resolver os últimos detalhes, já que falamos que no final de semana não estaremos disponíveis! - Todos ficaram meio cabisbaixos depois das palavras de Harry. Os meninos não queriam ir pra casa e nós não queríamos que eles fossem, mas tudo pela festa né? Quando notei estava de braços entrelaçados com Niall, mas tudo estava tão confortável que resolvi fingir que nada estava acontecendo.
- Ei pequena, nos vemos amanhã, ok? - Louis levantou o queixo de quando viu que ela tinha se entristecido. “QUE AMOR AF” Ela sorriu, corou e o abraçou.
- Chega de momentos in love, vamos embora! - Liam beijou a bochecha de primeiro, se despediu de nós e caminhou até a porta, seguido por Harry e Louis.
- Eu abro a porta! - Me prontifiquei e caminhei com Niall até a saída. Esperamos dois minutos até Zayn se despedir de todas e dizer a que estava ansioso para vê-la novamente.
- Bom meninos, até amanhã - Abri a porta, recebi um beijo na bochecha de Liam, Zayn e Harry; Louis me deu um abraço apertado e quando virei o rosto para beijar a bochecha de Niall, ele pegou minha mão e beijou sua palma, corei instantaneamente. Ele e deu um abraço e murmurou que não via a hora de começar a festa. Acenei para os meninos, ainda roxa de vergonha, e fechei a porta.
- Tá com vergonha Sra. Horan? - me alfinetou.
- Está rolando um clima… - Complementou .
- Assim como está rolando um clima entre você e o Zayn, a e o Liam, a e o Louis e um climasso entre Harry e a - As meninas riram quando falei isso, mas estava dizendo só a verdade. - Cara, antes da gente conhecer eles, eu não dava um centavo por essa One Direction, mas agora, não enxergo minha rotina sem esses cinco idiotas… - Confessei.
- Imagina quando tivermos que voltar para o Brasil, ai! - até se arrepiou ao falar aquilo.
- Ei girls, parem com isso, vamos gravar com eles, fazer um curso, arrumar um bom emprego por aqui e ficar aqui! Seja o que Deus quiser… - nunca deixava que o desânimo tomasse conta do ambiente.
- Parem de sofrer antecipado, gente! Ei, vamos descansar um pouco porque precisamos estar absolutas amanhã! - Gargalhamos com falando daquele jeito, desde quando ela beijou Liam seu senso de humor está ótimo e ela não pega tanto no nosso pé. Amém Senhor!

Louis POV
Flagrei e Niall quase se beijando e me senti meio mal por ter atrapalhado o momento dos dois né, mas eles ainda iriam se resolver. As meninas eram maravilhosas, nem acredito que passaríamos a turnê toda ao lado delas. As convidamos para a festa e eu não via a hora daquele momento chegar. Estava louco por , completamente louco. Tomei a decisão de que na festa eu contaria isso a ela, o problema é que eu não sabia se ela sentia o mesmo por mim, tinha medo de me declarar e acabar com a nossa amizade para sempre, não suportaria ficar sem ela. Pensava no que eu deveria fazer quando Harry puxou o assunto:
- Não vejo a hora de encontrar as meninas na festa, elas são lindas, legais, engraçadas, fico feliz só de pensar que ainda passaremos a turnê inteira ao lado delas… - Ele cruzou os braços e suspirou. É, Hazza estava apaixonado...
- Já me traiu com a ? - Perguntei e ri.
- Ainda não, pretendo te trair na festa meu amor, mas não fica triste não, você pode virar meu amante... - Ele respondeu e nós ríamos. - E você, já me traiu com a ?
- Ainda não! Não sei se ela gosta de mim, tenho medo de me declarar e acabar com a nossa amizade.
- Ah por favor Louis! A menina ta piradona em você, quando ela olha pra você, os olhinhos até brilham de felicidade, quando ela te abraça, quando você sorri ela sorri, só ta esperando você chegar! - Zayn falou gesticulando loucamente, Niall ria enquanto Liam parecia estar em outro planeta.
- É, acho que vou tentar me declarar amanhã. - Respondi e suspirei pensando naqueles lindos olhos.
- E a Zayn? Ela também ta doidinha pra te dar uns beijinhos - Liam olhou para Zayn, fez um biquinho e mandou vários beijinhos. Depois que ele beijou ficou assim, meio abestado.
- Vai DJ Malik, eu sou a e você vai se declarar pra mim, vamos testar. - Niall falou e fez uma pose de mulher, Zayn não se aguentava mais de tanto rir.
- Não vou me declarar pra você, vou me declarar para ...
- Mas eu estou encenando a , então você se declara pra mim! - Niall argumentou.
- Só sei que nosso Daddy foi mais rápido que todos nós… - Falei e Liam riu.
- Melhor vocês se apressarem antes que outros garotos se declarem primeiro... - Ele respondeu e riu.
- Não fala isso nem de brincadeira! Amanhã eu pego a , de jeito. - Harry falou convicto e murmuramos um “hmmmm”.
É, essas meninas nos pegaram de jeito.

’s POV
Liam era um lindo. Não queria que eles fossem embora, mas fazer o que né? Depois do nosso beijo as coisas mudaram, passei a aproveitar melhor o momento sei lá... Estávamos oficialmente ficando. As meninas não viam a hora de chegar a tal festa, sentia que amanhã prometeria, tenho certeza que pelo menos e Harry se resolvem amanhã. As meninas estavam elétricas, não falavam de outra coisa a não ser a tal festa. Jogamos muito video game, tomamos banho, jantamos e cada uma ligou para sua família, para saber e contar as novidades e matar um pouco as saudades. Liguei para os meus pais, escovei os dentes e quando sentei na cama meu celular vibrou avisando que havia chegado uma mensagem:
Boa noite anjo, já estou com saudades, não vejo a hora de te ver amanhã! Beijos, Liam xx
Como esse Liam é fofo,respondi a mensagem.
Boa noite lindo, dorme com os anjos! Também não vejo a hora de te ver amanhã, xx
Um minuto depois ele respondeu:
Como vou dormir com os anjos se não estou com você?
Anw, sonha comigo então :P
Pode deixar, linda vou deitar logo antes que Louis me amarre na cama haha Boa noite, beijos xx
Boa noite xx
Eu estava tão feliz! Liam me fazia tão bem, ela era fofo, atencioso, se parecia comigo e lindo né? Segui com esses pensamentos e dormi.

’s POV
Acordei no dia seguinte com pulando em minha cama, dando vários beijos em minhas bochechas e dizendo para eu me levantar pois o grande dia havia chegado e tínhamos que nos arrumar. Na semana passada eu xingava nosso chefe mentalmente por ter nos mandado acompanhar todos os passos de uma boyband, mas acho que se o visse hoje, o abraçaria e daria vários beijos em suas bochechas. Louis é perfeito, engraçado, carinhoso, divertido, mas não sei se ele gosta de mim, tenho medo disso acabar com a nossa amizade… Desci e todas me esperavam na cozinha, tomamos café, ligamos o som e arrumamos a casa, depois fomos pintar a unha.
- Meu Deus, estou super ansiosa. - confessou o que todas já sabiam.
- Ta ansiosa pra ir pra festa, ver pessoas famosas, beber, dançar, arrasar, ou ta ansiosa pra que o Hazza te pegue de jeito? - Ana perguntou perguntou e todas fitaram ansiosas. Ela pensou um pouco e disse:
- Estou ansiosa para os dois, mas não vejo a hora do Hazza me pegar de jeito! - As meninas começaram a gritar, pular, dançar, fizemos levantar da mesa e começamos a rodar em volta dela.
- ADMITIU! ADMITIU! ADMITIU! - Todas gritavam e gargalhava. Depois de vários minutos rindo nos sentamos na mesa.
Pintamos a unha e preparou um almoço bem rápido. Já era 12h00 e tínhamos que cuidar das nossas jubas. Fazíamos fila pra fazer o cabelo, porque tínhamos duas chapinhas, dois secadores e um babyliss. Esperamos alguns minutos para ir tomar banho, para não estragar as unhas. e foram primeiro porque são as mais lerdas, enquanto isso eu, e arrumávamos o que seria nosso cabeleireiro. Numa mesa colocamos vários prendedores de todos os tipos, cremes, pomadas capilares, reparador de pontas, escovas, pentes, as chapinhas, os secadores e o babyliss.
- TERMINAMOS! - berrou de lá de cima e então eu, e corremos para tomar nossos banhos, enquanto e iam secar os cabelos.
Tentei ser o mais rápida possível e vi que as meninas também, porque depois de vinte minutos estávamos no quarto trocando de roupa. Descemos e nos deparamos com e ainda secando o cabelo. e ajudaram elas com a tarefa ‘mega difícil’. Todas nós decidimos ir de cabelos soltos e bem lisos, porque segundo é mais fácil pra balançar enquanto dançamos. Ficamos horas fazendo os benditos cabelos, mas quando terminamos ainda era 16h00.
- E essa hora que não passa? - perguntou fazendo bico quando olhou para o relógio.
- Bom, não adianta a gente se trocar a agora, tá muito cedo! Vamos assistir uns seriados e quando der 18h00 a gente escolhe as roupas e nos trocamos ok? - Todas nós assentimos, afinal, (quase) sempre tinha razão.
e prepararam alguns cupcakes com suco de laranja. Comemos tudo, porque estávamos morrendo de fome. Mudei de canal e parei em um que estava passando PLL, e amavam. Assistimos na esperança do tempo passar.

Liam’s POV
Por incrível que pareça acordei primeiro que Louis, na verdade nem dormi direito, pensando na festa, nas meninas, em … Sonhei com ela sorrindo para mim, dizendo que sua vida seria totalmente sem graça sem mim. Acordei com um sorriso enorme no rosto, fui ao banheiro e decidi acordar os meninos, afinal ainda tínhamos que nos arrumar e ver mais alguns detalhes da festa. Escancarei a porta do quarto de Louis:
- Acorda Boo Bear! Ta na hora de levantar, ainda temos que nos arrumar e arrumar algumas coisas!
- O velho e bom Liam Payne voltou, socorro. - Ele colocou o travesseiro nos olhos - Que horas são papai?
- Meio dia. Levanta logo que vou acordar os outros meninos.
- Meu Deus, meio dia e eu ainda nem tomei banho! Vai, sai fora que vou me banhar! - Ele me empurrou para fora do quarto e bateu a porta.
Acordei Harry, Niall e quase trouxe uma caixa de som para acordar Zayn, que não queria levantar de jeito nenhum. Falei para ele que era quase uma da tarde, então ele levantou. Niall preparou o café, comemos e depois fomos tomar banho, enquanto cada um tomava banho, Louis comia, é mesmo do contra. Zayn terminou de se arrumar, ficou pelo menos uma meia hora arrumando o topete, que até brilhava e foi arrumar a mesa de som; Niall recebeu o buffet e organizou as comidas em seus devidos lugares; Louis terminou de ajeitar a decoração; Harry vetou todos os quartos e o final da escada que levava até o andar de cima; eu tratei de ligar para o motorista e explicar a ele tudo que deveria fazer, queria que ele buscasse as meninas na porta do hotel e viesse com elas até a porta do loft. Terminamos tudo umas 19h00, estávamos todos de camisa, calça social e terno, cheirosos e com os cabelos arrumados, logo os convidados começariam a chegar. Eu estava tão ansioso, queria tanto ver , que saudade daquele olhar, daquele sorriso. Niall sentou do meu lado comendo um cupcake, só come mesmo.
- Caramba Niall, já ta comendo! - Zayn sentou na poltrona e fitou Niall.
- Ah, não tem mais nada pra fazer! - Nós rimos - Nossa Zaz, seu topete ta muito daora, deixa eu tocar nele?
- Não! - Zayn respondeu bravo, era uma afronta tocar no topete dele, ainda mais quando estava arrumado para ocasiões especiais.
- E se a pedir, você deixa? - Perguntei.
- Não, não sei… - Ele ficou pensativo até que Lou e Hazza chegaram. Ficamos sentados conversando sobre a festa e sobre as meninas, até que os convidados começaram a chegar.

’s POV
Eu e as meninas estávamos agoniadas vendo televisão e essa hora que não passava? Nos trocamos, ficamos cerca de meia hora procurando as roupas perfeitas. Depois de dois minutos o interfone tocou e eu fui correndo atender. Era a recepcionista avisando que o motorista havia chegado e que era para nós descermos. Estávamos super nervosas, tremíamos e até gaguejava algumas vezes. Quando chegamos na porta do hotel, nos deparamos com uma... Limousine! Linda, enorme e… todinha pra nós! O motorista nos cumprimentou, abriu a porta e entramos. Nos aconchegamos e a limousine começou a andar, nem parecia que um carro enorme estava em movimento, ela andava suavemente…
- Gente, eu to com muito medo! To sentindo uma coisa estranha… - quebrou o silêncio.
- Também to com medo! Mas relaxa, vai dar tudo certo, ta tudo bem mesmo ? - pegou as mãos de e sorriu.
- Ta sim, acho que é só um frio na barriga…
- Relaxa gente, é só uma festa no Loft da One Direction, só isso. - disse.
- Só isso! E só vai ter um bando de famosos lá, mas ok! - completou.
Alguns minutos depois o carro chegou e nós descemos, vimos uma cobertura totalmente iluminada e ouvimos uma música bem alta, deveria ser meu... Deveria ser Zayn discotecando. O motorista disse que iria nos levar até o loft, dissemos para ele que não precisava, mas ele disse que era ordem dos meninos, mas especificamente do ‘Sr. Payne’, sorriu e corou. No elevador demos as mãos e sorrimos. Chegamos no loft e tocamos a campainha, ouvimos um “devem ser elas” e um Zayn sorridente abriu a porta, ele estava lindo, o topete super arrumado, de terno e gravata, os olhos brilhando, é, essa noite prometia.

Capítulo 4 – Party Time!

Zayn's POV
Já eram 20h30 e as meninas não tinham chegado, será que elas viriam? Estava indo pra mesa de som quando Liam me chamou e disse que elas haviam chegado. Corremos para a porta e tomei a frente. A campainha tocou e quando abri fiquei perplexo: elas estavam incríveis e absurdamente lindas, principalmente . Elas deixaram os cabelos soltos, bem naturais... E os vestidos eram divinos. Todos os meninos não conseguiam dizer nada, assim como eu.
- Oi? A gente pode entrar? - perguntou meio confusa.
- Claro meninas, entrem! - Elas passaram e no momento que entrou Louis fez uma pausa - Vocês estão lindas!
- Obrigada! - Elas disseram em coro.
Cada um entrelaçou o braço com cada uma delas. Louis com , Niall com , Harry com , Liam com e eu com . Ela estava perfeita, mesmo.
- Você está muito linda! - Sussurrei em seu ouvido, ela corou e sorriu agradecendo.
Levamos elas na piscina que tinha alguns pontos de luz, lá sentamos no balcão e um barman ofereceu bebidas para nós. Eu pensei que elas não bebiam, mas logo percebi que estava enganado. pediu um drink de cereja, pediu uma bebida com Tequila, e pediram uma tal de caipirinha e quando notaram que o barman não sabia, elas tiveram que ensinar como fazer... Bom, nem preciso dizer que pegou um refrigerante né? Ficamos jogando conversa fora um bom tempo até que um garçom veio nos chamar para receber algumas convidadas.
- Bom meninas, vamos receber alguns convidados e já voltamos! Fiquem à vontade! - Louis, Harry, Liam e Niall foram para a porta e eu segui para a mesa de som, com meus olhos vidrados em . As meninas permaneceram no balcão e pediram mais uma rodada de bebida, então se levantaram e foram dar uma volta.

's POV
Quando os meninos falaram dessa festa eu pensei que fosse algo para íntimos, mas estava bombando. Nós vimos o MCFly, o Justin com a Selena (fofos), e alguns ex participantes do X Factor. Eu estava me sentindo a Megan Fox. Decidimos no jogar, afinal segunda feira começaria o trabalho. Os meninos nos levaram para um balcão cheio de bebidas, os olhos de brilharam (de nós, ela é a que mais bebe) e notei um pouco de surpresa nos garotos depois que pedimos drinks. Aí quando penso que está tudo perfeito me vem um James da vida e rouba nossos meninos, ok! Eles foram receber mais gente e ficamos meio sem jeito sem ter eles por perto.
- Cara, nós estamos no loft da One Direction, numa festa bombástica, cheia de famosos e vamos ficar aqui? Nada disso, vamos dar uma volta e dançar! - Disse dando o último gole no seu segundo drink. Já vi que ela daria trabalho naquela noite. Pedimos mais bebidas e fomos andar. Entramos na casa, vimos a sala, a cozinha, mas quando fomos subir para o andar de cima,vimos que estava bloqueado. Ótimo.
- Ei, vamos procurar os meninos, talvez eles já tenham recebido os tais convidados. - tomou a frente e puxou pelo pulso até a entrada. Nós as seguimos. Observei Niall de costas, mas quando fui chamá-lo me contive. Os 'nossos' meninos estavam com mais quatro meninas (isso porque Zayn estava discotecando). Senti uma ponta de ciúme. Ficamos ali paradas, observando as meninas se esfregando neles... Eles estavam tão entretidos que nem notaram nossa presença.
- Ah cara, eu não vim aqui pra ver isso, fala sério! - bufou. Todas nós estávamos de braços cruzados, batendo os pés impacientes.
- E eu que pensei que eles gostavam da gente... - complementou. Até estava desanimada.
- Ei meninas, somos lindas também lembram? Talvez eles não queiram estar com essas vacas e elas que estejam prendendo eles. Só sei que não vou ficar esperando a boa vontade alheia! Tem um monte de garotos aqui, vamos beber mais e dançar! Vamos! - Animei as meninas e notei que deu certo. Corremos para o balcão e pedimos mais bebidas, até a bebeu. Fomos para a pista de dança que ficava do outro lado da piscina, na frente da mesa de som. Ficamos (super) tímidas e resolvemos dançar discretamente num canto.

's POV
Os meninos estavam com outras vacas, até meu Harry! Ah, ai eu fiquei muito brava, pelamor! Sentia uma raiva absurda contaminando todo meu corpo. Resolvi chamar as meninas pra dançar e beber um pouco, mas a cena que presenciamos deixou elas desanimadas... Foi neste instante que lembrei da nossa condição: funk! É isso!
- Meninas, já volto! - Depois de dizer isso corri em direção à mesa de som, onde Zayn (todo estilosinho) escolhia as próximas músicas.
- Ei Zayn! - Cutuquei ele, porque só falando ele não me ouviria. O moreno tirou os fones e me olhou com surpresa.
- ? Aconteceu alguma coisa? - Ele me olhava de cima a baixo.
- Aconteceu! Você não cumpriu as condições! Quando vai colocar nosso querido pancadão? - Quando vi que ele não sabia o que era pancadão, soltei um suspiro e prossegui - O funk Zayn! Você prometeu que tocaria!
- Ah, é! - Ele se lembrou - Bom, como não sei músicas desse tipo, escolhe algumas ai no meu notebook que eu vou tocar ok?
Nem respondi e já fui tomando posse do computador do guri. Coloquei várias músicas legais e escolhi duas bem 'dançantes' pra serem as primeiras. Coloquei na playlist. Pronto, agora era só esperar tocar. Agradeci e voltei para falar com as meninas.
- O que você aprontou ? - me olhava toda brava.
- Relaxa, fui falar com o DJ Malik profissionalmente, tá? - Todas as meninas riram da cara da nossa mais nova ciumenta - E sobre o que eu aprontei... Vocês vão ver, mas tem que me prometer que vão participar dessa vingança!
- Tá eu participo! - disse sem hesitar - Mas vingar o quê? A cena que a gente viu na porta?
- Claro, suas lerdas! Elas acham que são as únicas vadias por aqui? Nós somos mais, porque além de vadias, somos brasileiras, tá fia? Elas querem guerra? Guerra elas vão ter - As meninas me aplaudiram e fiz uma reverência teatral.
- Mas essa sua vingança vai demorar? - perguntou - Porque os meninos estão vindo!
- Relaxa! Com eles vendo tudo fica melhor - Todas as meninas caíram na gargalhada.
Eles se aproximaram de nós e ficaram surpresos com nosso surto de riso. Uns instantes depois, Zayn também se juntou a nós.
- Zayn? Você não vai discotecar? - perguntou surpresa.
- Deixei umas músicas lá, daqui a pouco volto e escolho mais! - Ele passou o braço em volta do ombro de que corou instantaneamente.
- Mas e ai meninas, estão gostando? - Louis perguntou enquanto se aproximava de .
- Claro que sim Boo Bear! E a casa de vocês é linda. - Depois que disse isso, Louis apertou as bochechas dela.
- E a festa está super bem frequentada - Eu disse em tom irônico. As meninas tiveram que segurar o riso. - Bom, eu quero beber! Vamos! - Arrastei os nove seres comigo até o balcão.
Eu e as meninas não hesitamos e pedimos um drink bem forte. Os meninos não pediram nada, só Harry. Liam disse que eles tinham que estar sóbrios para receber os convidados. Bebemos num pulo e pedimos outro, só eu, e , porque e eram fracas pra bebida. Aliás, de todas nós eu era a mais 'bêbada', não entendi porque e estavam bebendo daquele jeito, mas ok.
- Vamos dançar! - puxou Louis para a pista de dança. Liam levou , que foram seguidos por Niall, , , Zayn, Harry e eu.
- Aconteceu alguma coisa? - Harry me perguntou percebendo que eu já estava meio 'alegre', eu balancei a cabeça negativamente - Vocês estão... Diferentes hoje - Ele riu de si mesmo e acompanhamos todo mundo pra pista de dança. Dançamos muito e quando tocou Moves Like Jagger, e se jogaram total. Quando começamos a suar voltamos ao balcão para beber mais, dessa vez só eu tomei, e disseram que já estavam suficientemente felizes. Quando estava começando a beber, uma menina chegou.
- Ei meninos, vamos dançar? - Era uma loira escrota e dirigia olhares tensos pra Niall. entrelaçou seus braços, o que fez com que o menino ficasse ainda mais sem graça.
- Ér, nós somos cinco e você é uma! Odeio desvantagem. - Louis disse tentando descontrair o clima.
- Não tem problema, minhas amigas estão aqui - Ela respondeu apontando pra mais quatro meninas no canto da pista. - Vocês vão negar o pedido de uma dama?
Eu me segurei para não estourar a cara dela e notei que apertava forte o braço de Zayn. Eles nos olharam confusos.
- Podem ir! - disse num suspiro. O QUE ELA ESTAVA FAZENDO? – Sabe, se não fizerem a vontade dessa moça, do jeito que ela é, é capaz dela causar uma tragédia aqui! Vão dançar! - Depois que disse isso, a loira puxou Niall e os meninos os seguiram, bem surpresos, principalmente Liam.
- O QUE VOCÊ FEZ ? - ainda os perseguia com os olhos.
- Cara, a festa é deles, e eles não são propriedade nossa, não ainda! – Ela riu consigo mesma - E eles não entenderam, quando eu digo 'faça o que quiser' ou um 'pode ir' estranho, é a mesma coisa que um 'não', mas eles não entenderam - Apesar de tudo ela estava coberta de razão - E a sua vingança ?
Naquele instante começou a tocar a minha vingança (http://www.youtube.com/watch?v=FG2buAsFJj4). Todas olharam pra mim e riram, menos .
- CARA, EU PRECISO DANÇAR ISSO VEM - Ela me puxou pelo pulso e quando vi já estávamos no meio da pista.
Os meninos que dançavam pararam para olhar o que estava havendo, bem confusos. Todos pararam de dançar e fizeram uma rodinha em volta da gente. Nós cinco fizemos uma fila e na parte 'ela desce, desce, desce, gosta de ir até o chão' cantamos e descemos até o chão literalmente. Todos olhavam incrédulos e alguns até começaram a dançar discretamente. Nós jogávamos o cabelo de um lado para o outro (por isso eu preferi solto), rebolávamos de uma forma bem... Caliente. Começou a brotar homem do nada. A música acabou e nós ficamos acabadas. Corremos para o balcão, pegamos uma rodada de bebidas (novamente, só eu tomei drink) e voltamos para a pista de dança.

Niall's POV
estava linda demais. Aliás, todas elas, mas a minha me chamava atenção, como sempre. Estávamos conversando quando uma loira inconveniente chegou. Ela nos chamou pra dançar e notei que ficou brava, muito brava, assim como e . Mas ai, decide dizer "Podem ir!", vai entender essas mulheres... Não me senti confortável com aquelas meninas que não eram as nossas meninas e Liam não tirava os olhos de . Elas nos olhavam com tristeza, pode-se dizer ciúme. Aí do nada começou a tocar uma música muito legal, mas esquisita. Paramos de dançar na hora e notei cinco silhuetas rebolando sensualmente no meio da pista: , , , e... . Elas dançavam de um jeito tão 'solto' e jogavam o cabelo.
- Que música é essa Zayn? - Harry falou incrivelmente bravo.
- Deve s-ser o tal do funk que elas pediram - Zayn balbuciava ao ver daquele jeito.
- Elas são... Incríveis! - Louis suspirou.
A música parou e elas foram pegar bebidas, mas ai começou a tocar outra música (http://www.youtube.com/watch?v=GyP6aPuLidg), deu um gritinho, ergueu uma taça e elas voltaram pra pista, menos a . Ela veio na direção do Harry e ficou para encarando-o.
- Não gosto de você dançando desse jeito - Ele confessou e baixou os olhos. Ela pegou o queixo dele.
- E eu não suporto ver você dançando com outra garota... - Ele ia responder, mas ela continuou - E não venha com 'mas vocês deixaram' que dissemos aquilo para sermos educadas.
- E o que a gente faz agora? - Hazza estava indeciso.
- Eu não sei! - deu de ombros e voltou para a pista, mas Harry puxou seu pulso.
- , não faz isso comigo! Você se tornou especial pra mim e eu não... - Ela interrompeu a fala de Harry com um beijo. Ela colocou a mão na nuca dele e ele pousou as mãos em sua cintura. As meninas se aproximaram e senti uma mão quente em meu ombro: era . Elas aplaudiam enquanto Harry e se beijavam e sussurravam coisas um para o outro. Eles finalmente pararam e sorriram um para o outro. Zayn puxou para a mesa de som com ele e eles discotecaram juntos. e Harry foram para o balcão beber, Liam e sentaram numa mesa para conversar e e Louis foram dançar. Quando notei tinha sumido, procurei e a encontrei sentada num banco no jardim.
- Ei ! - Eu disse sentando ao seu lado.
- Eai Potato!
- Por que não está com as meninas?
- É que eu bebi muito e to meio tonta, não nasci pra isso. - Ela riu educadamente.
- Entendi, eu também não consigo beber muito assim, mas você ta bem? Quer tomar algum remédio?
- Relaxa, eu to bem... Só estou com um pouco de dor de cabeça... - Ela foi se levantar, ficou tonta e quase caiu. Eu a segurei pela cintura e a abracei.
- Vem, vamos tomar um remédio... - Peguei em sua mão e a guiei até meu quarto, fiquei com vergonha da bagunça. A deixei sentada na minha cama, peguei um copo d'água na cozinha e uma aspirina. Quando voltei ela observava meu mural onde tinham várias fotos minhas com os meninos e ria.
- Toma , trouxe o remédio e a água...
- Obrigado Niall, desculpa incomodar, desculpa ter que fazer você parar de se divertir pra cuidar de uma bêbada arrependida. - Ela falou e riu, fazendo com que eu risse também.
- Que isso , só estou to te ajudando, gosto de você, não gosto de te ver mal... - Ela olhou no fundo dos meus olhos e... Eu queria beijá-la! Mas ela estava meio inconsciente e provavelmente não se lembraria de nada no dia seguinte, ela tomou o remédio e eu apenas beijei sua testa. Sentei na cama e estiquei as pernas, ela deitou no meu colo e eu fiquei fazendo carinho em seus cabelos. 5 minutos depois ela adormeceu.

's POV
Eu e Louis dançávamos e ríamos, de vez em quando ele dizia coisas engraçadas no meu ouvido fazendo eu rir mais ainda.
- Vamos tomar alguma coisa? Estou com sede. - Falei e ele pegou minha mão e me levou até o bar e pediu dois refrigerantes para nós.
- Você quer beber outra coisa? Um drink ou sei lá... - Ele olhava no fundo dos meus olhos, aqueles olhos azuis já estavam me deixando alucinada, não conseguia raciocinar direito quando ele me olhava daquele jeito. - Você não bebe muito, né?
- Um refrigerante ta ótimo! Não, até bebo, mas não igual aquelas loucas - Apontei para as meninas e em seguida para e Harry que bebiam e dançavam juntos, nós rimos.
- Vem, vamos nos sentar naquele banquinho... - Ele pegou minha mão e o simples contato da minha mão com a sua fez com que choques percorressem meu corpo. Nos sentamos no banco e começamos a conversar. e Harry passaram ao nosso lado gritando, Harry depositava beijos no pescoço de que gritava para que ele parasse. Ela pagou a mão dele e saiu correndo, os dois já estavam super bêbados.
- Já tava na hora deles se resolverem né? - Eu falei.
- É, tava bem na hora, mas eu acho que tem mais uma coisa pra se resolver... - Os olhos azuis se juntaram ao meus.
- O quê? - Perguntei ingênua.
- Isso. - Ele grudou seus lábios nos meus, aquela sensação era tão boa, sentia que fomos feitos um para outro, logo estávamos realmente nos beijando, ele fazia carinhos no meu pescoço e eu bagunçava seus cabelos, paramos apenas quando ficamos sem ar.
- Fui precipitado? - Perguntou todo lindo.
- Claro que não, tava quase te agarrando... - Acabei confessando e rimos bastante.
- Desde o dia em que te vi pela primeira vez fiquei com vontade de fazer isso. - Ele me abraçou e continuamos conversando e trocando carinhos, Louis era tão fofo.

's POV
Zayn me puxou e corremos para a mesa de som, assim que ele me ensinou o básico de como mexer naqueles botões eu logo tirei todos os funks que tinha colocado na playlist, mas parece que o povo gostou tanto que vez ou outra vinha gente pedir 'aquela música dançante que as meninas rebolaram'. Sentei num banquinho e fiquei observando Zayn, eu estava com muito sono por causa da bebida, mas quem não apreciaria essa vista?
- Que foi ? Tá tudo bem? - Ele parou de dançar e veio todo preocupado pra perto de mim.
- Tá sim! Relaxa, não bebi tanto como a tosca da - Ele dava gargalhadas.
- É que você tava olhando... Pro nada - ELE NOTOU QUE EU TAVA OLHANDO ELE! COMO EU SOU IDIOTA.
- Eu estava olhando pra você, DJ Malik! - Quando vi já tinha confessado, pelamor!
- Cuidado pra não te dar problemas nas vistas! - Ele fez uma pausa, eu fitei o chão - Bom, já que você está bem, vem discotecar comigo!
Ele me levantou, colou um fone em meu ouvido, me colocou de frente para a mesa de som e ficou atrás de mim, com uma mão em minha cintura e outra segurando o fone. Foi uma das noites mais divertidas da minha vida, nem vi a hora passar, notamos isso quando alguns convidados estavam indo embora... Eram 3h00 da manhã, Jesus!
- Já tá tarde... Quer dizer cedo! - Ele riu de mim - Preciso achar as meninas para irmos embora!
Ele assentiu, deixou umas músicas no automático, segurou minhas mãos e me acompanhou na minha busca.

's POV
Liam era incrível, como cabia tanta perfeição numa pessoa só? Depois que nos dividimos, ele me levou para uma mesa e ali ficamos sentados conversando. Ele fazia muito meu tipo, enquanto todos estavam curtindo, nós ficamos simplesmente conversando, o que tornou tudo mais perfeito.
- Eai tá gostando da festa? - Ele perguntou pegando em minha mão.
- Estou! Está tudo lindo, aliás, o loft é perfeito! - Fiz uma pausa - Mas logo, logo vamos ter que ir embora, porque tá ficando tarde e a tá mais pra lá do que pra cá - Ele riu.
- Bom, o que você acha de vocês dormirem aqui hoje? - ELE ESTAVA DIZENDO ISSO? Passou pela minha cabeça recusar, mas as meninas me matariam, principalmente a . Aliás, eu não iria recusar por mim, não queria ficar longe do Liam. Eu estava gostando dele, só não queria admitir pra mim mesma, não queria me envolver com ninguém, não agora.
- Se não for incômodo, eu topo! Vai ser um parto ir com essas meninas até em casa! - Nós rimos e ele colocou uma mexa de cabelo atrás da minha orelha. - Ah, amanhã vocês vão fazer alguma coisa? - Perguntei.
- Não, amanhã não vamos fazer nada! Contratamos um grupo de limpeza pra dar uma geral e estamos livres amanhã. - Ele sabia que eu tinha algo em mente.
- Bom, que tal vocês irem amanhã pro hotel, a gente podia usar a piscina! - Nem estava parecendo eu naquele momento, aceitei dormir na casa de um garoto e de quebra o chamei pra uma festa na piscina.
- Vamos sim, pode deixar! Aliás, vocês dormem aqui e amanhã vamos todos juntos para lá, o que acha?
- Perfeito! - Ele sempre tinha as melhores ideias.
- Perfeito como você! - Ele sorriu e se aproximou, senti um beijo em minha bochecha e depois ele praticamente amassou nossos lábios um contra o outro. Ele acariciava minha bochecha e eu bagunçava seu cabelo todo. Paramos para respirar e eu ri. Ele puxou minha cadeira para mais perto e passou o braço pelo meu ombro, e assim aconcheguei minha cabeça em seu ombro. Pensei que estávamos em privacidade, mas ai chegaram dois seres para estragarem tudo.
- Onde vocês estavam? - disse se apoiando em Zayn, ambos ofegantes. Olhei para Liam que deu de ombros. - Temos que ir embora , tá tarde!
Nossa, como eu fui idiota! Esqueci de avisar as meninas que iríamos dormir no loft esta noite!
- , então... Nós vamos dormir aqui! - Ela e olhou incrédula e depois encarou Zayn que abriu um sorriso instantâneo. Ela ia responder, mas continuei - Vamos, temos que avisar as meninas!
Liam, Zayn, e eu fomos caminhando a procura de qualquer um, mesmo eu sentindo que deveríamos encontrar antes que ela fizesse uma burrice.

Louis POV
Finalmente eu consegui! Beijei a e como ela beija bem... Não via a hora de contar para e os meninos. Estávamos conversando sobre a vida no Brasil e ela me disse que se um dia eu fosse pra lá me mostraria os pontos turísticos, ela disse também 'que não são tão legais como os daqui de Londres, mas cada um tinha seu encanto'.
- Nada é como o London Eye, mas é legal! Principalmente no Rio de Janeiro, o Cristo é lindo! - Ela completou.
- Tudo fica mais lindo com você! - Quando eu disse isso ela ficou sem jeito e olhou o chão.
- Ei, - Ergui seu queixo - Olhe pra mim, por favor!
- Não faz isso, fico com mais vergonha ainda - Ela estava linda, toda tímida.
Conversamos sobre como se formou a One Direction, sobre o X Factor, sobre minha infância e adolescência dela. Até que Liam, , e Zayn surgiram do nada para estragar tudo.
- Ei galerinha, aconteceu alguma coisa? Vocês parecem... Cansados. - disse observando os quatro ofegantes. Liam até apoiava as mãos nos joelhos.
- Eu pensei que estivessem todos juntos, mas esse foi o último lugar que sobrou pra procurar! - exclamou - Bom, tô aqui pra avisar que vamos dormir aqui hoje e amanhã os meninos vão com a gente pro hotel estrear a piscina!
- PISCINA? - perguntou incrédula - Você não disse nada disso pra gente, ! - Ela cruzou os braços em baixo dos seios.
- Bom, agora estou dizendo tá? E temos que achar a e a , ai meu Deus, que nada de tenso esteja acontecendo... - suspirou e passou a mão na testa.
- Você não está pensando que eles estão... - colocou a mão em minha boca.
- A eu acho que não, mas a ... - completou e todos rimos. - Vamos logo! - e Liam foram na frente, seguidos por e Zayn (que estavam de mão dadas) e eu e fomos atrás, coloquei meu braço em seus ombros. Procuramos feito barata tonta aqueles quatro pelo loft inteiro.
- É... Só falta os andares bloqueados - Suspirei.
- E os quartos ficam lá em cima, né? - perguntou coma voz tensa.
- Sim, pequena! É lá que eles ficam!
Subimos as escadas em fila, na ponta dos pés. Chegamos na porta do quarto de Niall e a encaramos por alguns instantes. Ninguém tomou a frente, nem Liam! Acho que todos estávamos com medo do que veríamos...
- Bom, eu abro! - Não me aguentei e coloquei a mão na maçaneta. Girei-a lentamente e abri a porta o mais rápido que pude. Coloquei a mão em meus olhos, mas o quarto estava quieto. Abri os olhos e encontrei Niall deitado na cama, com debruçada em seu peito, ambos dormindo, de roupa. - Ai Jesus, que susto! Nosso Nialler e nossa ainda são anjos.
Em meio a risos e um tropeço de Zayn entramos no quarto. Zayn sacudia Niall enquanto eu acordava . Todos estavam em volta observando.
- Mais cinco minutos - murmurou se aconchegando mais ainda perto de Niall, que já tinha sido acordado por Zayn e nos olhava com muita vergonha.
- Pode me explicar isso? - perguntou impaciente.
- Ela estava tonta por causa da bebida, dai eu dei remédio pra ela, nós deitamos e acabamos dormindo, só isso! - Niall dizia só encarando dormindo nele.
- Vamos acorda! - Sacudi ela mais do que pude e em resposta, ela foi abrindo os olhos lentamente.
- Boo Bear? - Ela fez uma pausa e olhou todo mundo - Isso é uma reunião gente? - Todo mundo riu, essa era a nossa .
- Não perde tempo hein? - Disse pra ela ajudando-a levantar.
- O quê? - Só depois disso ela viu que estava quase em cima do Niall - Ah, desculpa Potato, por isso que eu tenho medo de dormir! - Niall apenas sorriu e murmurou um 'que isso, ’, é claro que ele tinha gostado - E por que mesmo vocês me acordaram?
- Bom Sra. , venho lhe informar que você e suas amigas irão dormir aqui no loft hoje - Fiz uma voz grossa e uma reverência e todos caíram na gargalhada. - E amanhã temos uma festa na piscina do hotel.
- Obrigada James - Ela disse se levantando e bagunçou meu cabelo. - Tá, mas pelas minhas contas estão faltando dois de nós.
- e Harry - Niall completou - Que tal irmos atrás deles? O quarto do Hazza é no fim do corredor.
- Af Maria, to com medo - confessou e eu a abracei. Fomos até o quarto de Harry. Liam e na frente, e dessa vez eles também estavam de mãos dadas, assim como Zayn e que iam logo atrás. Niall e foram abraçados porque ela estava 'meio tonta' e eu fui atrás de com a mão em sua cintura. E novamente quando paramos fui na frente de todos para abrir a porta. Já tinha em mente algo bem tosco pra fazer com Harry.

Harry's POV
Eu e bebemos muito, muito mesmo. Foram cinco drinks em meia hora, fora os que tínhamos tomado antes do beijo. Quando notei que ela estava quase caindo, levei-a até meu quarto, tirei seus sapatos (nada mais que isso) e a deitei em minha cama. Deitei ao seu lado para observá-la.
- Ei idiota, o que tá olhando? - Ela perguntou se virando para mim.
- To te olhando e não sou idiota!
- É sim, porque pra parar tudo o que está fazendo para me olhar, tem que ser muito louco. - Ela passou a mão no cabelo.
- Louco por você, mas não idiota!
- Um idiota que eu gosto muito - Quando terminou essa frase ela me beijou novamente. Matei minha vontade e coloquei minha mão naquele cabelo lindo, enquanto ela brincava com a minha gravata borboleta.
- Não vejo a hora de começar a turnê... - Confessei para , ela sorriu e deitou de lado e fiquei atrás dela, tipo conchinha - Acho que vai ser legal, a gente vai se aproximar, além de nos conhecermos melhor. Não acha?
Ela não respondeu, tinha caído no sono, mas eu não dormi, fiquei ali olhando até o jeito que ela respirava. Estava quase pegando no sono, quando a porta abriu.
- EU QUERO DIVÓRCIO, STYLES! - Louis surgiu num pulo, com todos atrás deles rindo, eu também ri, mas estremeceu e eu não queria que ela acordasse.
- Shhhh, ela tá dormindo! - Falei contendo o riso.
- Vocês estão vestidos? - perguntou, ela estava lá no fundo, com Niall gargalhando.
- Estão , não foi dessa vez que o Hazza me deu chifres! - Louis falou rindo ainda mais.
- Bom, a gente veio aqui avisar que vamos dormir aqui hoje e amanhã tem festa na piscina do hotel! Mas parece que a não vai acordar tão cedo, então avise ela ok? - disse em um suspiro, parecia que estava aliviada.
- Bom, vamos lá pra baixo porque tem gente aqui ainda né? Nos despedimos dos convidados e dormimos! - Liam já ia saindo, quando o chamei.
- Ei Liam, eu posso ficar aqui? - Perguntei acariciando o cabelo de .
- Pode sim, você fica e Niall e vão dormir também, já que ela esta 'meio tonta'. Se e Zayn quiserem descansar também podem, afinal ela bebeu também! - Depois que Liam disse isso, o casal fome foi para o quarto de Niall e Zayn ajudou a caminhar até seu quarto, eu apenas descansei a cabeça no travesseiro esperando o trouxa do Louis fechar a porta para que eu pudesse dormir.

Liam's POV
A festa foi maravilhosa e a mais ainda. Deixamos os alcoólatras no quarto e fomos fazer sala para os convidados. Quando chegamos na piscina tinham apenas 20 pessoas e o silêncio reinava, pois Zayn havia parado de discotecar. A maioria das pessoas já estavam indo embora, não demorou para que ficássemos apenas eu, , e Louis lá embaixo.
- Ainda bem que não sou eu que vou limpar tudo isso... - Louis segurava um copo descartável.
- Ainda bem que vetamos a parte de cima! - Falei.
- To com sono Lou. - comentou e fez biquinho. Louis ficou agachado e mandou que ela subisse em suas costas.
- Mas eu to de vestido! - Ela resmungou.
- Olha pra lá Liam! - Eu ri e me virei de costas, pude ouvir apenas os dois rindo e quando me virei Lou já estava quase na ponta da escada com nas costas.
- Eu hein, esses dois são ligados no 220. - comentou.
- Ta tarde né? Vamos dormir? - Falei e ela bocejou - Quer que eu te leve nas costas?
- Vamos sim! Não, vou andando mesmo. - Demos as mãos e subimos rindo.
Chegamos no meu quarto e eu ofereci uma camiseta minha para , também perguntei se ela queria tomar um banho, ela aceitou e eu fui pegar uma toalha. Quando voltei ela olhava minhas fotos e sorria. Ela pegou a camiseta e a toalha e se trancou no banheiro. Deitei na cama e fiquei pensando em tudo que estava acontecendo. Alguns minutos depois ela saiu do banheiro com um coque no cabelo e a minha camiseta dos Raptors que ficava em seu joelho. Fiquei perplexo e só voltei a realidade quando ela quebrou o silêncio:
- Não vai tomar banho? - Percebi que ela ficou corada com meus olhares intensos em suas pernas.
- Vou sim! Já volto. - Dei um beijo em sua testa e fui para o banheiro. Tentei ser o mais rápido possível e depois de alguns minutos a encontrei deitada em minha cama.

's POV
Tomei banho e fiquei morrendo de vergonha quando Liam começou a encarar minhas pernas. Pressionei-o para ir tomar banho, para que pudesse me deitar sem ninguém olhando, mas me arrependi na hora em que ele saiu do banheiro sem camisa, apenas com uma calça larga de moletom. Meu coração batia a mil. Ele além de fofo e tudo mais, era LINDO. Ele se dirigiu ao guarda roupa, procurou um pouco e colocou uma camiseta regata branca. Não estava nem um pouco confortável naquela situação constrangedora.
- Tá sem sono? - Ele me perguntou deitando ao meu lado, puxei o edredom sobre nós.
- To morrendo de sono, será que todo mundo tá dormindo já? É que eu fiquei te esperando.
- Agora já to aqui, que se danem os outros - Ele beijou minha testa - Boa noite, pequena.
- Boa noite, pequeno. - Rimos e caímos no sono abraçados.

's POV
Fiquei morrendo de vergonha quando acordei no colo de Niall, não me lembrava de nada. Ele me explicou que fiquei meio bêbada e com muita dor de cabeça, então ele me deu um remédio e eu acabei dormindo em seu colo. Acordamos com o pessoal fazendo a maior arruaça no quarto de Potato, nos avisou que dormiríamos aqui e eu fiquei sem entender absolutamente nada. , falando que dormiríamos aqui? E ela dormiria no quarto do Liam? Eu ia dormir aonde? No quarto de Niall ou no sofá? Não sei... Depois ela ainda disse que faríamos uma festinha na piscina do hotel amanhã, é... O Liam mudou nossa mamãe. Sai dos meus pensamentos quando Niall quebrou o silêncio:
- Você quer tomar um banho ? Eu te empresto uma camisa minha sem problemas. - Aquele sorriso lindo me deixava atônita.
- Não é muito incômodo? Olha, porque eu já quase babei no seu colo né... - Ele deu gargalhadas e colocou meu cabelo atrás da orelha.
- Relaxa, não é incômodo nenhum, acho que vai ser até melhor você tomar um banho bem quente pra espantar essa dor de cabeça malvada! - Como é lindo gente! - Vou pegar uma toalha pra você.
Alguns minutos ele voltou com a toalha, me emprestou uma camiseta sua e eu fui tomar banho, nada poderia estar mais perfeito. Saí do banho com a camiseta de Niall que estava um pouco acima dos meus joelhos e ele me encarava descaradamente. Quando percebeu que eu estava morrendo de vergonha, começou a falar:
- Ér, vou tomar banho, fica a vontade ... - Ele sorriu pra mim e se trancou no banheiro.
Fiquei ali na cama sentada, boba, pensando naquele loirinho dos olhos azuis, ele realmente havia mexido comigo. Após alguns minutos ele saiu do banho com uma calça de moletom cinza, sem camisa, de chinelos, com o cabelo totalmente bagunçado. Não sei bem qual foi a minha cara ao ver a cena, pois ele riu bastante... Adeus ovários! Aquela cena foi realmente sexy.
- Tem problema se eu dormir assim? Não gosto muito de dormir de camiseta... Elas me sufocam! - Ele comentava e gesticulava bastante.
- Não, não tem problema nenhum, eu vou dormir no sofá né? - Falei e me levantei, ele me fitou e começou a rir bastante, dava gargalhadas, arfava e passava a mão na barriga de tanto rir, não entendi nada.
- Não, você não vai dormir na sala e muito menos no sofá, vai dormir aqui junto comigo. - Como assim eu ia dormir junto com ele? OMG, será que eu conseguiria dormir com ele sem camisa do meu lado? Não sei né... Eu ia abrir a boca pra falar quando ele continuou - E nem adianta contestar, já ta decidido.
- Ok então né. - Me deitei do lado esquerdo e ele se deitou do lado direito, alguns minutos se passaram até que eu não aguentei. - Potato? Ta acordado?
- Sim. - Ele respondeu e riu.
- Ta com fome? Porque eu to...
- Também to com fome - Nos entreolhamos e rimos. Saímos das cobertas, abrimos a porta do quarto e descemos as escadas rindo, assaltamos a cozinha. Fiz dois sanduíches para nós enquanto ele preparava o suco. Comemos e voltamos para o quarto, conversamos mais um pouco e dormimos.

's POV
Zayn, , Harry, , Niall e ficaram na vida boa enquanto os sóbrios iam se despedir dos convidados. Da próxima vez eu vou me acabar de beber pra poder ir dormir mais cedo. Da próxima vez? Olha eu já pensando em próxima vez, cara! Quando todos foram embora reclamei com Lou que estava com sono e ele me levou nas costas até o quarto, que lindo. Paramos na frente, eu desci e ele abriu a porta e me deu passagem.
- Primeiro as damas - Ele disse, eu passei e ri. Não sabia bem o que fazer, então apenas sentei na cama e tirei os sapatos. Suspirei e deitei. Estava muito cansada.
- Ah você quer tomar banho? Eu te empresto uma camiseta minha, vai se sentir melhor! - Depois que ele disse isso eu me lembrei: carecia de um banho.
- Ai, eu quero - Ri e olhei pra Lou. - E pega uma toalha também!
Ele jogou uma toalha e uma camiseta listrada, e entrei no banheiro. Tentei ser rápida, não sei porque, estava bem nervosa! Coloquei a bendita camiseta listrada (a mesma do dia que vi ele pela primeira vez) que ficou como uma camisola. Sai do banheiro e Louis estava deitado na cama, me olhando.
- Ai não olha pra mim! To horrível! - Eu estava me sentindo muito estranha.
- Você tá linda com a camiseta que eu usei no dia que nos conhecemos... - AH ELE LEMBROU! MEU DEUS LOUIS, DEIXA EU TE APERTAR AGORA! - Bom, quem vai tomar banho agora sou eu! Fique a vontade! Mi cama, su cama! - Ele riu e bateu a porta do banheiro.
Deitei na cama dele e me cobri até o pescoço, alguns minutos depois Louis apareceu de calça, uma camiseta larguinha e chinelos. Quanta perfeição em uma pessoa, ai g-zuis.
- Eai, onde vou dormir? - Perguntei me fazendo de ingênua, já sabendo a resposta dele, só queria confirmar minhas hipóteses.
- Como eu disse, mi cama, su cama! Vamos dormir juntos! - Ele respondeu deitando ao meu lado e me abraçando. Me virou para ele e me deu um beijo, deixei que ele levasse o momento. Louis me puxou para mais perto e me beijou ainda mais, bochecha, orelha, mas sempre voltando aos lábios. Parei para respirar e um sorriso convencido brotou no rosto dele.
- Ei Boo Bear, tá tarde e to com muito sono, vamos dormir? - EU IDIOTA COMO SEMPRE, ESTRAGUEI TUDO, depois eu tinha que falar pra me dar um beliscão.
- Claro pequena! - Ele me deu um selinho e um beijo na testa - Boa noite!
- Boa noite Boo Bear! - Respondi e me virei, ele me abraçou e ficamos de conchinha. Naquelas condições não demorou muito para que eu dormisse.

's POV
Uma dor de cabeça filha de mãe me acordou. A visão demorou um pouco para ficar nítida e quando ficou eu não acreditei. Olhei no relógio do criado mudo e já eram 7 da manhã. Minha cabeça latejava e eu lembrava de pouca coisa da festa. Só que beijei Harry (CARA EU BEIJEI HARRY STYLES), e que ele me levou pro quarto dele... Também ouvi umas vozes do Louis, da e da , mas não sabia se era só coisa da minha mente. Senti uma mão na minha cintura e um corpo atrás de mim, me olhei e quando notei que estava vestida, suspirei aliviada. Me virei de lado e dei de cara com Harry, dormindo feito um anjo. Suspirando lentamente, que visão... Sai dos meus devaneios quando me lembrei do horário! Eram 7 da manhã, com certeza as meninas tinham ido embora e me deixado aqui, vacas! Levantei num pulo e quase caí, porque estava meio tonta ainda, me bati mentalmente por ter bebido tanto, Jesus!
- Harry? - Chacoalhei o garoto. - Harry Edward Styles, acorda! - Agora eu gritava. Ele se mexeu, demorou pra abrir os olhos e sorriu.
- , fala baixo, vai acordar todo mundo e minha cabeça tá doendo!
- As meninas me deixaram aqui - A raiva era tanta que caiu uma lágrima do meu olho enquanto eu colocava meus sapatos. - Pode me levar pro hotel, tipo agora? - Ele bufou e riu, não entendi nada.
- Não vou te levar! - ELE ESTAVA NEGANDO MEU PEDIDO? OI? - As meninas não te deixaram, veio aqui de madrugada e avisou que iriam dormir aqui, todas vocês, , , ela e a ! Relaxa ! Agora vem dormir que to com sono...
- Ah, entendi... - Falei com vergonha tratando de tirar os sapatos - A aceitou dormir aqui? Que exótico - Nós dois rimos e eu me deitei ao lado dele. Ele me abraçou e eu me aconcheguei em seus braços.
- Desse jeito fico mal acostumado! - Ele murmurou dando um beijo na minha bochecha - Agora relaxe amor e nunca mais pense isso das meninas - ele riu e me olhou - Boa noite!
- Boa noite Harry! - Respondi e suspirei. Como eu tinha pensado aquilo delas? Ele estava coberto de razão... Ai, mesmo de ressaca ele pensava direito, quanta perfeição! A dor de cabeça deixou tudo mais difícil, mas em alguns minutos tinha pegado no sono.

Zayn's POV
Depois daquela confusão toda, eu e fomos para o meu quarto e eu já não aguentava mais ficar perto dela sem sentir vontade de beijá-la. Ela olhava minhas fotos enquanto eu a fitava. Ela corou quando percebeu que eu fitava seus lábios, tentei disfarçar:
- , quer tomar um banho? Eu te empresto uma toalha e uma camiseta minha se você quiser...
- Ai eu quero, vai ser bom pra tirar essa vibe de festa. - Ela sorriu e eu sorri também.
- Você bebeu um pouquinho né? - Perguntei, ela parecia estar normal.
- Bebi bem pouco, parece que eu bebo bastante, mas dou uma enganada, não sou igual que bebe até cair! - Nós dois rimos e eu fui pegar a toalha. Voltei e ela estava sentada na beirada da cama tirando os sapatos. Entreguei a toalha em suas mãos e ela entrou no banheiro, eu deitei na cama e fiquei pensando naqueles doces lábios, que eu quase beijara, se não fosse Louis. Mas tudo bem, tem hora pra tudo né? Ela saiu do banho com um coque no cabelo, minha camiseta estava nos seus joelhos, ela havia tirado a maquiagem, estava linda, muito linda, fiquei bobo olhando para suas pernas.
- Não vai tomar banho? - Desviei o olhar daquelas pernas e disse rapidamente que sim, peguei minha toalha e entrei no banho. Saí após 10 minutos, ela estava sentada de pernas cruzadas na cama mexendo em seu celular, ela o desligou e olhou para mim. corou novamente, eu estava apenas com uma calça cinza de moletom, sem camisa. Seus olhos brilharam e quando viu que eu sorria, desviou os olhos do meu corpo e colocou o cabelo atrás da orelha, como fez no dia em que nos conhecemos. Ela se levantou e comentou:
- Bom, vou lá para o sofá! Boa noite Zayn... - Eu comecei a rir feito louco e ela olhou para mim como se perguntasse a si mesma "Do que ele está rindo?".
- Não, você não vai para o sofá, você vai dormir na minha cama, comigo... - Respondi e uma expressão de "Que diabos ele está falando?" surgiu em seu rosto, ri mais ainda e peguei sua mão. - Não ainda nem contestar, ninguém vai dormir na sala, não te deixaria sozinha lá! Se você quiser dormimos os dois no sofá... - Ela riu.
- Sinceramente, acho que aqui está bem melhor do que no sofá! - Nós dois rimos e quando ela foi passar para o outro lado do quarto quando tropeçou em seu salto, eu a peguei pela cintura, ela ficou totalmente sem graça como na outra vez. Mas agora seria diferente, eu não deixaria ela escapar e muito menos alguém atrapalhar. Olhei aqueles olhos castanhos profundamente, a puxei pela cintura para mais perto de mim e selei nossos lábios. Logo minha língua pedia passagem em sua boca e nos beijávamos calmamente como se fosse o ultimo beijo de nossas vidas. Minhas mãos passavam em suas costas e brincavam com a barra da camiseta, ela passava as mãos no meu pescoço e nos meus cabelos. Paramos quando ficamos ofegantes, ainda abraçados sorríamos um para o outros, dei vários beijinhos em seu rosto e completei:
- Estava doido para fazer isso.
- Eu também... - Ela olhou para baixo, sorriu e continuou - Vamos dormir, esse banho me deu sono, aff Maria! - Nós rimos. Ajudei ela a se deitar e a cobri com o edredom. Em seguida eu deitei ao seu lado e ela se aproximou de mim. Ficamos abraçados até pegarmos no sono.

's POV
Acordei relativamente cedo, eram exatamente 14h18. Como já era previsto estava abraçada com Niall e foi difícil sair daquela posição sem acordá-lo. Lembrei da noite passada e da maneira de como ele cuidou de mim. Quase chamei um padre pra realizar uma cerimônia rápida de casamento, mas ai eu lembrei que nem tinha beijado o garoto ainda... Abri o guarda roupa dele e fucei até encontrar um chinelo, coloquei e desci pra preparar café da manhã. Cheguei na cozinha, lavei alguns pratos e abri o armário pra ver o que tinha disponível. Um barulho fez com que eu quase derrubasse o saco de farinha. Me virei e vi Louis quase morrendo de rir.
- Ei, não teve graça tá? - Comentei rindo também. - Caiu da cama Boo Bear?
- Bom dia - Ele me deu um beijo na bochecha e eu baguncei seu cabelo - Não, eu quase nem dormi!
- Oxe, por quê? Aconteceu alguma coisa?
- Não, é que eu dormi com a e a gente se beijou, dai eu não conseguia dormir, só queria ficar olhando pra ela! - CARA ESSE LOUIS ERA TÃO APERTÁVEL, ABENÇOA E MULTIPLICA SENHOR!
- Awn, que lindo vocês, tava na hora já, pelamor! - Ele ficou vermelho e eu ri. - Ela gosta de você de verdade e você gosta dela também... Ah, e fico feliz em saber que todos dormiram 'casal' porque né...
- Você e o Nialler dormiram juntos também? Awn, que lindo vocês, tava na hora já, pelamor! - Ele fez uma voz fina e me imitou, nós ríamos enquanto eu fazia a massa dos cupcakes e colocava uma forma de pão de queijo no forno. - A gente não se resolveu, cara, esse é o problema! - Ele parou de rir e me encarou - Nós não nos beijamos ainda, ele dormiu comigo sem camisa e eu? Nada! Pode me beliscar, eu deixo!
- Para com isso - Ele riu ainda mais e me deu um abraço - Cada coisa tem sua hora e a hora de vocês é hoje na piscina, eu sinto!
- Então além de melhor amigo, você também é vidente? - Falei irônica.
- Não, só digo que sinto as coisas - Ele riu, pegou uma maçã e sentou na mesa - E só pra constar você também é minha melhor amiga!
Sorri para mim mesma e tirei os pães de queijo do forno. Os cupcakes fiz no forno elétrico pra adiantar e estava tudo pronto. Lou me ajudou com o suco e fiz leite com chocolate pra .
- Vamos acordar a galera, tá tarde já! - Eu disse, mesmo sabendo que seria xingada e receberia muitos travesseiros na cara. Lou pegou na minha mão e corremos escada acima em direção aos quartos.
- Vamos deixar o Hazza por último, tenho medo do que encontrar por lá - Nós rimos e corremos para o quarto de Zayn. Abrimos a porta e encontramos Zayn e suspirando, dormindo feito anjos. estava deitada no peito de Zayn que fazia carinho no cabelo dela. "Fiquei pra titia, uhu" pensei.
- Essa é parte que eu mais gosto! Você acorda o DJ Malik e eu acordo a - Sussurrei para Lou, que esfregou as mãos se sentindo um mafioso. Chacoalhei minha amiga o máximo que pude, enquanto Louis apelou pra um copo de água que estava no criado mudo e jogou na cara de Zayn, que acordou na hora, gritando que estava se afogando. despertou em seguida.
- Booooooom dia casal! - Eu disse e fiz uma pausa, notei o olhar confuso de - O café da manhã tá pronto!
- Sorte sua que essa água não molhou meu cabelo - Zayn levantou murmurando xingamentos para Louis que ria. também se levantou.
- Já acordaram todo mundo? - Balancei a cabeça negativamente. - Então vamos! Eu amo fazer isso - Nós rimos da fala de e corremos em direção ao quarto de Liam.

Louis POV
Acordei cedo e encontrei fazendo café da manhã. Conversamos um pouco e ela foi a primeira a saber do beijo. Nós éramos grandes amigos, eu sentia aquilo. Decidimos ir acordar o povo e fomos primeiro ao quarto de Zayn, que ficou furioso quando joguei água nele. Depois que ele e se levantaram, fomos ao quarto de Liam. Paramos na porta e abriu de olhos fechados.
- Bom dia gente! - falou toda sorridente.
- Ah cara, que sem graça, o Liam sempre acorda cedo! - Zayn murmurou.
- E também! - completou. Os dois estavam abraçados, aconteceu alguma coisa que eu não sabia.
- Ér, então, vamos descer? - Liam falou ficando de frente pra todos nós.
- Temos que acordar o povo ainda, Daddy - Disse puxando pelo braço, pra deixarmos os casais sozinhos, eles vieram atrás. Paramos na porta do meu quarto, mas quando fui girar a maçaneta, a porta abriu e minha estava lá, com a minha camiseta até os joelhos e um chinelo meu. Ela abriu um sorriso lindo que logo se desfez quando viu minhas mãos segurando as da .
- VAS HAPPENIN CAH! - Zayn chegou do nada percebendo o clima tenso.
- Bom dia, pequena! - Eu disse alegremente dando um beijo na testa dela. saiu do meu lado e foi conversar com .
- Vamos acordar o Niall! - Liam anunciou e todos nós paramos na porta do quarto dele. Demos espaço para que entrasse primeiro. Ela abriu a porta e parou alguns minutos, ficou olhando nosso duende dormindo. Depois sentou do lado dele. Eu pensei que ele iria o chacoalhar ou jogar travesseiros na cara dele. Mas em vez disso, ela cochichou algo no ouvido dele e soprou seu rosto. Todos nós nos entreolhamos.
- E o escândalo? Onde fica? - perguntou indignada.
Niall acordou se espreguiçando e sorriu quando notou que era ali ao lado dele. Ela o abraçou e murmurou um "bom dia, potato".
- Ei, o café tá pronto Nialler! Vamos acordar a e o Harry e comer, eu sei que você tá com fome! - pegou na mão dele e o trouxe para junto de nós.
- Você que fez o café da manhã? Que saudade! - Nós rimos depois da confissão de Niall e fomos até o quarto do Hazza.

's POV
Acordei sem Louis ao meu lado e fiquei nervosa, abri a porta e encontrei o fofíssimo de mãos dadas com , que ódio. Logo ela saiu de perto dele e ele veio cheio de carinhos pra cima de mim e eu o perdoei mentalmente. Acordamos Niall e senti um (enorme, grande) clima entre ele e . Depois nos dirigimos ao quarto de Harry e Louis foi na frente de novo. Ele bateu na porta e nada. Decidiu abrir. Olhamos e os dois estavam dormindo de conchinha, quanta fofura. Liam, Zayn e Louis chacoalharam Harry e ele não acordava. Nem tentamos acordar a porque sabíamos que ele não levantaria tão fácil.
- O mundo pode acabar e esses dois vão continuar dormindo... - Niall comentou. Ele e estavam de mãos dadas, assim como Zayn e .
- Acho que vamos ter que apelar - Liam olhou para Louis e Zayn que fizeram caretas engraçadas. Niall saiu do quarto, ficou confusa, assim como eu, e . Os meninos pareciam estar gostando. Ele voltou com o violão e eu e as meninas demos espaço.
- 1, 2, 3 e já. - Eles começaram a cantar It's Time To Get Up. Niall com o violão, Liam e Zayn cantando e Lou só agitando. "A música é muito lenta" pensei. Mas ai o Lou gritou "So we gotta get up!" e todos eles começaram a pular na cama. e Harry acordaram berrando e nós quase morrendo de tanto rir.
- CHEGA! JÁ ACORDEI! - Harry levantou reclamando e jogou um travesseiro em Niall, que estava vermelho de tanto rir. Nós dez descemos para tomar o café que havia feito. Cada uma abraçada com um deles, ai pai, precisamos fofocar sobre o que aconteceu... e Zayn não paravam de sorrir. Tomamos café conversando e rindo bastante sobre alguns detalhes da festa, nos lembramos do funk e começamos a rir do nosso momento de loucas, louquinhas.
- Eu não gostei nem um pouco daquele tal de funk. - Harry comentou e nós rimos. - Eu ia gostar mais se dançasse só para mim. - Os dois deram vários selinhos.
- Dá pra guardar os detalhes, por favor? - comentou e todos rimos.
- A equipe de limpeza deve estar para chegar, que tal a gente ir pro hotel logo? - Liam sugeriu e concordamos.
Eu e as meninas fomos trocar de roupa, afinal não íamos sair com as camisetas deles na rua né? Cada uma colocou seu vestido e seu salto novamente. Fomos para sala esperar os meninos tomarem banho e separarem roupas de banho e uma troca de roupa. Quando todas estavam reunidas, começamos a fofocar em português, para garantir que se algum deles chegasse, provavelmente não entenderia sobre o que falávamos.
- O beijo do Harry é tão bom... - suspirou e fizemos 'hmmm'
- Rolou mais alguma coisa? - Perguntei.
- Não, só beijo mesmo, nada de mais... Rolou algo a mais com alguém aqui? - Olhamos umas para as outras e começamos a rir.
- Não. - Todas disseram.
- To sabendo que o DJ Malik beijou a - Eu disse e foi bombardeada de perguntas.
- Como você soube antes de eu contar? - Ela parecia indignada, queria fazer surpresa.
- Vi ele todo feliz conversando com o Niall...
- E tava rolando o maior climão entre vocês também né! Quando fomos acordar vocês, estavam abraçados. - completou e todas riram.
- Ai gente, foi muito bom. - falou e rimos. - E você ?
- Eu? Que, que tem eu? - Acho que não rolou nada entre ela e Niall.
- Você e o Potato, rolou algo? - prosseguia.
- Não. - Ela disse e faz cara triste.
- Eu sinto que vai rolar alguma coisa entre vocês na piscina hoje... – Falei.
- Você e seu namorado são profetas! Não é possível! - Ela gesticulava e ríamos.
- Quer apostar? Aposto 10 reais! - Falei e riu, ela não quis apostar, pois disse que Lou falaria com Niall e ela seria trollada. Ficamos mais um tempo conversando sobre os meninos até que eles desceram arrumados e cheirosos, cada uma com uma mochila pequena para levar uma troca de roupa e tudo mais. Fechamos o apartamento, deixamos a segunda chave com o porteiro, autorizamos a entrada da equipe de limpeza, entramos na van e fomos para o hotel.

Harry's POV
"Eu havia beijado ." Essa era a única coisa que se passava pela minha cabeça, não conseguia parar de pensar nela, naquele cabelo, naqueles olhos, naquele sorriso, naquela boca... Acho que estou me apaixonando! Vai ser muito bom passar mais um tempo junto delas, espero que dure para sempre. Entramos na van e nos arrumamos. Zayn dirigia e ia no banco do passageiro, eu e íamos atrás, seguidos por Niall e ; Liam e e e Louis. Conversávamos e ríamos bastante, cada um com seus papos diferentes. O farol ficou amarelo e Zayn acelerou o máximo possível para passar a tempo, depois olhou para e comentou:
- VAS HAPPENIN FAROL!
Os dois começaram a rir feito loucos, tentava falar, mas não conseguia, estava vermelha e sem ar de tanto rir.
- Os dois são doidinhos né? Se merecem... - comentou.
- Merecem mesmo, mas acho que nós nos merecemos mais que eles! - Ela riu e nos beijamos. Depois começamos a conversar sobre piscinas e praia.
O tempo passou voando e logo estávamos no hotel. Peguei a mão de e saímos de mãos dadas. Logo estávamos no 'apartamento’ das meninas. Fui para o quarto de me trocar; Zayn para o de ; Niall para o de ; Louis para o de e Liam no de . Tirei a camiseta, coloquei um bermudão e um chinelo. Quando sai do banheiro encontrei mexendo numa gaveta, ela separou um biquíni preto e fechou a gaveta, depois me fitou e comentou:
- Ta em forma hein Hazza?
- A gente faz o que pode - Respondi fazendo um ar de convencido. deu de ombros, entrou no banheiro e alguns minutos depois; saiu com o tal biquíni preto. E que biquíni... Ou melhor, que corpo que esse biquíni vestia!
- Ta em forme hein ? - Eu a olhava de cima a baixo.
- A gente faz o que pode, meu amor - Ela piscou e me fez rir - Vem, vamos descer o povo deve estar esperando! Descemos para a piscina e encontramos todos lá, menos . Liam e estavam passando protetor solar um no outro e perguntando se todo mundo tinha passado, porque o sol faz mal pra pele e blá. tentava convencer Zayn a entrar na piscina, ele alegava que não sabia nadar e que a água ia estragar todo aquele topete, mas ela o convenceu a entrar na parte rasa. e Louis quando não estavam correndo, estavam rindo ou trocando carinhos. Niall estava no balcão beliscando uns salgadinhos.
- Ei, me ajuda a passar bronzeador e protetor? - me perguntou deitando numa cadeira reclinável.
- Cadê a ? - Perguntei, esfregando um pouco de protetor nas pernas da .
- Vou lá chamar ela! - Niall saiu num pulo e quando notei ele estava no final da escada.
- Ninguém sobe lá! Eles vão se resolver, amém Jesus! - Louis brincou e todos rimos. - Vamos ou não inaugurar isso aqui? Vem comigo! - Depois que ele disse isso, puxou com ele e eles dois se jogaram na piscina. Entramos na onda e alguns minutos depois, estávamos jogando vôlei com Zayn de árbitro.

Niall's POV
Fui para o quarto de me trocar e ela naquela bipolaridade toda estava demorando demais pra escolher um biquíni. Sentei na cama e fiquei esperando, meio impaciente. Ela revirava as gavetas e me olhava envergonhada vez ou outra. Como ela ficava linda toda apressada.
- Quer me esperar lá em baixo? Eu já desço! - Depois que ela disse isso eu assenti e desci. Todo mundo estava lá, e logo mais chegaram Harry e pra completar. Sentei no balcão que ficava num canto e comi uns salgadinhos que tinha deixado lá, ela pensava em tudo. Mas sem ela, tudo estava meio sem graça.
- Cadê a ? - Harry exclamou e eu decidi ir buscar a indecisa. Corri para as escadas e entrei no quarto dela que estava vazio. A maçaneta do banheiro se mexeu e a porta abriu, ela saiu, quando me viu pareceu bastante surpresa. Ela usava um biquíni com as cores da bandeira da Irlanda.
- Foi difícil de achar - Ela falou apontando para o biquíni.
- Eu p-percebi - balbuciei - Está linda!
- Obrigada! Ér, vamos descer? Todo mundo deve estar bravo comigo e eu to com fome! - Nós rimos e fomos até a porta, mas quando chegamos eu a fechei. Ela me olhou confusa e eu a prendi contra a porta. Ela estava ofegante e olhava no fundo dos meus olhos. Quando ela ia falar algo a calei com um beijo. Senti que nós dois tínhamos uma harmonia perfeita. Ela prendeu os dedos em meu cabelo e eu a agarrei pela cintura, a trazendo para mais perto. Ela passava a mão em meus ombros e vez ou outra apertava minha camiseta. Paramos para respirar e ela sorriu.
- Se você não fizesse isso hoje, eu ia te agarrar no ônibus amanhã! - confessou. Nós rimos e ela corou.
- Vamos descer? Eles devem estar pensando coisas! - Dei um selinho nela, segurei sua mão e descemos as escadas.
- Principalmente a ! - Ela complementou e nós rimos. Passamos na cozinha pra pegar suco e alguns petiscos e fomos para a piscina. Todo mundo nos encarou.
- Que foi gente? - perguntou toda vermelha, nós rimos dela. Ela fez bico, deixou a bandeja no balcão e sentou num banquinho para comer, eu segui seu exemplo. Louis (o enxerido) saiu da piscina e correu para falar nós dois.
- Eai, meu palpite estava certo? - Ele perguntou para que caiu na gargalhada.
- Sim, Boo Bear! Você é vidente! - Eles dois riram e bagunçou o cabelo dele. Lou deu um beijo na bochecha dela, apertou minhas bochechas e se jogou na piscina.
- Ele é louco! - Comentei mastigando um biscoito amanteigado.
- Ele é o Louis, você esperava o que? - Nós rimos e ficamos em silêncio. - Ei, vem comigo, quero nadar! - me puxou pelo braço e nos jogamos na piscina. Um monte de água voou pra todos os lados e Zayn gritou que o cabelo dele estava molhado. Depois de alguns minutos, cada um de nós estava com uma das meninas de cavalinho nas costas, brincando de quem derrubava quem. Até Zayn quis entrar na brincadeira e esqueceu a neura do topete. Nunca tinha me divertido tanto! Aquelas meninas estavam nos transformando para melhor. Queria que tudo durasse pra sempre, queria ficar com pra sempre.

's POV
Eu tentava convencer Zayn a entrar na piscina de qualquer jeito, mas ele não queria que jeito nenhum. Disse que não sabia nadar e que molharia seu cabelo, acabei o convencendo de ficar na parte rasa comigo. Notamos o maior climão entre e Niall depois que eles desceram e eu comentei:
- Acho que finalmente rolou algo entre eles né, já tava na hora! - Ele riu.
- Mas é, o casal fome se merece! E a gente também. - Nos beijamos e fomos interrompidos por um Louis que gritava falando que queria brincar de briga de galo. Apenas olhamos o primeiro round, nas costas de Harry e nas costas de Liam. As duas mais riam do que tentavam se derrubar, até que conseguiu derrubar , e Liam começou a pular vitorioso com ela nas costas. Eu ria bastante, nem percebi que Zayn me observava o tempo inteiro.
- Quer ir? - Ele apontou para Liam e que se beijavam.
- Eu quero! Mas você não sabe nadar e se acontecer alguma coisa com você? Melhor ficarmos aqui. - Não queria que nada acontecesse com Zayn. - Me preocupo com você sabia?
- Você é muito linda! - Ele me beijou. - Que tal se a gente for pelo menos mais pro fundo? Você sabe nadar não sabe?
- Sei sim! Então vamos... To de olho em você Malik! - Ele riu e ficamos no fundo na piscina, ele segurava na borda e eu dava vários beijinhos eu seu rosto, fiz uma cara dengosa e ele deixou que eu mexesse no seu cabelo, que já estava super molhado. e Niall trouxeram alguns petiscos e saímos para comer. Comemos e todos entraram, mas Zayn disse que queria ficar mais um pouco na piscina comigo. Entramos novamente e ficamos fazendo guerrinha, ele disse que se sentia mais confortável quando eu entrava na piscina com ele.
- Zaz... Ér, posso te chamar assim? - Perguntei e ele riu bastante.
- Claro que pode!
- Você sabe que na piscina o peso das coisas diminui né? Põe suas pernas na minha cintura! - Falei e ele fez uma expressão confusa.
- O quê? Você pirou de vez? Eu que tenho que te carregar, o homem que faz essas coisas e...
- Shhhhh! - O calei com um beijo e ele sorriu. - Só pra eu te levar até o fundo da piscina, seu bobo!
- Tudo bem, mas só deixo se eu ganhar um beijinho no final. - Ele envolveu as pernas na minha cintura e eu o levei até o fundo.
- Que cena adorável! - Louis apareceu sorrindo - Deixa eu tirar uma foto?
- Vai tirar foto da sua cabeça Louis! - Zayn parecia irritado com Lou, mas logo começou a rir.
- Ok, já to saindo, não vou atrapalhar o momento Love do casal.- Ele virou de costas e abraçou a si mesmo, mexendo os braços como se estivesse beijando uma garota, mais especificamente . Ele saiu rindo e nós rimos também. Chegamos no fundo da piscina e Zayn sussurrou em meu ouvido "Eu quero meu beijo, promessa sua dona ".
- Nunca deixo de cumprir minhas promessas... - Sussurrei de volta e começamos a nos beijar, as mãos de Zayn apertavam minha cintura, eu mexia em seu cabelo e passava as mãos em seu pescoço, agora era eu quem estava envolta com as pernas em sua cintura. Ele começou a beijar meu pescoço e eu disse que era melhor nós pararmos por ali e irmos tomar banho, pois já estava tarde. Saímos da piscina, ele me fitou e sussurrou em meu ouvido que amava meu biquíni.
- Garoto esperto! Vem, vou pegar uma toalha pra você! - Dei as mãos pra ele e fomos para o meu quarto. Dei a toalha pra ele que brincou comigo e disse para que eu lhe emprestasse uma camiseta minha.
- Vai ficar uma graça! - Começamos a rir, ele me deu um selinho, desci e fui direto para cozinha enquanto ele tomava banho.
- , sua bitch linda! - Eu estava ensopada e simplesmente a abracei o mais forte possível, detalhe, ela havia acabado de tomar banho.
- Sua vadia! Eu acabei de tomar banho, vai abraçar o Zayn! - Ela realmente ficou estressada e todos começaram a rir.
- Não dá, ele ta tomando banho... Que, que você ta fazendo de bom? - Ameacei entrar na cozinha e ela me olhou de um jeito,q ue me fez dar meia volta na hora. - Não ta mais aqui quem falou! - Ela se virou de costas e eu fui me sentar no sofá, ela gritou ainda de costas:
- Nem pense em sentar no sofá com esse popozão molhado! - Levantei as mãos e me encostei na parede, aguardando Zayn sair do banho.

Liam's POV
Saímos da piscina e fomos tomar banho, me emprestou uma toalha e disse para que eu ficasse a vontade.Tomei banho enquanto ela me esperava no computador e depois a esperei vendo suas fotos enquanto ela tomava banho. Descemos e fazia algo que estava com um cheiro muito bom. Niall tentava beliscar os ingredientes, mas ela não deixava. e Zayn ainda estavam na piscina, alguns minutos depois eles saíram e deu um abraço de urso em , detalhe, ela estava en-so-pa-da! ficou muito irritada e disse para que ela não se sentasse com o 'popozão' molhado no sofá, o que aquilo significava?
- O que é 'popozão'? - Niall perguntou e elas começaram a gargalhar feito loucas.
- Ér, como eu posso explicar, hmmm... - gesticulava bastante, , , e não se aguentavam. Eu, Louis, Harry e Niall não entendíamos absolutamente nada.
- Qual é a graça? - Zayn chegou e fitou que estava totalmente vermelha, de tanto rir.
- Queremos saber o que é popozão! - Harry disse e elas riram mais ainda. após uns dois minutos parou de rir e explicou.
- Popozão é bundão gente... - Assim que ela disse aquilo todos rimos.
- Tipo o do Louis? - Niall disse e rimos muito.
- Mas por que vocês queriam saber o que era popozão? - Harry explicou para Zayn que ia se sentar no sofá e disse para que ela não se sentasse com o popozão molhado no sofá. Agora que já sabia o que era popozão, Zayn encarou descaradamente, ela corou e comentou:
- Vou tomar banho gente... - Ela subiu para o seu quarto. Continuamos a rir e comentar do popozão. Meia hora depois desceu e ajudou as meninas a terminar de arrumar a mesa. havia feito bolo de cenoura com cobertura de chocolate, pão de queijo e suco natural de melancia.
- Bolo de cenoura! Que delícia! Te amo tanto ! - Lou falou e abraçou , e Niall fecharam a cara imediatamente.
- Para de abraçar minha potato! - Niall afastou Louis e abraçou que ficou muito corada. As meninas murmuraram um "hmmmm".
- Primeira crise de ciúmes do casal! - completou e rimos.
- Você sabe que eu sou dono da cenoura mais linda do mundo! - Lou disse e deu um selinho em , que ficou mais vermelha que .
- Vamos comer logo que to com fome! - Niall passava as mãos na barriga.
- Novidade você estar com fome. - Hazza fitava Niall.
Comemos enquanto conversávamos. Zayn sussurrava coisas no ouvido de que ninguém mais entendia e os dois riam; explicava a Niall como o pão de queijo é feito; contava uma piada para Louis; mexia no cabelo de Harry, que estava quase cochilando; começou a beijar meu pescoço e começamos a conversar. Meia hora depois olhei no relógio e percebi que tínhamos que ir embora.
- Pessoal temos que ir, ainda temos que arrumar as malas. - Todos ficaram extremamente tristes e eu também.
- Verdade né? Mas a gente se vê amanhã cedo! - Harry completou se espreguiçando.
Encontraríamos com as meninas bem cedo no dia seguinte, para começarmos a turnê, elas também tinham que arrumar as coisas delas. Nos despedimos e tudo mais, beijei e disse que mandava SMS para ela mais tarde. Ela sorriu e disse um "Quero só ver se vai mandar!", eu ri e fomos para a van. Saímos do hotel por volta de 17h30 e chegamos no loft por volta de 18h10, não havia muito trânsito e toda vez que o farol ficava amarelo, Zayn acelerava feito louco para passar a tempo, murmurava um "Vas Happenin Farol!" e ficava pensando em feito bobo. Essas meninas conquistaram a gente tão rápido, sabia que as brasileiras tinham um alto poder de sedução, mas não que era tão rápido assim. A equipe de limpeza havia deixado tudo impecável, arrumamos nossas malas e fomos dormir, o dia seguinte prometia.

Capítulo 5 – Trabalho, trabalho e... Trabalho!

’s POV

O dia na piscina foi perfeito. Depois da festa, nada melhor do que algo mais íntimo para ser uma verdadeira despedida. Os meninos foram embora cedo, para arrumarem as malas. Nós, como boas mulheres (e por culpa da ), tínhamos arrumado as malas já vazia um tempo, mas depois que fizemos as compras de roupas, tivemos que acrescentar mais malas. No total levaríamos três malas só de uniforme da MTV e calças jeans, e mais duas malas de roupas comuns. Me despedi do meu Boo Bear com um beijo e acenei para os outros. Depois que eles saíram, se encostou na porta e nós rimos.
- Precisamos conversar! - Depois que ela disse essa frase começou uma algazarra, cada uma queria falar primeiro e ninguém ouvia ninguém!
- CHEGA! - berrou e todas nós nos calamos pra ouvi-la - Vamos nos sentar e cada uma conta sua experiência! Uma de cada vez, por favor, meninas, controlem-se!
Nos sentamos nos sofás e trouxe dois baldes de pipocas, apesar de termos acabado de comer. Antes de recomeçar a gritaria, tomei a frente:
- Bom, a fala primeiro, depois a , a , eu e por último a - Ela fez bico - Ah amor, é porque você fala muito! - Nós rimos, mas ela não mudou a expressão.
- Ai gente… - começou a falar e suspirou - O Liam é tão perfeito! Tá, vocês querem novidades né? Olha depois do nosso beijo aqui em casa, tudo ficou fofo e lindo! - Ela fez uma pausa e nós com uma carinha de ‘continua’ - Depois da ‘vingança’ da , nos beijamos no jardim, mas ai apareceram pessoas pra estragar! - corou e nós rimos. - Fomos pro quarto dele e antes que me perguntem, ainda sou pura! - Nós gargalhamos e soltamos um ‘hmmmmm’ - Eu tomei banho e ele me emprestou uma camiseta dos Raptors, que ficou tipo uma camisola. Dai rolou mais um climinha e nós dormimos. De manhã vocês já sabem o que aconteceu, porque ficamos juntos o tempo todo!
- Que amor vocês dois! - exclamou fazendo um coração com as mãos.
- Chega de mel que agora é minha vez! - fez um ar de metida.
- Menores de dezoito, retirem-se da sala! Iremos ouvir cenas fortes - tirou com a cara da e nós caímos na gargalhada.
- Não, não rolou nada demais galera! - Nós suspiramos e ela continuou - Depois da minha ‘vingança’… Ai gente, podem falar que eu tive uma mega ideia! Eles se roeram de ciúme!
- Eu me senti uma piriguete! - comentou - Mas a ideia foi boa! - Nós ficamos surpresas e aplaudimos.
- Então… Depois da minha vingança, eu bebi mais com o Harry e fiquei alegre. - murmurou um “Nós sabemos” e prosseguiu: - Aí eu tava tonta e ele me levou pro quarto dele, não lembro de muita coisa, sei que dormi feito pedra e acordei de madrugada doidinha pensando que vocês tinham me deixado lá no loft, ai ele me explicou tudinho e eu dormi de novo e acordei com uns idiotas cantando… E ah, nos beijamos na cama dele! SÓ nos beijamos, tá?
- Tá né, eu ia dizer que confio em você, mas não confio! - brincou e cruzou os braços.
- Agora sou eu! VAS HAPPENIN! - quase gritou e nós rimos.
- Sem baitolagem, por favor! - comentou fazendo uma cara de nojo e deu de ombros.
- Depois da vingança da , nós fomos pro quarto dele - deixei escapar um ‘hm’ - Ele também me emprestou uma camiseta pra tomar banho, e aí nos beijamos! Ai gente, ele é tão… Tão… Meu! Acho que estou gostando mesmo dele e…
- Eu disse sem baitolagem, caramba! - exclamou não se aguentando de rir.
- Enfim, nos beijamos e aí dormimos conchinha... No começo estranhei, mas depois até que gostei! Aí a vaca veio me acordar e acabou a magia - concluiu a frase e começou a assoviar.
- Tá, agora sou eu! - Comecei a falar e todas elas me olharam - Bom, depois da nossa vingança, nos sentamos para descansar e aí rolou o beijo! E que beijo, ai senhor! E ele achou que tava sendo precipitado! Que amor! Eu deixei bem claro que não e que tava quase agarrando ele - “Você é bitch mesmo” sussurrou e eu ignorei - Nós fomos pro quarto dele depois de dispensar o resto de convidados e ele me levou de cavalinho! Daí eu tomei banho também e ele me emprestou a camiseta do dia em que nós nos conhecemos! Foi mágico! Nós dormimos e o resto vocês sabem...
- Que perfeito, awn! - suspirou.
- Agora sou eu, lala! - disse fazendo uma dança. - O bullying começa quando todo mundo fala da festa sendo que não rolou nada de mais entre mim e o Niall… - “Menina lerda” comentou e ela deu de ombros - Mas quero deixar registrado que ele também me emprestou uma camiseta depois que eu tomei banho e foi um fofo cuidando de mim, uma bêbada arrependida! Mas, eu beijei ele hoje… - Antes dela prosseguir, nós a interrompemos:
- ALELUIA, ALELUIA - Gritávamos enquanto fazia bico.
- Enfim, nos beijamos no meu quarto depois que eu troquei o biquíni! Daí veio o que vocês sabem! - Ela completou
- E que biquíni apelão, com as cores da bandeira da Irlanda… - comentou com maldade.
- Pelo menos eu não fui a única que não ganhou uma camiseta emprestada. - rebateu mostrando a língua.
- Chega meninas, agora que estamos a par de tudo, vamos dormir que amanhã começa a vida de Amélia! - disse se levantando - Boa noite!
Nos despedimos com um breve “Boa noite” e fomos nos deitar. O dia seguinte seria cansativo e incrível. Dormi pensando em Louis, o que resultou num sonho lindo com ele. É... Talvez eu estivesse mesmo apaixonada.

’s POV

Acordei às 4 da manhã, agradecendo por ter dormido cedo. Na realidade, eu quase nem dormi, estava muito ansiosa para esse nosso trabalho. Era a chance da nossa vida e ainda por cima com os meninos, tudo ótimo. Me espreguicei e desci para a cozinha. Lá, já estava fazendo o café da manhã, como sempre.
- Bom dia princesa! - Ela falou de trás do balcão - Hoje temos waffles, torrada com ovos e bacon, suco de maracujá e cupcakes! Café reforçado para nos dar energia!
- Bom dia ! Cadê as meninas?
- Por enquanto só a gente acordou! Mas daqui a pouco elas descem, coloquei um despertador no quarto de cada uma para 4h15, relaxa !
Ajudei com o resto do café e terminamos rapidinho. Logo ouvi a algazarra dos despertadores e berrando. Queria aproveitar esses últimos momentos no hotel, afinal, só voltaríamos quando acabasse a turnê dos meninos, para fazer o curso.
- Bom dia meninas! - e disseram em coro se sentando na mesa. sempre acordava de mau humor e chegou de cara fechada.
Comemos até não aguentarmos mais e conversamos um pouco. O ônibus chegaria às seis para nos buscar e passaríamos no loft logo me seguida. Cada uma foi tomar banho no seu banheiro, para não demorar, e em 30 minutos estávamos prontíssimas. Descemos com as malas e conferimos uma por uma.
- Bom, cada uma tem que ter sua mala pessoal… - comentou e todas nós erguemos uma malinha média que continha tudo de mais importante para nós e de uso pessoal como escova de dente e tudo mais. Ai ela continuou - Ok! Agora temos três malas de uniforme, essas camisetas pretas da MTV e calças jeans… - e ergueram três malas enormes e prosseguiu - Confere! E agora, mais duas malas de roupas de passeio, para curtirmos nossos dias de folga… - Eu ergui duas malas rosas e assentiu - Tudo ok, podemos descer! - Nós gritamos de ansiedade
- Tem certeza que ninguém não esqueceu nada? Não vai dar pra voltar! - jogou um psicológico, todo mundo conferiu as malas e checamos tudo novamente. O interfone tocou: era o motorista. A hora finalmente tinha chegado!
Chamamos o elevador e descemos o mais rápido possível, todas nós tremíamos muito, de tão nervosas! O ônibus era imenso, pelo menos o dos meninos. O ônibus deles era um tipo de viagem enorme e bem comprido, tinha o fundo preto e uma foto dos cinco de um lado e do outro estava escrito One Direction de vermelho. Olhando pra trás estava o nosso ‘ônibus’, ambos estavam presos por uma corrente, para não nos separarmos na estrada. Um motorista, jovem e loiro veio nos cumprimentar:
- Bom dia meninas, Eu sou o Patrick. Espero que estejam prontas para essa turnê! Venham comigo. - Ele nos levou até nosso ônibus e o abriu. Lá dentro tinha espaço suficiente para três camas, das quais duas eram de casal: teríamos que dormir juntas. Tinha também uma mesa para editar os vídeos e um lugar pra empilhar as malas. - Arrumem suas coisas enquanto vamos para o loft buscar o pessoal! E se apressem porque as filmagens começam no loft mesmo! - Ele se despediu e saiu do ônibus.
- QUE MOTORISTA É ESSE? SOCORRO! PENSEI QUE IA SER UM TIOZINHO, JESUS! - confessou e nós gargalhamos.
- E nosso ônibus é meio pequeno né? Fora que depois faremos o sorteio de quem vai dormir com quem, agora vamos arrumar as coisas! - Pela primeira vez na vida, não estava enrolando.
Eu e arrumamos as malas, enquanto , e acertavam os detalhes do equipamento. Eu e iríamos ser as câmeras principais, enquanto , e seriam as jornalistas. Mas na turnê, todas nós iríamos no ônibus deles, em dupla, filmar os acontecimentos. O ônibus mexia muito e teríamos que nos acostumar com isso. Até que ele parou e um telefonezinho que estava em cima da mesa de equipamentos tocou, eu atendi:
- Alô? - Falei confusa.
- Bom, chegamos, desçam com os equipamentos que já vamos chamar os meninos! - Era a voz de Patrick nos alertando da chegada. Era bom saber que tínhamos uma comunicação com o outro ônibus.
- VAMOS MENINAS, CHEGOU A HORA! - Eu e pegamos as câmeras; , e os microfones e luzes, ajeitamos o cabelo e saímos do ônibus.

Niall’s pov

Chegamos realmente tristes no loft, não gostávamos de ficar longe das meninas, elas realmente nos faziam bem. Desde meu beijo com não conseguia parar de pensar nela. Fui conquistado primeiro pela barriga, mas depois de ver o quão linda a cozinheira era, me apaixonei pelos dois. Eu e os meninos arrumamos nossas malas, nos certificamos de que não havíamos esquecido de nada e fomos dormir. Acordei no dia seguinte com Louis berrando ao meu ouvido, dizendo que havia perdido a hora e que tínhamos que levantar logo, pois as meninas deviam estar a caminho. Levantei da cama num pulo, fiz minha higiene pessoal e fui preparar o café da manhã. Quando cheguei na cozinha vi Zayn lendo algo em seu iPhone e rindo bastante, todos nessa casa são loucos. Ri com esse pensamento e comecei a fazer o café. Fiz cupcakes,e alguns minutos depois Liam chegou com Muffins e pães. Comemos tomando suco e conversando sobre como o próximo ver seria agitado e divertido.
- Não vejo a hora de passar mais tempo perto das meninas... - Louis comentou.
- Não esqueça de que elas terão que nos filmar e nos entrevistar… Isso vai ser meio estranho! - Liam nos lembrou.
- É melhor tentarmos nos acostumar com a ideia. - Zayn finalmente falou alguma coisa, ele só ria e murmurava alguns “Vas Happenin” quase inaudíveis.
Terminamos o café e checamos nossas coisas para nos certificarmos de que não havíamos esquecido nada... Se bem que se precisarmos podemos comprar na estrada. Coloquei meus tênis, escovei os dentes e logo Paul nos ligou avisando que estava na hora de descermos. Descemos rindo e conversando enquanto outros seguranças e roadies pegavam nossas malas. Chegamos na portaria e encontramos todas as meninas devidamente uniformizadas, e nos filmavam, Louis começou a rir descontroladamente. Zayn correu ao encontro de , sorriu e falou “Oi meu amor!” ele se aproximava para dar um beijinho nela, quando ela desviou sorrindo e sussurrou em seu ouvido “Agora não podemos, estamos filmando vocês, somos famoso e profissional... Quem sabe mais tarde senhor Malik.” Ela riu e Zayn fez bico. Cumprimentei com um abraço apertado e sussurrei em seu ouvido:
- To doido pra te dar um beijo e matar essa saudade. - Pude sentir ela corando.
- Também estou potato... - Ela comentou e riu. Cumprimentei as outras meninas e seguimos para o ônibus, elas iriam numa espécie de trailer, que era ligado ao nosso ônibus, para não nos perdermos. nos explicou que todo dia duas delas iriam no ônibus nos filmar enquanto as outras editavam os outros filmes e preparavam os detalhes da reportagem. Aquilo era realmente estranho, não conseguia vê-las como jornalistas. Harry e começaram a conversar e não pararam mais. Os dois riram e ele apertava as bochechas dela, dizendo que parecia uma bonequinha de vidro. Percebi e Zayn com ciúmes, mas depois começaram a conversar e viram que dali nasceria apenas uma grande amizade.

Harry’s POV

Cumprimentei as meninas e dei um selinho em quando nenhuma das meninas nos filmava. Elas disseram que não divulgariam tudo, guardariam para elas as partes em que apareceriam. Sei que elas nunca iriam divulgar algo pessoal nosso, confio nelas. tinha dificuldade em carregar uma das malas e fui ajudá-la. Começamos a conversar, ela era super legal e engraçada. Notei e Zayn nos encarando e falei baixinho para que apenas ela escutasse:
- Olha lá, os dois estão se roendo de ciúmes! - Começamos a rir histericamente. Os dois se ligaram que estávamos rindo deles e viraram a cara, acho que perceberam que somos apenas amigos, que estou quase totalmente apaixonado pela e que não consegue dizer não a Zayn quando ele a fita com aqueles olhos castanhos. me contou que é filha única e me falou várias coisas legais sobre o Brasil. E eu queria tanto conhecer aquele país, cada dia que se passava só fazia me vontade aumentar.
Passamos mais um tempo conversando enquanto os meninos se organizavam. As garotas decidiram dividir quem seria a primeira dupla a ficar no ônibus conosco.
- Acho que 2 a 1 é o mais justo! As duas que sobrarem fazem o turno de hoje! - sugeriu e as meninas concordaram. Elas ficaram num dois a um incessante até que saiu. Liam fez bico e ela deu um beijinho na bochecha dele.
- Dooooooooois oooou um! - Ríamos delas fazendo aquilo, era super engraçado. saiu e elas continuaram. Depois de algum tempo sobraram apenas e , elas fariam o turno de hoje. Zayn abraçou e a rodopiou; Niall levou para um canto onde as câmeras não alcançavam e a beijou. Que casal mais lindo! Entramos no ônibus seguidos por e ; , e entraram no trailer e começamos a viagem.

’s POV

Estou vendo que vai ser difícil me controlar, mais cedo ou mais tarde a câmera vai pegar algo comprometedor, mas vou parar de pensar como a . Tiramos na sorte e pela primeira vez eu e ganhamos das meninas e iríamos ficar no ônibus primeiro. nos deu uma câmera, enquanto eu preparava a iluminação. Primeiro eu e mostramos as acomodações dos meninos e onde ficariam os instrumentos. Mostraríamos os instrumentistas depois, eles teriam uma parte exclusiva no documentário.
- , você tá muito bizarra se fazendo de séria, é - Louis falou isso do nada e todo mundo começou a rir.
- Boo Bear, assim você não ajuda, poxa! - Ela respondeu fazendo bico.
- A gente já gravou bastante né? Faz uns 40 minutos que estamos aqui e quase não nos tocamos - Harry parecia estar indignado.
- É que as directioners não sabem que nós nos… Vocês sabem! - Eu tentei fazer com que o clima melhorasse. Acontece que nem os meninos, muito menos nós estávamos confortáveis com aquela situação. Estava tudo bem complicado, decidimos encerrar as gravações. Os meninos faziam cenas engraçadas e fofas de propósito para que terminássemos logo com tudo aquilo e combinamos que assim seria nos próximos dias.
- Bom meus amores, a câmera vai ficar aqui durante a noite, tá? - avisou os meninos colocando nossa câmera num ponto estratégico que pegava todas as cinco camas, que ficavam nas paredes do ônibus, tipo um beliche e uma triliche.
- Vish Zayn se ferrou, as fãs vão te ouvir falando de noite - Liam deu um tapinha nas costas de Zayn, que logo revidou:
- Eu não sou o único que falo e pelo menos não ronco Daddy!
- Chega de DR né gente? Vou chamar as meninas pra virem aqui, pode ser? - No momento em que falou das meninas, Louis, Hazza e Liam coraram e assentiram no mesmo momento. O ônibus parou a pedido do Niall que queria comer num restaurante de estrada. Nós descemos e encontramos as meninas na porta do restaurante. Todos estavam à vontade e cada respectivo casal se cumprimentou com um beijo e nós entramos. Zayn entrelaçou nossos braços e sorriu.
- Nós vamos dar um jeito nessas complicações, você vai ver! - Ele me deu um beijo na testa e nos sentamos com o pessoal. Eu realmente esperava que ele estivesse certo, porque tudo seria bem mais complicado.

Louis POV

Eu tentei descontrair, mas o clima no ônibus era constrangedor. Teríamos de aprender a separar as horas de trabalho e as horas de folga das meninas. Quase apertei Niall quando ele teve a ideia de comer. Paramos num restaurante de estrada e descemos do ônibus. conversava com Harry e Zayn, Liam ia na frente e eu tentava animar o casal fome. Encontramos , e na porta do restaurante e entramos. Niall e pediram um milkshake grande, um X-Burger e batatas fritas, pra cada um. O resto de nós pediu o mesmo, mas pra dividir.
- Vocês são um buraco sem fundo, pelo amor de Deus! - comentou observando Niall e passando a mão na barriga de tanta fome. Eu abracei e dei um beijo em sua testa.
Uma garçonete loira, de olhos claros nos trouxe os pedidos. Na hora, e fecharam a cara e abraçou Harry. A moça notou, mas tentou disfarçar, colocou os pratos na mesa e saiu corada.
- Sempre tem que ter uma vaca, Pai do céu! - suspirou e todas as meninas riram. Terminamos de comer e não deixamos que as meninas pagassem a conta.
- Louis seu bobo, um dia eu vou pagar, tá? - me falou mostrando a língua.
- Não vai não, eu sou um cavaleiro, não deixo damas pagarem! - Fiz uma voz teatral e ela riu. Olhamos e Harry brincando de pega-pega no estacionamento, Zayn e sentaram nuns bancos, não estavam bravos, mas também não estavam contentes. Dei um tapinha no braço da e corri, ela logo veio correndo atrás de mim. Nós quatro ficamos brincando até Paul aparecer nos chamando para o ônibus.
- Eles são muito lerdos. - afirmou para , enquanto elas caminhavam para o trailer.
- Tadinho do Lou, ele nasceu com abstinência de rapidez, ô dó - respondeu bagunçando meu cabelo. Nós rimos e paramos perto do trailer.
- e vão para o trailer agora editar o que filmaram. - foi falando e Zayn e Niall fizeram uma cara triste - Agora, e vão para o ônibus e eu vou só amanhã - Ela concluiu olhando para o Liam.
- Amém Jesus! - Eu disse rodopiando que ria sem parar.
Zayn e Niall beijaram e , que logo entraram no trailer com . e Harry já tinham entrado no ônibus, apressadinhos. Liam foi logo atrás, cabisbaixo. Eu, , Niall e Zayn caminhamos sem pressa para o ônibus. Nosso primeiro show da turnê seria amanhã e estávamos perto do destino, talvez desse para passearmos com as meninas até a hora do show.

Liam’s POV

Era muito estranho ver as meninas como jornalistas, não como nossas meninas. Estávamos fazendo de tudo para lidarmos melhor com aquela situação. As meninas tiraram na sorte, e e foram escolhidas para ficarem primeiro com a gente no ônibus. Elas filmavam e às vezes Niall roubava um beijinho de e Zayn de . Paramos numa lanchonete porque Niall e estavam famintos, os dois sempre estão com fome! Adorei eles estarem com fome, pois adorei ver , sentir seus lábios nos meus, seu abraço apertado, o cheiro dos seus cabelos... Sim, estou enfeitiçado, apaixonado, louco de amor! Sei que isso soa meio gay, mas é o amor né? Voltamos para o ônibus e e cobririam o segundo turno, ficaria bastante tempo com apenas amanhã. Nossa primeira parada seria em Wembley. Estávamos quase chegando na cidade, iríamos para o hotel, cada um teria seu quarto e as meninas ficariam com um com cinco camas de solteiro, ao lado dos nossos. Após meia hora chegamos ao nosso destino. As meninas falaram pra não termos contato com elas por enquanto, pois desceriam do ônibus e filmariam nossa chegada ao hotel. Elas desceram e pararam na porta. nos filmou saindo do ônibus e ficou com a câmera na porta do hotel. Passamos por ela e fizemos várias caretas, ela se segurava para não rir e estragar todo o vídeo. , e desceram do trailer com suas malas.
- Chega de filmagem por hoje! - comentou suspirando e todos concordaram.
- Eu to morta com farofa, Jesus! - suspirava e todos riram. Subimos para os nossos quartos e elas entraram no delas.
Entrei no meu quarto e fui tomar um banho, estava morto. Tomei banho, coloquei uma regata e uma calça de moletom, deitei na cama e fiquei pensando em . Não seria nada mal se ela dormisse aqui comigo, ninguém está filmando nada mesmo. Mandei uma mensagem para ela.
“Já se organizou ai linda? Você podia passar a noite aqui né? xx”
Alguns segundos depois ela respondeu:
“Abre a porta que to aqui na frente!”
Abri a porta e encontrei o sorriso mais lindo do mundo. Puxei-a para dentro pela cintura, ela ria e fingia que estava sendo sequestrada, pedia socorro. Eu ria e dava beijinhos em seu pescoço, a peguei pela cintura e ela entrelaçou as pernas na minha cintura. Sorrimos um para o outro e começamos a nos beijar. O beijo foi ficando cada vez mais intenso, eu passava as mãos nas suas cochas, paramos ofegantes e ela disse:
- Vamos com calma, não sei se já estou preparada pra isso... - Ela gesticulou bastante, eu ri, dando um beijo em sua testa.
- Relaxa meu amor, eu te espero o tempo que for! - Ela sorriu. Nos beijamos e fomos dormir.

’s POV

Era muito estranho ser jornalista dos meninos, muito estranho mesmo! Sinto que eu demoraria a me acostumar. Chegamos no hotel, os meninos foram para os seus quartos e a gente para o nosso. Lá conversamos sobre como era estranho vê-los dessa forma. abriu a porta do quarto e perguntou:
- Onde a mocinha pensa que vai? - Apesar de já sabermos a resposta, deixamos ela responder.
- Vou pro quarto do Harry, ué.
- Hummmmm! É hoje que o Hazza Júnior é formado! - comentou e rimos muito, mostrou a língua, pegou seu celular e foi ao quarto de Harry. Logo Liam mandou uma mensagem para , mais uma que ia dormir abraçada com o ‘namorado’. Louis bateu na porta e levou para o quarto dele.
- É , acho que sobramos nessa, é a vida. - comentou e rimos. Estávamos nos preparando para deitar quando alguém bateu na porta. - Deixa que eu abro! - abriu a porta e era Zayn. Ele sussurrou algo no ouvido dela, que também pegou o celular e foi para o quarto dele. Ok, sobrei. Alguns minutos depois Niall abriu a porta com uma bandeja:
- Achou que eu iria te abandonar? Nunca! - Ele tirou o pano da bandeja, que continha vários cupcakes.
- É um lindo mesmo esse meu comilão! - Nós rimos e começamos a apreciar nosso lanche da madrugada. Depois de comermos Niall sugeriu de vermos um filme e irmos dormir, pois não poderíamos acordar muito tarde no dia seguinte, eles ainda tinham que arrumar alguns detalhes do show além de ensaiar. Começamos a ver o filme e não chegamos nem na metade, estávamos caindo de sono.
- Vem, vamos dormir no meu quarto... - Ele me pegou pela cintura e fomos para o quarto dele. Niall fechou as janelas e deitamos na cama abraçados, alguns segundos depois eu dormi.
Acordei bem cedo e apreciei aquela imagem. Niall dormia tão lindo, ele respirava profundamente e vez ou outra me puxava para mais perto. Eu sorri e decidi não acordar meu duende. Levantei e corri para meu quarto, peguei meu uniforme da MTV e voltei para o quarto do Niall. Me troquei e fiz minha higiene pessoal, rezando para que as meninas não perdessem a hora. Saí do banheiro e encontrei Niall todo desastrado, calçando o tênis, ele também já tinha se trocado.
- Bom dia, Potato! - Eu disse parando na porta do banheiro. Quando ele me viu pareceu surpreso e soltou um lindo sorriso.
- Bom dia princesa! Pensei que tinha me abandonado durante a noite! - Ele respondeu terminando de amarrar os sapatos.
- Achou que eu ia te abandonar? Nunca! - Repeti a frase dele num tom sério - Além do mais, uma princesa nunca abandona seu príncipe - A essa altura, ele já estava bem perto de mim. Passei minhas mãos em volta do seu pescoço e ele segurou minha cintura. Ficamos alguns instantes só nos encarando.
- Você fica linda quando acorda! - E depois de falar isso, ele me beijou de uma forma delicada. Nós estávamos em perfeita harmonia, eu bagunçava seu cabelo enquanto ele acariciava meu rosto. Só paramos quando faltou ar.
- To com fome! Vamos descer príncipe! - Peguei meu pijama e deixei no meu quarto. Niall e eu descemos para a lanchonete, na esperança de encontrar o resto do povo. Eu quis entrelaçar nossas mãos, mas ele disse que era perigoso alguém ver e nos expor, concordei e fomos andando lado a lado até a lanchonete do hotel.

’s POV

Tudo estava perfeito demais na semana passada. E como dizem: alegria de pobre dura pouco… Essa semana já começou causando complicações. Primeiro que não me acostumava com a ideia de passar muito tempo longe do Harry, mesmo nós não sendo namorados ou coisa do gênero, sentia uma conexão forte com ele. Segundo que não gostava nada da ‘tal’ amizade dele com a . Sim, nós somos amigas, mas eu sou bem ciumenta. E não sou boba igual à que deixa a tirar uma casquinha do ‘peguete’ dela. Enfim, não estava confortável nesses dias. A minha sorte foi Harry ter me chamado pra dormir com ele, e assim fiz. Cheguei no quarto dele e me joguei em seus braços, ele respondeu minha reação me enchendo de beijos e carinhos. Mas o meu trabalho e o desgaste dele fizeram com que nós dormíssemos logo.
- Bom dia, raio de sol! - Ouvi a voz mais linda do mundo me despertando com um sopro no rosto. Custei a abrir os olhos e quando a minha visão se tornou nítida, agarrei o pescoço do Harry e o beijei cheia de posse.
- Bom dia amor! - Respondi ofegante depois do nosso beijo. Agradeci a mim mesma mentalmente por ter trazido o uniforme na noite passada. Corri para o banheiro e me troquei. Na hora que sai Harry me esperava para irmos tomar café.
- Vamos para a lanchonete, acho que o casal saco sem fundo já deve estar lá! - Nós rimos do comentário dele e fomos até a lanchonete.
Chegamos e notamos que só faltava nós dois. Sentei na mesa enquanto Harry pegava nosso café da manhã, todos já tinham terminado de comer, menos e Niall.
- Bom dia meu povo! - Todos sorriram pra mim - E ai casal buraco negro, comendo ainda?
- É o último cupcake, temos que ir pro ônibus, só estávamos esperando vocês! - Niall falou com a boca cheia.
Harry chegou com nosso café da manhã numa bandeja e só aí lembrei que estava morrendo de fome. Quase devorei os dois pedaços de bolo que ele trouxe. Pagamos a conta e seguimos para o ônibus. Decidimos filmar a saída do hotel, já que não tínhamos gravado nada por lá. Os meninos nos ajudaram muito, eles encenaram uma saída com direito a queda do Louis e um tapa do Liam em Zayn. Nos reunimos na porta do trailer.
- Agora todas nós vamos editar o que já gravamos e mandar pra MTV brasileira, depois eu e vamos filmar mais no ônibus, mas só amanhã. Aproveitem esse tempo sem nós e descansem! - nos avisou e nós seguimos cabisbaixas para o trailer, demorou mais que nós; ficou uns minutos conversando com Zayn e depois entrou também. Senti o motor ligar e o ônibus andar. Teríamos muito trabalho pela frente.

Zayn’s POV

Dormir com era uma das melhores coisas do mundo. Nossos corpos se completavam como um quebra-cabeça, na realidade, nós nos completávamos. Acordamos cedo, ela colocou o uniforme da MTV e eu uma roupa simples, o show seria só de noite. Descemos para tomar café da manhã e encontramos e Niall devorando quase toda a lanchonete. Nos juntamos a eles e logo chegaram o resto da galera. Só pra variar, Harry e foram os últimos. Nos apressamos quando Paul me mandou uma mensagem, pedindo para que fossemos para o ônibus que quase estávamos atrasados.
- Vamos ter que filmar essa saída, e agora? - se lembrou deixando a câmera pronta para gravar. Logo as meninas se afastaram de nós.
- Somos atores também, sabiam? - Louis disse numa voz grave. Logo entendemos o recado. Encenamos uma saída bem tosca e as meninas se seguraram para não rir. Elas desligaram as câmeras e ficamos perto do trailer. disse que nenhuma delas nos acompanharia, só amanhã ela e gravariam mais. As meninas entraram no trailer e eu segurei o braço da minha pequena.
- Ei, não fique triste! - Eu disse a puxando para mais perto. Ela me abraçou.
- É que tá tudo tão… Complicado.
- Eu sei, mas vamos dar um jeito, quem sabe não podemos nos revezar nas noites do ônibus? Vocês podem ir dormir lá e nós podemos dormir no trailer, só não fique assim pequena! - Depois que eu disse isso ela afundou seu rosto em meu peito.
- Cofio em você e sei que vamos dar um jeito… - Ela olhou para os lados, se certificou que ninguém olhava e me deu um leve beijo. Logo saiu correndo para o trailer. Eu e os meninos entramos no ônibus e deitamos nas camas, cada um fazendo uma coisa. Eu e Liam líamos um livro, Harry e Louis escutavam música e Niall simplesmente observava a paisagem.

’s POV

Depois de dormir bem até demais, tomamos café da manhã e seguimos pro trailer… Todas nós. Teríamos que editar as gravações e mandar algo pronto pra MTV, se não eles pensariam que estávamos vadiando em Londres, e não perdoava nada. Ela era a mais profissional de nós, lidava com tudo de rédeas curtas. Entramos no trailer e eu, e sentamos na cama, enquanto e descarregavam as gravações no computador.
- O que dá raiva é que temos mais de 3 horas gravadas e isso vai dar um trecho de uns 7 minutos jogando alto - suspirou se jogando na cama.
- Isso me irrita também - concordou. As filmagens estavam no computador e nós cinco as editamos. Cortamos algumas partes, colocamos uns efeitos e algumas músicas de fundo. Também excluímos algumas partes em que nós aparecíamos com eles e fizemos questão de apagar tudo, só pra garantir. Depois de umas três horas havíamos terminado tudo, pela graça de Deus.
- Ai gente, to cansada! Isso ainda vai nos matar! - Confessei me apossando de uma cama de solteiro.
- Relaxa! Pelo que eu to vendo aqui o próximo show da turnê vai ser em Watford e é bem rápido daqui até lá, teremos um dia e pouco de folga - falou checando seu calendário. Folga. Essa era a palavra que eu queria ouvir. Resolvemos tirar um cochilo até chegarmos a Wembley e lá os meninos iriam ensaiar para o show de hoje à noite. Meu celular vibrou, era Louis.
“Tá bem amor? Louis xx”.
“Tô bem, só estou com um pouco de sono, e ainda são 9 horas da manhã :O Vou dormir até chegarmos no local do show! Beijos Boo Bear. xx”.
“Tá ok pequena, sonhe comigo! Durma bem, viu? Louis xx”.

Depois dessa troca de SMS, me senti bem melhor e mais disposta. e estavam nas camas de solteiro, enquanto e já dormiam feito pedra na cama de casal. Então fiz o mesmo, pensei em Louis e dormi.

’s POV

Despertei com uma freada do ônibus e olhei no relógio, eu tinha dormido apenas uma hora e faltavam mais uma para chegarmos a Wembley. já estava acordada conversando com e comendo um waffle.
- Ei meninas, caíram da cama? - Brinquei com elas mordendo uma maçã que havia pegado no hotel mais cedo.
- Quase caímos com esse motorista delicado - falou de boca cheia e nós rimos.
- Não dá pra dormir com vocês falando! - e tinham acordado com a nossa conversa, fiquei feliz em ver todas as meninas acordadas e juntas.
- Faz tempo que não conversamos né? Ou estamos com os meninos, ou estamos trabalhando! Que saudade de vocês, gatas! - Confessei mordendo a maçã novamente.
- É verdade, mas nem vamos poder conversar, temos que resolver qual dupla vai gravar depois de vocês! - estava falando igual a mim, ê convivência.
- Eu e a podíamos ir de novo, ai depois a e a , pode ser? - sugeriu, parecia ser uma boa ideia.
- Pra que vocês querem ir de novo? - parecia irritada.
- Ela só estava dando uma ideia , se não concorda, podemos resolver outra coisa! - tentou defender , mas em vão, porque revidou:
- Não se faça de santa! Eu sei muito bem pra que vocês querem ir lá! - Todas nós olhamos confusas para - Eu percebi! Você tá dando em cima do Harry e a quase se joga em cima do Louis! - parecia estar falando sério, mas nós rimos, menos , que parecia estar entrando na onda da .
- Que ideia idiota , o Louis é só um amigo, e o Harry também é só amigo da ! Nós estamos em outra, estamos gostando do Niall e do Zayn, para de paranoia! - respondeu nervosa, tentando manter a calma. Eu iria interver, mas deixei elas se resolverem.
- TANTA PARANOIA QUE ANTES DE TODAS NÓS, VOCÊ TROCOU TELEFONE COM O LOUIS! - gritava para que qualquer um ouvisse.
- Baixa o tom de voz - já estava nervosa, nunca a vi tão vermelha daquele jeito.
- ME OBRIGUE A FALAR BAIXO, ROUBA NAMORADO! SE O ZAYN NÃO É BOM O SUFICIENTE, A CULPA NÃO É MINHA! - Vish, agora a pegou pesado, falar do Zayn não era uma boa ideia. ia revidar, mas a olhou e ela entendeu.
- , chega disso! Eu cansei! Você está nos chamando de vadias, é isso? Eu nunca faria isso e você sabe! - estava com a voz trêmula.
- EU NÃO SEI MAIS DE NADA! PODE TER CERTEZA! - Depois que berrou isso, os olhos de e de encheram de lágrimas. O interfone tocou e eu atendi.
- Alô?
- Oi amor, é o Liam! Tá uma gritaria, aconteceu alguma coisa? - Como ele adivinhava tudo?
- Manda esse merda desse motorista parar o ônibus que a e a vão ficar ai, elas te explicam o que ocorreu amor! Vai rápido!
- Tá bom pequena, beijos!
Desliguei o interfone e olhei para a situação: e choravam e berrava coisas horríveis. Ela perdeu os limites. também chorava, e senti que ela acreditava nas coisas que falava. Até que o ônibus parou.
- CHEGA ! - Eu berrei mais alto que ela e só ai ela parou - e vão para o ônibus enquanto esfria a cabeça! E sem discussão!
e saíram do trailer e uns segundos depois o ônibus voltou a andar. Encarei deitada na cama chorando. Seria difícil lidar com ela.

Niall’s POV

Estávamos ouvindo uma gritaria vinda do trailer das meninas, Liam decidiu ligar lá para perguntar se estava ocorrendo algo. Os gritos iam ficando cada vez mais altos, acho que era a , não dava pra saber muito bem, pois elas falavam em português e gritavam juntas. Liam disse para pedir ao motorista que parasse o ônibus, pois e viriam para cá, o que será que estava acontecendo? Alguns minutos depois as duas chegaram com a cara e os olhos inchados, choravam bastante, de mãos dadas. Assim que viu , Zayn correu ao seu encontro e a abraçou, sussurrando palavras tranquilizantes em seu ouvido. Eu fiz o mesmo com , que chorava bastante, passei as mãos em seus cabelos e pedi que se sentasse na cama para conversarmos. Assim como eu e Zayn; Harry, Liam e Louis ficaram desesperados vendo as meninas chorarem daquele jeito. Demos água para elas, e quando estavam bem mais calmas, Lou perguntou se elas queriam contar o que havia acontecido. contou que e haviam ficado com ciúmes da amizade delas com Harry e Louis.
- Tentamos explicar para elas que estamos gostando do Niall e do Zayn... - sorriu fraco. - Mas elas pareceram não nos entender. - apenas chorava, não conseguia falar.
- Se acalmem meninas, vai dar tudo certo! Da outra vez, vocês também brigaram e se resolveram. - Liam tentava acalmar as meninas.
- Não sei, nos disse coisas horríveis, e foi na onda, elas estavam super nervosas. - finalmente conseguiu dizer algo.
- Não fiquem assim meninas, vamos falar com elas, vai dar tudo certo. - Louis comentou e abraçou .
- Acho melhor esperarmos elas se acalmarem um pouco, depois eu e o Louis vamos lá conversar com elas, ok? - Harry abraçou que já estava bem mais calma.
- Chega de chorar, minha cabeça já está doendo! E olhem só para nós, dando outro show de barracos! Que ódio! - choramingou se apoiando em meu ombro, assentiu e limpou as lágrimas.
- Ei, parem de pensar assim, não estão dando trabalho! Vocês se tornaram especiais para nós, podem contar com a gente! - Zayn falou e apertou suas bochechas.
- Ér, mas você não pensa igual à né? Desculpa, eu tive que perguntar! - ficou encarando Zayn, que fez uma pose pensativa.
- É claro que não! Você tem direito de ter amigos homens e confio em você! - Ele deu um selinho nela - Relaxa pequena.
- Essa aí vive na neura - comentou e todos rimos. Era dessa que eu gostava; a que era engraçada e vivia fazendo piadas.
As meninas deitaram um pouco para relaxarem e 20 minutos depois, Louis e Harry decidiram enfrentar as feras. Liam ligou para o trailer e veio para o ônibus, enquanto Louis e Harry foram pra lá. Eles conversariam com elas até chegarmos ao local do show, faltavam uns 20 minutos. Quando entrou no ônibus, Liam a abraçou e ela desabou em seus braços. Ela era a que segurava a barra, devia estar tensa. Eles deitaram na cama de Liam e ficaram cochichando. Zayn e também estavam deitados, quase dormindo. Eu peguei um pacote de salgadinho e fui deitar com a , que suspirava olhando a paisagem pela janela.
- Ei princesa, olha o que eu trouxe! - Falei me aconchegando com ela. Seus olhos brilharam quando viram o pacote e eu ri.
- Eu tô morrendo de fome! Como você adivinhou? - Ela fez bico.
- Você sempre está com fome ! - Nós rimos e começamos a comer. Ficamos um tempo em silêncio, só curtindo o momento. Ela deitada em meu peito, como da primeira vez em que cuidei dela.
- Niall? - Ela quebrou o silêncio.
- Oi?
- Você não acredita na né?
- Olha só, não é só a que vive na neura! Ei princesa - olhei no fundo dos olhos dela - Eu sei que você esta comigo agora e que Louis esta com a , rola um ciúme saudável, mas nada fora do comum. Relaxe, eu confio em você - Terminei meu discurso beijando-a. Ela assentiu, sorriu de orelha a orelha, e só ai senti seu corpo relaxar.

Harry’s POV

Quando e chegaram chorando no nosso ônibus todos nós ficamos muito tensos. Sim, conhecíamos elas há pouco tempo, mas nunca vimos as duas naquele estado. Fiquei realmente nervoso quando elas explicaram o motivo: . Pronto, ela estava morrendo de ciúme, como se houvesse alguma necessidade. Tudo bem, sentir ciúme é saudável quando se tem amor ou sei lá o que ela sente por mim, mas ela tinha exagerado, ouvimos as gritarias. Decidi ir com Louis conversar com ela e com a , que tinha entrado na pilha. foi para o ônibus e nós fomos para o trailer. Quando entramos elas estavam relativamente calmas, só que os rostos vermelhos e um pouco inchados mostravam que elas tinham chorado. Nos sentamos numa mesinha e elas se sentaram na cama de casal, nos olhando. Só ai eu vi o cubículo que era aquele trailer. Louis estava incrivelmente alterado e foi a primeira vez que o vi falando sério.
- O que foi aquilo? - Ele falou alto. o olhou e desviou o olhar, já quase me comia com os olhos.
- Eu pensei que… - começou, mas eu a interrompi.
- Pensou? São 11 horas da manhã, estamos indo fazer um show e você me apronta uma dessas ? Por favor! Não precisa fazer isso amor, eu nunca te trocaria, só que você tem que aprender a conciliar as coisas, nós temos fãs e tudo mais, vai ter que lidar com isso! - Eu desabafei e ela começou a chorar. Me segurei para não abraçá-la.
- E você também Sra. , por favor! A é só uma amiga, assim como é só uma amiga do Harry! Eu escolhi você para ser minha companheira e ela para ser minha amiga, as coisas são diferentes! - Louis fez uma pausa e encarou a - Agora venha aqui, não consigo ficar bravo com você - Ela sentou no colo dele e eles se beijaram. Eu sentei ao lado de e deitei sua cabeça em meu colo.
- Desculpa Harry! Eu sinto muito! Me perdoa, por favor? - Ela me pediu, toda arrependida.
- Claro que eu perdoo, aliás, nós perdoamos, né Boo Bear? - Pisquei para Louis, que assentiu - Mas e devem estar chateadas com o que você disse !
- Eu vou me desculpar, prometo!
Nós ficamos mais um tempo curtindo nossas meninas até o ônibus parar. Recebi uma mensagem informando que tínhamos chegado no local do show. Saímos do trailer e encontramos Niall e abraçados, e Zayn conversando num canto e arrumando o cabelo de Liam. me deu a mão e eu a incentivei a pedir desculpa para as meninas, que já estavam bem melhores.

’s POV

Ainda não acreditava nas barbaridades que havia dito para nós, concordou com ela e ainda falou um monte também. Elas não sabem que eu e estamos num pequeno rolo com Zayn e Niall, e que Harry e Louis são apenas bons amigos? Eu fiquei realmente muito magoada com tudo que elas nos disseram, praticamente nos chamaram de vadias. Mais do que , que apenas foi na onda por conta do ciúmes. Os abraços e as palavras de Zayn realmente me tranquilizaram, chegamos no local do show, ele ficou conversando comigo e contando coisas engraçadas para me fazer rir. Descemos do ônibus e ficamos conversando, até que avistamos e . Eu ainda estava muito chateada. e Niall estavam ao lado de nós, as duas chegaram e começou:
- Podemos falar a sós com vocês?
- Claro. - respondeu e seguimos para nossa sala no lugar do show, ela era no alto, igual aquela cabine do cinema. De lá poderíamos filmar o show, enquanto uma de nós filmaria mais de perto, atrás de uma cortina, para não aparecer na filmagem ‘oficial’ do show. Entramos na sala, parou na porta e comentou:
- Você não vai entrar?
- Eu não! Vocês que armaram o barraco, vocês que se resolvam! Eu vou dar uma voltinha com o Liam, vê se não gritem tanto hein? Vocês me estressam demais viu... - Ela fez pose e saiu rebolando, rimos da cena e os meninos também. Fechamos a porta.
- Bom, eu gostaria de começar, porque eu fui a que mais me alterei. - suspirou - Eu queria pedir desculpas pra vocês, falei um monte de besteiras, estava nervosa, com a cabeça quente e ficar naquele cubículo estava me irritando cada vez mais.- Ela se redirecionou a mim, pegou nas minhas mãos e continuou a falar - , me desculpa por favor. - Uma lágrima escorreu de seus olhos e os meus começaram a lacrimejar. - Eu falei aquilo de cabeça quente... Sabe, você é uma das minhas melhores amigas, entendo que você e Harry são apenas amigos e não ligo mais para isso. - Ela se virou para - , me desculpe também! Não tive a intenção de chamar vocês de vadias, essa viagem é um sonho para nós cinco, um ciúmes idiota meu não pode acabar tudo... - Ela limpou uma lágrima e sorriu fraco.
- Quero me desculpar também! Desculpa por tudo que eu fiz e que falei, . Entendo sua amizade com o Lou, esse ciúmes bobo pra mim é passado, sei que vocês estão totalmente ligadas ao Niall e ao Zayn. Depois das coisas que Louis e Harry disseram para nós, vimos o quão fomos tolas de brigarmos com vocês por uma coisa tão besta. - Agora nós quatro chorávamos, nos abraçamos, dissemos coisas fofinhas e saímos da sala.
Não encontramos ninguém lá fora e saímos à procura naquele lugar enorme, vimos alguém na bateria e decidimos ver quem era.
- Meu. Deus. Deve ser o tal de Josh! - comentou eufórica.
- OMG! Ele é bem mais lindinho ao vivo… - sorria feito boba.
- Amigo, não é seu aniversário, mas você ta de parabéns! - comentou e mordeu os lábios.
- ! - Eu a adverti com um tapa.
- Relaxa, to falando em português, ele não vai entender mesmo…. - Rimos.
- Ah é né, esqueci desse detalhe… - Eu ri comigo mesma e chegamos perto do tal Josh. - Quem vai falar com ele? - As meninas se entreolharam e depois olharam para mim.
- VOCÊ! - Gritaram e me empurraram. Nessa hora o menino virou de frente, e nossa... Que que era aquilo, minha gente! Que bundinha mais apertável.
- Ér… Oi! Meu nome é , prazer! - Ele sorriu.
- Oi , eu sou o Josh, baterista dos meninos! Você e suas amigas - Ele apontou para as garotas que estavam tão vermelhas quanto tomates - devem ser da equipe da MTV que veio do Brasil né?
- Somos sim! - Olhei para as meninas e as chamei - Vem cá pessoal, venham falar com o Josh!
- Ele riu e as meninas se cumprimentaram e se apresentarem. - Josh, você viu os meninos? Estamos procurando por eles...
- Vi sim...
- Pode me chamar de se quiser! - Ri com o comentário e ele prosseguiu.
- Vi sim ! Eles foram pra uma sala que tem aqui do lado junto com uma garota chamada , é amiga de vocês também?
- É sim! Bom, obrigada Josh, temos que ir... - As meninas saíram na frente e quando eu ia sair ele me puxou pelo braço.
- Não tem de que! Zayn me falou de você, boa sorte! - Eu murmurei um “obrigada” quase sem voz. Zayn havia falado de mim! Meu Deus que sonho! Ri com o meu pensamento enquanto andávamos para sala. Chegamos lá rindo e conversando bem alto.
- Se resolveram né? Eu sabia! Madame e sua bola de cristal nunca falham! - Rimos e eu fui para perto de Zayn. Eu estava louca de saudades, mesmo estando com ele há meia hora.
- Vem aqui comigo, rapidinho. - Sussurrei em seu ouvido. Ele sorriu.
- Claro. - Puxei ele pela mão e entramos numa sala. Fechei a porta, o joguei na parede e o agarrei. Começamos a nos beijar, minhas mãos estavam em seu pescoço, tocavam seu cabelo, ele apertava minha cintura, terminamos o beijo com selinhos e ele começou a beijar meu pescoço. Olhei em seus olhos.
- Que saudade de você!
- A gente se viu há meia hora! - Ele comentou e rimos. - Mas também estava com saudade de ficar SOZINHO com você. - Rimos e ficamos mais um tempo por ali curtindo o momento.

Louis POV

Fiquei feliz em ver que as meninas tinham se resolvido. Não gostava quando elas brigavam, principalmente por nossa causa. Até que a conversa delas não demorou muito. Quando , , e entraram na nossa sala, abri um enorme sorriso. sentou perto de mim, sentou no colo de Harry e foi falar com Niall. puxou Zayn para uma sala e bateu a porta. Nós rimos do jeito em que ela quase arrastou o garoto.
- Esses dois, Jesus! Não perdem tempo! - comentou e nós gargalhamos. Resolvemos agilizar umas coisinhas sem o Zayn, para que ele curtisse um pouco.
- A gente tem que gravar com a banda meninas! - lembrou e , e começaram a rir. Ficamos confusos - O que foi suas idiotas?
- É que a gente conheceu o Josh agora e… - foi interrompida por :
- NÃO É ANIVERSÁRIO DELE, MAS ELE TÁ DE PARABÉNS! E QUE BUNDINHA APERTÁVEL! - falou em português e as meninas quase morreram de rir, nós ficamos sem entender nada, só sabíamos que era sobre Josh.
- Enfim… - voltou a falar em inglês - temos que gravar com eles, pode ser amanhã?
- Claro! - pegou seu iPhone e digitou algo - Já marquei no calendário!
- Agora temos que chamar o Zayn pra fazer a passagem de som, ér - fiz uma pausa - Quem vai lá?
- Eu vou, gosto de desafios - ficou atrás da porta da sala e entrou com os olhos fechados - VISTAM-SE POR FAVOR!
Nós rimos e Niall ficou vermelho de tanto que gargalhou. Zayn e estavam sentados num sofá conversando e logo se levantaram. Fomos passar o som e elas foram arrumar o resto dos fios, enquanto e filmavam o ensaio. Foi divertido porque tivemos que encenar algumas partes novamente. E vez ou outra nós trocávamos olhares e gestos. Faltava uma hora para o show e tínhamos que ir para a concentração. As meninas subiram para uma sala. Foi muito bom, porque davam para elas nos verem, e nós vermos elas nitidamente. Dei um beijo em e segui para o camarim.

Liam’s POV

Não via a hora de o show acabar e irmos para a próxima cidade, afinal, iria no ônibus, finalmente! Desde quando começamos a turnê, mal dava tempo de ficar com as meninas. O bom era que o próximo show era só daqui a três dias e a cidade era perto, então teríamos um dia e pouco de folga. Passamos o som e seguimos para o camarim. Trocamos de roupa, faltando meia hora para o show. Nos sentamos nos sofás do camarim.
- Nossa, eu to acabado, viajar cansa e aumenta minha fome! - Niall comentou passando a mão na barriga.
- Se isso for possível né? - Harry foi interrompido pelos gritos das fãs - Ai que frio na barriga.
- Esse vai ser o nosso primeiro show que as meninas vão ver… Tentem se superar ok? - Zayn falou dando o último retoque no topete.
- Vamos, esta na hora! - Chamei os meninos abrindo a porta. Nós subimos no palco e tudo se transformou.
Tocar para nossas fãs era a melhor sensação do mundo. Sempre olhávamos para a sala em que as meninas estavam. Elas gritaram em Moments e cantaram e dançaram muito em Up All Night. O show foi o máximo, casa cheia e ingressos esgotados. Saímos do palco suados e acabados, entramos no camarim e as meninas estavam lá.
- Viemos gravar a saída do show, façam uma cara animada! - sorriu.
- Cadê a e a ? - Harry perguntou percorrendo a sala atrás da .
- Nem adianta Hazza, ela não veio! Foi gravar a saída das fãs com a ! - respondeu dando uns tapinhas nas costas de Harry que sentou no sofá. Nós entramos novamente no camarim, agora devidamente animados e fizemos caretas para a câmera. Elas encerraram a gravação e depois de alguns minutos e voltaram. Louis levantou num pulo e abraçou . se jogou no sofá ao lado de Harry, toda cansada.
- Vamos pro ônibus? Preciso dormir! - falou bocejando e olhando pro relógio - Já é meia noite! A gente dorme enquanto viaja pra próxima cidade e aproveita amanhã pra descansar.
- Essa minha pequena é um gênio! - Comentei dando um beijo na testa dela.
- Sem baitolagem, por favor! - disse se levantando, nós rimos - Vamos pro ônibus então! e vão com os meninos e nós vamos pro trailer.
Saímos pelos fundos da casa de show e paramos na frente do ônibus. Nós estávamos mortos de sono.
- Que tal gravarmos nossa entrada no ônibus, depois a gente indo deitar, depois vocês desligam a câmera e eu, Niall e Harry vamos pro trailer? - Zayn sugeriu e as meninas assentiram.
Discutimos um pouco, e devido às poucas camas disponíveis no trailer, iria para o ônibus, e só Zayn e Niall iriam para o trailer. Gravamos tudo bem rápido para que pudéssemos dormir. Depois que encerramos, Nialler e Zayn seguiram para o trailer, e correu para nosso ônibus. Não demorou muito para que nós deitássemos. Louis e ficaram conversando sobre a paisagem, Harry e ouviam música e eu deitei com e a abracei. Ela estava cansada demais, então nós dormimos rapidamente.

’s POV

O show foi perfeito! Nem preciso falar que os meninos arrasaram... Às vezes eu pegava Niall olhando pra mim, e Zayn; Louis; Liam e Harry olhando para nossa ‘cabine’. Ficamos eufóricas o tempo inteiro, eles eram realmente bons. No fim do show, e foram filmar a saída das fãs e nós fomos filmar a chegada dos meninos no camarim. Decidimos voltar para o ônibus pois estávamos morrendo de sono. , e foram para o ônibus, Zayn e Niall ficariam com a gente no trailer. Eu dormiria com Niall numa cama de casal e com Zayn em outra. Entramos no trailer com eles.
- Nossa! Aqui é pequenininho hein! - Niall comentou e assentimos.
- Pois é, imagina cinco mulheres estressadas nesse cubículo, só podia dar no que deu mais cedo... - riu.
- Pelo menos aqui é organizado, a cama do Harry é uma bagunça! - Zayn fez uma careta engraçada e lhe deu um selinho.
- Pessoal vou colocar meu pijama... - Fui para o pequeno banheiro colocar meu pijama e ficou conversando com os meninos. Voltei depois de dez minutos, de pijama, com um coque e os dentes escovados.
- Que potato linda! - Niall me beijou e jogou uma almofada em nós.
- Chega de love vocês! - Rimos - Vou colocar meu pijama, já volto.
- Desde quando vocês conhecem? - Zayn perguntou.
- Desde pivetinhas! Morávamos no mesmo condomínio, ainda moramos no mesmo condomínio, mas em outro….
- Que confuso, mas eu entendi! - Niall tinha um ponto de interrogação enorme no rosto.
- Quando nosso apartamento ficar pronto, moraremos juntas.
- Nossa que divertido! Queria só ver, você cozinha e a limpa a casa! - Zayn comentou e rimos. chegou bem na hora.
- Eu faço o quê?
- Lá vem a outra cair de paraquedas na conversa! - Ela mostrou a língua pra mim. Eu disse que ela que limparia a casa quando morássemos juntas.
- Eu não vou limpar nada não! Vou ficar rica e contratar alguém pra limpar pra mim! - Rimos bastante, os meninos haviam trazido um ‘pijama’. Se trocaram enquanto arrumávamos as camas. Vestiram uma regata e uma calça de moletom.
- Boa noite Nialler, boa noite , bons sonhos. - falou e fez um coração com as mãos.
- Boa noite , boa noite DJ Malik, vê se vão dormir vocês dois! - Niall comentou e rimos.
- Ta achando que somos o Harry e a ? Eu hein! - Zayn fez mais uma careta e rimos. e Zayn deitaram e dormiram de conchinha. Eu e Niall comemos mais uns bolinhos e fomos dormir também, ele me beijou e deitou de conchinha comigo.
- Boa noite princesa! - Sussurrou no meu ouvido e beijou meu pescoço.
- Boa noite príncipe potato. - Demos as mãos e dormimos.
Durante a noite, tive um sonho muito estranho. Niall e eu brigávamos, mas não saía som algum, apenas mexíamos a boca. Eu chorava e ele gritava comigo, passava as mãos na testa, acho que eu havia feito uma coisa não muito boa. O som começou a sair e eu falava “Me desculpa meu amor, me desculpa! Eu não fiz nada, eu juro! Não sei de nada, por favor, me escuta!”. Acho que eu não estava apenas falando no sonho, deveria estar gritando mesmo, pois Niall me acordou:
- Ei amor, acorda, você ta tendo um pesadelo - Ele mexia em meus cabelos e beijava meu rosto e meu pescoço, eu chorava. - Calma potato, ta tudo bem, não chora, to aqui com você! - Ele me abraçou e eu parei de soluçar, já estava bem mais calma. - Quer me contar o que sonhou?
- Bem, - Sentei na cama e olhei para ele - Sonhei que brigávamos, mas não saía som, você provavelmente gritava comigo e eu chorava muito, aí acordei.
- Que sonho inútil! Sabe que eu jamais elevaria o tom assim com você, vem cá! - Ele me puxou para perto dele e me abraçou. - Vamos voltar a dormir abraçadinhos, você ta melhor?
- To sim potato, obrigada! - Ele sorriu, nos abraçamos e voltamos a dormir.

’s POV

Cara, os meninos eram incríveis… Tá, não só como pessoa, mas no palco também! Tenho que admitir. Depois que terminou o show, tiramos na sorte, e eu e a perdemos, tivemos que gravar as fãs na saída, enquanto , e gravavam os meninos. Eu pensei que só as fãs brasileiras eram louconas, mas as gringas não ficavam tão pra trás assim… Mas nada como Brasil né? Acho que o povo aqui não é tão alucinado porque pode encontrar seu ídolo na rua, isso é mágico. Algumas vezes, quando estávamos com os meninos, as fãs os pararam e tals, mas não gritaram nem nada, só pediram fotos e autógrafos. Se acontecesse de directioners brasileiras encontrarem os meninos no meio da rua, no mínimo iam sair camisetas rasgadas e meninas brigando pra ver quem iria abraçar quem. Depois que terminamos as gravações, fomos para o camarim e de lá seguimos para o ônibus. e gravaram ‘uma chegada ao ônibus’ e ‘o momento de dormir’ e depois fui para o ônibus e Zayn e Niall foram para o trailer. Coloquei meu pijama, não aguentava mais aquela calça jeans e aquela camiseta preta.
- Não quer comer nada ? - Harry falou sentado na cama dele. Quase morri com aquela visão. Seus cabelos estavam meio bagunçados e seus olhos verdes me fitavam descaradamente - ? Tá bem? - Ele riu. Droga! Tinha percebido.
- To ótima! E aceito alguma coisa sim Hazza. - Pisquei pra ele. Harry levantou, foi até uma geladeirinha e pegou suco e lanche natural. Comemos tudo bem rápido, porque estávamos bem cansados. Harry pegou um edredom, me esperou deitar primeiro, depois deitou ao meu lado e nos cobriu. Dormir num ônibus era um tanto quanto esquisito, mas com Harry Styles ao seu lado, quem liga para os desconfortos?
- ? - Ele quebrou o silêncio.
- Que foi?
- Quero que você saiba que você se torou muito especial para mim - Ele fez uma pausa e eu me virei para encará-lo - Não queria que tudo isso acabasse, sei lá...
- Se depender de mim, também não vai acabar! - Foi o que eu consegui dizer antes de agarrar o pescoço dele e grudar nossos lábios. O fato era que eu estava apaixonada por ele e não sabia se ele sentia o mesmo por mim. Eu podia ser só um amor de verão, mas tentei curtir o momento. Guardei esses pensamentos numa gaveta no fundo da minha mente, com a etiqueta: ‘não abra’. Era tão bom se sentir amada, principalmente por Harry. Imagina quando as fãs deles descobrirem? Claro que eu não queria ficar assim pra sempre, apenas ‘sendo uma peguete’, mas para o presente momento, essa situação estava ótima. Só esperava que ele se tocasse logo para darmos mais um passo na nossa relação: o namoro. Também me certifiquei de guardar esses pensamentos, mas numa gaveta com a etiqueta: ’ lembrar mais tarde’. Ficamos agarradinhos por mais alguns minutos, depois peguei no sono.

Zayn’s POV

Depois de um dos melhores shows que já fizemos, fomos para o ônibus. Me lembrei da promessa que tinha feito pra de que revezaríamos os lugares na hora de dormir e sugeri que alguns de nós fossem para o trailer. Todos pareceram gostar da ideia, só precisávamos gravar algumas cenas e estaríamos liberados. Assim fizemos. Era bem bizarro ‘forçar’ algumas coisas, como quedas, piadinhas e tapas, mas era engraçado e valeria a pena. Gravamos e decidimos que eu e Niall iríamos para o trailer e iria para o ônibus. Eu nunca tinha entrado no tal trailer e só aí vi o quanto era pequeno e desconfortável. Fiquei com pena das nossas meninas (elas tinham que dividir camas!), e decidi que essa ideia de revezamento iria ser constante, para que todas elas pudessem dormir no ônibus, pelo menos um pouco. foi se trocar primeiro e foi logo em seguida. Conversamos um pouco para descontrair, mas a verdade é que todo mundo estava bem cansado. Eu e Niall nos trocamos enquanto elas arrumavam as camas, e depois nos deitamos. Aconcheguei bem perto de mim.
- Boa noite pequena! - Falei beijando sua bochecha.
- Boa noite Sr. Malik! - Ela respondeu e nós dormimos.
Acordei com o toque de um telefone, me espreguicei e notei que e Niall ainda estavam dormindo, assim como . O ônibus estava parado, o que significava que nós tínhamos chegado. O telefone tocou novamente e eu atendi, era Louis.
- Alô? - Minha voz estava fraca de tanto sono.
- Ei DJ Malik, esperava que a atendesse, não queria estragar seu sono de beleza! Mas liguei pra avisar que já chegamos e em vinte minutos estamos descendo pra tomar café! - Louis estava todo animado.
- Tá bom Lou! Vou acordar o povo aqui e já saímos! - Nem esperei ele responder e desliguei o telefone. Fui acordar primeiro.
Deitei ao lado dela e fiquei observando-a por alguns minutos. Depois soprei de leve em seu rosto e ela resmungou, mas não acordou. Dei um selinho em seus lábios, ela murmurou algo, sorriu, se espreguiçou e abriu os olhos lentamente.
- Bom dia, pequena! Sabia que você fica linda quando acorda? - Comentei colocando uma mecha do cabelo dela atrás da orelha.
- Bom dia! Linda? Meu cabelo deve estar todo desgrenhado e meu rosto amassado, não é legal! - Ela riu
- Você suspira antes de acordar, resmunga alguma coisa, e depois sorri para mim! Quer coisa melhor que essa? - Ela corou depois que eu disse isso e tratou de mudar de assunto:
- Ér, e por que você me acordou?
- Ah, Louis ligou dizendo que já chegamos e que em vinte minutos vamos comer! É pra gente se arrumar!
- A gente ia comer e vocês nem me acordam? - falou fazendo bico - Ei Potato, vamos comer, acorda! - Ela sacudiu e deu um selinho nele. Não demorou muito para que todos nós estivéssemos acordados. As meninas se trocaram primeiro, depois eu e Niall fizemos o mesmo. Descemos do trailer e todo mundo estava lá, menos e Harry.
- Cadê a e o Harry? Eles dormiram né? - perguntou e todo mundo riu.
- Calma , eles só se atrasaram um pouco - Louis respondeu e bagunçou seu cabelo. Depois de alguns minutos e Harry desceram.
- PREPARADOS PARA NOSSO DIA DE FOLGA? EM NEW CASTLE? - Ela gritou toda animadinha e Harry riu bastante.
- Como temos dois shows aqui, podemos curtir bastante New Castle. - Ele completou.
- Dane-se, eu to com fome! Vamos logo! - já estava irritada e nós rimos do modo que ela falou. Seguimos para o restaurante do hotel. Finalmente folga! Eu só queira aproveitar esse dia com as meninas, ou melhor, com a .

Capítulo 6 – I need you.

’s POV

Até que enfim folga. Eu e as meninas estávamos super felizes, mas muito cansadas também. O show dos meninos foi maravilhoso! E dormir com Lou no ônibus mais perfeito ainda. Fomos os primeiros a acordar, quando o ônibus parou acordamos juntos:
- Bom dia minha cenoura linda! - Ele me deu um selinho e sorriu. Aquilo era demais para mim, logo cedo!
- Bom dia anjo, tudo bem? - Perguntei e sorri.
- Tudo ótimo! Vamos nos trocar e comer alguma coisa? To ficando com fome...
- Vamos, aí a gente aproveita e acorda o pessoal! - Nos levantamos e fomos acordar os outros ainda de pijama. – Lou, vou acordar a e o Liam, liga no trailer pra acordar as preguiças!
- Ligo sim. - Me deu um selinho e foi na direção do interfone. Cheguei perto de Liam e , os dois dormiam abraçados, ela apoiava a cabeça em seu peito. A cutuquei e falei baixinho:
- Acorda ! Chegamos em New Castle, acorda o Liam pra gente ir tomar café na lanchonete que tem aqui do lado... - Ela sorriu, respondeu um sim com muito esforço. Louis acordou e Hazza e após alguns minutos todos estavam trocados. Descemos e encontramos Niall, Zayn, e ; Harry e estavam terminando de se arrumar e já desceriam.
- Cadê a e o Harry? Eles dormiram né? - perguntou e todo mundo riu.
- Calma , eles só se atrasaram um pouco - Louis respondeu e bagunçou seu cabelo. Depois de alguns minutos e Harry desceram. já chegou berrando:
- PREPARADOS PARA NOSSO DIA DE FOLGA? EM NEW CASTLE? - Harry ficou parecendo um tomatinho de tanto rir.
Entramos na lanchonete e nos sentamos numa mesa enorme. A lanchonete não estava cheia e acho que nem iria ficar, porque era logo na entrada da cidade e ainda estava meio cedo. Fizemos nossos pedidos e nem ficamos espantados com o tanto de comida que o casal fome pediu, já havíamos nos acostumado com toda aquela fome absurda deles. Estávamos todos mortos de fome, comemos bastante e tomamos sorvete depois. Paul entrou na lanchonete e disse para irmos para o hotel deixar nossas coisas e descansarmos depois. Terminamos o sorvete e nos levantamos. Lou olhou em meus olhos:
- Fecha os olhos…
- O que você vai fazer Louis Tomlinson?
- Fecha! - Ele falou bravo e eu fechei. Ele me pegou no colo e saiu correndo comigo até o ônibus, eu tentava gritar para que ele parasse mais as risadas eram mais fortes que eu. Chegamos na porta do ônibus e eu ainda não conseguia parar de rir, me apoiei nele e ri mais ainda.
- Você me assustou Boo Bear! – Comentei. Ele me abraçou e riu.
- É tão bom ver você sorrindo assim. - Começamos a nos beijar, o pessoal chegou e mandou que parássemos com aquela melação toda e entrássemos no ônibus, já que estávamos parados na frente da porta. Acabou que fomos todos juntos no ônibus dos meninos, sentados nas camas conversando.

’s POV

O caminho até o hotel foi bem rápido, muita sorte que Wembley ficava perto de New Castle e… Folga, meu Deus, eu necessitava de folga! Tudo estava tão bom. Nós estávamos realizando nosso sonho, em Londres, e estávamos nos envolvendo com garotos especiais. Chegamos ao hotel e nos separamos. Eu e as meninas fomos para um quarto e os garotos seguiram cada um para o seu respectivo quarto. Marcamos de nos encontrar na lanchonete, em meia hora, para decidir o que iríamos fazer. Entramos no quarto e nos jogamos na cama.
- Nossa, eu to morta, juro! - suspirou e nós rimos.

Ficamos um tempo conversando sobre os últimos dias, já que ultimamente era difícil ficarmos juntas… sozinhas, para termos conversas de amiga. Continuamos a conversa escolhendo nossas roupas. Escolhemos algo bem confortável, só pra tirar o uniforme.
Descemos para a lanchonete e os meninos já estavam lá, sentados numa mesa enorme. E nem preciso falar que Niall aproveitou pra comprar um lanche pra ele e pra , que logo sentou junto com ele para comer também. Cada uma de nós sentou ao lado do seu boy, só que faltou uma cadeira pra , que acabou sentando no colo do Harry... Nem comento, viu?
- Eai galerinha, o que vamos aprontar hoje? - perguntou brincando com as mãos de Louis.
- Então - Liam tomou a palavra - Nós pensamos em levar cada uma de vocês para um lugar diferente… Cada um de nós sair com a sua garota, o que vocês acham?
- Tipo um encontro? - retrucou e nós rimos.
- Tipo isso! - Liam fez uma pausa - Alguém tem alguma objeção? - Ninguém falou nada - Ótimo! Então é isso que vamos fazer! Aí, amanhã, sairemos juntos!
- Tá né… Se vocês estão falando! - lambeu os dedos.
- Então vamos logo! Não quero perder um minuto de hoje, é - Zayn levantou, pegou na mão de e saiu acenando. Nós rimos do jeito que eles saíram, eles sempre eram os primeiros a ‘fugir’.
- Também estamos indo galerinha! Até mais tarde! - Harry piscou e saiu andando com , logo sumiram no horizonte.
- Vamos princesa! - Niall e se levantaram.
- Até mais meus amorrr - Ela saiu mandando beijos.
- TÁ COM O SPRAY DE PIMENTA ? - Louis gritou e nós rimos. apenas gargalhou e logo saiu da lanchonete. Louis nos encarou - Melhor prevenir! Então papais, chegou a nossa vez, vamos amor! - Ele pegou a mão de e ambos saíram também. Olhei pra Liam e ele riu. Não ficávamos sozinhos fazia tempo.
- Finalmente, nós dois sozinhos! - Ele me deu um selinho - Posso te levar pra um lugar ou você quer escolher?
- Estou as suas ordens Daddy!
- Então vem comigo Mom! - Nós rimos e ele entrelaçou nossos braços. Não fazia a menor ideia do lugar que ele estava me levando, sabia que queria ir só pelo fato de estar com ele.

Niall’s POV

Cada um foi para um canto de Londres e eu decidi levar a ao Nando’s, meu restaurante preferido.
- Aonde você vai me levar amor? - Ela estava inquieta no carro. Cada um alugou um carro para passar a folga.
- Segredo potato. - Dei um selinho nela e paramos no farol. Ela passava as mãos na barriga dizendo que estava com fome.
- Acho melhor passarmos numa lanchonete antes de irmos para o tal lugar, estou morrendo de fome!
- Acho que não vai ser necessário. - Adverti e estacionei na porta do Nando’s. Entramos e sentamos numa mesa no fundo, ela olhou o cardápio, sorria com os olhos:
- Meu Deus, isso aqui é o paraíso! - Comecei a rir.
- Aqui é meu restaurante preferido, achei que seria muito legal trazer você aqui pra passar esse momento especial comigo...
- Awn, que lindo! - Ela olhou para o lado para ver se não estavam nos olhando e me deu um beijo rápido. Fizemos o pedido e ficamos conversando sobre comidas do Brasil enquanto esperávamos. Eu estava louco para experimentar mais comidas típicas do Brasil e a tal da caipirinha, que foi a bebida que deixou louca, louquinha na festa. Comemos e depois pedimos uma sobremesa.
- O dia ta perfeito, nossa folga, a gente aqui juntinho… - Ela começou a beijar meu pescoço e logo estávamos nos beijando. Nossa mesa era bem no fundo, num cantinho, ninguém conseguia nos ver direito, comecei a passar a mão na sua cintura:
- Calma Potato, alguém pode ver a gente no nosso momento Love Songs! - Eu ri e começamos a conversar como se nada houvesse acontecido, pois o garçom estava vindo com duas taças enormes de sorvete. Estávamos tomando o sorvete quando passei um pouquinho de chocolate no nariz dela.
- Niall! Você sujou meu nariz! Potato malvado! - Comecei a rir e beijei seu nariz, limpando o chocolate. Ela sorriu. - Se você quiser pode sujar meu nariz mais algumas vezes ta? Não tem problema nenhum! - Rimos bastante.
O tempo passava super rápido com , ela era engraçada, dizia coisas engraçadas e ria das piadas sem graça que contava. Além de amar comida assim como eu e não ligar para essas frescuras de magreza excessiva, acho que estou amando. Quando vi já estávamos dentro do carro voltando ao hotel.
- Amor, vamos assistir a um filme quando chegarmos no hotel? - Perguntei e ela concordou.
- Que filme Nialler?
- Um de terror, tipo Atividade Paranormal…
- Ah não! Eu tenho muito medo… - Ela fez biquinho e tampou os olhos. Eu ri e beijei seu pescoço.
- Relaxa linda; vou estar do seu lado.
- Prepare suas mãos Potato... E seus ouvidos! Às vezes não aguento e dou uns gritinhos. - Ri imaginando a cena e logo havíamos chegado no hotel.
A ajudei a descer do carro, passei o braço por seus ombros e entramos no elevador. Chegamos no andar reservado para nós e entramos no meu quarto. Liguei a TV, escolhi um filme de terror dos milhares que estavam ali e começamos a assistir. Perguntei a se ela queria escolher, ela respondeu que não, pois ficaria com medo de qualquer jeito. Peguei um cobertor e sentamos no sofá. Em algumas partes do filme ela me abraçava e abafava uns gritinhos. Em um determinado momento do filme, começamos a nos agarrar e não paramos mais, os beijos foram esquentando e eu já estava por cima dela no sofá, até que ela achou melhor pararmos.
- Não sei se to preparada...
- Tudo bem princesa, eu te entendo, vamos continuar a ver o filme. - Voltamos a ver o filme e eu comentei - Não estou entendendo nada!
- Por que será né Sr. Nialler? Por que será? - Rimos e ela também não estava entendendo nada. Harry me mandou uma mensagem perguntando onde nós estávamos; disse para nos encontrarmos às nove e meia no quarto dele para pedirmos pizza. Terminamos de ver o filme, fui tomar banho e foi ao quarto dela e das meninas se arrumar também.

Harry’s POV

Depois que nos separamos, entrei com no carro e peguei a estrada. Londres só era a algumas horas de New Castle e o meu plano era levá-la num cinema, eu já tinha cuidado de tudo, mandei fechar o cinema para nós dois.
- Harry? - A olhei e ela riu - Para onde está me levando?
- Logo você vai saber! - Tentei manter o mistério para tudo ficar mais mágico. Ela apenas assentiu e olhou para frente. Chegamos no shopping, estacionei o carro e abri a porta pra ela.
- Você me trouxe no shopping? Vamos morrer aqui! Uma avalanche de directioners vai tirar você de mim! - Ela bufou e eu ri - Não tem graça Harry!
- Eu sei o que estou fazendo amor, relaxa e curta o momento! - Não segurei na mão dela para não chamar atenção, mas a minha vontade era beijá-la ali mesmo, no meio do estacionamento. Entramos no shopping, que estava um tanto quanto vazio. se mostrou surpresa, mas não deu o braço a torcer.
- Ei, feche os olhos - Falei colocando uma mão nos olhos dela e segurando o braço dela com a outra. Guiei até a porta do cinema e foi muito divertido, ela tropeçava em objetos imaginários e ria a todo o momento. Paramos na porta do cinema, tirei a mão dos olhos dela. A princípio ela não entendeu, mas depois abriu a boca de tanta surpresa.
- Harry você não… Você não mandou fechar o cinema né? - Ela disse com a voz trêmula, eu assenti e ela deu pulinhos - Você é perfeito! Vive me surpreendendo - Ela me dava vários selinhos enquanto falava.
Pegamos os ingressos, pipoca e entramos na sala. Iríamos assistir Titanic, já que era um dos meus filmes preferidos. Sentamos nos últimos bancos e nos ajeitamos agarradinhos. Ficamos assim até o término do filme, menos quando chorou na parte que o Jack morre. Passamos na praça de alimentação e voltamos para o carro.
- Harry? - me cutucou antes de eu ligar o carro - Obrigada por hoje, vou lembrar pra sempre desse dia! - Ela selou nossos lábios.
- Essa era a intenção, quero que todos nossos momentos juntos sejam inesquecíveis para você, tanto quanto são pra mim! - Ela apenas apoiou a cabeça em meu ombro. Voltamos para New Castle assim, curtindo o momento. Chegamos no hotel e fomos para o meu quarto.
- E se a gente pedir pizza? Todos vão gostar; principalmente o casal buraco negro! - sugeriu.
- Achei ótimo - Dei um selinho nela - Vou mandar mensagem pros meninos e você manda pras meninas, só pra garantir.
Mandamos mensagens de texto para todo mundo, marcando pizza às nove e meia. Ligamos a TV e ficamos assistindo um seriado, esperando a galera.

’s POV

A ideia dos meninos de passar o dia ‘em casais’ me surpreendeu bastante, e acho que as meninas também… Mas mesmo assim gostei muito, passar o dia de folga com Zayn, SOZINHA, seria perfeito. Depois que saímos da lanchonete, ele me levou pra um carro e pegou a estrada.
- Nossa, até em carro vocês pensaram… - Comentei e ele me encarou, parando no farol.
- Tudo para nossas meninas! - Eu ia perguntar para onde estávamos indo, mas ele continuou - E não me pergunte para onde estou te levando, você vai saber, logo logo...
Até meus pensamentos ele estava adivinhando? Ai Jesus, era o que me faltava. Além de ser lindo, perfeito, lindo, encantador, lindo, engraçado… Eu já disse lindo? Foco , foco! Ficamos em silêncio até o carro estacionar. Paramos num lugar maravilhoso, cheio de árvores… Bem natureza.
- Espera aí! - Zayn saiu do carro, eu o olhei confusa e obedeci a ordem que ele me deu. Ele pegou uma cesta do porta-malas e abriu minha porta - Vamos pequena!
Ele entrelaçou nossos braços e me levou para dentro desse lugar. Ela bem arborizado, mas não era uma floresta; estava mais para um parque. Andamos alguns minutos até que ele parou. - Chegamos! - Anunciou jogando a cesta no chão.
- Agora pode me explicar isso Sr. Malik?
- Estamos num lugar que eu sempre gostei e que pouca gente conhece… Pensei que você gostaria de fazer um piquenique no campo, e sei lá… - Ele estava meio inseguro, mas tratei logo de colocar sua autoconfiança no topo.
- Ei, - Peguei seu queixo - Eu amo piqueniques tá legal? E prefiro ir a parques assim, a ir a cinemas e shoppings. - Ele sorriu. Não aguentei, o beijei com uma intensidade tão grande, que tivemos que parar para respirar.
- Vamos comer! - Ele falou rindo. Zayn estendeu uma toalha xadrez, vermelha e branca. Eu me senti num filme americano. Ele tinha trazido de tudo: suco, refrigerante, sanduíches, bolinhos, cupcakes, muffins…
- Nossa! Você trouxe muita coisa amor, não somos o casal buraco negro! - Ele riu e me puxou para mais perto.
- Eu não sabia do que você iria gostar…
- Desde que eu esteja com você, eu vou gostar, pode ter certeza. - Segurei sua camiseta e o beijei novamente.
Eu só tinha confessado como estava me sentindo nesses últimos dias. Ele tinha conseguido tornar minha viagem para Londres ainda mais mágica do que eu tinha imaginado. Nós comemos, guardamos as coisas (sobrou quase metade do que ele trouxe), ficamos um tempo deitados juntos e decidimos voltar. No meio do caminho recebemos mensagens de e Harry nos avisando de uma noite de pizza às nove e meia.
- Melhor chegarmos logo né? Se segura. - Depois que disse isso ele acelerou. Eu fechei o vidro do carro, se não meu cabelo ia ficar todo desgrenhado. Chegamos ao hotel em menos de vinte minutos. Eu estava meio zonza, mas foi divertido. Zayn abriu a porta do carro e me carregou até o elevador. Ele realmente me entendia, sem eu precisar dizer nada. Subimos até o quarto dele e esperamos dar o horário para irmos comer pizza.

Louis POV

Entramos no carro e estava eufórica para descobrir aonde eu a levaria, mas eu me recusava a contar. Fomos chegando perto e ela descobriu, pois era impossível não enxergar de longe:
- Um parque de diversão Lou! Meu Deus, que sonho, que... Divertido! - Ela disse eufórica, riu e me deu vários beijinhos no rosto. Parei no estacionamento e entramos no parque. Ela decidia em qual brinquedo ir primeiro quando comentou:
- Nossa Lou, ta vazio né? - Eu ri.
- Eu sei. - Ela fez uma expressão confusa, depois acho que entendeu e começou a sorrir.
- Você não fez o que eu to pensando né? Senhor Tomlinson!
- Sim, eu fechei o parque, hoje ele é só nosso! - Um sorriso se alargou em seus lábios de orelha a orelha. Sorri observando-a, era linda, fofa, engraçada, divertida, perfeita para mim. riu, agradeceu e me beijou, ficamos um tempinho ali abraçados, até que ela me soltou.
- Vamos! Ta esperando o que Boo Bear? - Saiu correndo e eu fui atrás. Fomos na roda gigante, montanha-russa, castelo do Drácula; que por sinal foi muito bom, pois ela me abraçava toda vez que se assustava; também fomos no Splash e em vários outros brinquedos, foram tantos que não me recordo. Estávamos cansados quando ela viu uma máquina daquelas de pegar ursinhos de pelúcia.
- Lou, pega um pra mim? - Aceitei, é claro! Ela me pedindo tão manhosa, tão fofinha daquele jeito, jamais recusaria... Cheguei perto da máquina. “Ótimo, como faço pra pegar isso agora? Que Deus me ajude!” Pensei. Coloquei uma ficha e comecei a movimentar o negócio na direção de um ursinho branco. Na sorte, ele caiu no buraco e veio direto para nós! começou a girar e pular de felicidade; entreguei o urso a ela, que começou a me beijar.
- Nossa; tô com fome, você também ta? - Perguntei.
- Agora que você falou eu fiquei... - Logo que ela disse isso uma mensagem do Hazza chegou no meu celular, ele falava que era pra estarmos no quarto dele às nove e meia, pois pediria pizza, também avisou que já havia falado com todos.
- Mensagem do Harry. - Mostrei a ela que perguntou o que faríamos.
- Que tal tomarmos um sorvete primeiro, depois a gente vai embora? - Já estava começando a escurecer, tomamos uma taça de sorvete juntos, trocando carinhos. Depois fomos para o carro.
- Louis, obrigada pelo dia de hoje, foi um dos melhores dias da minha vida, nem sei como te agradecer e… - Coloquei meu dedo nos lábios dela e murmurei um “shh”.
A puxei pelo pescoço e começamos a nos beijar. Eu estava sentado no banco do motorista e ela no meu colo. A coisa começou a esquentar e ela parou dizendo que iríamos nos atrasar, o que era verdade, porque o parque era meio longe do hotel. Ela sentou no banco do passageiro e fomos rindo e conversando. Ainda estávamos meio molhados por causa dos brinquedos com água. Quando chegamos no hotel ela foi para o quarto dela e das meninas tomar um banho e fui para o meu. Ela passou no meu quarto oito e meia, linda e cheirosa, ficamos jogando vídeo game enquanto não dava o horário. Aquele dia nunca sairia da minha memória!

Liam’s POV

Quando eu e os meninos combinamos de passar o dia de folga separados, logo surgiram ideias inusitadas. Niall disse que iria ao Nando’s, Zayn ao parque ecológico de New Castle; Harry e Louis foram mais além: fechariam um cinema e um parque de diversões pelas meninas. Eu passei um dia todo pensando. Me passou pela cabeça vários lugares, até que lembrei de um lugar especial pra mim, que ficava em New Castle. E não era longe do hotel, além de ser especial pra mim, só eu sabia daquele lugar, e agora apresentaria para a menina mais importante pra mim. Depois que todos foram embora, puxei minha para perto de mim e começamos a caminhar para o tal lugar. Perguntei se ela queria escolher para onde iríamos, mas ela deixou por minha conta. Quando reparou que iríamos andando, ela quebrou o silêncio:
- Não vamos de carro?
- Não - Eu ri - Mas já estamos chegando, não quero te cansar! - Andamos mais alguns minutos e eu parei, ela fez o mesmo. Tínhamos chego. Estava com saudade daquele lugar, tinha muitas árvores e embaixo de uma árvore ainda maior, existia um balanço, daqueles que casais podem se sentar juntos. Observei e tentei decifrar suas expressões, a princípio, pensei que ela não tivesse gostado.
- Liam, eu… - Ela começou a falar e eu a encarei - Esse lugar é… lindo! Eu sempre sonhei em ver um balanço desses!
- Eu imaginei que você fosse gostar, assim como eu gosto - Segurei as mãos dela - Os meninos foram para Londres com as meninas, mas como você é diferente, sabia que esse era o lugar perfeito - Fiz uma pausa e ela assentiu para que eu continuasse - Esse lugar é especial pra mim, todas as vezes que eu me aborrecia com alguma coisa, vinha pra cá, já que era longe de Londres, pra colocar a cabeça no lugar sabe? - Nós rimos. - Além de mim, só você sabe sobre isso aqui!
- Nossa, eu… Nem sei o que dizer - Ela fez uma pausa, puxou nossas mãos contra o peito - Fico honrada em saber disso, que… Eu sou especial pra você, assim como você é pra mim! Quero que você saiba que esses últimos dias ficarão eternizados na minha memória… - Depois que ela disse aquilo eu só tinha uma certeza: queria puxá-la para mim e ficar ali com ela, pra sempre. Segurei sua cintura e a beijei.
- Ei, agora vamos no balanço! - Falei no meio do beijo e ela se surpreendeu.
Peguei-a no colo e a levei até o balanço, ela ria e dava socos em meu braço. Sentamos no balanço e ela gostou muito, até tirou algumas fotos nossas. Ficamos ali à tarde conversando, até que ela dormiu no meu colo. Ela ficou duas horas dormindo e eu só a observei, olhando cada traço de seu rosto. Acordei-a 17h00 pra irmos comer algo.
- Liam, você ficou ai o tempo todo? - Eu assenti - Que lindo! - Ela me beijou e confessou que estava mesmo com fome. Passamos numa sorveteria e fomos para o hotel. Subimos para o meu quarto e assistimos a um filme: Toy Story, e ainda foi ela quem escolheu. Que perfeita! Depois que o filme acabou e estava indo para o quarto das meninas, recebemos uma mensagem de Harry e , avisando que comeríamos pizza às nove e meia. Conversamos mais um pouco até dar o horário e 21h32 estávamos na porta do quarto de Harry, prontos para comer pizza.

’s POV

Logo estávamos todos no quarto de Harry comendo pizza, conversávamos e ríamos bastante. Boo Bear contou que ficou com medo de não conseguir pegar o ursinho para e deixá-la triste. Ela disse que o que importava era a companhia dele e blá blá blá.
- Chega desse love casal! Que tal jogarmos alguma coisa? - Niall mudou de assunto do nada.
- Pode ser, mas o que vamos jogar? - comentou.
- Querem jogar vídeo game? A gente escolhe um jogo ou assistimos a um filme de terror! - Harry sugeriu.
- Filme! Filme! - dava gritinhos e no fim todo mundo concordou.
Nem mencionei que tinha acabado de assistir um filme pra não estragar o momento confraternização do povo; além do mais, comer assistindo filme é bem mais legal do que comer jogando algum jogo. Mas como era de se esperar, a bipolaridade começou na hora de escolher o filme, então a gente separou os melhores e Zayn sorteou um: “Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2”. e eu demos pulinhos, mas todo mundo pareceu gostar. , Harry, Louis e sentaram na cama; Zayn e numa poltrona, enquanto Liam e sentaram em outra (aliás, eles estavam bem felizes, desde quando chegaram do ‘encontro’ estão assim, nas nuvens); eu e Niall sentamos no chão mesmo. A gente tentava se concentrar no filme, mas o Louis não deixava, acabou que ninguém prestou atenção, além de todo mundo saber o final. O filme acabou 01h15 da manhã e todo mundo tava bem cansado.
- Acho melhor irmos dormir, to com sono Potato! - Falei para Niall, mas disse alto o suficiente para que todos ouvissem.
- É melhor mesmo! Então podem ir, vou dormir aqui, suas lindas! - bocejou.
- Nada disso, amanhã volta a ser como a antes, a folga acabou meu amor! Vamos dormir no nosso quarto, acordar cedo e gravar os meninos acordando, já que não pegamos na câmera desde que chegamos nesse hotel! - despejou tudo de uma vez. Todos suspiraram e Liam a fitava. - Isso é realmente necessário, você sabe - Ela o abraçou e ele assentiu.
Nos despedimos dos meninos e cada um seguiu para seu respectivo quarto. Quando me despedi do Niall, quase corri para seu quarto e me tranquei lá, mas só lhe dei um beijo de boa noite. Além do mais, eu e as meninas PRECISÁVAMOS colocar as fofocas em dia. Entrei no quarto e todas já estavam em suas camas.
- Amém Senhor, agora podemos fofocar! - suspirou - Como foi o dia de vocês?
Depois da típica confusão de sempre; contou que Harry fechou o cinema só pra eles, logo rebateu, dizendo que Louis foi melhor fechando o parque de diversões. falou que ela e Zayn fizeram um piquenique num parque ‘tipo o Ibirapuera’, e quando me perguntaram eu disse que fomos ao Nando’s.
- O Niall te levou num restaurante? Bem a cara dele! - comentou e nós rimos - Mas e você , pra onde foi?
- Nós nem saímos do hotel! - Ela nos olhou e viu nossas expressões de surpresa - Ele me levou pra um lugar especial, que só nós dois sabíamos a localidade - Ela suspirou e olhou para o teto, parecia que queria lembrar de algo - Ele me disse coisas tão lindas… E não , não vou falar o que ele disse!
- , posso te falar uma coisa? - A interrompi e ela assentiu - VOCÊ TA APAIXONADA UHULES - Joguei uma almofada nela. Ela corou e nós rimos.
- Bom galerinha, fofocas em dia! Agora vamos dormir que amanhã o dia de Amélia começa cedo - nos advertiu apagando seu abajur - Boa noite suas lindas!
- Boa noite! - Respondemos em coro.
Tentei dormi, virava de um lado, de outro, mas estava sentindo falta dele. Meu celular vibrou: era o Niall.
“Ei princesa, tô com saudade! Amanhã cedo nos vemos tá? Boa noite xx”.
“Vai dormir potato, tá tarde haha Bem cedo vou te filmar ai ok? Boa noite xx”.

Depois que recebi a SMS dele, fiquei mais tranquila e só não dormi tão rápido por causa dos roncos da .

’s POV

Harry era maravilhoso, havia fechado um cinema só para nós! Durante o filme mais nos beijamos do que prestamos atenção. Ele dizia coisas lindas para mim, não queria que aquele momento acabasse nunca. Sugeri que pedíssemos uma pizza e ele concordou. Às 21h40 já estavam todos comendo pizza e conversando. Após comermos, fomos assistir Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2, mas ninguém prestou muita atenção por causa de Louis que não parava quieto. Às 01h15 o filme acabou e eu e as meninas fomos para o nosso quarto enquanto cada menino ia para seu respectivo, pois no dia seguinte voltava toda a rotina. Fofocamos bastante sobre os encontros no quarto, eu estava gostando muito de Harry, ele fazia meus pensamentos ficarem confusos, minha cabeça girar só de estar ao meu lado, sem contar como é sexy né? Fomos dormir e eu fiquei um bom tempo pensando em Harry antes de cair no sono. me acordou umas 2h45 dizendo que eu estava roncando e que era melhor eu parar, pois ela queria dormir. Acordei no dia seguinte com me cutucando; todas já haviam levantado, menos eu e , que estava sentada na cama com os cabelos bagunçados tentando levantar. Nos trocamos e nos arrumamos, aquele bendito uniforme me incomodava de uma forma…
- Bom - pegou uma câmera - Vamos começar logo com isso! Temos que gravar eles no quarto, tomando café da manhã e indo pro ônibus, ê beleza!
- E depois de gravar tudo isso, vamos TODAS para o trailer editar TUDO que gravamos até agora e mandar para o Brasil, lá eles vão juntar tudo e blábláblá - completou. Pelo que eu estava vendo, não veríamos os meninos tão cedo, se desse trombaríamos com eles de noite.
Pegamos os equipamentos e fomos gravar. Para nossa sorte, todos eles já tinham levantado e estavam devidamente trocados. Foi um sacrifício gravar tudo sem sequer tocar nos meninos, mas conseguimos. Fomos para a lanchonete, gravamos a chegada deles, desligamos a câmera e depois nos juntamos para tomar café juntos.
- Cara, eu não aguento mais esse negócio de vocês serem profissionais… - Louis comentou sério, para a nossa surpresa.
- Relaxa, é só até o fim da turnê Louis, fica de boa! - riu.
- SÓ ATÉ O FIM DA TURNÊ? Falta mais de um mês pra turnê terminar, Jesus!
Terminamos de comer e voltamos para o ônibus. Os meninos (e nós também) ficaram mega chateados quando souberam que íamos nos separar. Gravamos a entrada do ônibus e fomos para o trailer. e se jogaram nas camas, enquanto e ligavam os computadores e eu ia procurando os cabos USB.
- Ai, sabe que eu concordo com o Louis? Nós trabalhando com eles tá meio estranho, sei lá - suspirou.
- Sério que você ta falando isso? - PRONTO, A VAI COMEÇAR UM SERMÃO - Porque apesar de eu achar que essa é a chance da nossa vida e tudo mais, eu também não to muito confortável com isso…
- O QUÊ? - Eu tinha que falar - Nossa, a nossa mamãe esta com febre? Ou tudo isso é culpa do Liam?
- Para de ser assim - Ela riu - Só comentei… Mas vamos logo começar isso aqui.
Tínhamos quase quatro horas de filmagens pra editar, faríamos revezamento. Voltaríamos a ver os meninos só no show e ainda daquela cabine bendita. Estava rezando para que pelo menos pudéssemos dormir juntos, igual da outra vez. O ônibus se dirigia para o Newcastle City Hall e ficaríamos a tarde toda até a hora do show editando filmagens, empolgante não?

Zayn’s POV

Eu não aguentava mais essa rotina das meninas, não conseguia vê-las como profissionais; principalmente . Não podia abraçá-la, beijá-la, isso era muito difícil tanto pra mim quanto para os meninos. As meninas nos filmaram e avisaram que ficariam a tarde toda editando os vídeos, pois teriam que mandar logo para o Brasil. Eu e os meninos ficaríamos a tarde toda sem elas.
- Que tal aproveitarmos para colocarmos o papo em dia enquanto estamos sozinhos? - Harry sugeriu e concordamos.
- Eu começo! - Liam gritou e rimos. - Bem, levei a num lugar muito especial para mim, conversamos, tomamos um lanche e...
- Se pegaram, eu sei. - Louis disse e rimos. - Poxa Liam, sou casado com o Harry, mas você era meu amante.
- Awn Louis, ainda podemos sair. - Liam e Louis olhavam um nos olhos dos outros e Niall não se aguentava. - Enfim, foi perfeito... A é perfeita, já me assumi como apaixonado.
- Awn que coisinha mais fofa esse Liam! Agora é minha vez… - Harry começou a falar - Bem, eu fechei uma sala de cinema e assisti Titanic com a , foi mágico, apesar de não prestarmos muita atenção no filme... - Rimos – Ah, a é maravilhosa, linda, inteligente, tem um sorriso lindo além de um corpo perfeito e...
- Pode pular essa parte viu? Ninguém quer saber a não ser você… - Niall falou e começamos a rir. Ele começou a contar do seu encontro com , os meninos começaram a falar sobre os encontros e eu não conseguia parar de pensar em . Pensei naqueles olhos castanhos maravilhosos, naquela pele morena, o cabelo castanho que balançava de acordo com o vento, ela era linda! Perfeita para mim, estava preso em meus pensamentos quando...
- Zayn! Zayn! Acorda DJ Malik! - Louis me chacoalhava.
- Ahn? - Eu perguntei e os meninos gritaram.
- Ele tá vivo! - Boo Bear fazia uma algazarra e os meninos gritavam ainda mais. - Tava pensando na que eu sei né? - Sorri bobo.
- TÁ APAIXONADO! - Eles repetiam em coro, pulavam e giravam em torno de mim. Ela havia dominado meus pensamentos. A algazarra era tanta que as meninas deveriam ouvir do trailer. O interfone tocou e eu atendi, os meninos não paravam de berrar:
- Alô? - Era .
- Pizzaria, o que deseja? - Os meninos explodiram em gargalhadas e eu me segurava para não rir alto.
- Boa tentativa DJ Malik! - Rimos - Que diabos vocês estão fazendo ai que ta essa gritaria?
- Ah não é que... - Niall tomou o interfone da minha mão.
- Alô? Quem é? - Dava pra ouvir as risadas de do outro lado e as meninas perguntando o que estava acontecendo. Eu lutava para pegar o telefone, mas Niall não permitia, ficava pulando igual um duende.
- É a
- É que o Zayn tava pensando em você e todo mundo achou que ele tava morto, porque ele não piscava e não respondia a gente! Você o enfeitiçou?
- O quê? - Ela disse rindo e eu tomei o interfone.
- Oi , é o Zayn de novo, o Niall pegou o interfone e...
- Tava pensando em mim é DJ Malik? - Ouvi as meninas gritarem “Hmmmmm” no fundo e eu ri.
- Tava sim. Você tem me deixado assim. To com saudades.
- Também estou, logo o ônibus para e a gente mata a saudade.
- Aguardo ansiosamente. - “Dá pra parar com essa boiolice na nossa frente? Guardem os detalhes casal.” berrou e rimos.
- Só liguei pra saber se estava tudo bem, tava a maior gritaria ai…
- Ta tudo bem sim linda, até daqui a pouco… - Ela se despediu, mandamos beijos e desligamos. É, agora é tarde demais para fugir.

’s POV

Estava a maior algazarra no ônibus dos minos. ligou lá e não conseguia parar de rir durante a ligação. Quando desligou nos contou tudo e rimos bastante. Logo chegamos no Newcastle City Hall e fomos arrumar os detalhes do show. filmaria os meninos de perto; escondida atrás da cortina e nós filmaríamos o resto da cabine. Eu e fomos para a cabine, enquanto e terminavam as edições e instalava as câmeras atrás das cortinas. Tinha muito material pra levar, o show era só às oito, e ainda eram cinco, se fossemos rápidas, dava para ver os meninos.
- Ai, ai - resmungou colocando uma última caixa em cima de uma cadeira – Cansei, vaca! Fomos e voltamos do ônibus três vezes - Nos sentamos num pufe.
- EAI GALERINHA! - entrou com toda feliz na cabine - Terminamos as edições, pela graça do Senhor! - Nós rimos
- Nossa! Aqui tá bem ajeitadinho... E a já acabou lá? - perguntou e nós dissemos que não. O meu telefone tocou: era !
- ? Não morre mais fia estávamos falando de você! - Confessei.
- Sério? Bem ou mal?
- Bem né, cabeção! Mas e ai, tu ta onde?
- Então - Ela fez uma pausa - Terminei de arrumar os cabos e ainda temos quarenta minutos até o show, o Boo Bear veio aqui e tá chamando a gente pra comer alguma coisa no camarim, ai a gente aproveita e grava lá também!
- NOOOOOOSSA, VOCÊ ESTÁ USANDO O CÉREBRO! - Ela riu com o meu comentário - Estamos indo pro camarim, nos vemos lá! Beijo!
Desliguei o telefone e eu e as meninas seguimos para o camarim. O show já estava enchendo, todos os ingressos foram vendidos e era bom tomarmos cuidado para que ninguém nos visse com os meninos. Entramos no camarim e eu fui direto abraçar meu Louis, quanta saudade eu tava dele!
- Que saudade pequena - Ele me rodopiou - Nunca mais vou ficar tanto tempo sem te ver! - Dei um selinho nele.
e Niall já estavam comendo, e Harry foram dar uns pega numa salinha, Zayn brincava com o cabelo de e estava deitada no colo do Liam. Desde o dia dos ‘encontros’ eles estão in love, só rosas. Aconteceu algo lá que a quis deixar oculto, mas eu ainda vou descobrir. Parei de pensar em romances alheios e fui conversar com o Boo Bear.
- E ai, está nervoso amor? - Perguntei mexendo no cabelo dele.
- Sabe - Ele pegou na minha cintura - Estou sim, mas bem pouco, porque você vai estar lá pra me ver! - Nos beijamos. Nossa rotina estava tão puxada, que eu quase tinha me esquecido do quanto era bom ficar sem fazer nada com ele, mas só pra variar, alguém nos interrompeu:
- E AI SEUS LINDOS - berrou no nosso ouvido. - Hora de ir, sinto muito! - Ela apertou minhas bochechas e todos riram.
Nos despedimos dos meninos e eu, , e fomos para a cabine; ficou atrás das cortinas.
- ISSO! ME ABANDONEM! - Ela gritou e nós rimos, não dava pra ouvir quase nada, as directioners já tinham tomado conta do espaço - Eu to com medo dessa gritaria gente!
Acenamos para ela e seguimos para a cabine. Ainda bem que era a prova de som!

’s POV

Aquilo tudo estava me sufocando. Sabe, eu sempre quis ir para o exterior fazer um trabalho que mudaria minha vida e esse era meu momento! Um documentário com a boyband do momento era tudo que eu poderia desejar… Só que eu acho (tenho certeza, só quero me enganar) que estou apaixonada pelo Liam, ótimo ! Eu me preparei tanto para isso não acontecer. Tanto! Mas me deixei levar e espero não me arrepender dessa escolha. Não consigo mais imaginar minha vida sem ele e ponto. Depois da edição, encontramos as meninas e seguimos para o camarim. Deu pra matar um pedacinho da saudade do Liam, mas logo tivemos que sair: os gritos das directioners anunciavam que a hora do show estava chegando. Seguimos para a cabine e fiquei com dó de deixar sozinha filmando o palco, mas era necessário. Entramos na cabine; e foram ligar a câmeras e eu e ligamos os microfones.
- Agora vamos ficar quietinhas, senão os microfones pegam o áudio! - nos advertiu e nós assentimos. Passamos o show inteiro assim: num repleto silêncio. Só voltamos a falar quando o show acabou.
- AI JESUS, NÃO AGUENTO FICAR QUIETA POR MUITO TEMPO, AMÉM - exclamou e nós rimos de sua expressão. A vantagem era que não precisávamos fazer quase nada, já que teria show lá amanhã novamente, então somente pegamos nossas coisas pessoais e fomos nos encontrar com os outros perto do ônibus. Chegamos e só estava lá, sozinha de braços cruzados, quando nos viu, ela correu em nossa direção e nos abraçou.
- AI CARA! DA PRÓXIMA VEZ QUERO IR COM ALGUÉM, É RUIM FICAR SOZINHA! - Ela resmungou igual uma criança de cinco anos.
- Eu vou com você então, relaxa - a tranquilizou e nós rimos.
- ABRAÇO EM GRUPOOOOOOO! - Louis surgiu do nada nos abraçando, quase nos espremeu - Eu me emociono com esses momentos família - Ele completou numa voz chorosa e todo mundo gargalhou dele.
- Sem querer estragar o memento de vocês - Liam fez uma pausa e Louis parou de fazer palhaçadas - Como vamos fazer? Sei que dormir separados esta fora de cogitação!
- Isso mesmo Daddy - Harry concordou - Dessa vez, eu e você vamos pro trailer, já que Zayn e Niall já foram - Agora ele falou com Louis - DÁ PRÓXIMA VEZ É VOCÊ TÁ?
- O bom é que o ônibus nem vai andar, já que temos show aqui de novo amanhã, então estamos de boas. - Zayn confessou um suspiro - Bom, agora vamos repousar meu povo, estou quebrado!
Nós rimos e fomos para nossos ‘aposentos’. Conforme o combinado, o casal buraco negro, Zayn, , e Louis foram para o ônibus. e eu conduzimos Liam e Harry até o trailer.
- Gente, é pequeno, mas é arrumado! - comentou abrindo a porta.
- Nossa, é realmente pequeno aqui amor! - Harry concordou.
- Eu não ligo, já que estou contigo… - Liam sussurrou no meu ouvido para que só eu ouvisse. Senti meu rosto corar.
Harry já tomou conta da cama de casal e o acompanhou. Liam e eu nos jogamos numa cama de solteiro.
- Vem , vamos nos trocar! Já voltamos, esperem! - Ela advertiu os meninos.
- Não vou fugir, relaxa! - Harry falou se espreguiçando na cama.
Entramos no mini banheiro e nos trocamos, foi difícil, mas conseguimos. Quando saímos, Harry e Liam também já estavam trocados.
- Vocês são ágeis! - Comentei e todos riram - Agora vamos dormir ok? DORMIR! Porque amanhã tem show; e vocês já sabem né? Boa noite meus amores!
riu e Harry corou, os dois murmuraram um ‘boa noite’ e se viraram para o outro lado, de conchinha. Liam ergueu o edredom e eu deitei ao lado dele. A cama tinha o tamanho certo para nós, mas ficamos tão próximos que até sobrou um pouco de espaço.
- ? - Ele me chamou e eu virei para olhá-lo - Quando tudo isso acabar, teremos todo tempo do mundo pra curtir ok? Eu prometo!
- Tenho certeza que sim! Isso é só uma fase - Ele riu educadamente - Agora vamos dormir, as directioners me matam se você aparecer no show de amanhã indisposto! Boa noite.
- Boa noite Mom! - Ele me deu um selinho e eu virei de costas.
Liam realmente sabia dizer tudo que eu queria ouvir, depois do que ele afirmou, fiquei mais tranquila e dormi bem rápido.

Niall’s POV

As meninas ficaram com a gente no ônibus, foi bem divertido. trocou de roupa e deitou de conchinha com Zayn, logo os dois apagaram, não acordaram nem com a algazarra de Louis e . Mas esses dois deitaram e sobraram apenas eu e . Fizemos nosso lanche da madrugada e fomos dormir. Faríamos um show no mesmo lugar no dia seguinte, o que era bem melhor, pois estávamos ali do lado né?
- Boa noite meu potato - Aquele sorriso me matava, não via a hora de passarmos mais tempo sozinhos.
- Boa noite minha princesa. - Nos beijamos e deitamos, eu a abracei e logo apaguei.
Acordei com o sol em meus olhos. Estava tão cansado noite passada que tinha me esquecido de fechar as cortinas. Olhei no meu celular e já era 11h00, bufei e ouvi um riso.
- Tá acordada já potato? - me olhava enquanto eu falava.
- Faz uns minutinhos - Ela fez uma pausa e se aproximou - Tava te olhando!
- Ei - Dei um selinho nela - Devia ter me acordado, já são onze horas e temos que passar o som ainda! Tá todo mundo dormindo?
- Sim, estão dormindo feito pedra. - Ela riu - A gente podia comer e depois acordar geral! Assenti e assim, eu e , seguimos para a ‘cozinha’ do ônibus. Era uma salinha a prova de som (coisas do Louis) com algumas comidas e uma mesinha. fez dois sanduíches e serviu dois copos de suco, comemos bem rápido, já que tínhamos muitas coisas pra fazer. Estava indo acordar todo mundo quando ela me puxou pelo braço.
- Niall? - Eu a olhei e ela me encarava - Quando tudo isso acabar, promete que vamos aproveitar nosso tempo juntos?
- Prometo - Nós sorrimos - Isso já tá mais do que claro! - Ela foi chegando mais perto e nos beijamos. Tudo estava ficando mais quente, mas tem que aparecer alguém pra atrapalhar.
- BOOOOM DIA COISAS LINDAS - Louis e apareceram na porta, mas logo mudaram o semblante - Estamos atrapalhando? - Nós quatro rimos.
- Não! Já íamos acordar vocês meus amores - respondeu ainda abraçada comigo.
- Iam sim, sei - Louis falou em tom irônico - Mas eai, tá na hora do almoço já! Vou ligar pro trailer e vocês acordam o Zayn e a tá?
bagunçou o cabelo de Lou e me puxou para irmos acordar o casal pedra, porque quando eles dormiam; ninguém conseguia acordar. abriu as cortinas, tirou o edredom de cima deles e eles continuavam intactos.
- BOOOOOOOOOM DIA FLORES DO DIA! ACORDAR COM A ANINHA É UMA ALEGRIA - berrou, sacudindo os dois que logo despertaram. Bom, despertaram ‘daquele jeito’, mas acordaram. Em uma hora, todos estavam do lado de fora, indo almoçar.

Harry’s POV

Sonhei que estava num campo com a , aí começou a tocar uma campainha. Isso ficou mais intenso até que acordei. Notei então que o barulho vinha do interfone, me espreguicei, levantei com cuidado para que não acordasse e atendi.
- Alô? - Falei com a voz fraca.
- BOM DIA MEU AMOR! Me traiu essa noite? - Louis estava todo alegrinho do outro lado da linha, pude ouvir um ‘Como assim Louis?’ da e eles rindo.
- Não, não te trai, relaxa! - Nós rimos. Esse Louis conseguia me fazer rir de manhã, com sono - Mas eai, porque me ligando tão cedo?
- Cedo Sr. Styles? São onze da manhã!
- O QUÊ? - Não impedi que minha voz saísse alta - Vou acordar o povo aqui e nos encontramos lá fora em uma hora, vamos direto almoçar, tá?
- Ok capitão, esses são os planos! Nos vemos logo logo - Ele desligou.
Olhei para que dormia intensamente, Liam e já tinham acordado e ela já tinha ido se arrumar.
- Bom dia Daddy! - O abracei e ele apenas sorriu, com sono. Fui acordar , me deitei ao lado dela, dei alguns beijos em seu pescoço.
- Para Harry, tô com sono - Ela dizia com os olhos ainda fechados.
- Ei amor, já são onze da manhã! Acorda e se arruma para irmos almoçar.
- JÁ SÃO ONZE? - Ela acordou num pulo e eu gargalhava - Não tem graça nenhuma Styles, tenho que trabalhar - Ela dizia pegando seu uniforme e batendo na porta do banheiro – , SUA PUTA, ANDA LOGO!
- Relaxa amor, temos uma hora pra se arrumar - Eu e Liam rimos e ela se sentou na cama.
- Me avise da próxima vez ok? Tava quase surtando!
logo saiu do banheiro, foi se arrumar enquanto eu e Liam arrumávamos as camas. Não porque somos pessoas organizadas (eu não sou), mas é que se ficasse uma baguncinha naquele trailer, não tinha espaço para sentar o se movimentar. Terminamos de nos arrumar e descemos. Louis, Zayn, Niall, , e já estavam nos esperando.
- Até que enfim! Pensei que não iam mais descer desse trailer - comentou.
- Bom dia pra você também, linda - ironizou.
- HORA DE DIZER TCHAU AO MAU HUMOR MATINAL MENINAS - disse saltitante.
- Foda-se o mau humor, eu quero comer! - confessou e nós rimos. Decidimos pedir comida italiana e comer no Newcastle City Hall mesmo. Seguimos para o camarim e a comida não demorou a chegar, pois pedimos com urgência.
- O que vamos fazer hoje? - Zayn perguntou enfiando uma garfada de macarrão na boca.
- Bom - começou - Terminando o almoço, temos um tempo livre e então temos que arrumar os equipamentos e descarregar as filmagens de ontem - Ela respirou - Aí já vão ser umas sete, temos que gravar vocês antes de show e aí teremos uns minutinhos, igual ontem pré-show.
- Nossa... Quanta coisa! Ainda bem que só temos que passar o som e escolher o figurino - Louis comentou de boca cheia e recebeu um tapa de .
- Aí, amanhã vamos acordar cedo e pegar o avião pra Irlanda! - completou.
- Nem acredito que vou pra Irlanda, quantas saudades! - Niall confessou.
- Eu quero conhecer lá, deve ser legal! - comentou e virou alvo de olhares maliciosos.
- POR QUE SERÁ QUE VOCÊ QUER CONHECER LÁ? “Deve ser legal”? - disse a imitando - Você gosta dos homens de lá, isso sim - Nós rimos e Niall corou.
Terminamos o almoço, ficamos um tempo jogando conversa fora, mas logo Paul entrou no camarim nos avisando que tínhamos passagem de som. Nos despedimos das meninas e fomos ensaiar.

’s POV

Os meninos foram ensaiar e fomos editar os vídeos. Cada minuto que passávamos sem eles era uma tortura. Lembrei-me de quando falávamos que não nos apegaríamos a eles, que eram modinhas e metidos. No fim, acabamos nos apegando, e eu estou num “rolo” com um deles... Ri com esse pensamento.
- Ta rindo de que palhaça? - Essa me ama, meu Deus.
- To rindo de quando falávamos que não nos apegaríamos aos meninos e pensar que hoje cada uma tem um rolo com um…
- Verdade né? Me surpreendo com a que queria trabalhar, trabalhar e trabalhar... - comentou e logo todas estavam conversando.
- Não tem como não se apaixonar pelo Louis! Ele é fofo, lindo, ai gente. - suspirava de amores. É, todas já estão amarradas. Ficamos 1 hora conversando e quando vimos já estávamos atrasadas.
- MEU DEUS, PRECISAMOS IR PARA O SHOW! - Gritei e o trailer ficou menor do que já é.
As meninas começaram a correr no trailer feito cinco idiotas, vestindo os uniformes. tentava andar e vestir os jeans ao mesmo tempo, escovava os dentes, arrumava o cabelo, colocava o tênis e eu passava a maquiagem. Nos arrumamos em 5 minutos, tempo recorde! Saímos correndo feito loucas. Chegamos no camarim e os meninos sorriram aliviados.
- Achei que iriam nos abandonar! - Niall falou.
- Nunca! - Uma ofegante balbuciou, apoiada em meus ombros.
- Não sinto minhas pernas! - comentou e rimos. Louis levantou correndo do sofá, a pegou no colo e a colocou no sofá, eles ficaram trocando carinhos e revirou os olhos. Eu estava morrendo de sede.
- Água, eu quero água! - Falei e pisquei, quando abri os olhos, Zayn estava na minha frente com uma garrafa de água. - Nossa, que garoto eficiente! Muito obrigado Sr. Malik! - Tomei a garrafa de suas mãos e bebi um pouco mais que a metade.
- Nossa senhora! Quer mais? - Zayn sorriu e eu ri.
- Não, já está bom assim… - e Niall comiam jujubas, Niall jogava algumas pro alto e as pegava com a boca, tentava fazer o mesmo, mas não conseguia. Casal buraco negro representando. e Harry conversavam; ele sussurrava coisas inaudíveis no ouvido dela que ria e corava, esse dois! ria de alguma coisa que Liam contava, tentava ensinar Louis a sambar e ria da “bela” performance do garoto. - E você, quer alguma coisa?
- Quero você. - Ele me puxou para um canto e começamos a nos beijar. Paramos com alguém batendo na porta. Era Paul, o armário. No começo eu e as meninas ficamos com medo dele e o apelidamos por causa do seu tamanho de gigante do pé de feijão.
- Meninos, hora de vocês irem, o show já vai começar!
- Tudo bem Paul, estamos indo. - Liam respondeu e os meninos se despediram de nós.
- Bom show meu anjo. - Sussurrei no ouvido de Zayn e ele ma abraçou mais forte ainda quando disse essas palavras.
- Obrigado, boa filmagem MINHA pequena. - Ele enfatizou o “minha” e me deu um beijo rápido. Os meninos seguiram o caminho do palco, as meninas foram para a cabine, menos eu, que filmaria de trás da cortina. Me ajeitei lá e logo o show começou, me segurei ao máximo para não cantar e gritar, senão sairia tudo na filmagem. Logo o show terminou, encontrei as meninas e ficamos esperando os meninos no ônibus.
- Qual o esquema hoje? - Harry foi o primeiro a subir no ônibus. - Podemos fazer assim: eu, Liam, Harry, , e Louis ficamos aqui no ônibus e , Zayn, e Niall vão para o trailer. - Concordamos e seguimos ao trailer. Eu e trocamos de roupa no banheiro com muito esforço, enquanto Zayn e Niall se trocavam no ‘quarto’. e Niall dormiram em cinco segundos, milagre que não comeram alguma coisa! Zayn me abraçou e dormimos.

Capítulo 7 - Trust me!

Louis POV

Dormimos no ônibus enquanto DJ Malik, Nialler, e dormiram no Trailer. Acordei dez horas no dia seguinte, com o ônibus em movimento. Estávamos indo para o aeroporto, a próxima para era na Irlanda! Terra de Nialler. Ele não parava de falar nisso, estava com muitas saudades da família. Olhei para que murmurava coisas impossíveis de se entender, ri da cena e a acordei com beijinhos. Perguntei ao motorista quanto tempo nos restava, ele disse que tínhamos uma hora e meia até o aeroporto. Liguei no trailer, acordei o pessoal enquanto acordava os outros.
- Bom dia meu bebê. - apertou minhas bochechas e me beijou.
- Bom dia meu amor! - Hazza me abraçou de cueca e tampou os olhos.
- Sai daqui Haroldo! Vai desfilar de cueca pra … Ô ! Fala pro seu namoradinho se trocar! - “Vem cá Harry!” gritou, ”chutei” Harry para ao encontro de .
- Pode abrir os olhos meu amor, agora sou eu. - riu e distribui vários beijinhos eu seu rosto.
Logo todos estavam vestidos. O motorista parou o ônibus, , e foram para o trailer e Niall e Zayn vieram para cá. Teríamos que arrumar nossas roupas e as meninas também. O interfone começou a tocar e era . Ela nos disse que iríamos entrar por trás do aeroporto, mas que mesmo assim haveria fãs. Explicou que ela e as meninas iriam entrar primeiro e nós entraríamos depois, para não criar uma confusão. Chegamos ao aeroporto, olhamos pelas janelas do ônibus e vimos as meninas passando por trás das directioners sem nem serem vistas. A porta do ônibus abriu e os gritos aumentaram. Amo nossas fãs, para mim são as melhores fãs do mundo. ”São eles” uma delas gritou e os gritos aumentaram muito mais. Saímos cercados de seguranças e passamos com certo esforço pela multidão de fãs, tentamos falar com todas, tirar fotos, dar autógrafos, mas nem sempre é possível. Iríamos num jatinho particular da MTV, junto com as meninas, uma equipe da MTV e . Logo o avião já havia levantado voo e seguíamos a terra de Nialler. Estávamos super cansados, dormir no ônibus ou no trailer não era tão legal.
- Vocês ficaram próximos né? - comentou e deu um risinho.
- Ficamos, até tentamos não nos apegar. - Harry comentou. Aquela era super estranha.
- Boo Bear, vamos jogar vídeo game? - fez biquinho e fomos jogar Guitar Hero. Na primeira rodada ela ganhou por pouco de mim.
- Deixei você ganhar! - Falei e ela me deu um soquinho no ombro.
- Sei, não quer admitir que jogo melhor que você!
- Ah é? Então deixa eu escolher a música! - Rimos e continuamos a jogar.
Observei o que os outros estavam fazendo: e Niall olhavam um livro de receitas brasileiro, Nialler escolhia receitas que gostaria que preparasse; e Harry olhavam a vista pelas janelinhas do avião; mostrava umas fotos dela e das meninas no Brasil para Liam, que estava roxo de tanto rir; cochilava apoiada em Zayn, que cochilava apoiado nela, que cena adorável! Chamei o pessoal e mostrei a cena. Os dois não acordavam de jeito nenhum, o avião podia cair e eles nem ligariam. Passamos maquiagem na cara deles e jogamos blush no topete de Zayn. Ele ficaria possesso quando acordasse, mas iria ser engraçado. Depois de algumas horas acordou. Passou a mão no rosto e logo em seguida observou as mãos, vermelhas de batom. Se olhou no espelho:
- Porra! Não se pode nem dormir em paz mais! Que saco vocês! - Entrou no banheiro e bateu a porta. Ficamos espantados com a reação da baixinha.
- Relaxa gente, ela acabou de acordar! É assim mesmo, daqui a pouco ela volta rindo. - comentou e respiramos aliviados.
- Ainda mato vocês. - Zayn disse num tom ameaçador, bateu na porta do banheiro. viu que era o DJ, fez sinal com a mão para que ele entrasse. Após alguns minutos eles saíram limpos, linditos e sorridentes.
- Eu avisei. - falou e rimos.
Após mais algumas horas conversando e rindo chegamos à Irlanda. Várias fãs já nos aguardavam no aeroporto, fizemos o mesmo procedimento da ida e logo estávamos na van indo para o Hotel. foi conosco na van, Paul foi no banco da frente, pois se ele fosse atrás, alguém ficaria em pé. Chegamos ao hotel, dei um beijo em sem ninguém ver e cada um foi para o seu quarto tomar banho e se organizar.

Liam’s POV

Chegamos bem cansados na Irlanda, mas chegamos cedo, essa foi à vantagem. No dia seguinte tínhamos folga e só depois teríamos show. Nos separamos das meninas para que elas pudessem se organizar e tudo mais, mulheres… Elas trouxeram várias malas, isso porque disse que deixaram muita coisa no ‘apartamento’ delas. Depois de duas horas, nossas meninas chegaram.
- OI SEUS LINDOS! - como sempre super animada.
- Para de iludir os meninos - fez piada e nós rimos.
- Eu sei que sou maravilhoso, - Louis falou fazendo charme e levou um tapa da , logo os dois estavam se abraçando.
Eram 15h00 e queríamos aproveitar todo o tempo que tínhamos. Eu e os meninos planejamos aquela tarde fazia uns dias. Teríamos uma ‘noite de presentes’.
- Ei, temos uma coisa pra falar pra vocês! - Niall comentou e olhou espantada pra ele.
- Agora? - Zayn perguntou e nós assentimos. As meninas estavam confusas, eu adorava fazer surpresas. – Bom, meninas, - Ele prosseguiu - Eu e os meninos pensamos em fazer uma ‘noite dos presentes’ hoje!
- Como assim Sr. Malik? - indagou.
- Eu explico - Tomei a frente - É tipo um amigo secreto, só que nós sabemos quem todo mundo tirou - Elas ficaram mais confusas ainda - Calma! É só comprar um presente bem legal pra quem você gosta e depois a gente faz a troca de presentes juntos.
- AAAAAAAAAAH, acho que eu entendi - falou alto, assustando todo mundo - Eu compro um presente pro Harry e ele pra mim, é isso?
- Sim, cada um compra um presente especial pra quem gosta... Claro que pode dar pra mais de uma pessoa! – Completei.
- QUE MÁXIMO ISSO GALERINHA! - exclamou.
- Tá, tudo legal e divertido, mas, e os presentes? - Minha como sempre se lembrando dos melhores detalhes.
- Vocês podem comprar num shopping aqui perto! - Niall sugeriu - Nós não vamos porque já compramos os nossos presentes faz um tempo!
- Ah, então isso tudo foi planejado? Feios - fez bico.
- Tudo por vocês amor - Zayn beijou ela.
- TÁ BOM, CHEGA DE BAITOLAGEM POR FAVOR! - sempre quebrava o clima e nós ríamos disso - Mas a troca vai acontecer hoje?
- Vai, porque amanhã vocês vão conhecer o meu pai - Niall notificou e ficou boquiaberta.
- VAI CONHECER O SOGRÃO UI - brincou e e Niall coraram enquanto nós ríamos deles. - Bom, então é melhor a gente ir né? Vamos meninas! - arrastou nossas meninas pra fora do quarto e elas foram as comprar as coisas. Combinamos de elas voltarem 18h00.
Os meninos resolveram assistir um filme para passar o tempo. Eu fui até o quarto das meninas pegar o presente que eu daria pra . Peguei o perfume dela, misturei com o meu e coloquei num vidrinho novo, era a melhor forma de mostrar nossa essência. Voltei pro nosso quarto e os meninos estavam cochilando, resolvi fazer o mesmo, mas coloquei o celular pra despertar 17h30, para que quando elas chegassem, estivesse tudo pronto.

’s POV

Depois da notícia dessa tal noite dos presentes nós fomos comprar as coisas. Ficamos indecisas e cada uma, depois de muito esforço, saiu com um presente comprado (menos eu e , que compramos dois). Eu comprei um colar pro Niall e uma pulseira pro Lou; espero que ele também tenha se lembrado de mim. Corremos pro hotel, já que estávamos quinze minutos atrasadas. bateu na porta e quando Zayn abriu, vi que eles tinham trocado de roupa e tinham alguns embrulhos numa mesinha. Entramos e nos sentamos numas cadeiras e num sofá. A princípio ficamos em silêncio, mas o Louis tomou a palavra.
- QUE ANIMAÇÃO HEIN?! - Ele começou e nós rimos - Bom eu posso começar? - Nós assentimos e ele prosseguiu - Eu resolvi dar essa coisa pra porque ela é muito, mas muito especial pra mim, e essa coisa também é especial pra mim e pra minha família… E logo você vai fazer parte dela, então nada mais justo né? - A essa altura já estava surtando, Louis tirou uma caixinha do bolso e mostrou um belo par de brincos - Eram da minha avó, que passou pra minha mãe e agora são seus - Ele completou colocando na orelha dela, ela o abraçou e sussurrou algo em seu ouvido, nós batemos palmas.
- Agora sou eu tá? - Ela mostrou um pacote colorido e os olhos de Louis brilharam - Eu sei que você gosta muito e acho que você vai gostar - Ele abriu o pacote e quase surtou quando viu um suspensório verde e amarelo - Ah, as cores são da bandeira do Brasil. - Eles se beijaram e nós gritamos.
- Bom - Louis disse ofegante - Não terminei os presentes ainda! - Todos olharam pra mim - Bom , você vem sendo uma pessoa muito especial nesses últimos dias e se tornou minha melhor amiga, então, não podia deixar de te dar um presente também - Ele me entregou um pacote rosa, eu abri e encontrei uma camiseta, com a estampa da bandeira de Londres.
- AAAAAAI LOUIS, SEU LINDO - O abracei e coloquei e camiseta por cima da minha, e só ai notei que ele usava uma idêntica, apertei suas bochechas - Ai Boo Bear, você também é meu melhor amigo e vem sendo muito especial, por isso também comprei um presente - Dei uma caixinha pra ele e quando ele abriu tirou duas pulseiras de lá, uma com a palavra ‘best’ e outra com a ‘friend’. Louis colocou uma e me deu a outra, agradeceu bagunçando meu cabelo e foi saltitante sentar do lado da . - Mas eu também não terminei de presentear ainda! - Peguei uma caixinha bem pequena. - Esse é para meu duende Nialler. - Ele se levantou e me beijou, lhe entreguei a caixa e ele abriu.
- Que lindo ! Vou colocar agora! - Me puxou pela cintura e me abraçou, todos nos aplaudiram. - Coloca pra mim?
- Claro. - Ele virou de costas para mim e eu coloquei em seu pescoço o colar com um pandeiro que eu havia comprado pra ele. - É pra você nunca se esquecer de mim.
- Quem disse que eu vou me esquecer de você? - Nos beijamos uma vez e todos gritaram e aplaudiram. - Agora sou eu né?
- É sim leprachaun! - Louis estava saltitante. Niall me entregou uma caixinha do tamanho da que eu havia dado para ele. Abri e sorri de orelha a orelha: ele me deu um colar com um trevo, era a coisa mais linda!
- Anw, que lindo Nialler. - Sussurrei um “obrigado” em seu ouvido e nos beijamos. Logo em seguida ele colocou o colar em mim.
- É pra você nunca se esquecer de mim também...
- Nunca vou te esquecer, nem que me obriguem... - Nos beijamos de novo e todos murmuraram um “annnnnnnnw”.
- Posso ir agora? - perguntou e assentimos. Ela não aguentava mais esperar pela sua vez. - Bem, meu presente é pro Harry e...
- AVÁ! - berrou e rimos bastante.
- Continuando - encarou e prosseguiu - Espero que ele goste do que eu comprei e é isso... - Harry se levantou e abriu o pacote. Nele havia um colar com uma nota musical. O Curly Boy sorriu e beijou . Gritamos e aplaudimos.
- Eu adorei, coloca em mim? - Ela colocou o colar em Haroldo e os dois se beijaram. Harry pegou um pacote rosa e entregou para , que o abriu em questão de segundos.
- Meu Deus Harry, que linda! - Ele havia dado a ela uma camiseta do Ramones preta, idêntica a que ele usa.
- Quis te dar uma igual a que eu uso, para podermos andar iguais...
- Eu adorei Harry! Nem sei o que dizer! - Ela o puxou e eles se beijaram. Que lindos esse dois!
- Bem, também comprei um presente pra porque nesse pouco tempo que passamos juntos ela se tornou uma grande amiga pra mim e uma pessoa super importante na minha vida... - sorriu e levantou. Abraçou Haroldo e pegou o pacotinho colorido. Quando ela abriu haviam duas capinhas de iPhones iguais, ambas com a bandeira da Inglaterra.
- Anw que lindo Hazza! - abraçou Harry e agradeceu. - Eu adorei. - Ela pegou um embrulho colorido. - Também comprei um presente pro Harry, porque ele se tornou um grande amigo para mim e uma pessoa muito importante na minha vida - Harry pegou o pacote e abraçou .
- Que linda! Vou colocar agora! - Era uma touca azul. Harry a colocou e abraçou de novo, agradecendo. Ele se sentou e continuou.
- Bem, agora é o presente do DJ... - Zayn se levantou e deu um selinho na garota, que lhe entregou uma caixa colorida. Ele abriu e era um perfume. Um sorriso de orelha a orelha inundou o rosto de Zayn. Ele passou um pouco na mão.
- Que cheiroso ! Obrigado, eu adorei.
- Achei que combinava com você! - Os dois se beijaram e aplaudimos.
- Não vai passar tudo senão a fica doida hein? - comentou e todos riram.
- Vou pensar no caso! - Zayn comentou e corou na hora. - Agora é o meu presente para você. - Malik tirou uma caixa enorme de trás do sofá e todos ficaram espantados.
- Você comprou um Xbox pra ela? Também quero! - falou e rimos bastante. abriu a caixa e tirou outra de dentro dela, e mais outra, outra, outra, outra, até que parou em uma pequena caixa.
- É a última? - Perguntou rindo e Zayn respondeu que sim. a abriu e tirou um colar do Yin Yang. - Zayn, é… Lindo! - Ela o encheu de beijinhos.
- Você ficará com a parte branca e eu com a preta - Explicou - A branca significa a mulher e a preta o homem! - sorria sem parar, estava a ponto de ter um ataque. O beijou e eles se sentaram.
- Agora sou eu! - Liam pulou do sofá gritando e todos se assustaram, principalmente que estava ao seu lado. Ele pegou uma caixa e entregou a , que a abriu super rápido.
- Um perfume! Que lindo Liam! - A garota deu um selinho nele.
- Não é um perfume qualquer... - Todos ficaram com um ponto de interrogação no rosto e Liam começou a explicar. - Bem, eu peguei um pouco do meu perfume e um pouco do seu, e misturei, assim ficamos um só. - Uma lágrima escorreu do olho de , ela a limpou e sorriu. Todos estavam atônitos, Liam é um fofo mesmo!
- Liam! Você é demais, como fez isso e… Cara! Amo você! - Ela disse e eles se beijaram. Gritamos e aplaudimos bastante. - Desse jeito fico até com vergonha de dar o meu presente… - Rimos. Liam pegou o pacote o abriu, assim que o fez, sorriu e riu bastante.
- , eu adorei! - Ele mostrou os bonequinhos do Toy Story que havia ganhado e rimos. Já era tarde da noite estávamos todas super cansados por causa da viagem e dessa confusão de comprarmos presentes e tudo mais.
- Vamos dormir? Estou cansada. - Fiz bico e todos concordaram. Eu e as meninas fomos para o nosso quarto, colocamos nosso pijama e cada uma foi para o quarto de seu respectivo. Eu e Niall lanchamos e fomos dormir.

’s POV

A noite dos presentes havia sido incrível, todos adoraram os presentes, assim como eu adorei o de Harry. Ele havia conseguido mudar completamente minha vida em tão pouco tempo. Eu e as meninas fomos para o nosso quarto, cada uma colocou seu pijama e foi para o quarto de seu respectivo. Entrei de fininho no quarto de Harry e não encontrei ninguém.
- Harry? - Ninguém respondeu. - Harry cadê você? - Uma mão puxou minha cintura e eu quase gritei, mas fui interrompida por lábios sedentos me beijando. Abri os olhos e fitei aqueles olhos verdes. Me acalmei e respondi ao beijo. Agarrei ao pescoço de Harry, ele me pegou no colo e prendi as pernas na sua cintura. As coisas começaram a esquentar e eu deixei que rolasse. Harry foi super carinhoso e quando eu vi, já tinha rolado. Ficamos mais um tempo abraçados e dormimos de conchinha.
Acordei com meu Harry soprando meu rosto. Abri os olhos lentamente, não queria acordar, queria ficar ali pra sempre com ele.
- Bom dia meu amor! - Harry disse me dando um selinho - Não podemos nos atrasar hoje, apesar de ser dia de folga, hoje tem almoço na casa dos Horan!
- NOOOOOOOOOOOOSSA - Eu tinha esquecido completamente do almoço, também né? - Eu tinha esquecido Harry - externei o pensamento - Bom, acho melhor a gente se arrumar né?
- Sim, eu peguei uma roupa pra você quando vocês foram ao shopping, espero que goste da minha escolha e tudo mais… São 11h00, daqui uma hora vamos nos encontrar com o povo lá em baixo!
- Nossa... Quanto amor você! Claro que eu vou gostar, só pelo fato de você ter escolhido! - Nos beijamos intensamente. Agora, mais do que nunca, sentia que eu amava Harry, mesmo. Queria viver cada minuto ao lado dele. Levantei, fui ao banheiro e coloquei a roupa que ele tinha escolhido. Quando saí, ele já estava pronto e bem cheiroso.
- Você esta linda ! - Ele me abraçou - Bom, na realidade, você é linda! - Tudo estava tão bom, até meu celular tocar e estragar tudo. Olhei no visor e era .
- Alô? - Me fiz de desentendida.
- EAI, vão descer que horas? A van já chegou ! - Ela dando sermão como sempre, ê !
- Já estamos descendo, não vão sem a gente - Desliguei o telefone, peguei minha bolsa e puxei Harry pelo braço.
Descemos de elevador e a van nos esperava nos fundos do hotel, já que NINGUÉM podia nos ver juntos. Ia ser um escândalo, mas nem vou pensar nisso. A van era toda preta, com os vidros pretos e Paul, o armário, no volante. Eu me sentia bem segura com ele… Enfim, entramos pelos fundos da casa do Niall, e ele e estavam super animados. Eu estava meio incomodada com aquilo tudo… Por um lado, achei super da parte deles nos levar pra conhecer o Bobby, mas por outro, eles não queriam assumir mais nada com a gente e blá blá; já estava ficando chato. A felicidade das meninas era tão grande que resolvi deixar quieto, depois, quem sabe, comentaria com elas. Cada uma de nós estava de mãos dadas com o seu respectivo boy, menos , que estava abraçada com Niall. Zayn bateu na porta e Bobby nos atendeu com um sorriso no rosto.
- Oi meninos - Ele nos olhou - Oi meninas.
- Ooooooooi - Nós dissemos em coro e ele riu. Os meninos logo foram entrando, como se a casa fosse deles, nós ficamos meio desconfortáveis no início, mas logo nos soltamos. Nos sentamos no sofá da sala e Bobby numa poltrona. Niall e ficaram do lado dele.
- Mas então, me contem quem são essas lindas moças? - Bobby perguntou e nós coramos. Logo todos nós estávamos rindo, mas ninguém se atreveu a responder a pergunta dele. Ficamos em silêncio e ele fez uma cara confusa, na real, até eu estava confusa… O que nós éramos deles? Ficantes? Peguetes? Sei lá a definição disso!
- Elas são… Nossas amigas! - Niall respondeu sorrindo e na mesma hora a alegria de foi embora. Ela fechou a cara, e eu já estava imaginando o porquê. AMIGAS? SÓ AMIGAS? Que vontade de estrangular o Niall, mas respirei fundo e sorri.
- Bom, ér - Até o Bobby percebeu o climão que se formou e quase beijei o pé dele por ter falado alguma coisa - Vamos comer?

Zayn’s POV

Tudo estava perfeito e bem encaminhado até Bobby nos perguntar o que as meninas eram nossas. “FODEU” Pensei na mesma hora. Acontece que tudo estava tão bom, que nem pensamos em oficializar nossa ‘relação’ com elas e depois da resposta (um tanto quanto idiota do Niall) tudo ficou bem embaraçoso. estava vermelha, acho que de raiva e até ficou meio distante. Bobby teve a brilhante ideia de começarmos o almoço em si. Tudo estava realmente muito bom, almoçamos Cál Ceannanum prato típico Irlandês.
- Tava com saudade dessa comida, poxa vida! - Niall confessou. Acho que Harry estava só tentando descontrair, já que tudo estava bem ‘complicado’.
Todos nós comemos um prato, menos Niall. Até regulou na comida, foi aí que eu vi que o negócio tava sério. Terminamos de comer e as meninas ajudaram Bobby com a louça. Nós nos sentamos no sofá pra conversar.
- Cara, posso te bater agora ou depois? - Louis brincou segurando o pescoço de Niall.
- “Elas são nossas amigas” - Liam o imitou - Não tinha nada melhor pra responder?
- Cara, eu pensei em tudo, mas o lance que estamos tendo com elas não tem uma definição ainda. Então foi o que saiu. - Niall se explicou e nós rimos dele. Não conseguíamos ficar bravos com o Nialler, nunca.
- Espero que elas não fiquem bravas... - Confessei.
Nós começamos a observar nossas meninas na cozinha. e estavam lavando, enquanto e secavam; e Bobby e guardavam a louça. Elas pareciam felizes e se deu muito bem com o pai do nosso duende. Eles terminaram e vieram se juntar conosco na sala.
- Ei , deixa eu te mostrar o resto da casa? - Niall pegou nas mãos de que não mudou a expressão.
- Bobby, você gosta que seu filho fique sozinho com amigas no quarto dele? - Ela enfatizou a palavra ‘amiga’ e todos nós entendemos a indireta. Ela suspirou e continuou. - BRINCADEIRA GALERINHA - Nós rimos, que susto! - Vamos sim.
Eles foram ver a casa e nós jogamos um pouco de vídeo game. Depois de vinte minutos eles voltaram. Além de , também se mostrava bem impaciente. Ela não encontrava uma posição no sofá.
- Eai gente, agora que o casal buraco negro voltou, que tal voltarmos pra casa? - Ela disse encostando a cabeça no ombro de .
- Vamos! - e responderam sem hesitar. Assentimos e desligamos tudo. Nos despedimos de Bobby, ele sempre muito legal com a gente.
- A comida estava ótima! - disse abraçando Bobby.
- Espero que você volte logo. - Ele piscou pra Niall, que assentiu.
Saímos pelos fundos para que ninguém visse as meninas na casa do Nialler. Na van foi um silêncio total, só Louis e ficavam tentando animar a galera, em vão. Chegamos ao hotel 17h00 e todos estávamos bem cansados. As meninas foram tomar banho e depois nos encontraríamos no quarto do Liam. Me despedi da minha pequena e fui tomar banho também.

’s POV

O Niall tinha sido o fim da picada! Depois daquela declaração bem legal, tudo ficou estranho. Eu, particularmente, não me incomodei, mas , e ficaram putas da vida. Era compreensível, principalmente porque foi Niall que falou aquilo. Combinamos de ficar sozinhas pra colocar as fofocas em dia. Nos despedimos dos meninos assim que chegamos no hotel e entramos no nosso quarto. sentou na cama e desabou, ela realmente tinha ficado chateada. Fizemos uma rodinha em volta dela e começamos a acalmá-la, sempre chorava, mas não em público.
- Desabafa amiga! - disse passando a mão no cabelo dela.
- CARA - Ela só desabafava falando alto, era o jeito da - EU FUI TODA FELIZ PRA CASA DELE, PENSANDO QUE IA SER LEGAL E TUDO MAIS. CONHEÇO O PAI DELE, E ELE ME FALA QUE SOMOS AMIGOS? - Ela fez uma pausa - TUDO BEM! SEI QUE NÃO SOMOS NAMORADOS OU COISA DO GÊNERO, MAS AMIGA? E O QUE ROLOU ENTRE NÓS FOI SÓ AMIZADE?
- Eu também fiquei brava, e o Zayn não fez nenhuma objeção do tipo ‘elas são algo a mais’ ou sei lá, eles deixaram, puta merda! - falou bem rápido, o que significava que ela também estava estressada.
- Ai, eu confesso que também fiquei meio assim, porque o Liam também não disse nada - suspirou.
- Eu tô de boa - Eu e dissemos juntas, mas só ela prosseguiu - Principalmente depois do que rolou ontem…
- O QUE ROLOU? - Eu perguntei e fez um olhar malicioso - , VOCÊ NÃO É MAIS PURA?
- Não! - Ela respondeu bem sincera – Eu já não era, mas enfim, foi mágico! - Nós rimos da carinha que ela fez. Nossa estava apaixonada.
- Awn Sra. Styles, que fofo - já estava bem mais calma.
- Mas quanto à declaração do Niall - tomou a frente - Não vamos fazer nada por enquanto, vamos deixar com eles, ok?
Assentimos e fomos tomar banho para tirar toda ‘nhaca’ do almoço. Trocamos de roupa e quando íamos sair, apareceu.
- Oi meninas! - Ela nos olhou dos pés a cabeça - Vão sair?
- Vamos, ér - murmurou.
- Com os meninos? - Não fizemos nenhum tipo de movimento, apenas nos olhamos. COMO ELA SABIA? - Podem falar! Eu não me importo - simplesmente assentiu com a cabeça - Bom, podem ir, divirtam-se!
- Brigada! - agradeceu e saímos, ficamos um tempo nos encarando.
- Só eu acho que foi tudo bem estranho? - comentou e nós assentimos - Tô com um mau pressentimento!
- PARA DE NEURA MENINA! - deu um tapa na cabeça da . - Vamos logo, que amanhã tem show já!
Batemos na porta e Niall abriu, ele foi abraçar , mas ela só deu um selinho nele. também evitou um pouco Zayn. Eu corri para abraçar meu Louis, não queria perder um minuto do tempo com ele. Nos sentamos e ficamos um tempo conversando sobre como seria os próximos shows. Perdemos a hora e quando notei já eram 23h00.
- Nossa! Tá tarde já! Amanhã temos passagem de som bem cedo e o show vai ser as 18h00, não as 20h00! - Liam lendo meus pensamentos.
- Vamos dormir, preciso descansar mesmo! - falou se despedindo do pessoal, quando ela foi abraçar Louis, ele murmurou algo pra ela, só ouvi ‘não fique triste’. Me controlei pra não dar crise de ciúme.
Nos separamos e cada um foi para o quarto do seu respectivo boy. Me enrolei com Louis nas cobertas e ficamos abraçadinhos.
- Boa noite baixinha! - Apenas o beijei como resposta. Fiquei um tempo acordada curtindo o momento, mas não aguentei e acabei dormindo.

’s POV

Dormi com Liam apesar de estar meio brava com ele, não conseguia me aborrecer com ele por muito tempo. Acordei com a luz do sol em meu rosto, chequei no relógio e eram 11h00. Levantei num pulo e fui pro banheiro colocar o uniforme, liguei pras meninas e pra minha surpresa, elas já estavam quase prontas, marcamos de nos encontrar na lanchonete do hotel daqui meia hora. Saí do banheiro e Liam estava acordando.
- Bom dia! - Falei dando uns beijinhos nele. Ele se espreguiçou e ficou me olhando.
- Nossa! Você já se trocou? - Nós rimos - Que horas são?
- Já ta na hora da bela adormecida levantar e se arrumar, em meia hora temos que estar na lanchonete! - Como ele era obediente, pegou uma roupa e foi se trocar.
Há alguns dias tínhamos criado uma conta no twitter do documentário ‘Life as One Direction’ para as directioners ficarem bem informadas. Todo dia, uma de nós postava umas fotos ou vídeos curtos e hoje era o meu dia. Como não teria mais tempo, decidi ligar meu notebook no quarto do Liam pra postar uma foto. Liguei meu computador, entrei na conta e vi que já tínhamos mais de 100.000 followers, fiquei muito feliz em saber que nosso trabalho já estava tendo interessados. Postei uma foto de todos eles e coloquei de legenda: “Indo gravar o show aqui na Irlanda, prometo que vai ter vídeozinho desse show, aguardem meninas :) Beijo”. Em questão de minutos já tinha recebido umas mil replies, principalmente de fãs brasileiras, isso era tão hilário. Depois minimizei a janela do twitter e fiquei olhando umas fotos que estavam nos meus documentos. Umas fotos dos últimos dias, com o Liam e com os meninos… É que as meninas descarregaram todas as fotos no meu computador por eu ser mais organizada.
- Vamos amor? - Liam saiu do banheiro pronto, cheiroso e perfeito. Assenti e apenas fechei o notebook. Saímos do quarto e encontramos a galera na lanchonete. Parecia que o clima estava melhor, e Niall ainda estavam comendo, mas todo mundo já tinha tomado o café.
- Ai , acha que eu ia deixar que você comesse sozinha? Amigas tem que acompanhar poxa! - falou de boca cheia e nós rimos.
Comi pão com ovos e suco. Quando deu 13h00 gravamos um pouco os meninos e depois nos despedimos, já que eles tinham ensaio. Nós fomos instalar umas câmeras nos quartos dos meninos, para filmar as chegadas depois do show, exigências da MTV. Terminamos de instalar tudo em duas horas, comemos alguma coisa e fomos editar mais filmagens para não acumular depois. 17h00 Harry ligou pra pedindo que passássemos no camarim, o que já tinha se tornado um costume. Entramos e os meninos estavam bem ansiosos, principalmente o Niall.
- Relaxa gente, falta um tempinho ainda. - brincou e nós rimos, mas os meninos não, eles estavam incrivelmente nervosos.
Logo Paul, o armário, apareceu pra estragar (de novo) nosso momento. Ok né? Beijamos os meninos e fomos todas para a cabine. Nenhuma de nós quis gravar atrás das cortinas, gravaríamos do show de depois de amanhã. Só pra variar, os meninos mandaram muito, e as fãs foram à loucura em Up All Night. Só estranhei o fato de não estar com a gente, era programado pra ela nos ajudar, mas foi até melhor, aquela mulher era… Tensa. Saímos da cabine e nos encontramos no quarto do Harry.
- Ai, tô quebrado! - Louis confessou e fez carinho no cabelo dele.
- Bom, instalamos umas câmeras nos quartos, mas a gente faz aquele esquema, deixamos as câmeras ligadas e só publicamos o ‘fingimento’ - explicou e os meninos entenderam tudo bem rápido. Eles ‘encenaram’ uma chegada ao quarto e a parte que dormiram. Depois conversamos mais um pouco e fomos dormir, todos estavam bem cansados.

Niall’s POV

As meninas realmente haviam ficado chateadas com o que falei sobre elas serem apenas nossas amigas, tentava mostrar que estava feliz, mas podia ver a tristeza em seus olhos. O show foi emocionante! veio dormir comigo, até tentei puxar uma conversa com ela, mas disse que estava cansada do show e que precisava dormir. Me beijou e deitou ao meu lado. Um climão se instalou no quarto, eu a abracei para descontrair e ela me abraçou também. Dormi.
Acordei no meio da noite sem sono e decidi entrar no twitter, fazia um tempo que eu não aparecia por lá. Peguei meu iPhone e entrei.
“Boa madrugada, como vão vocês lindas? :)” Postei e fui olhar minhas mentions. Quando as abri, havia vários xingamentos e comentários maldosos. A princípio fiquei sem entender nada, até que vi um tweet de um fã clube meu.
“Como você explica isso Niall Horan?” Fiquei assustado e cliquei no link. Alguns segundos uma página da twitpic abriu, com uma montagem de seis fotos: e Harry aos beijos no cinema; e Louis no parque de diversão; Zayn e no piquenique, Liam e aqui no hotel e eu e no Nando’s. Fiquei pálido, atônito, não sabia o que fazer. Rolei a página e comecei a ler a legenda da foto.
“Fã é um bicho burro mesmo né? Acredita que o ídolo nunca mente, que faz tudo por ela e no fim o cara não sabe nem que ela existe! Temos pena de vocês directioners! Os meninos são nossos agora, enquanto estamos aqui com eles, vocês estão ai, sonhando com o dia em que verão pelo menos a sombra de Niall Horan, Zayn Malik, Liam Payne, Louis Tomlinson e Harry Styles.Um grande abraço de preguiça para vocês ridículas. P.S - Quando a preguiça abraça, enfia a unha nas costas. Assinado: , , , e .
Fiquei irado! Muito irado! Dei um grito de raiva e puxei o edredom. acordou na hora. Como ela podia ter feito isso comigo? Comigo e com os meninos né? Eu confiei nela, confidenciei coisas a ela, levei ela na casa da minha família…
- Que aconteceu Niall? Tá tudo bem? - Falsa.
- COMO ASSIM O QUE ACONTECEU? COMO VOCÊ ME EXPLICA ISSO? - Joguei o iPhone em cima dela, que demorou um pouco para levantar e assimilar os acontecimentos, fingia tão bem. Seus olhos se arregalaram.
- O QUE? VOCÊ REALMENTE ACHA QUE FUI EU QUE FIZ ISSO? EU E AS MENINAS?
- TÁ ASSINADO AI, PORQUE NÃO? - Respondi grosso. Ela desabou e começou a chorar.
- NIALL, VOCÊ REALMENTE ME DECEPCIONOU, NEM CONFIAR EM MIM VOCÊ CONFIA! EU JAMAIS FARIA ISSO, NÃO SOU DESSE TIPO DE PESSOA!
- Depois disso eu não acredito em mais nada do que você disser. - Aquela garota mentia muito bem.
- OLHA AQUI, SE VOCÊ NÃO QUER ACREDITAR EM MIM NÃO É PROBLEMA MEU, MAS SAIBA QUE EU JAMAIS FARIA ISSO, VOCÊ AINDA VAI VIR SE DESCULPAR COMIGO QUANDO DESCOBRIR A VERDADE! EU JURO QUE NÃO FOMOS NÓS.
- Ah jura, então explica?
- Eu não sei como isso foi parar aí, mas eu JURO por Deus que não fomos nós. Jamais faríamos isso. - Acho que deveríamos estar gritando muito, pois logo todos estavam batendo na porta.
- Niall, ? O que ta acontecendo? Abram a porta! - Zayn esmurrava a porta. Abri a porta e 8 corpos praticamente caíram no chão do quarto.
- Olhem isso. - Entreguei o iPhone a Zayn, que fechou a cara o no mesmo segundo. Ele ficou vermelho de ódio.
- O QUE QUE SIGNIFICA ISSO? - Gritou e jogou o celular para , que ficou estática após ler. Outra que sabe mentir muito bem.
- O quê? Eu não sei o que é isso! Não faço ideia de como veio parar aqui e não to acreditando que vocês estão achando que fomos nós!
- Eu não acho, tenho certeza, to vendo com os meus próprios olhos… - Zayn tirou as palavras da minha boca. chorava de soluçar, também chorava.
- Mas que diabos está acontecendo? Dá essa merda! - pegou o telefone e leu a notícia. - Não acredito que vocês acham que fomos nós! - Liam também leu e ficou roxo de raiva.
- COMO VOCÊS FORAM CAPAZES DE FAZER ISSO? VOCÊS TEM UMA NOÇÃO DO QUE ESSAS FÃS FAZEM POR NÓS? ELAS SERIAM CAPAZES DE TUDO POR NÓS!
- POR FAVOR, LIAM, VOCÊ NÃO ACREDITA NISSO NÉ? - Os dois gritavam. e Zayn também começaram a gritar. chorava, Louis e Harry liam a notícia junto com e , que estavam atônitas.
- SE EU ACHAR QUEM FEZ ISSO, EU MATO! - estava insana.
- Nossa Zayn, você me decepcionou demais, não sei como tem coragem de dizer essas coisas horríveis para mim sem nem ao menos saber o que aconteceu!
- Eu te decepcionei? Eu te dei meu amor, te dei carinho e você dá uma dessas? Hoje, eu vejo que você só está comigo por interesse, por isso quer que eu assuma você como namorada, para poder ter fama, sucesso, tudo que você quer! - Depois que Zayn disse isso, saiu correndo chorando e bateu a porta do quarto. Louis e Harry estavam furiosos, mas não acreditavam que as meninas que haviam feito aquilo. também saiu do quarto. e saíram logo depois, Hazza e Lou falaram que conversariam com elas depois. Eu e os meninos estávamos super nervosos.
- Eu não tô acreditando no que ta acontecendo, como elas tiveram coragem? - Liam.
- Vocês realmente estão achando que foram elas? Por favor, né? Elas jamais fariam isso, olhem para a cara delas, tem medo de escuro, passa o dia comendo muffins! Elas são inofensivas, e porque elas fariam isso? - Harry cuspia as palavras.
- ELAS QUERIAM QUE NÓS ASSUMÍSSEMOS O NAMORO PUBLICAMENTE! - Zayn estava irado - Tá na cara!
- E o que elas iriam ganhar com isso? - Louis.
- FAMA, SUCESSO, TUDO QUE UMA GAROTA SONHA EM TER! – Liam. Ele realmente estava chateado, ficamos assustados com a atitude do Daddy, ele sempre foi tão calmo… A confusão aconteceu por volta de umas 3h00, já eram 4h15 quando decidimos voltar a dormir, afinal teria show ainda hoje, teríamos um longo dia pela frente, além de arranjarmos um jeito de explicar as fãs o que havia acontecido. Cada um foi para o seu quarto. foi para o quarto de Harry e para o de Louis. Não sei como eles acreditavam nelas depois de tudo que aconteceu. Fiquei um tempo pensando em como havia se tornado especial para mim e como ela havia machucado meu coração. Um tempo depois acabei dormindo.

Harry’s POV

Minha cabeça rodava, eu estava confuso, MUITO confuso. Tenho certeza que não foram as meninas que fizeram aquilo! Não nos conhecemos faz tempo, mas sei que elas não seriam capazes, mesmo não gostando da gente quando chegaram em Londres. Tenho certeza de que elas são inocentes, pelo menos tenho Louis como aliado! Tudo que elas precisam agora é atenção e cuidados, já que já estão sendo muito julgadas. E agora que nosso Daddy está (bem) alterado, temos que pensar em tudo. Uma entrevista coletiva quando chegarmos em Londres, pra deixar tudo bem claro pra nossas fãs, mas agora era melhor comunicá-las pelo twitter mesmo. Meus pensamentos foram sumindo com o sono, não tem nada melhor que dormir abraçado com a minha .
Quando acordei já estava se arrumando. Ela já estava bem melhor e quando notou que eu tinha acordado, me encarou.
- Bom dia! Acordou cedo hoje Sr. Styles! Bom, já liguei para as meninas e elas estão na lanchonete em meia hora, liguei pra e ela disse que o Louis ligou pro Niall que disse que também em meia hora esta lá em baixo… - Ela disse gesticulando muito.
- Nossa! Quanta confusão amor. Então é melhor a gente se apressar, porque ainda temos que ensaiar - Ela ia falar, mas eu a interrompi - E vocês tem que instalar os equipamentos, já sei.
- Você sabe de tudo mesmo né? - terminou de passar o rímel e me deu um beijo.
Fui para o banheiro, me troquei e em 25 minutos estava pronto. Descemos e nos deparamos com uma cena um tanto quanto bizarra (e triste): numa mesa estavam , (quase dormindo) e , em outra estavam Niall, Zayn e Liam, bem dispostos e no meio delas Louis em pé, sem saber o que fazer.
- Acho melhor vocês conversarem amor, pode ir pra lá e chama o Lou também - cochichou para que só eu ouvisse. Abracei Louis e o puxei para a mesa. Tudo estava igual, só nossas expressões que estavam chateadas.
- Niall, dá pra parar de comer? - Liam indagou e Niall o olhou com reprovação.
- Temos que dar alguma explicação no Twitter! - Bufei mexendo no pão.
- Você ainda não falou nada por lá? - Zayn parecia incrédulo - Eu, Liam e Niall já nos entendemos, deixamos bem claro que foi tudo um mal entendido e que assim que chegarmos a Londres faríamos uma entrevista ou algo do tipo!
- Eu pensei exatamente isso! - Dei um soco de leve no braço do DJ Malik.
- Vocês não falaram por todos nós não né? Porque quando essa tal entrevista rolar, eu vou assumir meu namoro com a , estão avisados. - Louis exclamou e eu fiz um sinal de aprovação e fiz questão de deixar claro que eu faria o mesmo.
- Vocês fazem o que quiserem - Essa foi a última frase do café da manhã, dita pelo Nialler.
Nos reunimos na porta do hotel e as meninas gravaram alguma coisa. As meninas disseram que estava indisposta e isso já foi motivo pro Liam descer a lenha na menina. Ensaiamos e faltavam só alguns minutos para o show, dava até pra ouvir a gritaria. Nossas meninas ficaram numa cabine bem afastada, elas tiveram que entrar lá bem antes, pois corria risco de alguma fã doida fazer algo trágico… Mas eu entendia, no lugar delas ficaria irado também, principalmente do modo que elas souberam e o texto que leram… Quando eu descobrir o autor disso tudo, vou fazer esse alguém pagar. O tempo na Irlanda (que era pra ser o melhor) estava sendo entediante. Os meninos, por mais que não davam o braço a torcer, sentiam falta das meninas. Saímos do show e fomos pro hotel, só a vibe das nossas fãs pra recarregar as baterias. Apesar de tudo, queria voltar logo pra Londres, mas ainda tínhamos dois longos dias na Irlanda pela frente. Sugeri que fossemos comer algo, mas só , Lou, e aceitaram. Os meninos foram comer em outro lugar, alegou que ia ficar com no quarto. , e Louis foram comprar o lanche e eu fiquei sentado com , aproveitei pra conversar com ela.
- Eai, tá tudo bem? - QUE COISA TOSCA HARRY!
- Se eu disser que está, você vai acreditar? - Balancei a cabeça negativamente - Bom, era o que eu imaginava e… você esta certo.
- Ei, não fica assim, logo tudo isso passa - Abracei e ela permitiu que caíssem algumas lágrimas.
- Você fala isso porque não é você que teve que abandonar suas redes sociais porque tem meio mundo te odiando, você fala isso porque continua numa boa com a garota que você ama - Ela fez uma pausa, limpou as lágrimas - Desculpa, eu tô sensível nessas últimas horas, mas é basicamente isso que estou sentindo! E acho que ele deveria confiar em mim um pouco mais…
- Mas ele ainda usa o Yin Yang. - Sussurrei como se adiantasse.
- É o que me consola! Mas, Harry, obrigada por se importar ok?
- Somos melhores amigos lembra? - Nós rimos e a comida chegou.
Comemos tudo em silêncio e bem rápido, já era noite e estávamos bem cansados. Nos despedimos e subi com para o meu quarto. , e dormiam no quarto delas agora, tudo se tornou bem tenso. Me troquei e deitei ao lado da , fiquei algum tempo acariciando o cabelo dela, até que dormi.

’s POV

Gostei muito do que o Harry fez de falar comigo e tudo mais, acho que agora, mais do que nunca, preciso de pessoas que me compreendam; já que a pessoa que eu amo, não confia em mim. Comemos algo e fomos descansar, já que era de noite. subiu para ficar com a e eu fui logo depois. e (como tinham sorte) foram dormir com o Harry e com o Louis. Quando cheguei, as meninas estavam acordadas e estava inconsolável.
- O que houve aqui? - Perguntei assim que vi abraçada com . Ela estava com uma olheira bem grande e com o rosto vermelho.
- Ela não para de chorar desde ontem e acho que nem dormiu! - confessou e nos encarou.
- Eu tô ótima ok? Vamos dormir que amanhã tem show! - nunca admitia que estava mal e sabíamos bem disso.
Como ela não conseguiria ficar muito tempo sem dormir, resolvemos deixar quieto, afinal a sempre sabia o que estava fazendo. Deitamos cada uma na sua respectiva cama, coloquei meus fones de ouvido e sintonizei numa rádio, aí começou a tocar More Than This… Isso foi o suficiente pra eu desligar o rádio e dormir. Depois de algum tempo, caí no sono.
Gritarias me acordaram, “ótimo, mais brigas” Pensei. Já me veio à mente a e o Niall se batendo no corredor. Levantei e olhei que estava dormindo, que não estava na cama.
- ACORDA - Puxei o edredom de que despertou num pulo - São 3h00 da manhã e a não ta na cama, escuta essas gritarias!
- Vamos ver o que é! - colocou sua pantufa e saímos do quarto.
O corredor estava vazio e a porta do quarto do Liam estava com uma frestinha aberta com a luz acesa. Corremos, em silêncio, até lá e ficamos ouvindo. Combinamos que quando fosse necessário, interveríamos.
- EU PENSEI QUE VOCÊ CONFIAVA EM MIM, LIAM! - Nunca ouvi a berrar tão alto.
- E eu pensei que você era confiável, até te levei no nosso lugar, você prometeu segredo e ai posta uma foto nossa lá, com um texto horrível para as minhas fãs! - Liam aparentava estar calmo.
- QUANTAS VEZES EU VOU TER QUE REPETIR QUE NÃO FUI EU, LIAM? ACREDITA EM MIM, POR FAVOR - segurou os braços de Liam, mas ele a colocou na cama.
- E QUEM FOI? VAI COLOCAR A CULPA EM QUEM? - Liam cuspia as palavras na cara dela e ela não se aguentou, desabou de chorar. “Hora de intervir” sussurrou o meu ouvido e nós entramos no quarto.
- Ei, chega de dar show ok? - falou séria, encarando os dois.
- Sua amiga que veio aqui me perturbar! Aliás, tire ela daqui, é visível que ela precisa descansar! - Nunca vi o Liam tão ríspido.
- ENTÃO TAMBÉM ESTA VISÍVEL QUE A CULPA É SUA! - O ruim de deixar a falar é que ela perde a linha. Ajudei a levantar e me assustei com um barulho na porta: eram Zayn e Niall.
- Eu disse Zayn; eu disse que alguém ia fazer barraco… - Niall comentou em tom alto suficiente para que nós ouvíssemos. Ignoramos ele.
- Ei , vem! Vamos pro quarto, você tem que dormir amiga e esse lugar, do nada, ficou com um ar negativo, vamos! - Não perdi a chance de alfinetar também. Ajudamos a andar até nosso quarto e pudemos ouvir os meninos conversando e depois se despedindo. Entramos no quarto e deitamos na cama.
- Agora me fala, porque você foi lá? - fez a pergunta que era quase inevitável.
- Eu precisava conversar com ele, achei que ele estivesse mais calmo, mas ele só jogou coisas ruins na minha cara! E antes que vocês falem algo, eu quero descansar, boa noite! - estava mais tranquila, mas não menos triste, isso dava pra ver nos olhos dela. Deitei e tentei dormir, consegui isso um tempo depois. Acordei com me sacudindo. Essa menina sempre ficava no meu pé, não é possível.
- Ei bela adormecida, já são 11h00 horas, vamos tomar café e sair, acorda - Apenas assenti porque se respondesse, meu mau humor matinal dominaria.
Me troquei rapidamente, coloquei uma roupa básica: calça legging preta, um camisetão branco, chinelos e fiz um coque bagunçado. Encarei meu reflexo no espelho e vi que minha aparência estava igual meu eu interior: um caco. Me juntei a e desci. não tinha dormido de noite e pegou no sono só agora, porque deu um remédio pra ela. Ela estava acabada. Descemos tentando conversar alegremente.
- Vamos tentar viver sem eles, é difícil, mas vamos conseguir bitch - falou e eu concordei. É claro que seria difícil. Chegamos à lanchonete e todos estavam lá. Louis, Harry, e numa mesa; Zayn, Niall e Liam na outra. Fui pegar a comida e se sentou.
- Eles vão fazer um rodízio, cada dia tomam café da manhã em uma mesa - Ouvi dizer enquanto me sentava ao lado dela. Terminamos de comer e estranhamos: não tinha nem se servido.
- Buraco negro fêmea, você não vai comer? - Louis segurou as mãos dela. olhou para Niall e balançou a cabeça negativamente.
- Você precisa se alimentar! - reclamou mordendo uma maçã.
- Eu não quero comer - respondeu relativamente alto. Niall, Zayn e Liam ficaram nos olhando, ouvindo nossa conversa.
- Come , vai logo - pegou um muffin e jogou para , que se levantou e bateu na mesa.
- QUAL É O PROBLEMA DE VOCÊS? EU NÃO VOU COMER, NÃO VOU! - Ela gritou chorando e saiu correndo da lanchonete. Nos olhamos e pelo canto do olho vi uma expressão tensa no rosto do Niall.
- Bom galera, vou lá falar com ela! - Louis deu um selinho em e saiu atrás da .
- Isso é pra se aparecer, ficar dando showzinho em lanchonete - Ouvi Zayn comentar, enquanto Liam, ele e Niall passavam do nosso lado. Não me aguentei.
- VOCÊ NÃO É MESMO QUEM EU PENSAVA! OLHA PRA VOCÊ FALANDO MAL DE UMA PESSOA QUE ESTA SOFRENDO - Zayn me fitava e Liam estava incrédulo.
- Você postou uma foto nossa na internet pra magoar nossas fãs, você que não é quem eu pensava! - Ele retrucou.
- Sabe… Quando eu cheguei aqui, pensei que você fossem só 5 metidinhos que mandavam em todo mundo por serem famosos, mas vocês me provaram que não eram isso… Só que você Zayn, provou ser muito pior! - Ele pareceu não se irritar com o meu comentário e saiu com Liam e Niall, não sei pra onde. Estava cansada de tantos desentendimentos pra um dia só.
- Que tal irmos tomar um ar lá fora? - Harry nos puxou para o jardim do hotel. Me sentei embaixo de uma árvore e fiquei pensando nele, por mais que doesse.

Louis POV

As coisas estavam tensas. Muito tensas. e Zayn ainda usavam os colares, mas não conseguiam nem se olhar nos olhos; Niall e também, e Liam passavam em lados diferentes do corredor se pudessem. Fui atrás de , que sentou em um banco no jardim e desabou:
- Eu não aguento mais Louis, não aguento! - Ela chorava de soluçar, eu a abraçava de lado e passava as mãos em seus cabelos. - Eu tentei ser forte, tentei suportar, mas ta sendo muito difícil mesmo! Antes de a confusão toda rolar eu havia admitido para mim mesma que amo o Niall. E ele não confia em mim, não acredita em mim, não quer me ver nem pintada de ouro, eu nunca faria aquilo! Nunca!
- Calma linda, eu sei que você nunca faria isso, eu e o Harry sabemos! Mas fica calma, os meninos estão de cabeça quente, logo eles se acalmam e eu e o Hazza tentamos falar com eles de novo.
- Até quando eles vão ficar de cabeça quente? Sabe Boo Bear - Ela riu fraco limpando a lágrima - Eu sinto muita saudade da minha família, do meu cachorro, não sei se vou aguentar continuar vivendo assim e...
- Ei! Você não vai deixar de viver o seu sonho por isso né? Se acalma, vai dar tudo certo…
A abracei e , Harry, , e chegaram. Nos sentamos no jardim e ficamos em silêncio por algum tempo. abraçou .
- Você precisa comer saco sem fundo, senão logo começa a passar mal por aí e vai parar no hospital, sei o quão você odeia ir à hospitais!
- Quem gosta de ir num hospital? - comentou e rimos.
- Um médico gosta ué! - respondeu e conseguiu arrancar alguns sorrisos fracos das meninas.
- Podíamos sair né? Aqui tá chato... Vou ver com o Nia...- Harry começou a falar e eu dei uma cotovelada fortíssima em sua barriga. - Ai! Esquece gente!
- O que acham de já começarmos a arrumar as coisas para o show? - sugeriu e as meninas concordaram alegando que assim arrumariam alguma distração. Elas iriam para o local do show antes, para não ter perigo de acontecer alguma coisa. Eu e os meninos iríamos depois. Elas vestiram o uniforme e seguiram ao ônibus. só saiu do hotel depois de fazer comer 3 cupcakes e dois copos de suco.
- Não quero ninguém desmaiando por ai! - Observei as meninas e vi em que ponto as coisas haviam chegado: , a buraco negro fêmea, não queria comer; não estavam nem ai com horários, não se preocupava em dormir cedo, as vezes nem dormia; , a mais vaidosa do grupo, não fazia nem questão de se arrumar, apenas vestia o uniforme e prendia os cabelos.
Eu e o Harry vamos esperar a poeira baixar mais um pouco e conversaremos com os meninos. O show foi maravilhoso! Nossas fãs representavam muito. As meninas voltaram ao hotel no trailer e eu e os meninos no ônibus. Fomos dormir porque no dia seguinte voltaríamos para Londres, amém! Nossos representantes já tinham marcado a entrevista coletiva e isso me deixava muito aliviado. Chegamos ao hotel, as meninas foram pro quarto delas se organizarem e nós fomos para nossos quartos. Depois de uns minutos, chegou ao meu quarto bem triste.
- Ei pequena, - Disse puxando ela para mais perto - O que houve?
- Além das minhas amigas estarem destruídas, tem mais isso! - Ela caminhou até sua bolsa e tirou três revistas de lá. Olhei e notei que eram revistas de fofoca, todas tinham a maldita foto na capa com manchetes tensas: “Quem são elas?”, “Usurpadoras do 1D” e “Eaí directoners, ainda se pode confiar?”
- Nossa - foi à única coisa que consegui dizer e não ajudou muito - Olha aqui, amanhã de noite temos entrevista coletiva e tudo vai se resolver ok?
- É o que eu espero, de verdade! - Ela guardou as revistas e se deitou ao meu lado. A abracei, tentando protegê-la de todo mal. Fiquei mexendo no cabelo dela até que minha pequena dormiu e eu também.

Liam’s POV

Depois de toda essa confusão da foto, eu tentava ficar no twitter o maior tempo possível, nossas fãs até compreenderam o que houve, mas sempre tem algumas mais histéricas e vingativas. Eu realmente estava chateado com a , mas isso não significava que eu havia esquecido ela, muito pelo contrário. Vê-la triste e sem dormir me dava um aperto no peito, estava certa, indiretamente, era culpa minha. Depois do show, fomos ao hotel. Postei algumas coisas e dormi, já que amanhã vamos voltar para Londres. Acordei com batidas na minha porta: era .
- Bom dia Payne, desculpa incomodar, mas é que já são 11h00 e logo vamos para o aeroporto, me pediram para te acordar - Ela estava me tratando como uma funcionária trata um patrão - E vim retirar a câmera instalada aqui, posso?
- Ah, obrigado , mas não tem câmera aqui, retiraram antes do segundo show!
- Me chame de , por favor! - Ela suspirou - Isso é estranho, mas tudo bem! O ônibus vai sair daqui 13h00, esteja pronto! - Ela fechou a porta e saiu.
O clima estava (bem) complicado. Resolvi seguir o conselho dela, me troquei, arrumei minhas malas e em uma hora, estava pronto para voltar. Deixei minhas coisas no ônibus e fui comer algo. Só os meninos estavam na lanchonete, Harry disse que as meninas foram recolher os equipamentos. 13h00 em ponto, Paul nos chamou para o ônibus, e dessa vez, as meninas estavam lá. e correram para Louis e Harry. estava meio pálida, toda desleixada e a com um copo (enorme) de café na mão, com olheiras no rosto.
- Vamos galera? Quanto mais cedo partimos, mas cedo chegamos! - Harry me tirou dos meus pensamentos.
- Adeus terrinha, eu volto logo! - Nialler suspirou mandando beijos para o nada.
As meninas nos filmaram entrando no ônibus e também fizeram mais filmagens quando chegamos ao aeroporto. Colocamos as malas no avião, as meninas entraram primeiro e nós logo em seguida; ia ser uma tragédia se alguma fã nossa visse alguma delas. Encontramos aquela tal de lá e ela estava bem animada, estava lendo um livro quando ouvi a conversa dela com a :
- Vocês e os meninos brigaram? - Provavelmente, ela perguntou isso porque no voo de ida, nós fomos abraçadinhos e tudo mais, e agora, na volta, eu estava sentado com Zayn; Niall sozinho; Louis com ; Harry com ; com e com a .
- Ér - aparentemente não sabia o que responder - Não, a gente não brigou - Falsidade ataca novamente.
- Bom, porque se ocorrer qualquer problema, por mais que eu goste de vocês, serei obrigada a colocar outra equipe nas filmagens! - OUTRA EQUIPE? Tudo bem, elas deram mancada, mas nunca tinha passado pela minha cabeça ter outras pessoas nos filmando - Aliás, vocês recolheram todo material né?
- Não houve nada , relaxa! E sim, nós recolhemos tudo!
- Chegando em Londres tem muitas edições, parte de vocês editam e a outra vai cobrir a tal entrevista coletiva que os meninos inventaram… - Ufa, ela não sabia de nada… Apesar que logo ia saber, mais cedo ou mais tarde.
Chegamos em Londres e quando o avião pousou, já era possível ouvir a gritaria das nossas fãs. e nos filmaram saindo do avião, enquanto , e saiam do aeroporto com as malas delas. Paul e mais uns vinte seguranças tiveram que nos escoltar até um van. Muitas fãs nos perguntaram sobre as meninas e Louis respondeu por nós que esclareceríamos tudo na coletiva. Fomos para um hotel perto do HMV Hammersmith Apollo, onde seria nosso próximo show, depois de amanhã. Nós fomos nos arrumar para a coletiva e as meninas foram editar as filmagens… Pelo que ouvi só , (por insistência do Louis e do Harry) e iriam conosco, isso só fazia minha saudade pela aumentar, apesar de tudo.

Capítulo 8 – Me sinto só.

’s POV
Chegamos em Londres, pela graça de Deus, e fomos para um hotel bem legal. Subimos com as nossas coisas (foram necessárias três viagens para subir com tudo) e nos jogamos nas camas. e iriam à coletiva, enquanto eu, e adiantaríamos as edições. Eu até tinha vontade de ir, mas não queria morrer esfaqueada por uma directioner doida. Tomamos banho; coloquei uma roupa básica e liguei os computadores.
- Bom, a gente já vai indo ok? - pegou sua bolsa, uma câmera e um microfone - A coletiva vai passar na TV, se quiserem assistir… Enfim, até mais tarde, amo vocês!
Ela, e saíram e nós ficamos. Nem puxei papo com as meninas, porque tinha que me ocupar para não ligar a televisão. Fiquei encarregada de editar as filmagens do quarto deles. Editei do Zayn, do Harry e ri do Louis falando de noite. Claro que tive que tirar mais da metade das filmagens já que a maioria tinha a gente lá, mas ok né.
- Ér, meninas? - quebrou o silêncio - Tá na hora da coleti… - Ela nem terminou e já a interrompeu:
- LIGA LOGO ESSA BOSTA, QUERO VER ELES FALANDO DA GENTE VEI! Apesar de que eu sei que vamos nos arrepender…
Ligamos a TV num canal fechado e já estava passando o alvoroço, nunca eu vi tantos jornalistas num lugar só, pai amado. Acho que tinham umas 150 pessoas lá, isso porque mostrou também o oba-oba das fãs do lado de fora do lugar. Os meninos se sentaram atrás de uma mesa grande, cada um tinha um microfone e um copo de água acompanhando. Um homem alto pegou um microfone e começou a falar:
- Bem, vamos dar início à coletiva de imprensa, todos que quiserem fazer perguntas levan… - Começou uma gritaria desgraçada, os meninos riam, o homem entrou em desespero e todos queriam saber de nós, que medo. A câmera foi filmando tudo e deu pra ver a e a quase morrendo também - SILÊNCIO! Vamos tentar manter a calma, acho que é o básico, sentem-se e façam as perguntas.
- Eu tenho uma pergunta! - Uma jornalista berrou e Liam assentiu para que ela continuasse - Afinal, quem são as cinco meninas que aparecem nas fotos com vocês? E por que elas postaram aquilo? - “FODEU!” pensei.
- Olha, - Quando Louis começou a falar eu respirei aliviada, ele iria nos defender. - As meninas que estão nas fotos são as pessoas responsáveis por um documentário nosso para a MTV brasileira, logicamente elas são brasileiras dã! E não sabemos quem postou aquilo para as nossas fãs, elas disseram que são inocentes e eu acredito! - Novamente balbúrdia.
- Sim, eu sei que elas são brasileiras, todos nós sabemos, elas estão em várias capas de revistas, eu quero saber, que relação vocês tem com elas? - NOSSA AMIGA, NÃO COMPLICA AS COISAS.
- Elas são nossas amigas - Niall respondeu do mesmo modo que respondeu na casa dele, mas dessa vez, Harry interveio:
- Na realidade, foi pra isso que convocamos essa coletiva! Viemos anunciar que eu e o Louis estamos namorando as meninas da foto, e !
- Elas não sabem que estamos namorando ainda, mas isso é um pedido… Então meninas, vocês querem namorar conosco? - Posso apertar o Louis? Nesse momento soltou um gemido e apertou o edredom. Era claro o motivo, porque até eu estava com raiva, já que Liam, Zayn e Niall não moveram uma palha.
- As duas estão ai? - Outro jornalista indagou.
- Sim, elas vieram cobrir a coletiva, esperem - Harry pegou o celular e logo Louis também - Viram, elas aceitaram! Estamos namorando oficialmente agora!
- , eu te amo! - Louis se declarou apontando e acenando pra no final da multidão que estava morrendo de vergonha, junto com e o estrupício da .
- Vocês são uns fofos mesmo né? - Dessa vez, uma jornalista um pouco mais informal fez um comentário - Mas e os outros?
- NÓS ESTAMOS SOLTEIROS - Zayn deixou mais que claro - E, não quero me pronunciar sobre a foto, só queria me desculpar, em nome de nós cinco, com as nossas fãs, pelo que elas leram e tudo mais…
- É verdade, - Liam prosseguiu - Saibam que nós estamos tão chateados quanto vocês e ao contrário do Louis e do Harry, já sabemos quem foram as culpadas - Deixei um lembrete na minha mente: bater no Liam quando ele chegasse - Enfim, queria me desculpar mesmo, porque nós sabemos e somos eternamente gratos por tudo que vocês fizeram, fazem e farão por nós! - Ouvi um ‘Awn’ e todos aplaudiram, aí a TV desligou.
- Eu me recuso a assistir mais sobre isso, a e a estão namorando, nossos meninos ainda não acreditam na gente e deixaram isso claro como a água! Agora, mais do que nunca, não podemos colocar a cabeça pra fora da janela porque podemos levar um tiro! - comentou e nós rimos, até a soltou uma risadinha irônica.
- Bom, vamos terminar isso aqui e esperar as meninas ok? - Sugeri e elas assentiram. Passamos algumas horas editando as filmagens e relembrando dos nossos momentos no Brasil, isso me fez lembrar que eu estava morrendo de saudade da minha família. Editei as filmagens do Niall e quase chorei, porque eu o amava e vê-lo, em qualquer situação. Cortava meu coração, só de saber que outra qualquer agora podia roubá-lo de mim, minha tristeza passou quando fui editar as filmagens de Liam... Acontece que não tinha filmagem, porque a câmera tinha sumido - MENINAS, SOCORRO!
- O que houve sua doida? - me encarou.
- A câmera do quarto do Liam sumiu ou não foi instalada - Falei passando a mão na testa.
- Eu instalei a câmera lá! Maaaaaaaas, como foi a que desinstalou tudo, vamos dormir, porque já ta tarde e amanhã encontramos essa tal câmera, já que é bem capaz que ela chegue só de madrugada… - Nossa Mom pensava em tudo mesmo.
- É; ela vai comemorar com o Haroldo, isso sim - Nós rimos e continuou - Então vamos dormir, porque eu to morta!
Desligamos os equipamentos e nos deitamos. Eu estava morta de fome, mas não conseguia comer, mesmo se quisesse, a última coisa que tinha ingerido eram aqueles cupcakes na Irlanda. Coloquei os fones de ouvido e peguei no sono ao som de Over Again.

’s POV
Saímos do hotel e chegamos ao local da coletiva. Optei por entrar com pelos fundos, ainda tinha medo de morrer. As fãs estavam loucas, insanas e os meninos procurariam esclarecer tudo nessa coletiva. Um alvoroço se instalou na sala quando os meninos chegaram e se sentaram na enorme mesa. e eu ficamos apenas observando do fundo da sala, para que ninguém nos visse, senão as coisas poderiam piorar. Logo fizeram a primeira pergunta, fiquei morrendo de medo do rumo que as coisas poderiam tomar, mas quando vi que Louis se prontificou a responder, respirei aliviada e também... Ele nos defenderia. ficou ao nosso lado, não sei se estou doida, mas uma expressão de triunfo instalava-se em seu rosto. Harry anunciou que estávamos namorando e que e Louis também. Ficamos chocadas. apertou minha mão, apertei mais ainda e nos seguramos para não gritar. ”Elas não sabem que estamos namorando ainda, mas isso é um pedido… Então meninas, vocês querem namorar conosco?” As palavras de Louis inundaram minha cabeça. É claro que eu aceitaria, mas não conseguia responder de tanta felicidade.
- As duas estão ai? - Um jornalista perguntou.
- Sim, elas vieram cobrir a coletiva, esperem - Harry pegou o celular e logo Louis também. Uma mensagem chegou no meu celular e no de também. Respondemos. “Claro que aceitamos!” - Viram, elas aceitaram! Estamos namorando oficialmente agora!
- , eu te amo! - Louis se declarou apontando e acenando pra que estava morrendo de vergonha, fez uma careta e eu fingi não ver aquela cena medíocre, sabe, não vou com a cara dela.
- Vocês são uns fofos mesmo né? - Uma jornalista um pouco mais informal comentou. - Mas e os outros?
- NÓS ESTAMOS SOLTEIROS - Zayn praticamente gritou, só faltou desenhar num papel e colar na sua testa, na de Niall e na de Liam que estavam solteiros. - E, não quero me pronunciar sobre a foto, só queria me desculpar, em nome de nós cinco, com as nossas fãs, pelo que elas leram e tudo mais…
Pensei em , e naquele momento. Elas deveriam estar arrasadas. Se eu que não tive nada com eles já estava super mal. Imagina que cruel: você está ficando com um cara e no dia seguinte ele age como se não te conhecesse mais... A coletiva inteira girou em torno da tal polêmica, eles (Zayn, Niall, Liam) falaram que sabiam quem foi, pediram desculpas as fãs, disseram que amavam-nas acima de tudo, coisa e tal. A coletiva acabou uma hora depois e voltamos ao hotel. Quando encontrei Harry o abracei forte e o beijei.
- Eu te amo Hazza - Sussurrei em seu ouvido, arrepiando seu pescoço.
- Também te amo . - Nos beijamos mais um pouco, até que nos cutucou avisando que a van havia chegado. Entramos sem ser vistos. Chegamos bem tarde no hotel, entrei no quarto e as meninas estavam dormindo. resmungava algumas coisas impossíveis de entender, dormia abraçada com um travesseiro e com um ursinho. O que fazemos para melhorar o astral dessas meninas? Já nem sei mais.
Peguei meu pijama e fui para o quarto de Harry. ”Comemoramos” um pouco nosso namoro e fomos dormir já que estávamos cansados. Ele me abraçou e caímos no sono. Acordei no dia seguinte com beijinhos de Harry no meu pescoço.
- Bom dia! Ei amor, já ta meio tarde e as meninas já estão lá em baixo, vamos! - O ouvi dizer enquanto mordia minha orelha.
- Se você me acordar desse jeito todo dia, vou ficar mal acostumada! - Fiz bico e me levantei. No banheiro, fiz minha higiene pessoal de todos os dias, me troquei e quando saí Harry já estava pronto. Ia pegando minha bolsa, quando meu celular tocou, olhei no celular e era .
- Bom dia, coisa linda! - Falei toda animada.
- , DESCE LOGO AQUI PRA ESSA LANCHONETE, A DESMAIOU AQUI MANO, VEM LOGO! - Fiquei em êxtase e desliguei o telefone. Eu sabia que ia dar merda essa modinha de não comer, de não seguir horários e de não se cuidar!
- , você tá branca, o que houve? - Harry segurou em minhas mãos e eu senti uma lágrima escorrendo pelo meu rosto.
- A DESMAIOU LÁ EM BAIXO, VAMOS - Puxei-o pelo pulso e corri para o elevador. Não conseguia ver nada, só pensava nas meninas desesperadas lá em baixo. Senti meu ombro bater em alguém e murmurei desculpas, olhei para ver quem era: Niall.
- Ah, é você... - Suspirei decepcionada - AGORA ME DÁ LICENÇA QUE EU TENHO QUE PASSAR POR FAVOR!
- Espera aí, o que houve? - Tive vontade de responder “Não é da sua conta, babaca”, mas Harry respondeu por mim.
- A desmaiou na lanchonete, estamos indo pra lá.
- O quê? - Ele ficou pálido - Eu vou com vocês! - AGORA ELE QUERIA RESOLVER AS COISAS NÉ?
Pegamos o elevador e chegamos ao térreo, soltei a mão de Harry e corri para a lanchonete. estava no chão desacordada; e a sacudiam loucamente, Louis estava ajoelhado no chão do lado da , que chorava. Liam e Zayn estavam em pé olhando pra confusão toda.
- LICENÇA, EU QUERO VÊ-LA! - Cheguei já tirando todo mundo da minha frente. - CHAMA UM MÉDICO, ALGUÉM CHAME UM MÉDICO!
- , acorda! - Louis tentava em vão. Vi Niall pegar o telefone e ligar para o médico do hotel, pelo menos ele tem alguma função nessa vida. Ele desligou o telefone e empurrou para o lado, colocando a cabeça da em seu colo.
- , o médico tá chegando tudo vai ficar bem… - Quem vê pensa que ele é o menino mais fofo do planeta, mas tá. Alguns instantes depois; começou a murmurar algo.
- ELA TÁ ACORDANDO, GRAÇAS AO PAI! - levantou e foi pegar um copo de água.
Logo, uma figura de roupa branca surgiu na porta: o tal médico. Fiz com que todos dessem espaço para ele, que se ajoelhou ao lado da .

Zayn’s POV
Acordamos meio cedo e fomos tomar café. Louis e as meninas, menos , estavam lá, e por insistência dele sentamos todos na mesma mesa. Niall acordou atrasado e disse que desceria mais tarde. Não aguentava mais ficar olhando pra sem dizer nada, até porque, eu ainda amo ela. As meninas se serviram, menos que ficou sentada conosco, e começaram a comer. Percebi que estava meio (bem) pálida e amarela, mas achei que fosse impressão.
- Esqueci o suco e to com preguiça de ir buscar… - comentou. Mega indireta para alguém ir pegar pra ela.
- Eu pego sua feia! - resmungou e caminhou até o balcão. Aí ela parou no meio do caminho, se apoiou numa mesa e caiu, foi tudo bem rápido.
Louis correu para acudi-la junto com as meninas; eu e Liam simplesmente nos levantamos e ficamos observando. ligou desesperada para e só aí eu vi que o negócio tava sério: ela tinha desmaiado. Minutos depois, , Harry e Niall surgiram na lanchonete e apesar de tudo, Niall foi ao encontro de , ele também estava sofrendo com isso tudo, assim como eu e Liam. O médico chegou e já foi pedindo espaço. começou a resmungar e foi acordando lentamente.
- Eu to tonta… - Ela disse com a voz fraca, sem abrir os olhos completamente. e se abraçaram e parou de chorar.
- Coloquem-na numa cadeira, por favor - O médico ordenou e quando Louis se ofereceu para carregar até a bendita cadeira, Niall já tinha colocado ela lá, e se juntado a nós.
- Eu não posso vê-la assim, nesse estado - Ele confessou cochichando para que só eu ouvisse, só assenti. O doutor examinou , deu água a ela, mediu a pressão, e finalmente deu o diagnóstico:
- A senhorita vem se alimentando bem?
- Não doutor! - respondeu por ela.
- Quando foi a última vez que você comeu? - Ele indagou novamente.
- Bom, acho que na Irlanda… Um cupcake que a me deu, é, foi isso - Todos nós ficamos bem surpresos com a resposta dela. Fazia uns três dias que ela não comia.
- Sua doida, você prometeu que comeria! - bufou.
- Nossa! Vocês duas estão bem? Uma não come e a você - Ele se dirigiu a - Está aparentando depressão… Bem, você tem que se alimentar de três em três horas e agora tem que comer bastante carboidrato para recarregar as energias!
- E o que eu faço se não consigo comer? - perguntou olhando para Niall, que apertou meu braço.
- Vocês perderam algo importante nesses últimos dias? - Esse cara era um médico ou um jornalista? me fitou e assentiu, o médico continuou - Então vocês estão com início de depressão, que se manifesta de várias formas. Na senhorita foi parar de comer, e em você foi parar de se cuidar… Vou receitar alguns remédios que creio que vão funcionar. - chamou o médico para que desse as receitas a ela. , , e Louis abraçaram que começou a chorar.
- Que foi trouxa? - Muito amor entre a e a , nossa.
- Eu ando sensível esses dias, relaxa! AF, EU AMO VOCÊS - Ela abraçou as meninas e Lou, e eles começaram a rir.
- Agora você trate de comer ok? - Louis apertou as bochechas dela.
- E você trate de se cuidar! - Harry abraçou .
Depois que a poeira baixou, nos sentamos novamente. Dessa vez, todos obrigaram a comer… Ela comeu pouco, mas comeu e disse que se sentia bem melhor. Terminamos o café da manhã e um silêncio constrangedor se instalou no ambiente, até que se pronunciou:
- Ah, , deixa eu te perguntar… A tava editando as filmagens dos quartos dos garotos e tá faltando à câmera do quarto do… - Ela fez uma pausa - Tá faltando a câmera do quarto do Liam, e como foi você que desinstalou…
- Que estranho, porque eu fui lá buscar e ele me disse que depois do primeiro show não estava mais lá… - Elas conversavam como se o próprio Liam não estivesse lá.
- E agora? A vai quebrar a gente, é - comentou mexendo no iogurte.
- Se ela fizer isso, olha… Eu não respondo por mim - Louis cerrou os punhos e fingiu socar o vento, nós rimos e depois ficamos constrangidos, fazia um tempo que nós ríamos daquele jeito.
- Vamos procurar então, ué - mordiscou um biscoito.
- Eu, a , o Louis e o Harry não podemos, vamos sair hoje galera… - Foi só dizer isso, que nós a olhamos com malícia.
- Encontro de casais? Bléeee, quanto mel! - fingiu estar vomitando – Ok. Podem ir, eu, a e a procuramos e depois nos encontramos com vocês para ficarmos de vela, pois é.
- E vocês meninos, o que vão fazer? - Harry nos perguntou.
- Vamos ter tarde de vídeo game no quarto do Liam, aliás, já estamos atrasados - ATRASADOS PRA QUE ZAYN? Essa foi a melhor desculpa que eu encontrei para sair logo dali. Despedimos-nos com um aceno e eu, Niall e Liam fomos jogar vídeo game.

Capítulo 9 - Tryin so hard not to cry.

’s POV
Atrasados para jogar vídeo game? Esse Zayn não tem imaginação mesmo né? Depois que eles foram embora, conversamos mais um pouco sobre possíveis lugares que a câmera poderia estar e nos despedimos. Combinamos de os casais irem primeiro ao Green Park, depois as meninas nos encontrariam lá para um piquenique. Saímos do hotel, pela porta da frente dessa vez, era tão bom não ter nada a esconder. Harry e foram num carro e eu e o Boo Bear em outro. Ele abriu a porta pra mim e eu entrei. Fomos até o Green Park ouvindo o CD do Oasis: “Stop the Clocks”. Chegamos ao parque, ele estacionou like a boss e nós saímos. Encontramos Harry e na frente do Portão e entramos. A vibe era a melhor: pessoas caminhando, crianças correndo... Paz, finalmente.
- Bom, eu a vamos dar uma voltinha, quando as meninas estiverem chegando, nos avisem que a gente se encontra! Beijo casal - Harry pegou na cintura da e saiu.
- JUÍZO HAZZA, JUÍZO! - Louis berrou, fazendo o parque todo olhar pra gente.
- Louis, vamos brincar de ser discretos ok? - Falei fazendo-o rir. Ficamos em silêncio e eu passei as mãos pelo seu pescoço, ele segurou minha cintura e nos beijamos. Finalmente um beijo sem pressa, sem culpa, sem nada oculto.
Senti alguém puxando minha blusa de leve e o Louis parou de me beijar. Era uma menininha de uns seis anos. Loirinha, toda espevitada, com um bloquinho e uma caneta na mão.
- Oi moço, você é o Louis né? - Ri com a fala dela, tão pequena, mas já sabia quem era meu Boo Bear.
- Sou sim pequena, e você quem é? - Louis respondeu agachando para ficar do tamanho da menina.
- Eu me chamo Hannah, você pode me dar um autógrafo? - Ela quase jogou o bloquinho no Louis, ele riu, pegou a caneta e autografou, escreveu: “Para Hannah, uma menina muito linda! Beijos, Louis Tomlinson xx”.
- Agora vamos tirar uma foto? - Ele disse pegando o iPhone do bolso - Vem amor! - Agachei junto com eles. Hannah ficou no meio sorrindo, Louis e eu ficamos nas pontas; ele tirou a foto e a garotinha riu.
- Muito obrigada Louis! E quem é ela? - Hannah apontou para mim.
- Ela é bonita né? - Louis perguntou e a menina balançou a cabeça positivamente - Ela se chama , é a minha namorada!
- Ah entendi! Tchau Louis, tchau ! - A garotinha acenou e saiu correndo para uma moça, que deveria ser sua mãe. Ouvi-a dizer “mamãe, conheci o menino do One Direction e a namorada dele”. Ficamos ali agachados por mais alguns instantes até que me levantei.
- Imagina quando tivermos os nossos filhos… Eles vão ser lindos como a mãe - Ele passou a mão nos meus cabelos e eu senti um arrepio.
- E vão ter os olhos azuis do pai! - Acariciei as bochechas dele. Ficamos uns minutos apenas nos curtindo, até que um buzina me tirou do transe. - LOU, É O CARRINHO DO SORVETE, EU QUERO!
Compramos sorvete e nos sentamos em baixo de uma árvore. Passamos a tarde conversando sobre nossos últimos dias. Apesar dele sempre acreditar em mim, eu queria provar minha inocência nisso tudo e descobrir quem foi que postou a bendita foto. Deitei no colo do Louis e cochilei. Acordei sentindo meu celular vibrar. Era a . Olhei e notei que Louis também dormia.
- Alô? - Falei com a voz fraca, de sono.
- QUE VOZ É ESSA ? INTERROMPI ALGUMA COISA? VOCÊS ESTÃO NO PARQUE NÉ? - A tava pensando merda já.
- Tô né sua anta, só que nós conversamos e acabamos cochilando um pouco, só isso! Já estão vindo?
- Ah ta, que susto! - Essa menina tem mente poluída, não é possível - Já sim, liguei para avisar que estamos chegando! Onde vocês estão?
- Na frente de uma barraquinha de sorvete, no portão principal!
- Ok beijos!
Desliguei o telefone, liguei pra que também viria nos encontrar. Acordei Louis beijando seu rosto e mordendo sua orelha. Ele despertou com um pouco de dificuldade, o que o tornava bem mais lindo, até que ouvi uns flashes, quando notei, tinham dois paparazzi atrás de uma moita. Olhei confusa para Louis e ele riu.
- É normal isso agora Bear, principalmente depois que assumimos o namoro, fica tranquila! É só dar pra eles o que eles querem! - A princípio não entendi o que ele quis dizer, aí ele me deu o maior beijão. Bem ‘desentupidor de pia’, os paparazzi fotografaram mais um pouco e foram embora - Não disse? - Nós rimos. Ficamos abraçadinhos esperando as meninas. Logo vi e andando em nossa direção, as duas riam. Ver aquela cena realmente me deixou feliz. Acho que finalmente elas estavam voltando a ser como eram antes.
- Fico tão feliz de vê-las sorrindo desse jeito... - Falei para Louis que concordou e me deu um selinho.
- Eae galera! - comentou e rimos.
- Cadê a e o Hazza? - e nos cumprimentaram.
- Oi pra você também ! - Ela riu.
- Foram dar uma volta, vou ligar para eles. - Lou ligou para Harry. atendeu e avisou que eles estavam sentados na beira do lago e que era para irmos para lá. No meio do caminho ouvimos outra buzina e logo um carrinho de algodão doce apareceu.
- EU QUERO! - e gritaram juntas, saíram correndo e encostaram numa planta. - VERDE! - Berraram juntas de novo e seguiram em direção ao carrinho. Eu e Boo Bear rimos. Elas compraram o algodão doce, continuamos a ir em direção ao lago. Eu e Lou íamos de mãos dadas atrás enquanto e conversavam e apreciavam seus algodões doces à frente.
- Elas estão bem né? Parece que depois que o médico falou daquele negócio da depressão elas melhoraram... - Louis murmurou.
- Não se engane Lou, elas podem parecer bem, mas ainda estão tristes, só preferem não demonstrar.

’s POV
Depois do café da manhã e da discussão do sumiço da câmera, eu, e subimos para o quarto para tentar encontrar nosso objeto desaparecido. e até se ofereceram para ajudar, mas eu disse que não era necessário… Bom, de certa forma era necessário sim, mas eu não queria estragar a felicidade delas, não agora que elas começaram a namorar e tudo mais. Chegamos no quarto e estava lá, olhando nosso computador de edições.
- Oi meninas - Ela nos cumprimentou - Pelo que estou vendo, estão bem adiantadas no serviço né?
- É, somos bem responsáveis - afirmou.
- Estou vendo… e , onde estão? - Ela quer saber da nossa vida agora, é isso?
- Elas foram ao Green Park com os namorados delas, curtir o dia de folga - alfinetou e eu tive uma vontade enorme de rir.
- Entendi… Bom, vou deixar vocês sozinhas, tchau! - Essa mulher era realmente bem estranha, ela aparecia do nada e saía do nada também. Ela fechou a porta e nós suspiramos.
- A cada dia que passa essa me parece menos confiável - se sentou numa cadeira. - Ela é... - demorou a encontrar um bom adjetivo - Tensa.
- Mas ainda é nossa ‘chefa’, infelizmente! - Eu tive que lembrar as meninas - E temos que respeitá-la e blábláblá, principalmente depois do escândalo! Enfim, viemos aqui para?
- ACHAR A CÂMERA! - As meninas disseram juntas.
Fizemos uma lista de possíveis lugares para essa bendita câmera estar. Procuramos nas coisas da , da , nas minhas, nas da , nas da , nas nossas malas conjuntas; descemos até o ônibus e procuramos lá e no trailer. Voltamos esgotadas.
- Eu já não estou bem, ainda tenho que ficar andando, to morta! - se jogou na cama.
- E não encontramos esse troço… Olha que uma câmera não é um objeto fácil de perder, como uma chave! - tomou um copo de água.
- FALANDO EM FICAR MAL, vocês tem que tomar o remédio! O da é de gotinha, mas o seu , é comprimido… - Tirei um frasco e uma caixinha da bolsa que o médico tinha me dado.
- EU QUERIA DE GOTINHA TAMBÉM! - fez bico, mas logo tomou o remédio. Ficamos um tempo em silêncio, apenas procurando a câmera, em vão. Deu o horário e e foram se arrumar para irem ao Green Park, eu decidi ficar no hotel mesmo para encontrar o que tínhamos perdido.
- Cara, isso não é brincadeira… - Ia dar um sermão, mas me interrompeu:
- “Isso é trabalho, você não levam a sério? Essa é a chance da nossa vida” - Ela colocou as mãos na cintura me imitando e me olhou - Já sabemos , vamos ao Parque e quando voltarmos; procuramos juntas; ok?
- Tá, mas me prometam uma coisa? - Elas assentiram e eu continuei - Se divirtam ok? Sei que é difícil, mas tentem por mim. Dói aqui dentro ver o estado que nós chegamos…
- Como dizem: você pode estar um caco por dentro, mas nunca por fora! - completou, aliás, eu falei que ela estava linda?
- Isso aí, vamos fingir que estamos bem, assim não preocupamos ninguém belezinha? - bateu palmas.
- Podem ir meninas, ou vocês vão se atrasar, eu fico para ACHAR essa câmera… - Dei a bolsa para e o celular que quase esqueceu.
- Tá né - parou na porta - Boa sorte amor, você vai precisar. - Elas saíram e bateram a porta.
Sentei na cama e comecei a revirar tudo outra vez. Até que ouvi umas vozes no corredor, olhei pelo olho mágico e eram Zayn, Liam e Niall, subindo da lanchonete, suponho. Meu coração quase saiu pela boca, toda vez que eu o via era assim. Eu queria poder tocá-lo, nós estávamos tão perto, mas tão longe ao mesmo tempo. Queria que ele me protegesse; que ele cuidasse de mim. Eu sempre passava essa imagem de ‘mãezona’, mas acho que sou a mais sensível de nós cinco. Aí eu me lembrava do que ele disse na coletiva, aquilo me corroia por dentro, eu tinha que provar que éramos inocentes. Eu nem entrava mais no Twitter que nós fizemos para o documentário, se não aconteceria uma tragédia. Eu queria provar pra ele e para as directioners que eu não tinha feito aquilo. Tirei esses pensamentos da minha mente e fui procurar a câmera. Revirei umas malas e encontrei uma bolsa grande preta dentro de uma caixa, olhei a etiqueta e vi que era da , coloquei a bolsa em cima da cama e tranquei a porta só para garantir. Meu sexto sentido dizia que eu deveria abrir aquela mala e foi o que eu fiz.

Niall’s POV
Fiquei realmente preocupado com o desmaio de . Não nos falamos direito há uma semana, mas mesmo assim, eu ainda a amo, estava praticamente pronto para dizer isso a ela quando tudo aconteceu. Eu fui cruel com ela, lhe disse coisas horríveis, mas não é para menos, insultar nossas fãs daquele jeito não é nada bom. O médico disse que ela e poderiam estar no início de uma depressão. Zayn também estava preocupado. O que estava acontecendo com elas? Depois que todos saíram, começamos a jogar vídeo game. Nem assim conseguimos rir, o clima estava tenso, pesado.
- Não aguento mais. - Liam suspirou - O que foi aquilo que aconteceu hoje?
- Nem me fale, fiquei preocupado, bem ou mal, ainda sinto algo muito forte pela . E ver ela daquele jeito, pálida, sem comer, me deixou tão mal...
- não se arruma mais, não liga mais para isso, anda toda desajeitada e ainda pode estar num início de depressão assim como … Será que não devíamos baixar um pouco a guarda? - Zayn passava as mãos nos cabelos.
- Não! Não podemos. - Liam interveio - O que elas fizeram é imperdoável!
- Poxa Liam, te entendo, mas acho que deveríamos amenizar um pouco a situação... - Falei.
- Também estou preocupado com , ela toma uma garrafa enorme de café por dia, não dorme direito e está super mal. - Liam estava confuso, muito confuso. - Não sei mais o que pensar ou o que fazer! Só sei que não aguento mais ficar longe da .
- Vamos tentar conversar com elas depois; antes podemos falar com Louis e Harry para termos uma ideia do que podemos fazer. - Zayn não aguentava mais ficar longe de , por mais que tentasse, sempre o pegava resmungando algo sobre saudade de abraços e beijos, quando via que eu estava ouvindo, parava de comentar. Liam não sorria direito, uma vez o flagrei olhando uma foto de sorrindo em seu iPhone.”Saudade desse sorriso sincero”. As palavras de Daddy soavam roucas e fracas. Eu sentia muitas saudades da . Saudades dos seus abraços, dos seus beijos, de lanchar na madrugada ao seu lado, de tudo, saudade dela! Por um lado eu queria ir até o quarto das meninas, abraçá-la e me desculpar por tudo que eu disse, mas por outro… Só de pensar nas minhas fãs lendo aquele bendito texto já fazia minha raiva vir à tona.
- Vamos jogar e depois falamos com o Louis e com o Harry, eles nos ajudam e acabamos logo com isso! - Troquei de jogo.
Jogamos Guitar Hero, alguns (muitos) jogos de dança, eu sempre ganhava… Mas Zayn acabava conosco nos jogos de luta, era um destruidor. Passamos mais algumas horas no vídeo game, até que Liam pausou.
- Enjoei disso! - Nós rimos - Vamos comer alguma coisa e esperar os garotos, tá?
- OPA! Vamos comer mesmo, porque to com fome! - Externei meus pensamentos.
- E quando você não está? - Zayn deu um tapa na minha testa.
Descemos para a lanchonete e nos servimos. Zayn comeu bolo, Liam uns biscoitos; e eu me acabei de tantos muffins de chocolate que comi.
- Nossa! Já é seu oitavo bolinho, não encheu ainda? - Liam deu umas batidinhas na minha barriga.
- Esse é último tá? - Fiz bico.
- Você fala que é o último desde o terceiro, e tai, devorando o oitavo… Mas e ai, vamos voltar para nosso vídeo game? - Zayn sugeriu.
- Vamos! E agora vou acabar com você no Mortal Kombat e também quero jogar Toy Story! - Liam terminou de tomar seu suco. Subimos e ligamos o vídeo game outra vez. Ficamos o restinho de tarde jogando, até que os meninos chegaram.

Harry’s POV
Eu e nos sentamos na beira do lago e conversamos bastante. Ela estava deitada em meu colo enquanto eu bagunçava seu cabelo. Ficamos assim por um bom tempo, até que meu celular tocou e ela atendeu:
- Alô? Ah ok, estamos aqui na beira do lago, venham para cá! - Fez uma pausa - Esperamos sim, beijos!
- Quem era anjo? – Perguntei e ela respondeu que era Louis. Logo ele, , e chegariam aqui. Ficamos rindo e jogando água um no outro. Encostei numa árvore e percebi vários paparazzi nos fotografando.
- Me beija . - Pedi e ela puxou meu pescoço, nossas bocas se encontraram num encaixe perfeito, passei a mão pela sua cintura, a distância entre nossos corpos era mínima. Paramos apenas quando ficamos sem ar.
- Que foi isso Harry? Quer me matar de asfixia? - Rimos.
- Havia alguns paparazzi nos observando, quis mostrar a eles que você é só minha.
- Meu Deus Harry! Você é doido? As pessoas vão ver essas fotos de você quase me devorando? - Ela fez pose tentando ficar séria, mas começou a rir. Ríamos quando o pessoal chegou.
- Mas que felicidade toda é essa? - Contamos o que havia acontecido e disse que Louis fez o mesmo. Vimos que e começaram a ficar tristes, então mudei de assunto.
- Podemos começar o piquenique? Me bateu uma fome... - Estendemos a toalha com muita dificuldade, o vento não ajudava e e Louis puxavam a toalha. Depois de um tempo conseguimos, nos sentamos e tiramos as comidas da cesta, que havia insistido em levar para tornar o sonho mais real e divertido. Levamos sanduíches, sucos, frutas, doces, tudo que se pode imaginar. Comecei a pensar em Niall. O irlandês também estava sofrendo bastante. Olhei para , que sorria, fazia piadas e comia. Mas isso não me engana, sei muito bem que ela e estão fingindo estarem recuperadas para pararmos de pegar no pé delas. voltou a comer, voltou a se arrumar, estava linda novamente. Mas elas não me enganam, nem um pouco!
- Falem mais sobre samba, pagode, funk... Quero saber tudo! - Louis estava doido, não sabia o que perguntava primeiro. Eu não sabia se ria das repostas das meninas ou de tentando ensiná-lo a sambar.
- O dia tá tão lindo hoje né? - Sai dos meus pensamentos com o sussurro de em meu ouvido.
- Tá tudo maravilhoso! To amando passar o dia juntinho de você. - Nos beijamos suavemente. De fundo ouvíamos os gritos de , , Louis e . Uns jogavam água nos outros quando caiu no rio. Lou começou a rir, mas e ficaram sérias e se olharam.
- ELA NÃO SABE NADAR! - berrou e mergulhou no rio, a fim de salvar , que tentava pedir socorro, mas de nada adiantava. Fiquei desesperado, todos ficamos, pegou os braços de e os apoiou em seu ombro.
- Vem, meche as pernas uma por vez, devagar! - fez o que pediu e logo as duas estavam deitadas na grama. se recuperou rápido, mas ainda estava ofegante.
- Ta tudo bem? Ta com muita água na garganta? Quer ir ao médico? - apertava e uma rodinha se formou em volta delas.
- Calma gente; estou bem... - Dito isso começou a rir.
- Sua puta! Me molhei toda, estraguei minha maquiagem e meu cabelo pra te salvar e você dá risada? - gesticulava e ria mais ainda.
- Vocês precisavam ver a cara de vocês cara, foi hilário! - Apenas ela ria.
- Não, não foi engraçado… - Louis comentou.
- Tudo bem gente, parei.
Ficamos mais um tempo conversando e discutindo sobre o que havia acontecido.
- E aí garotas, o que querem fazer?
- Quero ir ao sol para me secar e no banheiro para ver meu estado aberração! – passava as mãos no cabelo.
- Quero sorvete! – Já passava as mãos na barriga.
- Quero pipoca! - e disseram juntas e tocaram na grama. - VERDE! - Olhei para Louis que também não entendeu nada.
- Olha o carrinho da pipoca! - gritou - Vem ! Corre! - Combinamos com elas de nos encontramos em meia hora na beira do lago. foi comprar sorvete com Lou e eu fui mostrar para aonde era o banheiro.
- Estou cansada Hazza, essa coisa da se afogar me deixou morta! - Rimos.
- Você nada bem , só precisa treinar!
- Treinar? Não Harry, não mesmo. - Rimos. Fui ao banheiro e fiquei a esperando do lado de fora. saiu com um coque no alto da cabeça e com menos maquiagem. - Porque não me disse antes que eu estava parecendo a Mortícia Addams?
- Mas não tava parecendo... - Ela olhou para mim e começou a rir, ri junto e não conseguimos parar mais. Depois de uns dois minutos, finalmente paramos.
- Ai minha barriga Harry… - Ela subiu nas minhas costas e fomos correndo até um banquinho.
- , você ta melhor mesmo? - Tomei coragem e perguntei. Eu tinha que saber, ela se tornou minha melhor amiga.
- Tá bom; vou falar a verdade! Não, não estou bem, estou sofrendo muito, me apeguei muito ao Zayn nesse tempo que passamos juntos, estou lutando com todas as minhas forças para esquecê-lo, mas não consigo Harry! - Ela começou a chorar, a abracei.
- Calma , vai dar tudo certo. Olha, ele também está super mal, não consegue parar de pensar em você, ainda usa a parte do colar dele...
- Ele usa? - Ela saiu dos meus braços e limpou as lágrimas.
- Usa , usa! Já o flagrei a observando umas duas vezes. - Suspirei - Mas fica calma viu? Tudo vai se resolver; logo vocês estarão de bem novamente, tenho certeza que não foram vocês que fizeram aquelas coisas horrendas!
- Ah não sei não Harry, você pensa assim... O Zayn acha que eu seria capaz de fazer aquilo, ele não confia em mim Hazza. Além do mais, me disse coisas horríveis, ainda estou muito chateada com ele.
- Te entendo , mas se Deus quiser tudo vai melhorar… Vamos voltar para o lago, devem estar nos esperando! - Seguimos ao lago conversando de coisas banais, como músicas, cachorros e comida. Chegamos junto com Louis e , parecia que os dois também haviam tido uma conversa séria.
- Vamos embora? Estou cansada! - choramingou e sentou na grama.
- Vamos, estou morta! - .
Andávamos até a saída do parque quando o celular de tocou.

’s POV
Harry é realmente o meu melhor amigo. Conversamos bastante hoje, Zayn pode estar mal, mas tenho certeza que eu estou muito mais. Ele não pensou duas vezes antes de me julgar e dizer aquelas coisas horríveis para mim. Saber que ele ainda usa sua parte do colar me deixou com um fio de esperança. Eu e Harry voltamos ao lago e encontramos o povo. Quando caminhávamos até a saída meu celular tocou, olhei no visor e era .
- Alô? - Falei.
- VENHAM PARA CÁ AGORA! PELO AMOR DE DEUS! – Ela desligou na minha cara, fiquei paralisada.
- Que aconteceu ? - Lou perguntou e me sacudiu.
- ! Disse para irmos para lá agora, meu Deus, deve ter acontecido alguma coisa!
- Vamos gente! - Harry berrou e saímos correndo. Entramos na van e Louis assumiu o volante.
- Tá bom gente, precisamos chegar logo, mas não quero morrer! - comentou.
- Ei! Eu dirijo bem ta? - Louis contestou.
- Vai logo Louis! - apertou a buzina e todos se assustaram.
Louis dirigiu relativamente rápido e após alguns minutos chegamos ao hotel. Encontramos Paul, o armário, na porta, Lou jogou-lhe as chaves da van e pediu que estacionasse, pois estávamos com pressa. Cada segundo no elevador era mais um segundo de angústia, de curiosidade, o que diabos estava acontecendo? Entramos em nosso quarto desesperadas e encontramos uma louca de ódio.
- Meninos, você podem sair um minutinho? Nada demais, mas preciso ter uma DR com as meninas!
Fechamos a porta e começamos a falar em português para que ninguém nos entendesse. abriu um vídeo.
- Apenas olhem, comentem depois. - Começamos a ver o vídeo, não acreditamos no que vimos, ficamos incrédulas.
- EU NÃO ACREDITO! - Berrei cheia de ódio.

Capítulo 10 - Se arrependimento matasse...

Louis POV
Estávamos todos de boa no parque, até que a telefonou pra exigindo que as meninas fossem para o hotel. Eu não entendi bem o porquê, mas tivemos que sair voando. Eu não dirijo bem sob pressão e todo mundo ficou gritando no meu ouvido, aquilo me irritou. Chegamos ao hotel e a nos expulsou do quarto, querendo ter “uma DR com as meninas…” Sozinhos e abandonados, eu e o Hazza fomos para o quarto do Liam, já que os meninos estavam jogando vídeo game lá. Entramos sem bater na porta e já fomos deitando na cama.
- A educação mandou lembranças! - Liam era todo sarcástico.
- Pensei que vocês fossem demorar mais… - Zayn comentou enquanto nocauteava o personagem do Niall no jogo – GANHEI; AAAAA PALHAÇO!
- A gente também pensou - Harry ignorou as dancinhas do DJ Malik - Mas é que a ligou toda dramática falando que precisava das meninas.
- O que aconteceu com ela? - Liam já mudou do sarcasmo para a preocupação. Harry fez um sinal de que não sabia.
- Enquanto elas não nos contam... O que vocês fizeram hoje? - Zayn mudou de assunto do nada. E não conseguimos evitar, Harry e eu caímos na gargalhada lembrando o ‘quase’ afogamento da . Os meninos ficaram nos olhando sem entender nada.
- É que a quase se afogou no lago, só isso… - Comentei limpando uma lágrima.
- ELA QUASE MORREU E VOCÊS RINDO? - Niall ficou todo bravinho e aí eu ri mais ainda.
- Relaxa Nialler, até ela riu, a salvou ela! - Dei um tapa nas costas de Niall que respirou aliviado.
Decidimos jogar Mortal Kombat enquanto as meninas não davam sinal de vida. Jogamos de dupla e Zayn sozinho. Ele ganhou de todo mundo, até os códigos do jogo ele já sabia.
- PODEM ME AMAR, EU SOU O MELHOR - Ele levantou e jogou o topete para o lado, fazendo pose. O momento ‘estrela’ do Zayn foi interrompido. A porta abriu do nada e apareceu realmente alterada; veio logo atrás e deu pra ver que ela também não estava nada bem.
- O que aconteceu meninas? - Harry abraçou , que murmurava coisas sem sentido.
- Vêm meninos, vocês precisam ver uma coisa! - me puxou e eu fui atrás dela, seguido por e Harry. - E VOCÊS TRÊS BABACÕES, VENHAM TAMBÉM! - ordenou e Zayn, Liam e Niall vieram atrás de nós em fila indiana. Entramos no quarto delas e a coisa lá tava pior. estava sentada na cadeira em frente a um computador, suspirando para manter a calma. andava de um lado para o outro, xingando alguém. estava sentada na cama, com o colar que Zayn deu pra ela na mão, chorando.
- Vejam isso, por favor! - Depois que falou, eu e os meninos ficamos atrás dela para ver o que ela nos mostraria. Ela deu play e um vídeo começou a passar. Logo de cara reconheci que era o quarto do nosso Daddy. Primeiro, mostrava ela e o Liam acordando, se trocando, enfim, fazendo as tarefas matinais. Logo em seguida, só estava ela sentada na cama, postando umas fotos e vídeos no Twitter do documentário, ela fechou o computador e saiu. Até aí nada de mais. adiantou o vídeo uns 15 minutos e aí veio o fato estranho: . As filmagens mostraram-na entrando no quarto do Liam e mexendo no computador da , como a câmera era boa, deu zoom para que nós víssemos a tela do computador. abriu o Twitter do documentário, escreveu um texto e postou uma foto. pausou o vídeo, aproximou a imagem e só aí eu percebi: que tinha postado a foto do escândalo, aproveitando um descuido de . Deu até pra ler o texto que ela postou, o mesmo texto maldoso que nossas fãs leram. deu play novamente e podemos ouvir um “Pronto! Elas se ferraram…” de .
- Eu não to acreditando… - Foi o que eu consegui dizer. me abraçou e eu ainda continuei sem ação.
- FOI AQUELA VADIA QUE POSTOU A FOTO, PRA SEPARAR A GENTE! - gritou olhando diretamente para Zayn, que estava pálido.
- Ela planejou tudo, por isso a câmera do quarto do Liam sumiu, porque se nós editássemos as filmagens, veríamos que ela que tinha postado! - era a menos nervosa das cinco.
- Mas… Como? - Liam ainda estava na mesma posição de quando o vídeo começou. Aí foi a vez de perder o controle:
- NOSSA LIAM, DÁ PRA SER MENOS TAPADO? - Ela respirou fundo. - Essa mulher tem inveja de nós, ela entrou no seu quarto, aproveitou que eu não saí da conta do Twitter e postou as nossas fotos lá, com aquele texto horrível!
- AGORA, MEU QUERIDO, VOCÊ VAI FALAR O QUÊ? QUE É PHOTOSHOP ESSE VÍDEO? - gritou com Niall que apenas fechou os olhos, os meninos estavam tão sem ação quanto eu. Ficamos um tempo em silêncio.
- Ér, eu só acho que temos uma situação bem complicada, e também acho que certos ‘alguéns’ nos devem desculpas… - Era pra ser uma indireta da , mas foi bem direta mesmo.
- Eu nem sei por onde começar - Liam se prontificou a ser o primeiro - Eu sinto muito, , , , e… , eu juro que eu sempre quis acreditar em vocês, mas tudo estava contra. Eu quero que me perdoem.
- Eu também tenho que admitir que estou errado - Só nós sabíamos o quanto era difícil pro Zayn assumir que tinha errado - Eu quero que me desculpem, e também retiro tudo o que eu disse, estou me sentindo um completo idiota…
- Nem me fale - Niall só olhava pra - Eu queria me desculpar da forma que me estressei e do jeito que tratei vocês! Eu deveria ter confiado na palavra de vocês, me perdoem, por favor! - As meninas se olharam, pareciam que conversavam pelo olhar.
- É claro que nós perdoamos… - estava toda sem jeito.
- Desde que isso não se repita, é - abraçou Harry.
- Eu posso conversar com a , em particular? - Liam perguntou, notei que corou.
- Claro! - quebrou o clima - VAMOS SAINDO GALERINHA, TEMOS MUITO QUE RESOLVER - Ela foi nos empurrando pra fora do quarto. Decidimos ir pro quarto do Harry.

Liam’s POV
Eu estava me sentindo um completo idiota, como o Zayn. Quando a foto vazou na internet, eu deixei a raiva tomar conta de mim e falei coisas horríveis para a … Agora, depois que ela me nos mostrou o vídeo provando que elas eram inocentes, eu cai em mim: nunca deveria ter duvidado da palavra dela. Ela, nem as meninas, eram capazes de fazer aquilo conosco… Deveria ter seguido o exemplo do Hazza e do Louis, ter apoiado as meninas quando elas precisaram. Fizemos o maior ‘auê’ por causa daquilo e quebramos a cara. Agora, eu me sentia, pelo menos, no dever de convocar outra coletiva para esclarecer as coisas com as meninas. Depois de me desculpar com elas, resolvi ficar sozinho com , para que pudéssemos conversar. O povo saiu do quarto e ficamos a sós. Ela se sentou na cama e eu me sentei na frente dela, para que pudesse olhar no fundo de seus olhos. A princípio, um silêncio constrangedor se instalou no quarto. É que eu tinha tanta coisa pra falar e não sabia por onde começar, organizar as ideias e formar as frases era bem difícil.
- Ér… - Ela quebrou o silêncio - O que você quer me dizer? - PENSA LIAM, PENSA.
- Bom , eu… - Segurei as mãos dela para que pudesse ter mais firmeza - Agora, que estamos sozinhos, eu queria me desculpar com você! Desculpe-me por aquele dia no quarto, em que eu disse coisas horríveis, eu não queria fazer você sofrer, mesmo…
- Liam, eu me apaguei de uma forma tão intensa a você, que quando nós ‘rompemos’ eu achei que fosse morrer - Aquelas palavras me doíam na alma - Eu não enxergo minha vida sem você, eu não tinha mais vontade de dormir, de me arrumar, de seguir horários… Mas o que mais me doeu foi você não ter acreditado em mim, como você foi capaz de pensar que eu faria aquilo? Postar uma foto nossa, com um texto ridículo para quebrar o coração de milhares de fãs suas, o que eu ia ganhar em troca?
- Eu te entendo e você não sabe o quanto dói saber que você sofreu, e por minha causa… Mas, olhe pelo meu lado, tudo estava contra vocês, a foto foi postada na conta do documentário, com o nome de vocês assinado! Naquele momento eu só pensei nas minhas fãs chorando ou sei lá fazendo o que por causa daquilo!
- Eu te entendo - sempre era compreensiva - Mas olhe - Ela me encarou - Ficar aqui discutindo isso, não nos leva a lugar nenhum! Vamos recomeçar e tentar esquecer o que houve... Amanhã vocês tem show, não pode se alterar de jeito nenhum. - Ela tinha razão, apesar de tudo, se fossemos ficar falando sobre a foto, ficaríamos horas discutindo ali, sem chegar a lugar nenhum. Ela se levantou, pegou o celular e abriu a porta - Vamos pro quarto do Harry, a me avisou que eles foram pra lá! - Levantei e a segui. Paramos na frente do quarto do Hazza e eu a segurei. Ela me olhou confusa.
- Só quero que você saiba que eu não te esqueci durante esse tempo todo - Parei de falar e só ouvia nossas respirações. Fui me aproximando para beijá-la, mas ela virou o rosto.
- Liam, eu te perdoei, mas nós não voltamos! - Eu não conseguia acreditar - Eu preciso de um tempo para arrumar as ideias, me dê um tempo para pensar.
- Eu espero o tempo que for necessário - Beijei sua testa e abri a porta. Todos estavam conversando, menos e Niall, que estavam na sacada tendo uma conversa a sós. Só que tudo estava bem estranho. Harry, e num sofá; Zayn no chão e e Louis numa cadeira. Pelo visto o DJ Malik também não tinha reatado, ótimo. Sentei ao lado dele e sentou no braço do sofá, ao lado de .
- Eai cara, falou com ela? - Perguntei para Zayn, notando que todos estavam distraídos.
- Com a ? - Ele estava tão avoado - Não! Não deu tempo, não ficamos sozinhos… Ela já dá algumas risadas quando estou por perto, quero falar com ela sozinho, mas sinto que vai ser difícil… E você e a ?
- Ela me perdoou, mas disse que não quer voltar comigo, não agora - Senti uma lágrima escorrer do meu rosto - Zayn, ela disse que sofreu muito, por minha causa.
- Ei Daddy - Zayn me abraçou - Não fique assim, depois que a poeira baixar, ela vai voltar com você! Vocês se amam, fica tranquilo.
Eu queria poder acreditar nas palavras do Zayn, mas depois de hoje, não tenho mais certeza de nada. Ficamos conversando mais um tempo, até que e Niall se juntaram a nós. estava chorando e se sentou ao lado de Louis, que a abraçou. Niall sentou ao nosso lado e encostou a cabeça em meu ombro. Alguma coisa tinha dado muito errada, mas deixei pra perguntar depois, quando nós três estivéssemos sozinhos.

’s POV
Pensa numa pessoa puta da vida, agora multiplica por mil: essa pessoa sou eu depois de ver o vídeo. Agora tudo se encaixava, por isso que aquela vaca da sempre estava por perto, ela estava tramando contra nós. E nós ingênuas, nem percebemos. Eu me separei do Niall por culpa dela, que ódio. Tudo o que eu mais queria naquele momento, era encontrar a , pra falar umas boas verdades e tirar uns tufos do cabelo dela. Depois que chamamos os meninos, eles (quase) ficaram piores que nós. Pelo menos se desculparam né? Liam (fofo como sempre) pediu pra ficar sozinho com no quarto e nós seguimos pro quarto do Harry. Entramos e nos sentamos separadamente, como nos últimos dias. Fiquei perto da .
- Eu não sei como agir, não sei se falo com ele, se fico normal, se me faço de difícil - Ela cochichou no meu ouvido.
- Espera ele vir falar com você né? E fica normal, eles já pediram desculpas, não rola guardar rancor! - Respondi fitando Niall, que falava indignado com Zayn.
- Mesmo se eu quisesse ter rancor dele, não conseguiria - Ih, a já ta amolecendo.
Ficamos uns minutos conversando sobre como resolver toda essa situação, até que senti uma mão quente no meu ombro. Olhei para o lado e era Niall.
- A gente pode conversar? - Ele segurou minhas mãos.
Olhei para que só assentiu. Levantei-me e Niall me guiou até a sacada do quarto. Sentamos-nos num pufe que tinha lá. Eu olhei no fundo daqueles olhos azuis e quase me joguei nos braços dele; mas eu não podia, não agora.
- Então , eu queria me desculpar com você! Sabe, por tudo que eu disse; que eu fiz. Eu agi sem pensar, te disse coisas que eu não deveria ter tido, fui um completo idiota! Não sei como fui tão tolo ao ponto de desconfiar de você, de te dizer aquelas coisas ... - Ele parou, colocou as mãos na cabeça, eu não me aguentava mais, não aguentava mais ficar sem Niall, sem aqueles olhos azuis. Mas eu resistiria até o fim. - Você me desculpa ? Sabe, você se tornou muito especial para mim, eu... Eu não consigo ficar sem você! Eu acho que... Eu... - Ele gaguejava - , eu amo você!
Nessa hora não aguentei e comecei a chorar. O garoto que eu amo dizendo que me amava! Abraçamo-nos e ficamos um bom tempo assim. Após alguns minutos parei de chorar. Niall olhou no fundo dos meus olhos, colocou as mãos na minha cintura e no meu pescoço e veio para me beijar. Achei que não conseguiria, mas quando ele chegou perto, virei o rosto e ele acabou beijando minha bochecha.
- Olha Niall, eu te desculpo, mas não sei se estou pronta para voltarmos... - Comecei a chorar novamente. - Espero que você me entenda! Você disse coisas horríveis para mim, fiquei muito magoada com tudo que escutei, não sei se estou pronta para voltar agora… Preciso pensar!
- Tudo bem , eu te entendo e te espero.
O abracei e saí chorando. Abracei Louis que como sempre me consolou. Eu e as meninas já estávamos pensando em como dar o troco naquela vadia, porque ela merece. Todos estavam desolados. Zayn encarava , mas não conseguia olhar em seus olhos. Liam e pareciam ter baixado um pouco a guarda, mas não totalmente, que climão!

’s POV
Ficamos muito putas quando descobrimos que foi que fez toda aquela palhaçada! A mulher acabou com o ‘romance’ das minhas melhores amigas, fez com que todos nós brigássemos e ainda maltratou as lindas das Directioners, o que ela tem na cabeça? Vento? Só se for, porque né? Fiquei um bom tempo pensando no que faríamos com ela, até que decidi. Vamos entregá-la logo.
- Gente, precisamos conversar; ver o que vamos fazer agora.
- Acho digno nós fazermos uma coletiva esclarecendo tudo. - Liam sugeriu e os meninos concordaram. - Amanhã já vemos tudo direitinho!
- Eu acho digno revelarmos que foi a que postou aquela porcaria toda, ela causou muitos prejuízos nas nossas vidas... - comentou, Zayn levantou a cabeça e a fitou, até então estava de cabeça baixa. - Além do mais, não podemos mais sair na rua como antes, temos medo de sermos atacadas ou sei lá por uma coisa que não fizemos!
- Concordo com a , ela nos deixou numa situação horrível! - ainda choramingava um pouco.
- Bem, então amanhã cedo já vemos tudo sobre a coletiva, podemos marcar pra depois de amanhã... - Harry sugeriu.
- Antes do show a gente vê tudo isso! – Zayn. Ele quase não havia falado.
- Meninas; como vamos fazer pra entregar ? - Perguntei.
- Mas isso é fácil. - se pronunciou e todos a olharam. Ela levantou. - Vou ficar em pé porque assim me sinto mais alta e sinto que vocês prestam mais atenção em mim. - Ela riu fraco, Zayn sorriu para ela.
- Fala logo baixinha! - Louis alfinetou.
- Me deixa Boo Bear! - Os dois riram e ela prosseguiu. - Entramos no twitter de divulgação que criamos, postamos um pedido de desculpas mesmo a gente não tendo feito nada e...
- Porque pedimos desculpas se não fizemos nada? - levantou a mão como se estivesse na sala de aula perguntando para a professora.
- Calma, pedimos desculpas porque estamos nas fotos né? E porque somos mega educadas e legais. - Essa é a que eu conheço, finalmente ela estava voltando a ser quem sempre foi. Isso me deixou realmente feliz. - Aí depois postamos o vídeo e desmascaramos ela, e ainda colocamos o twitter dela no post, pra ela ver que não somos trouxas!
- Cara, eu te amo! - levantou e abraçou . Murmuramos um “annnnnnnw” e elas se sentaram.
- Gostei bastante da ideia, faremos isso amanhã antes do show, pra podermos ir de boa para o local do evento né? - Falei e as meninas concordaram.
- Ah, mas eu não vejo a hora de fazer isso! Queria ser um mosquitinho só pra ver a cara da quando ela ver o post! Que belo! - estava super animada e ria bastante.
- Só não seja um pernilongo, não gosto nada deles, se eu te visse iria te matar! - comentou e continuamos rindo.
- Saudade de rir assim com vocês... - Liam comentou e corou. Um silêncio se instalou.
- Saudade mesmo. - comentou quebrando o silêncio.
- Alguém quer jogar vídeo game? – Harry desconversou.
- Eu não quero não; não aguento mais, joguei o dia inteiro! - Niall disse, Zayn e Liam se juntaram a ele.
- Eu quero dormir, estou morrendo de sono e tenho que estar inteira amanhã. - Percebi um sorriso se instalar nos lábios de Zayn ao perceber que voltara a se preocupar com sua aparência e saúde.
- Eu vou comer e dormir, minha barriga ta roncando - fez bico, Niall corou e riu.
- Eu vou dormir também! Amanhã tem um monte de coisas para fazer! - comentou e Liam sorriu de orelha a orelha. Eles sabiam que elas haviam voltado ao normal após o esclarecimento de tudo, após eles perceberem que eram os errados da história.
- Vamos pro quarto amor? - Sussurrei no ouvido de Harry e beijei atrás de sua orelha, senti seu pescoço se arrepiar.
- Vamos amor... - Nos levantamos - Boa noite pessoal, até amanhã!
foi para o quarto de Lou; , e foram para o nosso quarto e eu fui para o quarto de Harry. Entramos e ele bateu a porta.
- Você me deixou louco com aquele beijinho no meu pescoço.
- Deixei é? Hm. - Rimos - Você me deixa louca com esses olhos verdes me fitando a todo o momento.
- Eu te amo .
- Também te amo Harry. - Ele me abraçou e começamos a nos beijar, a coisa foi ficando quente. Deitamos na cama e ele ficou por cima de mim. Harry beijava todo meu pescoço, eu bagunçava seus cabelos. A coisa foi ficando mais quente até que rolou. E foi mágico, como na primeira vez! Hazza é lindo, fofo, romântico e carinhoso, fazia tudo com calma, tinha medo de me machucar. Estou cada vez mais apaixonada. Nos abraçamos e dormimos.

Zayn’s POV
Eu não acredito no que aquela tal de havia feito. Acho um pecado homens baterem em mulheres, mas fiquei com uma vontade enorme de dar pelo menos um tapinha na cara dela, ô mulher desagradável e insuportável! Fiquei realmente muito mal, eu havia dito coisas horríveis para , a julguei sem conhecê-la, sem saber o que realmente havia acontecido. Disse que ela estava comigo apenas pela fama… O que se passava na minha cabeça quando eu disse isso? Não sei, talvez raiva, ódio, frustração, decepção… Agora estou com um sentimento de perda, uma saudade cada vez mais forte no meu coração. Ainda não tive a oportunidade de falar com , mas quero conversar logo. Fiquei feliz ao vê-la sorrindo, fazendo planos para se arrumar, essa é a de sempre. Fui para o meu quarto, tomei banho e deitei naquela cama que agora parecia tão grande e vazia. Virei para o lado e dormi. Acordei 2h45 e não consegui dormir mais. Fiquei um tempo rolando na cama até que decidi dar uma volta no hotel. Saí do quarto e segui a uma varanda enorme ao fim do corredor. O céu estava lindo, totalmente estrelado. Observei uma silhueta feminina encostada na varanda observando o céu. Os cabelos ao vento, os pés calçados por um chinelo roxo, o camisetão lutando contra o vento: . Aquele era o momento. Cheguei e ela nem percebeu minha presença, estava de olhos fechados, até que os abriu.
- Ai que susto Zayn! - Rimos fraco - Você ta aqui faz tempo?
- Não, acabei de chegar, mas não queria te incomodar...
- Também não consegue dormir?
- Não! Até tentei, mas muitos pensamentos passam pela minha cabeça... Podemos conversar?
- Claro. - Ela sorriu. Como eu amo aquele sorriso. A puxei pela mão e nos sentamos num banquinho.
- Sabe , eu quero te pedir desculpas - Ela assentiu - Eu fui um completo idiota, disse coisas horríveis para você, e acredite, estou me sentindo MUITO mal porque tudo que eu te falei. Sei que é difícil para você aceitar minhas desculpas, mas eu precisava tentar. Fiquei muito mal, muito mal mesmo, fui injusto com você, te julguei sem saber o que tinha acontecido e… - Parei para respirar, ela observava meus movimentos e parecia absorver tudo o que eu falava. - Quero que saiba que não tirei o colar do pescoço em nenhum momento, que não consigo mais viver sem você… Eu amo você!
- Ai Zayn - Ela me abraçou e um sorriso de orelha a orelha se instalou em meu rosto, que saudade daquele abraço, daquele perfume! A abracei mais forte ainda. - Eu te desculpo, fiquei muito chateada com o que você me disse, fiquei SUPER mal. Mas também não tirei o colar em nenhum momento - Ela sorriu. Me aproximei para beijá-la e ela virou o rosto. - Zayn, eu te desculpo, mas nós não voltamos, isso foi muito doloroso para mim. Espero que você me entenda.
- Claro que eu te entendo , vou esperar você tomar sua decisão.
- Muito obrigada! Vou pro meu quarto que estou ficando com sono de novo... Boa noite Zayn. - Ela deu um beijo em minha bochecha e saiu. Boa DJ Malik! A mulher que você ama não quer te ver nem pintado de ouro. Fui para o meu quarto realmente triste. Entrei no meu quarto e encontrei Liam e Niall lá.
- Onde você estava Malik? - Liam todo desconfiado.
- Eu perdi o sono e fui dar uma volta no hotel… - No momento fiquei meio indeciso sobre contar ou não da minha conversa com a , aí resolvi contar mesmo, porque eu nunca escondia nada dos meninos - E encontrei a … Mas o que vocês estão fazendo aqui?
- Nós perdemos o sono, mas em vez de dar uma volta, viemos te encher o saco - Niall me fitou - Vamos nos deprimir juntos, yeah!
- Como foi com a ? - Liam perguntou.
- Ela me perdoou e tudo mais, mas não quis voltar…
- A também, e pra mim foi mais doloroso, porque quando eu disse que a amava, ela chorou - Niall suspirou fundo.
- Nem a quis voltar - Liam confessou - Isso porque nós fomos crápulas com elas!
- EI, relaxa! Já convoquei a coletiva para amanhã, já que hoje é o dia do show! - O NIALL CONVOCANDO COLETIVA? OI? Era sempre o Liam ou o Harry que faziam isso - Aí a gente se desculpa com as fãs, com as meninas de novo e falamos mais o que quisermos…
- Vish, o rapaz Horan tá mudado… - Liam bagunçou o cabelo dele - Bom, vamos voltar pro quarto Niall?
- AH NÃO - Abracei os dois - Joguem o colchão no chão e durmam aqui, ando me sentindo tão sozinho…
- Tá bom DJ Malik, seu lindo, você venceu! - Niall comentou. Ajudei os meninos a trazerem os colchões e eles se instalaram no meu quarto. Pelo menos não me senti tão sozinho, não era a mesma coisa, mas era melhor do que a carência.

Capítulo 11 - Meu eu sem você.

’s POV
Confesso que não estava tão brava como as meninas, já que o escândalo não arruinou meu namoro, mas eu também estava meio alterada. Cara, eu quase fui morta por um bando de fãs alucinadas por algo que eu não fiz, e por culpa daquela vaca. Depois da seção ‘pedidos de desculpas’ saí do quarto do Harry e fui dormir com o meu Boo Bear. Dormimos rápido, porque estávamos cansados e morrendo de sono, além do que os guris tinham show amanhã. Acordei me espreguiçando, olhei no relógio e já eram 9h00, o show era as 18h00. Pulei da cama sem acordar Louis, me troquei, mandei uma SMS pras meninas irem se arrumando e fui para o quarto delas. Deixei um bilhete pro Lou avisando onde estava, apesar de que eu tinha certeza que ele não acordaria tão cedo. Entrei no quarto e as meninas já estavam lindas e absolutas, até a já estava lá.
- BOM DIA COISAS LINDASS! - Abracei as meninas que começaram a rir - Estão bem?
- Melhor impossível - passou gel no cabelo. Agradeci a Deus mentalmente por ter trazido nossas meninas de volta.
Conversamos por um tempo e resolvemos postar o vídeo. É tão bom dar o troco, ai, ai. Ficamos uns minutos para escrever e saiu isso:
“Bom directioners, como vocês sabem, uma foto nossa com os meninos foi postada aqui com um texto horrível. Viemos dizer que não fomos nós, esse vídeo comprova isso! A partir de hoje, voltaremos a postar as fotos exclusivas aqui. O nome da pessoa que postou é e ela também faz parte da equipe do documentário, o motivo? Na minha terra chamam de inveja haha E também queremos pedir desculpas (mesmo sem ter causado nada) pelo aborrecimento que vocês passaram, nenhuma fã merece aquilo e nós entendemos vocês, mesmo *-* Um beijo! , , , e xx”.
- SOMOS MEIGAS, PODE DIZER! - gritou e nós rimos.
Em menos de 2 minutos, nossas mentions se encheram de pedidos de desculpas das fãs por terem nos julgado e vi até uns fãs clubes para nós! Combinamos de nos encontrar na lanchonete em meia hora, porque estava morrendo de fome. Cheguei no quarto e Louis já estava devidamente pronto. Enrolamos por um tempo e descemos. Chegamos lá e , , , Liam, Zayn e Niall estavam na mesa comendo. Uma cena tão rara que resolvi fotografar.
- Você é doida! - Louis cochichou em meu ouvido e nós rimos. Sentamos na mesa, Louis foi pegar nosso café da manhã e estava irritada.
- Que foi doida? - Perguntei.
- Não querem me deixar comer o sétimo muffin, isso é um absurdo! - Ela fez bico e olhava pra .
- Meu, ela comeu 6 muffins e 3 cupcakes, tá bom já , pelamor. - Nós rimos, mas só nós mesmo, os meninos não tinham reação nenhuma, pareciam que apenas queriam ficar observando as meninas, ai Jesus, pronto! e Harry desceram, terminamos de comer e ficamos papeando.
- Eu vi que vocês postaram o vídeo - Liam mexeu no copo de leite.
- E O TEXTO PERFEITO? Aposto que foi a minha Boo Bear que escreveu. - Louis me apertou.
- Todas nós escrevemos Louis - comentou e ele fez bico.
- E baitolagem em casa, por favor! - falou e nós lembramos que essa expressão ela usava para os momentos do Zayn e da , eles coraram - ER, então galerinha, o que vamos fazer?
- Nós temos passagem de som agora! - Liam lembrou os meninos.
- E nós temos que instalar os equipamentos - nos lembrou também. Saudades do Daddy e da Mom juntos… Nos despedimos dos meninos e fomos para o quarto pegar as câmeras. Chegamos lá e quem deu o ar da graça? . Ela estava fazendo as malas.
- NÃO SABIA QUE NOSSO QUARTO TINHA VIRADO PASTO PRA VACA FREQUENTAR - falou alto. Ela estava se coçando para ‘tirar uns tufos’ do cabelo da , já tinha deixado bem claro.
- Não se preocupem, estou indo embora - Ela nos encarava - Fui demitida!
- Sério? Que pena... - alfinetou.
- Isso foi injusto, eu não fiz nada! - Pra que ser falsa? Nossa.
- VOCÊ NÃO FEZ NADA? - Agora já estava berrando, ela foi pra cima de com uma força absurda e a pressionou contra a parede do quarto - Você quebrou o coração de milhares de fãs da One Direction e nos caluniou, agora diz que não fez nada? Me poupe!
- Mas sabe o que foi melhor? Ver vocês acabadas - IH, AGORA ELA APELOU! Quando vi, já tinha grudado no cabelo dela, nós tivemos que separar. fechou as malas de .
- VAI EMBORA, ANTES QUE ACONTEÇA ALGUMA TRAGÉDIA - jogou a mala dela pra fora do quarto e saiu.
Olhamos para , que se ajeitou, aí nós caímos na gargalhada até minha barriga doer. Agora o alívio era maior, não devíamos nada para ninguém! Já tínhamos nos esclarecido com as fãs e agora com a puta maior, ufa! Saímos do hotel com as câmeras, instalamos na cabine e já eram cinco horas, nos trocamos e fomos cobrir o show. Como sempre o show foi ótimo, os meninos mandaram muito e em Gotta Be You, Zayn, Niall e Liam só olhavam para as meninas. Elas não tinham voltado com eles, mas não dou dois meses para que isso aconteça. Acabou o show, filmamos os meninos no camarim e saímos do local às dez, pensamos que não teria mais nenhuma fã do lado de fora, mas quando saímos, umas 50 fãs estavam lá. Elas começaram a gritar e os meninos foram falar com elas, nós ficamos num canto esperando. Até que elas correram na nossa direção.
- PAUL, SEU LINDO! ME AJUDAAAAA - se escondeu atrás do Paul e nós rimos muito. As fãs entenderam bem o que ela quis dizer.
- Nós não vamos fazer nada - Uma falou e saiu de trás do Paul - Viemos nos desculpar pelas mensagens de ódio no Twitter, nos desculpem meninas! - Aí umas 20 vieram concordando, eu me senti ‘A’ linda.
- Que isso, nós entendemos vocês - foi abraçada por uma fã e ficou toda sem jeito.
Mudou o cenário: nós que ficamos conversando e tirando fotos com as fãs enquanto os meninos nos esperavam. Uma menina foi falar com a .
- Você e o Liam voltaram? - Todas nós olhamos para , até o próprio Liam. pegou as mãos da fã e balançou a cabeça negativamente - Se isso acontecer; cuide dele, por favor… E ah, faça ele feliz! - A menina abraçou que começou a chorar. Nos despedimos das fãs e voltamos para o hotel.

’s POV
Tumulto de fãs por nossa causa? Nem me senti uma diva né? Magina! Uma pediu para que eu fizesse Liam feliz, foi inevitável que nós trocássemos olhares. Voltamos para o hotel e já fomos dormir, já que amanhã teria coletiva e teríamos que cobrir. Dessa vez, os meninos pediram para que todas nós fossemos e alguns sites de fofoca cogitavam uma possível participação da e da . Acordei às dez e e ainda dormiam. Resolvi me trocar, entrei no banheiro, coloquei uma roupa básica e quando saí as meninas já estavam de pé se arrumando.
- Bom dia coisas lindas - Falei passando creme nas mãos.
- Bom dia! - As duas responderam uníssonas.
Terminamos de nos arrumar e recebi uma SMS da , pedindo para que descêssemos. A coletiva era às três, mas até todo mundo comer e afins, demoraria. Todos já estavam na lanchonete, menos nós três. Todo mundo ficou olhando pra gente.
- Bom dia, belas adormecidas! - sempre irônica.
- O que tem de bom? - estava de mau humor porque não tinha tomado café da manhã - Eu tô com fome, quero comer muffins hoje. - Ela ia se levantando pra se servir quando Niall a segurou pelo braço.
- Ei , já peguei seus muffins! - Niall mostrou um prato com seis muffins. Todo mundo fez um: “awnnnn” e eles coraram. agradeceu e se sentou para comer.
Ficamos conversando até que Paul, o armário, nos avisou que a van que nos levaria para a coletiva tinha chegado. Saímos em fila: e Louis na frente fazendo escândalo, seguidos por e Harry, Liam, Zayn e Niall conversando e eu, e por último. A viagem foi curta, mas tinha um tumulto tão grande no local que tivemos que entrar pelos fundos. Os meninos se separaram de nós e Harry avisou que talvez teríamos ‘que dar uma palavrinha’. Ótimo, pensei, todo mundo me vendo com esse uniforme bem legal. Ficamos sentadas numas cadeiras afastadas para que pudéssemos filmar tudo. Como da primeira vez, os meninos ficaram atrás de uma mesa enorme, só que em vez de um representante deles ser o ‘cerimonialista’ foi um chefe da MTV Inglesa, para prestar esclarecimentos sobre . Ele começou a falar:
- Boa tarde! Estamos aqui reunidos - falou que estava ‘parecendo um casamento, não uma coletiva’ - Porque os garotos da One Direction se sentem na obrigação de prestar esclarecimentos sobre os fatos recentes, assim como eu. Vou permitir que vocês façam perguntas e então me prenuncio como representante da MTV. - Nesse momento e levantaram e começaram a aplaudir. Todo mundo olhou pra elas.
- Que foi? Eles pagam meu salário, tenho que bater palma! - se explicou vermelha e todo mundo riu. Niall não conseguia parar de rir.
- Podem começar as perguntas! De forma civilizada, por favor! - No momento que o representante falou, um homem ergueu a mão e Liam passou a palavra pra ele.
- Quer dizer que vocês descobriram a pessoa que postou a foto?
- Sim - Acho (tenho certeza) que o Liam que respondia as perguntas mais importantes porque ele é o mais maduro - Nós descobrimos que foi a , uma moça da equipe de gravação… Ela assinou o nome das meninas porque estávamos nos tornando muito próximos nos últimos dias, acho que ela ficou com ciúme, inveja, sei lá! - Ele sempre falava tão bem, nossa. Foco , foco!
- Entendo… - Uma jornalista se intrometeu - Mas o foto é verdadeira?
- É! - Niall respondeu seco, como se fosse algo óbvio.
- Vocês já sabiam que foi essa desde a última coletiva? - AH CARA, POSSO BATER NESSE HOMEM?
- Na verdade, não - Louis se atrapalhou no começo, mas logo organizou as ideias - Nós, pelo menos eu e o Harry, sabíamos que as meninas não tinham postado aquilo, mas nunca soubemos que era a , só ontem descobrimos isso…
- Como assim só você e o Harry? - Quando algo tá ruim, sempre tem um jornalista que piora. Lei da vida.
- O Louis disse isso porque só eles dois acreditaram nas nossas meninas - Zayn nos observou e todos olharam pra nós, ficamos mortas de vergonha - Eu, Liam e Niall, como somos idiotas, acreditamos que as meninas que tinham postado, até ficamos um tempo sem se falar e tudo mais… - Podia ver um brilho nos olhos da .
- Mas agora vocês já se resolveram? - Alguém perguntou do fundo da sala.
- Sim! - Agora Harry que respondeu - Meu namoro com está ótimo, assim como o do Louis… E os meninos já se desculparam com elas, esta tudo nos eixos!
- Estão solteiros? - Eu disse que sempre alguém piora a situação.
- Por enquanto! - Niall nos observou e fingiu procurar uma mosca.
- Então - O representante da MTV começou a falar - Sobre , ela já foi demitida e afastada da MTV, cortamos toda relação que tínhamos com ela! Agora, as diretoras do documentário “Life as One Direction” são , , , e . Obrigado pela presença; tenham um ótimo dia. - Dito isso, os meninos e o tal representante posaram para algumas fotos.
Os jornalistas nos arrastaram para lá e fizeram com que nós tirássemos fotos com os meninos, todas juntas e uma com o ‘seu boy’. Liam me puxou pela cintura e sussurrou um “Sorria!”. Ficamos abraçados por um tempo até que os flashes cessaram. Paul, o armário, tinha acabado com a festa dos jornalistas. Agradeci-o mentalmente.
Saímos do local da coletiva e seguimos para o hotel. sugeriu que pedíssemos pizza para comemorar a passagem da ‘má fase’ e nós concordamos. No dia seguinte os meninos teriam show na The O2 Arena, mas como é em Londres também, não temos muitas preocupações. Chegamos ao hotel e fomos fazer a bagunça no quarto do Zayn. Entramos e notamos que tinham dois colchões jogados no chão. Nos olhamos bem confusos. Niall, Liam e Zayn coraram.
- O serviço de quarto não veio hoje Malik? - Niall falou correndo para empilhar os colchões.
- Eu tranquei o quarto! - Zayn respondeu e recebeu um tapa de Liam.
- O que é isso galera? Festa do pijama? - Louis brincou.
- Não, é que Liam e Niall dormiram aqui para me fazer companhia - Zayn comentou. PEGA ESSA INDIRETA; Pensei.
convenceu Niall a deixar os colchões no chão para que nós pudéssemos sentar. Comemos a pizza e Louis anotou um ranking: Em último lugar ficaram Zayn e com um pedaço e meio; depois eu, Liam, Harry e com dois pedaços; seguidos por Louis e com três; em segundo ficou com cinco pedaços e meio, e Niall ganhou porque comeu seis. Ele comeu tanto que ficou meio desanimadinho o resto da noite, disse que estava se sentindo ‘inchado, mas que não se arrependia’. O clima melhorou 75%, tudo estava bem melhor, mas não perfeito. Zayn, Liam e Niall viviam jogando indiretas pra gente e nós esquivando. Era difícil manter minha decisão, já que eu amava o Liam, só que as palavras dele me feriram e pra nós voltarmos, precisava que a minha ferida pelo menos cicatrizasse. Ele me entendia e eu sabia que tudo estava difícil pra ele também. Olhei no relógio e já eram 1h30, estava com a cabeça encostada no ombro do Niall bocejando e estava com a cabeça deitava no colo do Zayn quase dormindo.
- Tá na hora de dormir ok? - Falei alto e todos me olharam - Minhas pequenas já estão com soninho - e fizeram bico e levantaram. Nos despedimos de geral.
- Boa noite meus amor, até amanhã - mandava beijos para o vento.
Saímos e seguimos para o nosso quarto. Colocamos nossos pijamas e nos deitamos. dormia feito pedra e colocou os fones para pegar no sono. Eu coloquei as mãos atrás da cabeça e fiquei fitando o teto. Era difícil de admitir, mas eu não sustentaria essa situação por muito mais tempo e já pensava em voltar com meu Daddy. O fato era que eu não conseguia ficar brava com ele, e com ele assim, dando muito mole, era bem mais complicado seguir a razão e não o coração. As meninas não estavam diferentes de mim, eu já flagrei chamando o Zayn de noite, e revendo o álbum de fotos dela e do Niall que ela tinha feito, sorrindo feito boba. Resolvi parar de pensar nisso tudo e dormir, afinal, amanhã teria mais trabalho.

Niall’s POV
Estava tão feliz pelo fato de as coisas estarem voltando ao normal. Não aguentava mais aquele climão, não aguentava mais ficar longe de , olhar para ela como se ela fosse apenas mais uma na minha vida, o que de fato ela não é. Voltei para o meu quarto, tomei um banho, coloquei uma calça de moletom e deitei. Fiquei feliz com tudo que aconteceu; apenas uma coisa me entristeceu: não queria voltar comigo. Mas estou disposto a fazer de tudo para ter o seu amor de volta. Bani esses pensamentos da minha mente afim de dormir logo, afinal, teríamos show no dia seguinte. Acordei de manhã com meu celular tocando:
- Alô - Atendi com o maior desânimo possível.
- BOM DIA DUENDE! - Louis. Como ele consegue estar animado sempre e ainda mais logo cedo? Eu hein.
- Ah, oi Louis.
- Que desânimo é esse? Troca de roupa e vem aqui na lanchonete!
- Vocês já estão aí? - Perguntei indignado.
- Não, só eu e estamos aqui. está descendo; está tomando banho; se trocando; e Harry acabaram de acordar; Liam está chegando nesse momento; Zayn acabou de entrar no banho e é isso ai! - Louis explicou atropelando as palavras.- Ok, já estou descendo!
Me troquei rapidamente, arrumei meu cabelo, coloquei um tênis qualquer e desci. Tranquei o quarto e dei de cara com saindo do quarto das meninas, ela não havia me visto.
- BU! - Falei em seu ouvido e ela gritou muito alto, se virando logo em seguida.
- Niall seu besta! Quer me matar? Af, logo cedo - Rimos e chamamos o elevador. - Mas espera, vou dar o troco.
- Não vejo a hora! - Comentei e ela corou. O elevador chegou e fomos em silêncio ao térreo. Como ela podia ser tão linda, fofa, engraçada e comilona? É minha alma gêmea no mundo, não é possível! Quando chegamos na lanchonete, haviam novos sabores de cupcakes e de muffins.
- OMG NIALL! VEM! - Ela pegou minha mão e o simples contato de nossas peles fez meu corpo se arrepiar. Me puxou e fomos correndo até a mesa de doces. Fizemos nossos pratos e voltamos a mesa. Dez minutos depois todos já estavam comendo, conversando e rindo animadamente. Flagrava Zayn observando e a mesma desviando o olhar e corando. Liam não tirava os olhos de em nenhum momento, já eu estava feito um bobo vendo feliz novamente.
As meninas passaram o dia editando vídeos, postando alguns no twitter do documentário e enviando os mais restritos a MTV brasileira. Também responderam as lindas das directioners, sem brincadeira, temos as melhores fãs do mundo! Harry e Louis me chamaram para jogar vídeo game à tarde, mas como eu havia jogado um dia inteiro, ficaria um tempinho sem jogar. Comecei a assistir um filme qualquer e acabei cochilando. Acordei quase no fim da tarde e já comecei a me arrumar para o show, tocaríamos na The O2 Arena, estava super ansioso, como fico em todos os shows. As meninas foram primeiro para instalar os equipamentos e se organizarem. Chegamos a arena já prontos, então tivemos um tempinho para ficar com elas no camarim.
- Meu Deus, instalar esses equipamentos cansa demais, pelo amor de Deus! - reclamou e se jogou no sofá.
- OMG, já devo estar parecendo um monstro, só de carregar esse monte de caixas, fios e câmeras… - se olhava no espelho e Zayn sorria feito bobo. Ri vendo aquela situação.
- Eu estou com fome! Não é bem fome, quero um chiclete… - Lembrei de uma caixinha de chicletes que eu tinha no meu bolso.
- Eu tenho ! - Os olhos da garota seguiram de encontro às mãos e ela sorriu. Entreguei-lhe o chiclete e não pude deixar de notar o pequeno sorriso em seus lábios. Logo Paul veio nos avisar que o show já iria começar. As garotas nos desejaram boa sorte e entramos no palco. Como sempre foi tudo mágico, as fãs cantaram super alto e representaram como sempre. Quando digo que temos as melhores fãs do mundo, não exagero nem um pouco. Voltamos ao hotel rindo e conversando.
Após um mês nada havia mudado e isso me incomodava bastante. Continuávamos fazendo muitos shows e isso era incrível, mas eu e não havíamos nos aproximado, Zayn e , Liam e também não. Até tentei algumas vezes, mas ela parecia não querer ou não estar pronta como ela diz. Conversei com Zayn ontem, o garoto disse que não consegue mais ficar perto de sem querer abraçá-la ou beijá-la, por isso prefere se afastar às vezes, para não fazer nada precipitado e forçar uma decisão; quer respeitar a decisão dela, esperar ela pensar. Faz sentido, quando estou perto de tenho uma vontade louca de ficar juntinho dela. Liam nos confessou ontem que também não consegue olhar para com outros olhos a não serem olhos apaixonados, que já pensou até em fazer uma surpresa para ela. Eu, DJ e Daddy formamos praticamente o C.S.A: Clube dos solteiros arrependidos, porque né? Passamos a maior parte do tempo procurando uma maneira de reconquistarmos nossas garotas. Zayn e eu ainda usamos nossos colares respectivos e às vezes flagramos Liam brincando com seu boneco do Toy Story. Quando vemos Harry e ; e Louis abraçados, ficamos até meio sentidos e culpados, pois se não tivéssemos despejado aquele bando de maluquices em cima das nossas meninas estaríamos com elas agora. Numa manhã de sábado, Liam recebeu uma ligação da MTV, nos avisaram que no próximo haveria uma festa para artistas e alguns funcionários, que fomos convidados e que a festa também serviria como um encerramento da nossa turnê. Ficamos eufóricos! Harry falou que as meninas também foram convidadas, pelo ótimo trabalho que estão fazendo e também por essa polêmica que surgiu. Essa festa vai ser a chave de ouro, vamos apostar todas as nossas fichas para reconquistar nossas garotas nessa party e se Deus quiser, tudo vai dar certo!

Capítulo 12 - Party Hard!

Harry’s POV
O show de encerramento da turnê foi o máximo, nossas fãs lotaram o local e não satisfeitas fizeram tumulto no aeroporto e no hotel. Confesso que estava aliviado pelo término da turnê. Fazer vários shows é bem legal, mas é cansativo. Agora, para comemorar, uma festona da MTV com as meninas (lê-se ). O clima tinha melhorado, mas nem , nem e muito menos deram o braço a torcer nesse período. Não voltaram com os meninos… Aliás, eles estão numa abstinência enorme! Eles as amam, e por isso não vivem sem elas, isso é óbvio! Depois do último show, deixamos as meninas no hotel e fomos para o loft. A festa só é amanhã de noite, então tem muito tempo. Fomos para casa de madrugada mesmo, por exigência da , que estava com ‘saudade de casa’. Chegamos no loft e eu tive vontade de sair abraçando tudo, também estava com saudade de casa.
- LAR DOCE LAR! QUE SAUDADE DESSE ABAJUR CARA! - Louis beijou o tal abajur.
- A tinha razão, voltar pra casa é muito bom, mesmo que de madrugada… - Liam correu para colocar seus bonequinhos do Toy Story em um lugar seguro.
- E segundo a , elas ‘precisam de um dia inteiro para ficarem apresentáveis’ - Repeti as palavras da minha .
- Agora vamos dormir, porque to morto! Boa noite! - Sr. Horan se retirou e subiu para o quarto, seguido do Zayn e bem… O Liam já estava lá em cima. Olhei para Lou, que me fitou preocupado.
- Espero que nessa festa eles reatem com as meninas, não aguento mais esse povo melancólico - Ele comentou ainda abraçado com o abajur.
- Nem eu, mas vamos dormir porque amanhã tem PARTY HARD! E Louis, larga essa merda…
- AH É - Ele colocou o abajur na mesa - Boa noite Curly Boy, sonhe comigo! - Esse Louis, não perde uma. Subi para o meu quarto, mandei uma mensagem pra e dormi.
Acordei com alguém soprando meu rosto. Sorri imaginando no rosto da , sussurrei o nome dela. Aí lembrei que não tinha dormido com ela, despertei num pulo e encontrei o Louis roxo de tanto rir.
- EU TE AMO, MEU AMOR, SEJA MINHA CURLY GIRL PRA SEMPRE? - Ele iria me zoar o resto da vida, ótimo.
- Bom dia pra você também Louis! - Sim, eu estava de mau humor.
Levantei e desci para tomar café da manhã. Encontrei Zayn fazendo uma vitamina, Liam comendo uns biscoitos e Niall indeciso: não sabia se comia primeiro o cupcake ou o muffin. Louis veio atrás de mim. O café da manhã todinho não falei nada, não me pergunte o por quê. me avisou que iríamos nos ver só na festa mesmo porque a MTV ia mandar uma van para buscá-las, isso me deixou mais ‘alegre’. Eu tinha planejado uma limousine ou algo do tipo, mas tudo bem. A festa era só as 21h00 e eu e os meninos combinamos de começar a nos arrumar só as 19h00 para não ficarmos prontos antes da hora (o que nunca acontecia com o Zayn). Ficamos praticamente o dia todo entediados. Jogamos vídeo game, entramos no Twitter, jogamos conversa fora, especulamos possíveis pessoas que estariam na festa, olhamos o Twitter do documentário e nada da hora passar. Quando deu 18h30, Liam não se aguentou.
- Desisto! Tô indo me arrumar ok? - Ele ia subir as escadas, mas parou - Ah, ér… As meninas… Elas não ligaram… Quer dizer… - Olha o Daddy todo gago pra se explicar.
- Sim Liam, a tá bem se é isso que você quer saber - Louis cruzou os braços - Falei um pouco com a , elas alegaram que ‘querem manter o encanto’ do nosso encontro na festa.
- Tô imaginando já o Zayn lá babando, quase morrendo quando ver a - Niall já tava vermelho de tanto rir.
- E eu tô imaginando você com aquela cara de babaca que você faz quando vê a - Zayn retrucou e Niall parou de rir na hora, esses dois viu?
- Vamos nos arrumar logo tá? Não quero me atrasar - Liam nos lembrou.
- Ele quis dizer: “quero ver a logo” - Brinquei e todos riram; menos o Liam que já estava no quarto dele.
Subi para o meu quarto, tomei banho, fiz a barba, moldei meus cachos, me senti tão gay quanto o Louis. Combinamos de ir todos de terno, porque a festa seria mais formal do que a que a gente fez aqui no loft. 20h30 desci para a sala e encontrei os meninos lá, e para provar que milagres acontecem, até Zayn estava pronto.
- O que aconteceu aqui? Milagre de Deus? - Todos me olharam sem entender - CARA, O DJ MALIK FICOU PRONTO ANTES DE MIM.
- Isso não é Deus, é a mesmo Hazza - Liam comentou e Zayn fechou a cara.
- Ei boys, nessa festa tentem reconquistar as meninas ok? Elas amam vocês, lembrem-se disso - Louis falou arrumando os botões do blaser.
- Vamos logo, não quero me atrasar, já disse - Liam quase nos jogou pra fora de casa e trancou a porta. Uma limusine nos esperava. Começamos a festa lá dentro mesmo, até Paul caiu na farra, coisa rara de se ver. Seguimos para a boate que a MTV fechou só para essa festa. Estava ansioso para rever meu amor.

’s POV
Essa festa da MTV seria maravilhosa! Não via a hora de o momento chegar. Eu e as meninas ficamos eufóricas! Não sei até quando vou conseguir segurar meu desejo pelo Zayn. Aqueles olhos ainda vão me hipnotizar de tal forma que não me lembrarei de mais nada no dia seguinte, tipo naqueles filmes sabe? Não sei se isso é possível, mas eu iria adorar se acontecesse. Foco , foco! Você não pode se deixar levar tão fácil assim! Se bem que eu... Ok, chega! Chegamos de madrugada na nossa ‘humilde residência’. Sabe, estava com saudade daquele lugar, todas estávamos.
- QUE SAUDADE DA MINHA COZINHA, OMG! - abraçava a geladeira, o fogão, tudo. Como estávamos muito cansadas nem conversamos direito e fomos dormir. No dia seguinte faríamos compras!
Acordei com a me chacoalhando. Demorei a abrir os olhos por que ainda estava com sono. Depois de ver tantos shows, às vezes, quando eu dormia, ouvia os gritos histéricos das fãs. Levantei de mau humor porque odiava ser acordada. Tomei café da manhã em silêncio e ignorei o “BOOOOOOM DIA SUA LINDA!” da . Nos arrumamos e fomos para o shopping. Chegamos lá e meu humor melhorou num estalar de dedos, aliás, qual mulher não fica feliz quando vai gastar? Entramos primeiro numa loja de vestidos, depois fomos para as de roupas casuais. O verdadeiro objetivo das compras era uma roupa pra festa, mas comprar coisas a mais é sempre bom, melhor sobrar do que faltar né?
- Pausa para o almoço! - anunciou e nós concordamos.
Colocamos a primeira rodada de compras no carro que a MTV nos deu e fomos para a praça de alimentação. Comemos no McDonald’s e que delícia! Tem no Brasil, mas parece que tudo aqui em Londres é mais bonito, até o lixo… Enfim. Voltamos para as compras e fomos para os sapatos, quanto luxo, senhor! comprou logo seis pares.
- Ai to me sentindo uma diva hoje! - se olhava no espelho e encarava mais um salto quinze centímetros.
- GENTE! - soltou um gritinho - JÁ SÃO 16H00, MEU DEUS!
Pra um homem, começar a se arrumar 20h00 para uma festa que seria as 21h00 tava ótimo, mas para nós não. Nós somos cinco, tem que tomar banho, fazer o cabelo e as unhas ainda! Saímos correndo do shopping e fomos para o hotel. Cada uma guardou o que comprou no seu quarto, tomamos banho, cada uma no seu banheiro para economizar tempo. 17h00 nos reunimos na sala para fazer o cabelo e as unhas. Sempre sobrava pra eu escovar o cabelo de todo mundo, elas diziam que eu tinha o talento pra arrumar as pessoas, me chamaram de cabeleireira, o que eu não concordava de jeito nenhum. fazia as unhas de todo mundo e no final, ela fazia o meu cabelo e eu as unhas dela. A única que faltava era a ; e já estavam quase prontas, mas ficaram sentadas no sofá para esperar o esmalte secar. Passei um creme no cabelo da , até que ela começou a falar.
- Eai, hoje o negócio anda?
- Que negócio ? – : a ingênua.
- Véi, quando vocês voltar com os meninos? Acho que já deu né? Vocês já deram um gelo neles, eles já aprenderam e blá blá. Vocês não estão vendo que só estão perdendo tempo? Vocês se amam e ficam aí esperando cair alguma coisa do céu, não é possível. - e seus momentos Caio Fernando Abreu. Eu sabia que ela estava certa, só não queria admitir pra mim mesma. Minha ferida estava quase fechada, só precisava de mais alguns remédios e ele era esse remédio. Eu precisava dele para me sentir completa.
- Tá, se o Niall não falar comigo hoje, eu falo com ele amanhã! Feliz? - terminou as unhas da e se sentiu orgulhosa pelo resultado.
- Eu quero que você fique feliz, não eu! - e sua língua afiada - AI FICOU DIVO ISSO AQUI - Ela beijou a bochecha da .
Como sempre, fiz o cabelo da e ela fez as minhas unhas. Comemos enquanto esperávamos o esmalte secar. Combinamos que se os meninos não falassem conosco na festa, falaríamos no dia seguinte, já que eles iam dormir aqui no hotel, por ser mais perto da festa (isso era só desculpa da e da ). Eu estava bem aliviada, não via a hora de dizer tudo o que estava entalado na minha garganta. 20h30 fomos nos trocar, colocamos roupas mais sociais porque né? A Katy Perry podia estar nessa festa, nunca se sabe. A van chegou 20h30 e não estávamos prontas, pra variar. A festa era só as 21h00, não queríamos ser as primeiras a chegar, por favor. Enrolamos quarenta minutos e descemos. Realmente, estávamos lindas, e olha que pra eu falar que eu estou linda, é porque estou mesmo, isso é raro!
- TO ME SENTINDO A MEGAN FOX! - exclamou se encarando no reflexo do vidro da van.
- Vamos meninas, ou vamos nos atrasar! - O motorista nos lembrou.
Entramos na van e um frio na barriga surgiu quando ela começou a andar. Não via a hora de chegar na festa. Queria me jogar, já que trabalhei feito uma camela nesses últimos meses e daqui a duas semanas, começaria nosso curso de um ano, essa era minha chance.
- Chegamos! Podem descer - EDUCADO ESSE CARA, NEM PRA ABRIR A PORTA PRA GENTE! Mas nem precisou, um homem de uniforme abriu e quando descemos nos deparamos com um tapete vermelho e vários flashes. Fiquei meio incomodada.
- Sorriam, somos divas hoje! - como sempre se achando, mas resolvi seguir o conselho dela.
Muita gente começou a fazer perguntas de todos os tipos, sobre nós e sobre os meninos. Simplesmente andamos, paramos para posar para umas fotos, acenamos e entramos no local.

Louis POV
Chegamos cedo na festa pra não trombar com os paparazzi, mas parece que eles acamparam na frente do lugar. Ficamos um tempo respondendo umas perguntas no tapete vermelho, já que estávamos meio adiantados. As meninas não chegavam e isso só aumentava minha ansiedade.
- Vamos entrar? - Harry sugeriu. Nos despedimos dos jornalistas e entramos.
A boate era incrível. Tinha um palco, uma pista enorme, no andar de cima ficavam as mesas, sem contar o bar, cheio de bebidas. O Hazza ia se esbanjar ali né. Encontramos os meninos do McFly, o Bruno Mars, a Katy Perry (Niall sempre agradecia ela por ter o aprovado no X-Fator) e a Selena e o Justin.
- Acabei de falar com o Justin Bieber, preciso de água - Niall sentou numa cadeira, pasmo.
- Cara, a gente já foi na casa dele… - Zayn sentou ao seu lado.
- Até parece que você não conhece o Niall, Malik - Harry cruzou os braços.
Ficamos conversando um pouco e fomos na mesa reservada para nós, pedimos para que tivesse dez lugares e assim foi feito. Conversamos um pouco e Niall já experimentava tudo que o garçom servia, até que ele abriu a boca, cheia de comida dentro e ficou olhando a porta de entrada.
- FECHA ESSA BOCA HORAN, QUE NOJO - Fingi que estava vomitando, até que meu celular vibrou, olhei e era : ela me avisou que tinham acabado de chegar.
- É que… que… - Niall balbuciava e conseguiu engolir a comida - Ela tá…
- PERFEITA! - Zayn completou. Só aí notei o porque: as meninas tinham acabado de chegar e realmente estavam perfeitas. Elas esbanjavam simpatia, conversavam com todo mundo e logo acenou pra mim e elas seguiram para a nossa direção. Nós apenas as seguimos com o olhar. Elas subiram as escadas e pararam na nossa frente. Ninguém conseguia dizer nada, elas ficaram confusas.
- Oi? Gente fala alguma coisa! - brincou e elas riram. Nós continuamos estáticos. Harry cumprimentou todas e beijou , sussurrando um “Você está linda!”. Andei até a minha pequena, beijei sua mão e a abracei.
- , você é perfeita! - Falei e a beijei. Ouvi um ‘awn’ da . Cumprimentei as meninas e fiz dar ‘uma voltinha’.
- Hoje essas meninas desencalham! - Harry brincou cutucando Zayn. Ele, Niall e Liam não tinham saído do lugar, dei um tapa nas costas do duende que só aí entendeu. Ele e Zayn também cumprimentaram as meninas, demorando mais em e em . Quando finalmente Liam resolveu se mover, ele ajoelhou na frente de .
- , por favor, me desculpe por tudo que eu fiz, sei que fui um completo idiota… - Ponto pro Daddy - Eu sei que errei e esses dias que passamos separados me fizeram entender que eu não vivo sem você. , você quer namorar comigo? - A princípio ficou sem ação, ela levou as mãos à boca, estava bem surpresa, assim como nós. Ela levantou Liam do chão e envolveu o pescoço do Daddy.
- É claro que sim, estava contando os dias para que você me dissesse isso! - Eles se beijaram, foi um beijo de sede, eu entendia, eles estavam esperando aquilo há tanto tempo.
Nesse meio tempo, e Harry se sentaram na ponta da mesa, eu a ao lado deles, deixando seis cadeiras vagas. Aplaudimos o momento reconciliação da Mom e do Daddy e eles se sentaram do lado da e do Harry. se sentou ao meu lado, depois Niall, Zayn e .
- Eu tô tão feliz! - e Liam não paravam de trocar abraços e carinhos. Vi que estava mexendo no iPhone, ela estava vendo uma foto dela e do Niall. Abracei-a de canto e ela logo desligou o celular.

Liam’s POV
Não aguentava mais olhar para sem poder tocá-la. No caminho para a festa tomei uma decisão: faria de tudo para voltar com ela hoje. Quando as meninas chegaram na festa, o mundo parou. Elas estavam lindas, MUITO lindas. Principalmente . Ela estava deslumbrante, o belo sorriso só deixava tudo mais perfeito. Elas chegaram, nos cumprimentaram e quando fui falar com , não me aguentei e declarei todo o meu amor por ela, sem medo do que poderia acontecer. Ela aceitou voltar comigo e meu mundo explodiu. Fiquei tão feliz de ter a minha Mom de volta, só pra mim, poder olhar para aquele rostinho lindo todo dia ao amanhecer, isso era a melhor coisa do mundo. Olhei para Zayn e Niall como quem diz: Agora só faltam vocês. Eu e ficamos trocando carinhos.
- Vamos dançar amor? - Perguntei e ela concordou. A puxei pela mão e fomos ao meio da pista. No caminho encontramos vários famosos, apenas apertava minha mão e às vezes soltava um ‘Nossa Liam...’. Eu apenas ria. A música que tocava era lenta, peguei pela cintura e ela enlaçou as mãos em meu pescoço.
- Estava com saudades disso… - Sussurrou em meu ouvido.
- Eu também. - Logo estávamos nos beijando e sorrindo, aquilo era demais para mim.
O tempo que passei sem ela só me fez aumentar meu desejo. Fomos para o bar pegar alguma bebida e observei a mesa que os meninos estavam. Mandei uma mensagem para Louis e Harry, para saírem com as meninas e deixarem Zayn, Niall, e sozinhos, vai que algo acontece. Se eles não querem por bem, vai ser por mal. Logo os quatro nos encontraram no bar.
- E ai família! - Louis nos cumprimentou.
- OH LORD, EU ESBARREI NA DEMI LOVATO, VOCÊS TEM UMA NOÇÃO? QUER QUE EU REPITA? DEMI LOVATO. - não conseguia nem falar direito e mostrou sua mão tremendo.
- Não liguem, ela é bem fã da Demi! - estava constrangida.
- A gente não liga não, o Niall sempre fica assim quando vê o Justin Bieber… - Harry comentou e nós rimos.
- Entãaaaaao - puxou assunto - Como vão as coisas entre nossos futuros ex-solteiros?
- Tá tudo no 0x0, pelo menos enquanto a gente tava lá, eles estavam em silêncio… - Louis e sua decepção.
- MERDA! - Exclamei.
- Que foi amor? - me cutucou.
- As meninas estão descendo, isso quer dizer que nada deu certo. - Todos olharam para as escadas e vimos e descendo para a pista fofocando sobre alguma coisa. Resolvemos subir para não deixar os meninos sozinhos e conversar com eles.

’s POV
Estavam armando pra gente, tava na cara. Primeiro a e o Liam saem pra dançar (até ai tudo bem, comemorar a reconciliação), mas ai (do nada) Harry, , Louis e decidem ir tomar alguma coisa. Coincidência ficar só eu, o Niall, a e o Zayn na mesa né? Eu já estava bem impaciente, porque eles não tomavam a iniciativa e ficavam conversando entre si sobre vídeo game. Pensei comigo mesma: , você esta numa festa, vá curtir!”, concordando comigo, me levantei.
- Aonde você vai? - me perguntou.
- Vem bitch, vamos dançar - A puxei pelo braço - Com licença meninos! - Saímos meio que correndo até a pista, quase caímos na escada, beleza!
Não sabíamos se admirávamos os famosos que estavam lá ou se dançávamos, mas resolvemos ficar com a segunda opção. Começou a tocar Moves Like Jagger e nem nos jogamos. Ficamos um bom tempo assim: só curtindo, até que me cutucou.
- Ei, vamos beber alguma coisa! - Ela me puxou até o bar, nos sentamos nuns banquinhos.
- Vamos beber pra esquecer nossos problemas! - Fiz uma pausa e me dirigi ao barman - Duas caipirinhas bem fortes, por favor! - Bom, ele não sabia o que era caipirinha, tive que explicar, mas depois de um tempo, deu tudo certo.
- UM BRINDE A NOSSA VIDA ENCALHADA! - levantou a taça e eu assenti. Tomamos um gole grande.
- Oi meninas! - Ouvi uma voz masculina, que não era de nenhum dos meninos. Me virei e vi que eram dois caras do The Wanted.
- Oi! - Eu e respondemos uníssonas.
- Eu sou o Tom e esse é o Siva, prazer - MANO, POSSO MORRER AGORA? E por que eles estavam se apresentando mesmo?
- Ah, vocês são dois quintos do The Wanted - riu - Já sabemos.
- E vocês são?… - Tom perguntou.
- Eu sou e essa é a minha amiga !
- Mas me chame de e ela de . - Essa viu…
- E o que uma menina tão linda esta fazendo sozinha? - Siva se dirigiu só a e eu morrendo por dentro - Quer dançar comigo? - me olhou e eu assenti, ela estendeu a mão e Siva a segurou.
- Ei querido, só não leve minha amiga para muito longe, fiquem no meu campo de visão! - Encarnei a e eles riram.
- E você linda? Ta afim de dançar? - Não resisti e acabei cedendo. Logo Tom me puxava para o meio da pista. Olhei para o lado e vi e Siva rindo e se divertindo, que mal tem dançar com eles? Não estamos namorando mesmo... Pelo menos assim eu me divertia né? Começou a tocar Blackout do Breathe Carolina e nos jogamos de vez.

’s POV
Eu e Harry estávamos num amor. De cinco em cinco minutos ele me dizia que eu estava linda e que não conseguia tirar os olhos de mim. Vez ou outra via umas meninas secando Harry, depois me encarando e saindo. Até que uma loira veio falar com ele:
- Oi Harry! To com saudades... - Ela ia se atirar para cima dele, mas Harry se esquivou.
- Oi. Não estou com saudades, sou compromissado agora. - Ah que lindo esse Hazza, mas e a vontade de voar no pescoço daquela inútil?
- Tem certeza Harry? Olha porque a gente pod… - Resolvi intervir. Cheguei bem perto de Harry, o abracei de lado e ‘sussurrei’ em seu ouvido relativamente alto para que ela pudesse ouvir.
- Não vejo a hora de ficarmos sozinhos, amor… - Ele corou e sorriu malicioso. Respondeu um ‘eu também’ e sorrimos. Olhei para a bitch, que agora estava com a cara no chão, sem saber o que fazer. Eu e Harry ficamos trocando carinhos e finalmente a maldita saiu.
- Af, mas que menina chata! - Rimos. Harry olhou para mim como quem diz: Você terá que se acostumar. - Eu sei, eu sei, vou ter que me acostumar! Mas ela tava quase te comendo e...
- !
- Tá bom parei. - Fiz bico.
- Você sabe que eu só tenho olhos para você, que jamais te trocaria por pele e osso.
- Awn que lindo! - Começamos a nos beijar. As vezes sentia alguns olhares intensos sobre nós, mas isso não me incomodava, já que estávamos namorando oficialmente.
- Vamos beber alguma coisa? - Ele perguntou e eu concordei.
No caminho até o bar encontramos mais uma penca de famosos! Incluindo Rihanna, Nicki Minaj, Kevin Jonas e Taylor Lautner. A nossa sorte foi que a ainda não viu o Taylor, senão iria pirar totalmente na sua paixão platônica de infância, se visse o Adam Levine então, aí a confusão estaria armada. No bar vimos a Demi Lovato e eu me segurei para não gritar.
- Quer falar com ela? - Harry perguntou todo educado.
- Ah não sei, não sei se consigo amor. - Fiz bico.
- Por que linda?
- Ah tenho medo de fazer um escândalo sabe, ela sempre foi minha diva desde a adolescência e...
- Relaxa, vai dar tudo certo! Respira fundo e vai! Agora você é a namorada de Harry Styles... - Não deu tempo nem de responder, quando vi, Harry já me puxava pelo braço e íamos em direção a Demi. A seguinte frase ‘Agora você é a namorada de Harry Styles’ ecoava na minha cabeça.
- Demi Lovato! - Harry praticamente berrou e todos a nossa volta nos observaram.
- Harry Styles! Quanto tempo! - Eles se abraçaram.
- Demi, essa é a minha namorada … - Minhas mãos suavam.
- Oi ! Como vai?
- Oi Demi, vou bem e você? - Harry olhou para mim como quem diz: “Está se saindo bem”
- Vou ótima! - Conversamos um pouco enquanto Harry foi pegar nossas bebidas. Demi era muito melhor do que eu imaginava, conversávamos como se já fossemos amigas há anos!
- Harry, sua namorada é um amor! - Demi comentou e meu coração quase saiu pela boca. Sorria de orelha a orelha. - Vamos trocar nossos telefones? Assim não perdemos contato, porque se for pra depender do Harry já viu né? – Rimos.
- Sei bem como é, Harry é fogo mesmo. - Nós duas rimos, ele nos olhava com uma cara de quem não gostou da piada. Trocamos os telefones, nos despedimos e fomos dançar.
- Ta vendo? Você não morreu!
- Bobo! - Bati em seu braço e ele riu. Começamos a dançar, a música era lenta.
Aqueles olhos verdes me hipnotizavam de tal forma que não enxergava ninguém a nossa volta ,via apenas nós dois, juntos.

’s POV
Eu estava ansiosa pra festa e fui surpreendida pelo Liam: ele me pediu desculpas na frente de todo mundo. Eu não fiquei rosa, nem vermelha, fiquei roxa mesmo. Mas eu amei… Aliás, eu o amo, isso é óbvio. Só que na festa tivemos pouco tempo para curtir sozinhos: dançamos uma música, mas logo chegou à negada e estragou tudo, ótimo! Além da e da ainda estarem no estágio frescura. Nos reunimos e conversamos sobre elas. Ficamos indignados quando as mocinhas abandonaram Zayn e Niall, mas logo Harry e foram beber algo e Louis e foram dançar. Combinamos de nos encontrar na mesa em meia hora. Liam me puxou para o balcão, pedimos um drink e nos sentamos.
- Sabe que eu não aguentava mais ficar longe de você? - Ele deu um gole na bebida.
- Nem eu - Ri - Você é importante demais pra mim, Liam.
- Você foi a única pessoa que despertou em mim esse tipo de sentimento tão complexo… Te ver e não poder te sentir deixava um vazio aqui dentro - Ele pegou minha mão e a colocou em seu peito, na direção do coração - Eu não sou completo sem você , não posso seguir sem você, entende? - Não evitei que uma lágrima teimosa caísse.
- Liam, eu que sou incompleta sem você… Você é a pecinha que completa o meu quebra-cabeça sabe? - Me aproximei e o beijei - Só me promete uma coisa?
- O que você quiser.
- Não fique longe de mim, nunca mais! - Nos beijamos mais intensamente e eu tive certeza que eu o queria pra sempre. E Liam tinha razão, não dá pra imaginar minha vida sem ele. Sem ele não dá. Varri esses pensamentos da minha mente quando começou a tocar Kiss Me Slowly, do Parachute. - LIAM EU AMO ESSA MÚSICA, VAMOS DANÇAR.
Puxei-o para o meio da pista. A música era lentinha e o DJ disse que era ‘para os apaixonados’, ou seja, melhor impossível. Envolvi o pescoço do Liam e ele pousou as mãos na minha cintura. No meio da música, ele fez com que meus pés ficassem em cima dos dele. Eu quase morri de tanta fofura. Encostei minha cabeça no peito dele e ficamos assim até acabar a música.
- Já disse que você é perfeito? - O encarei.
- Já disse que eu te amo? – Nos beijamos novamente. Nossas bocas se encaixavam perfeitamente e nossas línguas dançavam conforme a música. Paramos para respirar e sorrimos.
- Ei amor, não temos que encontrar a galera? - Lembrei-me do nosso combinado.
- aaaaaaaaah, verdade - Ele riu - Vem, vamos subir para a mesa.
Liam segurou minha mão e nós subimos para a área VIP. Eu realmente estava feliz, ou melhor, me sentia completa. Eu estava a ponto de explodir de tanta felicidade.

Zayn’s POV
Os meninos deixaram , Niall, e eu sozinhos na mesa de propósito. Eu queria me declarar para , mas não conseguia, não sei por quê. Estava parecendo um adolescente com a primeira namoradinha! Logo elas se cansaram da nossa conversa sobre vídeo game e saíram da mesa. comentou algo sobre ir ao bar. Niall e eu continuamos conversando mais um pouco sobre vídeo game, até que minha ficha caiu. Era , minha e eu vou reconquistar seu amor. Resolvi falar com ela e despejar tudo igual o Liam, poderia dar certo.
- Ei Nialler, vamos atrás das nossas meninas! - Cutuquei Niall que quase estava dormindo, na hora ele levantou num pulo.
- PRINCESA , ESPERE QUE SEU PRÍNCIPE ESTÁ A CAMINHO - Rolei os olhos, como esse menino pode ser tão idiota?
Puxei-o pelo braço e descemos a mil até o bar. Pedimos duas bebidas e começamos a procurar as meninas. Uns minutos depois, enxerguei e , no meio da pista dançando. Fiquei realmente irado. Por quê? Porque elas não estavam desacompanhadas, mas dançando com os garotos do The Wanted. Meu coração quase saiu pela boca.
- Niall, olha isso… - Apontei para a direção delas e ele ficou estático. Acontece que o duende é tão tapado que não percebe as coisas.
- Vamos lá - Eu ia intervir, mas ele continuou - “Vamos atrás das nossas meninas!” lembra? E relaxa, vamos dançar lá perto, sem que elas nos vejam.
Que cena ridícula, estava me sentindo um garoto de sete anos brincando de espião. Nos aproximamos tanto que dava para ouvir a conversa deles quatro, que dançavam juntos. A conversa estava tão boa que elas nem nos notaram.
- Agora dança, fica quieto e ouve - Niall obedeceu direitinho, ficamos lá fingindo que estávamos dançando.
- Isso é bom? Esperem só pra ouvir o nosso funk, ai vocês vão ver o que é ver o povo rebolar - Claro, a tinha que falar desse bendito ritmo. Pegar a conversa na metade é horrível.
- Como que dança isso? - Foi só Tom perguntar que começou a rebolar e jogar o cabelo, quando ela parou, a aplaudiu.
- Queria que você dançasse pra mim… - Siva olhou para , que ficou constrangida. Niall me encarou de queixo caído. Só aí notei que a raiva que estava sentindo era pouca. Como ele fala desse jeito com a minha pequena? Ele começou a abraçar e ela foi se afastando, murmurando coisas que não entendi.
- Ei gatinho, vá com calma! - segurou no braço dele e ele desviou. Tom agarrou tentando beijá-la. Ela se debatia e ele não cedia. Até que ela deu um tapa na cara dele - EU JÁ TE DISSE QUE AMO OUTRA PESSOA! QUE SACO - Nessa hora Niall corou e sorriu. foi acudir , mas minha pequena também já tinha saído dos braços daquele canalha. Depois dessa confusão, eles foram para o bar e nós atrás.
- Se acontecer de novo, nós vamos intervir! - Niall sugeriu e eu assenti. Novamente ficamos longe, mas perto o suficiente para ouvir tudo. Eles pediram as bebidas e Siva puxou assunto com ; e Tom só observavam e trocavam olhares.
- Eu não vou desistir, gostei de você.
- Siva, entenda, por favor! Eu ainda gosto de outra pessoa, não se iluda! - terminou de tomar o drink.
- Ér, tá ficando tarde, vamos procurar as meninas e ir embora bitch? - é pior que eu pra arrumar desculpas, que coisa! riu e assentiu. Elas foram se despedir deles, murmuraram alguma coisa, trocaram telefones e coisas do gênero.
- Eu sei que você não vai embora, mas não me perdoaria se não fizesse isso… - Tom foi se aproximando de e ela respirando ofegante, até que ele segurou na cintura dela e a beijou. Me lembrei de e voltei minha atenção para ela. Olhei bem no momento em que Siva a beijou também. Encarei Niall que estava vermelho de raiva. Observamos a cena e a princípio elas responderam o beijo. Fui ficando irado, cerrei os punhos. se soltou de Siva, o encarou e levantou. Ela chorava. deu outro tapa na cara de Tom, se levantou e também estava chorando.
- Olha, nunca mais faça isso de novo! Eu tô me sentindo suja e… Adeus - puxou pelo braço. Tom e Siva foram atrás delas. Niall me cutucou: hora de intervir. Elas estavam indo para a área VIP, subimos as escadas atrás deles. Tom e Siva seguraram os braços delas quando estavam perto da nossa mesa. Notei os meninos já estavam lá. Ótimo, pensei, temos reforço.
- , VEM AQUI - Siva puxou minha menina pra mais perto e só pude ver os olhos dela cheios de lágrimas. foi encurralada por Tom. Não me aguentei. Fui até lá. Tirei dos braços dele e o encarei. me abraçou e chorou mais.
- Siva, você não está vendo que ela não quer? - O encarei.

’s POV
Saímos para deixar os babacões sozinhos, mas como não deu certo, voltamos para a mesa. Chegando lá não tinha ninguém, nem os meninos.
- AMÉM SENHOR - exclamou - Já tava na hora! - Nós rimos e nos sentamos.
Ficamos conversando sobre o Brasil: cultura, pontos turísticos, comida e afins. Louis me cutucou e apontou para a escada. Vi e subindo, sendo seguidas por dois carinhas da The Wanted (é, eu não sei o nome) e logo atrás Zayn e Niall.
- Vai dar problema, vêm meninos, vamos pra lá! E vocês fiquem aqui - Esse Liam todo protetor, awn. Mas tava na cara que nós não íamos ficar lá, do jeito que amo barraco.
Nos levantamos e ficamos parados, esperando que alguma coisa acontecesse: e aconteceu. Quando e estavam chegando na nossa mesa, os carinhas as seguraram. Louis e Harry se aproximaram (uns lindos). Zayn e Niall brotaram de uma multidão. Zayn abraçou , que estava chorando. Niall empurrou Tom e abraçou , que também estava em prantos. O QUE ACONTECEU GALERA? Corremos para perto deles, Zayn e Niall estavam irritadíssimos.
- Siva, você não está vendo que ela não quer? - Zayn olhou para o carinha do The Wanted que era parecido com ele.
- E quem te chamou Malik? - Malik? Hm, eles já se conhecem de outros carnavais.
- Respeito cara, não se altere! - Niall advertiu Siva (acho que é assim o nome do infeliz). Nisso, os meninos já estavam lá, tipo uma rodinha de briga de escola. Nós ficamos vendo um pouco mais longe porque quis obedecer às recomendações de Liam.
- Vocês as conhecem? - Um se pronunciou pela primeira vez (bem gatinho até).
- Elas são nossas namoradas, Tom! - Niall disse em alto e bom tom. OI? AI JESUS ISSO TA FICANDO BOM.
- São mesmo? - Siva perguntou e assentiu. Ela ainda estava abraçada com Zayn. Logo, o resto do The Wanted chegou.
- Alguma confusão? - Um do The Wanted de cabelo encaracolado perguntou.
- Não, de boas! Só tire o Siva e o Tom daqui, por favor… - Harry pediu e eles concordaram.
- Qualquer dia nos vemos… - Tom olhou pra , que afundou o rosto no peito do Niall. Me senti numa briga entre os Cullen e os Volturi. Levamos as meninas pra mesa, Niall e Zayn não se desgrudavam delas. Quase não deixaram Harry e Louis falarem com elas. e tomaram água e se acalmaram.
- Agora contem o que houve - Liam falou sério e abraçou .
- Bom, a gente desceu pra dançar e encontramos o Siva e o Tom, dançamos juntos e tudo mais - Pausa dramática da - Ai eles começaram a mostrar que queriam algo a mais entende? - Minhas amigas sendo paqueradas pelos minos do The Wanted? Oi? - Nós tentamos dispensá-os, mas eles nos agarraram e nos beijaram a força…
- Que canalhas - Harry comentou.
- Foi horrível, tô me sentindo estranha - já tinha se acalmado - Ai eles vieram atrás de nós, fiquei com medo.
- Mas ai, Sir Malik e Sir Horan salvaram a pátria - Zayn brincou e nós rimos. As meninas já tinham se separado deles e agora abraçavam Louis e Harry.
- Já que estão incomodadas, vamos pra casa, que tal? - Liam sugeriu.
- Acho que deveríamos ficar mais um pouquinho pelo menos, se sairmos agora vai ser muita bandeira... - respondeu e todos concordaram, afinal, havia uma penca de jornalistas e famosos ali, se saíssemos agora, seria muito ruim para nós e para os meninos. Acabamos ficando mais um pouco, nos sentamos na mesa e começamos a conversar para tentar descontrair o clima. As meninas já haviam parado de chorar, mas ainda estavam visivelmente abaladas.

Niall’s POV
Como alguém pode ser tão imbecil quanto aquele Tom? Como ele pode tratar as mulheres daquele jeito? Tratar a minha princesa daquele jeito? Fiquei furioso, mas preferi consolar e ficar pertinho dela do que perder a linha. Abracei-a de lado e sussurrei em seu ouvido:
- Ta tudo bem princesa, fica calma, tudo vai ficar bem. - Zayn consolava , que também já estava bem mais calma. As meninas conversavam, mas ainda estavam abaladas.
Ficamos mais um bom tempo na mesa, às vezes algum dos meninos ou até mesmo as meninas saiam para fazer uma social, apenas eu, Zayn, e ficamos na mesa a maior parte do tempo.
- Ta melhor ? - Zayn perguntou sussurrando no ouvido da garota e ela assentiu. Começou a tocar Sunday Morning do Maroon 5 e Zayn chamou para dançar, alegando que se parasse de pensar naquilo ela ficaria melhor. Antes deles saírem puxei Zayn pelo braço e disse para ele não tentar nada agora, pois estava muito mal, assim como e que eu também não tentaria nada. Ele fez que sim com a cabeça e logo os dois sumiram.
- E ai ? Ta melhor? Quer comer algo? Tudo isso me deu fome... - Comentei e minha princesa sorriu. Chamei o garçom e pedi a ele se podia trazer umas batatas e um milk shake, sem que ouvisse. Ele falou que tentaria providenciar e eu disse que pagaria. Naquela festa haviam apenas aquelas comidas sofisticadas, que não enchem a barriga. Logo ele chegou com a comida e eu lhe paguei.
- Por que você pagou o garçom? - indagou e eu sorri.
- Não servem batatas aqui, então pedi para ele fazer e disse que pagaria…
- Ai Niall, me abraça - Ela pediu e nos abraçamos forte. Comemos as batatas e ficamos mais um tempo conversando, até que os outros chegaram e decidimos ir embora. Harry e estavam bêbados, mas não tanto quanto ficam; e Zayn estavam abraçados conversando; e Louis rindo de algo, como sempre né; e Liam conversando de mãos dadas. Dei a mão para minha princesa e fomos embora.

Capítulo 13 - You'll never love yourself half as much as I love you.

’s POV
Despedimo-nos de alguns amigos dos meninos e de alguns amigos nossos. Saímos pelos fundos para nenhum fotógrafo nos perseguir e fomos com a van, para não chamar atenção. Nem preciso falar que chegamos quebrados no hotel, mas mesmo assim ficamos na sala conversando. Sentamos na poltrona eu e o Liam, num sofá a , o Harry, o Louis e a ; no chão o casal buraco negro e ao lado o Zayn e a .
- GALERA, EU JÁ FALEI QUE CONSEGUI O TELEFONE DA DEMI? E TO TROCANDO SMS COM ELA AGORA AI JESUS! - não parou de falar na Demi um minuto e já tava ficando chato.
- Nossa , dá pra mudar de assunto? Puta merda! - zoou com ela e nós rimos… Quer dizer, todo mundo menos a e a . Elas ainda estavam chateadas com o que ocorreu na festa, era compreensível. Os meninos do The Wanted eram gatos, mas ser agarrada por eles e ser obrigada a fazer uma coisa que a gente não quer é tenso. E pra deixar tudo mais complicado, elas não tinham voltado com Zayn e Niall, por falta de oportunidade, já que eles não tinham ficado sozinhos ainda.
- EI BURACO NEGRO FÊMEA - Depois do Niall, a única pessoa que conseguia animar a era o Louis. - Vamos com o Boo Bear na cozinha comer um pouco, vem! - Eles se levantaram e foram comer, logo já estavam um pouco molhados e rindo porque Louis quis brincar com a água da torneira. tinha dormido no ombro do Zayn.
- Zayn, a leve pro quarto, põe um pijama nela, aproveita e concerta as coisas! - Harry sugeriu.
- NOSSA, O HAROLDO PENSANDO? VAI CHOVER HOJE! - Na falta de Louis, sempre fazia uma piadinha. Zayn pegou no colo e subiu com ela para o quarto. Já falei no quanto eles eram fofos juntos? Ela toda delicadinha e ele todo protetor… ”Tomara que dê tudo certo lá, amém!”, pensei. e Louis voltaram para a sala.
- Amor, vamos dormir também? To cansada… - nem deixou Harry responder e já o puxou - Boa noite galera! - Ela completou de cima da escada e logo os dois sumiram.
- Eai Boo Bear, vamos também? - perguntou e Lou assentiu.
Eles se despediram de nós e subiram também. Niall começou a arrumar a sala, porque ele e Zayn dormiriam no sofá (se bem que desconfio que isso aconteça, enfim). O ajudamos e parecia que tudo estava bem confortável.
- Agora eu vou descansar seus lindos - bocejou - Boa noite coisas lindas! - Ela subiu quase se arrastando de tanto sono.
- Vai lá mongão, é a sua chance - Liam deu dois tapas nas costas de Niall.
- Eu to bem assim? - Ele respondeu se olhando no espelho.
- Niall, ela te ama, mesmo se você estiver horrendo, ela vai te aceitar, agora vai lá - Foi a minha vez de empurrar o duende.
Ele subiu atrás da e fiquei com Liam na sala. Tomara que esses dois se resolvam logo, não aguento mais esse clima pesado, espero que Zayn e se resolvam também... e Niall; e Zayn se amam! Será que só nós vemos isso? Porque só de olhar para eles dá pra perceber né? Se bem que... Pera aí! Porque to pensando nisso mesmo?
- Amor? - Liam me chamava e eu não percebia.
- Ahn? Ah, oi amor! - Ele riu.
- Tava pensando no que?
- Tava pensando em como esses casais se amam tanto e não se resolvem nunca! Já ta na hora né?
- Também acho, não aguentava mais ficar longe de você, ficar sem te abraçar, sem te beijar, sem dizer que te amo… - Esse Liam é um lindo mesmo, não sei como consegui ficar tanto tempo longe dele.
- Anw, eu também estava morrendo de saudades, mas não queria demonstrar - Fiz bico.
- Ai meu Deus, não sei por que não queria demonstrar!
- Ah eu tava brava com você né Sr. Liam? Também não é pra menos e... - Liam fez ‘shhhh’ e colocou o dedo indicador em meus lábios.
- Não interessa, a única coisa que interessa agora é que estamos juntos de novo e ponto final! - Liam começou a me beijar, ficamos trocando carinhos abraçados no sofá.

Niall’s POV
Era agora ou nunca. Não aguentava mais ficar longe de , longe do amor da minha vida, da minha potato. Liam e me empurraram escada à cima; não tive nem tempo de me arrumar. Bati na porta do quarto dela e uma com um coque frouxo e um camisetão enorme abriu a porta.
- Oi! - Falei tímido e sorri. Devia estar muito vermelho, porque ela riu bastante. - Podemos conversar?
- Claro! Entra. - Porque estou com tanto medo assim? Parece até que tenho 12 anos e acabo de conhecer minha primeira namorada. Tentei respirar fundo e organizar as ideias - Niall, antes de você falar alguma coisa eu quero te agradecer por me ajudar na boate, por nos ajudar na boate! Não sei o que seria de nós se você e o Zayn não tivessem aparecido - Ela começou a chorar, aquilo realmente havia sido um choque. Os meninos provavelmente as levariam a outro lugar e bem... O resto você deve imaginar. Fiquei com muita raiva quando vi aquela cena, MUITA raiva.
- Calma , vem cá! - Sentei na cama e ela se sentou em meu colo, me abraçando. Que saudade dela. - Ta tudo bem agora, ah se eu pego aquele canalha do Tom eu mato! - Ela riu fraco.
- Você não queria falar alguma coisa? - Perguntou.
- Ah sim, quero sim! - A tirei do meu colo com delicadeza e a coloquei sentada na cama. Me ajoelhei a sua frente - , desculpa por tudo que eu a fiz passar, tudo mesmo! Eu sei que eu fui muito idiota, fui um estúpido! Nem procurei saber o que havia acontecido, disse coisas horríveis para você... Me sinto muito mal por isso, me sinto péssimo por ter falado aquelas coisas horríveis para você, me desculpe? Eu não sei viver sem você, eu... Eu te amo ! - Ela chorava e sorria, que saudade daquele sorriso!
- É claro que eu te desculpo Niall! Eu te amo tanto duende! - Ela se atirou em meus braços e eu sorri aliviado. A peguei no colo e a girei, rimos bastante. A puxei pela cintura e a beijei. - Também não aguentava mais ficar longe do meu potato! – Rimos. Essa é a que eu conheço.
- , você aceita namorar comigo? Ser minha princesa oficialmente? - Ela sorriu de orelha a orelha e pulou em cima de mim.
- É claro que eu aceito Niall! - Gritou distribuindo beijinhos em meu rosto. Ficamos mais um tempo abraçados, curtindo o momento até que ficou tarde e decidi ir dormir.
- , já ta tarde né? Acho melhor eu ir dormir, boa noite. - Ela concordou e demos mais um beijo, quando fui sair do quarto, senti uma mão quente encostar na minha e me puxar.
- Niall, dorme comigo? Ainda estou meio assustada, não quero dormir sozinha… - Como não aceitar a um pedido desses? Ela fazia biquinho. Concordei e disse apenas que pegaria meu pijama na sala. Claro que quando eu voltasse levaria umas guloseimas para aproveitarmos.
Desci as escadas e fiquei vermelho de vergonha: Liam estava sentado no sofá e em seu colo. Os dois se beijavam intensamente, ele tinha as mãos sobre as coxas de , que passava as mãos em seu cabelo. Decidi passar sem ser percebido mas não deu muito certo. Tropecei no chinelo de Louis. Porque ele sempre deixa as coisas largadas?
- Ai caralho! - Xinguei e levei as mãos a minha perna direita, que doía um pouco. e Liam se levantaram num pulo, se arrumaram e tentaram disfarçar sem sucesso algum.
- Niall, tá tudo bem? - Liam perguntou passando as mãos nos lábios inchados e vermelhos. Eu ri.
- Ta tudo bem sim, desculpa atrapalhar o momento de vocês, só vim pegar meu pijama e umas guloseimas...
- Quer dizer que você e a buraco negro fêmea voltaram? Anw que lindos! - me abraçou - Ainda bem que vocês voltaram, não aguentava mais! – Rimos. Liam também me abraçou e disse algumas palavras fortalecedoras que ele sempre diz. Coloquei meu pijama, fui à cozinha, peguei alguns doces, salgados e suco, e subi ao quarto de . Liam e fizeram sinais positivos para mim.
- Podem voltar a se amar! - Comentei e ri.
- Para Niall, tenho vergonha! - disse e Liam a abraçou.
- Boa noite pra vocês! - Comentei e eles desejaram boa noite. Subi ao quarto e me esperava ligando o vídeo game.
- Ta com sono potato? Podemos jogar!
- Claro que não, adoraria jogar com a minha princesa... Desculpa amor, mas vou ganhar! - “Vai ganhar nada seu potato podre” Rimos e logo estávamos jogando vídeo game. Às vezes ríamos alto, tentávamos nos controlar para não acordar todo mundo, apesar de que duvido que estejam dormindo. Depois de algumas horas jogando vídeo game e comendo porcarias, fomos dormir. Deitamos abraçados e... Que saudade da minha princesa! Após alguns minutos dormi.

Harry’s POV
Chegamos exaustos no hotel, agradeci por ele ser só a alguns quarteirões da festa. Jogamos conversa fora até que dormiu, o tapadão do Zayn ficou lá, só babando em cima da menina. Menino burro, menino lerdo.
- Zayn, a leve pro quarto, põe um pijama nela, aproveita e concerta as coisas! - Falei calmo, mas queria pegar aquele topete do Zayn a arrastar os dois até o quarto. Ele estava tão apaixonado que foi todo cuidadoso com ela no colo, calculando o passo de degrau em degrau, esses dois se acertam, to sentindo.
- NOSSA, O HAROLDO PENSANDO? VAI CHOVER HOJE! – exalando humor.
- Amor, vamos dormir também? To cansada… - me puxou pelo braço e eu quase a beijei para agradecer - Boa noite galera! - Ela terminou a frase e subimos.
Eu gosto de estar com a galera, mas também gosto de ficar sozinho com a minha , e isso não estava acontecendo com frequência, já que sempre a ou a queriam conversar… Por isso era bom todo mundo voltar a ser feliz e contente. Entramos no quarto, colocamos nossos pijamas (no meu caso só uma calça de moletom) e deitamos.
- Harry? - se virou para me encarar.
- Que foi amor?
- To sem sono, quero assistir um filme - Ela fez bico. O que eu não faço por ela? Levantei, procurei um DVD nas coisas dela, escolhi Jogos Vorazes. Parece que ela tinha gostado da ideia.
- Harry? - me chamava outra vez.
- Oi?
- Agora eu quero conversar… - Nem um pouco bipolar.
- Sobre o que?
- Posso desabafar? - Ela perguntou e eu assenti. se sentou na minha frente e começou a falar - OLHA, EU TO PUTA COM O QUE ACONTECEU HOJE, SEI QUE É MEIO SEM NOÇÃO, MAS CARA… ESSES MENINOS DO THE WANTED SÃO UNS IDIOTAS NÉ? QUE ÓDIO! - Ela respirou - Me sinto bem melhor agora.
- Nossa - Eu realmente não sabia o que dizer, só ria - Amor, posso te falar uma coisa?
- Pode! - Ela permitiu e eu me aproximei dela, a deitei e fiquei em cima dela. Podia até sentir a respiração ofegante e ver detalhadamente o fundo dos seus olhos
- Às vezes você fala demais… - A beijei intensamente.
- Bobo! - Ela disse em meio aos beijos.
- BOBO NÃO! - Me fingi de bravo e comecei a fazer cócegas nela, ela ria muito alto e gritava por clemência.
- ME RENDO, CHEGA - Ela estava vermelha e quase chorava de tanto rir. Desliguei o DVD, me deitei e ela deitou ao meu lado, apoiando a cabeça em meu peito.
- Harry?
- Fala amor!
- Agora eu quero dormir! - Ela comentou e eu ri. Ficamos de conchinha até pegarmos no sono, o que não foi muito difícil, já que eu estava com a melhor companhia do mundo.

Vitória’s POV
Chegamos no hotel e me sentei ao lado do Zayn. Já disse que quando eu choro fico com sono? Então… O povo tava num papo muito bom e muito legal, mas meus olhos já não se aguentavam abertos. Aos poucos fui ficando mais sonolenta até que encostei minha cabeça no ombro do Zayn e dormi. Acordei assustada. Estava na minha cama, de pijama e enrolada nas cobertas. Levantei num pulo, verifiquei no celular e eram 02h00 da manhã! Fiquei sem entender nada, olhei para baixo e vi que Zayn dormia num colchão no chão, do lado da minha cama.
- Zayn, Zaaaaaayn! Acorda! - Resolvi acordá-lo para esclarecer o que tinha acontecido: COMO EU TROQUEI DE ROUPA? Não quero nem pensar. Ele despertou lentamente, esfregou os olhos e me encarou. Senti meu coração bater rápido e lento ao mesmo tempo.
- Ér, bom dia? Que horas são? Parece que eu acabei de dormir! - Ele riu.
- São 2h00 da manhã! - Ele me olhou com uma cara: E QUE PORRA EU TO FAZENDO ACORDADO? Resolvi continuar - É que olha, eu dormi na sala, acordei no meu quarto de pijama e deitada na cama. Olho para o lado e quem esta no colchão no chão? Zayn Malik…
- Ah é! - Ele riu novamente - Eu que te troquei e te enrolei nas cobertas, é que você dormiu no meu ombro lá na sala e fiquei com dó de te acordar, pequena… - EU POSSO CHORAR? Odeio quando ele me chama de pequena, porque eu sempre fico manteiga derretida - E eu só fiquei aqui porque prometi pra mim mesmo que só sairia desse quarto depois que conversasse contigo!
- Bom - Me sentei na cama e fiz com que ele sentasse ao meu lado - Pode falar, estou aqui!
- Vitória - Ele segurou minhas mãos - Eu quero te pedir desculpas! Sei que já fiz isso milhares de vezes, mas dessa vez quero que você me perdoe de verdade pelo que eu fiz com você… Sei também que faz um tempo já, só que eu não consigo mais viver sem você - Pausa dramática - Não dá mais! Toda vez que eu te olho quero te abraçar, te proteger e… Você ficando longe de mim desse jeito, só esta me matando aos poucos! To com saudade de brigar com você por causa do espelho, to com saudade de rir com você, to com saudade de te chamar de minha – Uma lágrima escorreu pela minha bochecha, ele a limpou com o polegar e me abraçou - , você… Você quer namorar comigo? - Nesse momento eu senti fogos de artifício no estômago, eu queria ir para a sala, subir na mesa e gritar pra todo mundo ouvir: EU AMO O ZAYN!
- Zayn eu… - Não me aguentei e me joguei nos braços dele - Eu aceito - Sussurrei em seu ouvido. Ficamos um tempo nos encarando até que finalmente nos beijamos. Foi um beijo de saudade, cede… Um beijo de posse! Fazia tanto tempo que eu queria isso, até me senti aliviada.
- Você não tem noção do quanto que eu sofri nessas últimas semanas! - Ele passou a mão no cabelo - Mas foi bom! Foi pra eu aprender que não vivo sem você, pequena – Eu não conseguia responder. Ainda não estava acreditando no que tinha acabado de acontecer. Organizei as ideias e respondi:
- Ei, chega de pensar nisso! Agora vamos aproveitar cada minuto juntos, promete?
- Prometo - Ele selou nossos lábios outra vez.
Claro que eu o fiz deitar comigo, não ia deixar meu namorado dormir no chão, enfim… Nos deitamos bem coladinhos.
- Tá acordado? - Ele se virou para mim e assentiu - Eu sou tão tapada que me esqueci de te agradecer! Obrigada por me salvar hoje daqueles brutos na festa… Se não fosse você, acho que…
- Shhh - Ele fez com que eu ficasse em silêncio - Também vamos esquecer isso, ta legal? - Assenti - Agora vamos dormir porque você precisa descansar!
- Ok! Boa noite Malik!
- Boa noite pequena!
Ele beijou minha testa e ficamos de conchinha. Estava com saudades dele, até o cheiro dele me acalmava. Eu admito que foi tudo frescura, nem paramos de usar o Yin Yang… Nem a e o Niall pararam de usar o pandeiro e o trevo… Mas como ele mesmo disse, esse tempo foi bom para cada um tirar suas conclusões, e as minhas foram: Não vivo sem o Zayn e nunca mais farei isso outra vez! Limpei minha mente desses pensamentos e dormi, já que estava bem cansada.

’s POV
É hoje que esse pessoal se resolve. Tomara que sim! Não aguento mais esse climão, ainda mais depois do que aconteceu na festa… Como aqueles caras do The Wanted conseguem ser tão cretinos? Estavam mais pra lá do que pra cá de bêbados, mas normais também não devem ser diferentes... Fomos para o meu quarto e Louis ficou no twitter enquanto eu tomava banho. Saí com um camisetão e ele me fitou intensamente.
- Quer tomar banho Lou? Te empresto uma camiseta minha... - Ri.
- Ai que engraçadinha, vai ficar super sexy em mim! - Rimos. - Mas aceito tomar um banho sim! - Peguei uma toalha para ele e entrei no twitter de divulgação do documentário.
As lindas das directioners ainda mandavam mensagens de apoio para nós, principalmente as brasileiras né? Respondi algumas meninas e até alguns meninos, eles pediam para que eu postasse uma foto minha com o Lou, mas achei melhor não, tinha que falar com ele primeiro... Entrei um pouco no meu facebook, conversei com a minha mãe e minha família, até que o chuveiro desligou e eu desliguei o computador também. Logo a porta do banheiro se abriu e eu levantei a cabeça para observar, fiquei estática. Louis saiu apenas com sua boxer branca.
- Amor, vou deixar minhas roupas aqui ok? To cheirosinho: não quero dormir fedido com você - Ele sorriu. Ah aquele sorriso, aquele corpo, meu Deus! Isso é demais pra mim.
- Ah deixa num canto qualquer ai! Amanhã a gente vê isso! - Apaguei a luz e acendi o abajur me segurando pra não voar naquela coisa maravilhosa. Fui pegar o edredom no armário e ele me abraçou por trás.
- Sabia que estou morrendo de saudades de você amor? - Louis sussurrou em meu ouvido e distribuiu beijinhos pelo meu pescoço.
- Loooooouis! - Adverti. Ele continuou a distribuir beijinhos até que me virou de frente para ele e me prensou na porta do guarda roupa. A distância entre nossos corpos era mínima, aqueles olhos azuis me encaravam profundamente. - Desisto! - Disse e o puxei pelo pescoço.
Começamos um beijo intenso, as mãos de Louis passavam por todo o meu corpo, até que ele me pegou no colo e eu enlacei minhas pernas em sua cintura. Paramos de nos beijar ofegantes, apenas por dois segundos, logo voltamos. Eu já estava sem fôlego, quando percebi estávamos deitados na cama, Lou por cima de mim. Os carinhos foram ficando cada vez mais quentes, até que rolou. E foi lindo, mágico... Louis era perfeito, carinhoso e eu amo ele mais que tudo nessa vida.

Capítulo 14 – We Turn.

Liam’s POV
Dormi tão gostoso com a minha , queria ficar dormindo pra sempre, mas nem tudo é possível! Acordei e vi no relógio que eram 13h00! Tudo bem, com a festa e tudo o que aconteceu ontem era compreensível. Acordei e não estava ao meu lado. A princípio, fiquei assustado, mas aí ela apareceu na porta do banheiro. Que saudade eu estava da minha menina! Hoje estava com vontade de ficar o dia inteiro com ela, sem fazer nada!
- Bom dia, amor! - Ela se aproximou e me beijou.
- Bom dia! Já são 13h00 né? Será que alguém acordou?
- Provavelmente só a - Ela pensou um pouco - Ela ama acordar cedo pra fazer o café, ela diz que é bom ver todo mundo feliz só de ver um café pronto na mesa.
- E é mesmo - Nós rimos - Vamos descer? - Ela concordou. Entrelacei nossas mãos e descemos. Como previsto encontramos a fazendo o café. Ela estava com um coque, pijama e avental; correndo de um lado para outro na cozinha. Comecei a rir, não me agüentei. Ela percebeu e nos encarou.
- BOM DIA CASAAAAAAAAAL! - Ela estava toda feliz, até seu semblante estava melhor - E tá rindo do que Liam? - Aí que eu ri mais ainda.
- Bom dia ! - falou - Ninguém acordou?
- Já levantaram e estão descendo! Só a e o Zayn que estão dormindo, nem acordei eles! Ah, e o Niall também tá dormindo, mas eu vou lá acordar ele… - Ela corou.
- AAAAAAAAAAA O CASAL FOME REATOU, SUA LINDA - correu para abraçá-la e a encheu de carinhos. Elas riram muito.
Ajudamos a com a mesa. Ela fez cupcakes, muffins, bolo de fubá, pão de queijo, chocolate quente e suco. Tudo aparentava estar muito bom. Aos poucos todo mundo foi descendo. Louis e saltitantes, e e Harry felizes.
- BOOOOM DIA POVO! - Louis saiu cumprimentando todo mundo - O buraco negro fêmea voltou com tudo - Ele deu um beijo na bochecha da - Esse banquete deve estar bom!
- Eu espero que sim né! - Ela riu - Vou acordar o Niall e os vaidosos, já volto!
Todo mundo ficou meio confuso. Só eu e a sabíamos que eles tinham voltado. E como Zayn a dormiram juntos, parece que se resolveram também. foi acordar Nialler e o casal vaidade. Sentamos-nos e Louis já foi comendo, nós olhamos pra ele.
- EI - bateu na mão dele - Espera todo mundo né! - Ele fez bico.
- FALANDO EM TODO MUNDO – Pronto; Louis fofoqueiro ataca novamente - A disse que vai acordar o Niall, é isso mesmo?
- É - afirmou. Todos se encararam.
- Isso quer dizer que… - Louis ia continuar, mas eu o interrompi:
- Eles voltaram! - Foi só eu dizer essa frase que todo mundo começou a fazer dancinhas em volta da mesa.
- TÁ BRINCANDO? - berrava - Vou acender uma vela, Jesus! - Nós rimos.
- Tá, mas e o Zayn e a ? - bagunçava o cabelo do Louis.
- Aí eu não sei - confessou e eu a abracei - Mas ele não dormiu aqui na sala, pois é - Todos olharam para os sofás que estavam da mesma forma que deixamos noite passada: intactos. Arrumamos pra nada...
- Eita - Harry fez um olhar malicioso - Tá né! - Nesse momento ouvimos algumas risadas: o casal fome descia as escadas de mãos dadas; seguidos por e Zayn abraçados conversando alegremente. Eles se aproximaram e nós aplaudimos.
- ALELUIA - Não me aguentei e gritei. Todos riram.

Louis POV
Durante a noite acordei sem sono e olhei para que também estava acordada. Me espreguicei:
- Tá acordada amor? - Perguntei e ela fez que sim com a cabeça.
- Não consigo dormir...
- Ta acordada faz tempo?
- Não, acabei de acordar, eu te acordei Lou? - Perguntou toda fofa.
- Não, acordei sozinho, também nem estava dormindo direito, to totalmente sem sono…
- Engraçado, eu tava caindo de sono e agora não estou mais... Que saco viu! - Ela fez bico e eu ri.
- Acho que foi essa agitação da festa né? Toda aquela confusão e tal, as meninas apavoradas, faz parte - Falei e rimos. - Mas espero que eles se resolvam logo! Tenho certeza que o Niall e a se resolvem hoje, a e o Zayn também devem se resolver, porque né, tá mais do que na hora… - Ficamos conversando mais um pouco até que disse manhosa:
- Lou, to ficando com sono. Vamos dormir? - Ela me deu um selinho e se aconchegou em meu peito.
- Vamos, também to com sono... - A abracei e dormimos.
No dia seguinte acordei com distribuindo beijinhos pelo meu rosto. Ela beijou meu pescoço e mordeu minha orelha.
- Ai! – Ri.
- Acorda amooor - Ela cantarolou. Eu dei um pulo da cama e a puxei para perto de mim, a fazendo soltar um gritinho.
- Ai que susto seu bruto! - Gritou e nos beijamos. - A já deve estar acordad... - Não deu tempo nem da minha pequena terminar a frase quando alguém bateu na porta. levantou e abriu: era .
- Bom dia casal, to terminando o café, vamos levantar? - Falou e eu ri. murmurou um ‘já estamos descendo’ preguiçoso e fomos nos arrumar. Nos arrumamos e descemos saltitantes.
- BOOOOM DIA POVO! - Sai cumprimentando todo mundo - A buraco negro fêmea voltou com tudo - Dei um beijo na bochecha da - Esse banquete deve estar bom!
- Eu espero que sim né! - Ela riu - Vou acordar o Niall e os vaidosos, já volto!
Vai acordar Niall? Ficamos meio confusos, eles devem ter voltado mesmo... Nos sentamos na mesa, estava morrendo de fome e comecei a comer. Todos olharam para mim. Não me deixaram iniciar a refeição, deveria esperar todo mundo. Aproveitei para perguntar o que estava acontecendo. Liam disse que e Niall voltaram e nos contou que Zayn não dormiu na sala. Logo o casal fome desceu as escadas de mãos dadas; seguidos por e Zayn abraçados conversando alegremente. Eles se aproximaram e nós aplaudimos. Ainda bem que haviam voltado, não aguentava mais aquele clima.

’s POV
Nialler foi tão fofo comigo, ele É fofo. Ainda bem que voltamos, não queria dar o braço a torcer, mas não aguentava mais ficar longe do MEU duende e agora que estamos namorando oficialmente tudo está mais feliz. Subi as escadas e fui acordar meu príncipe. Ele dormia tão gostoso, fiquei com dó de acordá-lo, mas fazer o quê?
- Bom dia, Potato! - Dei um selinho em Niall e passei a mão por seus cabelos. Ele abriu os olhos e sorriu, sorri também.
- Bom dia, minha princesa. Tudo bem? - Ele se levantava com dificuldade e não conseguia ficar com os olhos abertos.
- Tudo ótimo, e você? - Olhei para ele e comecei a rir, não me aguentei, ele parecia um japonês apertando os olhinhos pra enxergar.
- Tudo ótimo, ta rindo de que hein? - Ri mais ainda.
- Você ta parecendo um japonês com os olhinhos fechadinhos! - Disse em meio às risadas, ele começou a rir também.
- To parecendo um japonês é? Então vem cá! - Niall me jogou na cama e começou a fazer cócegas em mim.
- PARA NIALL, PARA! SOCORRO! - Eu gritava entre as gargalhadas. Ele ria muito. - EU ME RENDO, EU ME RENDO! - Gritei e nós paramos deitados na cama, ficamos mais um tempo rindo até que paramos.
- O pessoal já acordou? – Perguntou.
- Já sim, só faltam a e o Zayn, vamos acordá-los? - Ele assentiu e saímos de mãos dadas do quarto. Entrei no quarto de e tive um ataque de fofice. estava sentada na cama de perna de índio, Zayn estava ajoelhado na cama atrás dela, penteando o seu cabelo.
- AAAAAAAAAAAI MEU DEUS, QUE COISA MAIS LINDA JESUS! - Não aguentei e gritei. Os dois se assustaram, mas riram depois. - Até que enfim o casal vaidade voltou! Anw - Fui correndo até e nos abraçamos. Notei as piscadelas entre Zayn e Niall, mas preferi deixar quieto.
- Até que enfim o casal fome voltou também, não aguentava mais aquele climããão - comentou.
- E eu não aguentava mais ficar sem você… - DJ Malik deu um selinho em que ficou vermelha.
- Ah não vão ser baitolas agora né? - Niall falou e rimos.
- Vamos descer pessoal, já fiz o café.
Descemos e quando eu e Niall entramos na cozinha de mãos dadas todos começaram a gritar e a assoviar.
- ALELUIA! - Liam gritou e eles riram. Logo e Zayn entraram na cozinha e foi a mesma coisa.
- Até que enfim todos os casais formados, vocês estavam de piada com a gente né? Para – Harry rolou os olhos.
- ESTOUROU HEIN NIALL - Louis brincou e senti minha pele corar.
- Posso contar uma piada? - praticamente gritou assustando Liam que estava ao seu lado. - Desculpa Liam... - Todos riram.
- Tudo bem , já estou acostumado com o Louis... - Louis fez um coração pro Daddy, que fofos esses dois.
- Conta amor, conta! Conta! - Louis gritava.
- Ta eu vou contar. - começou a falar, atrapalhando o momento comediante da - Shiu ! Depois você fala! - Rimos. - Qual o remédio vai à padaria para você? - Pensamos um pouco até que desistimos - BUSCOPAN! - berrou e ficamos estáticos, Louis começou a rir, os dois praticamente rolavam no chão de rir, não aguentamos ver aquela cena e acabamos rindo também.
Depois de um tempo eles pararam de rir, ficou com dor de barriga até… Esses dois viu? Enfim, tomamos café e eu fiquei bem feliz, porque quase não sobrou nada. Todos se retiraram da mesa num piscar de olhos e eu me vi perdida na bagunça.
- ALGUM VAGABUNDO PODE ME AJUDAR? - Gritei e todos riram. Eu os encarei e só Louis levantou do sofá.
- Táaaaaa, eu vou - Ele veio reclamando - Mas depois, é algum de vocês, seus preguiçosos! - Ele deu um tapa na cabeça do Niall, que riu e me mandou um beijo.
Nós tiramos os copos e pratos, guardamos as sobras, trocamos a toalha e fomos colocar as louças na máquina.
- Nossa, que sorte essa máquina de lavar louça! - Louis comentou colocando os pratos lá no fundo.
- Eu ODEIO lavar louça, por isso comprei essa coisa linda! - Abracei a máquina e ele riu.
- Ei - Louis me encarou - Eu disse que ia voltar tudo ao normal não disse?
- Ai Louis; você e suas vidências! - Ri.
- Vocês voltaram numa boa?
- Claro, eu amo ele e ele me ama! - Abracei Louis - Boo Bear, obrigada por se importar comigo viu? AGORA VAMOS FALAR COM O POVO, QUERO SAIR HOJE! - Nós rimos e nos juntamos a todo mundo.

’s POV
Dormir agarradinha com o Harry, acordar com todo mundo feliz e com a volta dos casais… Tem coisa melhor? Fiquei contente em saber que eles voltaram, torcia por isso há mais de um mês. Eu sabia que isso ia acontecer e festas sempre são boas para dar alguns empurrõezinhos né? Tomamos café e deixamos tudo pra fazer - o que a preguiça não faz na vida das pessoas? - mas como o Louis nunca diz não pra ela, resolveu ajudá-la. Conversamos um pouco até que eles voltaram. deitou no colo do Niall (ele tinha se apossado de um sofá inteiro) e Louis sentou ao lado da no chão.
- Então meus amores, o que vamos fazer hoje? - Perguntei. Ficar em casa estava fora de cogitação.
- EU QUERO SAIR LALALA - comentou e nós rimos.
- Tá, vamos sair! Mas pra onde? - Harry me abraçou.
- Não faço a mínima ideia, só sei que não quero andar muito… - e sua preguiça.
- Já sei! Que tal irmos ao London Eye e depois cada um vai para um canto? Aí a gente pode se encontrar no Nando’s a noite, no loft, ou aqui mesmo... - Zayn sugeriu.
- Meu Deus! Você tendo ideias Zayn? Ainda bem que voltou com a , agora consegue pensar em outra coisa a não ser “naqueles olhos maravilhosos, aquela boca...” - Louis não perde uma.
- Chega Louis! - Zayn colocou a mão na boca de Lou que ficou quieto. parecia um pimentão.
- Adorei a ideia; o que vocês acharam? - Liam perguntou e todos concordaram.
- Precisamos nos arrumar né? Aff. - bateu o cabelo e rimos.
- E eu e os meninos precisamos trocar de roupa porque pelo amor de Deus né? – Zayn encarava o pijama velho.
- Vamos fazer assim então: vocês se arrumam e a gente espera, depois vamos para o loft, nos arrumamos enquanto vocês esperam e aí saímos!- Louis falou e concordamos. Logo eu e as meninas subimos para o andar de cima para nos arrumarmos. nos chamou no quarto dela.
- Meninas; tenho que contar uma coisa pra vocês…
- Contar o que? Conta! Conta! Conta! - a chacoalhava.
- Se você parar de me chacoalhar eu falo né! - Ela parou, fez bico e rimos. - Bem, eu e o Louis ontem, a gente é, hmmm, como posso dizer? É… - gesticulava bastante, a ficha caiu apenas para mim, as outras meninas a olhavam sem entender nada, decidi falar né?
- Vocês transaram? - Soltei rápido e as meninas olharam para mim boquiabertas e em seguida para , que ficou vermelha.
- SIM GENTE, SIM! - Ela gritou e pulamos em cima dela.
- MEU DEUS, QUE LINDOS! - como sempre berrou, ficamos comentando, comemorando e rindo.
- Ai gente, foi mágico, o Louis é perfeito!
- Ai meu Deus, agora que apaixonou de vez, tsc tsc - bateu na própria testa e fez sinal de negação. Olhamos para ela. - BRINCADEIRA PESSOAL - Rimos. - Vamos nos arrumar logo, os meninos estão esperando!
Ainda bem que gritamos tudo em português. Cada uma foi para o seu quarto e eu fui tomar banho. Tentei ser bem rápida, porque deixar os meninos lá esperando não é legal! Me troquei e desci. Só a estava pronta, de nós, ela é a mais rápida (quando quer né?) e a e a demoram muito, mas a sempre ganha nesse quesito. Logo se juntou a nós, conversamos mais alguns minutos e nada.
- Cadê essas putas? - estava impaciente - QUE HORAS VOCÊS VÃO DESCER? PRETENDEMOS IR AINDA HOJEEEEE, VIU? - Ela berrou e ouvimos as risadas das duas lá de cima. Elas desceram as escadas correndo e ainda parou no espelho da sala para passar batom.
- Pronto, af! Nem demoramos taaaaaanto assim, vai! - fez bico.
- Mas valeu a pena né? Você tá linda! - Zayn correu e a beijou.
- PRONTO! - berrou e nós a olhamos assustados - Começou a baitolagem, DE NOVO! Chega tá? - Nós rimos.
Pegamos nossas bolsas e saímos. Rumo ao loft da One Direction e depois London Eye. Não fazia a mínima ideia para ode iria com o Harry depois, mas sei que iria! E ah, só tinha uma certeza: muita diversão me aguardava.

Zayn’s POV
Depois do Harry quase me arrastar pra acompanhar , eu a troquei e tudo mais. Só a troquei, sou um cavalheiro! Aí ela acordou de madrugada e eu despejei tudo que eu queria dizer. E agora? Bem, agora estamos juntos novamente. Ainda tenho que agradecer o Harry. Combinamos de ir ao London Eye, tipo emocionante. O nosso primeiro encontro com as meninas foi lá! Claro que também tinha que sugerir um momento a sós com a , quase não respiramos quando está todo mundo junto. E depois de esperar tanto tempo, um mês praticamente, eu queria ficar sozinho com a minha pequena. As meninas se trocaram e nós fomos para o loft, e chegou a nossa vez de nos arrumar. Abri a porta e foi se jogando no sofá.
- Até do loft eu tava com saudade! - Ela abraçou uma almofada.
- Pronto, começou… - rolou os olhos.
- Vão pimpolhos, vão se arrumar! - foi nos empurrando escada acima - E VÃO LOGO! OUVIR SR. ZAYN? - Fiz uma cara de derrotado e fui para o meu quarto.
Escolhi uma roupa, que fiquei dez minutos para decidir a cor e tomei uma ducha. Eu não ia lavar o cabelo, mas quando vi já tinha enfiado o corpo todo embaixo d’água. Agora será mais meia hora só pra secar meu topete, legal! Sai do banho, me sequei e coloquei minha roupa. Peguei o secador e uma escova, e comecei o longo processo. Uns quinze minutos depois, ouvi alguém bater na porta.
- PODE ENTRAR - Gritei sem desligar o secador.
- E aí DJ Malik, vamos ou não? Tá todo mundo bravo com você - entrou fuçando nas minhas coisas. Aí ela me olhou - TÁ NA METADE AINDA? ME DÁ ISSO AQUI - Ela tirou o secador da minha mão e começou a secar meu cabelo. Terminamos em dez minutos - Sou foda, pode falar - Ela disse soprando o bico do secador como se fosse uma arma. Olhei no espelho e meu cabelo estava… perfeito.
- Ficou ótimo! Agora preciso agradecer né? - Puxei minha pequena para mais perto e a encarei. Como pude ficar tanto tempo longe dela? E o pior, como pude duvidar dela? Ela sorriu e corou. Ela era absurdamente linda e estava ali, na minha frente. Acabei com a distância entre nós e a beijei. Foi um beijo intenso, já que desde quando nós voltamos não tivemos tempo para nós dois. Até que ouvi um barulho: ela derrubou o secador no chão.
- AI ZAYN, DESCULPA! - Ela pegou o secador e colocou na cama, mexeu um pouco e concluiu: - Acho que quebrou! Culpa sua que fica me seduzindo!
- Deixa esse troço pra lá, depois eu compro outro - Ela riu - Agora vamos descer, o Liam deve estar soltando fumaça pela boca!
Descemos correndo e encontramos todos no maior papo. Quando chegamos todos nos encararam, levantou e cruzou os braços:
- Véi, isso porque eu disse que não era pra demorar. - Ela falou se fingindo de brava e Niall a puxou para um beijo.
- Nem me contem o que estavam fazendo lá em cima ok? - Eu ia explicar, mas Harry me interrompeu.
- AGORA POVO, vamos para o London Eye! - Louis abriu a porta e nós saímos. Entramos na van, mas tivemos que esperar o casal buraco negro pegar algo para ir comendo.
e Liam foram na frente, porque Louis disse que queria ir no fundão com a . Harry e ocuparam um lugar só (isso porque sentou no colo do Hazza). Eu e sentamos juntos e o casal buraco negro se sentou na nossa frente, eles comiam alguns biscoitos.
- PRÓXIMA PARADA LONDON EYE, APERTEM OS CINTOS - Liam gritou e nós rimos - , por favor! Se contenha e sente no banco! Sentar no colo é perigoso e…
- PRONTO LIAM; JÁ SENTEI! FELIZ? - o interrompeu - Agora liga essa merda e vamos logo! - Harry e ela ficaram abraçados.
Até que não estava tanto trânsito assim e chegamos em alguns minutos. Fiquei abraçado com a lembrando do nosso primeiro encontro no London Eye, quando mal nos conhecíamos. Até o Niall e a entraram na conversa, nós rimos muito. Liam estacionou o carro e nós descemos. A fila estava meio grande e nós resolvemos encará-la mesmo assim. Algumas fãs pediram fotos e autógrafos, quase precisamos chamar o Paul. Entramos numa cabine e a roda-gigante começou a se mover.
- Lembra amor, da primeira vez que a gente veio aqui, você ficou com medo! - Liam comentou com .
- FIQUEI? Eu ainda to, morro de medo de cair desse troço! - falou toda angustiada e nós rimos.
- Para de ser tapada , por favor - deu um soquinho no braço dela.
- Só não te bato porque to com medo de andar! - fez bico.
caminhou até o vidro e ficou observando a paisagem. Eu a abracei pela cintura e ela suspirou.
- Londres é linda né? - Ela disse com os olhinhos brilhando.
- É mesmo! Mas… Você não tem saudades do Brasil?
- Tenho, na realidade tenho mais saudades das pessoas do que do Brasil em si! É difícil se desligar das pessoas que você ama, mas é necessário! - Ela riu meio tímida - Mas é claro que tenho saudade do calor infernal do meu país!
Ficamos em silêncio até o London Eye parar, apenas nos curtindo. Pisamos em terra firme e , Harry, Louis e a começaram a brincar de pega-pega do nada. Nós ficamos olhando e rimos quando o Louis caiu.
- TÁ BEM BOO BEAR? - foi acudi-lo.
- To - Ele riu e se levantou - TÁ COM VOCÊ - Ele bateu no ombro dela e saiu correndo.
- NÃO VALE - Ela caminhou em direção ao Niall - Parei de brincar - Ela fez bico.
- Essa é clássica! Sempre que a perdia nas brincadeiras, ela parava de brincar - relembrou e as meninas riram.
- Tudo bonitinho e legal, mas aonde vamos agora? - perguntou.

Capítulo 15 – Cause this love is only getting stronger.

’s POV
Eu e o Louis fomos no fundo causando um pouquinho. Acho que nunca dei tanta risada, meu Deus! Depois do London Eye, a gente falou, falou, falou e não resolveu nada… Não fazia a menor ideia pra onde nós iríamos agora.
- Tudo bonitinho e legal, mas aonde vamos agora? - fez a pergunta que estava no ar.
- Acho digno nos encontrarmos no Nando’s… - Niall fez uma cara de pensativo.
- Tá Niall, mas aonde vamos AGORA? - rebateu.
- SUA GROSSA, FEIA - mostrou a língua pra e abraçou o Niall, que fingiu estar triste. Nós rimos.
- Bom, o combinado não era cada um ir pra um canto? Então pronto! Encontramos-nos as 21h00 no Nando’s perto do hotel, pode ser? - Liam falou rápido demais e fez uma cara “Isso não é óbvio?”.
- Tá né! - Harry e aquela voz toda lerda - Então vamos amor, até depois dudes! - Ele pegou a mão da e sumiu no horizonte.
- Esses aí não perdem tempo, vish! - Comentei e Niall quase morreu de rir. Vai entender…
- Nem a gente! Vamos Baby Bear, já sei pra onde vou te levar - Louis entrelaçou nossos braços e soltou um “hmmm” - ATÉ O NANDO’S AMORES! - Ele saiu mandando beijos pra todo mundo.
BABY BEAR? Ganhei um apelido é isso? Ok; vou parar de surtar com a fofura do meu namorado. Ele continuou andando sem me dizer nada, deu um telefonema e parou no ponto de ônibus.
- Você gosta de aventuras? - Ele perguntou e eu assenti - Vamos de ônibus até o lugar? - Além de fofo, meu namorado é doido também, só pode.
- LOUIS, VOCÊ BEBEU? - Passei a mão na testa dele como se ele estivesse com febre - Gosto de aventuras, mas gosto da minha vida também! Vamos para o lugar de táxi ok?
- Você que manda! - Ele se deu por vencido.
Paramos um táxi e ele continuou cheio de mistério… E como sou (lê-se muito) curiosa, essa situação me deixou nervosa. Queria saber a qualquer custo para onde estava indo. Ficamos abraçados no banco de trás do táxi, até que ele parou. O Louis pagou, agradeceu e me ajudou a descer. Logo notei que estávamos na frente de um shopping… Eu disse que ele era doido.
- Louis você…
- Shh - Ele me interrompeu - Vai dar tudo certo, vamos!
Demos as mãos e caminhamos até a entrada do shopping. Chegando lá, tinha alguém nos esperando: Paul, o armário. Um encontro com o segurança da One Direction fazendo vela, ou melhor, tocha né? Porque o Paul tá mais pra tocha olímpica do que vela… Enfim, o cumprimentamos e entramos no shopping. Até que não estava tão cheio, mas quase se formou uma fila para o Louis dar autógrafos e tirar fotos. Eu não me importava, mas chega uma hora que enche o saco, sabe? Sobrou até pra eu posar pra algumas fotos. Paul nos acompanhou até o cinema, conversou com o gerente em particular e piscou para o Louis.
- Vamos amor! - Ele me levou para dentro de uma sala e o Paul ficou na porta. Agradeci a Deus mentalmente por isso. Sentamos-nos no fundo da sala. - Esqueci de pegar pipoca linda! Já volto!
Louis saiu em um pulo da sala e eu fiquei pensando em como ele era perfeito, romântico, divertido e lindo, MUITO lindo. Fiquei alguns minutos esperando e comecei a estranhar, pois ninguém entrava na sala, havia apenas eu. Logo após de pensar isso, Louis veio saltitando na escada do cinema, sentou-se ao meu lado e me entregou a pipoca. Colocou um refrigerante entre nós.
- Não se importa de dividir o refrigerante comigo né? - Ah mais esse garoto é uma piada. Fiquei séria.
- Claro que me importo! Você acha que sou louca ou o que? Pode voltar lá e comprar um só para mim! - Ele ficou sério, seus olhos arregalaram, pode falar, sou muito boa. - BRINCADEIRA AMOR, BRINCADEIRA! SABE QUE EU TE AMO NÉ? - O abracei e dei um selinho nele.
- , nunca mais faça isso comigo! Quer me matar de medo? - Ele colocava as mãos no peito e se fingia de atingido. Ficamos mais um tempo rindo. - Vai começar o filme amor! - Ele berrou feito uma louca histérica e me abraçou.
- Louis, porque estamos sozinhos na sala de cinema? - Ele riu.
- Depois te explico linda, queria ficar sozinho com você... - Ai como é fofo esse meu Boo Bear, coisa linda. Abraçamos-nos e o filme começou. Fomos assistir Sombras da Noite, do Johnny Depp. Eu amo esse ator e estava super ansiosa para ver esse filme.

’s POV
Harry, , Louis e se ‘despediram brevemente’ e saíram meio que correndo da gente. Olhei pra todo mundo e notei que Zayn e Niall ainda riam das ‘escapadas’.
- Bom, acho melhor irmos indo né amor? - Zayn abraçou .
- Tá né, se você tá falando! - Ela riu - Vamos sim! Tchau galera, até mais tarde! - Acenamos pra eles, que logo sumiram também.
- Esse Malik fica falando dos outros, mas ele que é o expert em sair de fininho - brincou.
- Principalmente quando tá com a , tsc tsc - Eu tive que concordar. Liam fez um olhar malicioso e caímos na risada.
- Bom, vamos indo também né princesa? Já sei pra onde vamos - Niall cheio de mistério.
- Ui, tudo bem! - Ela deu um selinho nele - Tchau papais, se cuidem viu? - Fingi não ver a piscadinha que ela mandou enquanto sumia no horizonte.
- Eles são loucos - Comentei e Liam riu. Eu não tinha noção de um lugar legal para irmos. Esse era nosso primeiro real ‘momento particular’ depois que voltamos. Além do que, eu esperava uma iniciativa dele.
- Ei amor, tem algum plano? - Ele perguntou.
- Pra ser sincera não! - Nós rimos - Hoje é com você Payne, só pra lembrar os velhos tempos… - Nesse momento lembrei-me do nosso encontro, no nosso lugar, em New Castle.
- Eu estava pensando em assistir um filme no loft, o que você acha? Queria ficar curtindo você hoje… - Como pode caber tanta perfeição numa pessoa só? Liam do céu! - Mas, só vamos se você quiser!
- Bom… - Fiz uma cara de pensativa e coloquei meus braços no pescoço dele - É CLARO QUE EU QUERO SEU BOBO - Nós rimos - Também to a fim de ficar abraçadinha com meu namorado hoje, sabe…
- E ele é um cara legal?
- É, e eu o amo muito! - Foi só eu dizer isso que um sorriso enorme brotou no rosto do meu Daddy. Ele me segurou pela cintura e me puxou, fazendo com que nossos narizes ficassem a milímetros de distância. Eu podia sentir sua respiração em meu rosto. Ele foi diminuindo essa distância até que selou nossos lábios. Logo estávamos realmente nos beijando no meio do London Eye. Ele acariciava minha bochecha e eu bagunçava seu cabelo. Sorrimos um para o outro.
Decidimos ir para o loft com a van, para não deixá-la abandonada. Era bem estranho estar na van sem a galera, ficava tudo meio sem vida. Mas por um lado era bom, eu estava sozinha com o Liam, tendo um tempo só nosso. Ele estacionou a van na frente do loft e descemos. Subimos ao loft e nos jogamos no sofá. Tirei os sapatos.
- Anw queria mesmo ficar sozinha com você hoje amor, to cansada de agitação, já bastou aquela festa polêmica! - Falei e rimos. Ficamos um tempo parados abraçados, apenas curtindo o momento, olhando para o nada. Liam me puxou e eu sentei em seu colo, virada de frente para ele. Olhei fundo em seus olhos.
- Eu te amo . - Sorrimos e começamos a nos beijar. Liam passava as mãos pelas minhas coxas, eu acariciava seus cabelos e as coisas começaram a esquentar. Eu tirei a camisa de Liam e comecei a passar as mãos por seu peito. Logo eu estava apenas de sutiã e jeans. Paramos um pouco, ofegantes. - Que tal continuarmos o que o Niall interrompeu aquele dia? - Ele perguntou e sorriu, conseguia enxergar o desejo em seus olhos. Aceitei sem pestanejar. Enlacei minhas pernas na cintura de Liam, que subiu as escadas comigo em seu colo e me levou ao seu quarto. Deitou-me na cama e tirou os meus jeans, fiz o mesmo com a calça dele. Logo as coisas esquentaram mais, os beijos ficaram mais ardentes e então aconteceu.

Niall’s POV
O clima em Londres estava perfeito para tomar uma taça de sorvete. Decidi levar numa sorveteria que eu adoro, para aproveitarmos nosso tempo juntos. Durante o caminho, ríamos de como cada um havia escapado rapidamente.
- Não, porque a e o Harry são sempre os primeiros a escaparem né? Aff - Ela comentou e rimos. Ficamos mais alguns minutos conversando até que chegamos à sorveteria. Sentamos-nos numa mesa bem no canto para não sermos incomodados. Nem acredito que estava saindo sozinho com a minha princesa de novo. O garçom nos entregou o cardápio e eu perguntei:
- Vai querer o que amor?
- Ah não sei, acho que quero uma banana split… - Ela respondeu.
- Então uma banana split para mim e para moça. - Pedi e garçom concordou.
- Sabe, nem acredito que estamos juntinhos aqui de novo, só a gente assim, awn, que saudades, Potato! - Corei com a fala dela, essa potato é maravilhosa mesmo.
- Também estava com saudades amor! Estava me fazendo de difícil, mas não aguentava mais ficar brigado com você - Fiz bico e ela murmurou um “Ownnn”.
- Fica assim não anjo, agora somos apenas eu e você.
- E O ZOBOOMAFOO! - Não aguentei e berrei, as poucas pessoas ali presentes começaram a olhar para nós, coramos e então começamos a rir. estava vermelha, sem ar, e eu também. Depois de alguns minutos paramos ofegantes, com os olhos lacrimejando. O garçom chegou com os pedidos e até ele riu mesmo sem saber o que acontecia. Começamos a comer enquanto conversávamos. Ela me contou várias coisas interessantes sobre o Brasil e eu estava com cada vez mais vontade de conhecer aquele país. Ela passou um pouco de sorvete no dedo e o passou na minha bochecha.
- Potato, sua bochecha ta suja! - Ela disse e riu.
- Ta suja é? - Disse e ela assentiu. - A sua também! - Falei e a sujei. Ela veio em minha direção e me deu um beijo na bochecha.
- Viu, a sua não ta mais suja! - Rimos.
- Nem a sua! - Dei um beijo em sua bochecha a limpando.
Logo estávamos com os rostos colados. Selei nossos lábios e começamos a nos beijar, nossas bocas tinham o encaixe perfeito. Eu passava as mãos em sua nuca e em seus cabelos, ela mexia nos meus. Paramos e ficamos sorrindo um para o outro. Tomamos mais sorvete até que fiquei cansado daquela sorveteria.
- ; o que acha que darmos uma volta numa praça aqui perto? Cansei de ficar parado. - Ela sorriu e fez uma cara de que se eu não perguntasse, ela falaria.
- Ah vamos sim Nialler, também cansei de ficar parada aqui vegetando! Deixa só eu pegar minha carteira pra pagar aqui e...
- Carteira? Pagar? Do que você está falando? Somos namorados e quem paga a conta é o homem. Nem sonhe em tirar essa carteira da bolsa, senão vou te atacar com cócegas até você ficar sem ar.
- Ai meu Deus, que potato malvado, vou obedecer, não quero morrer! - Rimos. Beijei-a e sussurrei um “já volto” em seu ouvido. Paguei a conta e fomos dar uma volta na praça. Contamos piadas, nos abraçamos, beijamos, rodamos, coloquei flores em seu cabelo e tirei foto, brincamos de pique, nos divertimos como verdadeiras crianças. se tornou muito especial para mim e hoje, não me vejo sem ela. Vi que já estava tarde e decidi ligar para Zayn, ele disse que não levaria para muito longe, e como nós também não fomos decidi ligar.
- E ae Nialler! - Ele atendeu e pude ouvir umas risadinhas de no fundo.
- E ae Zayn! Onde vocês estão?
- Ah estamos vendo o pôr do Sol, aqui perto da ponte Westminster!
- Ah não é muito longe! O que acha que nos encontrarmos naquela sorveteria que sempre vamos? Aí depois vamos juntos para o Nando’s…
- Beleza cara! Vou avisar a e já estamos indo, falou! - Ele desligou e eu expliquei para . No caminho de volta fomos conversando sobre como e Zayn eram perfeitos um para outro, e que iriam morar numa casa espelhada.

Harry’s POV
Marcamos de nos encontrar no Nando’s e fiz questão de ser o primeiro a sair dali. Esse povo perde muito tempo… Sabe o que pode acontecer em 3 minutos? Ok, eu posso estar exagerando, é o efeito que a faz em mim. Entrelacei nossas mãos e comecei a caminhar sem rumo. A verdade era que eu não fazia a mínima ideia de onde levar o meu amor.
- Ei, onde a gente tá indo Styles? - Ela indagou.
- Não sei! - Confessei e nós rimos - Quer ir pra algum lugar em especial?
- Não… To sem ideias hoje, pra variar! - Ficamos um tempo em silêncio, até que notei uma menininha brincando… É isso! Vou me divertir com meu amor hoje.
- Já sei pra onde vamos! Vem! - A puxei e pedi para que um táxi parasse e nos levasse ao shopping. Com sorte, não estaria lotado.
Liguei pro Paul e pedi que ele pedisse para fecharem o parque de lá, ele disse que já estava lá fazendo uns favores para o Louis, o que facilitou muito. A princípio, ficou bem curiosa e inquieta, mas logo ela disse que se acostumou com o ‘mistério’. Descemos na porta do shopping e entramos. Quase meio mundo começou a nos encarar e quando me reconheceram começou o tumulto!
- PAUL, SEU LINDO, CADÊ VOCÊ AGORA? - chamou em vão, me fazendo rir. Aí, do nada o Paul surgiu no horizonte, dispersando a multidão. Dei alguns autógrafos e tirei algumas fotos. correu e abraçou Paul - Af, nunca fiquei tão feliz em te ver!
- Pensei que vocês precisariam de ajuda, como o Louis precisou - Ele riu - Harry, já ta tudo no esquema, pode ir!
- Ok Paul! Qualquer coisa te ligo. - Paul nos lançou uma piscadinha. Segurei a mão de e segui para o parque.
- “TA TUDO NO ESQUEMA” - Ela imitou Paul - Pode me explicar?
- Relaxa, você vai ver! - Respondi e ela fez bico. Chegamos na frente do parque que ficava perto da praça de alimentação. Os olhinhos dela brilharam quando nós entramos.
- Isso aqui ta meio desert… HARRY VOCÊ MANDOU FECHAR OUTRO LUGAR PRA GENTE? - Assenti e ela fez um ‘O’ - Você e essas suas manias fofas, meu Deus! EU TÔ NUM PLAYLAND LONDRINO, AI JESUS - Ela saiu correndo e mexendo em todas as máquinas. Eu não entendi bem o que era Playland, deve ser um parque do Brasil. Depois de apertar vários botões, ela se jogou em meus braços. Beijamos-nos intensamente e logo estávamos rindo - AGORA VAMOS JOGAR UHU - Ela me puxou.
Primeiro fomos ao bate-bate, depois no ping-pong e num jogo de basquete. Ela me fez conseguir um ursinho naquelas máquinas, fiquei meia hora tentando. Entramos na piscina de bolinha e fomos aos jogos de corrida também, por incrível que pareça ela sempre ganhava.
- Não cansou de perder Styles? - Ela me encarou sorrindo.
- Quando estou com você não me canso nunca - Ela soltou um ‘awn’ e me deu um selinho - Ei amor, vamos tirar uma foto. - Ela pegou o iPhone e tirou uma foto nossa. Ela sorria radiante e eu beijava sua bochecha.
- Somos belos! - Ela exclamou e nós rimos.
fez questão de ir a todos os brinquedos possíveis, mas gostava mais dos que ganhava fichas. No final, nós conseguimos mil fichas que ela trocou por duas tiaras de orelhinhas: uma na Minnie e uma do Mickey. Ela usou uma, colocou a outra em mim e apertou minhas bochechas.
- Awn meu amor, você ficou tão apertável! - Ela me encheu de beijos.
- Vou começar a usar esse treco mais vezes - Nós rimos.
Tiramos mais algumas fotos e decidimos ir pro Nando’s. Já eram 20h00. ligou pra que disse que estaria lá em meia hora, e que estava com a também. Isso é bom, ai o casal vaidade não se atrasa… Paul nos acompanhou até a saída e nós seguimos rumo ao Nando’s.

’s POV
Zayn e eu nos despedimos do pessoal (o pessoal que sobrou né, já que , Louis, Harry e já tinham escapulido) e fomos andando. Bem, andando pro nada, porque eu não sabia pra onde iríamos, só sabia que queria ficar com ele.
- Pequena? - Parei para olhá-lo assim que ele me chamou – Bom; tava pensando em ir num lugar, você tem algo em mente?
- Não tenho nada em mente! Vai, me leva pra onde você quer antes que eu desista. - Fiz bico e ele riu.
Pegamos um táxi e fomos comentando sobre Londres o caminho todo. Caminho até o lugar que eu não sabia. O taxista estacionou e pediu um autógrafo pra filha dele. Zayn foi todo atencioso, escreveu uma mensagem pra menina e saímos do carro. Só aí fui ver onde estávamos: no Big Ben! MEU DEUS; É O BIG BEN! Um dos poucos pontos turísticos que não tínhamos visitado, por falta de tempo…
- ZAAAAAYN MALIK - Ele me olhou assustado, o abracei - Eu não acredito que estamos aqui! Sempre foi meu sonho conhecer o Big Ben!
- Então eu acertei - Zayn falou todo convencido - To vendo, seus olhinhos até brilham! Mas vamos logo, tenho que te mostrar uma coisa…
Ele me puxou pelo braço e fomos caminhando até o Big Ben. Conversamos sobre a família dele, as irmãs e tudo mais. Como eu não tenho irmãos; tive que falar da minha vida com as meninas e com a , minha quase-irmã. Passamos pelo Big Ben, tiramos algumas fotos e Zayn me puxou para mais uma surpresa. Ele me levou até a ponte Westminster. Andamos até a extremidade e ele ficou atrás de mim, me senti no Titanic.
- Chegamos! Agora olhe, olhe para frente e curta! - Ele mandou e eu não quis desobedecer. Como estava no fim de tarde o por do sol estava lindo. O céu estava vermelho, amarelo e laranja. Uma brisa bateu em nossos rostos e eu fechei os olhos. Queria que aquele momento fosse eterno.
- Zayn, isso é… lindo - Não consegui dizer mais nada e quando notei, ele estava com um sorriso satisfeito no rosto.
- Eu achei que você fosse gostar como eu gosto! - Ele tirou o cabelo do meu rosto.
- Eu gosto de tudo que você gosta… - A essa altura, ele já estava com a mão na minha cintura enquanto eu abraçava seu pescoço.
- Eu amo você, pra sempre - Pronto, olha a manteiga derretida surgindo. Quando ele disse isso, fiquei com uma vontade imensa de sair gritando pra todo mundo ouvir.
- Eu também te amo, muito! - Correspondi o beijando. Nossas línguas dançavam perfeitamente e eu tomei a liberdade e baguncei um pouco o cabelo dele. Paramos e sorrimos um para o outro. Estávamos no auge do clima, quando o celular dele começou a tocar. Nós rimos e ele atendeu:
- E ae Nialler! … Ah estamos vendo o pôr do Sol, aqui perto da ponte Westminster!… Beleza cara! Vou avisar a e já estamos indo, falou! - Ele desligou e me explicou que encontraríamos o casal buraco negro numa sorveteria. Bem a cara deles passar a tarde por lá… Durante o caminho fui contando para Zayn como adorei o passeio e achei tudo incrível.
- Zayn, tenho que confessar uma coisa... - Os olhos dele se arregalaram.
- Conta amor! É algo grave?
- É sim. - Falei e ele fez sinal para que eu falasse logo. - Eu estava morrendo de saudade de você! - Um sorriso de orelha a orelha se instalou em seu rosto e começamos a nos beijar. Logo chegamos à sorveteria e encontramos Niall e rindo como sempre.
- E ae casal vaidade! - falou e rimos.
- E ae casal buraco negro! - Zayn respondeu e nos sentamos à mesa ainda rindo.
- A gente já pagou a conta, vocês vão querer alguma coisa? - Niall perguntou.
- Eu não quero nada não, você quer alguma coisa amor? - Perguntei para Zayn e ele fez um sinal negativo com a cabeça.
- Então vamos? - Niall se levantou.
- Potato, a gente tomou muito sorvete, quero ir ao banheiro! - fez biquinho e rimos daquela cena, duas crianças.
- Também vou, senão depois vai me dar vontade no meio do caminho… - Niall completou e os dois foram a caminho do banheiro, enquanto nos esperávamos do lado de fora. Esses dois são o casal perfeito.
Eu e Zayn ficamos sentados na mesa conversando sobre coisas banais, ele contou uma piada muito engraçada, não aguentei e comecei a rir feito louca.
- Sabe que eu estava morrendo de saudade dessa risada linda? Desse sorriso lindo, tava morrendo de saudade de você anjo... - Dito isso olhei no fundo dos seus olhos e ele no meu. Colei meu corpo no dele, o puxei pelo pescoço e o beijei. Nossas línguas dançavam em perfeita sintonia, suas mãos agarraram minha cintura, a distância entre nossos corpos era mínima. Paramos ofegantes com e Niall nos cutucando.
- Parou o momento baitolagem! Vamos logo casal! - Ela deu a mão para Niall e saiu rebolando na nossa frente, rimos e seguimos ao Nando’s.

Louis POV
Queria ficar sozinho com , totalmente sozinho. Então pedi a ajuda de Paul e fechei uma sala no cinema. Assistimos ao filme Sombras da Noite, bem atentos, tirando algumas partes que fazia uma piadinha de alguma parte do filme. O filme terminou e me espreguicei, ouvi todo meu corpo estralar.
- Ê Louis, tá ficando velho já? - zoou comigo enquanto saímos do cinema.
- Tô na flor da idade, tá? - Fiz bico.
Paul precisou nos acompanhar até a saída e esperar o táxi com a gente. Ele comentou que o Harry e a passaram pelo shopping e que tinham saído fazia pouco tempo. Despedimos-nos dele e entramos num táxi.
- A puta da nem pra esperar a gente né? - falou toda brava.
- O Styles que deveria ter me mandado uma mensagem, esses dois viu? - Nós rimos.
- Ah, mas foi bom, pelo menos to aqui sozinha com você né?
- Então aproveita, porque esse momento vai acabar quando encontrarmos todo mundo… - Eu disse e ela me deu um selinho. Logo estávamos nos beijando de verdade. Só paramos quando o taxista nos encarou e nos lembrou de que tínhamos chegado. corou e eu ri dela, paguei o táxi e entrei no Nando’s.
- Que vergonha desse taxista, meu Deus! - Ela confessou e eu ri ainda mais. Antes que pudesse responder, ouvi alguém me chamar. Olhei e vi uma em pé ao lado da mesa, acenando pra nós.
- Falando em vergonha, vamos passar mais vergonha com a - Comentei e rolou os olhos.
Cumprimentamos Niall, , Zayn e e nos sentamos. O casal buraco negro já estava procurando algo de bom no cardápio, mesmo Niall sabendo todos os pratos do Nando’s. Fizemos o pedido e nada da , do Harry, do Liam e da .
- Já são 21h30, cadê o povo? - encarava o relógio.
- Também to estranhando… A e o Harry normal né, mas os papais se atrasarem, bem esquisito isso! - concordou.
- Eu não quero nem pensar no que eles aprontaram - foi interrompida pela garçonete que chegou com os pedidos. Acho que ela era nossa fã porque estava corada e toda tímida. Quando saiu, foi falar com as amigas e deu umas risadinhas - Olha que legal, uma directioner! - concluiu o pensamento.
- Em todo lugar tem uma! - Zayn todo metido.
- AAAAAAAAAAH QUE BOM QUE VOCÊS PEDIRAM COMIDA - falou alto nos assustando. Nós rimos - Dessa vez eu to com fome!
- Oi pra você também ! - falou com ironia. Ela encarou as tiarinhas que e Harry estavam usando e prosseguiu - Depois eu que sou a baitola, tsc tsc - Nós rimos mais ainda. Comemos tudo o que tínhamos direito, nem e Niall aguentavam comer. Estranhamos a demora toda da e do Liam, ficamos realmente preocupados. e estavam tensas e resolveram ligar pra ela. discou o número de e começou a falar:
“VOCÊ TÁ VIVA MEU AMOR? O LIAM TE SEQUESTROU? ME FALA AGORA!… Não to brincando ! … Vocês fazem a gente ficar aqui esperando e não vão vir? … Tá, a gente ta indo pro loft … Mas eu to brava, tá? Beijo”
- Eu não acredito nisso… - falou cheia de raiva. - NISSO O QUE FIA? FALA LOGO, TO APREENSIVA! - Zayn precisou dar um copo de água pra .
- Ela mandou a gente ir pro loft, disse que tá lá com o Liam…
- Agora eu entendi essa demora - Harry bufou.
- Amor, você só pensa besteira - mordeu a bochecha dele.
- Então vamos pra lá ué - Comentei me levantando da mesa.
- Já paguei a conta, vamos logo! - Zayn segurou a mão de .
- Vocês pagam sem a gente perceber só pra gente não pagar… Um dia vou pagar a conta - fez bico.
- Só nos seus sonhos pequena - Beijei a testa dela.
- Posso fazer uma proposta? - perguntou séria - A gente podia abrir o clube dos baitolas, porque né? - Nós rimos.
Cada casal foi em um táxi, isso porque passamos a tarde sozinhos com as nossas meninas. O loft não era tão longe, mas estava com um pouco de trânsito. Aproveitei pra curtir mais um pouco minha pequena e fiquei pensando no sumiço do Liam… O Daddy mudou...

Liam’s POV
Confesso que estava apreensivo, eu tinha medo de estragar tudo entre mim e a nesse momento tão especial. Chegamos no loft, o clima esquentou e acabou acontecendo. Ela estava bem nervosa e eu tentei não apressar as coisas. Depois que acabou, me deparei com nós dois na cama, ela deitada em meu peito e eu acariciando os cabelos dela. Fiquei a observando. Além de linda, os olhos dela possuíam um brilho especial. Ela se sentou, segurando o lençol acima dos seios.
- Liam eu… - Ela estava nervosa e se embaraçou com as palavras, então resolvi falar:
- Nos precipitamos ao fazer isso?
- Não, eu também quis… É só que… - Ela tentou gesticular, e gaguejava muito - É só que eu queria te dizer que você foi o meu primeiro… Tipo, em tudo. - Ela corou.
- Ei amor - Fiz com que ela me olhasse - Eu me sinto honrado em saber disso, você é a pessoa mais especial pra mim. - se aproximou e nos beijamos calmamente.
Logo estávamos novamente deitados, apenas trocando carinhos. Foi aí que eu notei o que já deveria ter descoberto: mesmo ela querendo se mostrar como a mais forte e responsável das cinco, por dentro, ela era apenas uma garota querendo ser protegida e amada. E eu sou o cara que vai protegê-la e amá-la.
- Amor? Vamos comer alguma coisa? Tô com fome! - Ela fez bico. Como dizer não? Levantei-me, vesti uma calça de moletom e uma camiseta regata branca e emprestei pra ela um shorts e uma camiseta minha.
Fizemos um lanche natural e um suco de laranja. Comemos assistindo um programa na MTV. Passamos o comecinho da noite assim, conversando, assistindo TV, não fazendo nada. Quando olhamos no relógio eram quase 22h00.
- , que horas marcamos no Nando’s? - Perguntei enquanto ela trançava o cabelo.
- NOOOOSSA, VERDADE! - Ela levantou num pulo - Marcamos as 21h00… Vish, não dá mais pra irmos lá… - Ela foi interrompida pelo toque do celular. correu e atendeu, pude ouvir ou berros da sem viva-voz. Minha menina ria e pareceu que a não gostou. Alguns minutos depois ela desligou e me encarou - Eles estão vindo pra cá! - Nós rimos - Estranho isso; esqueci completamente do Nando’s…
- É isso o que acontece quando estou com você, me esqueço de tudo - Ela corou com o meu comentário, logo estávamos nos beijando no meio da sala.
Fizemos uns lanchinhos pra galera, porque com certeza dois deles vão querer comer algo. Terminamos a seção gourmet e nos sentamos no sofá. Assistimos mais um pouco de TV, até que a porta foi escancarada.
- , O QUE ESTÁ HAVEND… - entrou berrando, mas parou ao ver eu e a deitados no sofá.
- ; você ta estragando o clima - Harry cutucou e todos riram.
- Ah é né? Melhor eu ficar quietinha... - Ela fez bico e abraçou Niall.
- Perae que agora eu vou falar! - gritou e todos olharam assustados para a menina. Zayn riu. Ela caminhou até a mesa e subiu numa cadeira.
- Agora a porra ficou séria. - comentou e rimos.
- Subi na cadeira porque me sinto mais alta- Rimos - Enfim, quando a gente saiu do London Eye, vocês não estavam com essa roupa, porque agora o Liam ta de moletom e regata e a com uma camiseta dele? Suspeitos! - falou e ficou MUITO vermelha, confesso que também fiquei. Abracei de lado e ela escondeu o rosto em meu peito.
- Annnnnnnnnw que lindos esses dois! - gritou e fez uma cara fofa.
- Pera ai, pera ai gente! No três! Um, dois, três... ANNNNNNNNNNNNNNNW! - As meninas gritaram e rimos.
- Para gente, eu fico com vergonha! - Minha sorriu, não pude deixar de sorrir também. As meninas fizeram uma rodinha em torno de e a abraçaram. Fui em direção aos meninos.
- Olha o Daddy hein! VISH - Harry falou e bateu em minhas costas.
- Daddy espertinho, saiu do London Eye e veio correndo pra cá! - Niall piscou e fez uma careta engraçada.
- Tava precisando ficar sozinho com ela cara… - Comentei.
- Ficar sozinho é uma coisa, fazer, é… hm... É outra! - Zayn comentou e rimos mais ainda. Conversamos mais um pouco e quando vimos já era super tarde. No dia seguinte, no caso hoje já né, eu e os meninos teríamos sessão de fotos e entrevistas e as meninas resolveriam os detalhes do curso que iriam começar.
- To com sono. - comentou e fez bico. Zayn a abraçou de lado e lhe deu um beijo no pescoço.
- Vamos pra casa gente? Temos que acordar cedo amanhã. - comentou e as meninas concordaram.
- Eu levo vocês amor! - Harry pulou do sofá.
- Não precisa amor, descansa que amanhã você tem compromissos e tal... - Ela gesticulou bastante e rimos.
- Pera ai pessoal, deixa só eu me trocar e a gente já vai.
- Vai lá mamãe, a gente espera! Não vamos sem você – mandou um beijo para , que rolou os olhos.
Cinco minutos depois voltou trocada. As meninas se despediram de nós, me despedi de com um beijo e disse o quanto ela foi maravilhosa. Logo estávamos apenas eu e os meninos. Cada um foi para o seu quarto se arrumar e dormir, pois teríamos que acordar cedo no dia seguinte. Tomei um banho e fiquei pensando em , até pegar no sono.

Capítulo 16 – Como nos velhos tempos.

’s POV
Eu estava muito cansada. O dia hoje foi perfeito, foi maravilhoso passar o dia todo com o meu potato. Pena que a rotina voltaria ao normal agora: depois da turnê, os meninos teriam muitos compromissos e nós teríamos o curso. Eu estava feliz por me realizar aqui em Londres, mas queria poder ficar sempre com o Niall… Isso fez com que eu me punisse mentalmente por ter o feito esperar por mim um mês inteiro, imagina o que poderíamos ter feito nesse meio tempo? Enfim. Despedi-me do meu duende com um beijo e um abraço apertado, “Nos falamos amanhã, ok?” ele sussurrou em meu ouvido. Voltamos para casa em dois táxis (sim, com esse tempo, já chamávamos o hotel de casa). Chegamos, colocamos as bolsas na mesa e nos jogamos no sofá.
- Tô podre, preciso dormir… - suspirou.
- Eu preciso de um tratamento de beleza, isso sim - pegou o iPhone, usou como espelho e cutucava as olheiras.
- AAAAAAAAAAAH TIVE UMA IDEIA - berrou e soltou um gritinho. - Calma minha fia! - riu e prosseguiu - Amanhã cedo vemos os negócios do curso e de tarde/noite fazemos uma reunião das amigas, awn
- TIPO AQUELAS QUE FAZÍAMOS LÁ EM CASA ANTIGAMENTE? - Sim, eu estava empolgada.
- As mesmas reuniões , pra reviver os velhos tempos. E ah, abaixa a bolinha - sempre cortando meus baratos.
- Ai que mágico! Vamos fazer o cabelo, a pele, as unhas, ver filmes, fofocar e… tantas coisas - também se empolgou.
- Assim não vamos pensar muito nos meninos… O Harry me falou que talvez não nos veremos amanhã, pois é! - fez bico.
- SÓ FAZ DRAMA JESUS - Comentei.
- Amanhã vai ser dia das amigas tchuca, temos que aproveitar essas duas semanas, porque depois é enterrar a cara nos estudos - Já tava sentindo falta da .
- Ai meninas vou dormir, porque amanhã oito horas de pé ok? Boa noite coisas lindas - Não aguentava mais meus olhos abertos, parecia que minhas pálpebras pesavam dez toneladas.
Subi para o meu quarto, tomei uma ducha e vesti meu pijama. Eu realmente estava cansada, mas quando deitei, não consegui dormir. Virei de um lado, de outro; troquei o edredom e o travesseiro, até desenterrei meu bichinho de pelúcia, mas nada do sono vir. Até que me lembrei de um detalhe importante: Niall. Dormir sem ele era uma tarefa difícil. O mês que passei longe dele me mostrou isso e agora estou aqui, nesse impasse novamente. Peguei meus fones e coloquei o Iphone no aleatório. Ouvi Who You Are, Downtown Girl, Going Nowhere … Aí começa a tocar More Than This. É pra morrer. Meu celular tocou, olhei e vi uma mensagem não lida. Abri e meu coração disparou, era o Niall:

“Não consigo dormir sem você aqui princesa, e agora? haha Boa noite, te amo. Niall xx”.

“Também não consigo dormir sem meu potato aqui, to vendo que amanhã vou ficar morrendo de sono o dia todo -n Dorme bem, também te amo. xx”.

Fiquei tão feliz em saber que ele estava pensando em mim! Ouvi mais umas três músicas e dormi. Acordei com o sol na minha cara, mas eu tinha fechado a janela antes de dormir, aí comecei a sentir frio.
- BOM DIA COISA LINDA, JÁ SÃO QUASE OITO HORAS - A voz da soou lenta, apesar da animação dela.
- Bom dia , tchuca! Já tem café pronto? - Ela balançou a cabeça negativamente - Imaginei - Ri - Vamos descer que eu faço.
Descemos animadinhas e saltitantes. Eu estava mega ansiosa pra resolver os detalhes do curso e tudo mais, já que isso é mais um passo para um bom emprego aqui e consequentemente um passo para a nossa permanência aqui em Londres. me ajudou a preparar o café. Ela fez suco e eu fiz misto quente e um bolo. Logo todas nós estávamos comendo alegremente.
- Olha isso - levantou o copo e mostrou que estava tremendo. - Tô muito ansiosa, Jesus!
- E eu? Não vejo à hora de comprar os materiais didáticos e começar logo esses estudos - mordeu um pedaço de bolo.
- Então vamos se arrumar e sair logo, por favor - nos apressou.
Tiramos a mesa, tomamos banho e nos vestimos. Saímos em vinte minutos e pegamos o carro. Com uma parte do dinheiro que recebemos da MTV compramos um carro para nós cinco. Era bom porque sempre andávamos juntas e era ruim porque não cabia mais ninguém… Enfim, seguimos para o curso. Apesar da ansiedade, meu pensamento sempre estava em um irlandês de olhos azuis.

’s POV
Saímos apressadas para o curso, estávamos super ansiosas. Hoje iríamos resolver alguns detalhes importantes, pegar os materiais, coisa e tal. estava dirigindo o que nos deu um pouco de medo.
- Não quero morrer antes de começar a trabalhar - falou se segurando no banco e rimos.
- Alguém ai tem um chiclete? To com fome... - comentou.
- Porra, mas já? - perguntou e rimos.
- Poxa pessoal, estou ansiosa! Fico com fome quando estou assim… - fez bico.
- Você fica com fome em qualquer situação, esse é o problema! - riu e rimos também.
- Ta, vou perguntar de novo: alguém tem um chiclete?
- Eu tenho! - entregou o chiclete a .
- Obrigado linda, vou enganar meu estômago já que não posso comer agora... - Rimos.
Conversávamos e ríamos durante o caminho. ia no banco do passageiro, olhava um mapa e indicava o caminho a .
- Ainda bem que é a olhando esse mapa, se fosse eu a gente ia chegar no máximo no Loft e olhe lá! - comentou e rimos.
avisou que estávamos quase chegando ao curso quando meu celular vibrou indicando uma mensagem.
“Bom dia minha linda! Tudo bem? Boa sorte, que dê tudo certo :) xx”.
Harry. Porque ser tão lindo? Esse Haroldo ainda me mata do coração com essas coisas fofas que diz. Fiquei sorrindo toda boba e, lógico, as meninas perceberam e me perguntaram o que havia acontecido.
- Que foi dona ? Porque ta rindo feito boba? - disparou e todas começaram a me olhar curiosas.
- Ai, nada demais, é que o Harry me mandou uma mensagem desejando boa sorte e tudo mais, awn...
- Ai meu Deus, que lindo esse Haroldo, que lindo vocês! - colocou as mãos no coração e suspirou.
- Chegamos galera! - berrou e paramos na frente de um prédio enorme. Um homem conversou algo com ela, não conseguimos entender muito bem. Ela manobrou o carro e desceu por uma rampa.
- O que aquele cara disse? Não entendi nada... - Perguntei.
- Ele perguntou se estamos aqui para ver os detalhes do curso, eu disse que sim e ele mandou estacionarmos aqui porque não tem custo pra quem é do curso!
- Aaaaaah ta! - comentou- Também não tinha entendido gente! - Rimos. estacionou, entregou as chaves do carro para o manobrista.
- Cuida bem do nosso bebê, por favor! - Disse sorrindo, ”pode deixar” o homem comentou sorrindo para nós e entrando no carro. Entramos no elevador.
- Cara, que chique isso aqui, ainda vou ficar mal acostumada! - falou e rimos. Descemos no oitavo andar e encontramos uma mocinha simpática na recepção.
- Olá meninas! Em que posso ajudar vocês?
- Então moça, viemos ver os detalhes do curso e tudo mais… - se pronunciou.
- Ah sim, claro, claro! Venham comigo por aqui. - A moça vestida elegantemente saiu de trás do balcão e nos levou a uma sala. Pediu para que nós sentássemos no sofá. Perguntou nossos nomes e os confirmou na lista de selecionados.
- Bem, vocês só precisam preencher uma ficha, depois podem me procurar na recepção para retirarem o material, aí já começam semana que vem! - Ela falou toda simpática, agradecemos e rimos.
- Cara, nem acredito que já é semana que vem, to tão ansiosa! - comentou e concordamos.
Observei a ficha. Perguntava coisas como: nome completo, data de nascimento, nacionalidade, enfim… Observei as meninas escrevendo e comecei a preencher a minha ficha.

Zayn’s POV
Acordei com Louis me sacudindo, pra variar um pouco.
- BOM DIA ZAZ! - Ele arrancou meu edredom - Temos ensaio fotográfico hoje, levanta logo.
- Saudade de quando você acordava a gente pra ir ver as meninas - Murmurei.
- PRONTO, COMEÇOU! - Louis berrou.
- Começou o que? - Niall surgiu na porta.
- O Zayn tá todo dramático aqui… Isso porque viu a ontem, já tô vendo que vamos ter que aguentar a tpm dele hoje - Louis mostrou a língua.
- Vamos descer; o Liam já ta ficando bravo - Niall nos advertiu descendo as escadas.
Me troquei mesmo sabendo que depois teria que colocar outra roupa. Tomamos um café meio improvisado e Niall disse que já estava sentindo falta da . Harry não parava de mexer no celular. Liam nos apressou e logo estávamos na van indo pra um estúdio. Paul que dirigia, porque ficamos com medo de deixar o Louis pegar no volante essa hora da manhã, e foi dito e feito: nosso Boo Bear foi dormindo o caminho inteiro. Chegamos ao estúdio e colocamos umas roupas bem legais. A fotógrafa pediu que fizéssemos qualquer coisa num certo espaço e assim foi feito. Pulamos, brincamos, demos tapas uns nos outros…
- AI LOUIS, SEU BRUTO, SEM MORDER, POR FAVOR! - Harry gritou e logo começou a rir.
- Continuem, as fotos estão ficando ótimas - A fotógrafa mais ria do que fotografava, mas enfim.
Era difícil fingir um bom humor as 7h00 da manhã, mas fizemos o possível. Terminamos o ensaio as 11h00 e Niall estava insuportável, porque disse que ‘estava morrendo de fome’. Do estúdio fomos direto pra um restaurante e de lá mandei uma mensagem pra minha pequena. Ficamos conversando um pouco, até que a comida chegou.
- DEUS É PAI! Acho que posso comer um leão de tanta fome - Niall quase babava na comida.
- Niall, cala a boca e come, vai logo - Harry mandou e nós rimos.
- Tô com saudade das meninas, pois é - Liam bebeu um gole de suco.
- Eu também, aliás, vamos vê-las hoje? - Perguntei.
- A gente bem que podia apressar o que tem pra hoje e passar no hotel de noite né? - Louis sugeriu.
- Tipo surpresa? - Niall falou de boca cheia.
- Você já esqueceu o que eu te ensinei menino? - Liam brincou.
- O Niall nunca vai ter modos na mesa, não adianta Daddy! - Retruquei e Niall fez bico.
- Sim leprechaun, tipo uma surpresa, por isso NINGUÉM comenta nada com elas ok? - Harry nos lembrou olhando diretamente para Louis, que sempre costuma estragar as surpresas.
Depois do almoço fomos dar uma entrevista a uma rádio que ficava no centro de Londres. Queria acabar logo com tudo e também queria que a noite chegasse logo, para que eu pudesse abraçar a minha .

’s POV
Pegamos os materiais didáticos, assinamos uns papéis doidos e em uma semana começaríamos o nosso tão esperado curso. Uma moça bonita disse que nessa semana era pra gente estudar algumas coisas porque o curso já começaria puxado. Saímos do curso e fomos almoçar em um restaurante que ficava perto de lá. Fizemos os pedidos e logo já estávamos em altos papos:
- Bom, temos que aproveitar hoje pra descansar porque a partir de amanhã é afundar a cara nos livros - mexia num guardanapo.
- Verdade, aliás, temos que comprar algumas coisas! - nos lembrou quando a comida chegou.
- COMO COMIDA POR EXEMPLO - só lembrava-se de comida - E ah, alguns cremes pro cabelo e revistas de fofoca, por favor. - Nós rimos.
- Sim, aproveitamos também pra fazer uma limpeza de pele - apontou para as olheiras - Quero estar linda pro nosso primeiro dia no curso, mesmo!
O almoço se passou assim: muitas fofocas e altas risadas. Elas até riram de uma piada minha, o que foi um avanço. Terminamos de comer e fomos pagar a conta. e foram enquanto , e eu fomos pro carro. Nesse meio tempo, meu celular começou a tocar: Louis.
- AI AMOR, QUE SAUDADE - Berrei assim que atendi o celular.
- Também estou pequena - Ele disse em meio aos risos.
- O que vocês estão aprontando ai?
- Estamos indo pra uma rádio e vocês? - Ele todo fofo.
- Estamos saindo de um restaurante e agora vamos comprar coisas para a nossa tarde de meninas - Ri.
- Tarde de meninas? - Louis repetiu - Vocês são doidas - Ele riu - Liguei pra avisar que… - Ele foi interrompido por um grito do Liam: “LOUIS TOMLINSON, NEM PENSE”.
- Louis? Tá bem? - Perguntei segurando o riso.
- Tô… Enfim amor; boa sorte nas compras! Vou ter que desligar ok? Manda um beijo pras meninas! Te amo.
- Também te amo - Desliguei.
“Esse meu namorado é doido” pensei comigo mesma. Primeiro fomos ao mercado e comprou todos os tipos de guloseimas imagináveis: chocolates, balas, tubes, sorvete, bolos, enfim! “É hoje que engordo 300 quilos” murmurou enquanto pagava a conta. Seguimos para uma loja de cosméticos e lá compramos cremes e esmaltes. nos arrastou pra banca de jornal antes de voltarmos pra casa. Ela e queriam comprar algumas revistas de umas bandas.
- OLHA ISSO, É O RYAN - correu para uma revista que estava a Hot Chelle Rae na capa.
- MEU ADAM, VEM NI MIM - Já assaltou a revista do Maroon 5. Essas duas viu?
- MEU. DEUS. OLHEM ISSO - estava com um bolinho de revistas na mão e nos mostrou. Algumas tinham e Zayn se beijando na capa, outras o Niall e a se beijando também ou trocando carinhos e em outras tinham nós no Nando’s.
- Zayn Malik do One Direction é flagrado aos beijos com funcionária da MTV brasileira. Niall Horan é fotografado com acompanhante numa sorveteria… É romance? One Direction sai com mais quatro meninas, seria um encontro de casais? - leu em voz alta as manchetes.
- Meu. Deus. Do. Céu - disse pausadamente.
- Uma hora isso ia acontecer, agora compra essas merdas e vamos ler o que eles escreveram ai dentro - pegou as revistas e pagou.
Fomos em silêncio até o hotel. Tudo bem, já sabíamos da exposição que sofreríamos, mas isso foi um choque pra nós. Agora nem sair mais a gente podia, porque um fotógrafo pode estar em qualquer lugar, que legal. Assim que chegamos ao hotel encontramos alguns paparazzi falando com a recepcionista, que insistia em não deixá-los subir.
- Meu Deus, vamos passar de fininho - Tentávamos passar despercebidas com aquele monte de sacolas pelo canto, indo ao elevador. Um amaldiçoado de um fotógrafo que estava sentado na poltrona (estrategicamente) como quem não quer nada, deu um grito:
- SÃO ELAS! SÃO ELAS! - Meu coração gelou e quando vi. que estava na frente já estava puxando todas as outras, agarrou minha mão e me puxou, eu era a última, segurei forte as sacolas e saímos correndo em direção ao elevador. Conseguimos entrar e começou a apertar o botão para que a porta fechasse desesperadamente.
- FECHA CARALHO! - Olhamos assustadas para ela, mas depois percebemos que ela havia falado em português, ninguém entenderia nada mesmo. A porta fechou e suspiramos aliviadas.
- Agora eu sei o que os meninos passam, pqp véi - encostou no elevador e comentou suspirando. Abrimos a porta do apartamento e praticamente caímos lá dentro, largamos as sacolas e nós jogamos no sofá.
- Eu tenho CERTEZA que seremos a capa de várias revistas amanhã, esse povo que não tem o que fazer! - estava vermelha de raiva.
- Acham que devemos falar com os meninos? - Comentei.
- Ah, não sei, acho melhor esperarmos um pouco, logo eles vão saber... - disse.
- Ai que tal esquecermos isso e começarmos nossa tarde da beleza? - sugeriu e concordamos.

’s POV
Alegria de pobre dura pouco mesmo né? Só porque todo mundo estava bem feliz vem esses paparazzi e estragam tudo. Comecei a sentir que não teríamos mais privacidade nessa vida. Resolvi relaxar e não pensar em nada de ruim. Decidimos fazer os cabelos primeiro, junto com as unhas. Depois assistiríamos a um filme comendo todas as guloseimas.
- Acho digno rolar uma hidratação coletiva aqui ok? - mostrava os potes de creme.
- Então vamos lá, fila indiana - mandou.
Hidratamos nossas jubas, e enquanto fazíamos a unha, deixávamos o creme agir no cabelo. Estava bem engraçado: estávamos de pijama, com uma touca na cabeça e com os dedos estendidos.
- ISSO MERECE UMA FOTO, PERAI - foi pegar o celular.
- Façam uma careta legal, por favor! - pediu e nós rimos. Fizemos uma cara bem engraçada e resolveu postar no Instagram.
- “Vou te matar” diz uma fã aqui no Twitter - Ela disse com uma voz fina - Olha eu com medo das Directioners psicóticas ha. ha. ha - Ela riu pausadamente.
- DIRECTIONERS PSICÓTICAS? - repetiu e caiu na risada. Logo estávamos todas rindo.
Terminamos de pintar a unha e logo estávamos assistindo Querido John. e quase inundaram a sala, mas tudo bem. Eu me lembrei do Liam que não tinha dado um sinal de vida pra mim o dia todo. O filme acabou umas 18h00 e desligou o DVD.
- Nunca comi tanto na minha vida toda - falou e nós a encaramos – Mentira, já comi sim. - Nós rimos.
- AHHHHH - berrou - Vamos ver as revistas, por favor! - Ela pegou o bolinho de revistas e jogou na mesa. Logo nós estávamos todas em volta da mesa.
- Posso ser a oradora? - perguntou e assentimos – Ok; vou ler a matéria da revista que estamos todas nós na capa.
- Menos a que estava fazendo coisa melhor né? - fez uma voz maliciosa e senti minha pele corar.
- Bom, vou começar - fez uma pausa e engrossou a voz - Nesta tarde de terça-feira flagramos os meninos da banda britânica One Direction em um restaurante no centro de Londres na companhia de mais quatro meninas. Zayn, Niall, Louis e Harry (Liam não estava presente) riam a todo o momento e pareciam se divertir com as garotas. e , namoradas de Harry e Louis, respectivamente, tiveram um encontro com os ingleses no shopping antes de ir para o ‘encontro de casais’. Mas, na última entrevista coletiva, Zayn, Liam e Niall afirmaram estar completamente solteiros! Será que isso ainda é verdade? - respirou fundo - Acabou.
- BATE AI , ESTAMOS COM IMAGEM DE PUTA - e começaram a desfilar na sala.
- MEU; VOCÊS TEM UMA NOÇÃO? - Pela primeira vez, falou brava - Estamos uma capa de revista - Ela começou a surtar - ISSO É UM LUXO.
- Capa de revista de fofoca né querida? - Enfatizei o “querida”.
- Mas é revista babe - piscou pra mim.
Passamos um tempo lendo e rindo dos comentários das revistas de fofocas. Cada apelido que nos deram… “As anônimas”, “As usurpadoras”, ou frases como “Ladras de corações”, “As brasileiras que conquistaram a 1D”. As meninas riam desses comentários, mas eu sabia que isso tudo era ruim. De um jeito ou de outro, nós teríamos problemas por causa disso.
- Que fome - murmurou - Vou fazer alguma coisa pra gente comer!
Ela foi pra cozinha e pegou alguns ingredientes. Fez uma forma de cupcakes e em alguns minutos um cheiro muito bom tomou conta do lugar. fez um suco e quando começamos a arrumar a mesa, a campainha tocou.
- MEU DEUS, AS DIRECTIONERS PSICÓTICAS DESCOBRIRAM NOSSO APARTAMENTO, DEUS ME AJUDE - se escondeu atrás do sofá.
- PERAÍ QUE EU VOU RESOLVER ISSO - abriu uma gaveta, pegou um facão e foi até a porta.
- O QUE É UMA FACA PERTO DE UMA ARMA? - ironizou e a essa altura nós estávamos morrendo de rir. abriu a porta e sorriu. Os meninos entraram e eu corri para os braços do Liam. Não acreditei que ele estava lá, pensei que nos veríamos só amanhã
- , EU JÁ FALEI PRA VOCÊ NÃO BRINCAR COM ESSAS COISAS! Sem matar as Directioners psicóticas… Foi isso que vocês iam falar? - Louis pegou a faca e colocou na mesa. Abraçou e foi falar com a . e Harry se beijavam no sofá, Niall e trocavam carinhos na mesa e Zayn e se abraçavam no meio da sala.
- Que saudade de você - Liam sussurrou em meu ouvido.
- Quase morri sem você aqui - Nós rimos e nos beijamos. Estava tudo tão bom, mas alguém tinha que interromper.
- Me expliquem o que é isso? - Zayn apontou para a pilha de revistas na mesa.
- Passamos na banca e encontramos essas revistas com flagrantes nossos - comentou.
- E fomos perseguidas por fotógrafos maníacos que quase nos mataram! - sussurrou, Harry soltou alguns risinhos. - Não tem graça Haroldo!
- Desculpa , é que já estou acostumado, sei lá... - Ele falou e abraçou .
- Tá bom; chega. - Zayn empurrou Harry, deu um selinho em e a abraçou.
- Awn que lindos! - comentou.
- Mas enfim, foi tudo muito esquisito! - Comentei e Liam me deu um beijo na testa.
- Ah não acredito que isso aconteceu, esses fotógrafos irritam às vezes, sei que é o trabalho deles, mas porra, privacidade é bom! - Niall comentou e todos concordaram.
- Mas vocês estão bem meninas? Estão sabendo que a partir de agora a vida de vocês vai virar de cabeça para baixo? Vocês sabem pelo que vão ter que passar né? - Liam como sempre muito sensato.
- Cara, a gente passou por tanto perrengue para ficarmos todos juntos de novo, brigamos, discutimos, nos xingamos e acho que depois dessas experiências estamos mais do que prontas para encarar isso. - falou e todas nós concordamos.
- Eu acho sim, no começo vai ser bem difícil da gente se adaptar e tudo mais, de nos acostumarmos com câmeras e fotógrafos acompanhando nossa vida a todo o momento, com pessoas querendo saber da nossa vida, fãs loucas correndo atrás de nós, coisa e tal, mas eu sofri demais e não vou desistir agora. - falou. Os meninos a olharam surpresos, nunca haviam visto a garota assim.
- Assim que se fala ! To com você! - colocou a mão na da garota, logo eu, e fizemos o mesmo.
- AMIGAS, UNIDAS, JAMAIS SERÃO VENCIDAS! AEEEEEEEEEE - Gritamos em português e percebemos a cara de interrogação dos meninos.
- Agora traduzam, por favor… - Niall falou de braços cruzados.
- Nós dissemos: Amigas, unidas, jamais serão vencidas! - falou e gritamos de novo. Eles riram do nosso momento idiota e nos apoiaram.
- Eu te amo. - Zayn disse e beijou .
- Ai +18 aqui não! Por favor! - riu.
- Olha quem fala! - rebateu e ela ficou vermelha. É melhor eu ficar quieta antes que me coloquem na dança também.
- Amor; sei que vai ser difícil no começo, mas vou te apoiar, te ajudar, te amo tanto... - Liam sussurrou em meu ouvido e ficamos abraçados trocando carinhos.

Niall’s POV
Não acredito que aqueles fotógrafos malditos estavam perseguindo nossas meninas agora… O lance deles é com a gente, não com elas! Tá certo que elas também têm a ver, mas quem tem que esclarecer tudo somos nós. Paramos com aquela conversa tensa e um silêncio se instalou na sala.
- Que tal assistirmos um filme? - sugeriu.
- Pode ser, vamos assistir um de terror? - Liam sugeriu e Zayn, Louis, , e eu concordamos. Harry, , e nos olharam meio assustados.
- Mas filme de terror sobre o que? - perguntou.
- Podíamos ver um de palhaços né? - Louis sugeriu e antes dele continuar a falar interrompeu.
- PALHAÇOS NEM QUE ME PAGUEM! - Olhamos para ela e depois começamos a rir. se juntou à amiga e a abraçou.
- Palhaços não, eu tenho medo... - Ela fez biquinho, que linda essa potato.
- Vem cá potato! - Chamei e ela sentou no sofá e me abraçou. Ficamos um tempo pensando até que berrou:
- JÁ SEI! - Olhamos assustados para ela, deu um gritinho provocando risos em Zayn que estava ao seu lado. - Podemos assistir Deixe Ela Entrar, dizem que é muito bom…
- Mas você tem o filme ai? - Louis perguntou.
- Tenho sim, comprei quando fomos decorar nossos quartos, pera aí que vou lá pegar! - subiu correndo e voltou alguns segundos depois com o filme em mãos. Ela ia colocar o filme quando gritou:
- ESPERA, ESPERA! - Dei um pulo no sofá, ela gritou praticamente no meu ouvido. - Anw desculpa amor. - Ela falou e me deu um beijo na bochecha, todos murmuraram um “annnnnnnnnw” e fiquei corado. - Precisamos fazer alguma coisa para comer né? Assim não tem graça...
- Porque não fazemos assim, - começou - e Niall preparam as coisas que vamos comer; e Harry colocam o filme no DVD e arrumam áudio, coisa e tal; e Louis pegam refrigerantes e tudo mais; , Zayn, eu e Liam pegamos travesseiros e edredons e organizamos aqui no sofá... - Como ela consegue pensar assim tão rápido? Liam sorriu para ela que ficou toda boba.
Logo cada um fazia o que havia pedido, trabalhávamos rápido assim. Eu e fizemos um balde de pipoca e separamos em cinco tigelas, uma para cada casal. Louis e pegaram as latinhas de refrigerante. Quando terminamos a pipoca, pegamos os doces e tudo mais. já havia arrumado o filme na TV e se aconchegava abraçada com Harry em um dos sofás, coberta com um edredom. Nos organizamos e ficou assim: Harry e num sofá de dois lugares; Louis e num colchão no chão; , Zayn, eu e num sofá gigante de quarto lugares e Liam e em outro colchão. Ficamos conversando durante os trailers.
- Ai vai começar, shiu! - falou e me abraçou. To vendo que eu e os meninos saímos em vantagem em ver um filme de terror.
Passamos o filme todo abraçadinhos e rindo dos gritinhos do Harry. O filme terminou e passaram os créditos. dormia no colo de Liam e e Zayn estavam só nos amassos.
- Vamos embora dudes? - Louis se espreguiçou.
- Durmam aqui, por favor - fez bico e todos olharam para o Liam.
- Podemos dormir, mas amanhã bem cedo temos que ir dar uma entrevista ok?
- A gente também tem que sair cedo pra fazer compras e tudo mais! Awn, vamos matar a saudade - beijou Zayn.
- POR FAVOR, FAÇAM ESSAS COISAS EM PRIVACIDADE! - os repreendeu.
- Ai que chata - mostrou a língua - Vamos subir, DJ! Vem! - Ela o puxou pelo braço - BOA NOITE GALERA - Ela gritou do alto das escadas.
- Que medo desses dois - riu - Mas vamos também amor? Quero colocar meu pijama e dormir, tô cansada!
- Tudo bem - Louis apertou as bochechas dela - Boa noite meus amores - Ele abraçou e subiu com .
- Eu vou levar ela pro quarto, ok? - Liam já estava em pé com em seu colo - Boa noite - Ele comentou encarando o rosto dela - E ah, sem atrasos amanhã - Olhou diretamente para Harry.
- - falou toda manhosa - Arruma tudo aqui, por favor?
- Só porque eu te amo ok? - brincou e elas se abraçaram. - Vá dormir que o Harry me ajuda aqui, relaxa! Descansem ok? Boa noite! - apertou minhas bochechas e abraçou . Subimos para o quarto da minha princesa e ela colocou um pijama.
- Ai amor, não tem roupa pra você aqui né? - Ela riu - Você tem que deixar pelo menos uma camiseta sua aqui, poxa!
- Verdade, mas eu não me importo de dormir assim, porque eu tô com você - A puxei pela cintura e selei nossos lábios. Nos beijávamos intensamente, tínhamos uma harmonia perfeita. Sorri pra ela e ela mordeu minha bochecha. - SUA CANIBAL, VEM AQUI!
- NÃO NIALL, SEM CÓCEGAS POR FAVOR! - Ela corria pelo quarto e nós ríamos. “VÃO DORMIR” ouvimos um grito do Liam. colou a mão na boca e sussurrou um ‘shh’ - O quarto da é aqui do lado - Nós rimos mais ainda.
- Então vamos obedecê-los né? Já pensou no Liam entrando aqui que nem um doido? - Ela sentou na cama e gargalhou.
- Impossível! Tá; vamos dormir porque tô cansada.
- Vem cá - Deitei e levantei o edredom para que ela deitasse ao meu lado - Boa noite princesa! - Beijei sua testa.
- Boa noite príncipe, dorme bem! - Ela me deu um selinho e virou de lado. Ficamos de conchinha até pegarmos no sono.

Harry’s POV
O filme acabou e todos estavam morrendo de sono, menos Zayn e que se pegavam loucamente no sofá. Logo eles subiram para o quarto. Eu e ficamos na sala para arrumar a bagunça que havíamos feito.
- A e o Zayn que deviam arrumar isso aqui! Estavam elétricos! - comentou rindo.
- Se bem que acho que eles não arrumariam nada... - Olhei para e começamos a rir.
- Ai amor, tô com preguiça! - Ela fez bico e me deu um selinho. A peguei pela cintura, ela apoiava os braços no meu pescoço. Ficamos nos encarando por longos segundos, até que começamos a nos beijar. Paramos segundos depois e ficamos abraçados, curtindo o momento. - Vamos arrumar logo isso aqui, antes que eu desista! - falou e concordei.
- Vamos porque senão o Liam e matam a gente amanhã porque né…
Levamos os copos e potes para a cozinha e disse que colocaria na máquina de lavar louças no dia seguinte. Cada um já havia levado seu edredom, então sobrou apenas o de e alguns travesseiros. Guardamos o filme, desligamos a televisão, colocamos os sofás nos lugares e subimos as escadas. Fomos caminhando em silêncio ao quarto de , que era o último, pois estava tudo muito silencioso...
- Nossa, que silêncio, será que já estão todos dormindo? - Ela sussurrou em meu ouvido.
- Acho que o DJ Malik não! - Falei e começamos a rir com a mão na boca para não acordarmos ninguém.
- Vamos antes que o Liam descubra que você ainda está acordado, ai ferrou! - Entramos no quarto dela, fechei a porta e suspiramos aliviados. Me joguei em sua cama. - Pode dar um espacinho pra mim viu?
- Claro que sim, vem! – Me deitei mais pro lado.
- Espera, vou colocar meu pijama, escovar meus dentes, pentear minha juba... - Ela me deu um selinho e foi se trocar. Fiquei pensando em como tudo estava tão rápido, fiquei triste pelos fotógrafos já estarem infernizando a vida das nossas meninas, mas no fundo elas sabiam que uma hora isso iria acontecer.
- Harry, você precisa deixar uma camiseta sua aqui né! - Ouvi falar do banheiro.
- É preciso mesmo, a sua ia ficar muito sexy em mim... - Comentei e ela gargalhou. Alguns minutos depois ela saiu com os cabelos soltos, uma regata e um shorts curtinho. - Meu Deus, o que é isso? Quer me matar? - Ela riu corando.
- Quer escovar os dentes? Tenho uma escova reserva aqui… - Ela tirou uma escova de uma gaveta e me entregou - Ah espera! - Ela pegou uma caneta permanente e escreveu: “Curly Boy <3” no cabo da escova. Fomos até o banheiro e ela colocou ao lado da sua. – Pronto! Agora você tem uma escova oficial aqui.
Rimos e eu fui escovar os dentes. Usei o banheiro, lavei as mãos, tirei minha camisa e minha calça ficando apenas de cueca preta.
- Aí, lá vem você com essa cueca preta, pelo amor - riu.
- É pra te seduzir! - Confessei e fui rindo e saltitando até a cama.
- Eu sei Harry Styles, eu sei... Agora vamos dormir porque senão somos mortos amanhã! - Ela falou e eu ri. Concordei, afinal não queria que o Liam ficasse uma fera. Deitamos de conchinha e dormimos.

’s POV
O que estava acontecendo comigo? Meu Deus! Eu estava morrendo de saudade do Zayn. Nós tínhamos voltado há pouco tempo e aquele mês que passamos separados fez com que a saudade aumentasse. Eu estava mal acostumada: quando estávamos gravando a turnê, ficávamos com eles o tempo todo e antes também; mas agora, nós tínhamos o curso e eles estavam com a agenda lotada, fora os shows marcados pros próximos dias… Quando eles entraram no hotel murmurando um: “SURPRESA” eu quase explodi de tanta felicidade. Os mongos resolveram assistir o filme, mas acabamos nem prestando atenção direito, pelo menos eu e o Zayn. O filme acabou e ficou decidido que eles dormiriam aqui hoje.
- A gente também tem que sair cedo pra fazer compras e tudo mais! Awn vamos matar a saudade - Confessei beijando Zayn.
- POR FAVOR, FAÇAM ESSAS COISAS EM PRIVACIDADE! - sempre quebrando clima.
- Ai que chata - Mostrei a língua - Vamos subir, DJ! Vem! - Puxei Zayn pelo braço - BOA NOITE GALERA - Gritei do alto das escadas.
- Eu hein, tá ligada no 220 hoje! - Ele comentou abrindo a porta do meu quarto.
- É só saudade tá? - Fiz bico.
- QUE LINDA - Zayn me pegou no colo e me rodopiou - Também estava com saudade de você, muita saudade - Ele selou nossos lábios. Nossas línguas dançavam numa harmonia perfeita.
- Ei - Agora foi a minha vez de quebrar o clima - Me deixa colocar o pijama! - Ele riu e sentou na minha cama.
Escolhi um shorts curto, um camisetão e fui ao banheiro me trocar. Não tranquei a porta, só encostei. Coloquei o shorts e escovei os dentes, quando ia colocar a camiseta, a porta abriu.
- Oi - Zayn me encarava - Tava com saudade!
- Nossa - Eu ri - E como que se mata essa saudade?
- Assim! - Ele me pegou no colo e nos beijamos novamente. Mas não era um beijo calmo e suave, era um beijo carnal, um beijo de posse!
Enlacei minhas pernas em sua cintura e ele me levou até a cama. Zayn era tão habilidoso que saiu do banheiro, fechou a porta e caminhou até a cama sem parar de me beijar. Ele me deitou na cama e beijou todo meu rosto, meu pescoço e tirou meu shorts. Logo estávamos só de roupas íntimas. Ele sorriu todo convencido e voltou a me beijar, ficando em cima de mim. Quando vi já estávamos deitados lado a lado, ofegantes. Tinha rolado e foi mágico.
- Precisamos matar a saudade mais vezes - Ele riu.
- Para de ser bobo - Dei um tapa em seu ombro - Zayn?
- Oi? - Ele acariciou minha bochecha.
- Você, ér… Foi meu primeiro… Ah você sabe - Suspirei.
- Mesmo? - Ele me olhou surpreso - Eu estou tão feliz! - Zayn me deu um selinho - Eu te amo sabia?
- Eu também te amo, pra sempre - Nos beijamos, mas dessa vez, bem mais calmos.
- Vamos dormir antes que o Liam entre aqui quebrando tudo - Ele riu - Boa noite pequena!
- Boa noite DJ! - Me virei de lado e fechei os olhos.
Eu estava tão feliz. Estava realizando meu sonho em Londres, com as minhas melhores amigas e com o homem que eu amo; tudo perfeito. E o que tinha rolado aqui provava que eu não posso mais viver sem ele. O sono tomou conta de mim e logo dormi mais feliz do que nunca.

Capítulo 17 - Wanna be the first to take it all the way like this.

Louis POV
Assistir filme de terror com as meninas era muito engraçado, às vezes elas soltavam uns gritinhos histéricos, provocando risos em mim e nos meninos. O filme acabou e eu e subimos para o quarto dela.
- Ai que sono amor... - Comentou e eu dei um selinho nela.
- Também estou… - Me joguei na cama dela virado de bruços e ela me deu um tapa na bunda. - Ai! - Falei e ela riu se jogando ao meu lado. - Não pode fazer isso, dói! - Fiz bico.
- Pode sim, sou sua namorada e bato na sua bunda quando eu quiser, tenho posse sobre ela! - Falou e rimos bastante.
- Ah é? Então eu também tenho posse na sua! - Começamos a rir. Bati na bunda dela e ela começou a correr pelo quarto, eu corri atrás e a agarrei, a prensando contra a parede.
- Shiu, alguém pode nos ouvir... - Falei.
- Alguém ou o Liam? O quarto da é aqui na frente. - Ela comentou e rimos baixinho.
- Te amo tanto. - Disse e passei a mãos pela sua bochecha. Logo estávamos nos beijando.
- Sem empolgação Tomlinson! - me advertiu e eu fiz bico - Awn Boo Bear, temos que dormir, vai logo! E não faz essa carinha de dó - Nós rimos. Nos aconchegamos nos cobertores, bem abraçadinhos.
- Boa noite Baby Bear, dorme bem - Beijei a testa dela.
- Boa noite Boo Bear! - bocejou. Estava muito cansado e em alguns minutos, já estava dormindo.
Acordei com o barulho de uma música. Beatles. Little darling, it’s been a long cold lonely winter. Abri os olhos e vi uma toda desajeitada correndo pelo quarto procurando o celular.
- Bom dia amor! - Me espreguicei.
- CADÊ ESSA MERD… AH, achei - Ela pegou o celular e desligou o despertador - Bom dia flor do dia!
- Que horas são? - Meus olhos nem abriam direito.
- 7h00! - Ela riu - Mas o Liam disse que 8h00 no máximo era pra gente sair daqui, entendeu?
- Então vamos se arrumar e descer pra tomar café - Fiz uma pausa - Sente o cheiro do banquete da exalando! - Nós rimos - Vamos logo.
Nos trocamos em 10 minutos e só não fomos mais rápidos porque a não sabia se colocava camiseta estampada ou listrada, acabou escolhendo a segunda opção. Descemos e todos estavam lá; menos o Harry e a , lógico!
- BOM DIA, CASAL - como sempre bem animada. Zayn e pareceram nem notar nossa presença, só tinham olhos um para o outro, eu hein. Nos sentamos na ponta da mesa e nos servimos.
- Cadê o Hazza? - Liam mordeu um pedaço de pão.
- TÔ AQUI - Ele gritou da escada - Nem reclama porque tô no horário…
- Mais ou menos né? Já são 7h30 - Comentei.
- Shh Louis, fica na sua cara! - Nós rimos - Bom dia galera! - Harry e se juntaram a nós.
Comemos bastante e quase não sobrou uma migalha pra contar história. checou o cartão de crédito e as meninas pegaram as bolsas.
- NEM ACREDITO QUE VAMOS COMPRAR COMIDA - exclamou.
- Nossa, que novidade você empolgada - resmungou.
- Aff, você teve uma noite boa né? Só quer falar com o Zayn! VAI COM O ZAYN ENTÃO - fingiu estar com ciúme, jogou o cabelo e foi abraçar Niall, que não parava de rir.
- Vamos looooooooogo! - Liam falou do nada, nos assustando - Se depender de vocês sairemos daqui só amanhã!
Saímos em fila indiana até o hall. Eu e fomos por último porque ela fechou a porta. Por um milagre divino, o elevador não demorou muito e nós descemos em paz. Chegamos ao térreo e ficamos um tempo conversando. mandou o manobrista trazer o carro delas. Combinamos de as meninas irem com a nossa van e nós com o carro delas, já que segundo a ‘seriam muitas sacolas, porque é necessário’, e como a van é maior e tudo mais, resolvemos isso. Marcamos de nos encontrar no loft ou no hotel de noite para destrocar os carros e matar a saudade.
- Então meninos, até mais tarde - beijou Zayn, se despediu de nós, beijou Zayn outra vez e parou perto da van. e fizeram o mesmo.
- Ei pequena, nos falamos ok? - Encarei - Até mais tarde, te amo tá? - Dei um selinho nela. correu pra van.
- Olha duende, se cuida viu? - ajeitava Niall - Te amo - Eles se beijaram. Ouvi um barulho estranho e se afastou de Niall, quando notei estávamos praticamente cercados de paparazzis que saíam até das moitas.

Liam’s POV
Nos despedimos das meninas e milhares de paparazzi saíram de vários lugares, até de trás de moitas se possível. As meninas correram e entraram na van, fiquei estático por um momento, até que Louis me puxou para o carro das meninas. Cada um entrou no lugar mais fácil, quando vi estávamos todos dentro do carro, fugindo dos paparazzi. Zayn dirigia, Harry estava no banco do passageiro e atrás ficaram eu e Louis, com Niall no meio. Zayn saiu em disparada, nos agarramos nos bancos e ficamos com medo dele atropelar alguém. Fotógrafos pulavam e corriam do carro. Após alguns metros, Zayn diminuiu a velocidade e finalmente conseguimos respirar.
- Meu Deus! Será que vamos ter que sair com o Paul toda hora? - Louis estava com a mão no coração.
- Acho bom nós marcarmos uma coletiva de imprensa amanhã, aí a gente já conta tudo que ta acontecendo, quem sabe assim eles param um pouco com essa perseguição... - Falei e os meninos concordaram. Como estávamos indo a uma entrevista numa rádio e depois a uma revista, combinamos de já anunciar a coletiva.
- Será que eles lixaram o carro das meninas? - Falei assustado.
- Acho que não, quando a gente chegar, olhamos se tem alguma coisa. - Harry comentou. - Eles praticamente voaram nas nossas meninas...
- Ai deles se encostarem um dedo na ! - Zayn estava furioso.
- Nosso bad boy ficou nervoso? Relaxa Zayn, não pretendemos morrer num acidente de carro... - Niall comentou. DJ respirou se acalmando e dirigindo mais suavemente. - AH, FALANDO NISSO, - Niall berrou. Eu e Louis que estávamos do lado dele nos assustamos bastante, Zayn e Harry deram um pulo do banco.
- Porra Niall, precisava gritar? - Louis falou.
- Ai desculpa, é que tinha que falar logo senão eu ia esquecer - Louis revirou os olhos e Niall continuou - Hoje de manhã, todo mundo viu o Zayn todo grudadinho com a , um só tinha olhos para o outro, ficavam trocando carinhos o tempo todo, isso é sinal de que rolou alguma coisa à noite? - Niall perguntou e todos os olhares se dirigiram para Zayn, que até então estava sério. Malik soltou um sorrisinho.
- É. - Ele afirmou e começamos a rir e a gritar feito idiotas dentro do carro.
- DJ MALIK SAFADÃO! - Harry bateu no ombro dele e gargalhando. Zayn, corado, riu mais ainda.
- Também, os dois estavam quase se matando no sofá. - Louis falou e rimos mais ainda. Parecíamos cinco loucos dentro do carro. Depois de rirmos bastante pararmos, suspirando.
- Mas e ai, como foi? - Harry perguntou.
- Harry! – O repreendi - Deixem eles com o momento íntimo! - Harry fez bico e rimos.
- Ah, foi ótimo né… - Zayn confessou e fizemos “hmmmm”
- Era só isso que eu queria saber gente! - Hazza rebateu e rimos.
- Agora só falta o Niall - Louis suspirou.
- Calma gente! é uma princesa, vou dar tempo ao tempo...
- Ai que duende fofo esse! - Louis apertou Niall.
Ficamos conversando um tempinho até chegarmos a tal rádio. Várias fãs esperavam na porta, elas vieram em cima do carro quando chegamos, mas como não sabiam que éramos nós, logo recuaram. Os vidros eram bem pretos, então não dava para perceber. Chegamos no estacionamento e pedimos para o manobrista estacionar o carro com todo cuidado do mundo, pois não era nosso. Antes de ele tomar o volante, olhamos o carro para ver se havia algum arranhão ou coisa do tipo, e felizmente não havia nada. Pegamos o elevador e fomos até o andar da rádio. Quando chegamos, uma mocinha simpática nos esperava.
- Olá meninos! Sejam bem vindos, entrem! - Ela falou e entramos. O lugar era bem sofisticado. Sentamos-nos no sofá e ficamos observando a cabine de rádio enquanto não entrávamos no programa.
- Obrigado! - Dissemos em coro. A moça nos levou a uma sala onde outra mulher nos esperava. Acho que ela que seria a entrevistadora. Ficamos num sofá, bem à vontade.
- Então, podemos começar? - Ela quebrou o silêncio e nós assentimos.
Aí começaram aquelas mesmas perguntas clichês: “Já estão pensando em um novo álbum?”, “Como surgiu o nome One Direction?”, “Quando vai ser a próxima turnê?”, “Gostariam de ser jurados do X Factor?”, “Que música estão ouvindo ultimamente?” e blábláblá. Respondemos tudo alegremente, mas eu ainda estava intrigado. Não era nem um pouco legal os paparazzi ficarem perseguindo as nossas meninas, ainda mais no hotel… Isso estava indo longe demais. Estava entretido com meus pensamentos, quando um celular começou a tocar.
- Desculpe, eu tenho que atender! - Louis corou e nos o encaramos - Oi amor… Tudo bem e você bear? … Vamos sim, ah faz qualquer coisa que vamos amar ok? … Tô na entrevista, depois eu te ligo, pode ser? … Também te amo, tchau! - Ele desligou - Era a ! - Nós rimos.
- Agora que você falou na sua namorada, vamos conversar sobre a vida amorosa de vocês – “NOSSA, QUE LEGAL!”, pensei. Ela riu e continuou - Notei que vocês foram flagrados com algumas produtoras da MTV brasileira, que até são amigas das namoradas do Harry e do Louis, elas até dividem o mesmo apartamento num hotel! - Só faltou ela dizer o número da carteira de identidade das meninas - Então meninos; está rolando algo?

’s POV
Aqueles fotógrafos estavam me irritando profundamente! Não podíamos fazer nada que eles iam atrás. Eu sabia que iria ser assim, mas poxa, até no hotel? Ai não dá né... Eu e as meninas entramos correndo na van, dirigia.
- Meu Deus, que loucura! - comentou e concordamos. - Daqui a pouco vão ter paparazzi na porta do nosso quarto...
- Ai-, nem me fale nisso, nem me fale. - rolou os olhos.
- O que acham de comprarmos vários ingredientes brasileiros? Assim podemos fazer mais pratos típicos para os meninos, os que a gente encontrar por aqui né? - Mudei de assunto do nada, cansei de fotógrafos.
- Mudou totalmente de assunto hein? - falou e rimos. - Mas concordo…
- Só não vamos fazer aquelas coisas que nem a gente come; tipo: acarajé, vatapá, coisa e tal... - sugeriu.
- Verdade né? Mas não deixa de ser bom - Rebati e rimos.
- Gente; tenho que contar uma coisa! - falou e olhamos sérias para ela, mesmo já sabendo mais ou menos o que ela iria falar. - Bem, ontem, eu e o Zayn... Érrr... Hmm... Vocês sabem! A gente, hm… Ah vocês sabem! - Ela concluiu e corou. Entendemos e murmuramos um “awnn”.
- AI MEU DEUS, QUE LINDOS - Berrei - POR ISSO QUE FICARAM DE CHAMEGO AGORA CEDO!
- Ai para gente, assim eu fico com vergonha... - Ela fez bico e rimos mais ainda.
- Mas e ai, como foi? - perguntou e olhamos assustadas para ela. - Que foi gente? Só quero saber se a gostou! - Rimos.
- Gostei sim, o Zayn é tão fofo, ai...
- Pronto! Agora ta mais apaixonada do que antes! - comentou e rimos. - Ah, agora só falta uma duende né? - Corei instantaneamente quando ela falou isso. - E você e o Nialler; ?
- Ah, estamos ótimos, só que não rolou nada assim ainda! – Não estava me sentindo muito confortável.
- Ai gente, o Niall é todo fofo, todo príncipe, ta esperando o momento certo né? - falou e as meninas concordaram.
- Ele é um fofo e... - Comecei a falar quando me interrompeu.
- Não começa com essa baitolagem, por favor!
- Ei! Essa frase é minha! - Dei um tapa nela.
- Ai! Trouxa! - Logo estávamos nos batendo e rindo na van, se juntou a nós e quando vimos, até entrara na brincadeira.
- PAREM VOCÊS! - gritou e paramos assustadas. - Não quero que a polícia nos pare e também não quero ganhar pontinhos na minha carteira linda! - Paramos na hora e ficamos sérias, se ela levasse pontos na carteira, viraria uma fera e estaríamos ferradas, é. Ficamos conversando animadamente até chegarmos ao mercado. Estacionamos a van num lugar não muito chamativo e entramos no mercado,que graças a Deus estava vazio. Já pegamos dois carrinhos, para não ter que voltar para pegar outro.
- Vai dar um preço absurdo essa compra, já to até vendo... - Comentei.
- É; agora não mais cinco bocas e sim dez! - riu.
- Graças a Deus que são dez! - rebateu.
- Verdade, verdade... - Falamos juntas.
Começamos pelo corredor de arroz, macarrão, massas em geral.
- Será que aqui vende feijão? - perguntou.
- Acho que não, - Respondi - Deve vender em mercearias e tal, mas deve ser o olho da cara…
- É esquece... - Ela falou e nós rimos.
Continuamos nossa saga procurando coisas mais brasileiras possíveis, que eram bem raras. E quando achávamos, custavam muito caro.
- Que tal fazermos um jantar para os meninos? - sugeriu e concordamos.
- Vou ligar pro Lou avisando... - discou o número e eu tentei avisar que eles podiam estar numa entrevista, mas ele já havia atendido.
- Oi Boo Bear! Tudo bem? - Ele deve ter respondido que sim e ela continuou - Eu e as meninas estávamos pensando em fazer um jantar pra vocês, vocês vem? … O que vocês querem? … Awn ok meu amor, vai lá, te amo, beijo! - Ela desligou - Ele estava numa entrevista...
- Eu ia te avisar, mas não deu tempo! - Ri.
- Ah, mas ele disse que ele e os meninos vêm sim e que podemos fazer qualquer coisa que eles irão adorar! - Awn que fofo esse Louis.
- Mas o que vamos fazer para eles? - perguntou.
- Já sei! - Berrei - Vamos fazer arroz, claro né - Rimos - Ou melhor, vamos fazer uma mega feijoada, isso ai!
Dei a ideia e as meninas concordaram. Seguimos então na busca pelos ingredientes da receita. Depois de muito esforço achamos alguns e os que não encontramos, trocamos por coisas muito parecidas. Pegamos o resto da compra, os dois carinhos estavam lotados. Vimos um doce parecidíssimo com Tubes e corremos para pegar. Pegamos vários de vários sabores e as pessoas olhavam para nós como se fossemos loucas. Como já estávamos acostumadas nem ligamos muito.
- VÉI; TUBES, ISSO É MUITO DELÍCIA - falou em português.
- Melhor pararmos antes que chamem o segurança pra nos tirar daqui... - advertiu e gargalhamos. Fomos para o caixa, um senhor que estava na nossa frente nos olhou assustado. Deve ter pensando algo como “Como meninas magras desse jeito comem tudo isso?” Deu um risinho e virou para frente novamente. Nem ligamos.
- Velhinho mais espertinho - comentou em português e não nos aguentamos de rir, afinal ele não entendia nada mesmo. Chegou a nossa vez, passamos a compra, que deu um valor MUITO alto. A moça do caixa olhou para nós com uma cara de: Vocês podem pagar tudo isso? tirou o cartão de crédito da carteira, que passou na hora. A moça nos agradeceu e nos ajudou a embalar as compras. Ela devia saber quem nós éramos, pois não parava de sorrir nenhum minuto. Quando íamos sair, ela pegou pelo braço, que a olhou assustada, já ficamos prontas para armar um barraco.
- Desculpa te puxar assim linda, você é a namorada do Louis Tomlinson né? Sou Directioner e acho que vocês são um casal muito fofo, aiai - Ela suspirou e rimos, já mais calmas. - Tira uma foto comigo?
- Claro! - concordou e se juntou a moça, que entregou o celular a , que tirou a foto.
- Muito obrigada, desculpa incomodar!
- Não, que isso linda! - corou, nos despedimos da moça e fomos em direção a van.
- Na boa, achei que ela ia te bater ou algo do tipo... - confessou e rimos.
- Também achei, já fiquei até preparada pra virar a porrada na cara dela. – Mordi o lábio inferior.
- Estamos ficando psicóticas! - concluiu.
- É que com toda essa confusão a gente fica meio insegura, tipo, será que é uma pessoa normal ou uma doida querendo nos matar? - cruzou os braços.
- Ainda bem que era uma menina normal, porque do jeito que estou, arrancava os cabelos dela... - comentou.
Colocamos as compras na van e seguimos em direção ao hotel.

’s POV
Eu sempre quis ser uma pessoa famosa. Não importa os caminhos que eu seguisse para chegar ao topo da fama. Podia ser uma cantora, uma atriz, uma modelo… Confesso que já pensei até em participar do BBB… Ok; exagerei! Enfim, só não pensei que a fama fosse tão… cruel. Sem contar que nós não somos famosas, nossos namorados são e isso me incomoda de um jeito! Não gosto de parecer ‘suga-fama’ dos meninos, mas né, fazer o quê? Quando a caixa parou a , pensei que ela fosse sacar uma arma e iria acontecer uma tragédia! Mas ainda existem pessoas boas nesse mundo! Fora que não posso ser radical, nem todas as directioners são psicóticas... Existem as directioners boazinhas e elas são uns amores. Amo quando alguém nos para na rua pra pedir uma foto ou perguntar se os meninos estão bem, isso mostra maturidade. Saímos do mercado e fomos para o hotel. Entramos pelos fundos, para prevenir né? Subimos pra casa, descarregamos as compras (precisamos da ajuda de dois funcionários do hotel), guardamos tudo nos armários e nos jogamos nos sofás.
- MEU. DEUS. - disse pausadamente - Olha, ainda bem que só fazemos isso uma vez por mês!
- Tô esgotada! Ainda bem que os carinhas ajudaram a gente! - Suspirei.
- É mesmo né? Mas logo vamos ter que arrumar uma casa mesmo, de verdade - nos lembrou - Não podemos morar num hotel pra sempre!
- Como faz parte do nosso pagamento as diárias do hotel, saímos daqui quando arranjarmos um emprego… - sugeriu.
- Concordo, aí compramos uma casinha charmosinha no centro mesmo, awn - e sua meiguice.
- A gente não pode descansar não, temos que fazer o jantar doido lá e nos arrumar ainda por cima! - Animei as meninas - Vamos girls, ânimo! - Nos levantamos e fomos até a cozinha. tinha ciúme de quase tudo e foi um parto ela deixar a gente ajudar.
Combinamos que eu ia picar os temperos (sim, eu sou inútil na cozinha), a e a fariam o feijão e o arroz, e cortariam as carnes. Ficamos algumas horas fazendo a feijoada e fofocando sobre a vida alheia. Deixamos o arroz cozinhar e colocamos as carnes no feijão. colocou uns negócios, mais conhecidos como ‘segredos do chefe’. Sentamos-nos a mesa e começamos a temperar e cortar a couve e fazer a farofa.
- Será que eles são gostar? - encarava os pedacinhos de bacon.
- O Louis disse que sim - riu.
- Fora que eles têm que se acostumar com a nossa cultura, e véi, cai entre nós - fez uma pausa - Feijoada é muuuuuuito bom - Nós rimos.
- Tá, mas e a bebida e a sobremesa? - como sempre nos lembrando de tudo.
- Vou fazer um brigadeirão e pudim! - Quase fui correndo abraçar a .
- NOOOOOOOOOOOSSA CARA - Já estava com água na boca - Tô com vontade agora… - Nós rimos.
Acho que gastamos umas 500 latas de leite condensado. fez o brigadeirão enquanto fazia o pudim. , e eu ficamos dando apoio moral, porque né? Elas terminaram em alguns minutos e logo os doces estavam na geladeira.
- Bom, arroz pronto e feijoada quase pronta; acompanhamentos prontos e sobremesas em processo de endurecimento - riu - Falta só a bebida.
- Faz um suco de pó e já é - Brinquei e todas me encararam - Calma gente, foi só uma brincadeira pra descontrair!
- O suco eu já fiz lala - falou.
- MAS ELA PENSA EM TUDO MESMO - encheu de mordidas e beijinhos.
- AGORA - berrou do nada - Vamos nos arrumar porque eu preciso de um banho, por favor!
Subimos para os quartos. Separei uma roupa comum, coloquei em cima da cama e fui me banhar. Relaxei e deixei que a água tirasse toda ‘nhaca’ do meu corpo. Saí do banho, me sequei, me vesti e desci. e já tinham desligado o fogo da feijoada e arrumavam a mesa. Elas fizeram uma decoração bem legal.
- Vocês são incríveis! - Confessei.
- Me ame menos, por favor - brincou.
- Agora se mexe e vem nos ajudar sua lerda - Muito amor né Dona ?
Ajudei as meninas com os talheres e copos. Não fizemos nada muito formal porque os meninos já eram de casa e ficar exagerando era meio estranho. Terminamos tudo, checamos as sobremesas que estavam com uma aparência ótima e nos sentamos à espera dos nossos meninos.

Zayn’s POV
Acordamos cedo, encontramos fotógrafos alucinados e fomos dar entrevista. Ótimo jeito de se começar uma sexta-feira. Mas apesar de tudo eu estava nas nuvens… Culpa da , lógico! Ela é perfeita pra mim e eu a amo mais do que tudo. Estava pensando nela quando o celular do tapado do Louis tocou e ele ainda falou que era a , que brecha!
- Agora que você falou na sua namorada, vamos conversar sobre a vida amorosa de vocês - Sabia, eu sabia que isso ia acontecer - Notei que vocês foram flagrados com algumas produtoras da MTV brasileira, que até são amigas das namoradas do Harry e do Louis, elas até dividem o mesmo apartamento num hotel! - Ela sabia até a cor da escova de dente das meninas - Então meninos, está rolando algo?
- Ér - Harry começou, mas Liam o interrompeu:
- Está sim! Uma das únicas vezes que a imprensa tem razão - Ele riu.
- Nós estamos namorando, nós cinco! - Falei.
- O Louis com a , o Harry com a … Mas isso vocês já sabiam! - Niall mordeu o lábio inferior - Liam com a , Zayn com a e eu com a !
- E estamos muito felizes - Louis cantarolou e nós rimos.
- Nossa, que legal! - Mesmo mostrando felicidade, ela parecia estar decepcionada - Felicidades pra vocês.
- Obrigado - Dissemos uníssonos.
- Ah, e a propósito… Amanhã vamos fazer uma coletiva, marcada de última hora! Você está convidada - Liam, o Sr. Educação.
- Ok, confesso que estou surpresa - Ela riu - Mas irei!
Ficamos mais algum tempo conversando sobre a nossa carreira, até que pela graça de Deus, a entrevista acabou. Fomos a um restaurante comer algo antes que Niall morresse no meio da rua. Escolhemos uma mesa afastada e fizemos nosso pedido.
- Vamos jantar com as meninas hoje! - Louis anunciou.
- Aí sim, preciso da comida da - Niall fez bico.
- Que dramático - Comentei - Mas que horas vamos pra lá?
- Depois da entrevista pra rádio! - Boo Bear respondeu. A comida chegou e Niall murmurou um “Amém Senhor”.
- Esse Niall não tem modos - Harry mordiscou o lanche. Estava comendo quando meu celular tocou: era a .
- Alô? - Saudade da voz dela.
- Oi amor - Os meninos me encararam - Tudo bem?
- Tudo e você?
- Tudo ótimo!
- Então, vocês vão vir pra cá né? - Ela estava ansiosa.
- Vamos sim, façam muita comida porque o Niall tá todo afobado aqui - Confessei e Niall me mostrou a língua.
- Pode deixar - Ela riu - Como foi a entrevista?
- Deu tudo certo, e ah… Marcamos uma coletiva pra amanhã e vocês vão ok?
- Tá né, quem sou eu pra contrariar o Zayn Malik - Ela brincou e nós rimos - Vou ter que desligar ok?
- Tá bom amor, beijo! Te amo viu? - Harry fingiu estar vomitando.
- Também te amo, pode desligar!
- Não, desliga você!
- Você Zayn - Ela fingiu estar brava.
- Deslig… - Não consegui terminar a frase, Louis tomou o celular da minha mão.
- ME DÁ ESSA MERDA QUE EU DESLIGO - Ele falou. Niall já não se aguentava de tanto rir - Tchau - Ele se despediu e desligou - Pronto! - Jogou o celular pra mim.
- Quanto mel vocês dois hein DJ - Liam comentou.
- Também né, depois de ontem - Harry fez um olhar malicioso.
- Vocês não prestam! - Encerrei a conversa.
Terminamos o ‘almoço’ e fomos pra rádio dar outra entrevista. Dessa vez demoramos a tarde toda e só saímos de lá no finalzinho da tarde. Estávamos muito cansados, mas o sacrifício valeria a pena!

Capítulo 18 - I wanna tell the world that your mine.

’s POV
ligou para Zayn e eles confirmaram o jantar. Também se não confirmassem, comeríamos tudo sozinhas! Se bem que acho que ela ligou para o DJ só pra ouvir a voz dele. Ficamos sentadas no sofá vendo seriados no maior tédio.
- Ai, não to aguentando mais esperar, será que eles já estão chegando? - se levantou do sofá e olhou pelo olho mágico.
- Eles devem estar chegando - deduziu - Que tal jogarmos vídeo game para acalmar?
- Boa ideia! - Falei e ligamos o Xbox. - Vamos jogar Dance Central? Pooooor favor? - Fiz cara de bebê e as meninas concordaram. - Quem vai jogar comigo primeiro? - As meninas olharam para mim e riram.
- EU! - berrou e nos assustamos.
- UI, A MOM VAI SE REVELAR! - gritou. requebrou um pouquinho, meio desajeitada e rimos bastante.
Nos arrumamos e escolheu a música, começou a tocar Just Dance da Lady Gaga e começamos a rir feito loucas. estava meio deslocada no começo, mas depois se soltou e até rebolava um pouquinho. A música acabou e não foi surpresa que eu ganhei (sim, eu posso me achar), mas a se superou, o que causou muitos aplausos.
- E quem vai agora? - estava ofegante.
- Vamos bitch? - perguntou pra que assentiu. Elas duas eram as mais amigas de nós. Claro, nós éramos melhores amigas, mas elas tinham uma ligação muito fofa. escolheu Satisfaction do Benny Benassi e nós a encaramos.
- Que foi? - Ela riu - Vamos botar pra quebrar - Ela até aumentou o volume da televisão.
A música começou e elas se soltaram legal, até faziam umas coreografias que não eram do jogo. A campainha tocou, mas elas duas nem perceberam, então eu decidi ir ver quem era. Abri a porta e cinco silhuetas sorriram pra mim. Não me aguentei e corri para abraçar Louis. “Que saudade”, sussurrei. Ele me rodopiou e nos beijamos.
- Oi, estamos aqui também - Harry nos cutucou e nós rimos. Cumprimentei os meninos.
- Entrem seus mongos - Abri passagem para eles. foi falar com Harry e com o Liam.
Depois das devidas boas-vindas, ficamos encarando a e a . Acontece que elas estavam tão empolgadas com a música, que nem repararam que os meninos tinham chegado. Zayn cruzou os braços e Niall se segurava para não rir. Na parte do ‘push me and then you touch me’ elas fingiam que estavam dublando a música. As duas nem seguiam mais a coreografia do jogo. já estava suando e jogava o cabelo. A música acabou e elas fizeram uma pose.
- Arrasamos bitch, vamos virar dançarinas - desligou o vídeo game.
- SENSUALIZEE MEU AMOR - Elas gargalharam. Harry pigarreou e as duas nos encararam.
- PUSH ME AND THEN YOU TOUCH ME - Louis cantarolou e fingiu estar dançando.
- Desde quando vocês estão aí? - estava surpresa.
- Nós vimos tudo, se é isso que você quer saber! - Liam riu.
- CADÊ UM BURACO PRA EU ENFIAR MINHA CARA? OH DEUS - jogou uma almofada em mim.
- Nem pra vocês avisarem, consideração em alta agora - fez bico.
- Ai amor, que saudade - Zayn falou do nada e abraçou que ficou roxa de tanto que corou. Eles se beijaram e sorriram um pro outro.
- Princesa - Niall rodopiou - Você mandou muito bem sabia? - Como sempre, todo fofo esse duende.
- Só que tô com vergonha ain… - Niall interrompeu com um beijo.
- CHEGA DE BAITOLAGEM, POR FAVOR - Louis fez uma voz fina.
- Nossa Boo Bear, que engraçado você! - fez bico, mas logo eles estavam se abraçando. foi falar com Harry e eles davam altas risadas. me fitou de canto de olho e eu entendi tudo: se acalma, sem crise de ciúme.

’s POV
Nem acreditei quando a campainha tocou. Abracei Liam o mais forte que pude e ele retribuiu com um beijo. e deram um show particular que foi bem… Exótico. Elas ficaram morrendo de vergonha, mas logo estavam cheias de amor pra cima do Zayn, do Niall, do Louis e do Harry.
- Vish - Liam sussurrou em meu ouvido - Olha só a cara de sanguinárias da e da - Ele apontou para as duas que se olhavam e depois encaravam e .
- Nossa Senhora, que medo - Nós rimos – Pera aí que vou resolver isso. - Fui pro meio da sala e comecei a bater palma, logo todos estavam olhando pra mim - Eai galera? Vamos jantar?
- VAMOS! - Niall respondeu todo animado - Tô com muita fome! - o abraçou.
Eu e as meninas fomos lá para dentro buscar as travessas de comida. trazia uma panela de barro enorme, com a feijoada; trazia duas travessas com arroz; eu uma travessa grandinha com a farofa; trazia salada (o que eu acho que ninguém iria comer) e veio com as bebidas. Sentamos-nos à mesa e ficamos da seguinte forma, de um lado da mesa: Eu, Liam, Louis, e . Do outro lado ficaram: , Niall, , Zayn e Harry, que ficou de frente para .
- Cara, isso tem um cheiro tão bom… - Niall falou chegando perto da panela, ele ia encostar quando bateu em sua mão.
- Espera! Menino assanhado! - Ela falou e começamos a rir, ele fez bico.
- Como que isso chama? - Zayn perguntou e respondeu.
- Feijoada Zayn... - Ela falou pausadamente para que ele entendesse, mas ele e os meninos fizeram uma cara de dúvida.
- Fejouada? - Zayn falou, eu e as meninas não nos aguentamos e começamos a rir.
- Ai que coisa fofa! - falou e rimos, pude perceber um pinguinho de ciúmes em Louis e , mas logo passou.
- Não amor, não é assim, é feijoada… - falou e ficamos tipo “awnnn”. Ele ficou pensativo, devia estar mentalizando a palavra, até que do nada disse:
- Feijoada?! - Olhamos para ele tipo, what?
- AEEEEEEEEEEEE! - gritou e começamos a dançar e pular em volta da mesa. - Merece um beijinho. - Ela disse e deu um selinho no garoto, eles coraram e rimos.
- Acho que vou começar a fazer aulas de português… - Zayn falou. Rimos e deu um tapinha nele, também rindo.
- Vamos comer antes que a feijoada esfrie! - Niall disse de uma vez só e ficamos espantadas, rindo.
- Nome de comida meu potato aprende rápido né? - o encarou. Cada uma fez o prato para o seu respectivo, íamos colocando que acordo com o quanto que eles falavam estar bom.
- Cuidado com o prato do Niall, ele vai comer tudo sozinho... - Harry falou e rimos.
Louis foi o que deu a primeira garfada, colocou um pouco de arroz, feijoada e farofa na boca e paralisou. O olhamos assustadas, ele deve ter odiado. Ele mastigou, engoliu.
- OH MEU DEUS - Gritou. Todos o observavam assustados. - ISSO É MUITO BOM! - Berrou e eu e as meninas respiramos aliviadas. Os meninos também, afinal, Louis ficou totalmente paralisado. Comíamos e conversávamos animadamente na mesa.
- Niall, não come muito porque depois a feijoada pesa, você pode passar mal... - o advertiu e achamos aquela atitude muito fofa.
- Awn que fofa - Comentei e rimos.
- Fofa nada, não quero ninguém me irritando durante a noite, falando que ta passando mal... - falou e olhamos assustados para ela. - BRINCADEIRA GALERA - Rimos. - Não quero que meu potato passe mal mesmo!
Niall terminou de comer no mesmo instante.
- Não quero te irritar minha linda... - Disse e deu um beijo na bochecha da garota que corou muito e riu.
- Sabe que eu te amo né? - Ela retribuiu e os dois ficaram num love só.
- DEPOIS EU QUE FICO DE BAITOLAGEM NÉ? PODE PARAR OS DOIS! - estava revoltada.
- Cara, me deu um sono agora, isso aqui da sono mesmo? - Meu Daddy falou e eu respondi que sim.
- Que tal nos sentarmos no sofá pra assistir alguma coisa e depois a gente come a sobremesa? - sugeriu.
- Eu tenho uma ideia melhor - Niall falou e Louis soltou um “lá vem...” - Que tal comermos a sobremesa agora e depois assistimos algo, ou jogamos vídeo game?
- Quem quer comer a sobremesa mais tarde levanta a mão! - falou e oito braços se ergueram no ar.
- Ok; já entendi que perdi. - Ele fez bico e deu um beijinho no garoto. Nos sentamos no sofá e começamos a assistir The Big Bang Theory. Zayn dava altas gargalhadas e ríamos da risada dele. Liam estava quase dormindo, dei um beijo em seu pescoço e mordi de leve sua orelha.
- Vai dormir é? - Falei e ele riu baixinho.
- Não queria, mas não to me aguentando de sono amor... - Ele disse me deu um selinho. Fiquei assistindo o seriado, até que cochilei.
Acordei um tempo depois e observei o pessoal. Harry e estavam largados no sofá dormindo; e Zayn dormiram sentados mesmo, a garota depositava a cabeça no peito dele; estava sentada ao lado de , e Niall deitado no sofá, apoiava a cabeça em seu colo; e Louis cochilaram abraçados, e Liam dormia como um bebê em meu ombro. Tentei levantar sem acordar Liam, mas foi sem sucesso. Ele abriu os olhos bem lentamente.
- Te acordei amor? Quer dormir mais? - Perguntei e ele sorriu.
- Não amor; já dormi demais... - Falou e eu ri. - Quanto tempo dormimos? - Olhei no relógio e:
- OMG! - Berrei - Dormimos duas horas… - Ele fez uma cara de espanto e rimos.
- Sabe o que eu tava pensando? Como eu e os meninos temos uma coletiva amanhã, e queremos que vocês vão também, a gente podia ir todo mundo pro loft, ai vocês dormiam lá com a gente, nos arrumávamos juntos no dia seguinte e também íamos juntos pra coletiva, saudade disso… - Ele falou e eu concordei.
- Acho uma ótima ideia, a gente só tem que falar com o pessoal.
Acordamos casal por casal, os mais difíceis foram e Zayn, dormiam feito pedra.
- Acorda ! Dormimos duas horas! - a sacudia, ela abriu os olhos lentamente até que a ficha caiu.
- Duas horas? OMG! - Ela deu um pulo do sofá. Olhou Zayn que dormia feito criança ao seu lado e sorriu. - Zayn, acorda amor, dormimos duas horas... - Ele murmurou um “hmmmm”.
- Comigo ele não faz “hmmmm” - Louis fez bico e rimos.
- Acorda Zaaaaayn - Ela falou cantarolando e depositou um beijo na bochecha de Zayn, que abriu os olhos lentamente. Deve ter visto nove rostos o observando e ficado assustado, pois deu um pulo do sofá. Rimos. Comentei da ideia do Liam sobre irmos para o loft e todos concordaram.
- Vamos comer a sobremesa antes? - Niall falou e lembramos-nos da tal sobremesa. Comemos rindo e conversando.
- Então vamos pro loft? - Harry falou e concordamos.
- PERA AÍ! - berrou e a olhamos assustados. - Amanhã têm a coletiva, vocês acham que vou passar hoje e amanhã com a mesma roupa? Nem que me paguem! - Ela gargalhou. - Vou pegar uma troca de roupa pra mim, já volto... - Ela subiu correndo e eu e as meninas nos olhamos.
- É, acho que também vou... - Falamos juntas, nos olhamos e corremos para a escada. Quatro gordas tentando subir a mesma escada não deu certo. Ficamos ali, empacadas, tentando subir e os meninos rindo.
- CALMA AE! - gritou; afastamos-nos e a olhamos. - EU VOU PRIMEIRO! - Ela gritou e subiu correndo. Ouvimos Louis falar um: “essa é a minha namorada!” e rir.
- Ai que vadia! - falou rápido e foi correndo atrás dela. Eu e subimos atrás. Peguei uma troca de roupa, escova de dente, cabelo, pijama, coisas assim e desci com uma mochila pequena. Logo todas desceram e fomos ao loft.

Niall’s POV
As meninas fizeram uma confusão para subir a escada e aquilo foi realmente engraçado. Adoramos a ideia do Liam de as meninas passarem a noite com a gente no loft e depois irmos juntos para a coletiva. Estava com saudade de passar bastante tem com elas e com a minha namorada né? Aproveitamos para trocar de carro, deixamos o das meninas lá e fomos todos de van. Durante o caminho, e Louis contavam piadas, parecia que quando estavam juntos, eram muito mais engraçados do que sozinhos, casal perfeito esse ai, depois de mim e da claro. Chegamos no loft e cada um foi fazer uma coisa. e Zayn pegaram duas latas de refrigerante e foram observar as estrelas e o luar pela varanda; e Louis foram jogar Dance Central; Liam e ficaram vendo fotos dele e de nós antes da fama, ela não se aguentava de tanto rir; Harry e ficaram no twitter juntos respondendo as fãs.
- O que quer fazer amor? - Perguntei a que ficou pensativa. A noite estava quente, estrelada, muito linda e boa para olhar o céu. - Vem, vamos dar uma volta no jardim... - A puxei e fomos rindo até o jardim. Saímos pela varanda e vimos Zayn e rindo muito, estavam roxos. Comentavam alguma coisa sobre Vas Happenin, feijoada, farofa… Esses dois são loucos! Vimos eles rindo, não nos aguentamos e rimos também. As meninas fizeram muito bem para a gente, muito bem mesmo. Depois que Zayn começou a se aproximar de , quase não fumou. Agora que estão namorando, nunca mais o vi com um cigarro se quer na boca. Sei que ele deve fumar um ou outro às vezes, porque é difícil parar rápido assim, mas ele estava se esforçando muito.
- A noite ta linda né? - Abracei por trás, pude senti-la sorrindo.
- Ta linda mesmo; sempre gostei de olhar as estrelas... - Ela falou e eu a virei de frente para mim. Começamos a nos beijar, um beijo quente, com muito amor, paixão. Sentamos no banco e ficamos conversando um pouco. Ela contou alguns fatos engraçados da sua infância, contou algumas maluquices que ela e haviam feito e que conheceu , e pela internet. Contei para ela alguns fatos da minha infância também e ela riu bastante.
- Nossa potato, nem vi a hora passar, vamos deitar? - Ela fez bico e concordei. Quando voltamos, e Zayn já haviam saído da varanda, e Louis haviam parado de jogar, não estavam mais na sala; Harry e sumiram, como sempre. Encontramos apenas e Liam rindo e conversando na cozinha.
- Cadê todo mundo? - Perguntei.
- e Louis foram tomar banho, e Harry subiram, Zayn e também e eu e Liam também vamos... - respondeu.
- Ahhhh entendi! - suspirou. - Então vamos também potato? - Concluiu e eu concordei. Subimos para o meu quarto.
- Amor, vou tomar banho, quer ir primeiro? - Perguntei e ela disse que não, que eu poderia ir. Tomei um banho gelado e relaxante. Coloquei apenas a cueca e um shorts, ficando sem camisa. Sai do banheiro e pude perceber os olhos de brilharem.
- Err, hm, vou tomar banho... - Ela disse e deu um risinho, corando. Pegou o pijama e entrou no banheiro. Saiu alguns minutos depois com uma camiseta regata e um shorts vermelho curto. - Ai que princesa linda, quer me matar? - Falei e ela riu. Ela foi guardar sua escova de dente e a abracei por trás. Ela virou de frente e começamos a nos beijar. Era um beijo quente, com amor, paixão, igual ao que demos no jardim. Comecei a apertar sua cintura e ela a beijar meu pescoço. As coisas foram ficando cada vez mais quentes e quando vi estávamos apenas de roupa íntimas deitados na cama. Eu fiquei por cima e a beijei mais intensamente, minutos depois estávamos deitados um ao lado do outro, ofegantes, foi ótimo.
- Niall, eu, eu, eu... Ai - Ela não conseguia falar, estava corada. - Sabe, você foi o meu primeiro namorado mais sério, e o meu primeiro hoje...
- Isso é sério? - Falei a olhando e ela assentiu. - Como eu te amo princesa, te amo tanto… Você gostou? Eu sei lá? Te machuquei? - Perguntei, fiquei preocupado com a primeira vez da minha princesa, será que foi como ela havia sonhado? Ela riu.
- Ai, para Niall! Foi perfeito, maravilhoso, te amo muito... - Ela disse e nos beijamos. Ficamos abraçados até que dormimos. Até aqui!

Harry’s POV
Aquela feijoada estava maravilhosa e a sobremesa nem se fala… Acho que vou sugerir esse jantar mais algumas vezes! Fomos pro loft e a pediu para que entrássemos no twitter para responder algumas fãs. Eu achei tão legal da parte dela sei lá, mostrar que gosta das minhas fãs. Ficamos algumas horas respondendo, ela quis fazer uma twitcam, mas achei melhor avisar antes de fazer, porque tem directioner que fica revoltada porque perdeu uma twitcam. Subimos para o meu quarto e dormimos bem rápido. Acordei com uma música que teimava em tocar e interromper meu sono. “Oooooh so wouldn’t you like to come with me?” McFly me despertando.
- AAAAAAAAAAAH ACORDAR COM MCFLY É TUDO DE BOM - murmurou e se espreguiçou - Harry? - Ela me encarou - Acorda amor.
- Tô acordado - Eu ri - Bom dia!
- Bom dia meu Curly Boy!
- E porque mesmo acordamos cedo?
- Filho, já são 11h00, esqueceu que as 15h00 tem coletiva, meu bem? - Ela me recordou.
- AAAAAAAAAAAH É VERDADE - Confessei - Nossa, eu to com fome…
- Vamos descer e ver o que a fez de bom pra gente ok? - riu. Calcei meu chinelo e descemos.
Liam e estavam perto do fogão, brigando com uma frigideira; e Louis estavam sentados na mesa com e Zayn. Estranhei que Niall e não estavam lá.
- DAQUI ESSA MERDA - tirou a frigideira da mão de - Então galera, como frita um ovo mesmo? - Nós rimos.
- Bom dia família - falou.
- Bom dia - Zayn respondeu seco.
- Que que tá acontecendo aqui? - Perguntei.
- A não desceu ainda e estamos sem café da manhã, ai a e o Zayn estão de mau humor - vomitou as palavras de tão rápido que falou.
- Calma amor! - Louis a abraçou.
- EU RESOLVO ISSO, MAS QUE DROGA - se levantou e colocou a frigideira no fogão. Ela quebrou uns sete ovos e enquanto fritava, ela passava manteiga em alguns (muitos) pães. Quando o ovo ficou pronto, ela passou os pães na frigideira, colocou num prato e deixou na mesa. também procurou algo no armário, tirou de lá alguns bolinhos e cerais. Depois de alguns minutos ela falou: - Pão com ovo a moda brasileira - Ela riu - Cereal, bolo, suco e leite… Sirvam-se!
- Essa minha pequena é perfeita - Zayn a beijou.
- Sem baitolagem, por favor - Louis fez uma voz fina.
- Quando a não ta aqui, alguém imita ela - rolou os olhos.
Comemos quase tudo, mas deixamos algumas coisas pro casal buraco negro. Era 12h00 e estávamos assistindo televisão. Todos bem inquietos, porque Niall e não tinham dado as caras.
- Será que eles morreram lá? - Louis quebrou o silêncio.
- Credo Louis, que coisa feia de se dizer - deu um tapa nele.
- É a explicação mais lógica…
- Não é não - Fiz uma cara maliciosa.
- Esse meu Styles só pensa besteira - bagunçou meus cabelos.
- Vamos acordá-los? Eles têm que se arrumar pra coletiva de qualquer jeito - brincava com a camisa do Liam.
- Vamos! - falou - Eu vou na frente. - Subimos em fila indiana, na ponta dos pés, para não fazer barulho. Que coisa ridícula, porém necessária, ou não né? Enfim, subimos as escadas e paramos na frente da porta.
- Eu vou - Louis se prontificou.
- Nada disso, e se a estiver… Bem você sabe - segurou Louis.
- Então eu vou - ia abrir a porta, mas Liam a impediu.
- Não! E se o Nialler que estiver sem roupa? - Nós rimos.
- Ai, como vocês são tapados. - tomou a frente - É só bater na porta - Ela deu três batidinhas na porta ‘toc toc toc’.
- Amor, você é muito delicada, eles não vão acordar desse jeito - Zayn comentou.
- É assim - Falei chutando a porta, que quase caiu, fez um barulho muito alto e não parava de rir.
- MEU DEUS O MUNDO VAI CAIR SOBRE NÓS NIALL - Ouvimos berrar.
- Bom dia Princesa - A voz de Niall estava abafada - Que horas são?
- Bom dia meu amor - falou e Louis fingiu vomitar - NOSSA VEI, SÃO 12H00 JÁ E NENHUM DOS PUTOS VEIO NOS ACORDAR,
- Vamos descer! - Ouvimos alguns passos se aproximando, mas logo parou.
- NIALL, VOCÊ TA DOIDO? Se você desce assim os meninos vão te socar - Ela riu.
- Você ta rindo do que? Pode colocar uma roupa decente também - Ouvimos mais passos andando pelo quarto.
- Pelo menos eles não morreram - Louis bocejou.
- Eles estão mais vivos do que nunca, é o que parece - Comentei e todos gargalhavam.
- Vamos Potato, devem estar preocupados com a gente - falou e ouvimos mais passos se aproximando da porta. A essa altura, e estavam com os ouvidos grudados na porta e estava roxa de tanto rir.
- ? - Niall a chamou - Eu te amo muito ok? Pra sempre.
- Eu também te amo pra sempre duende - Ela respondeu e o silêncio reinou por alguns segundos - Agora vamos - Ela riu. Ouvi um estalo e a porta abriu. Niall e ficaram boquiabertos, e caíram porque estavam apoiadas na porta e nós não aguentávamos mais dar risada.
- BOM DIA - Louis gritou causando mais risos.
- Seus enxeridos, o que estão fazendo aqui? - batia o pé impaciente.
- Viemos te acordar bitch, você não costuma dormir até tarde - falou.
- AHH QUE LINDOS! Mas eu estou bem - riu e encarou Niall que colocou as mãos no bolso.
- Eu tô vendo, você tá muito bem - Comentei maliciosamente e o casal buraco negro corou.
- Harry! - me deu um tapa - Tenha modos - Nós rimos.
- Ér, vamos descer? - desconversou - Tô com muuuuuuuuuuuita fome, mesmo!
A manada desceu, mas só Niall e se sentaram pra comer porque né? Assistimos um pouco de TV, mas logo tivemos que começar a nos arrumar. Se nós cinco já demoramos umas horinhas pra ficar nos trinques, as meninas então, nem se fala. Elas foram tomar banho enquanto eu e os meninos escolhíamos as roupas. Elas terminaram e nós fomos nos banhar enquanto elas se vestiam. tinha lembrado pra elas trazerem roupas mais ‘formais’. Quando terminamos o banho, as meninas estavam secando os cabelos, nessa hora Zayn se juntou a elas.
- Que cena mais gay - Louis comentou abotoando a camiseta.
- Cala a boca Louis - mostrou a língua.
Terminamos de nos arrumar e 14h15 estávamos prontos, as meninas estavam lindas.Trancamos o loft, entramos na van e seguimos para o local da coletiva.

’s POV
Acordei cedo cheia de fome e quando chego lá em baixo, cadê a Dona ? Ela me devia explicações, muitas explicações. Acabou que eu que tive que fazer o café da manhã. Acordamos o casal fome e nos arrumamos pra tal coletiva. Quero só ver o que esses meninos estão aprontando… Enfim, entramos na van e seguimos para o local, lá encontraríamos Paul, o armário, e mais alguns ‘armariozinhos’, os outros seguranças. Na van, Liam e foram na frente e o resto da cambada atrás. No último banco estavam eu, Zayn, Harry e ; no da frente do nosso a e o Niall e na frente deles a e o Louis. Fomos conversando alegremente, aí a ligou o rádio e tava tocando One More Night, do Maroon 5. Olhei pra e logo estávamos cantando:
- SO I CROSS MY HEART AND I HOPE TO DIE - Eu dançava.
- THAT I’LL ONLY STAY WITH YOU ONE MORE NIGHT - completou estalando os dedos. Todos riam da gente e nem deu pra continuar, a música já estava no fim. Liam estacionou o carro bem nos fundos e logo Paul e os ‘armariozinhos’ chegaram para nos acompanhar.
- Oi Paul! - Dissemos em coro.
- Oi - Ele riu.
- Essas nossas namoradas são a educação em pessoa, meu Deus - Louis apertou as bochechas de .
Caminhamos até o local em si, e de longe dava pra ouvir o barulho dos jornalistas. apertou minha mão e pude ver que ela também estava apreensiva. Paul ia à frente abrindo caminho e nós atrás de mãos dadas com os nossos boys.
- Zayn? Pra que tudo isso? - Não evitei minha curiosidade.
- Vamos esclarecer algumas coisas ok? Mas não fique com medo pequena, vai dar tudo certo - Ele beijou minha testa.
- Meninas vocês ficarão num cantinho ok? Longe dos jornalistas. - Paul nos avisou.
- PAUL SEU LINDO - o abraçou - Fique perto da gente tá? - Ela fez bico.
- Pode deixar - Ele riu. “Glória Senhor”, pensei. - Agora os meninos vão se despedir e ir pra mesa dar a entrevista! Boa sorte garotos - Eles se abraçaram.
- Eu amo esses momentos família - fingiu limpar uma lágrima e nós rimos. abraçou Harry, beijou Liam e pulou em Louis que quase caiu.
- Tchau princesa, até mais tarde - Niall abraçou e saiu andando, mas ela o puxou.
- Fica bem ok? - Eles se beijaram.
- Isso porque eles vão se ver daqui algumas horas - Louis rolou os olhos.
- HA HA HA - riu pausadamente - Que engraçado você Louis, mas agora vai logo - Ela o empurrou.
- Ai também quero ficar bem. - Ele fez bico.
- Fica bem Boo Bear - apertou as bochechas dele - Agora tchau!
- Ei pequena, já nos vemos ok? - Zayn colocou uma mecha de cabelo atrás da minha orelha.
- Até mais tarde DJ - Nos beijamos e ele seguiu os meninos.
- Até mais tarde - Harry me imitou.
- Tchau Harry, até mais tarde - Baguncei os cachos dele.
Paul nos levou até o tal cantinho. e foram à frente cochichando; , e eu fomos mais atrás especulando o que eles falariam nessa coletiva. Sentamos-nos em cinco cadeiras reservadas para nós. Novamente, e ficaram na ponta, no meio, seguida por e eu sentei na ponta.
- Você não acha que a e a estão estranhas? - Comentei com a .
- Acho - Ela riu - Mas é melhor elas ficarem estranhas do que ficarem dando show, só acho.
- Verdade né? Só espero que não seja por nossa causa!
- E mesmo se for; nada vai estragar minha alegria - brincava com o colar de trevo.
- TÁ, TO VENDO QUE VOCÊ TA ALEGRINHA DESDE CEDO - A encarei - Me conta, o que aconteceu?
- Bom… É que… É que eu e o Niall… Nós… Nós dois - Ela gesticulava que nem uma doida varrida - Nós dois… Fizemos lá o que você ta pensando… Ontem - Ela corou.
- AWNNNNNNNNNNNNNN, que linda - Nos abraçamos - Deve estar nas nuvens, igual eu fiquei.
- Estou nas nuvens, mas não igual você! Não sou tão baitola como você e o Zayn - Ela gargalhou.
- Que engraçado, nossa - Ironizei, mas logo estava rindo também.
Nossa conversa foi interrompida por um querido, que iniciou a coletiva. Voltamos nossa atenção para a mesa, onde nossos meninos estavam sentados, todos lindos e fofos. O moço que ia encaminhar a coletiva aparentava ter a nossa idade e tinha uma voz bem fofa.
- Bom tarde - Ele pigarreou - Bom, vamos dar início à coletiva de imprensa! Peço que vocês mantenham a calma, porque os meninos da One Direction vão tentar responder o máximo de perguntas possíveis, então não há necessidade para balbúrdia. Primeira pergunta? - Foi o moço falar isso que começou a gritaria.
- Isso porque era pra manter a calma - comentou e nós rimos.
- Oi meninos - Uma jornalista, muito vadia por sinal, falou - Então, agora que acabou a turnê, vocês pretendem fazer o quê?
- Bom, agora nós vamos focar na produção do novo CD, vamos fazer alguns shows na Oceania e na América do Norte e também estamos dando muitas entrevistas - Liam sempre respondia as perguntas mais ‘complexas’.
- E quando ele diz muitas, é porque foram muitas mesmo - Louis riu.
- Eu já vou direto ao ponto, sem rodeios - Fiquei até com medo desse jornalista - Ultimamente estão saindo muitas fotos de vocês com as produtoras da MTV brasileira que fizeram um documentário… Qual é a relação entre vocês e elas?
- Já pensou o Niall fala: “nós somos amigos” - fez uma voz grossa.
- Aí eu soco ele, porque né - comentou séria.
- Bom… - Zayn começou a falar, mas Niall o interrompeu:
- Elas são nossas namoradas - Ele nos surpreendeu - E foi isso que viemos anunciar aqui, que estamos oficialmente namorando. - As vozes foram aumentando, todo mundo começou a comentar.
- É disso que eu tava com medo… - agarrou meu braço.
- E quem são elas? - Uma voz surgiu do fundo da multidão.
- Elas são brasileiras, mas isso vocês já sabem - Harry riu - Elas vieram pra Londres há alguns meses e… Ah, vocês sabem de quase tudo, nem tem graça ficar falando - Ele fez bico.
- Mas e os nomes delas? - Um moço perguntou.
- , - Liam disse apontando para Louis - , - Apontou para Zayn - , - Apontou para Niall - , - Apontou para Harry - E . - Apontou para si mesmo. - Mas da e da vocês já sabem - Ele riu.
- NÃO GALERA, TÁ ERRADO - Louis falou do nada - Eu ainda sou o Louis, minha namorada que é a - Ele não perde uma.
- E onde elas estão? - QUE VACA ESSA MULHER, POR QUE ELA TINHA QUE PERGUNTAR ISSO?
- ALI Ó - Zayn apontou para nós. Todo mundo virou para nos olhar. - OI AMOR - Ele acenou e eu só consegui sorrir. manteve a classe e acenou; eu, , e travamos literalmente.
- Elas são lindas - Um jornalista confessou.
- Eu sei - Niall, todo convencido.
- Eu só queria pedir uma coisa pra vocês, e essa foi uma das razões para a convocação dessa coletiva - Os olhares se voltaram para Liam. O que ele iria falar?

Liam’s POV
Quando disse que queria pedir uma coisa, todos pararam e se voltaram para mim. Aquela era a principal razão da coletiva.
- Bem, quero pedir para os paparazzi abaixarem um pouco a guarda. Sabemos que somos uma boyband muito famosa e que vocês querem nos fotografar a todo momento, saber o que estamos fazendo, o que pensamos, mas peguem levem com as meninas. Eu sei que vocês querem tirar fotos delas, saber sobre elas, saber o que elas pensam, mas isso vocês descobrirão com o tempo. Elas ainda não estão acostumadas com os flashes, sabemos que vão ter que se acostumar e tal, mas peguem leve agora no começo, elas quase foram massacradas no hotel, só faltaram invadir o quarto e instalar uma câmera para observá-las. Elas são pessoas normais, assim como todos nós. - Falei, os meninos, as meninas e os repórteres me aplaudiram. Agradeci e uma jornalista falou.
- Sabemos que pegamos pesado e prometo que iremos tentar controlar nossas emoções… - Todos riram.
- Alguém tem mais alguma pergunta? - Harry perguntou e um rapaz levantou a mão.
- Vocês acham que esse namoro pode atrapalhar a carreira de vocês? - Dessa vez Louis tomou a frente:
- Bem, achamos que não. Apesar de não parecer, já somos bem grandinhos - Risos - E sabemos diferenciar carreira, namoro e trabalho. Além do mais, as meninas nos dão todo o apoio que precisamos, assim como nossas famílias e nossas lindas fãs.
- As suas fãs aceitaram o namoro? - Uma jornalista perguntou.
- O meu e o do Louis elas aceitaram e foram compreensivas - Harry riu - Acho que vão aceitar sim, nossas fãs são maravilhosas…
- Vamos terminar por aqui essa coletiva - O cerimonialista fez acontecer o que eu mais queria - Os meninos vão tirar algumas fotos, fiquem à vontade - Eu e os meninos saímos de trás da mesa e fomos mais pra frente.
- AS MENINAS PODIAM VIR TAMBÉM NÉ? - Uma voz soou abafada.
- VERDADE NÉ? - Louis concordou e correu para buscar as meninas - Venham comigo - Ele puxou pelo braço e voltou saltitando. , , e vieram atrás, bem tímidas.
Primeiro tiramos fotos separados, depois todos juntos e por último cada um com a sua namorada. Novamente, Paul teve que dispersar a multidão para que pudéssemos sair em paz e tranquilidade. Entramos na van e fui à frente com a minha Mom. foi no último banco com a cabeça deitada no colo do Harry e os pés no colo do Zayn; e foram no banco da frente e no banco seguinte foram Louis, e Niall (a estava no meio).
- Vamos pro hotel ou pro loft? - Perguntei.
- A gente podia almoçar no loft né? Só acho - murmurou.
- Desde que a que faça a comida, por mim tanto faz - Niall comentou e deu um selinho nele.
- Sem baitolagem, por favor - Harry tentou imitar a voz da , mas não deu muito certo.
- Harry, sua voz é muito lerda e rouca, nunca vai ser igual a da - falou bem devagar e nós rimos; menos o Hazza.
- Vocês são bem engraçados, nossa! - Ele estava sério
- Awn Hazza, não fique assim, foi só uma brincadeira - apertava as bochechas dele. Harry deu o braço a torcer e logo estava abraçando .
- Então, toca pro loft Daddy - Zayn gritou e assim eu fiz. ligou o rádio e estava tocando Feel So Close, do Calvin Harris.
- I FEEL SO CLOSE TO YOU RIGHT NOW - Pude ouvir cantando, Niall não se aguentava mais de tanto rir.
- IT’S A FORCE FIELD - Louis completou. Em alguns segundos, os dois estavam cantando igual a dois doidos.
- Acho que vou largar a banda e formar uma dupla com a - Louis a abraçou e nós o encaramos - BRINCADEIRA GALERA - Nós rimos.
- Esse Boo Bear é um besta mesmo - bagunçou o cabelo dele.
Chegamos ao loft e descemos da van. Ficou a maior muvuca na porta porque o Zayn não conseguia achar a chave.
- Achei - disse tirando a chave do bolso do DJ e dando um selinho nele. Entramos e e já foram direto pra cozinha fazer o almoço. Nós nos jogamos nos sofás.
- Alguém vem ajudar a gente com a salada? - fez bico.
- Desculpa princesa, mas meu trabalho é comer a sua comida - Niall comentou e nós rimos.
- Eu vou então né? - Louis levantou e puxou Harry - Não quero ficar cheirando a alho sozinho! - Eles riram.
- NADA DISSO STYLES - segurou o pulso do Harry - Elas tem namorado pra isso! Porque você tem que ficar grudado com a 24 horas por dia?
- Ih, vai dar merda - sussurrou em meu ouvido. Niall e Zayn cochichavam e seguravam o riso. Eles deviam estar achando isso tudo bem ridículo, no mínimo. Ciúmes outra vez?
- Você também Louis - repreendeu o Boo Bear - Porque ir ajudar a se ela tem o Niall?

Capítulo 19 - Surprise me!

's POV
Eu e organizávamos o almoço, já havíamos terminado quase tudo, quando pedimos para que alguém nos ajudasse com a salada. Harry e Louis se ofereceram, mas e ficaram furiosas. Não acredito que elas teriam um ataque de ciúmes de novo! Somos melhores amigas, elas não entenderam que amamos o Niall e o Zayn? E que eles são apenas nossos amigos? E pelo fato de sermos amigas, jamais faríamos isso? Se elas tem ciúmes de nós, imagina das directioners? Niall e Zayn cochichavam e seguravam o riso, também achavam aquela atitude ridícula, assim como e Liam. Harry e Louis ficaram com uma cara de: não acredito.
- Ah não, vai começar… - murmurou e elas a encararam.
- Vai começar? Como assim vai começar ? - falou e fechou a cara - Você fica abraçada com o Harry, ficam juntos o tempo todo, você gostaria se eu ficasse o tempo todo abraçada com o Zayn?
- Saberia diferenciar as coisas ... - começou - Saberia diferenciar que Zayn é meu namorado e Harry é o seu. Eu e Hazza somos apenas amigos, não acontece nada demais, não sei por que você e a ficam fazendo tempestade em copo d'água!
- Concordo com a , ! – Eu a observava - Não sei por que vocês ainda continuam com isso, achei que já tínhamos virado a página "ciúmes".
- Ah, você fica abraçada com o Louis, troca carinhos com ele... E o Niall? – rolou os olhos
- O Niall é meu namorado, meu amor; Louis é meu melhor amigo e não vejo problema nenhum em um homem e uma mulher serem melhores amigos. – Fui sincera.
- Ah vocês falam isso com tanta tranquilidade, porque você não fica o tempo todo agarrada com o Zayn? - virou para , furiosa, que andou até ela, pegou em seu rosto e começou:
- , olha pra mim! - Ela falou séria, todos olharam para ela, inclusive . - Eu amo o Zayn. - Olhei para o DJ e vi que ele sorria todo bobo e corado. - Eu AMO o Zayn e nada, nem ninguém vai tirar esse amor de mim. Eu me entreguei pra ele, nós vivemos momentos ótimos juntos, assim como vivemos momentos ótimos juntas, não vamos acabar com isso tudo por causa de um ciúme bobo! - amoleceu e também.
- Eu ia falar isso, mas como a já falou e eu tenho muita preguiça, não vou falar de novo, só troque o nome Zayn pelo nome Niall… - Comentei e todos riram.
- Ah, parem vocês! Não acredito que vão brigar por causa de uma coisa besta dessas... - se levantou do sofá.
- Vamos esclarecer tudo logo? - Sugeri. - Cada um fala de uma vez. Vai Liam, você primeiro! - Falei e ele olhou assustado.
- Não tenho nada a declarar ué... - Rimos - Só acho que é possível existir uma amizade entre homem e mulher e enfim, nada a declarar!
- Faço das minhas palavras as do Liam! - concordou e recebeu uma mordida do mesmo. - Ai! Menino malvado! - Eles riram.
- Bem, eu acho o seguinte... - Zayn se levantou - Isso é uma infantilidade tremenda! Eu namoro a - Zayn a abraçou - Somos felizes juntos, no começo fiquei com ciúmes dela com o Harold sim, confesso, mas depois vi que era apenas uma grande amizade e que era eu quem ela amava. Principalmente depois de uma noite né amor? - Zayn disse e corou muito.
- Para Zayn, sem detalhes. – fez bico e rimos.
- Me deixem falar! - Niall levantou a mão e pulou do sofá. - Confesso que no começo também fiquei com ciúmes do Louis com a , afinal, ela é minha e não gosto de ver nenhum homem perto, mesmo! - Ele deixou bem claro e eu corei.
- Percebi que ficou, achei que ia me matar… - Louis comentou e rimos. e ainda estavam bem nervosas.
- Continuando, quando eu e ficamos brigados, vi que não iria conseguir viver sem ela e que ela me amava muito! A maior prova disso foi quando parou de comer por minha causa... - Deixei uma lágrima escapar sem querer, Niall a secou e beijou meu rosto. - Sei que ela me ama e que jamais faria algo assim comigo. Sei que ela e Louis são apenas bons amigos; confio tanto nele, quanto nela.
- AI MEU DEUS, DEIXA EU TE APERTAR! – Praticamente berrei e abracei Niall, que me abraçou forte.
- Te amo princesa - Ele sussurrou no meu ouvido.
- Quero fazer uma coisa! - Harry falou e subiu na mesa. - , EU TE AMO! - Ele gritou e ela começou a chorar. Ele desceu da mesa.- Eu amo você. A é só minha amiga, você acha que eu ia querer namorar uma baixinha, feia e chata se tenho você?
- EI! - gritou e o chutou, ele recebeu um soquinho de Zayn. Rimos.
- Enfim, só tenho olhos pra você amor. - Eles se beijaram.
- O mesmo pra você; . Não quero que você fique com esse ciúme bobo, eu te amo, eu amo você, eu não vivo sem você. Ficaria com um pouquinho de ciúmes no começo se você ficasse abraçada com Niall, mas depois entenderia, sei que você é minha namorada, só minha. - Eles se beijaram também.
Por via das dúvidas, Zayn e Niall foram nos ajudar na salada e eles continuaram conversando na sala. Bem, tenho certeza que elas ainda não estão totalmente convencidas, as conhecendo como conheço, devem estar nervosas ainda, mas não querem demonstrar.

's POV
Ótimo, começou outra vez essa agarração , Harry, Louis e . O Niall e o Zayn são tapados demais e ainda ficam com essa historinha 'ai, amizade entre homem e mulher existe sim'… PRA MIM NÃO EXISTE, ALGUM PROBLEMA? Ok , respira, inspira, pense que o Harry te ama, focaliza nesse pensamento. Depois que o meu Curly Boy subiu na mesa e me jurou amor, eu não duvidei! Porém, ainda estou com o pé atrás. Mas eu também não posso ficar encrencando com as meninas o tempo todo, nós moramos juntas, somos amigas, temos que ser unidas... Sei lá né? Enfim, preciso conversar SO-ZI-NHA com a sobre isso, percebi que ela também está (lê-se muito) incomodada com essa situação. Niall e Zayn foram ajudar as duas com a salada e nós ficamos conversando na sala. Louis e sentaram no chão, deitou no colo do Liam num sofá e eu fiquei abraçadinha com o Harry no outro sofá. Claro que nosso momento família tinha que ser interrompido, mas foi por uma boa causa: o almoço! Eu estava morrendo de fome. Sentamo-nos a mesa e ficamos bem apertadinhos pra poder caber todo mundo.
- Como a gente teve que se virar, relevem o cardápio ok? - riu - Nós fizemos arroz e frango a parmegiana…
- E TEM SALADA TAMBÉM - Niall a interrompeu mostrando a travessa da salada que ele e Zayn haviam temperado.
- Bom apetite - falou e todo mundo se serviu.
- MEU DEUS - Louis berrou nos assustando - Vocês fazem algum tipo de magia negra, porque isso tá muito bom!
- Isso porque era pra gente 'relevar o cardápio' - Harry tentou imitar .
- Hazza, o que eu te disse? Sua voz nunca mudará - deu um tapinha nas costas dele.
- Tadinho, deixe-o ser feliz - comentou e nós rimos.

Terminamos de comer e como no loft não tem máquina de lavar louça, sobrou pra quem? Pra e pra , claro. Só que dessa vez, secou e guardou. , Harry, Liam, Niall, Louis, Zayn e eu ficamos jogados nos sofás e no chão esperando a hora passar. Depois de alguns minutos elas terminaram e se juntaram a nós.
- Quem lava a louça nessa casa? - perguntou.
- Vêm umas mulheres aqui de vez em quando, mas geralmente nós exploramos o Liam - Louis deu de ombros.
- É que se eu não lavar, o copo fica mofando na pia - Ele respondeu sério.
- Põe aí na próxima lista de compras: máquina de lavar louça! Porque eu me recuso a lavar de novo! - mandou.
- Tá bom princesa, eu compro ok? - Niall deu um beijo na bochecha dela.
- Galera, sem baitol… - Louis fez uma voz fina, mas o interrompeu:
- TÁ BOM LOUIS, SEM BAITOLAGEM - Nós rimos.
- Então seus lindos - puxou assunto - O que vamos fazer hoje?
- Verdade né? Temos que aproveitar esse final de semana porque segunda já começa o curso - nos lembrou.
- Se eu estou ansiosa? Imagina - mordeu o lábio inferior.
- Vocês vão se sair bem, eu sei disso - Liam beijou a testa de .
- Eu sei que vamos - Dei uma de convencida e todo mundo riu - Mas ainda quero saber o que vamos fazer hoje…
- Sei lá, tô sem ideias - Harry e suas frases prestativas.
- Eu sei que to com preguiça. - bocejou.
- Então temos que ficar e casa e fazer um programa diferente… - Zayn estava todo pensativo - JÁ SEI O QUE VAMOS FAZER - Ele concluiu vitorioso.
- O QUE? - e sua animação.
- É surpresa - "Vou ficar o tempo todo querendo saber o que é", pensei.
- Que menino mau - deu um soco no braço dele
- Mas eu vou precisar da ajuda dos meninos… - Eles se olharam e fizeram uma cara misteriosa - Vocês vão esperar no quarto do Louis.
- ESTOU SENDO DISPENSADA POR ZAYN MALIK - fez bico.
- É só enquanto a gente faz a surpresa - Ele riu - Aí vocês ficam no quarto do Lou fazendo coisas de mulheres.
- Porque no quarto do Louis? - Perguntei desconfiada.
- Porque a janela dele não é virada para o jardim, dã - Ele respondeu como se fosse óbvio.
- Ok né, não discutiremos com o Malik, vamos meninas - deu um selinho em Niall e subiu as escadas, nós fomos atrás dela.
- SÓ NÃO DEMOREM OK? - berrou do alto da escada.
Entramos no quarto do Louis; e se jogaram na cama, sentou num banquinho, sentou numa poltrona e o que sobrou pra mim? O chão. Ficamos conversando sobre como seria o curso: as pessoas, os alunos, os professores… Só espero que eles não demorem porque estou curiosa.

Zayn's POV
Depois do almoço ficamos na sala jogando conversa fora e bateu aquela vontade de cochilar a tarde toda. Eu pensei seriamente nessa opção: ficar a tarde toda abraçadinho com a minha namorada dormindo. Só que segunda começa o curso das meninas e nossa rotina volta ao normal, aí temos que aproveitar. Assim como eu, todos estavam com preguiça de sair de casa, então tínhamos que fazer algo ali mesmo. Pensei e tive uma grande ideia: um luau. Mas tinha que ser surpresa pras meninas, então as mandamos pro quarto do Louis, que não é virado para o jardim, nos sentamos no sofá e eu falei da minha ideia.
- O que tem em mente DJ? - Liam me encarava.
- Achei legal a gente fazer um luau, daqueles clássicos sabe? Com fogueira, marshmallows, voz, violão e tudo mais… A gente nunca fez um 'show' só pra elas e acho que elas nunca participaram de um luau… - Sugeri.
- NOOOOOOOOOOSSA, ESSE ZAYN É UM GÊNIO - Louis apertou minhas bochechas.
- Eu sei - Disse todo convencido - Agora vamos começar a arrumar tudo.
- É deselegante deixar damas esperando - Harry nos lembrou.
- Divisão de tarefas, por favor! - Liam riu - Pra não ficarmos feito cinco idiotas atrapalhados.
- Tá - Niall concordou - Eu e Zayn cuidamos da comida e da fogueira, Louis providencia algo pra gente sentar porque sentar na grama pinica - Ele riu - Liam e Harry cuidam do violão e do repertório…
- Niall e Zayn pensando? Esse mundo vai acabar… - Louis brincou.
- Para de ser besta e começa a arrumar as coisas - Liam apressou o Boo Bear.
Niall e eu fomos para a cozinha fazer os petiscos. Fizemos uns sanduíches, uma bandeja de cupcakes, uma tigela de queijo nacho e pegamos os marshmallows. Depois, fomos até o jardim e escolhemos o lugar para a fogueira. Deixamos as comidas num cantinho e fomos procurar lenha. Por sorte tínhamos um pouco num quartinho. Jogamos a lenha no lugar escolhido, Niall buscou um pouco de álcool e em alguns minutos a fogueira crepitava.
- Que saudade de fogueiras no jardim - Niall esfregou as mãos.
- Essas meninas animaram nossas vidas né? - Confessei.
- Também acho! - Louis surgiu do nada nos fazendo rir - Ah, achei onde vamos sentar - Ele nos mostrou uma pilha de almofadas - Agora me ajudem a colocar em volta da fogueira.

Colocamos as almofadas em volta da fogueira e finalmente vi o luau se formando. Distribuímos as comidas deixando um pouco de cada coisa a cada duas almofadas. Claro que deixamos um pouco mais onde o casal buraco negro sentaria. Logo, Liam e Harry chegaram com dois violões e deixaram num canto, perto de onde o Niall ficaria. Também trouxeram um chocalho e um triângulo.
- VÉI, PRA QUE UM TRIÂNGULO? - Louis estava indignado.
- Não sei, mas ouvi dizer que música brasileira usa bastante triângulo e se elas quiserem cantar música do país delas? - Liam perguntou - Não podemos ser egoístas!
- Esse Daddy pensando em tudo outra vez - Comentei.
- Bom; comida ok, fogueira ok, música ok - Harry conferiu tudo - Acho que está pronto!
- Somos muito ágeis, merecemos um prêmio - Niall suspirou.
- Acho melhor trazermos elas só no finalzinho da tarde, porque luau com a luz do sol é fail - Liam riu - Aí umas 18:00 nós viemos pra cá!
- E enquanto isso? - Harry indagou.
- Jogamos um jogo de tabuleiro, sei lá! - Louis deu de ombros - Não podemos deixá-las esperando por muito tempo… 
- Ok, como falta uma hora pra dar 18:00, a gente jogar alguma coisa na sala e depois trazemos as meninas pra cá! Vamos - Puxei os meninos para o quarto do Louis.

Abrimos um pouquinho da porta e ficamos observando um pouco as meninas. Elas estavam todas em cima da cama do Louis: deitada em , deitada em com as pernas em cima da e com a cabeça no ombro da .
- Como vai ser daqui pra frente? - perguntou.
- Curso, curso, curso - respondeu - E ah, arrumar um trabalho e uma casa porque né? A MTV só vai pagar o hotel até o final do ano, ou seja, está próximo!
- A gente se vira e pronto - riu - Tô com fome, cadê esses meninos?
- Estamos aqui - Niall falou - A surpresa tá pronta, vamos descer?
- Aleluia Senhor! - resmungou - Vamos! Tô curiosa.
- E eu to com fome e to ficando de mau humor - murmurou e Niall a abraçou.
Segurei as mãos da minha menina e descemos. Elas já iam abrindo a porta, mas Louis não permitiu.
- Nem pensar, a surpresa só mais tarde! Por enquanto vamos jogar algo.
- Até as janelas vocês fecharam, poxa! - disse decepcionada.
- Só mais uma hora, relaxem - Eu ri.
- Você diz isso porque sabe o que tem lá fora - fez bico.
- Tá, tá, tá, vamos jogar o que? - estava impaciente
- Eu quero jogar War, pode ser? - sugeriu.
- PODE SER, VAMOS ACABAR COM AS BITCHES COMO NOS VELHOS TEMPOS - e fizeram um hi-five e uma pose. Nos as olhamos confusos.
- É que elas sempre ganham nesse jogo - suspirou.
- Vamos ver quem ganha do Hazza e do Boo Bear aqui - Louis fez um olhar desafiador.

Como o jogo era pra no máximo seis jogadores, eu, Niall, e Liam ficamos de juízes, para ver se ninguém ia roubar (o que era costume do Harry). O jogo foi seguindo e e foram conquistando mais e mais territórios, já nem queria mais jogar. Uma hora e alguns minutos se passaram, até que as duas gritaram juntas:
- COMPLETEI MEU DESAFIO - Elas se encararam e começaram a rir.
- Eu disse, elas sempre ganham - confirmou sua fala.
- EI, - Harry berrou do nada - Já são 18:30, vamos ver a surpresa?
- VAMOOOOOOOS - Elas responderam uníssonas.
- Fechem os olhos, por favor - Niall colocou as mãos na frente dos olhos da e nós fizemos o mesmo, cada um com a sua namorada.
- Zayn Malik, se eu cair eu te mato! - riu.
- Confia em mim, nunca te deixaria cair! - Rebati.
- PUTA QUE PARIU, ATÉ DE OLHOS FECHADOS VOCÊS SÃO BAITOLAS, DEUS QUE ME PERDOE - falou alto e nós rimos - Agora vamos porque tô com fome; espero que tenha comida nessa joça que vocês fizeram!
Com um pouco de dificuldade saímos de casa. Um por vez, em fila indiana. Paramos na frente da fogueira. estava com as mãos estendidas procurando algo.
- Chegamos? - quebrou o silêncio - Isso tá quentinho! - Ela riu.
- SURPRESAAA - Louis gritou e nós tiramos as mãos dos olhos delas.
- Meu. Deus. Dó. Céu - disse pausadamente.
- Eu não acredito nisso - estava boquiaberta.
- ISSO AQUI É O QUE EU ESTOU PENSANDO? - perguntou.
- OLHA PRA ISSO TUDO… - já tinha sentado numa almofada.
- MANO, É UM LUAU - saltitava em volta da fogueira - E TEM COMIDA - Ela mordeu um sanduíche.
- Eu nunca fui a um luau - confessou - Que perfeito! - Ela me beijou.
Depois que as meninas se acalmaram, nos sentamos em volta da fogueira e Niall e já começaram a comer. Pelo visto, a ideia deu certo. Espero que essa noite seja inesquecível!

Capítulo 20 - It’s getting better, keeps getting better all the time.

's POV
Esses meninos são perfeitos mesmo! Fizeram um luau, um luau! Eu e as meninas sempre quisemos fazer um, mas ficávamos enrolando. Agora finalmente tivemos mais um sonho realizado. Niall e já começaram a comer e rimos da cena.
- Gostou linda? - Louis perguntou ao pé do meu ouvido me fazendo arrepiar.
- Claro amor, eu amei! Tá tudo muito lindo, você é um anjo sabia? - Dei um selinho nele.
- Sabia! - Ele disse todo convencido e ganhou um tapinha - Ai!
- Isso aqui ta perfeito, gente! - falou e rimos. ia falar algo mais a interrompeu.
- Mastiga primeiro... - parou e começou a mastigar - Isso, mastiga, mastiga, mastiga, agora pode falar! - Os meninos gargalhavam e a gente também.
- Então… - Ela começou - EU AMO VOCÊS! - Berrou e rimos.
- Também te amamos , se segura ai… - comentou e mais risos quebraram o silêncio. Comemos os petiscos que os meninos haviam preparado enquanto conversávamos e ríamos bastante.
- E ai galera, vamos cantar? - Liam sugeriu e os meninos concordaram. Niall pegou o violão e começou a tocar More Than This.
- Ok,eles querem nos matar! - murmurou e rimos baixinho. Depois eles tocaram They Don't Know About Us.

"[…] Cause this love is only getting stronger
So I don't wanna wait, any longer
I just wanna tell the world that you're mine, girl
They don't know about the things we do
They don't know about the "I love you's"
But I bet you if they only knew
They will just be jealous of us
They don't know about the up all nights […]"

Eles terminaram de cantar e nós aplaudimos, gritamos e assoviamos.
- Que lindos vocês, anw... - apertou as bochechas de Zayn.
Eles querem nos fazer chorar, não é possível.Os meninos voltaram a cantar, tocando Over Again, Moments e Summer Love. Quando acabaram, eu e as meninas chorávamos, várias coisas devem ter passado pela cabeça delas, assim como passaram pela minha. Os meninos nos abraçaram e disseram que se não parássemos de chorar eles não continuariam a cantar.
- PAREI, PAREI... - Gritei secando as lágrimas e todos riram.
- Bem, vamos animar um pouco né? Senão daqui a pouco a fogueira apaga de tanto choro… - Zayn comentou e recebeu um tapinha de .
- Vamos de Noboby Compares então né? - Harry sugeriu. Os meninos concordaram e demos gritinhos.
"Cause no one ever looked so good in a dress"
Harry cantou essa frase olhando diretamente nos olhos de e terminou a música com um "Nobody Compares to you" incrível. Depois eles cantaram Stereo Hearts, começou a pirar porque era uma música do Maroon 5 e porque estava na voz de Niall.
 - MY HEART STEREO, IT BEATS FOR YOU SO LISTEN CLOSE! - As duas cantavam, ou melhor, berravam. A música acabou e elas ficaram coradas.
- , Zaz, posso apertar o Niall? - perguntou manhosa e eles deixaram, observando a cena. levantou, apertou as bochechas do menino, o fazendo corar e rir muito. Voltou a se sentar ao lado de Zayn. - Ai gente, essa coisa fofa cantando Maroon 5, não resisti… - Comentou e rimos.
- Se fosse o Zayn o papo seria outro né ? - Harry falou com um sorriso malicioso.
- Controle-se Haroldo! - Ela rebateu e rimos - Mas bem, digamos que sim... - Zayn a beijou. Comemos e bebemos mais um pouco.
- Que tal cantarmos umas músicas brasileiras? - Sugeri e as meninas toparam na hora.
- AÍ EU VI VANTAGEM - gritou assustando Niall - Desculpa amor - Eles riram.
- Tá, mas qual? - perguntou afinando um violão. Os meninos ficaram surpresos.
- Acho digno Apenas Mais Uma de Amor, do Lulu! É tipo, perfeita! - sugeriu e nós aceitamos.
- Estou ansioso para a performance de vocês - Louis e sua animação. Aquele luau estava perfeito!

's POV
O luau estava mágico! Nós nunca tínhamos ido a um luau, a ideia foi perfeita. Curtimos e choramos quando os meninos cantaram More Than This e Over Again, impossível não chorar né? Depois pediu que cantássemos músicas brasileiras e nós concordamos. Até que nós não cantávamos tão mal assim; de vez em quando, nós praticávamos um pouco. tocava violão, e eu fazíamos as vozes 'base' e e só não eram cantoras profissionais porque amavam mais ser jornalistas. puxou Apenas Mais Uma de Amor, do Lulu Santos:
- Eu gosto tanto de você que até prefiro esconder, deixo assim ficar subtendido - começou.
- Como uma ideia que existe na cabeça e não tem a menor obrigação de acontecer - continuou e logo elas cantavam juntas - Eu acho tão bonito isso, de ser abstrato baby, a beleza é mesmo tão fugaz.
- É uma idéia que existe na cabeça e não tem a menor pretensão de acontecer - Nós cinco cantamos juntas. A música terminou e os meninos aplaudiram, Louis até assoviava.
- Vocês são ótimas! - Liam me deu um beijo na testa.
- Já podemos nos aposentar dudes, vem aí à versão feminina da One Direction - Harry riu.
- Qual vai ser a próxima? - Zayn perguntou.
- Vamos animar isso aqui, por favor! - resmungou.
- Então vamos tocar um pagodão da laje! - sugeriu e os meninos nos olharam confusos - Pode ser A Batucada Te Pegou?
- NOSSA, DESENTERROU HEIN? - comentou e nós rimos - Mas pode ser vai!
pegou o triângulo, dedilhava o violão tentando improvisar um cavaquinho e eu, e levantamos para dançar. Logo estavam todos de pé em volta da fogueira. e tocando, nós cantando e tentando ensinar os meninos a sambar.
- A BATUCADA, A BATUCADA TE PEGOU MEU AMOR, FIRMA NA PALMA DA MÃO, POR FAVOR, CANTA COM O CORAÇÃO, PRA ALEGRAR, O SAMBA NÃO PODE PARAR - Nós cantávamos juntas. Essa música me lembrou do Brasil e do quanto eu estava com saudade de lá, saudade da minha família… A música acabou e nós estávamos ofegantes.
- Tá ficando tarde - Liam nos lembrou.
- Só mais uma pra terminar e ficamos aqui conversando ok? - Niall estava empolgado vendo cantar.
- Vamos de… Hum… - pensou - HÁ, JÁ SEI UMA! - Ela largou o violão, fez com que nós fizéssemos uma fila e começou - GATINHA ASSANHADA, CÊ TÁ QUERENDO O QUE?
- EU QUERO MEXER, EU QUERO MEXER - Nós continuamos rebolando.
- DJ AUMENTA O SOM E BOTA PRA FRITAR - Nós cantamos e dançamos como se fosse a última música das nossas vidas. Não nos contentamos só em cantar, colocou a música no iPhone e logo estávamos 'mexendo' ao som de Gusttavo Lima. Os meninos tentaram dançar, era bem engraçado ver o rebolado deles.
- Precisam de muitos carnavais pra rebolarem direitinho, mas o Louis tá no caminho certo - apertou as bochechas do Louis.

Terminamos as músicas e tivemos que explicar pro Niall o que é carnaval. Ficamos conversando mais alguns longos minutos. e Louis contaram suas piadas, Niall e falaram de gastronomia, Zayn a acariciaram o cabelo um do outro, Harry e já dormiam encostados um no outro.
- Vamos deitar amor? A fogueira já tá apagada - Liam me cutucou
- Isso significa?
- Isso significa que é hora de dormir - Zayn completou - Vamos também pequena! - Ele ajudou a levantar - Boa noite dudes, até amanhã! - Eles saíram acenando.
- Também vou levar minha Baby Bear, ela tá dormindo já - Louis encarava a dormindo no colo dele. Ele levantou, pegou ela no colo, tomando cuidado para que ela não acordasse. Todo fofo - Boa noite gente! - Ele cochichou e entrou no loft.
- Amor exalando nesse fim de luau, poxa vida - riu.
- O que vamos fazer com o Hazza e com a ? - Niall observava os dois.
- Deixa os dois aí ué, estão parecendo tão felizes assim - deu de ombros - Só vou pegar um cobertor, peraí - Ela correu para dentro da casa e em alguns minutos voltou com um edredom de casal e colocou em cima da e do Harry - Pronto!
- Essa minha princesa é uma linda né? - Niall beijou .
- Mas a princesa tá com sono - Ela riu - Vamos dormir também potato.
- Vamos - Eles deram as mãos - Boa noite papais, até amanhã! Vê se não fiquem muito aí e vão descansar - Niall riu - Boa noite! - O casal buraco negro também entrou em casa.
- Novamente, eu e você sobramos! - Liam colocou uma mexa do meu cabelo atrás da orelha.
- O bom de sempre sobrar é que nós ficamos sozinhos…
- Ou quase sozinhos - Ele apontou para Harry e dormindo.
Nos olhamos e subimos para o quarto dele. Lá, ele colocou um pijama e me emprestou uma camiseta dele.
- Sabe o que isso me lembra? - Assenti para que ele continuasse - O dia da festa que demos aqui no loft, você estava linda!
- Quando você me emprestou aquela camiseta dos Raptors que deixava as minhas pernas de fora - Eu ri.
- Isso também, mas me lembra que eu te amava desde aquele dia - Liam me puxou para mais perto e nos beijamos. Foi um beijo calmo e suave, que logo foi ficando mais quente e perigoso. Sentei na bancada e Liam ficou no meio das minhas pernas. Podia "senti-lo louco". Tirei sua camisa e comecei a arranhar suas costas, provocando suspiros pesados nele. Quando eu vi já estava apenas de calcinha e ele de cueca, me beijando. Nos separei calmamente e o joguei na cama. Ele olhou para mim e sorriu malicioso. Deitei em cima dele e continuamos a nos beijar. Na nossa primeira vez, Liam havia sido calmo, atencioso, carinhoso. Agora, ele estava feroz, indomável. Logo estávamos deitados abraçados e ofegantes.
- Você me deixa louco sabia? - Ele falou e eu ri.
- E eu te amo sabia? - Demos um beijo calmo e apaixonado. Ficamos um tempo parados, em silêncio, curtindo o momento. Dei um selinho em Liam e adormeci.

Niall's POV
Aquele luau foi maravilhoso. As músicas brasileiras eram tão legais, divertidas, alegres e as meninas dançando era melhor ainda. Já era tarde quando e eu decidimos subir. Nem nos preocupamos com horário nem nada, afinal o dia seguinte, ou hoje, era domingo. Subimos as escadas lentamente.
- Ai potato, tô cansada… - reclamou parando no meio da escada.
- Quer que eu te carregue? – Perguntei.
- Não! Sou muito pesada, você não vai me aguentar e... - Não deixei ela terminar de falar e a peguei no colo em questão de segundos. Saí correndo com ela pelo corredor, gritava.
- Shhh, vamos "acordar" alguém! - Enfatizei o acordar e ela começou a segurar as risadas e os gritos. Chegamos no quarto e eu a joguei na cama. Ficamos gargalhando por um tempo. Até que ela deitou de lado e ficou me observando.
- Niall, sabia que você tem os olhos mais lindos do mundo? - Fiquei feliz quando ela disse isso, devo ter corado, porque ela começou a rir.
- Linda. - Dei um selinho nela - E sabia que você é a princesa mais linda de todas? 
- É claro que eu sabia! - Ela pulou da cama, ficando em pé e colocando as mãos na cintura. - Você acha que eu não iria saber uma coisa importante dessas? Poupe-me Nialler... - Ela não conseguia ficar séria por muito tempo, então começou a rir. - Vamos dormir, senão não conseguimos levantar mais tarde!
- Pera aí... – Entreguei-lhe uma camiseta minha.
- Não é nada bobo esse meu namorado! - Falou e rimos. Ela entrou no banheiro e trocou de roupa, colocando a camiseta que deixava aquelas belas pernas de fora. Eu sorri malicioso e ela me mostrou a língua. - Vai colocar seu pijama! - Ela deitou na cama e se cobriu até a cabeça. Entrei no banheiro, coloquei meu pijama, escovei os dentes e voltei para o quarto. As luzes estavam apagadas, não conseguia enxergar nada.

- ? - Chamei e ela não respondeu. Fui tateando as coisas até encontrar a cama. Sabia que ela estava por perto, pois às vezes soltava algumas risadinhas. - , vou te pegar, cadê você? - Passei as mãos pela cama e vi que ela não estava lá. Senti duas mãos envolverem minha cintura e me abraçarem por trás. Logo lábios macios encostaram no meu pescoço.
- Tô aqui! - murmurou e a única coisa que eu consegui fazer foi sorrir. Ela me virou e começamos a nos beijar, um beijo calmo, com paixão.
- Achei que tinha fugido de mim... – Fiz bico.
- Nunca príncipe! Nunca irei fugir de você… Sabe que eu te amo! - Dei um selinho nela, que acertou o nariz da minha princesa. Ah dá um desconto, estava tudo escuro!
- Que pontaria em Nialler? - Ela falou e eu ri. Ficamos abraçados. - AI VAMOS PARAR COM ISSO, ESTAMOS PARECENDO OS BAITOLAS DA E DO ZAYN - Rimos - Vem, vamos dormir! - Ela me puxou para cama e dormimos abraçados.
Acordei primeiro que no dia seguinte. Fiquei observando ela toda linda e fofa dormindo.
- Bom dia princesa do Nialler... - Cochichei em seus ouvidos distribuindo beijos pelo seu rosto.
- Hm, bela forma de se acordar! - Ela murmurou. - Que horas são Potato? - Olhei no relógio.
- São 12h00!
- O quê? Meio dia? Vamos Niall, estou com fome! - Rimos e descemos as escadas correndo em direção a cozinha. Só Liam e estavam lá em baixo, assistindo televisão, jogados no sofá.
- BOM DIA SEUS LINDOS - gritou do pé da escada.
- Bom dia - estava com uma aparência boa, boa demais.
- Bom dia casal - Liam sorriu - Que bom que acordaram, tô com fome!
- Interesseiros? Magina! - rolou os olhos - Vou fazer o café da manhã ok? - Ela foi para a cozinha e eu ia me juntar ao Liam e a , mas ela me puxou - Vai ficar de vela potato? Não pode! - cochichou em meu ouvido e nós rimos.
- O que você vai fazer hoje amor? - Perguntei vendo que ela vasculhava os armários.
- Vou fazer um bolo rápido, - Ela pegou os ingredientes e colocou na mesa - Mas vai ter pão e cereal também, com leite e suco pra acompanhar - Concluiu sorrindo.
- Hm, já ta me dando fome isso hein? - Nós rimos. ralou a cenoura e bateu no liquidificador com os outros ingredientes. Logo a massa do bolo já estava na forma que ela colocou no forno. 
- Agora me ajuda com isso aqui - me passou os copos e os pratos e eu arrumei a mesa. O bolo ficou pronto em meia hora e Liam e sentaram a mesa conosco.
- Pode comer? - Daddy encarava o bolo de cenoura.
- Não - o repreendeu - Temos que esperar todo mundo!
- Mas pode experimentar - Eu passei o dedo na cobertura e lambi.
- Niall - Foi a vez de me repreender - Só não vou brigar com você porque você foi um potato prestativo!
- Ta aí uma pessoa que vai ser prestativa sempre - A voz do Harry surgiu do nada; ele e estavam na porta com a roupa de ontem e o edredom.
- Da próxima vez, podem nos acordar ok gatinhos? - riu - Pra dormir no sofá ou sei lá!
- BOM DIA FAMÍLIA - Louis desceu as escadas correndo e nos cumprimentou. Foi seguido por , e Zayn.
- BOM DIAAAA - também estava toda animada. Zayn e estavam no mau humor matinal diário.
- Agora pode comer? - Liam perguntou.
- Come logo amor, vai logo - cortou um pedaço do bolo e colocou no prato dele.
- ESSE BOLO É DE CENOURAAAA - Louis pegou um mega pedaço e deu um beijo na bochecha da .
Esse clima descontraído predominou o café da manhã inteiro, terminamos de comer e quase jogou toda a louça na pia dizendo que se negava lavar aquilo tudo. Nos sentamos nos sofás (quase todo mundo, e Louis tinham a mania de sentar no chão) e jogamos conversa fora.

Harry's POV
O luau foi ótimo, as meninas cantam super bem e me surpreendeu outra vez tocando violão. Acabamos pegando no sono. Acordei com um vento jogando os cabelos de no meu rosto. Notei que estávamos cobertos com um edredom. A fogueira estava apagada e dormia com a cabeça numa almofada. Minhas costas doíam.
- Aí - Resmunguei quando tentei me espreguiçar.
- Harry? - bocejou.
- Bom dia meu amor! - Aproximei nossos rostos e a beijei.
- Bom dia meu Curly Boy! - Ela fazia mais cachos em meu cabelo.
- Nos deixaram passar a noite aqui - Fiz bico.
- Mas pelo menos se lembraram do edredom - Ela riu - Amor, tô com fome! Vamos entrar. - Ela me puxou e ouvimos dizer que não brigaria com Niall porque 'ele foi um potato prestativo'. Depois ela diz que a que é a baitola…
- Ta aí uma pessoa que vai ser prestativa sempre - Abri a porta e eles me encararam.
Logo, nós dez estávamos desfrutando de um delicioso café da manhã, rindo feito idiotas. Acho que Louis vai ficar laranja de tanto bolo que comeu. Não, não sobrou nem uma migalha pra contar história. O mau humor da e do Zayn melhorava lentamente, mas melhorava. Quando terminamos de tomar o café, colocou a louça na pia e fomos pra sala conversar.
- Tô cheio - Louis resmungou deitando no colo da .
- Também né? Quase comeu mais que o Niall hoje - riu e ele mostrou a língua.
- Eaí, o que vamos fazer hoje? - mexia no cabelo do Zayn.
- Não quero ir muito longe… E antes das 20h00 temos que estar em casa, porque amanhã começa o curso e tal - suspirou.
- E temos Photoshop bem cedo - Liam, o calendário ambulante.
- Então vamos onde mesmo? - Zayn estava de olhos fechados.
- Eu quero um programa gastronômico, tô com uma fome monstra hoje - estava abraçada com Nialler.
- E quando você não esta com fome monstra? - rolou os olhos.
- Sempre tô - A morena riu - Mas hoje tá maior - Ela fez uma careta.
- Então podemos fazer um piquenique no Green Park! - Niall sugeriu - É perto e gastronômico, útil e agradável! - Ele recebeu um beijo de .
- Então vamos logo, porque ainda temos que passar no hotel pra gente trocar de roupa, porque né? - nos apressou - Vão tomando banho enquanto a gente ajeita aqui, passamos no hotel e depois partimos pro Green Park.
- E aproveitamos pra arrumar umas coisinhas pra comer - e já estavam na cozinha.
Obedecendo as ordens da Mom, nós fomos nos arrumar. Entrei no meu quarto e tomei um banho rápido. Escolhi uma roupa simples e em vinte minutos eu desci. estava sentada no sofá com uma cesta ao lado.
- Onde tá o povo amor? - Sentei ao lado dela.
- Os meninos não desceram e as meninas foram colocar uma roupa decente pra irmos pro hotel, porque né? - Ela fez uma careta e nós rimos.
- Amor? - Ela me encarou - Você tá linda! - Falei me aproximando. Ela se deitou no sofá e nos beijamos.
- ÉR - Louis berrou da escada - Estamos interrompendo?
- Não - se levantou.
- Amor, seu cabelo tá bagunçado - Arrumei o cabelo dela e nós rimos.

Todos desceram. pegou a cesta e fomos para a van. Dessa vez, eu fui dirigindo, porque falaram que eu nunca dirigia. Chegamos no hotel e subimos pro apartamento das meninas, elas se apressaram e subiram para tomar banho e se arrumar. Nos sentamos nos sofás.
- Tô esgotado - Zayn reclamou.
- Isso porque mal começou a semana - Liam suspirou.
- O que temos essa semana? - Niall mastigava uma bala.
- Muitas entrevistas e alguns ensaios fotográficos - Louis respondeu e nós o encaramos surpresos - Que foi? Eu dei uma olhada no calendário!
- Milagres acontecem minha gente! - Falei e nós rimos.
Ficamos conversando mais algum tempinho e as meninas chegaram. Nem preciso dizer que elas estavam lindas! colocou o celular na bolsa e nós descemos para a van. Me empurraram pro volante outra vez. Louis e foram causando e fazendo todos rirem das piadinhas sem nenhuma graça. Chegamos ao Green Park e descemos da van.
- Que o parque não esteja cheio, amém - comentou.
- Que fãs psicóticas não estejam aí, amém - falou.
- Que só as directioners fofas e lindas estejam aí, amém - completou.
- Que vocês calem a boca pra gente entrar e comer logo, amém - encerrou aquilo tudo e nós rimos.
Entramos no parque e algumas pessoas nos pararam para pedir fotos e autógrafos. Incrível como que em todo lugar tem pelo menos uma directioner… Enfim! Zayn nos mostrou um bom lugar e lá estendemos a toalha.

's POV
Depois do (maravilhoso) luau, nós fomos dormir. Eu estava muito cansada, não sei do que né? Acordei tarde e desci pra tomar café. Eu e o Zayn estávamos de mau humor, muito mau humor. Meu humor vai melhorando conforme o dia vai passando, entende? Decidimos ir para o Green Park fazer um piquenique, passamos no hotel e chegamos lá bem alegres. Eu só espero que nenhuma fã doida esteja aqui, não que eu não goste das fãs, eu as amo, mas hoje estou sem paciência. Zayn e eu fomos na frente e ele nos guiou até o lugar do piquenique, lá estendemos a toalha xadrez vermelha com riscas brancas.
- Eu estou me sentindo num filme americano, sério mesmo! - se sentou em cima da toalha.
- Que bom, porque no filme o que fica na toalha é a comida… VAI TIRANDO O POPÔ DAÍ; VAI LOGO - empurrou e elas riram.
- Mas galera, vamos comer agora? - estava com a cabeça deitada no colo do Liam, embaixo de uma árvore - Acabamos de comer.
- Acho melhor não, tô sem fome - Mostrei a língua - Vamos guardar a toalha, conversar um pouco, sei lá! E mais tarde a gente come!
- Ok! - Harry e Louis dobraram a toalha.
- NOOOOOOSSA, CONSIDERAÇÃO LÁ EM CIMA AGORA NÉ? - berrou - Ninguém pergunta se eu tô com fome - Ela fez bico.
- Não perguntamos por que já sabemos a resposta - Zayn riu.
- Mas podemos assaltar a cesta amor - Niall pegou um cupcake da cesta e entregou pra que deu um selinho nele.
- Vai, agora vamos nos sentar e fofocar - Louis já tinha se juntado aos papais em baixo da árvore. sentou ao lado dele.
sentou e Harry quase se jogou em cima dela, provocando muitas risadas. Zayn sentou encostado no tronco da árvore e eu encostei minha cabeça em seu ombro, também quase deitou em cima do Niall.
- HARRY, PRECISO RESPIRAR - finalmente tinha se livrado do Hazza.
- Isso tudo é amor, poxa - Ele fez bico.
- AWN MEU CURLY BOY - Ela apertou as bochechas dele e o beijou.
- Por favor, façam isso na intimidade - Louis rolou os olhos.
- Temos alguém com ciúme lala - Liam cantarolou.
- Não tô não - Louis fez bico e foi à vez de rolar os olhos.
- Esses meninos não prestam - Zayn cochichou em meu ouvido.
- E você presta Malik?
- Não sei - Ele riu.

Conversamos sobre o Brasil e nossas famílias. Pela primeira vez eles perguntaram dos nossos pais e tudo mais e aí eu me lembrei que não tínhamos falado a respeito do namoro pra eles ainda. Como fomos idiotas! Fiz um bilhetinho mental me lembrando de conversar com as meninas hoje mesmo. Os meninos perguntaram como nós nos conhecemos e tivemos que praticamente contar nossas histórias de vida. Claro que nos lembramos de muitas coisas engraçadas, muitas piadinhas internas. Nós chorávamos de rir e eles nos olhavam confusos, principalmente quando a piada era em português. Só Louis ria, mas ele não conta, porque esse aí ri só de alguém falar "repolho".
- Já passou muito tempo, podemos comer? - fez bico.
- VAMOS COMER ANTES QUE ESSA MENINA TENHA UM TRECO AQUI - Louis se levantou e pegou a toalha na cesta.
Harry o ajudou a estender e nós colocamos as comidas. Tinha sanduíches, bolos, cupcakes, bolachinhas, salgadinhos, sucos, refrigerantes… O suficiente para alimentar dez pessoas e sobrar. Bom, não sei se vai sobrar, porque do jeito que a e o Niall estão, capaz que eles comam a cesta de piquenique.
- Isso tá bom - Niall falou de boca cheia.
- Só tô comendo de olho gordo, porque não tô com tanta fome - resmungou.
- Então não come ué! – Retruquei.
- Sobra mais pra gente - riu e pegou cinco bolachas e enfiou na boca.
Terminamos de comer e estávamos 'estufados'. Não sobrou quase nada daquela comida toda. Deitamos em baixo da mesma árvore e ficamos conversando mais um pouco, pra fazer digestão e tudo mais.
- VAMOS ANIMAR - Louis levantou do nada, todo saltitante.
- Verdade - Harry se levantou também - Vocês estão com cara de tapados.
- Igual a sua né Styles? - mostrou e língua pra ele nós rimos.
- VAMOS GALERA, VAMOS - Louis puxou e Niall, mas quando foi ajudar a se levantar, ela não quis. Harry puxou Zayn e eu; e também alegou estar cansada. Até e Liam entraram na vibe e se levantaram também
- O que vamos fazer? - já tinha entrado no clima.
- JÁ SEI - Berrei - TÁ COM VOCÊ - Dei um tapinha nas costas dela e logo nós oito estávamos correndo igual idiotas pelo parque.
Ficamos alguns minutos correndo até que nos cansamos e voltamos pra árvore. Deitamos ofegantes.
- Louis precisa correr mais - Liam riu.
- Eu dei o meu melhor tá? - Ele fez bico.
- Zayn também precisa correr - Niall respirava rápido.
- Eu só não corri mais porque eu ia suar, e isso ia deixar meu cabelo horrível e melado…
- QUE BAITOLA, MEU DEUS - gargalhava - Você e a definitivamente merecem o prêmio de casal baitola.
- Nossa , você e seus comentários super necessários e engraçados - Sim, muito amor entre mim e ela.
- Tá ficando tarde, vamos embora? - Todos olharam surpresos para - Que foi? De vez em quando o espírito mãe da tira férias ele encarna em mim - Nós rimos.
- É melhor mesmo, aí vocês sobem com a gente um pouco, sem pressa de nada - estava voltando.
Arrumamos as coisas e voltamos para a van. Nesse trajeto perdi as contas de quantas fãs nos pararam para fotos e autógrafos. Elas não estavam tão rebeldes, pelo contrário. Algumas até falavam com a gente e puxavam papo. Entramos na van e Louis foi dirigindo com na frente com ele.

Louis POV
Eu e os meninos fomos levar as meninas no hotel e constatamos que os fotógrafos haviam atendido nossos pedidos, não havia nenhum por ali. Tenho certeza que ainda hoje sairiam fotos do nosso piquenique no parque, mas aí tudo bem, já é outra história. Sei que tirar fotos é o trabalho deles, até faço pose em algumas, mas fico nervoso quando praticamente enfiam a câmera no meu rosto, ou no rosto de e das meninas.
- Ai cansei! - Me joguei no sofá da 'casa' das meninas.
- Cansou do que? Subiu de elevador! - se jogou em cima de mim e rimos.
- Ah que pena que amanhã não nos vemos - Harry fez bico e as meninas também.
- Amanhã começamos o curso, vai ser intensivo! - falou e Zayn lhe deu um beijo na bochecha.
- Além do mais, ainda temos que procurar um apartamento pra gente! - disse.
- AAAAAAAAAAAH - , , e lamentaram juntas.
- Vamos aproveitar enquanto temos tempo! – comentou e as meninas concordaram.
Ficamos conversando mais um pouco, eu fiquei abraçado com a minha pequena o tempo todo. Não sei por que, estava com saudades de ficar abraçado com ela. Quem vê, pensa que nem passamos um dia inteiro juntos.
- Vamos jogar verdade ou desafio? - Niall falou do nada.
- Verdade ou desafio? Cara, faz 100 anos que eu não jogo isso! - Liam comentou e rimos. - Mas podemos jogar, se vocês quiserem é claro.
- Ah por mim tudo bem… - concordou.
- Perai gente, deixa eu pegar uma garrafa, como vamos jogar né? - foi à cozinha buscar a garrafa enquanto nos sentávamos numa rodinha. Zayn deixou um espaço entre ele e Liam para se sentar. A garota voltou com uma garrafa de plástico em mãos.
- Muito bem... - Niall começou - Tampa pergunta e fundo responde pode ser? - Todos concordaram. - Eu começo! - Nós rimos. Dez "adultos" ali brincando de verdade ou desafio, se sentindo crianças novamente. Ri com esse pensamento. A garrafa parou, perguntaria para .
- Ok, me ferrei. - falou e rimos.
- VERDADE OU DESAFIO? - berrou.
- VERDADE! - respondeu no mesmo tom e murmuramos um "uuuuuuh"
- É verdade que você e o Liam tiveram uma noite "calorosa" ontem? - Ela enfatizou o 'calorosa' e começamos a rir. parecia um tomate e Daddy um pimentão. Eles tentaram mudar de assunto.
- Responda ! - gritou.
- É, é verdade sim...
- AAAAAAAAANNNNNNNNW - As meninas gritaram e pularam em cima da amiga. Eu e os meninos demos tapinhas nas costas de Liam.
- Aí sim hein Daddy? - Harry falou - Não é nem um pouco esperto.  - Rimos.
Nos sentamos em rodinha e jogamos mais um pouco, mas não rolou nenhuma pergunta polêmica assim.
- Já tarde, acho melhor irmos! - Liam encarava o relógio.
- É, amanhã a agenda ta lotada... - Zayn se espreguiçou e passou as mãos nos cabelos.
Começamos a nos despedir das meninas. Abracei bem forte, pois não sei quando nos veremos de novo, provavelmente na terça, ou na quarta, ainda não sei.

Liam's POV
e Harry se merecem mesmo, dois safados sem vergonha na cara! Ela perguntou da minha noite com a e todos nos encaravam. Ficamos um tempo jogando Verdade ou Desafio e eu me senti um adolescente na escola.
- Já tarde, acho melhor irmos! - Falei olhando o relógio.
- É, amanhã a agenda ta lotada... - Zayn se espreguiçou.
- E temos curso, vish - mordeu o lábio.
Nos levantamos e as meninas nos acompanharam até a porta. Aí começou a lerdeza pra se despedir.
- Harry, se comporte ok? - arrumava a camiseta do Hazza - Liam, cuide dele! - Ela completou e nós rimos.
- E você Boo Bear, me ligue sempre que puder ok? - deu um beijo na ponta do nariz de Louis.
- Zayn Malik, me ligue também viu? - abraçou o DJ.
- E você Horan se cuide e se alimente bem! - passava as mãos no cabelo de Niall. 
- Eu não preciso nem falar nada né amor? - sorriu e todos fizeram um "hmmmm"
- Muito blá blá blá, mas quando vamos nos ver? - perguntou e eu e nos olhamos.
- Talvez depois de amanhã ou na quarta, mas amanhã sem chance! - Suspirei.
- Ainda estou com esperanças de vocês aparecerem aqui fazendo surpresa outra vez - riu.
- Ok, vamos logo senão vamos sair daqui só amanhã - Puxei os meninos para fora. Dei um selinho em e ela fechou a porta acenando.
- Só eu já estou com saudade? - Niall falou do nada e nós rimos.
Descemos, entramos na van e seguimos rumo ao loft. Louis foi ao volante e Harry sentou na frente com ele. Zayn se esparramou do último banco, assim como eu a Louis, só que nos primeiros bancos.
- Saudade de vir aqui na frente com você - Harry encarava Louis.
- É né? Você me trocou pela - Louis fez bico.
- E você me trocou pela - Harry rebateu.
- DA PRA VOCÊS CALAREM A MERDA DA BOCA - Zayn berrou do fundo da van, provocando risos em todos nós.
- O Louis não pode se distrair ao volante - Niall gargalhava.

Depois de alguns minutos chegamos no loft. Louis estacionou com um pouquinho de dificuldade, mas conseguiu. Entramos e ficamos assistindo um pouco de televisão. Quando deu 21h00 despachei cada um para o seu quarto. Claro que ninguém ia dormir agora, só que se deixar, esses meninos ficam vendo televisão até de madrugada e depois não conseguem acordar, principalmente o Zayn. Tomei uma ducha e coloquei um pijama leve. Deitei na cama, tuitei algumas coisas, respondi algumas fãs e tentei dormir. Virava de um lado para o outro, troquei o edredom e nada. Mandei uma mensagem para :
"00h00 e eu pesando em você xx"
"00h00 e eu não tô conseguindo dormir sem você!" - Ela respondeu rápido.
"Se já estamos assim, imagina amanhã haha"
"Nem fale ok? Nem fale! Agora vai dormir, não quero directioners psicóticas falando que eu te ocupei a noite e te deixei indisposto u-u"
"Ok então né? Boa noite meu amor, dorme bem! Amanhã cedo te mando mensagem, te amo muito ok?"
"Boa noite, dorme bem ok? Vou esperar haha Também te amo, pra sempre"

Coloquei meu celular no criado mudo e tentei dormir. Acordei 3h00 sem sono algum e resolvi tomar um copo de leite. Desci e encontrei Zayn e Niall na cozinha, e Harry e Louis cochilando no sofá.
- Ué, caíram da cama? - Perguntei.
- Podemos dizer que sim - Zayn riu - Louis e Harry já estavam aqui faz tempo, por isso conseguiram dormir, mas eu e o duende não conseguimos…
- Nem eu - Confessei - Não estou com um pingo de sono!
- Bem vindo ao grupo - Niall mastigava um pedaço de bolo.
Comemos cupcakes e nos juntamos a Harry e Louis nos sofás. Resolvemos assistir um filme. Na metade do filme meus olhos já não se aguentavam abertos. Fiquei com preguiça de voltar pro quarto. Observei de canto de olho e Zayn e Niall já dormiam, um encostado no outro. Deixei que o sono me vencesse e dormi deitado no sofá.

Capítulo 21 – Abstinência.

’s POV
Os meninos foram embora e já ficamos com saudades. Temos que desapegar um pouco. Imagina quando eles forem fazer show na Austrália ou nos Estados Unidos, como vamos ficar? Ou quando formos visitar nossas famílias no Brasil? Vai ser difícil! Tentamos nos conformar que não veríamos eles no dia seguinte e cada uma foi para o seu quarto tomar banho, organizar os materiais do curso, separar a roupa que iria usar no dia seguinte, essas frescuras. Tomei um banho relaxante, coloquei um shorts e uma camisetinha larga pra dormir. Arrumei os materiais que utilizaria no dia seguinte numa bolsa e decidi separar a roupa que eu usaria também. Acho digno irmos divas, primeiro dia poxa! Não que relaxaremos depois, mas pelo menos no primeiro dia. Ri com esse pensamento. Eu tinha roupas lindas, todas compradas aqui em Londres em nossas compras. Mas não conseguia combinar nada! Decidi ver com a se ela poderia me ajudar. Sai no corredor e tudo estava quieto, ela já deve estar dormindo e se eu interromper o seu sono da beleza pra perguntar que roupa devo usar, ela me mata, certeza. Fiquei com fome e fui à cozinha tomar um copo de leite para enganar o estômago. Cheguei lá e encontrei de costas, comendo algo. Decidi assustá-la. Andei de fininho até ela.
- OI! - Sussurrei em seu ouvido e quando vi que ela ia gritar tapei sua boca.
- Ai sua vadia quer me matar do coração? Véi, na boa... - Ela colocou a mão no coração, suspirando pesado, comecei a rir e ela também.
- Quê que ta fazendo na cozinha a essa hora? Só eu posso vir aqui de madrugada! - Falei e ela me mostrou a língua.
- Não conseguia dormir, aí fiquei com fome e vim pra cá…
- Parece eu, também não consigo dormir, na verdade ia ver se você estava acordada pra me ajudar a escolher uma roupa pra usar amanhã! - Ela terminou a Pêra e jogou aquele restinho no lixo - Você come uma pêra de madrugada?
- Ué, o que é que tem? Eu gosto de pêra tá bom? - Ela riu e eu também. - Vamos lá que eu te ajudo… - Subimos as escadas e entramos no meu quarto.
Alguns minutos depois já havíamos escolhido a roupa e os acessórios, que tinham que combinar com a bolsa que eu já havia escolhido. queria mudar a bolsa, mas como sou preguiçosa e já tinha arrumado, não quis. Enquanto escolhíamos o visual, conversávamos sobre Zayn e Niall. 00h10 e nós ali rindo de coisas banais, enquanto escolhíamos roupas. Ríamos quando entrou no quarto. Ficamos tensas.
- O que vocês estão fazendo? - estava branca e eu também. - Peguei no flagra! - Ela falou e riu, suspiramos e começamos a rir também.
- Ah eu tô sem sono, ai encontrei na cozinha e ela veio me ajudar a escolher uma roupa pra usar amanhã, ou hoje né, eu sei lá! – Confessei.
- Pera aí! - se jogou na cama - Você encontrou a na cozinha? Não tinha que ser o contrário? - Ela falou e rimos.
- E sabe o que ela estava fazendo antes de me encontrar na cozinha? Escolhendo e combinando roupas! - comentou e nós três começamos a rir. - E você Mom?
- Ah também não consigo dormir, acho que me acostumei tanto a dormir abraçada com o Liam que deu nisso…
- O mesmo pro Niall.
- O mesmo pro Zayn.
- Ó, que vida cruel! - se jogou na cama.
- , já que você ta aqui, ajuda a gente a escolher um sapato que combine com essa roupa aqui… - Mostrei as peças. Tiramos alguns sapatos que achamos que combinariam do armário e testamos cada um.
- Não, não e não. - falava e ríamos do jeito da garota.
- Esse aqui é perfeito! - apontou para um - Mas não combina com essa bolsa!
- EU FALEI! - berrou e fizemos “shhhh” - Eu falei pra ela mudar essa porra dessa bolsa, mas ela me escuta? - Rimos.
- Ta, ta, eu mudo... - Me dei por vencida - Mas alguma de vocês vai ter que arrumar minhas coisas na outra bolsa pra mim!
- Eu arrumo, mas, por favor, tira essa merda! - riu.
- Reunião de madrugada agora? - entrou no quarto.
- Mais uma do clube ‘não-consigo-dormir-sem-meu-namorado’? – Perguntei. Ela riu e assentiu.
- Agora só falta a Paula... - olhou em volta.
- Eu o quê? - Ela entrou no quarto.
- NÃO MORRE MAIS - Gritei e as meninas riram. - Agora posso gritar né? - Começamos a rir e ficamos um tempo ali, conversando.
- Bom galera, vou dormir porque querendo ou não temos que estar inteiras amanhã e querendo ou não meu Zayn não está pra dormir agarrado comigo... - fez bico.
- ATÉ SEM ELE VOCÊ É BAITOLA, MEU DEUS - Falei e as meninas riram.
- Ai me ama você! - Ela disse e me abraçou. - Boa noite tchucas!
Logo todas já estavam em seus respectivos quartos. Deitei na cama, rolei um pouco, até que abracei um travesseiro e consegui dormir pensando em olhos azuis irlandeses.

Paula’s POV
Não estava conseguindo dormir de jeito nenhum. O Harry fazia muita falta aqui, dormindo abraçadinho comigo. Abri a porta do quarto e ouvi umas risadas, será que alguma das meninas também estava acordada? Passei pelo quarto de e ouvi falando o meu nome, entrei. Ficamos conversando até pegar no sono, fui para o meu quarto e custei a dormir. Acordei com uma claridade no rosto, abri os olhos e encontrei me encarando. Quase gritei, ela percebeu e começou a rir.
- Acorda curly girl! - Me deu um tapinha e eu levantei, quase parando, mas levantei.
- Que horas são? - Murmurei com dificuldade.
- 7h00…
- O QUÊ? 7H00? ME DEIXA DORMIR! - Berrei e me joguei na cama.
- Bem, se você quiser ir pro curso parecendo um maracujá de gaveta pode ficar ai dormindo, eu vou comer porque o que seja que a está fazendo ta com um cheiro bom – Dei o braço a torcer e levantei. Tomei um banho relaxante e escovei os dentes. Observei a escova de Harry ao lado da minha e fiquei com saudade dele. Coloquei meu roupão rosa e desci pra tomar café. Encontrei tirando uma assadeira do forno, e conversando e falando no celular. Cumprimentei as meninas, falava alto e tentava ouvir a pessoa que estava do outro lado da linha.
- Pera aí amor, deixa eu ir pra sala porque a fica berrando aqui - Com certeza era o Zayn.
- Isso, vai ser baitola pra lá mesmo... - Rimos, inclusive . Terminamos de arrumar a mesa enquanto colocava as coisas. Ela havia feito um bolo de fubá, pão de queijo, chocolate quente e também havia bolachas recheadas.
- Desse jeito vou virar uma gorda - comentou e concordamos.
- Vai engordar o Niall, ! - Falei e ela riu. voltou.
- Ah eu queria mesmo, que saudade do meu potato...
- “Ai, para de ser baitola…” - imitou a voz dela.
- Ai, só to falando que to com saudade, credo!
- Você faz isso comigo! Eu falo “oi amor” pro Zayn e você já está mandando eu parar de ser baitola, VISH - Rimos.
O café continuou assim, animado e descontraído. Estávamos todas muito animadas para o nosso primeiro dia no curso. Terminei de me arrumar e desci, só faltava a descer, como sempre.
- VAI LOGO VICK! - gritou.
- CALMA, SÓ FALTA O SAPATO! - Ela desceu toda doida carregando a bolsa e os saltos. Sentou no sofá e os colocou. Nós todas estávamos realmente lindas.
- Meninas, que tal tirarmos uma foto nossa e postarmos pelo Instagram? Sempre sonhei com isso - corou e rimos. Concordamos. Nos juntamos a frente de um espelho enorme que colocamos na sala e tirou a foto pelo seu iPhone.
- POSTA, POSTA, POSTA - A chacoalhei.
- CALMA MENINA! - Ela gritou. Fomos para o carro, quem dirigia hoje era . Entramos no carro e foi no banco do passageiro ao lado dela.
- Galera, to com medo da no volante... – Confessei e me olhou com reprovação. postou a foto.
- Meninas, sabe o que eu tava pensando? - começou - Nem falamos para as nossas famílias que estamos namorando com eles, ta que já devem ter várias fotos nossas com eles no Brasil, mas como elas não seguem essas coisas, nem devem saber. - Era verdade, minha mãe, nem meu pai sonhavam que eu namorava com Harry Styles. Eles nem deveriam saber quem era Harry Styles. - Acho justo à noite cada uma falar com a sua família... - Concordamos. O celular de tocou.
- Alô? - Ela falou e segundos depois começou a rir. Colocou no viva-voz.
- Que negócio é esse? Precisa ir toda linda assim pro curso ? - Louis berrou do outro lado da linha e gargalhamos
- AI QUE BOO BEAR FOFO, TA COM CIÚMES! - mostrou a língua (como se ele fosse ver) e rimos mais alto ainda.
- Tenho que ir apresentável no primeiro dia amorzinho... - fez bico.
- Apresentável? Você é linda até de pijama! - Murmuramos um “annnnnw”.
- Credo, vocês estão parecendo a e o Zayn... - comentou.
- Ei! - Zayn berrou do outro lado - Estamos todos aqui viu? E meninas, qualquer um que chegar perto da vocês me falam que eu vou ai socar a cara dele. - Rimos e ficou corada. Falou um “eu te amo” e ficamos conversando com eles até chegarmos no curso. Eles nos desejaram boa sorte.
Descemos do carro e o manobrista estacionou para nós. Todas fariam curso de Jornalismo, com direito a outra disciplina extra, que seria cursada na parte da tarde. Eu faria curso de Moda, faria Arte e Teatro, faria Design de Interiores e e fariam Fotografia. Resumindo: ficaríamos o dia todo no curso, buenas! Chegamos no prédio e seguimos para o décimo andar.
- Só de pensar que vamos vir nesse andar todos os dias já fico com tédio - fez uma careta e nós rimos.
- Seu comentário foi desnecessário - a encarava.
- Cala a boca vai - fez bico.
- Parem de se amar, por favor - rolou os olhos.
- Ah, desliguem o celular na aula ou ponham no silencioso - nos lembrou.
- Já pensou, a gente na aula e do nada começa a tocar Shine a Light do McFly - Fiz uma pausa. - TELL ME ARE YOU FEELING STRONG - Joguei o cabelo. Duas meninas que passavam pararam, me encararam e saíram andando.
- Recalque é o que há - bufou.
- Novinhas terríveis até em Londres, que que isso - falou e nós rimos.
Entramos na sala (que era enorme, igual de faculdade) e já tinham algumas pessoas lá. Todos nos encararam e nos sentamos no meio. Nem na frente pra não pagar de nerd, nem no fundo pra não pagar de maloqueira. Logo o professor chegou e a aula começou.

Zayn’s POV
Acordei com uma puta dor nas costas. Me espreguicei e pude ouvir um estralo da minha coluna. Niall dormia quase em cima de mim, Louis e Harry estavam desmaiados no outro sofá e Liam sozinho no outro, espertinho! Olhei no relógio e eram 7h00. Levantei num pulo e Niall reclamou um pouco. 8h00 tínhamos que estar prontos e cheirosos para que o Paul nos levasse para o Photoshop. Fui à cozinha, peguei uma panela e uma colher e comecei a bater.
- VAMO ACORDAR CAMBADA, VAMO LEVANTAR, ESTÁ UM BELO DIA LÁ FORA - Gritei. Niall bocejou e foi se levantando, Harry jogou uma almofada em mim, Liam acordou assustado e Louis sorria.
- Parece que alguém sonhou com a hoje - Harry sorria malicioso.
- CALA A BOCA HARRY - Louis berrou - BOM DIA FAMÍLIA - Ele levantou saltitante e sentou-se à mesa da cozinha.
- Onde eu to? - Niall olhava pra todos os lados - E porque minhas costas doem? - Concluiu quando ia se levantar.
- QUE HORAS SÃO? - Liam perguntou.
- Temos uma hora pra comer, se arrumar e esperar o Paul - Apontei para o relógio.
- Ah tá - Daddy suspirou aliviado.
- E o que a fez de bom? - Niall passava as mãos na barriga.
- Ô COISA LERDA, ELAS NÃO ESTÃO AQUI - Harry pegava tigelas e os cereais no armário.
- Ah é né? - O duende fez bico.
Harry colocou as cinco tigelas na mesa, jogou leite e pra terminar tacou os cereais. Prático! Claro que o Niall não se contentou só com isso. Terminamos o café e fomos nos arrumar. Tomei uma ducha rápida, tomando cuidado para não molhar o cabelo. Coloquei uma roupa simples, já que chegando lá eles iriam me fazer colocar outra. Desci e todos estavam lá, menos o Harry. Ficamos conversando e eu resolvi ligar pra , mas nem deu pra conversar muito porque logo o Harry chegou. Paul mandou uma mensagem para Louis avisando que já tinha chego também. Saímos, encontramos ele e entramos na van. Paul foi no volante. Louis ligou pra e ficamos conversando com elas até chegarem no curso. Nossas meninas estavam realmente nervosas por causa do curso, mas tenho certeza que elas vão se sair bem! Chegamos no estúdio da revista que iríamos fazer o tal Photoshop, basicamente ficaríamos o dia todo nessa revista. De manhã fotografias e de tarde entrevista. Como já era esperado, eles fizeram a gente trocar de roupa. Mas fazer ensaio fotográfico é sempre muito divertido. Ficamos a manhã toda fazendo o Photoshop, as fotos ficaram ótimas. Tempo pro almoço.
- TÔ COM FOME FAZ QUARENTA ANOS E VAMOS ALMOÇAR SÓ AGORA - Niall estava bravo.
- Para de reclamar Niall, que coisa - Harry riu.
Fomos almoçar num restaurante perto do estúdio, já que depois a entrevista seria feita lá também. Sentamos numa mesa de canto e fizemos os pedidos.
- Minha beleza cansa - Louis suspirou.
- Se achou o último Tubes do mundo agora - Harry revirou os olhos.
- Ilusão exalando aqui - Brinquei e nós rimos. Niall pegou o celular e ligou pra alguém, provavelmente .
- Alô princesa? - Acertei meu palpite - Já saíram do curso? … A gente também ta almoçando agora, mas depois tem entrevista… O Harry fez cereal de café da manhã acredita? - Harry rolou os olhos - AH HARRY A PAULINHA MANDOU UM BEIJO - Aí o Curly Boy se animou - Pode deixar amor, eu vou comer direitinho… Beijo princesa, te amo ok? - O duende desligou e olhou pra nós - mandou um beijo pro Louis, pro Liam, pro Zayn e Paula pro Harry.
- Saudade das meninas - Liam confessou.
- Todos nós estamos - Mordi o lábio inferior.
- Vamos nos ver só quarta né? - Niall nos olhava com cara de coitado.
- Sim, porque amanhã dia cheio novamente! - Liam respondeu.
Os pedidos chegaram e nós comemos rápido, já que não poderíamos demorar. Voltamos pro estúdio e demos a entrevista. As mesmas perguntas clichês de sempre, que enchem o saco! Nome da banda, X-Factor, turnê, álbum novo e coisas do gênero. É cansativo falar sempre das mesmas coisas, mas fazer o que né? Terminamos a entrevista no meio da tarde, tiramos mais algumas fotos e estávamos na van. Voltamos para o loft 19h00, caindo de cansaço.

’s POV
Quando chegamos no curso vimos que seria intenso, super intenso. Alguns minutos depois de entrarmos, a sala lotou. Teríamos que nos esforçar bastante. O primeiro professor era super chato, não estava nem aí se estávamos entendendo, ou se as pessoas estavam conversando. Explicava sua matéria, entendeu, entendeu, não entendeu se fodeu! Sabíamos que a maioria dos professores eram assim, que não somos mais bebês, coisa e tal; mas mesmo assim, poxa. Acabaram as aulas e fomos almoçar num restaurante ali perto, afinal não tínhamos muito tempo pra comer e voltar ao prédio.
- Eu to com muita fome, socorro - choramingava abraçada com . dirigia, Paula ia ao seu lado e eu atrás com as bestas.
- Calma bebê, estamos chegando... - dava batidinhas nas costas da e ela fingia chorar.
- Parece que depois que a começou a namorar com o Niall ficou mais faminta ainda... - Paula comentou.
- Também acho! - Falei - Imagina um filho desses dois? Vai acabar com a comida do mundo! - corou e rimos.
- Nosso filho vai ser perfeito, ta bom? – falou e jogou o cabelo.
- Já ta até pensando em filho, esse mundo ta perdido! - rolou os olhos.
- Calma gente, vamos casar primeiro, tudo na ordem... - riu.
Ficamos falando besteiras até chegarmos no restaurante. Nos sentamos e fizemos os pedidos, quase subia pelas paredes de tanta fome.
- Calma menina, vai parir ai é? – A encarei. Os pedidos chegaram e comemos conversando. quis pedir uma sobremesa e olhou no relógio.
- Vai tem que ser logo, senão chegaremos atrasadas, pede alguma coisa que dê pra você comer no carro...
- Ela vai se sujar toda e ainda vai sujar o carro! - falou e fez bico.
- Compramos na volta então! - deu de ombros.
- Não! Eu quero agora, tenho trauma desse “compramos na volta”, sempre prometem comprar e nunca compram, Mom! - se lamentou e gargalhávamos da cara de nervosa dela por causa de uma sobremesa.
- Ai eu prometo que compro, por favor, vamos logo! - Puxamos pelo braço, que foi xingando até o carro.
- Vocês são malvadas. - Ela estava realmente brava, aquilo era engraçado.
- Quer um chiclete pra amenizar? - ofereceu e riu.
- Quero vai - Ela tomou o chiclete da mão da garota - Mas ainda não esqueci.
Quando íamos entrar no carro, uma menininha cutucou .
- Oi, você é a namorada do Zayn? - Ela era linda, morena, com olhos também castanhos, baixinha e toda fofinha, deveria ter uns 7 anos.
- Sou sim, como você se chama linda? - abaixou para falar com a garota.
- Eu sou Luce. Sou fã do One Direction e do Zayn, tira uma foto comigo? - Ela pediu toda fofa, falava rápido e embolado. se abaixou e a mãe da garota tirou a foto.
- Desculpa incomodar, é que ela não parava de falar de você... - A mãe da menina comentou. sorria de orelha a orelha e nós também.
- Que isso, sua fila é uma fofa!
- Você é mais bonita ainda pessoalmente! - agradeceu, se despediu da menina que foi embora saltitante.
- Ai gente, isso me anima tanto sabia? Fico feliz de ver essas lindas que apoiam e tudo mais… - quase chorava, a abraçamos e entramos no carro. Fomos conversando e causando até o prédio.
Chegamos no curso. Só que dessa vez, cada uma iria para um andar diferente. Olhei em minha bolsa qual era o meu, 8º andar, ótimo. desceu primeiro, no 3º andar; Paula no 7º e eu logo em seguida. e desceriam no 11º se não me engano. Me despedi das bestas e encontrei um balcão com uma recepcionista. Os andares eram praticamente iguais! Pelo menos a entrada, não sabia como era lá dentro né. Faltavam vinte e cinco minutos para a aula começar, a moça disse que eu deveria esperar por ali mesmo que logo ela nos levaria a tal sala. Comecei a ler uma revista até que um menino se sentou ao meu lado, nem liguei. Percebi que ele me encarava, então levantei os olhos para o observar. Era um moreno, de olhos verdes profundos, topete jogado para o lado e um sorriso encantador.
- Oi - Ele disse - Vai fazer design também?
- Oi, sim... - Respondi.
- Qual é o seu nome?
- e o seu?
- Jordan, bonito nome ! - Sorri.
- Igualmente.
- Já te vi em algum lugar... - Ele disse, decidi jogar a verdade pro gatinho logo, antes que ele “viesse em cima de mim.”
- Bem, deve ter me visto em revistas de fofoca ou algo do tipo... Sou namorada do Louis, do One Direction… - Sorri amarelo.
- Ah! Verdade! Te vi num programa de fofoca eu acho… - Rimos. Ficamos conversando mais um pouco ali. Contei para ele que eu era brasileira e ele ficou realmente impressionado, disse que eu falava inglês muito bem, mas dava para perceber que eu era estrangeira pela minha “beleza latina”, ri com esse comentário dele.
- - Ele parou - Posso te chamar assim? - Perguntou e eu respondi que sim. - Bem, já vi que você é muito legal e me sinto bem em te confidenciar isso…
- Pode falar, prometo que não conto pra ninguém...
- Eu sou gay.
- Uau Jordan! - Falei meio alto e depois continuei a falar baixinho. - Não parece...
- Eu sei, tento esconder às vezes pelo preconceito das pessoas.
- Ah eu sei que é difícil, mas tente ser você mesmo... – Por que ele falou aquilo para mim eu não sabia. Mas também estava me sentindo bem conversando com ele. Fiquei ali dando uma de livro de auto-ajuda até que a recepcionista nos guiou até nossa sala.
A sala não era muito grande, aquele curso não devia ter muitas pessoas. A decoração do local era maravilhosa! Uma mulher de meia idade (muito estilosa e bonita por sinal) entrou na sala e deduzi ser a professora. Jordan sentou atrás de mim e começamos a prestar atenção na aula. Às vezes me distraia pensando em Louis, o que já havia se tornado rotina. A aula acabou e eu estava morta, só nesse primeiro dia já tinha anotado umas quatro folhas. Encontrei com as meninas na frente do prédio, pegamos o carro e seguimos para o hotel.
- Só eu tô podre? - apoiava a cabeça no ombro da .
- Minha aula foi puxada, mas eu gostei! - era a mais animadinha.
- Eu também, mas foi cansativo - Paula fez uma careta.
- Mudando de assunto - nos encarou - Quando chegarmos em casa vamos falar para as nossas mães do namoro! Eu até já falei pra minha chamar todas pra irem lá em casa…
- Vamos falar por telefone? - Perguntei.
- Por Skype, pra parecer mais real - riu - Só tô falando pra vocês irem se preparando psicologicamente.
- Eu já estou preparada e já passou da hora - como sempre causando.
Ficamos em silêncio. Eu estava nervosa. Pensei nas possíveis reações da minha mãe: ela podia gritar, rir, chorar… Ou, na pior das hipóteses, ela podia pegar um avião e vir pra cá conhecer ‘o namorado da filhinha dela’. Isso porque vamos ter que falar que eles são mundialmente conhecidos e que tem milhares de fãs que falam que são casadas com eles. Chegamos no hotel, colocamos os pijamas e nos sentamos na frente do computador.

Capítulo 22 – Sem segredos.

’s POV
Minha aula foi realmente puxada, eu já tinha um trabalho de artes e uma esquete de teatro pra fazer, ótimo! Mas, apesar disso eu gostei. A aula foi super produtiva e a professora é muito engraçada. A turma é bem educada, todo mundo fala “boa tarde”, “por favor” e “com licença”, achei o máximo. Saímos do curso juntas e decidimos falar para nossas mães do namoro. Já fui fazendo uma reza mental para que elas compreendessem e tudo mais. Chegamos em casa, nos trocamos e ligamos o computador.
- Preparadas? - perguntou e nós assentimos - Ok, lá vamos nós! - Ela riu - Ah, boa sorte pra gente… - A buraco negro fêmea entrou no Skype e não demorou para que a mãe dela aparecesse online. Iniciamos a chamada de vídeo.
- OOOOOOOOOI - Dissemos em coro.
- MEU DEUS, VOCÊS ESTÃO LINDAS! - Mãe da fazendo escândalo igual ela.
- Quanta saudade! - Minha mãe tocou na tela e começou a chorar. Logo, eu estava quase inundando a sala de tanto chorar.
- Como vão as coisas aí? - A mãe da toda fofa.
- Estamos ótimas, aliás, começamos o curso hoje! Foi puxado, mas foi bom! E as coisas aí? - Os olhinhos da até brilhavam.
- Estão bem! Nossa loja deu certo e está tudo bem corrido! - Nossas mães tinham uma loja de cupcakes. Elas decidiram montar depois que a mãe da achou uma receita de família e nós viemos para Londres.
- Mas porque essa reunião toda? - Mãe da , ou a interrogadora.
- Temos uma coisa pra falar pra vocês… - começou.
- É muito importante meeeeeeeeesmo! - Complementei.
- AI MEU DEUS - A mãe da quase caiu da cadeira - QUE TRAGÉDIA ACONTECEU?
- Calma tia! - riu - Então, é que… Nós… Nós cinco sabe?… Tipo, eu, a , a , a e a
- EU SEI , FALA LOGO - A mãe da se alterou.
- Eu falo - interveio - Abram uma aba no Google aí! - Nossas mães ficaram com uma cara de ‘ué?’, mas murmuraram um ‘tá né?’ e abriram a tal página de navegação. O QUE A TAVA TRAMANDO? - Abriram?
- Abrimos! - Elas responderam juntas.
- Vão no Google Imagens - prosseguiu - Pronto? - A mãe dela assentiu e ela continuou. - Digita no quadradinho One Direction - Ela disse pausadamente.
- ONE O QUÊ? - A mãe da berrou e nós rimos.
- One Direction, One Direction mãe - rolou os olhos.
- Tá, apareceu aqui uns meninos bonitinhos - A mãe da riu - O que que tem?
- Eles são bonitinhos mesmo, nossa! - Minha mãe riu e nós gargalhamos.
- Então, sabe eles? - suspirou - Elessãoseusgenros! Fim! - Ela disse atropelando as palavras.
- O QUE DONA ? REPETE? - A mãe da Curly Girl estava corada.
- Eles. São. Seus. Genros. - disse pausadamente.
- Isso quer dizer que… - Interrompi minha mãe:
- Isso quer dizer que nós estamos namorando com eles - Sorri.
- EU NÃO ACREDITO - Elas berravam e se abraçavam. Não sabia se isso era bom ou ruim.
- VOCÊS ESTÃO NAMORANDO OS MENININHOS QUE FIZERAM O DOCUMENTÁRIO? - A mãe da deduziu.
- ISSO MÃE, PARABÉNS - ironizou.
- Para de ser assim ow - deu um tapa no ombro dela - O meu namorado é o loirinho, o da é o moreninho de topete, o da é o de cabelo enrolado, o da
- Provavelmente ele tá de listras na foto - interrompeu.
- AH, É UM DE OLHO AZUL? - A mãe dela indagou.
- Esse mesmo! - sorriu.
- E o que sobrou é o da ! - fez uma cara fofa.
- COMO ASSIM O QUE SOBROU? - A encarei - Ela quis dizer que o mais lindo é o meu!
- Nada a ver, o Zayn é o mais bonito - mostrou a língua.
- O MAIS BONITO É O LOIRO DE OLHO AZUL - A mãe da berrou.
Ficamos discutindo qual era o mais bonito, o mais legal, o mais perfeito por um bom tempo. Estava com saudade de momentos assim… Estava tarde aqui e tivemos que desligar. Mas antes, conversamos sobre o curso e sobre o namoro. Nossas mães perguntaram das fãs e de como conciliaríamos o curso, os shows, os compromissos e o namoro. Falamos que as fãs nos apóiam (só ocultamos que algumas querem nos matar), e que tentamos nos ver o máximo possível. Acabou que elas nos apoiaram e falaram que conversariam com os nossos pais e tudo mais. Desligamos o computador e fomos pra cozinha.
- Nem foi tão difícil assim - se sentou numa cadeira.
- Também né? Olha como você deu a notícia - pigarreou - AH MÃE PROCURA AI NO GOOGLE - Ela colocou as mãos na cintura e nós rimos.
- Foi o modo mais divertido que eu encontrei poxa! - fez bico.
- Nossa! Eu tô com sono - bocejou.
- Novidade - rolou os olhos.
- Mas vamos dormir, porque amanhã tem aula bem cedo! - Lembrei as meninas - Boa noite coisas feias, amo vocês - Subi as escadas antes que elas fizessem eu ficar mais tempo conversando.
Me joguei na cama e me cobri até o pescoço. Estava meio frio e a minha cama estava gelada. O lado esquerdo dela estava vazio e aquilo me dava um aperto no coração. Peguei todos os meus bichinhos e coloquei na cama para dormirem comigo. Abracei meu Woody e lembrei-me dele. Estava quase dormindo quando meu celular tocou. Era Liam.
- MEU AMOOOOOOOOOOR - Não aguentei e berrei assim que atendi o celular.
- Oi pequena, tudo bem? - Ouvir aquela voz era tão… Tá, eu tava surtando.
- Tudo ótimo e ai? Como foi seu dia?
- Tudo ótimo também, tirando a falta que você me faz - Posso ir pro loft agora ficar com o meu namorado? - Foi bem corrido - Ele riu - E o seu? Como foi o primeiro dia?
- Ah, foi ótimo, achei o máximo - Ri - Mas foi corrido também!
- Liguei só pra tentar matar a saudade amor, vai descansar ok? Boa noite, te amo muito viu? - Vai dormir também ok? Boa noite, te amo mais!
Desliguei o celular e dormi com aquela voz na minha mente.

Niall’s POV
Nosso dia foi realmente cansativo. Mas acho que já estamos acostumados com toda essa correria, não paramos nem um minuto! Chegamos em casa exaustos, caindo de cansaço. Cada um foi fazer uma coisa e eu fui comer, claro. Comi e fiquei pensando em , que falta ela fazia. Tanto cozinhando como me fazendo companhia nos nossos lanches. Subi para o quarto e tomei um banho relaxante. Coloquei uma calça de moletom e me enfiei embaixo das cobertas, não conseguia dormir. Cochilava e acordava, sentindo falta de ali, abraçada comigo. Depois de quase uma hora de puro tédio o sono veio e consegui dormir.
- Ei Nialler! Acorda! - Zayn me chacoalhava. Peraí, ele acordou primeiro? Que horas são?
- DJ? Que horas são? - Perguntei semicerrando os olhos por causa da claridade e levantando com dificuldade.
- São 8h, levanta ai que a gente tem entrevista, sessão de fotos e um show numa rádio no final da tarde, o Liam ta fazendo alguma coisa pra gente comer e o Harry ta tentando ajudar, acho melhor você descer logo… - Haroldo cozinhando? É, é melhor eu levantar. Levantei, coloquei uma camiseta e desci.
Liam tentava cozinhar e Harry mais atrapalhava do que ajudava, Louis ria, é claro; e Zayn devia estar tomando banho, como demora meia hora só pra arrumar aquele cabelo.
- Bom dia família! - Falei e Louis me abraçou
- BOM DIA POTATO - Berrou no meu ouvido, que animação toda é essa?
- Aconteceu alguma coisa que eu não esteja sabendo? - Falei e eles riram.
- Não, só estou feliz! – Louis deu de ombros e subiu a escada saltitante, vai entender. Tomamos café, terminamos de nos arrumar, Zayn ficou pronto primeiro, porque começou a se arrumar antes, óbvio.
- Vamos que estamos atrasados… - Liam falou, tínhamos que sair 9h00, era 9h01.
- Liam, estamos um minuto atrasados! - Harry rebateu e rimos, inclusive ele.
Nos apressamos e entramos na van, seguimos a primeira entrevista. Era para uma revista teen brasileira, Capricho, acho… Bem, a moça fez as mesmas perguntas de sempre, sobre shows, rotina, fãs e vida amorosa. Quando chegou no último tópico, ela perguntou sobre como era nossa relação como as meninas, já que elas são brasileiras e tudo mais.
- Nos damos super bem com elas, elas falam bem o inglês, apesar de não terem um sotaque igual o nosso né? - Louis falou e rimos, inclusive a moça - Mas elas nos ensinam várias coisas, nos mostram vários pratos típicos e costumes brasileiros e isso é muito bom, é sempre bom aprender novas culturas!
- É, - Liam continuou - Elas também falam como as fãs brasileiras são esforçadas e dedicadas, às vezes quando estão com a gente, nos ajudam a interpretar alguns tweets delas, isso é muito legal. Queremos muito ir para o Brasil, avise todos por lá que em breve chegaremos! - Rimos e a moça também. Ela fez mais algumas perguntas e gravou um vídeo nosso com uma bandeira do Brasil, dizendo que iríamos para lá em breve.
Fizemos uma sessão de fotos bem animada. Fazíamos caretas e Louis falava coisas engraçadas, o que nos fazia rir mais ainda. Parecíamos um bando de palhaços, mas esse é o divertido.
- OH QUE FOME - Falei no fim e eles riram. Fomos a um restaurante e conversamos enquanto comíamos.
- Ai que saudade das meninas, dois dias sem vê-las... - Liam falou.
- É, nem me fale, até que nossa rotina não está tão puxada assim, vocês vão ver quando começarmos as gravações do outro CD, vamos ter que conciliar tudo com entrevistas e tudo mais. - Zayn disse e suspiramos.
- Mas é tão bom ver nossas fãs felizes! - Falei e todos concordaram.
- O show na rádio está esgotado! - Harry anunciou - Vai ser muito bom, estou animado e ansioso... - Concordamos com o Harry e pedimos a sobremesa. - Acho que vou ligar pra … - Harry começou a discar o número e Liam tirou o aparelho celular de sua mão.
- NÃO! - Gritou nos fazendo rir e todos no restaurante olharam assustados para nós. - Elas ainda estão no curso, almoçam mais tarde!
- Ah ta! - Hazza demorou praticamente cinco minutos para falar duas palavras, esse é o Styles!
Comemos a sobremesa e fomos para a tal rádio. A porta estava CHEIA de fãs, tentamos atender todas e tirar fotos, mas nem sempre é possível. Paul e mais um bando de seguranças nos seguiam, Paul já era até famoso! Algumas fãs queriam tirar fotos com ele e ríamos disso. Ele á apenas um homem de 42 anos cumprindo seu trabalho, mas as pequenas tornam isso tão divertido e engraçado, amo nossas fãs. Poucas meninas conseguiram entrar para assistir ao show e aquilo nos deixava realmente tristes, queríamos que todas pudessem ver. Nos preparamos e comi vários doces variados antes de entrar no palco. O show foi ótimo! Elas cantaram todas as músicas, muito alto, aquilo era gratificante. Tiramos fotos, demos autógrafos e tudo mais. Entramos na van elétricos, saíamos assim depois de todos os shows, seguimos para o loft.

Harry’s POV
O show foi ótimo! Nossos fãs cantaram muito alto, vibraram em todas as músicas, tiramos várias fotos e demos autógrafos. Chegamos no loft e estávamos mortos de fome, mais que Nialler até! Não, mentira, não tem como ficar com mais fome que ele, esse menino parece um saco sem fundo! Pedimos uma pizza e enquanto ela não chegava, fui na varanda e liguei para .
- Alô? - Ela falou e fiquei paralisado por um momento, ouvindo aquela linda voz. - Alô?
- Hey! - Falei e ela começou a rir.
- Suspeitei que era você, demora um ano pra falar uma palavra… - Rimos, saudade de rir juntinho dela.
- Liguei pra saber se está tudo bem anjo, tô com saudades...
- Estou bem sim amor e você? Também to morrendo de saudade, se Deus quiser nos vemos amanha né? - Rimos.
- Eu to bem! Ah tomara que sim, se não der eu arrumo um jeito, quero muito te ver - Ela fez um “awn” do outro lado da linha e fiquei corado. - Como foi o curso?
- Foi bem, foi ótimo! Eu to curtindo bastante e tal! E o seu dia, como foi?
- Foi ótimo também amor, foi corrido, mas ótimo! Demos uma entrevista para uma revista brasileira…
- SÉRIO? - Ela gritou e afastei o iPhone do meu ouvido - Desculpa Harry, mas sabe como é… - Rimos - Que revista que era??
- Capri, caprichi, Capri...
- CAPRICHO?
- Sim! Essa mesma! - Rimos - Foi bem legal…
Ficamos conversando mais um tempo, até que Louis gritou avisando que a pizza havia chego, nos despedimos e prometi ligar pra ela no dia seguinte. Desci e encontrei os meninos na mesa, todo mundo de pijama e Niall com os talhares na mão, batendo na mesa. Criança.
- TO COM FOME LIAM, TO COM FOMEEEE - Ele berrava e vi que Liam estava prestes a se irritar de verdade.
- CALMA NIALL! - Liam se alterou - To abrindo aqui, mas que coisa!
Nos servimos e comemos bastante. Pedimos duas pizzas e não sobrou nada. Assistimos um pouco de televisão, mas logo fomos dormir. Sim, o cansaço pesou e muito. Nós já estávamos cansados, depois de tomar banho e comer então. Tiro e queda. Fui escovar os dentes e quando saí do banheiro Louis estava deitado na minha cama.
- Vamos relembrar os velhos tempos Hazza, vem cá - Ele abriu os braços.
- Isso tudo é carência? - Falei e rimos.
- COMO VOCÊ ADIVINHOU? - Louis fez bico - Dormir sozinho é tão… chato!
- Eu sei, mas amanhã vamos dormir com elas, já que quinta é dia de folga…
- Nem me fale, preciso descansar… Sabe, tirar o dia pra ficar com as perninhas pro alto? - Louis se jogou na cama e abraçou o travesseiro.
- Sei bem! - Ri - Vamos fazer isso na quinta! Sabe, a gente podia ir buscar as meninas no curso amanhã, o que você acha?
- EU ACHO ÓTIMO - Louis levantou da cama e deu vários pulinhos - Aí vou poder ver a - Os olhinhos dele brilhavam.
- Vai ser gay assim pra lá, vai - Nós rimos - Enfim, vamos falar com os meninos amanhã!
- Bom, vou dormir porque quero aproveitar cada segundo do meu doce sono! - Louis bocejou - Nem acredito que amanhã só vamos pro estúdio de tarde, isso é ótimo!
- Dormir até tarde, gravar e ir pegar as meninas no curso! Vida boa essa nossa né? - Nós rimos.
- Boa noite Curly Boy, durma bem e sonhe comigo - Louis me mandou um beijo e fechou a porta.
- BOA NOITE BOO BEAR - Gritei e ouvi os risos dele pelo corredor.
Me joguei na cama, mandei uma mensagem pra e me enrolei nos cobertores. Fazia um friozinho gostoso, seria mais gostoso se eu estivesse com ela, mas tudo bem. Me virei de lado e dormi, querendo que o tempo voasse.

’s POV
Nosso curso de fotografia era ótimo, mas muito puxado! Deitei na cama e dormi num estalar de dedos. Sonhei com o Zayn, abstinência da nisso né? Sinto muita falta dele, isso porque só ficamos dois dias separados, imagina quando ele sair em turnê? Nem vou imaginar! Do nada sonhei que estava afogando, acordei e vi que estava toda molhada e a ria mais que uma idiota.
- BOOOOOOOM DIA FLOR DO DIA, ACORDAR COM A ANINHA É UMA ALEGRIA! - Ela estava sorridente.
- Nem vem com essa sua rima pra cima de mim - Mau humor, seja bem vindo - E porque me molhou mesmo?
- Você não queria acordar, tive que apelar né? - deu de ombros. - Agora vamos tomar café, porque se a gente se atrasar a vai dar show.
Descemos e encontramos todas as meninas lá. Comemos tudo bem rápido e logo estávamos nos arrumando. Terça-feira. A semana mal tinha começado e eu já me sentia um porre. Cansaço, mau humor, TPM… Mais alguma coisa? Ah, meu namorado que eu não vejo há dois dias. Se bem que eu vou ver ele amanhã e isso é bom, muito bom. Enfim, saímos de casa em cima da hora.
- Se no segundo dia já ta assim, imagina no nosso segundo mês de curso, vamos chegar lá na sexta aula - estava irritada. Não se precisa de uma mãe quando se tem ela por perto.
Pegamos o carro e dessa vez foi dirigindo. Chegamos e subimos para o nosso andar. O professor de jornalismo era bem mais legal que a professora do curso de fotografia. Fizemos um artigo de opinião e ele elogiou o meu e o das meninas. Nós já tínhamos experiência e isso ajudou bastante. A aula foi longa e quando bateu o sinal do sexto período quase estourei fogos de artifício. Fomos almoçar no mesmo restaurante de ontem, já to vendo que vamos almoçar aqui muitas vezes. Saímos do restaurante e seguimos para o curso de fotografia.
- Segundo round, preparada? - fez uma careta.
- E lá vamos nós - Falei e rimos.
O curso foi bem empolgante. Algumas modelos foram posar para algumas fotos. Fizemos duplas e tivemos que fazer um álbum de quinze fotos. Parece fácil, mas é complicado pensar em quinze poses diferentes, editar tudo, escolher as melhores e tal. Eu e a pastamos pra terminar no horário, mas conseguimos. Deixamos o pen drive com a professora e corremos para nos encontrar com as meninas.
- Tô com fome - encostou a cabeça no vidro do carro.
- MAS QUE NOVIDADE, NOSSA - virou para nos olhar e ficou estática.
- PAULA, PELO AMOR DE DEUS, SE CONCENTRA NA DIREÇÃO - segurava a porta do carro.
- Não queremos morrer tão cedo - gargalhava.
- Eu nunca mais vou dirigir essa droga, toda vez que eu pego no volante é isso! Parece que vocês têm medo d… - foi interrompida pela :
- DÁ PRA FAZER DRAMA EM CASA, POR FAVOR? - Nós rimos.
A viagem foi conturbada, mas conseguiu dirigir até o hotel. Jogamos as bolsas na mesa e foi direto pra cozinha fazer nossa ‘janta’. Comemos e ficamos assistindo um pouco de televisão. estava tão cansada, que dormiu no sofá.
- - a chacoalhava - … O CAH SUA LERDA - acordou assustada.
- Hã? Oi? Onde eu to? - Ela falou rápido.
- Ei bebê, vai pro seu quarto dormir ok? - a ajudou a levantar - Boa noite Baby Bear, dorme bem! Amanhã te acordo!
- Tá, boa noite princesas! - subiu as escadas lentamente e foi até o seu quarto.
- Vamos dormir também? - Comentei e e assentiram. sorria olhando a tela do celular.
- ACONTECEU ALGUMA COISA QUE A GENTE NÃO SABE? - berrou na orelha dela e ela soltou um gritinho. Nós rimos.
- Mensagem do Harry - suspirou.
- TINHA QUE SER NÉ? - Comentei.
- OH HAROLDO, SEJA MEU CURLY BOY ATÉ O FINAL DA ETERNIDADE - cantarolou.
- PORQUE PROMETO SER SUA CURLY GIRL PARA SEMPRE - Completei.
- AH, VÃO CAÇAR O QUE FAZER - se levantou, mas logo estava rindo também - Vou dormir ok? Boa noite, até amanhã - Ela mandou beijos para o ar.
, e eu subimos logo em seguida. Me despedi delas e segui para o meu quarto. No meu celular tinha uma mensagem do Zayn.
“Sentindo sua falta! Boa noite pequena, te amo xx”.
Muito amor! Senti meu coração acelerar e respondi:
“Eu que não consigo dormir sem seu topete na minha cara hahaha Boa noite amor, te amo também xx”
Deixei o celular no criado mudo e decidi ver as mensagens só amanhã, porque se deixar vou ficar conversando com ele a noite toda. Abracei um ursinho e peguei no sono.

Liam’s POV
Meu sono foi tão bom, claro que não foi ótimo porque minha não estava aqui, mas foi bom. Quando estamos realmente cansados, nada melhor que um bom descanso. Acordei exatamente 10h37. A princípio me assustei, mas logo me lembrei que tínhamos estúdio só à tarde. Levantei calmamente, me espreguicei, fiz minha higiene pessoal, calcei os chinelos e desci. Niall e Louis estavam vendo televisão.
- Bom dia Daddy coisa linda - Louis estava sorridente.
- Aconteceu alguma coisa que eu não sei? Tá esbanjando alegria aí - Comentei.
- Eu sempre sou feliz tá? - Louis fez bico.
- Ele tá assim porque vamos ver as meninas hoje, acordou primeiro que todo mundo - Niall finalmente me deu as devidas explicações.
- AAAAAAAAAAAAH ENTENDI - Suspirei.
- Agora que o Liam desceu, podemos tomar nosso café da manhã? - Niall parecia impaciente.
- Vamos Niall, só pra você parar de reclamar - Louis rolou os olhos.
Fiz uma vitamina, Niall preparou alguns ovos e Louis fez as torradas. Logo Zayn e Harry desceram e se juntaram a nós.
- Quanta evolução, pelo menos não vamos comer cereais hoje! - Harry encarava os ovos.
- Evolução vai ser hoje quando a cozinhar pra mim - Niall fez bico.
Terminamos o café da manhã, jogamos a louça na pia e fomos jogar um pouco de vídeo game. Ficamos jogando até 12h00. Subi para o meu quarto, tomei banho, me troquei e desci para esperar os meninos. Enquanto eles não desciam mandei uma mensagem pra .
“Como está sendo seu dia amor? Ah, hoje vamos buscar vocês no curso ok? Beijo xx”
“Está tudo bem, mas estou bem cansada haha E o seu dia amor? [AAAAAAAA] sério? Espero ansiosa o final do curso :) Beijo xx”
“Tô indo pro estúdio agora gravar um pouco! Quando estivermos chegando, te aviso ok? Porque aí vocês já descem, vamos esperar lá em baixo xx”
“Ok, me liga que eu desço e arrasto as meninas o/ Amor, vou entrar na sala ok? Beijo, te amo <3”
“Boa aula pequena, te amo mais xx”

- Daddy? Liam? - Harry bufou - LIAM JAMES PAYNE!
- MEU DEUS O MUNDO CAIU - Berrei e os meninos riram - Que foi?
- Você estava em transe, hipnotizado pelo celular - Louis fez uma voz assombrada.
- Ou hipnotizado por quem ele estava falando - Zayn deu de ombros.
- Tá, mas porque vocês quebraram meu transe? - Ri.
- Temos que ir pro estúdio, dã - Niall respondeu abrindo a porta.
Pegamos a van e fomos pro estúdio tentar gravar algumas coisas. Chegamos lá e fomos direto para a sala a prova de som. No começo todos estavam concentrados, mas à medida que o tempo passava, a ansiedade de ver as meninas tomava conta do ambiente e nós perdíamos a paciência.
- Pausa; quero descansar! - Louis se livrou dos fones, saiu da sala e se jogou num sofá. Nós o seguimos.
- Ficar aqui sem fazer nada não vai fazer o tempo passar - Harry mordeu o lábio inferior.
- Vamos cantar mais um pouco e já ir pro curso ok? - Zayn sugeriu.
- É melhor, até porque o local do curso é meio longe né? - Niall concordou.
Fizemos o que Zayn sugeriu e tentamos gravar mais um pouco. Pouca coisa produtiva saiu dessa gravação. Saímos do estúdio e novamente entramos na van. Zayn no volante. Ele não dirigia tão desesperadamente igual o Louis. Estava com um pouco de trânsito devido ao horário.
- E esse trânsito infernal? - Louis rolou os olhos.
- Para de reclamar Louis, que coisa - Zayn mexeu no cabelo.
- Eu tô ficando com fome - Niall murmurou.
- ERA O QUE FALTAVA - Falei.
- Agora só falta alguém dizer que quer fazer xixi - Harry falou sério, mas nós rimos.
- QUE DESNECESSÁRIO STYLES - Louis estava vermelho.
- Vocês querem fazer escândalo ou querem ver as meninas? - Zayn estacionou a van na porta do prédio do curso. Mandei uma mensagem pra e ela nos avisou que estavam descendo.
- Vamos sair dessa van, credo! - Harry abriu a porta e nós o seguimos. Ficamos encostados no carro e alguns minutos se passaram.
- Não aguento, vou lá buscar a ok? - Louis nem deixou que algum de nós o impedisse, já foi entrando no prédio.
- Vai dar merda - Niall mordeu o lábio. Harry também correu para a porta do prédio, olhei e vi que já tinha descido. Harry a abraçou forte e eles se beijaram ali mesmo, na frente de todo mundo.
- Oi meninos - e Harry se aproximaram e ela nos cumprimentou. Ia murmurar uma resposta quando vi a , eu não me aguentei e corri em sua direção. Quando me viu ela deixou a bolsa cair e sorriu.
- Quanta saudade pequena - A abracei o mais forte possível.
- Também estava co… - A interrompi com um beijo. Foi um beijo cheio de sede. Sempre quando nos beijamos tudo é bem calmo, mas dessa vez foi bem intenso. - Calma Liam! - Ela riu.
Nos juntamos aos meninos e ficamos esperando o Louis, a , a e a .

Capítulo 23 - Preparativos

Louis POV
Estava com tanta saudade de que não aguentei ficar ali esperando, decidi ir buscá-la dentro do prédio. Cheguei à recepção e perguntei para a moça em que andar ficava o curso de Design. Ela devia ser uma fã nossa, pois começou a tremer muito. Ela me informou o andar e tirei uma foto com ela antes de subir. Entrei no elevador e sorri pensando no sorriso que abriria ao me ver, assim como eu. O elevador parou e a porta abriu, vi uma cena não muito agradável. estava encostada na parede e um moreno, alto, estava muito próximo dela. Cheguei por trás dela.
- Oi amor! - Falei e ela se virou imediatamente.
- LOUIS, QUE SAUDA... - Não deu tempo de terminar a frase, a agarrei e a beijei intensamente ali mesmo. Paramos apenas quando ficamos sem ar, o cara estava totalmente sem graça.
- Quem é ele? - Sussurrei em seu ouvido para que apenas ela ouvisse.
- Depois te explico direito amor, mas se você está com ciúmes, ele é gay! - O QUÊ? ELE É GAY? Como assim ele é gay? Não parece nem um pouco que ele seja gay. Fiquei corado e ri fraco.
- Jordan, esse é o Louis... - Ela nos apresentou e apertamos nossas mãos.
- Eu sei quem é , quem não sabe quem ele é? Af - Ele é gay. riu e deu um tapinha nele. - fala muito de você, às vezes fica assim viajando nos tais olhos azuis que ela tanto fala... - Dei um selinho nela e ficamos nós três ali nos encarando.
- O clima tá meio tenso, né? - Comecei e eles concordaram - Queria pedir desculpas Jordan... - Falei e ele fez um sinal para que eu não me preocupasse. - É que quando saí do elevador e vi você perto da , fiquei com ciúmes sabe, amo muito essa baixinha... - Ela selou nossos lábios.
- Não, tudo bem, eu entendo! A é linda, tem mesmo que ficar de olho...
- É muito linda... - Concordei e nós dois ficamos olhando para ela.
- Ai parem, tô com vergonha! - Ela colocou as mãos no rosto e nós rimos.
- Sua namorada é um amor, sabia? Ela fez que eu me sentisse mais confiante... - Ficamos mais um tempo ali conversando com o cara, ele era gente boa e muito engraçado, confesso.
- Vamos ? O pessoal deve estar nos esperando lá embaixo... - A chamei e nos despedimos do Jordan, ele disse que ficaria mais, pois estava esperando um amigo. Amigo? Sei... Ri com esse pensamento e fomos para o elevador. começou a gargalhar muito.
- Que foi? - Falei e ela começou a rir mais ainda. Tive que segurá-la para que não sentasse no chão de tanto rir. Algumas pessoas olhavam esquisito para ela, outras olhavam e riam junto. Provavelmente nem sabiam o que estava acontecendo, mas a risada da era a melhor de todas.
- Ficou com ciúmes foi, Boo Bear? - Ela riu e eu ri também.
- Claro que fiquei, vi aquele cara quase te agarrando...
- É mais fácil ele ter ficado a fim de você, não de mim! - Ela não parava de rir. O elevador chegou, entramos gargalhando, só depois percebemos que e nos olhavam.
- OI - gritou e rimos mais ainda. As meninas me abraçaram e fizeram várias perguntas: “O que você ta fazendo aqui?”, “Os meninos também vieram?”, “Cadê o Zayn?”, “Cadê o Niall?”, “Vamos comer? Tô com fome...” – CALMA! - repreendeu as meninas e elas respiraram. Me abraçaram e expliquei tudo pra elas.
- Por que estavam rindo igual débeis? - perguntou e mostrou a língua pra ela.
- É que assim... - Começou e ficou com uma crise de riso.
- Quer que eu conte? – Perguntei.
- NÃO, EU VOU CONTAR - Ela tomou fôlego e começou a falar. Contou que conversava com Jordan, (elas já sabiam que ele era gay) quando eu cheguei e lhe dei um beijão. Contou que fiquei com ciúmes e tudo mais. e não se aguentavam de tanto rir.
- AI QUE FOFO ESSE BOO BEAR, TODO CIUMENTO, QUERIA TER VISTO! - berrava e não conseguia nem falar de tanto rir. Chegamos ao térreo e elas saíram de encontro aos seus amados. Entrelacei minha mão com a de e fomos andando juntinhos até eles. Zayn pegou e a rodopiou no ar, depois a encostou na van e a beijou.
- Desculpa se eles são atores de Hollywood... - comentou e rimos. Ela cumprimentou o resto dos meninos.
- POTATO - e Nialler gritaram juntos e eles se abraçaram e se beijaram, mas não foi uma coisa tão “intensa” como e Zayn. Liam falou que iríamos jantar num restaurante ali perto. Nos dividimos nos carros, eu e , Harry e , Liam e fomos na van, enquanto o casal buraco negro e o casal vaidade iam no carro das meninas.
- EU QUERO DIRIGIR - berrou, entrou no carro e sentou no banco do motorista, rimos. Zayn foi no banco do passageiro e e Niall foram atrás. Na van, Liam dirigia e ia ao seu lado, Hazza e atrás deles, e eu e no último banco, fazendo todos rirem, como sempre.
- , vou na frente e você vai me seguindo, ok? - Liam falou e a garota concordou, seguimos para o restaurante.

’s POV
Esses meninos são uns lindos. Vieram nos buscar no curso e agora nos levarão para jantar. No carro, conversávamos animados quando eu comecei a rir, lembrando de Jordan. Cutuquei e começamos a rir.
- Quem é Jordan? - Zayn e Niall perguntaram juntos, num tom de ciúmes. falou que ele era gay e eu contei a cena toda que Louis havia feito.
- NÃO ACREDITO QUE ELE FEZ ISSO - Zayn berrou e começamos a rir mais.
- É, mas você faria a mesma coisa se fosse a , né? - Perguntei e ele parou de rir.
- Tô rindo, mas acho que faria sim...
- Ai que lindo! - comentou e foi dar um beijinho no DJ, mas eu dei um tapa nela.
- PRESTA ATENÇÃO NO QUE VOCÊ TA FAZENDO, JUMENTA - Niall e Zayn começaram a rir.
- CALMA MONGA, TO PRESTANDO! - Rimos. - Mas e você, Niall? O que faria se fosse a no lugar da ? - Corei.
- Eu ficaria com ciúmes, claro, mas não faria nada porque confio muito na ...
- AI QUE LINDO, TE AMO, TE AMO, TE AMO - Falei distribuindo beijos pelo rosto de Niall, que ria.
- Calma, vai matar o coitado! - Zayn comentou e mostrei a língua pra ele. - Ei! - Falou - Eu também confio muito na minha , não confio é no cara... - quase teve um ataque de fofura e eu falei pra ela fazer isso quando parasse o carro, senão poderia até perder Liam de vista, ai já era.
- Isso é! - Niall concordou e fomos conversando e rindo até o tal restaurante. Descemos do carro e o pessoal desceu da van, entramos no restaurante, cada casal com as mãos entrelaçadas. Entramos no restaurante e todos começaram a nos encarar. Algumas pessoas olhavam com raiva, outras com admiração e algumas apenas olhavam. Subimos uma escada e nos sentamos numa mesa grande e redonda, no fundo do enorme salão.
- Tava com saudade dessas nossas reuniões! – confessou e concordamos. chamou o garçom e cada um fez o seu pedido.
- Vai demorar muito? Tô com fome... - Niall falou passando a mão na barriga.
- Calma, amor! - Dei um beijo em seu pescoço.
- Ai, ai, chega de baitolagem! - Zayn tentou imitar minha voz, mas não obteve sucesso, o que foi MUITO engraçado.
- Ai Zayn, você não consegue me imitar, desculpa... – Joguei o cabelo e todos riram.
- Gente, vocês ficaram sabendo da crise de ciúmes do Louis no curso hoje? - Harry comentou e todos começaram a rir.
- A contou na van! - explicou rindo.
- Ah gente! Para, eu fiquei com ciúmes, aposto que vocês também ficariam - Ele fez bico.
- Eu ficaria, mas não ia quase comer a , né? - Liam falou e os dois riram.
- Ei! A gente só se beijou! - se defendeu.
- Ah, é sim, opa! - ironizou.
- E você que queria o corpo do Zayn nu no meio da rua! - rebateu para , que ficou roxa de vergonha.
- Queria nada, eu tava com saudades, ok? – se explicou.
- Guardem suas intimidades para vocês! - Louis falou.
- Falou o certinho, né? Você que começou a lavação de roupa suja quando beijou a igual doido! - Niall deu de ombros.
- Eu? Eu pelo menos acredito na minha namorada – Louis rebateu no mesmo instante. Fiquei tensa e me lembrei dos dias que passei sem comer. Aquilo era tão antigo, mas tão recente ao mesmo tempo.
- Por que vocês têm que voltar nesse assunto toda vez? – bateu com os punhos na mesa – Não é necessário.
Eu sabia que Louis não tinha falado aquilo por mal, mas Liam, Zayn e Niall ficaram inquietos. Eles ainda remoíam culpa pelo que sofremos.
- Vamos parar com a lavação aqui? Caramba! - encerrou o assunto. Aos poucos o clima foi se dissipando. A comida chegou e o jantar foi muito animado, apesar de tudo.
- Vocês vão lá pro hotel, né? - se aconchegou em Hazza.
- Vamos, mas temos que sair cedinho junto com vocês no dia seguinte, porque temos entrevista e tal... - Liam foi breve em sua explicação.
- Mas não era o dia de folga de vocês? - Perguntei.
- Ér, hm, err, era… Mas ai surgiu um imprevisto e não sabemos quando vamos ter folga de novo, acho que só semana que vem! - Niall falou enrolando um pouco, tem alguma coisa acontecendo e eles não querem nos contar, suspeito.
Eles fizeram questão de pagar a conta. Já vimos que nunca pagaríamos nada, só se fossem presentes ou um jantar em que pedíssemos a comida por telefone. Dessa vez fomos na van, com Louis dirigindo e no banco do passageiro. Eu e Niall fomos atrás dele, e Zayn foram no fundo. O resto do pessoal foi no nosso carro, com Liam dirigindo.
- É uma boa ideia o Louis dirigir à noite? Tô com medo! - Comentei e Niall me abraçou.
- Relaxa , tô bem acordado... – Louis me tranquilizou.
e Zayn se pegavam no último banco, isso que é saudade. ligou o rádio e fomos cantando até o hotel. Chegamos e Harry, , e Liam já estavam lá.
- Eae galerinha do mal – Me joguei no sofá, Niall se jogou ao meu lado.
- Tô cansada, esse curso tá me matando! - suspirou.
- Quer uma massagem, amor? - Liam ofereceu e ela concordou com a cabeça. Eles iam se beijar, mas Louis, que estava ao lado deles, interrompeu:
- Vão se pegar pra lá, que coisa, já basta a e o Zayn!
- Quê? - Os dois pararam e olharam para nós.
- Esquece! - Louis rolou os olhos.
- Gente, cadê o Harry e ? - Niall perguntou.
- Chegamos e eles já subiram... - Liam explicou.
- Não adianta, o Hazza sempre vai ser o primeiro... - Concluí e rimos.
- Vamos subir, amor? - Liam falou e logo ele e subiram. sussurrou alguma coisa no ouvido de Boo Bear, ele sorriu, a colocou nas costas e subiu correndo com ela até o quarto. Esse menino é ligado no 220, não é possível. e DJ subiram logo em seguida, de mãos dadas.
- Preciso tomar um banho! - Comentei e Niall e eu subimos para o meu quarto. Ele se jogou na minha cama e eu fui me banhar.
Me despi e deixei que a água quente caísse sobre as minhas costas e levasse embora todo o cansaço daquele dia. O curso é muito legal, porém cansativo. Uma coisa era ótima: eu e estávamos na mesma sala, então, eu a ajudava e ela me ajudava também. Fazíamos os trabalhos juntas, coisa e tal. Me ensaboava quando escutei a porta do banheiro abrir: Niall. Sorri e ele entrou no box, como veio ao mundo, claro. Esse garoto quer me matar ou pelo menos me deixar no hospital por um bom tempo? Ele não disse nada, apenas me encostou na parede e me beijou. A água quente fazia com que tudo ficasse melhor. Tudo estava muito intenso, não paramos de nos beijar um segundo sequer, até que aconteceu.

’s POV
Saudade, essa palavra definia bem o momento. Eu e o Harry viemos nos beijando do curso até aqui. Liam e até pediram pra gente parar. Quando chegamos e vimos que ninguém tinha chego ainda, foi a brecha: Harry me pegou no colo e subimos correndo para o meu quarto. Estávamos nos beijando. Ele abriu a porta, entrou, fechou a porta e me colocou na cama; tudo isso sem tirar os lábios dos meus. Habilidoso, eu sei. A coisa foi ficando cada vez mais carnal. Ele tirava todas as minhas peças de roupa e eu fiz o mesmo… Boba eu não sou. Logo, ele estava em cima de mim só de cueca. A coisa chegou no clímax e rolou. E foi ótimo como sempre. Eu encostei minha cabeça em seu peito e percebi que ele respirava rápido.
- Só acho que temos que matar a saudade mais vezes…
- Eita Styles - Ri - Pode tirando o cavalinho da chuva!
- Você fala isso, mas não resiste ao meu charme - Harry fez uma pose exibida e passou a mão no cabelo.
- Se ache menos, por favor - Nós rimos - Agora vamos dormir Styles, se eu não acordar cedo amanhã a mata nós dois!
- Boa noite amor, dorme bem! - Ele me deu um beijo na testa.
- Boa noite! - Me virei e dormi.
Oooooh, so wouldn’t you like to come with me? McFly, meu Deus! Eu nem preciso dizer que amo acordar com essa música, enfim. Suspirei, me espreguicei e me levantei. Fiz minha higiene matinal, me troquei e acordei o Harry.
- Bom dia, meu Curly Boooooy - Cantarolei - Vamos levantar?
- Que horas são? - Ele ainda estava de olhos fechados.
- São 7h00 e tá na hora de levantar, senão eu e você vamos nos atrasar.
- Tá bom - Harry se deu por vencido. Levantou e me deu um beijo - Só espera dez minutos que eu já volto! - Ele entrou no banheiro.
Aproveitei esses dez minutos pra arrumar minha bolsa. Conferi os materiais e chequei se o trabalho de moda estava lá. Passei uma maquiagem básica e peguei o celular. Em exatos dez minutos Harry abriu a porta do banheiro já arrumado e cheiroso.
- Vamos? - Ele apoiou o braço no batente da porta.
- Vamos né? - Ri.
Descemos e encontramos todos lá embaixo. O café já estava servido. Liam e trocavam carinhos no canto da mesa, Louis e faziam Zayn e rir, e jogava petiscos na boca de Niall.
- Bom dia, dorminhocos! - Louis brincou.
- Dorminhocos? Pra gente é madrugada ainda – Rolei os olhos.
- Agora sentem e comam porque logo começa o curso, gatinhos - piscou e nós rimos.
- A COMIDA TÁ ÓTIMA - Os olhos do Niall brilhavam e deu um selinho nele.
- Pelo menos não são os cereais do Harry – Liam riu fraco.
- O que vocês têm contra meus cereais? – Hazza cruzou os braços – Fazer o café da manhã ninguém quer, né? Mas reclamar...
- Eu não tô reclamando! – Liam deixou claro – Só estou falando que...
- Seu café da manhã é uma merda – Zayn completou e rimos, mas Harry estava sério.
- Então não faço mais – Harry fez bico.
- Ótimo, pelo menos não morremos com algo no estômago! – Niall deu de ombros.
- CHEGA! – Berrei – Desde ontem vocês estão atacados!
Comemos tudo rapidinho, só faltou enfiar as coisas no nosso nariz. Pegamos nossas bolsas e nossos materiais. Louis pegou a chave da van e a chave do carro.
- Vamos pra correria? - suspirou.
- Vamos né? Fazer o quê? - respondeu.
- Que desânimo, vish! - Louis mordeu o lábio inferior.
- É que tá cansativo amor, só isso - apertou as bochechas dele.
- É falta de costume, logo vocês conseguem se adaptar - Liam nos aconselhou.
- E hoje vam… - Louis foi interrompido por Harry.
- O Louis quis dizer que hoje vamos ter correria também - Harry deu um risinho nervoso.
- Seeeeeeeeeei - Comentei - Vocês estão estranhos.
- Que nada - Zayn passou as mãos no cabelo.
- Vamos logo? - abriu a porta.
Saímos e descemos até o térreo. Harry pediu que o manobrista pegasse a van e o nosso carro.
- Bom, até amanhã se der, né? - fez bico.
- Talvez podemos nos ve… - Novamente Harry interrompeu Louis:
- É, ATÉ AMANHÃ!
- Vocês são estranhos - riu - Até amanhã - Ela beijou Niall, abraçou Louis, se despediu dos meninos e entrou no carro.
- Se cuide, DJ! - ajeitou o cabelo de Zayn e o beijou. Apertou as bochechas do Harry e se despediu dos meninos.
- Tchau, Boo Bear! - também entrou no carro.
- Já estou com saudades… - cochichou para Liam e foi pro carro.
- Curly Boy, se cuide tá? Não se meta em encrencas - Falei e ele mostrou a língua. O beijei e entrei no carro.
- Isso é difícil – Louis riu.
- Tá me chamando de encrenqueiro? – Harry perguntou.
- Entenda como quiser – Ouvi Louis rebater.
ligou o carro e nós acenamos para os meninos. Os vimos entrar na van e sair do hotel. Seguimos direções opostas. seguiu para o curso.
- Esses meninos, viu? - riu.
- Estão com os nervos a flor da pele hoje, haja paciência – bufou.
- Nem falo nada - suspirou.
Chegamos ao curso e estacionou o carro. Subimos para a nossa querida sala. Já tinha me preparado psicologicamente para mais um dia cheio de aulas.

Zayn’s POV
Estávamos fazendo uma surpresa para as meninas. Eles pensaram que nós fomos embora, mas não fomos. Louis deu uma volta com a van pelo quarteirão, mas voltamos pro hotel. Como os funcionários já nos conheciam, nos deixaram entrar, mas mesmo se não nos deixassem, nós entraríamos. Enfim, Liam tinha uma chave do apartamento das meninas que a deu pra ele, caso acontecesse algum imprevisto. Bom, isso não era bem um imprevisto, mas era por uma boa causa. Subimos para o apartamento e quando entramos, Louis começou a pular pela sala.
- ISSO É NOSSO HOOOOOOOOJE - Ele jogava as almofadas para o alto.
- Cuidado pra não quebrar nada, seu atentado - Liam batia o pé impaciente.
- Tá, vamos conversar! - Harry sentou em um sofá e nós fizemos o mesmo - O que vamos fazer?
- Vamos levar nossas meninas pra jantar - Niall sorriu.
- E o que mais? Porque a gente fez o maior esquema pra só levar elas para jantar? - Fiz uma careta.
- A gente podia escolher as roupas que elas vão usar, sei lá… - Harry sugeriu.
- E a gente podia fazer alguma coisa aqui, né? Já que estamos vadiando por aqui - Louis ainda brincava com a almofada.
- Podíamos fazer um jantar formal aqui, o que vocês acham? - Niall já mudou de ideia - Aí a gente cozinhava, comia aqui, e depois saímos pra algum lugar…
- LONDON EYE, POR FAVOR - Louis gritava e apertava a almofada.
- O Boo Bear tem razão, o London Eye de noite é lindo, nunca as levamos de noite, só de tarde… - Liam concordou com Louis.
- Então tá, resumindo: vamos escolher as roupas, fazer o jantar e ir ao London Eye! Fechou? - Harry perguntou e nós assentimos.
- Só eu acho que tá um pouquinho cedo demais pra começar a pôr o plano em prática? - Bocejei.
- Eu também acho, as meninas acordam muito cedo, credo - Niall mostrou a língua.
- Vamos assistir um pouco de televisão e descansar, ok? Aí quando forem umas 11 horas começamos a procurar as roupas e depois fazemos o jantar - Liam já tinha programado tudo.
- Elas chegam que horas? - Louis perguntou.
- Geralmente umas 18h00, por aí - Harry respondeu.
- Temos muito tempo - Boo Bear riu. Ligamos a televisão e estava passando The Big Bang Theory.
- DEIXA AÍ - Gritei e peguei o controle das mãos do Niall.
Fiquei assistindo até que cochilei. Um cochilo sem sonhos. Acordei com Harry me sacudindo. Abri os olhos e notei que todos estavam bem animados, menos o Liam.
- ACORDA MALIK, VAMO PRO QUARTO DAS MENINAS - Harry me sacudia.
- CALMA - Berrei – Tô acordando - Me espreguicei.
- Não sei não - Liam reclamou.
- Ah Daddy, para de vetar as aventuras, vai ser legal - Louis implorava. - Vai que você acha alguma coisa da bem… Exótica - Niall riu, mas Liam não achou nenhuma graça.
- Não é legal mexer nas coisas dos outros!
- Ai que chato, é por uma boa causa - Harry rebateu.
- E elas nem vão saber que mexemos em nada - Fiz uma cara maléfica. Liam nos encarou.
- TÁ VAI - Ele se deu por vencido - Mas que fique claro que eu fui contra - Louis o abraçou e subiu a escada saltitante. Chegamos lá em cima e ficamos parados.
- Quarto de quem primeiro? - Niall encarava as cinco portas fechadas.
- O da - Harry já foi escancarando a porta. Entramos e a cama estava toda bagunçada e sem lençol.
- NOITE ANIMADA HEIN, HAZZA! - Louis riu e deu uma cotovelada de leve na barriga do Harry.
- E bota animada nisso - Ergui um sutiã preto que estava no chão.
- CALA A BOCA, LOUIS! E ME DÁ ISSO, ZAYN! - Harry riu - Agora fiquem aí que eu vou escolher uma roupa. - O Curly Boy já foi abrindo o guarda-roupa da .
- Vamos arrumar essa cama, por favor - Liam nos tirou de cima da cama e começou a arrumá-la.
- E nós vamos stalkear - Niall nos puxou pelo pulso. Fomos até o banheiro.
- Vamos encontrar absorventes aqui, por favor - Louis fingiu vomitar.
- OLHA ISSO - Ergui uma escova de dente azul bebê com uma ‘etiquetazinha’ escrita “Curly Boy <3” - DEPOIS EU SOU O BAITOLA!
- NOOOOOOOOOOOOOOOSSA, QUE ESTRANHO - Niall tomou a escova da minha mão. Saímos do banheiro e encontramos Liam e Harry sentados na cama.
- O HARRY TEM ATÉ ESCOVA DE DENTE AQUI - Brinquei.
- AWN, CURLY BOY - Louis fez um coração com as mãos.
- Ha. Ha. Ha. Que engraçado - Harry riu pausadamente - Já escolhi a roupa, vamos pra onde? - Ficamos pensativos - VAMOS PRO QUARTO DA AGORA TAMBÉM... - Harry berrou e rimos.
Levantamos correndo e entramos no quarto da . A cama até que estava um pouco arrumada, mas havia algumas réguas, cadernos e livros espalhados por ela. Louis juntou as coisas e colocou em cima de uma bancada.
- Vamos ver o que tem por aqui, hm… - Niall comentou.
- Olha lá o que vocês vão ver, hein? Tô de olhos em todos - Louis riu.
- Escolhe a roupa dela e a gente vê o que faz - Harry deu de ombros. Também arrumamos a cama da enquanto Louis escolhia a roupa dela. - VAMOS STALKEAR AQUI TAMBÉM, ORAS - Harry nos levantou. Só Liam continuou sentado na cama, disse que queria deixar bem claro que era contra. Deixa chegarmos ao quarto da , quero só ver.
- Eu não vou mexer no quarto dos outros – Liam cruzou os braços.
- Liam, você ainda vai perder muita coisa na vida por esse bom senso – Harry rolou os olhos.
- Pelo menos sou responsável – Liam o fulminou com os olhos.
- Vamos ver os cadernos dela, devem ter coisas legais - Niall já correu pra bancada, mudando de assunto.
- Hm, vamos ver - Falei revirando as páginas de um caderno - Ela manda bem mesmo - Mostrei uma planta que realmente estava linda. Os meninos ficaram boquiabertos.
- Pelo menos o Louis vai morar bem, numa casa bonita - Harry tirou sarro.
- AH NÃO - Niall não se aguentava mais de tanto rir - OLHEM ISSO - Ele estava com o papel pequeno na mão, tipo um lembrete.
- Que foi, seu lerdo, fala logo! - Harry o sacudia.
- ESCUTA SÓ - Niall pigarreou - Amor, me desculpe, mas tive que sair antes que você acordasse porque tem passagem de som agora! PS: Não fica brava. PS2: Eu te amo, tá? PS3: Mas eu te amo muito mesmo PS4: Já disse que te amo? PS5: Enfim, eu te amo! Muito amor, Louis
- AWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWN - Dissemos uníssonos.
- Acabei aqui, cambada - Louis nos encarou - Quê que foi?
- EU TE AMO - Harry ria.
- MAS MUITO MESMO - Niall estava vermelho.
- JÁ DISSE QUE TE AMO? - Depois que completei, todos caíram na risada.
- Que coisa gay foi essa? - Liam também ria.
- Um bilhetinho sexy do Louis pra , awn - Harry fez uma voz apaixonada.
- Como vocês são idiotas, que coisa… E ISSO FAZ TEMPO, TÁ? - Louis riu - Tá, agora vamos pra onde?
- Vamos ver o quarto da , o Zayn me parece tão animado… - Liam comentou e eu cerrei os olhos.
- Você me paga, Payne - Falei enquanto íamos para o quarto da minha pequena. Entramos e encontramos a cama arrumada. Agradeci a mentalmente.
- Hm, temos uma organizada - Niall murmurou.
- Isso porque não entramos no quarto da ainda - Louis riu e Liam o encarou - Sem ofensas Daddy, isso foi um elogio. - Nós rimos.
- Como não precisa arrumar a cama, vamos ficar aqui enquanto você escolhe a roupa dela - Liam se sentou.
- VAMOS NADA, VOCÊ VAI - Harry puxou Niall e Louis pelo braço e foi revirando as coisas. Escolhi um vestido bem legal, que combinava com o sapato. Fiquei um tempo pra escolher os acessórios, ser mulher é difícil.
- AI. MEU. DEUS - Ouvi a voz gay do Louis. Pronto, eles acharam algo comprometedor. Deixei a roupa num cabide e corri para ver o que tinha acontecido. Eles me olhavam com uma cara estranha e Louis estava com um papel na mão.
- Galera - Falei - QUE FOI, SEUS TONTOS? - Gritei e eles continuaram me encarando.
- A escreveu uma coisa pra você, tinha um envelope escrito “DJ Malik” nas coisas dela - Niall começou.
- Ta um pouco em português, um pouco em inglês - Harry continuou.
- Mas é fofo, ai meu Deus - Louis concluiu.
- DÁ ISSO AQUI - Tirei o papel das mãos do Louis. Tinham várias frases em português e no final da folha um textinho em inglês.
- Pode ler, vai! - Louis me incentivou.
- Achei que tivesse virado essa página da minha vida. Tinha quase certeza que havia te tirado do meu coração. Errada, como sempre. Depois de dias sem falar contigo e sem te ver, pensei que a ferida havia se fechado por completo. Mas foi só você me olhar fundo nos olhos e murmurar algo como um “Bom dia”, com aquele sorriso lindo que só você tem, pra eu perceber que nada mudou. Tentei fingir que não me importava contigo, mas aos poucos fui cedendo. Observei-te de longe e notei que você não largou aquela mania de mexer no cabelo, e que ainda é indeciso quando se trata de escolher a combinação de cores das roupas. Como suspeitava, você ainda me tem nas mãos. Eu fico com raiva só de saber que outra pode chegar a qualquer momento e te roubar de mim, ainda tenho vontade de permanecer eternamente abraçada por ti, eu ainda tenho vontade de ter você aqui. Mesmo depois de todo esse tempo, depois de tudo que fez comigo, ainda tenho vontade de você. Mesmo depois de tudo, percebi que ainda te amo. - Esse ‘ainda te amo’ saiu fraco. Ela sofreu sem mim. Provavelmente esse texto foi escrito quando estávamos separados.
- Ér… VAMOS PATROCINAR UM LIVRO DA ÊEE - Harry tentou descontrair. Limpei uma lágrima que teimou em cair.
- Zaz, tira uma foto das frases em português e depois traduz, temos que deixar isso aqui - Niall deu um tapinha nas minhas costas. Fiz o que ele sugeriu e tirei uma foto do papel. Louis guardou onde ele encontrou.
- Eu sabia que isso ia dar merda - Liam abriu a porta.
- Para de ser pessimista, Liam - Harry mostrou a língua.
- Ele tem essa mania de viver falando: “eu avisei” - Comentei.
- Mas é divertido ver a cara de vocês - Liam respondeu e nós rimos.
- Rumo ao quarto da - Louis e Harry foram à frente.
- QUARTO DE QUEM? - Niall correu em direção à porta do quarto da , mas não conseguiu impedir a nossa entrada. A cama não estava arrumada, mas pelo menos tinha edredom e lençol.
- Vai escolher a roupa que eu arrumo a cama - Liam foi ajeitando o lençol.
- E nós vamos stalkear - Louis esfregou as mãos como um mafioso. Abrimos uma gaveta no criado mudo e encontramos muitas coisinhas.
- Caneta, lápis, folhas, desenhos, balas, bolachinhas, absorventes - Harry fez uma pausa - ABSORVENTES?
- EU SABIAAAAAAAAAA - Louis fez uma dancinha. Eu continuei vasculhando e encontrei um caderno.
- Vamos ver o que tem dentro - Harry já ia tomando o caderno da minha mão, mas eu não deixei. A capa era muito legal, tinha uns desenhos abstratos e no meio estava escrito “Little Things About Us”.
- Isso tem relação com o Niall, sim ou claro? - Perguntei e nós rimos. Abrimos e descobrimos que não era um caderno e sim um álbum, com fotos muito boas por sinal. Tinha fotos desde antes da turnê. Uma das mais legais era Niall e na piscina, ela nas costas dele. Em vez da legenda, escreveu poemas e pequenos textos.
- Own, duende, olha isso - Louis estava saltitante com o álbum nas mãos.
- QUÊ QUE VOCÊS ACHARAM? - Niall estava com as mãos na cintura - Me dá - Ele tomou o álbum das mãos do Louis e começou a folhear. O duende sorria e os olhinhos dele brilhavam.
- Agora até eu tô curioso - Liam também foi ver o tal álbum - Que fotos legais!
- Eu sei, pensei que ela tivesse excluído essas fotos, vou até querer algumas - Niall pegou o celular e tirou foto da foto, sim, bem confuso - Já arrumei as roupas dela, vamos pro último quarto! Que é o da…?
- , eeee - Louis rebolou - Pode comemorar, Daddy!
- Vocês sabem muito bem o que eu tô achando disso - Liam falou ríspido.
- UI, ELA TÁ BRAVINHA - Harry ironizou. Entramos no quarto da e tudo estava impecável. Cama arrumada, nenhum objeto espalhado, nenhum sapato jogado.
- Vou ser rápido, tentem não tocar em nada - Foi só Liam virar de costas para escolher as roupas que nós quatro começamos a fuçar. Encontramos de tudo: cadernos, fotos de família, fotos com o cachorro, ursinhos de pelúcia.
- ACHEI ALGO COMPROMETEDOR - Harry berrou, mas logo levou as mãos à boca.
- NEM PENSE STYLES, EU QUERO ISSO NA MINHA MÃO - Liam já tinha escolhido a roupa da e estava com a mão estendida, para que Harry lhe desse a tal coisa. Hazza entregou a Liam um caderno.
- Meninas amam cadernos, já notei - Louis bufou. Sentamo-nos na cama, com o caderno no meio. Já sabíamos que era o diário dela, porque estava escrito na capa.
- Abrir ou não? - Daddy estava indeciso.
- ABRE, ABRE, ABRE - Louis e Niall pareciam animados.
- Tá, ok! Mas eu leio - Liam abriu e ficou numa posição que só ele conseguisse ler o tal diário. Ficamos o observando por alguns minutos. Ele folheava e parava para ler alguns trechos. Quando ele virou para nós estava chorando.
- Que foi, Daddy? - O abracei.
- EU DISSE QUE ISSO IA DAR MERDA! - Louis imitou Liam.
- CALA BOA LOUIS, SEU TAPADO - Harry deu um soco no braço do Boo Bear.
- Digamos que… Ela descreveu detalhadamente o quanto sofreu enquanto estávamos separados - Liam suspirou.
- DÁ AQUI ESSA COISA - Niall guardou onde encontrou - Vamos fazer o jantar, ok? - Assentimos.
Checamos os quartos, deixamos tudo do jeito que encontramos, só que com as roupas em cima das camas. Descemos e nos sentamos nos sofás. Pesquisamos umas receitas brasileiras e iríamos misturar com alguma receita inglesa. Niall e eu fomos pra cozinha, Harry e Louis se jogaram nos sofás e Liam sentou-se à mesa.
- AS PRINCESAS NÃO VÃO AJUDAR? - Encarei Louis e Harry.
- Estamos mandando vibes positivas, isso já é uma ajuda - Harry deu de ombros.
- Vocês são muito folgados – Bufei – Não queiram ter créditos quando o jantar ficar pronto!
- E imagina como vai ficar bom o arroz do Hazza, é melhor ele ficar por lá mesmo - Liam riu.
- NOSSA LIAM, ESSE SEU SENSO DE HUMOR ME DEIXA EMOCIONADO - Louis fez uma cara feia.
- Tá, vem cá então, Daddy - Niall chamou Liam. Logo nós três estávamos preparando as receitas.
Faríamos arroz, feijão (Liam viu na internet que isso se come muito no Brasil), frango e uma macarronada com uma receita da mãe do Niall, só sei que vai batata. Liam lavou a louça, enquanto eu sequei e Niall guardou; sim, somos prestativos.
- Harry, Louis! - Gritei e eles me olharam - Vão arrumar a mesa pelo menos...
Os dois se levantaram preguiçosos, retiraram algumas coisas que estavam em cima de mesa, forraram uma toalha bem bonita que achamos por aqui, quer dizer, Louis achou fuçando e bagunçando todas as gavetas da cozinha, isso ele faz bem. Colocamos as comidas na mesa juntamente com as bebidas, pratos, copos e talheres. Liam ligou para Paul, que trouxe umas roupas nossas que já havíamos separado. Cada um foi tomar banho no quarto de sua namorada. Entrei no banheiro de e sorri automaticamente. era organizada, tinha vários cremes, perfumes e shampoos, olhei para uma prateleira e vi um spray pra cabelos perfeito! Parecidíssimo com o que eu usava, eu amo minha namorada. Peguei uma toalha dela emprestada, tomei um banho rápido - ou tentei, pelo menos -, me troquei, sequei meu cabelo, arrumei meu topete e fiquei cheirosinho pro meu amor. Desci e todos já estavam prontos.
- Até que enfim Malik, achei que tinha morrido lá dentro... - Harry e suas “piadas” - Ou que estava olhando alguma coisa assim da sabe, que queria ver sozinho, não sei…
- HMMMMM – Louis fez uma expressão maliciosa - Se bem que ele já viu né gente…
- Ah, parem de ser idiotas! - Ri - Tava secando meu cabelo...
- Guardou tudo direito? Estendeu a toalha? Não podemos deixar tudo bagunçado!- Liam sempre se preocupando com tudo. - Aliás, todos guardaram tudo direitinho?
- Sim, papai... - Respondemos juntos e Daddy riu. Ficamos ali rindo e conversando até que ouvimos um barulho de chave.

Capítulo 24 - The way you make me feel, I could never explain.

’s POV
Fomos para o curso e os meninos seguiram para a tal entrevista. Eles estavam realmente muito esquisitos, vai entender! Eu e as meninas saímos exaustas do curso. Hoje tinha sido puxado tanto a manhã, como à tarde, para todas nós.
- Preciso de um banho relaxante e de uma massagem... - se jogou no banco do passageiro do carro.
- Eu preciso me jogar naquela piscina e ficar lá por um bom tempo relaxando... - comentou.
- Eu preciso comer assistindo filmes românticos e comer de novo… - suspirou.
- Eu preciso ir num parque de diversões e me acabar como se não houvesse amanhã... – Externei meus pensamentos. Lembrei do dia que fui ao parque com Lou, queria mais dias como aquele.
- Eu preciso dormir! Isso sim! - falou e rimos.
- Eu preciso do meu namorado. - Falamos juntas e começamos a gargalhar.
- Ai, ai - limpou uma lágrima - Falando nos minos, eles estavam estranhos hoje né? Sei lá, misteriosos e cheios de alfinetadas!
- Pareciam que estavam escondendo algo! - continuou.
- Será que eles estão fazendo alguma coisa? – Perguntei.
- Acho que não, tinham entrevista, nem sei quando os veremos de novo! - nos lembrou. Fomos o caminho todo pensativas, o cansaço dominava. Fiquei pensando na minha família no Brasil, no tanto de saudades que eu estava deles, pensei em Louis, pensei em tanta coisa. Chegamos ao hotel e me cutucou me tirando do meu transe:
- Vamos Maiorino, chegamos! - Desci do carro na maior preguiça do mundo, assim como as meninas. Queria tanto chegar em casa e encontrar Louis ali, todinho pra mim, me esperando. Que me abraçasse forte, me beijasse... praticamente socava o botão do elevador.
- Sobe logo querido! Tô morrendo de fome... - também reclamava. A porta finalmente fechou, mas como moramos no último andar, teríamos que esperar um tempo ainda. Saímos do elevador e um cheiro de comida invadiu o Hall.
- Ué, que cheiro de comida é esse? - inspirava pesadamente.
- Só sei que é bom... - falava enquanto caminhávamos até o apartamento. Minha chave era a que estava mais fácil e as meninas me perturbaram até que eu consegui colocar a chave na maçaneta.
- Calma suas loucas! - Berrei e elas riram. Abri a porta e vi uma cena que me deixou muito, mas muito feliz. Os meninos estavam sentados no sofá, bonitos e cheirosos, enquanto um jantar nos aguardava. Saí correndo e pulei no colo de Louis. Ele me abraçou forte.
- Saudade baixinha! - Sussurrou no meu ouvido e minhas pernas balançaram. Já estamos juntos faz tempo, será que sempre sentirei isso? Beijamo-nos e observei as meninas. e Zayn olhavam um nos olhos do outro, sorrindo; Niall e se abraçavam e riam, ele falava alguma coisa sobre comida para ela, é claro; e Harry se pegavam como um casal protagonista numa novela das nove; e Liam se abraçavam e trocavam carinhos.
- Meu Deus, o que vocês fizeram aqui? O cheiro ta booom! - se aproximou da mesa.
- Ei! ! Pode sair já daí, queremos falar primeiro... - Niall falou e ela colocou as mãos na cabeça, como se estivesse sendo rendida pela polícia.
- Desculpa Sr. Horan! - Rimos e eles fizeram um hi-five.
- Olha já chega tá bom, vem cá potato - jogou o cabelo.
- VISH, CIÚMES MODE ON - Falei e todos riram.
- Meninas; misturamos umas receitas inglesas com outras brasileiras e fizemos um jantar... – Liam foi interrompido por Louis:
- Na verdade ficamos o dia todo aqui!
- E, até vimos umas c... - Os meninos encararam Harry, que ficou quieto na hora.
- Vocês ficaram fazendo o que aqui o dia todo? - colocou as mãos na cintura.
- E viram o que Haroldo? - perguntou o que todas nós queríamos saber.
- PARABÉNS HARRY - Os meninos aplaudiam Harry ironicamente enquanto caminhávamos até a mesa.
- Que aconteceu gente? Queremos saber - estava impaciente.
- Bem, vamos ter que contar tudo, já que o Hazza estragou a surpresa - Zayn começou - Bem, cada um escolheu uma roupa para sua respectiva namorada, porque depois do jantar queremos levar vocês para verem o London Eye à noite, só fomos lá de manhã, não tem graça... - Rimos e beijou Zayn na bochecha.
- AI QUE FOFOS ESSES MINOS - apertou as bochechas do Louis.
- Eu vou contar, senão vou me sentir culpado... - Liam falou e os meninos reviraram os olhos.
- Contar o que amor? Aconteceu algo grave? – estava preocupada.
- Não, nada demais amor. É que quando fomos escolher as roupas, eu falei para os meninos não mexerem em nada, porque não estavam na casa deles - Liam era o mais sensato daqueles garotos - Aí fomos os cinco de quarto em quarto. Só que enquanto um escolhia a roupa da sua namorada, os outros mexiam nas coisas. Falei para eles pararem, mas eu falando e nada dá na mesma né? Só pra deixar claro que eu fui contra! - Eles haviam mexido nas nossas coisas? O QUE SERÁ QUE ELES ACHARAM?
- Ai que curiosos vocês - bufou - Liam, você é um lindo, o resto são todos feios! - Eles riram e Zayn fez bico, mordeu o biquinho dele.
- Ai! – Ele resmungou.
- Tá, tudo bem que vocês mexeram e tudo mais, mas o que vocês acharam lá? - perguntou e olhamos curiosas pra eles.
- Bom, acho melhor depois cada um falar com a sua namorada - Niall tentou desconversar.
- É, concordo - Harry falou e logo todos concordaram. O que será que Louis havia achado? Nos servimos e começamos a comer, estava tudo muito bom.

’s POV
Eu pensei que a melhor sensação do mundo era chegar em Londres e respirar esse ar, mas o que ganha mesmo é quando você é pega de surpresa, e principalmente quando a surpresa é boa. Chegamos em casa e os meninos estavam lá! Eles pensaram em tudo: cardápio, roupas, decoração, passeio… Desse jeito fico até mal acostumada.
- Diz que a gente vai comer agora, diz - estava toda animada.
- Vamos comer agora, aí vocês se trocam e a gente vai pro London Eye, pode ser? - Liam sugeriu.
- ASSIM É ÓTIMO PORQUE EU T… - foi interrompida por Louis:
- Porque você esta morrendo de fome, nós sabemos - Nós rimos e fez bico.
Nos sentamos na mesa (que quase não cabia todo mundo) e começamos a nos servir. e Niall estavam sem freio total! Os meninos fizeram arroz, feijão, frango e espaguete com algo que era semelhante a um purê de batata. Comi um pouco de arroz, feijão e frango; e depois outro pouco de macarrão… Não sei se isso é frescura, mas não gosto de misturar macarrão com feijão.
- Isso merece uma foto - Louis bateu palmas assuntando - Desculpa amor!
- Eu tiro - Liam tirou o iPhone do bolso e virou a câmera para nós; certificou que estava no ângulo certo, nós sorrimos e ele bateu a foto - Ficou linda! - Depois de o iPhone passar pela mesa inteira, voltou para as mãos dele - Vou postar no Instagram!
- Tem certeza? - O encarei.
- Tenho - Ele riu - Jantar em família - Liam falou enquanto escrevia a legenda.
- Que preguiça - deitou a cabeça no ombro de Harry.
- Nada disso, vão se trocar que a gente espera vocês aqui! Sejam rápidas, por favor - Zayn puxou a cadeira pra .
- Quem vê pensa que é um bom homem - Niall riu e Zayn mostrou o dedo do meio pra ele.
Dei um selinho em Liam e subi com as meninas. Entrei no meu quarto e vi a roupa em cima da minha cama: era linda! Tomei uma ducha de alguns segundos só pra tirar a ‘nhaca’, me sequei e coloquei e tal roupa. Liam tinha bom gosto, quase melhor que o meu, ri com esse pensamento. Abri minha gaveta pra pegar um colar e logo de cara já vi onde eles tinham mexido. Não que eles tivessem deixado tudo bagunçado, mas é que se um brinco está fora do lugar, eu noto. Tentei não me importar e desci. Por incrível que pareça, todos estavam lá, até a !
- Milagres realmente acontecem - fez piada.
- Ficamos lindas com essas roupas né? - deu uma voltinha.
- A partir de hoje vocês vão escolher nossos looks - riu.
- Nem precisa, você fica linda de qualquer jeito - Niall beijou a testa dela e murmuramos um ‘awnnnn’
- TUDO MUITO BAITOLA, MAS ESTÁ NA HORA DE IR - gritou da porta.
- Impaciente, pra que né? - Louis reclamou.
Descemos em elevadores diferentes, porque dez pessoas num elevador não daria muito certo… Chegamos no térreo e a van já nos esperava na porta. Harry foi dirigindo e foi com ele na frente. Não estava muito trânsito na nossa querida e amada Londres, isso permitiu que nós chegássemos mais cedo ao London Eye. Descemos e decidimos nos separar.
- Vamos juntos ao London Eye, ou vamos ficar separados? - Liam indagou.
- Nós vamos numa sorveteria antes - Niall abraçou .
- Nós vamos ver uns livros - Zayn comentou.
- E nós vamos nos curtir um pouco - Harry falou e nós o encaramos - Vamos nos curtir olhando as estrelas, seus pervertidos!
- Seeeeeeeeeeei - Louis ironizou - Tá, então vamos nos separar! Nos encontramos aqui na van as 23h00 ok?
Dito isso, cada um seguiu para um lugar diferente. Liam decidiu ir primeiro no London Eye e depois ir fazer algo diferente. Somos do contra mesmo. As luzes do London Eye encantaram meus olhos. Eu já tinha ido lá duas vezes, mas de noite tem todo um encanto, uma magia. Eu realmente tinha sido envolvida por aquela paisagem.
- Liam, isso é realmente lindo - Suspirei.
- Eu também acho, por isso trouxemos vocês aqui hoje - Ele segurou a minha cintura e me beijou.
- Ah, eu sou tão idiota que me esqueci de agradecer… Obrigada pelo jantar e por hoje, vocês são realmente incríveis!
- Vocês que nos deixaram desse jeito - Ele respondeu e me encarou. Senti minha pele corar, então fitei o chão.
- Então, vamos? Tá na nossa vez Daddy - Mudei de assunto e ele riu.
Entrelaçamos nossos dedos e entramos numa cabine do London Eye. A princípio ficamos em silêncio só observando a beleza sobrenatural de Londres, bom, pelo menos pra mim era. A cidade mudava de noite. As pessoas que nasceram aqui já estão acostumadas, mas nós não! Apesar de que de nós cinco a mais afobada é a ; quando ela saiu do avião e pisou no aeroporto de Londres, ela tirou uma foto do pé dela dizendo: “MEU PRIMEIRO CONTATO COM O CHÃO LONDRINO”, foi realmente estranho. Deixei de pensar nos outros e me concentrei em mim e no Liam.
- O que você encontrou no meu quarto? - Perguntei me lembrando do que Niall comentou na sala.
- Bem - Liam fez uma pausa. Parecia estar procurando as palavras certas - Isso é realmente necessário? - Ele riu.
- É - Fiz bico - Poxa, eu quero saber! Pelo que os meninos falaram, vocês acharam coisas legais…
- O Niall encontrou o álbum de fotografias da , os meninos acharam a escova de dente do Harry no quarto da e um bilhete um tanto gay do Louis pra … - Nós rimos - O Zayn leu um texto da
- Tá, mas eu perguntei de você! O que você achou lá? - Pressionei o coitado. Do jeito que ele estava fugindo do assunto, parecia que tinha encontrado algo importante… Já estava até ficando com medo da resposta.
- Vou te contar porque você vai saber de qualquer jeito e porque você merece saber por mim - AI JESUS, O QUE ESSE MENINO ACHOU? - , eu… Eu encontrei seu diário!
- O meu o quê? - Eu ainda não estava acreditando! Meu diário? Como assim? Lá tem todos os meus segredos e todos os meus sentimentos descritos de forma bem melancólica… Tem coisas lá que ninguém sabe!
- Seu diário! - Liam suspirou - Eu avisei pros meninos que era só pra gente escolher as roupas e sair, mas eles acharam esse diário e antes que o Styles lesse achei melhor tomar dele…
- Fez bem, bom garoto - Murmurei e ele riu. Tudo bem o Liam ler o meu diário, agora o Harry? Ele ia me zoar o resto da vida pelo que está escrito lá.
- Aí fiquei na indecisão de ler ou não e acabei lendo… Abri numa página qualquer e li as coisas que você escreveu quando estávamos separados - Liam me abraçou e me encarou - Me desculpa tá? Não mexo mais nas suas coisas! - Ok, eu estava na frente do Liam James Payne ou de uma criança de cinco anos que acabou de sair do cantinho do castigo?
- Ei amor, olha pra mim! Eu não fiquei brava por você ter mexido no meu diário ok? Você tem que saber o que eu estou sentindo! Só que você deu azar porque essa é a parte mais sombria e triste do meu diário - Confessei.
- Eu percebi, se aquilo que você escreveu é verdade, eu me sinto o cara mais otário do planeta… Desculpe-me ter feito você sofrer - Liam me abraçou mais forte.
- Liam James Payne, pare com isso agora! Do mesmo jeito que você me machucou, você cuidou das minhas feridas… Imagina eu superando tudo aquilo sozinha? Você é parte de mim agora, Liam! - Segurei suas mãos.
- Mas só estamos aqui hoje porque descobrimos a culpada. E se nós nã… - O interrompi:
- Sem ‘e se’ tá legal? O importante é que estamos aqui juntos; o importante é que nos amamos e vai ser assim pra sempre entendeu? - Não pude concluir meu pensamento, Liam me calou com um beijo, o beijo mais doce e mais sincero da minha vida.
- Nunca mais vou ficar longe de você, não importa o que aconteça - Ele me prometeu e eu me senti a pessoa mais feliz do mundo.
- Eu acho bom, porque não vou deixar você ficar longe de mim - Nós rimos - Ei amor, já chegamos!
Descemos da cabine e nos sentamos num banquinho. Liam fez que eu contasse pra ele como foi cada dia de curso, o que eu gostava, o que eu odiava… Vez ou outra alguma fã aparecia. Eu não me importava, até tirava as fotos; isso só não acontecia quando a fã pedia que eu aparecesse também! Ficamos ali abraçados, conversando sobre nossos dias corridos.

Niall’s POV
Definitivamente Harry tem a maior boca do mundo. Não era para as meninas descobrirem que olhamos as coisas delas, se bem que acho que o Liam contaria depois, mas tudo bem. O jantar foi perfeito! Ah, que saudade da minha , comemos como nunca e como sempre bateu aquele sono. Mas ele logo foi embora quando chegamos ao London Eye, decidimos nos separar, afinal cada um queria fazer uma coisa e eu queria ficar sozinho com o meu amor. Fomos numa sorveteria.
- Quer sentar aqui pra comer ou quer tomar o sorvete enquanto damos uma volta?
- Ah vamos dar um volta potato, tá tudo muito lindo, essas luzes, ai... - Rimos e escolhemos os sabores dos sorvetes, chocolate, claro. Paguei e ficamos andando de mãos dadas observando a paisagem. - Ei Nialler, vamos sentar naquele banquinho? - Ela me puxou pela mão e nos sentamos. Olhei para aquela princesa iluminada pela luz da lua, tomando sorvete, que coisa mais linda.
- , já falei que eu te amo? - Ela olhou para e vi seus olhinhos brilharem.
- Já, e eu já te disse que te amo também? - Sorri.
- Não, não disse - Ela mostrou a língua pra mim e eu ri.
- Eu te amo Niall... - Isso era o que eu gostava de ouvir, ela dizendo que me amava, me fazendo sentir muito feliz. Começamos a nos beijar e ficamos ali, trocando carinhos. - Ah, antes que eu esqueça... - Pronto, o lance do quarto - O que você e os meninos acharam no meu quarto?
- Bem, é... Hum... - Eu não conseguia falar, era tão simples, mas não saia.
- Fala logo Niall! - Ela me deu um tapa nas costas e eu ri.
- Bem, eu achei um álbum de fotos seu, comigo... - Ela corou instantaneamente, abaixou a cabeça, de vergonha. - Ei, olha pra mim! - Me ajoelhei na frente dela e levantei seu queixo.
- Ah, nunca pensei que você pudesse ver aquilo sabe, fiquei muito triste quando ficamos separados e além do mais, haviam umas coisas escritas lá também, você leu?
- Li, li sim... - Ela abaixou mais a cabeça e vi que ia começar a chorar - , não chora! Odeio te ver chorar, eu achei muito lindo o álbum, você tira fotos muito boas e além do mais me sinto um otário por ter duvidado de você, eu nunca vou me perdoar sabe… Mas já acabou, é passado, estamos juntos agora e eu te amo,te amo muito. Fiquei muito mal quando vi que você estava sofrendo muito, você parou de comer por mim e ah... - Ela já chorava e uma lágrima rolou dos meus olhos - Eu te amo ! Nunca se esqueça disso, vem cá... - Falei e a puxei para um abraço apertado. Ela soluçava, passei a mão em seus cabelos e ela se acalmou.
- Achei que você ia me achar uma ridícula quando visse...
- Que ridícula o quê, ow! - Rimos - Achei muito linda, isso sim, e acho que podemos tirar mais algumas fotos pra colocar lá, o que você acha?
- Concordo! - Ela berrou animada pulando, a abracei e começamos a nos beijar. Um beijo calmo, doce. - Vamos ao London Eye? - Ela falou e eu concordei. - Mas e o que os outros meninos acharam no quarto das meninas?
- Algumas coisas engraçadas - Ri e ela riu junto. - Bem, achamos uma escova de dente com o nome do Harry no quarto da ; um bilhete um tanto quanto gay de Louis pra ; o Zayn leu um texto da , de quando eles também estavam separados, DJ até deixou escapar uma lágrima... - prestava bastante atenção em tudo o que eu contava. - E Liam achou o diário da .
- O QUÊ? ELE ACHOU O DIÁRIO DELA? - Ela berrou e eu me assustei. - Desculpa potato! - Ela falou e ganhei um beijo no pescoço.
- Vou me assustar mais vezes... - Ri e levei um tapinha.
- Ela escreve absolutamente tudo naquele diário e quando eles estavam separados, ela relatou tudo, cada sentimento, cada coisa.
- É, descobrimos isso, pegamos o diário primeiro, mas Liam o tomou de nós e não deixou que ninguém lesse, mas ele não aguentou e deu uma olhadinha... - Rimos - Ele ficou super bolado também, disse que ia conversar com ela depois.
- Vamos, nossa vez! - Ela falou e me puxou para dentro do London Eye. Ficamos abraçados na cabine, curtindo o momento, trocando carinhos. Falei para ir olhar a vista mais de perto, mas ela morre de medo de altura, então preferiu ficar pertinho de mim.
- Eu tenho trauma dessas coisas com bastante altura!
- Por que amor? - Perguntei rindo.
- Porque quando íamos a parques de diversões, me obrigava a ir com ela em todos esses brinquedos, ela vai em todos, todos mesmo. Não ta nem aí se o negócio tem 1000 metros de altura e ainda quer ir de novo depois... - Ela contava e eu ria - Mesmo que eu quase quebrasse a mão dela de tanto apertar, ela insistia e eu acabava indo. Ela sempre foi estabanada, aí a mãe dela falava pra que eu ficasse de olho nela, tinha alguns que eu não deixava ela ir não! - Ri.
- Fazendo o papel da é? - Comentei e rimos.
- Eu hein, se depender da vamos para a praia com aquelas bóias de peixinhos e entramos no mar só até a água ficar no joelho! - Gargalhamos e ficamos o tempo todo ali, conversando e contando fatos engraçados.

’s POV
Namorados como esses não têm igual. Cozinham para nós, escolhem nosso visual e ainda nos levam para um passeio no lugar mais lindo de Londres à noite. Nos separamos e eu e Harry fomos dar uma volta. O pessoal acha que nós ficamos nos pegando o tempo todo, mas não é verdade. Harry é super romântico, na verdade ele é o bebê da banda, mas todos acham que não por culpa da sua fama de pegador. Agora que ele está sossegado comigo, acho que as pessoas começarão a perceber. Andávamos de mãos dadas; praticamente abraçados.
- Saudade de ficar assim, abraçado com você… - Harry demorava mil anos para falar uma frase.
- Também estava amor... O que vamos fazer? - Perguntei e ele sorriu pra mim.
- Ah que tal darmos uma volta? Você quer comer alguma coisa, tomar um sorvete ou sei lá?
- Eu não, fiquei satisfeita pelo jantar que vocês fizeram - Demos um selinho - Você quer comer?
- Eu não, só a e o Niall pra comerem agora… - Rimos e continuamos caminhando.
- HARRY! OLHA AQUELA MÁQUINA, QUERO UM URSINHO! - Falei rápido e ele se assustou - Desculpa amor, é que fiquei emocionada sabe... - Rimos.
- Vem! Vou pegar um pra você… - Ele comprou as fichas e colocou uma.
- Vai amor, você consegue! - Eu apenas dava apoio moral ao seu lado. Ele moveu a garra, que pegou a cabeça do ursinho, mas quando a puxou, ele caiu.
- Ah, que droga - Styles falou impaciente - Vou tentar de novo... - Colocou outra ficha na máquina e aconteceu a mesma coisa. Após duas tentativas falei para que ele desistisse, afinal, era mais fácil comprar um urso do que gastar todo o dinheiro na máquina. Ta que o Harry tem bastante dinheiro, mas não ligo para isso. Namoro o Harry Styles, não o Harry do One Direction.
- Ah desiste amor, essa máquina é mentirosa…
- Não! Agora eu consigo, última vez que eu tento, prometo! – Ele sorriu. Aquele sorriso que eu não consigo resistir. Ele colocou a ficha, moveu a garra lentamente, colocou-a em cima da cabeça do urso e apertou o botão. A garra apertou a cabeça do ursinho e Harry a moveu rápido, fazendo com que ele caísse. Gritei de felicidade e Harry também, todos olhavam para nós.
- Falei que eu ia conseguir - Ele disse me girando no ar.
- Você é um lindo mesmo, te amo tanto - Nos beijamos, abracei o ursinho e sentamos um banco, rindo.
- Qual vai ser o nome dele? - Harry perguntou e eu fiquei em dúvida.
- Não sei, o que você acha?
- Também não sei, pode ser alguma coisa que tenha a ver conosco... - Ele sugeriu.
- Sim, mas o quê?
- Não sei… - Esse Haroldo; espera... Haroldo!
- O nome dele vai ser Haroldinho!
- Haroldinho ? Que que isso - Ele gargalhou e eu ri também. - Coitado dele...
- Coitado nada, vai ser Haroldinho e ponto final. - Fiz bico.
- Tudo bem então, quem sou eu pra falar alguma coisa né? - Ele riu e nos beijamos.
- Harry, o que você e os meninos acharam no meu quarto? - Meu anjo ficou corado, o que será que ele e os meninos haviam visto?
- Bem, entramos no seu quarto e eu fui escolher a roupa, como Louis, Niall e Zayn são muito curiosos, Liam também é, mas disse que não queria se envolver nesse assunto...
- Hum, continua...
- Então, eles entraram no banheiro e acharam a escova de dente com o meu nome... - Olhei para ele e automaticamente começamos a rir muito.
- Ai... Meu... Deus... - Falei em meio aos risos. Harry batia palmas e estava super vermelho.
- Eles viram um sutiã seu também! - Peraí, meu sutiã?
- Ah, é só um sutiã, eles já viram vários...
- Até porque só eu posso ver o sutiã em você... - Ele se aproximou e ficamos ali, nos beijando e trocando carinhos.
Do nada, Harry resolveu ir ao London Eye, pegamos uma fila pequena, mas significativa. Uma penca de fãs surgiu do bueiro e ficamos posando pra algumas fotos. Disse ‘ficamos’ no plural porque eu também tive que aparecer em algumas fotos; eu realmente amo isso, sério! Aproveitei a altura do London Eye e observei esse pedaço da Inglaterra - Salve a Rainha! - que já era tão amado por mim. Nada como minha casa no Brasil e o clima do Brasil, mas Londres tinha me recebido de braços abertos. A cabine parou e nós descemos.
- Ih, já são 23h15! - Harry encarava o relógio.
- Então vamos logo antes que a e o Liam taquem fogo na gente - Falei e nós rimos. Corremos até a van para encontrar a cambada.

Zayn’s POV
É bem legal ficar com a galera, mas nada como ficar sozinho com a minha pequena no London Eye, observando aquelas luzes. Fomos até uma livraria que ficava ali perto. Como íamos fazer alguns shows, nada melhor que bons livros para distrair, e como a ama ler, juntei o útil ao agradável. No final das compras eu tinha escolhido dois livros e ela sete.
- Vai abrir uma biblioteca? - Ri.
- Eu gosto de ler, ok? - Ela fez bico - E além do mais, nem tem tantos livros aqui…
- Não, nem um pouco - Ironizei.
- Olha, eu e a amamos ler… Quando eu era pequena isso era um problema pra minha mãe, que tinha que comprar um livro por semana pra mim - deu de ombros.
- Minha pequena é culta - Tirei os livros do braço dela, coloquei numa prateleira e a beijei.
- Desse jeito fico sem ar - Ela estava ofegante - Vamos pagar logo antes que eu compre mais algum… - Nós rimos e fomos para a fila.
Algumas pessoas me viam e não acreditavam que era eu; Zayn Malik, da One Direction. Uma menina gritou no meio da livraria o que chamou muita atenção… No fim, uma galera se reuniu e eu tirei foto com todo mundo. Eu fiz questão de pagar tudo, mas foi um sacrifício, porque a queria pagar.
- Passa tudo no meu cartão moça - Entreguei meu cartão de crédito à mulher do caixa.
- Não, cobra metade aqui - deu umas notas pra ela. A mulher ficou confusa. Peguei o dinheiro, devolvi pra minha pequena e a mulher passou no cartão.
- Um dia eu vou pagar escondido, sério - riu.
- Eu vou estar sempre de olho para isso não acontecer - A abracei.
Deixamos os livros na van, pra não ficar carregando peso e decidimos ir pro London Eye. A fila não estava gigante, o que foi realmente bom, mas as fãs tumultuavam muito. Sobrou até pra aparecer nas fotos! Entramos na cabine e ela suspirou.
- Essas directioners são lindas mesmo né? - fez uma pausa - MAS LINDO MESMO É ESSA PAISAGEM! OLHA ISSO - Ela grudou no vidro e seus olhinhos até brilhavam. Eu não saí do meio da cabine. Tenho medo de altura.
- Agora você pode vir aqui - Reclamei.
- Awn meu medroso preferido, não me esqueci de você - Ela abraçou meu pescoço e eu segurei sua cintura. Nossas testas se tocaram e ficamos apenas trocando olhares.
- Eu te amo … Te amo pra sempre.
- Eu também te amo e não me importo de passar o pra sempre ao seu lado - Ela falou e me beijou. Foi um dos melhores beijos desde quando voltamos. Eu estava muito feliz com ela e era assim que queria ficar.
Como tudo que é bom dura pouco, o tempo acabou e nós tivemos que sair. Fomos nos sentar num ba
nquinho até dar o horário… Quando se anda com Liam Payne, você aprende a ser pontual. - Ai, vocês realmente são incríveis - suspirou - Mas o que você achou no meu quarto? Tô curiosa!
- Bom, eu? - Perguntei me fazendo de ingênuo. Não sabia se era certo falar que mexemos na gaveta e achamos aquele texto.
- É; você Malik - cruzou os braços.
- Tá, vou falar - Enchi meus pulmões de ar - Eu achei um texto seu!
- Ah, meus textos babacas - Ela riu - Pera - mudou a expressão - Que texto você achou?
- Um que você escreveu ué - Dei de ombros.
- AVÁ, É MESMO? - Nós rimos - Sério, me fala!
- Um que você escreveu pra mim - Concentra Zayn, você consegue - Quando… Quando a gente tava separado! Eu realmente não tinha noção do qu…
- Shhh! - Ela me deu um selinho - Chega de falar dessa época, por que isso me lembra e me lembra que eu não dei tantos tapas nela - Nós rimos - O importante é que estamos aqui agora, juntos!
- Juntos pra sempre - A beijei e queria que aquilo durasse pra sempre. Do nada ouvi a voz do Adam Levine. “I’m at a payphone trying to call home all of my change I spent on you”.Era o celular da minha pequena.
- QUEM É O SER QUE NOS INTERROMPE? - riu - ALÔ?
Ela conversou com a , que pediu para que fossemos pra van. Olhamos no relógio e estávamos meia hora atrasados, até o Harry e a já estavam lá.
- Se prepare psicologicamente para o sermão do Liam e da - Comentei e nós rimos. Apostamos uma corrida até a van e nem está óbvio que ela ganhou.

Louis POV
As meninas realmente gostaram do jantar, me senti tão satisfeito. Eu ajudei arrumando a mesa, já é uma boa ajuda. Fomos ao London Eye e nos separamos, aí veio à dúvida: aonde eu levaria ?
- Quer ir aonde amor? - Perguntei.
- Ah não sei,você que escolhe, pode ser qualquer lugar… - Agora sim.
- Eu que escolho? Tem certeza? - A encostei na parece num lugar afastado das pessoas - Vou te fazer minha prisioneira pra sempre...
- Eu aceito! - Falou e rimos, a beijei até ficarmos ofegantes.
- Ei, que tal andarmos um pouco pra vermos as luzes, estão lindas.. - Sugeri e ela concordou. A puxei pela mão e começamos a caminhar lentamente, até que ela viu uma banquinha de doces com um senhor bem velho. Ele vendia balas, pirulitos e chicletes de todos os tamanhos, ia falar sobre isso quando se manifestou.
- LOUIS, OLHA AQUELES DOCES, VAMOS LÁ, VEM! - Transmissão de pensamento. Comecei a rir enquanto ela me puxava feito doida até a tal barraquinha. Ela ficou maravilhada com os doces, acho que por serem coloridos e terem formas engraçadas.
- Qual você quer? – Perguntei.
- Não sei - Ela falou fazendo bico - São tantos... - O senhor apenas sorria. escolheu alguns doces e um balão também. Essa minha namorada viu, tem hora que parece criança. Acabou que escolhi uns doces pra mim e peguei um balão para mim também. ia pagar, mas não deixei, é claro. Entreguei o dinheiro ao bom velhinho que me pediu um autógrafo para sua neta, disse que ela era muito fã nossa. Autografei um papel e ele agradeceu.
- Vocês formam um casal muito lindo, boa sorte no namoro de vocês… - estava muito corada.
- Obrigada moço, tudo de bom para o senhor também! - Ela respondeu, eu agradeci e continuamos a caminhar juntos, em silêncio. Sentamos num banco. - Que lindo esse velhinho, falando da gente.
- É, ele disse a verdade, vamos ficar juntos para sempre! - Suspirei e ela sorriu me dando um selinho. Começamos a comer os doces, ela havia amarrado o balão no braço para que não voasse. - Você fica linda assim sabia?
- Assim como? - Ela escolhia qual seria o próximo doce que comeria.
- Assim, escolhendo os docinhos - Rimos. Ela me deu alguns doces na boca, até que fiquei sentado no banco e ela levantou.
- Abre a boca! - Ela falou e eu abri, ela arremessou um confete, que bateu no meu nariz e caiu. - Poxa - Fez bico.
- Tenta de novo! - Ri e abri a boca, ela jogou outro e acertou. - Joga outro! - Ficamos ali um bom tempo com ela tentando acertar confetes na minha boca. - Quer fazer o desafio do biscoito sem o biscoito? - Perguntei.
- Como assim desafio do biscoito sem o biscoito Louis? - Rimos.
- Assim... - Coloquei um marshmallow na minha testa e fui descendo com ele até chegar perto da minha boca, tentei o puxar com a língua, mas não consegui, infelizmente.
- Ah, não conseguiu - Fizemos bico e rimos - Deixa eu tentar! - Coloquei um doce na testa dela e ela foi descendo lentamente com ele, quando chegou perto da boca, ela foi super ágil e conseguiu comê-lo.
- O QUÊ? COMO ASSIM VOCÊ CONSEGUE DE PRIMEIRA? - Berrei e ela riu.
- Eu sou espetacular, pode falar! - Rimos.
- É, e é só minha também! Espertinha… - Nos beijamos tentando conter o riso, até que ela me deu um tapa e falou.
- TA COM VOCÊ - Saiu correndo na grama e eu fui atrás, após 10 segundos a peguei, a rodei no ar e rimos. Coloquei-a de cavalinho nas minhas costas e voltei ao banco, nos sentamos e ficamos rindo, até que um silêncio se instalou.
- Lou, o que você e os meninos acharam no meu quarto? - Lembrei da cena e comecei a rir muito - Ei, não tem graça! - Ela me deu um tapinha.
- Lembra aquele bilhete que eu escrevi pra você? - Ela assentiu - Então, eles acharam isso e ficaram me zoando por um bom tempo, me chamando de gay. Mas já estou acostumado, qual o problema em ser fofo com a sua namorada?
- Ai meu Deus, que lindo esse meu amor - Ela distribuiu beijos por todo o meu rosto.
- Acho que vou escrever mais bilhetes! - Falei e rimos. Olhei no relógio.
- Amor! - se assustou - Desculpa... - Rimos. - Já são 22h55, vamos antes que o Liam nos mate! - Fomos correndo e rindo até a van, com os balões e os restos de doces.
- Volta aqui espertinha! - Falei e ela gargalhou. Observei e estávamos perto do local marcado.

Liam’s POV
Fiquei realmente aliviado depois da minha conversa com a . Mesmo ela tendo me perdoado, algumas coisas precisavam ser esclarecidas… Ficamos nos curtindo e pontualmente as 23h00 estávamos na van esperando todo mundo. Ninguém tinha chegado ainda. Logo, e Lou chegaram; depois e Niall; Harry e e meia hora depois e Zayn.
- Pra que ter horário né? - rolou os olhos.
- Pra que ter bom humor e não ser neurótica? - rebateu.
- VIIIIIIIIIIIIIIIISH NÃO DEIXAVA - berrou do nada.
- CHAMOU PRA CHINCHA VEI - botou mais lenha na fogueira.
- Galera; posso fazer uma pergunta? - Harry estava confuso - O que é chincha? - As meninas se encararam e começaram a rir muito.
- Nada Harry, não é nada - passou a mão no cabelo dele.
Entramos na van e voltamos pro hotel cantando muito. Elas nos ensinaram algumas músicas brasileiras; eu achei bem diferente e legal ao mesmo tempo. Chegamos ao hotel. Niall e foram comer alguma coisa; e o resto subiu pra trocar de roupa.
- Como vai ser o esquema de amanhã? - Minha menina perguntou colocando um camisetão.
- Bom, amanhã vamos cedo pro estúdio e de tarde tem entrevista, aí sábado temos que resolver os detalhes dos shows na América - Falei tudo bem rápido.
- Calma amor! - Ela riu - Ah, então nos vemos só no domingo né? - Assenti - Vou aproveitar o sábado pra adiantar meus trabalhos do curso…
- Quero ir um dia nesse curso conhecer o lugar e o ambiente!
- Só o tapado do Louis que entrou lá né? E ainda teve uma crise de ciúme ridícula - Nós rimos - Mas lá é legal, eu to amando tudo; sério mesmo!
- Eu fico feliz por você estar feliz - Suspirei e ela me deu um selinho. Escovei os dentes e deitei.
demorou um pouco; ela ficou uns minutos trancada no banheiro. Saiu de lá e deitou ao meu lado. A intensão era só dar um beijo de boa noite, mas os beijos ficaram mais intensos. Eu estava em cima dela quando ela bateu o braço no abajur que ficava em cima do criado mudo. O bendito abajur caiu no chão e fez o maior barulho. Nos olhamos assustados.
- DAD? MOM? TA TUDO BEM? - Ouvimos a voz do Louis.
- TÁ BOO BEAR, SÓ DERRUBEI UM NEGÓCIO AQUI, BOA NOITE - estava ofegante - Ele ouviu nossa baguncinha - Nós rimos.
- Da próxima vez a gente tira tudo do caminho - Falei e ela riu. Dei um beijo em sua testa e a cobri - Boa noite pequena!
- Boa noite pequeno! - Nós rimos.
Acordei com um despertador um tanto quanto escandaloso. Espreguicei-me e me troquei. estava no banheiro há alguns minutos. Mulheres… Fiz minha higiene matinal e logo estava pronto.
- Bom dia amor! - Ela saiu toda saltitante e me deu um beijo - Vamos descer pra gente não se atrasar - Nós rimos.
Descemos e todos já estavam lá, por incrível que pareça. tinha caprichado no café da manhã, mais parecia um banquete. Comemos muito e bem rápido, já que o estúdio hoje estava marcado para bem cedo.
- O Ed acabou de mandar uma mensagem, falou que está indo pro estúdio já - Harry se levantou e nós fizemos o mesmo.
- Então nós já vamos ok? Não rola atrasar - Dei um selinho em , me despedi das meninas e segui até a porta.
- Nós não vamos agora porque tá cedo demais - riu - Quando nos veremos novamente?
- Domingo! - Zayn respondeu - Mas vamos logo senão não saímos daqui hoje - Nós rimos.
Nos despedimos das meninas e pegamos a van. Fomos em silêncio até lá. Zayn tirou um cochilo, Harry e Louis ouviam música; e eu e Niall fomos na frente conversando. Muito trabalho por hoje.

Capítulo 25 - Novo Lar.

’s POV
A sexta-feira sem os meninos se passou lenta e tediosa. Temos que nos acostumar! Nessa turnê nós fomos com eles, mas e na outra? No dia seguinte teríamos folga no curso, mas aproveitaríamos para resolver assuntos pendentes como uma casa. Logo nossa estadia no hotel acabará e ainda não temos um lugar para ficar. Pegamos alguns anúncios em jornais e revistas, escolhemos os melhores e marcamos com uma corretora de irmos visitá-los no dia seguinte.
- Vamos ver os apartamentos, ou casas sei lá, amanhã né? - me tirou do transe.
- Sim! - respondeu cansada, estava apoiada no braço do sofá, se ele caísse ela ia junto.
- Gente, eu tive uma ideia! - anunciou.
- Diga, diga! - se ajeitou no sofá.
- Bem, a MTV disse que ia pagar o hotel pra gente até o fim do ano, vocês se lembram das economias que juntamos quando viemos para cá? - Assentimos - Então, pensei que poderíamos escolher a casa o mais rápido possível, damos entrada nela com as economias e como vamos sair antes da nossa estadia terminar, pegamos o dinheiro do hotel e pagamos o resto da casa, aí teremos que arrumar um emprego pra pagar as contas e tudo mais...
- , te amo! - Falei e a abracei.
- MONTINHO DA NATHY - berrou e estava quase sendo esmagada.
- Gente, vamos dormir? - estava bêbada de sono. - Tô mor...
- Morrendo de sono... Já sabemos chata! - comentou e recebeu o dedo do meio de .
- Você e seu namorado têm uma mania de mostrar esse dedo né? Que coisa - comentou e rimos, inclusive .
- Ah parem de me irritar!
- Ficou bravinha awn - Falei e as meninas começaram a tirar com a cara dela mais ainda, não perdemos uma. Fui para o meu quarto, tomei um banho relaxante e dormi, sonhei com o Niall. Estávamos andando juntos, num lugar que parecia ser um bosque. Niall foi fazer um gracinha, quando caiu num buraco, um buraco enorme, não dava nem para ver o fundo. Ele começou a gritar, sua voz foi sumindo, eu gritava o seu nome “Niall, Niall, cadê você? Niall, está tudo bem? Vou chamar ajuda…” continuei gritando até que senti alguém me chacoalhar de leve.
- ! ! Acorda! - Abri os olhos lentamente e vi . - Ta tudo bem? Você estava gritando... - Eu estava suada, comecei a chorar de nervoso e a abracei - Calma , ta tudo bem, foi só um pesadelo… - Me acalmei e contei o sonho para ela. - Que pesadelo horrível, mas foi só ilusão, agora ta tudo bem! - Essa é uma linda mesmo.
- , - Comecei - Acho que vou ligar pro Niall pra saber se está tudo bem…
- , são 3 horas da manhã! Ele deve estar dormindo, tenho certeza que está tudo bem... Liga amanhã cedo? - Não, eu queria ligar agora. Depois de muito tentar me convenceu, Nialler deveria estar cansado e eu ia ligar pra ele de madrugada pra falar que tive um pesadelo ridículo com ele? É, melhor não. Fiquei conversando com e quando ela ia sair do quarto não aguentei:
- Mom? - Falei e ela murmurou um “Hm” - Dorme comigo?
- Ai meu Deus - Ela começou a rir e eu também. - Abstinência de namorado dá nisso!
- Ah para vai! Tô com medo! - Falei e ela riu mais ainda. Ela deitou do meu lado. - , você vai ser uma ótima mãe para os paynezinhos! - Ela abriu um largo sorriso. O silêncio tomou o quarto, olhei para o lado e ela dormia, dormi segundos depois.
Levantei no dia seguinte e encontrei tudo quieto no andar de cima, que horas será que eram? Desci e encontrei as meninas na cozinha, terminando de fazer o café.
- Vocês iam comer sem me chamar? - Falei e elas se assustaram. derrubou o leite no pijama.
- Não, deixei você dormir mais um pouco, ia te acordar agora! - falou.
- Bom mesmo - Rimos - Que vocês fizeram de bom?
- Tem pão, cupcakes, cookies de chocolate, suco e leite! - me mostrou.
- Até que vocês sabem se virar sem mim… - Rimos. Tomamos café animadamente, tomamos banho, nos trocamos e fomos encontrar a tal da corretora na primeira casa marcada por ela.

’s POV
Estou tão animada. Vamos comprar uma casa aqui em Londres! Isso mesmo C O M P R A R, não alugar… Pode ser definitivo! Tá, ainda precisamos de um emprego, mas isso é só um detalhe. Marcamos com uma corretora - muito simpática por sinal. Iríamos ver três casas e um apartamento, no centro mesmo, bem perto do hotel.
- Ai meu Deus, to tremendo - mostrou as mãos.
- Para de ser afobada, ok? - Ri.
- Temos que achar um imóvel grande, bonito e barato… Não estamos podendo muito - disse.
- Então já sabem, se formos a um casarão, sem meter o louco ok? - olhou para . Ela sempre queria comprar o mais caro.
A primeira casa era azul de esquina com sete quartos, sendo quatro com suíte. A cozinha era imensa, sala de jantar, de estar e um jardim lindo. Nem preciso dizer que era caríssima! A segunda casa era mais simples: exatamente cinco quartos, três banheiros, sala com cozinha americana, sem jardim. Não caberiam dez pessoas lá dentro… Sim, tínhamos que pensar como se os meninos morassem conosco, já que eles vivem no hotel né? Depois seguimos para o apartamento. Era uma cobertura linda e já era mobiliado. Cinco quartos com suíte e uma sacada imensa. Só que além de caro, não estávamos procurando imóvel com mobília.
- Tô morta! - sentou numa cadeira.
- Só temos mais uma casa para visitar - A corretora sorria.
- A gente visita a casa, almoça e vai pro segundo turno do curso ok? - sugeriu.
- Isso ai, até porque temos chance de conseguir um estágio - suspirou.
Ela se referia ao exame semestral. Era simples: os cinco melhores colocados de cada turma, ganhariam estágio em empresas grandes da área que cursava. No meu caso era uma vaga como auxiliar de estilista na Vogue. Sonho. Fomos para a última casa. Ficava alguns quarteirões depois do hotel. Era rosa claro com um portão lindo; o jardim era simples. Tinha cinco quartos com suíte. Os cômodos não eram enormes, mas eram grandes o suficiente para nos acomodar. As paredes eram meio manchadas, mas nada que uma boa mão de tinta não resolvesse.
- Eu amei - Os olhinhos de brilhavam.
- Eu também, é simples, mas é a nossa cara - sorria.
- A cozinha é ótima! Eu aprovo - surgiu de trás do balcão.
- E é no centro, perto do curso - Completei.
- Vou negociar - falou e nós demos espaço para que ela fosse conversar com a corretora.
ficou um tempo negociando enquanto nós dávamos mais uma olhada na casa. Sim, que cuidava do financeiro.
- Meninas - Ela chegou nos cutucando - A casa cabe no orçamento!
- EEEEEEEEEEEEEEEEEBA - berrou e nós começamos a pular juntas.
- Só tem um problema - fez bico.
- SEMPRE TEM UM PORÉM NESSA NOSSA VIDA BANDIDA - deu de ombros.
- Temos que nos mudar até semana que vem, porque o proprietário tá querendo o dinheiro… E como temos que reformar isso aqui, não vai ficar pronto em uma semana. Resumindo: não teremos onde ficar! - atropelava as palavras. Influencia do Liam.
- Podíamos ficar no loft, poxa - Sugeri.
- Os meninos não vão se importar… A gente encaixota as coisas, deixa aqui, vai fazendo a reforma e ficamos lá uns dias - concordou.
- Eu acho uma boa - e disseram juntas e riram.
- Ok, eu resolvo a grana do hotel e vocês resolvem a estadia no loft - fez uma pausa - CONSEGUIMOOOOOOOOOOS!
Saímos do nosso mais novo lar - sim, eu já me familiarizei - e fomos correndo pro curso. O resultado da prova sairia amanhã, estava ansiosa.

Zayn’s POV
Dia sem as meninas, dia monótono. Ficamos a sexta toda no estúdio gravando alguns esboços de música. No dia seguinte acordamos apressados, pois daríamos entrevista para uma televisão americana. Tínhamos que ser pontuais. Ficamos algumas horas respondendo perguntas e tirando fotos. Isso tudo porque em breve teremos show na América e na Oceania. A tarde foi livre.
- Tô cansadão - Harry se jogou no sofá.
- Eu sou um homem carente - Louis reclamou.
- Mas que merda Louis, tá reclamando desde quando saímos do hotel - Niall murmurou.
- Mulheres - Liam suspirou e nós rimos.
- Vamos vê-las amanhã né? - Perguntei.
- Sim, amanhã sai o resultado da prova delas e vamos comemorar - Liam fez uma dancinha.
- Mas elas foram aprovadas? - Louis estava com um cara de dúvida.
- Não, mas vão ser - Liam, o vidente.
Ficamos jogando conversa fora até que o celular do Harry tocou e ele colocou no viva voz, disse que a queria falar conosco.
- Oi meninos - estava alegre.
- Ooooooooi - Respondemos uníssonos.
- Pode falar amor - Harry pediu.
- Então encontramos uma casa hoje… - Interrompemos ela com gritos - CALMA CARAMBA, ME DEIXA TERMINAR - Ela fez uma pausa - Então, temos que pagar a casa até semana que vem e pra isso precisamos do dinheiro das diárias restantes do hotel… Bom, também temos que reformar a casa, mão de tinta sabe? Só que a reforma não vai ficar pronta a tempo… Então nós queríamos saber se podem…
- VOCÊS PODEM FICAR AQUI NO LOFT - Louis a interrompeu dando gritinhos.
- Eu ia falar isso, mas né? - riu - Então, podemos ficar ai? Só por alguns dias…
- Podem ficar o tempo que precisarem! - Liam deixou bem claro.
- Ok Daddy, mas vai ser só pra reforma mesmo! - riu - Ok, vou desligar e avisar as meninas dessa novidade. Mais tarde eu te ligo amor! Beijo meninos.
- Tchau , beijo - Me despedi. Harry desligou o telefone com um pouco de insistência, se dependesse dele, ele ficaria lá pra sempre.
- Nem acredito que elas vão passar uns dias aqui - Niall estava animado.
- Vamos ver o que vão achar disso tudo - Assim como Liam, eu também estava pensando na imprensa.
- Eu tô nem aí! Elas são nossas namoradas, a casa é nossa, fica aqui quem a gente quiser - Harry mudou de canal.
- Para de ser radical, Hazza!- Louis riu.
- Olha, eu to quebrado! Vou tirar um cochilo pra passar o tempo - Bocejei.
- Aí você dorme agora e fica a noite acordado - Niall rolou os olhos.
- Amanhã nós vamos ver as meninas ok? - Liam me avisou.
- E VOCÊ ACHA QUE EU NÃO SEI? - Todos riram.
- O Zayn ta contando na folhinha os dias pra ver a , dias na seca matam homens como ele - Louis fez piada.
- Nossa Louis, sem a suas piadas ficam ainda mais sem graça - Ironizei - Boa noite - Ri e subi as escadas.
Eu realmente estava cansado e precisava de muitas horas de sono. Dormir pra mim não era problema, só precisava de um lugar pra deitar e pronto. Ficar acordado é entediante e eu só pensava na saudade da minha pequena. Mandei umas sete mensagens de texto pra ela, falando coisas aleatórias, mas é que eu sinto uma necessidade de sempre estar em contato com ela. Coloquei uma roupa leve, liguei os fones e tentei dormir.

’s POV
Curso, curso, curso e mais curso. A vida estava corrida, ainda mais agora com esse negócio da casa. O que me consola é saber que vou dormir com o Louis todos os dias, isso é muito bom! Tenho certeza que irão rolar intrigas, 10 pessoas numa casa é muito, mas vai ser bom. Estava pensando tudo isso durante a aula, enquanto a professora falava.
- ? - Jordan me cutucava, a professora me chamava - ?
- Ahn? Oi! Ai, me desculpe, estava meio distraída!
- Percebi - Ela falou e o resto dos alunos riu, junto comigo e Jordan.
Ela me fez uma pergunta sobre a matéria e a minha sorte foi que eu sabia. A professora explicou mais um pouco e passou um trabalho em dupla para fazermos, claro que vou fazer com o Jordan, o trabalho é simples, temos que pesquisar algumas coisas e fazer uma planta. Tínhamos uma semana para fazer e ele deu a ótima ideia de irmos ao Starbucks durante a semana para fazermos tudo. Como vamos morar com os meninos no Loft, seria complicado levá-lo lá. A aula acabou mais cedo porque a professora tinha que resolver uns problemas e fomos até a lanchonete tomar um suco e conversar um pouco, aproveitar e adiantar o trabalho.
- Mas então, o que me conta de novo? - Ele falou fazendo pose na cadeira. Vi se ninguém estava olhando ou ouvindo e contei baixinho para ele que iríamos morar no Loft com os meninos - Uau, ta podendo hein? - Rimos. Expliquei o lance do hotel e tudo mais. Começamos a fazer o trabalho e perdi a noção do tempo, até que me mandou uma mensagem.
“Aonde você ta? Sua aula já acabou? Estamos te esperando aqui na frente :) x” Esqueci totalmente, me despedi de Jordan e fui correndo até a entrada do prédio.
- Aleluia! - falou - Depois sou quem atrasa...
- Ah gente, me deem um desconto, tava fazendo um trabalho! - Comentei e elas assentiram.
- Dessa vez passa, mas da outra não - falou ameaçadora e rimos.
- To morta! - se jogou no banco de trás do carro. foi dirigindo dessa vez e eu fui no banco do passageiro.
- Gente, o que vocês acham de passarmos em algum lugar e comprarmos algumas coisas pra gente comer? Não tô a fim de cozinhar hoje! - fez bico e rimos.
- Vou parar no Starbucks pode ser? - Concordamos com e logo ela estacionava.
- Vou ficar aqui! - anunciou.
- Vou ficar com ela, tô com preguiça! - falou.
- Novidade né dona ? - Comentei e rimos.
, e eu fizemos a festa no Starbucks e compramos as coisas que e também gostam de comer, é claro. Tentamos fazer a aposta de comermos apenas quando chegássemos no hotel, mas não deu certo. Logo estávamos nos acabando. Já no hotel, comemos o que havia sobrado e deitamos nos sofás, exaustas.
- Chuveiro, venha até mim! - Falei e as meninas riram.
- Vou tomar banho logo porque quanto mais rápido eu for mais rápido eu vou dormir - riu - Boa noite meninas
- Boa noite mamãe! - Falamos sorrindo e ela subiu. Logo e subiram também e eu fiquei conversando na sala com a . Assunto: Loft, é claro. Era mágico, tudo isso. Vi que ela também estava feliz de ir morar lá e de dormir com Niall todos os dias. Subimos, demos boa noite e ela foi pro quarto dela. Tomei um banho bem relaxante, coloquei meu pijama e deitei, não aguentei e mandei uma mensagem pro Louis.
“Boa noite amor, dorme com Deus e sonha comigo :) xx”
“Achei que não ia mandar mensagem de boa noite pra mim, haha boa noite baby bear, claro que vou sonhar com você, sonharei com os anjos…”

Meu namorado é um lindo, não sei o que seria da minha vida sem ele. Ficamos trocando mais algumas mensagens até que dormi, no dia seguinte, colocaríamos em algumas caixas as coisas que menos usávamos.
- Acorda Tomlinson! - jogou uma almofada em mim.
- Ai Malik! Tenta ser mais carinhosa da próxima vez ok? - Falei e ela riu.
- Eu tentei de acordar, mas você não abria os olhos! - Deu de ombros.
- Quem já acordou?
- Por incrível que pareça só falta você, ta terminando o café, tomando banho e eu não sei, mas já acordou!
Desci para tomar café e uma sorridente tirava um bolo lindíssimo de chocolate do forno.
- Bom dia - Falei e ela respondeu alegre.
- Os meninos vão vir nos ajudar com as caixas! - Agora sei o motivo de toda a alegria!
- Suas safadênhas, por isso tá todo mundo de pé já né? - Falei e elas riram.
- Para de ser assim - gargalhava.
Terminamos o café da manhã relativamente rápido. Mesmo sabendo que os meninos só chegariam depois do almoço estávamos fazendo tudo rápido pro tempo passar mais rápido, só que não passava… arrumou umas caixas e fomos encaixotando as coisas que não usávamos muito enquanto ela ia resolvendo os últimos detalhes do dinheiro com a gerência do hotel. Passamos de quarto em quarto pegando algumas roupas, livros (culpa da e da ), jogos e tranqueiras que eu não sabia a existência.

’s POV
Arrumei umas caixas pra gente colocar as coisas. As meninas queriam encaixotar tudo, mas com certeza se esqueceriam da caixa, se eu não lembrasse… Enfim. Deixei-as arrumando as coisas e fui resolver os últimos detalhes com a gerência do hotel. Conversei com o diretor e com o gerente do hotel. Eles toparam numa boa devolver o dinheiro das diárias restantes. Disseram que nós éramos boas hóspedes e que muita gente já tinha se hospedado aqui por nossa causa (ok, por causa dos meninos). O diretor disse que me entregaria o dinheiro amanhã à noite e que até lá teríamos que esvaziar o apartamento. Claro que eu aceitei, não ia desperdiçar qualquer oferta. Voltei pro apartamento e encontrei as meninas parecendo quatro baratas tontas.
- Oi suas lindas - Me sentei no sofá e elas fizeram o mesmo, menos que estava fazendo o almoço.
- VAS HAPENNIN TCHUCA - surgiu com algumas caixas.
- Demorou hein? - me olhou desconfiada.
- Sou uma mulher de negócios tá? - Falei e ela riu.
- Como foi lá? - berrou da cozinha.
- Bom, deu tudo certo! Só tem um problema…
- Como diria a : SEMPRE TEM UM PORÉM: NESSA NOSSA VIDA BANDIDA - imitou a voz da .
- O diretor disse que libera a grana amanhã de noite - soltou uns gritinhos - ESPERA FIA! - Nós rimos - Só que até amanhã de noite temos que esvaziar nosso cantinho.
- O QUÊ? - pulou do sofá.
- ELE ACHA QUE SOMOS O QUÊ? NINJAS? - fingiu fazer alguns golpes.
- Eu acho que conseguimos de boa - começou - Encaixotamos tudo hoje e contratamos alguém pra levar os móveis amanhã.
- Fora que os meninos vão estar aqui hoje pra ajudar a gente… E podíamos chamar o Paul se for preciso - fez uma careta.
- Então vamos almoçar, encaixotar as coisas e esperar os meninos ok? - Sugeri.
- Podem vir porque tá pronto - colocou uma travessa de lasanha na mesa.
- Tô vendo que vou me acabar hoje - lambia os beiços.
Comemos tudo, tudo mesmo! Não sobrou nada da tal lasanha. Depois do almoço ninguém tava com pique de ajeitar as coisas, então fomos descansar um pouquinho. Vinte minutos depois, ligou o rádio bem alto e nós despertamos.
- Vamos nos despedir disso aqui a moda brasileira - Ela colocou o pen drive no rádio.
Cada uma de nós pegou três caixas e foi pro seu respectivo quarto guardar as coisas. Eu coloquei minhas roupas nas malas de viagem e nas que levei pra turnê. Guardei minhas coisas como maior cuidado possível; tudo era bem valioso pra mim. A única parte ruim dessa mudança era se despedir do meu quarto. Eu que o decorei, eu pintei e até preguei as prateleiras, tinha criado um amor sabe? Sim, sou materialista. Depois de umas duas horas terminei tudo. Claro que em três caixas não coube nem metade das coisas, mas tudo bem. Fiz muitas viagens pra deixar tudo na sala, e na última viagem quando desci as escadas, os meninos tinham chego. estava pegando o Harry na porta; e Niall se abraçavam no sofá; e Zayn se beijavam na sacada; Louis e aprontavam na cozinha e Liam estava sentado num banquinho.
- Nem pra me chamar né suas vacas? - Falei, mas ninguém prestou atenção em mim, só Liam. Essas meninas viu? Deixei a caixa num canto qualquer e fui falar com Liam. Estava com muitas saudades dele.
- Pensei que não fosse descer nunca - Ele me encarava.
- Foram só alguns minutos vai - Ri.
- Minutos que pareceram horas! - Liam fez bico e eu o beijei mais ainda.
Depois dos devidos cumprimentos nos reunimos nos sofás. Explicamos toda situação para os meninos e eles foram bem compreensivos.
- Por mim vocês podiam ir pro loft hoje já - Harry olhou pra .
- Por mim também - Louis falando sorrindo, num piscar de olhos todos olhavam para Liam.
- Que foi? - Ele falou e rimos.
- Você tem que dar a opinião final - Zayn comentou.
- Ah pra mim pode ser também, agora tem que ver com as meninas o que elas querem fazer... - Automaticamente os olhares se dirigiram para mim.
- Agora eu sou o alvo né? - Rimos - Bem, por mim pode ser também, porque acho que como é domingo não devem ter muitos fotógrafos no nosso pé...
- Isso é verdade - Niall concordou.
- Então vocês ajudam a gente com o resto das caixas, deixamos as que não usamos muito na casa nova e levamos as que têm as coisas mais úteis para o loft! - sugeriu.
- Lembrando que - Todos olharam para mim - As caixas mais úteis suas vacas! Principalmente a , que vai querer levar todos os produtos para cabelo do mundo, além de secador, dos cremes e por aí vai...
- Não tem problema, a usa meu secador, novo por sinal, porque tive que comprar um depois que ela quebrou - Zayn comentou. Rimos e fez bico.
- Já to vendo que esses dois vão fazer um salão de beleza no quarto! - Louis brincou.
- E o quarto da e do Niall que vai virar uma cozinha? – Zayn rebateu e rimos. Ficamos mais um tempo zoando uns aos outros até que decidimos continuar a arrumas as coisas, porque ainda levaríamos as coisas menos úteis na nossa nova casa. Eu e Liam subimos para o meu quarto e ficamos conversando sobre coisas banais enquanto arrumávamos o resto das minhas coisas.
- Como estou amor? - Liam perguntou e assim que olhei para ele comecei a rir MUITO. Ele estava com uma velha peruca de um teatro que eu tive que fazer. Não sei por que trouxe ela, acho que alguma das meninas enfiou nas minhas coisas sem eu perceber, vai que precisa um dia né? A peruca era ruiva e Liam ficou MUITO engraçado. Comecei a rir tanto, que Louis apareceu na porta.
- Qual a piada? Quero rir também e... - Ouvi suas risadas disparadas enquanto Liam ria e fazia pose. Logo todos estavam no quarto presenciando a cena.
- Tá gatinho hein Daddy? - Zayn comentou e rimos. Logo todos estavam sentados no chão do quarto conversando de novo.
- Vamos continuar a arrumar senão não acabamos hoje! - levantou, ajudando Harry a levantar em seguida. Após uma hora e meia terminamos de arrumar tudo e caímos exaustos no sofá.

Capítulo 26 - O Troco

Niall’s POV

As meninas iriam morar com a gente. Seria apenas por um tempinho, mas mesmo assim era maravilhoso. iria cozinhar para nós todos os dias, a comida dela é simplesmente maravilhosa, só de pensar fico com fome. Terminamos de arrumar todas as coisas e ficamos exaustos, essas meninas tem coisa viu? Colocamos algumas caixas na van e outras no carro delas, teríamos que fazer várias viagens até a tal casa. Deixamos as caixas que elas levariam para o loft separadas. Distribuímos caixas na van, onde eu fui abraçadinho com , Louis dirigindo feito louco e na frente, que também segurava caixas, Harry e também foram esmagados com a gente por conta das caixas. Se fossemos esmagados faríamos apenas duas viagens, se não umas quatro acho. Elas iam contratar um pequeno caminhão de mudanças, mas não deu tempo de nada, apenas de empacotar as coisas. No carro, Zayn foi dirigindo, no banco do passageiro com uma caixa no colo e uma bolsa nos pés. Atrás foram caixas, com Liam e no colo. Fingimos estar sendo esmagados nos vidros da van e eles riram. Abracei e começamos a nos beijar.
- Ah vocês não vão se comer aqui né? Olha isso, não tem nem espaço - falou e rimos.
- Para , me deixa curtir o Niall - fez bico.
- Eu deixo, mas não na nossa frente seus gordos - Rimos.
- Vamos brincar de ser normais - Falei e ela riu, fomos conversando até a tal casa, que ficava pertinho do hotel, há apenas alguns quarteirões. Ela era rosa clara, com um simples jardim. Saímos, à medida que íamos “chutando” as caixas para fora.
- Socorro Nialler - estendeu as mãos e eu a puxei, caímos feito duas batatas no chão. Todos começaram a rir e rimos também, claro. Entramos na casa, ela tinha cinco suítes, os cômodos não eram grandes, mas eram perfeitos para as meninas, só precisava de uma mão de tinta.
- Legal aqui hein? - Zayn tirou todos do transe.
- É bem legal - começou - Ainda bem que conseguimos pagar - Rimos.
- Na verdade a dona meio que estava desesperada para vender a casa, aceitou rapidinho o que oferecemos - explicou.
- Vamos deixar as caixas todas aqui embaixo ou já colocaremos todas no respectivo quarto? - perguntou.
- Deixa aqui embaixo mesmo, ainda vamos pintar lá em cima, íamos ter que descer com elas de novo... - argumentou.
- Deixa aqui embaixo então pelo amor de Deus - Minha princesa falou e rimos.
- Prontos para o 2º Round? - Liam perguntou rindo.
- Na verdade não, mas vamos lá né? - comentou se arrastando até a porta, rimos.
- Dessa vez você e o Zayn vão no banco de trás e eu e o Liam vamos na frente, é justo - comentou já fora da casa.
- Ah que merda - Zayn xingou - Pelo menos o caminho de volta é suave...
Na van, eu tomei o volante e fui dirigindo, foi ao meu lado, , , Harry e Louis atrás, quase se matando, mas tudo bem. Chegamos no hotel em pouquíssimos minutos, parece que na ida não foi tão rápido assim, acho que as caixas nos apertando tornou tudo mais torturante. Subimos rapidinho e aproveitei para pegar um pacote de bolachas, para comermos no caminho.
- Como adivinhou que eu ia fazer isso? - perguntou e eu ri.
- Temos o mesmo pensamento amor - Falei e demos um selinho.
- Agora eu e o Zayn vamos na frente e vocês vão atrás! - Ouvi comentando.
- Claro que não! A volta não vale, não tinha caixas! - Liam rebateu.
- Claro que vale Daddy, não complica - Zayn comentou e rimos. Descemos com as últimas caixas e acabou que Zayn e foram na frente de novo, eles eram tão chatos que o Liam e não aguentaram. Eu fui rápido e já pulei no banco da frente, já se sentou no do passageiro, colocamos os cintos e ficamos ali, esperando o pessoal. Logo eles chegaram ,abarrotaram as caixas e se sentaram.
- Cadê meu ar? - falou e rimos. Fiquei o tempo todo comendo bolachas com enquanto as quatro criaturas quase se matavam lá atrás, se o Liam estivesse aqui já teriam levado uma bronca. Chegamos na casa, largamos as caixas, voltamos para o hotel, colocamos as caixas que elas levariam para o loft no carro e na van e enfim chegamos no loft.
- Porra, to morto - Louis se jogou no sofá e deu um tapa na bunda dele. - Ah é assim é? Vem aqui - Ele falou e saiu correndo atrás dela, que gritava. Ouvimos um barulho de água, olhamos para a piscina e estava na borda, rindo de um Louis encharcado. Ela ria tanto que não percebeu quando ele a puxou pela perna, dois palhaços com roupas, encharcados na piscina. Levei as caixas de para o meu quarto e as coloquei no canto.
- Acho que tem espaço no meu guarda roupa, se você quiser colocar algumas roupas lá... - Falei.
- Ah não precisa Nialler, já to aqui ocupando espaço no seu quarto, ta ótimo assim! Deixei as que mais vou precisar separadas aqui. - Ela disse e apontou para uma caixa.
- Que isso , você não está ocupando espaço nenhum, ainda vou poder dormir abraçado com você todos os dias - Falei e a abracei - E você vai cozinhar para mim todos os dias agora - Ela se soltou e colocou as mãos na cintura.
- Então é pra isso que você me quer aqui? Pra cozinhar pra você? Eu já desconfiava! - Ela falou e virou a cara.
- , , olha pra mim, eu tô brincando... - Ela começou a rir.
- Você fica tão fofinho assim preocupado! - Ela riu.
- E deixar o namorado preocupado é legal né? Merece castigo - Falei e a joguei na cama, fazendo cócegas.
- PARA NIALL - Ela gritou e começamos a rir mais ainda. Paramos e ficamos um tempo deitados na cama. Levantei.
- Que tal pedirmos pizza? - Dei a ideia.
- É pra já! - Ela se levantou correndo e fomos até a sala rindo, perguntar para o pessoal o que eles achavam. Perguntar não, intimá-los a pedir pizza.

Harry’s POV

Foi um dia exaustivo. Como as meninas tinham tanta coisa eu não sei. Depois de muitas viagens do hotel para a casa nova - muito aconchegante por sinal - nós viemos para o loft. O casal fome subiu para arrumar alguma coisa (sei). Nós deixamos as caixas nos quartos e voltamos pra sala. Do nada, Niall e surgem no pé da escada.
- VAMOS PEDIR PIZZA! EEEEEE - desceu saltitante e Nialler não se aguentava mais de tanto rir - Porque você tá rindo? Não teve graça - Ela fez bico e aí nós rimos também.
- Vamos pedir do que? - Foi só o Louis falar que começou a algazarra.
Depois de certo tempo discutindo possíveis sabores, pedimos os mais votados, totalizando quatro pizzas.
- Quatro pizzas? Já fizeram as contas? Quatro vezes oito são trinta e dois - fez uma pausa - TRINTA E DOIS PEDAÇOS PARA NÓS DEZ.
- Eu não vejo problema nenhum - bufou e nós rimos.
A pizza demorou um pouco pra chegar e enquanto isso ficamos jogando vídeo-game. Dance Central, pra variar. As meninas eram viciadas nesse jogo. Eu confesso que não me importava nem um pouco em ficar vendo a dançando. A pizza chegou e em meia hora não tinha mais nenhum pedaço pra contar história. Ficamos conversando um pouco na sala, mas e dormiram; isso fez com que todos subissem para os seus respectivos quartos.
- Tô cansada - se jogou na cama.
- Eu também - Me sentei ao seu lado, tirei os sapatos dela e joguei num canto - Amanhã temos que acordar cedo e vocês também! - Nós rimos.
- Esse mundo não para, pelo amor! Depois do curso ainda vamos pegar o dinheiro e pagar a casa na imobiliária… Dá preguiça só de pensar nisso - se espreguiçou.
Emprestei uma roupa pra ela e me troquei. Escovamos os dentes e em alguns minutos estávamos deitados. Ela com a cabeça em meu peito e eu mexendo em seus cabelos.
- Ai - suspirou - Ainda temos que marcar um dia pra pintar a casa!
- Vocês podiam marcar sábado, porque aí ajudamos vocês - Sugeri.
- Imagina nós dez pintando as paredes! Não vai dar certo! - Nós rimos - Se o Louis já é bobão assim, imagina com tinta disponível!
- É, vai dar merda! Mas dez pessoas pintam mais rápido que cinco - Concluí.
- Sério Harry? - riu com ironia - Mas tudo bem, amanhã falamos com a sobre isso, vai que ela deixa!
- Ok amor! Agora vamos descansar porque não quero te deixar indisposta - Beijei a testa dela.
- Boa noite amor, dorme bem - Ela virou de costas e eu a abracei. Dormimos de conchinha.

“Oooooh so wouldn’t you like to come with me?”. McFly de novo. Aquilo já tinha se tornado rotina. Acordar com McFly. se levantou e se espreguiçou.
- BOM DIA MEU CURLY BOOOOOOOOOY - Ela cantarolou.
- Bom dia amor - Levantei e a beijei - Sabe o que eu tava pensando? Tava na hora de mudar esse despertador!
- A fala isso pra mim desde o ano passado… Um dia eu mudo, quem sabe! - Ela riu - Agora vamos nos arrumar pra não atrasar ninguém!
Nos trocamos relativamente rápido e descemos. Todos estavam lá e tinha feito um café muito bom. Niall estava radiante: “Pelo menos não vamos comer o café do Harry” ele dizia. Liam nos apressou muito, isso tudo porque nessa semana que as meninas morariam aqui, nós as levaríamos até o curso e as buscaríamos, então, tínhamos que nos apressar. Em meia hora todos estavam bagunçando na van, menos e Zayn que quase estavam dormindo. Deixamos as meninas no curso e a despedida foi bem dramática, principalmente pela parte do Liam e da .
- Depois eu sou o baitola… Custa falar tchau e pronto? - Zayn rolou os olhos.
- Não fui eu que fiquei enrolando no restaurante aquele dia: “AI DESLIGA VOCÊ, PRECISO DA SUA VOZ” - Liam imitou Zayn e no fim todos nós estávamos rindo.
- Parem de ser idiotas, por favor - Rolei os olhos.
Chegamos no prédio de uma revista para mais entrevistas e ensaios fotográficos. Ficamos com a agenda lotada de entrevistas antes de fazer turnê; e como logo vamos para Oceania, estamos sem tempo pra respirar ultimamente. Suspirei fundo e entrei no elevador, me preparando psicologicamente para mais um monte de perguntas.

’s POV

Mesmo na correria o dia com os meninos sempre é muito bom! Matar a saudade do Zayn é a melhor coisa. O casal fome fez a gente pedir pizza e depois fomos dormir. Liam e quase enfiaram o café da manhã pela nossa goela de tão apressados que eles estavam! Saímos do loft com a van e os meninos nos deixaram no curso. Nos despedimos brevemente e entramos. Foi bem estanho, o clima parecia estar pesado entre o pessoal. Nos sentamos num canto e todo mundo que estava em volta se levantou e foi pra outro lugar.
- Tem alguma coisa na minha cara? - perguntou e nós rimos. Ainda faltavam alguns minutos pra começar a aula, então ficamos batendo papo.
- Tô com saudade do Harry - suspirou.
- Nos vimos não tem nem meia hora - rebateu e nós rimos.
- OOOOI MENINAS - Duas garotas de braços dados disseram uníssonas. Nos olhamos e soltou um risinho. Elas mascavam chiclete de boca aberta e uma ficava enrolando o cabelo.
- Oi - Respondi assustada.
- No que podemos ajudá-las? - foi ríspida.
- Nós queríamos saber se são vocês mesmo - A que mexia no cabelo jogou uma pilha de revistas na nossa mesa. Observei e vi que eram revistas de fofoca.
- One Direction sai em encontro romântico com suas namoradas - fez uma pausa - Ex-funcionárias da MTV passam a noite no loft da One Direction - Nesse momento fez um ‘O’ - E tem mais uma aqui mostrando os encontros.
- TOMA SUAS REVISTAS AMIGA - quase jogou as revistas na cara das meninas - Sim, somos nós cinco! Não tá vendo? - Ela apontou para nossos rostos estampados nas revistas.
- Podemos pedir um favor? - Foi à vez da do chiclete falar - Vocês conseguem um autógrafo deles pra nós?
- Vou ver o que podemos fazer! Tchau meninas - as empurrou para longe.
- ERA O QUE FALTAVA! RECALQUE ATÉ AQUI, POXA - bufou.
- No mínimo o pessoal que saiu daqui deve estar achando que somos metidas - rolou os olhos.
- Vamos ter que nos acostumar pessoal! - Falei.
- A tem razão! Vamos nos acostumar com a exclusão e com as pessoas que falam conosco por interesse - se ajeitou na cadeira - Agora prestem atenção na aula!
Claro que passei o resto da aula pensando nisso! Já não bastava os paparazzi, agora temos a reação das pessoas. A aula toda ouvi fofoquinhas de nós. “Elas só estão com eles por fama” algumas diziam. Outras nos apoiavam e tinham algumas pessoas como àquelas duas loucas do começo da aula. Fomos almoçar no restaurante ao lado do curso. Comemos em silêncio total. Depois fomos para o curso da tarde. Cada uma seguiu pro seu andar e eu e a fomos pro nosso. Nem preciso falar que ficaram nos encarando. O professor chegou acompanhado de uma moça bem vestida.
- Bom dia turma! - Ele anunciou - Hoje vamos liberar o resultado da prova! Atrasamos um pouco porque a competição foi muito acirrada!
- Ai meu Deus - Apertei a mão da .
- Foram aprovados: Carmen Dias, Gabriela Martéz, Jack Spancer, e .
- AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA EU NÃO ACREDITO - berrou e me abraçou – PASSAMOOOOOOOOOOOOOS!
- Bem, o estágio começa semana que vem! - O professor ignorou esse pequeno surto - Boa sorte!
A aula seguiu mais feliz depois dessa notícia. Recebemos mensagens da , da e da nos comunicando que tinham passado também. Agora é só mandar bem no estágio e conseguir uma boa vaga nos empregos, aí poderemos sustentar nossa casa. O professor nos dispensou. Quando íamos saindo, senti alguém puxando meu braço.
- Sei que seu namoradinho pagou sua aprovação - Uma loira falou.
- Passei por mérito querida - Respondi a altura.
- E você - Ela apontou para - Fique sabendo que eu vou ficar com o Niall no final!
- Me chame pro casamento de vocês, por favor - riu irônica - Vamos bitch! - Saímos rebolando. Entramos no elevador e caímos na gargalhada.
No térreo encontramos com as meninas e fizemos uma pequena bagunça pra comemorar nossos ‘empregos novos’. Saímos da MTV pra poder continuar em Londres e isso estava dando certo. Fomos andando até o hotel que não era muito longe. Bateu uma saudade sabe? Se bem que faríamos nossos quartos em casa iguais os do hotel, mas dá saudade! subiu sozinha e nós ficamos esperando.
- Na hora que anunciaram que eu passei, fiquei em choque - riu.
- E eu? Nem acreditei! Estagiar no maior escritório de arquitetura de Londres - suspirou.
- A fez um escândalo na hora - Falei e todas olharam pra ela.
- Eu queria expressar a minha felicidade tá? - Ela fez bico.
Depois de uns minutos desceu com um sorriso enorme no rosto. Ela nos mostrou um envelope que deveria ser o dinheiro. Não deixamos nem a nem a fazerem bagunça pra não chamar atenção. A imobiliária não era distante do hotel.
- Esses meninos deixaram a gente sem carro, vamos caminhar - foi na frente e nós rimos.
Novamente, entrou sozinha pra resolver a papelada. Meia hora depois ela saiu da salinha.
- COMPRAMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOS - Ela gritou e demos um abraço em grupo - E ainda sobrou um pouquinho de dinheiro.
- Acho bom guardar nas economias - sugeriu.
- Isso é fato né? - respondeu - Aí to tão feliz!
- Agora liga para os babacas virem buscar a gente aqui né? - Dei de ombros e nós rimos.
ligou pro Niall e combinamos de nos encontrar numa praça ali perto. Fomos saltitantes até a praça, sentamos num banquinhos e ficamos conversando até os meninos chegarem.

Louis POV

Nossa agenda estava muito corrida. Bem, temos que nos acostumar. Imagino quando estivermos em turnê na Oceania, ficar longe das meninas, da nossa família... Estávamos dentro da van voltando para o loft quando o celular do Niall tocou.
- Seus babacas, nos trouxeram aqui e nos deixaram a pé! - falou pelo viva-voz e rimos.
- Verdade né? Segura ai que estamos indo! - Niall comentou e rimos. Combinamos um ponto de encontro.
- Cara, to quebrado, tudo que eu quero agora é dormir abraçado com a minha namorada! - Zayn falou.
- Dormir né Zayn?
- Cacete Harry, só quero dormir mesmo, mas se a não quiser dormir não tem problema sabe! - Rimos.
- DJ Malik na área - Falei e rimos. Logo a van se aproximou de uma praça e vimos as nossas meninas sentadas conversando animadamente, se eu não me engano, deve ter saído o resultado da tal prova que elas tanto esperavam. Elas viram a van e vieram até nós.
- Pera que vamos descer! - Liam tomou a frente. Descemos e cada um cumprimentou sua namorada devidamente, com um beijo é claro.
- Temos uma novidade... - falou.
- PASSAMOS NA PROVA AEEEEEEEEEE - gritou e nos assustamos, ela não costumava gritar muito. Nos abraçamos e começamos a pular feito loucos, isso que dá colocarem dez idiotas juntos.
- Vamos pra casa? To cansada - falou - Quero uma massagem Liam! - Rimos.
- Pode deixar, é grátis, cortesia da casa!
- Vou nem falar o que acho - Harry comentou e rimos.
- Liam, quero uma massagem amor... - Falei tentando imitar a voz da e todos riram - Por favor, Daddy - As meninas gargalhavam.
- Ei! Minha voz não é assim! - rebateu, fazendo pose de brava, mas sei que no fundo ela queria rir.
- Vou ficar de castigo? Desculpa mom - Falei e ela riu, bagunçando meu cabelo.
- Idiota! - Murmurou. Fomos o caminho todo comemorando o resultado da prova com as meninas, chegamos ao loft e desabamos nos sofás.
- , faz janta? - Niall pediu.
- É, por favor, ! - falou fazendo beicinho, fui rápido e a mordi - Ai seu canibal! - Rimos e ela mordeu minha bochecha.
- Ih, olha ai, olha só quem fala – Rebati e ela riu. A abracei e beijei sua testa.
- Eu faço, eu faço, mas só porq… - foi interrompida por :
- Porque o Niall pediu!
- Não sua babaca - continuou - Porque também estou morrendo de fome.
- Precisa ser violenta desse jeito? Ah, otária! - comentou.
- Vai me xingar mesmo sua puta?
- Vou, e daí? Que que tu vai fazer? Me enfiar no forno? - Estávamos incrédulos. Como assim? O que estava acontecendo? Vi que , e estavam normais; Zayn e Niall muito assustados, eu, Harry e Liam apenas não entendendo absolutamente nada. jogou uma almofada em .
- Vem aqui sua feia! - começou a correr atrás dela com uma almofada, rindo e gritando.
- Feia não, gorda! - Quanto amor. As duas subiram a escada correndo e só conseguimos ouvir risadas, tapas e provavelmente almofadas voando.
- Isso é normal, não liguem... - nos tranquilizou.
- Isso que é definição de amor - Harry riu.
Logo as duas voltaram rindo como se fossem idiotas. ajudou com a janta, tivemos até sobremesa. Após o jantar estavam todos cansados, de barriga cheia.
- O que faremos agora? - perguntou.
- Não sei, não sei... Não quero ver filme, to cansada de filme! - confessou.
- Ai também to cansada! - resmungou. - E também não quero jogar algo assim…
- Eu quero dormir. - Zayn conseguiu comentar mais devagar que o Harry.
- Novidade né? - falou e rimos.
- Quer ir deitar amor? - deu um selinho nele.
- Começou a seção baitola! - rolou os olhos.
- Ah não posso nem fazer uma pergunta... - estava indignada.
- Poder pode, mas você fica tipo: Ai meu amor, bebê, anjinho, meu tudo, minha vida, minha razão, meu oxigênio... - imitou a voz dela e foi bem engraçado.
- Vou ficar quieta, já entendi - Ela fez bico e rimos.
- Vamos fazer o que então?
- Eu to com sono - Zayn bocejou.
- VOCÊ NÃO CANSA DE FALAR ISSO CARA? - gritou e rimos.
- Então vamos dormir né? - sugeriu.

Liam’s POV

O dia foi corrido, mas no fim deu tudo certo. Buscamos as meninas numa praça, voltamos pro loft, jantamos e ficamos em dúvida do que fazer. Nessa dúvida, decidimos ir dormir, já que Zayn não parava de reclamar de sono. Cada um foi para seu respectivo quarto. Entramos no meu quarto e nos jogamos na cama.
- Tô tão cansada e só de pensar que ainda temos que pintar a casa, isso me cansa mais - riu.
- Eu ia oferecer ajuda, mas imagina o Louis e a com tinta, não vai dar certo - Comentei.
- Não precisa amor - Ela deu um beijo no meu nariz - Cada uma vai pintar seu próprio quarto, se der vamos começar amanhã mesmo.
- Não quero que você se mude pra casa nova, você poderia ficar aqui né? - A abracei.
- Isso é realmente tentador - mordeu o lábio inferior - Mas não podemos, suas fãs nem desconfiam que estamos aqui e acho que minha mãe ia me matar.
- Falando na minha sogra, preciso conversar com ela!
- Falar com a minha mãe? - Ela corou.
- Preciso te pedir em namoro formalmente e deixar claro minhas intenções com a filha dela!
- Liam, você definitivamente não existe, meu Deus! - agarrou meu pescoço e nos beijamos.
- E ah, antes de se mudar pra casa nova, você pode deixar algumas roupas suas aqui ok? - Falei.
- Onde eu vou deixar minhas coisas Sr. Payne?
- No meu armário, já até arrumei um espaço pra colocar suas roupas lá!
- Eu não acredito - Ela riu - Já te falei que eu tenho o melhor namorado do mundo?
- Não - Fiz uma careta.
- Seu bobo! - falou e fiz cócegas nela.
Ficamos um tempo conversando sobre o curso dela. Depois escovamos os dentes, colocamos nossos pijamas e dormimos. Acordamos bem cedo novamente. Dessa vez fomos na van e as meninas foram no carro delas, segundo ‘elas não queriam dar mais trabalho’. Tomamos o digníssimo café da manhã/banquete que fez e saímos para mais um dia de entrevistas. Dessa vez, estacionamos a van na MTV. Iríamos dar uma entrevista e gravar uns recados pra um programa. É bem melhor dar entrevista gravada do que escrita, pelo menos temos certeza que o que vai ao ar é o que realmente dissemos. Perguntaram o de sempre, sobre os shows na Oceania e sobre as meninas. Tentamos ser o mais breve possível, até que a mulher perguntou:
- Andam saindo fotos das garotas no loft de vocês constantemente. Isso significa que elas mudaram de casa?
- Sim - Louis riu e recebeu um cutucão do Harry - Calma gente! Elas vão se mudar para uma casa no centro de Londres e enquanto está de reforma estão ficando lá no loft, só isso!
- Então não é definitivo?
- Não - Confirmei.
O que faltava era vazar que as meninas estavam morando no loft, imagina o tanto que elas seriam perseguidas. Saímos da MTV e fomos almoçar num restaurante que o Niall escolheu. Estava cheio e isso causou problemas. Tivemos que dar autógrafos para metade do restaurante. Seguimos para o estúdio gravar mais algumas coisas.
- O Ed falou que já está lá - Harry comentou pela terceira vez.
- Não tá vendo que está trânsito? - Louis apontava para a fila de carros.
- Tô, mas não quero chegar atrasado - Harry mostrou a língua.
- Já estamos atrasados de qualquer forma - Zayn disse quando a van parou.
- Vocês aí discutindo e a gente chegou, lerdos - Saí da van e elas me seguiram.
Ed já estava lá nos esperando há um tempo, mas ele nunca fica bravo. Compusemos e gravamos algumas coisas. Para o novo disco queremos uma parceria com ele, nada mais justo. Niall e Louis foram até uma lanchonete perto do estúdio e trouxeram nosso lanche da tarde. Comemos, descansamos um pouco e ficamos o resto da tarde gravando, compondo e ajudando a arrumar alguns detalhes das músicas. No fim da tarde estávamos super cansados, ta certo que já estávamos acostumados com esse lance de ficar o dia todo no estúdio, mas cansa muito. Liguei para minha mãe, conversei com ela e com a minha família. Eles falaram que estava tudo bem, que tinham saudades de mim e não viam a hora de me ver novamente. Tenho muitas saudades da minha família. Se tudo der certo veremos eles antes de sairmos em turnê. Os meninos também falaram com a família deles e fomos para casa,cansados.

’s POV

Os meninos foram para os seus compromissos e nós fomos para o curso. Estaríamos de folga na parte da tarde, então daria para descansarmos ou fazer algo. Na sala, observei as meninas e cada uma fazia alguma coisa diferente: quase dormia, desenhava algo no caderno, se olhava no espelho, prestava atenção e eu estava com fome. Mas tenho que me controlar. Tentei me concentrar na aula, afinal, querendo ou não, é importante. Após uns longos minutos a aula acabou e voltamos para o loft.
- Ai to cansada! - se jogou no sofá.
- Percebi, tava quase dormindo na aula. - Falei e rimos.
- Cansada de que eu não sei, não fez nada, só dormiu! - comentou e rimos.
- Ah pessoal, me deem um desconto vai! – fez bico.
- Isso aqui ta uma bagunça hein? - comentou jogando uma camiseta para o lado.
- Que tal darmos uma geral aqui? Estamos aqui de favor e seria legal se os meninos chegassem e vissem tudo arrumado! - deu a ideia e concordamos.
- Vamos almoçar primeiro senão não consigo fazer nada, to morrendo fome! - Falei e recebi vários “como sempre” como resposta. Fiz um macarrão rápido, fez o suco e almoçamos. Deitamos exaustas nos sofás, até que ligou o rádio.
- Vamos ou não vamos arrumar isso aqui? - Ela levantou o nosso astral, nos arrancou do sofá e enfim começamos a organizar aquela bagunça.
- Vamos começar por onde? - perguntou.
- A gente pode começar lá em cima, pelos quartos, depois arrumamos aqui embaixo! - Sugeri e as meninas concordaram.
- Vai ser o troco de eles terem invadido nossos quartos naquele dia... - comentou e fizemos um hi-five.
- Gente, eu não sei se é certo entrar no quarto deles assim e olhar as coisas... – sempre pensando nas consequências.
- Primeiro: Não vamos olhar as coisas, vamos arrumar e acabar encontrando! - falou e rimos, inclusive .
- Além do mais, eles entraram nos nossos quartos e olharam as coisas, o Liam leu seu diário ! – Aticei para que ela fosse conosco.
- Verdade né! Então vamos logo antes que eu mude de ideia! - Ela cedeu e fomos correndo pegar vassouras, panos e produtos de limpeza, num pequeno armário perto da cozinha, onde eles guardavam, ou jogavam, tudo isso. Subimos as escadas e começamos pelo final do corredor, o primeiro quarto de trás pra frente era o do Harry.
- Porque o quarto do Harry tem que ser o primeiro? - estava indignada.
- Porque sim, vamos logo. - Falei e entramos no quarto. Não estava tão bagunçado, havia algumas roupas em cima de uma cadeira e a cama também não estava muito bagunçada.
- Nem tá tão bagunçado assim! – comentou enquanto pegava as roupas do chão e jogava na cama.
- Faz assim então, você vê o que ta sujo ai, separa num canto, enquanto a gente arruma a cama... - Comentei e concordou, assim como as meninas. Eu e arrumamos a cama, separou as roupas, dobrou e guardou os casacos e jeans jogados, e tiraram o pó das coisas, até que gritou:
- OLHA O QUE EU ACHEI GENTE! - Nos assustamos e corremos até ela. Era uma espécie de álbum de fotografias, com algumas coisas escritas, encontramos fotos dos meninos, de Anne, de Gemma e de ! Começamos a gritar e pular feito macacas.
- O que? Eu? Foto minha? Sai! Deixa eu ver! - Ela veio correndo empurrando a gente. - Ai meu Deus! Sou eu mesmo! - Rimos da cena, ela abraçava sua própria foto e ria. “My love…” Estava escrito atrás. Guardamos a foto do mesmo jeito para que ele não percebesse que havíamos mexido, mas com certeza se sentiria culpada e contaria tudo depois. estava elétrica. - Ele me ama mesmo, awn!
- É CLARO QUE ELE TE AMA PALHAÇA - deu um tapa na cabeça dela, logo as duas se batiam, rindo. Terminamos de passar uma vassoura ali e tudo estava lindo e limpinho.
- Vamos logo crianças. - saiu do quarto.
- VISH, falou a idosa - As meninas riram e fomos para o próximo quarto, o de Louis. - Preparadas? - Falei.
- Pera, deixa eu abrir a porta... - abriu a porta e entramos. Estava uma bagunça completa! Roupas jogadas pelo chão, a cama revirada...
- Meu Deus tem um quarto na bagunça! - Tampei o nariz e as meninas riram.
- HA HA HÁ. Muito engraçado - Rimos mais ainda da risada irônica de que soltou um risinho também. - Vai, vamos começar logo!
Fizemos basicamente o mesmo esquema de antes, só que agora era o inverso. separava as roupas limpas das sujas, dobrava e guardava. juntou as roupas sujas do Louis e do Harry e colocou na máquina para lavar. Eu e arrumamos a cama, tirou o pó, com a ajuda de que logo subiu de novo. Antes de retornar ao quarto, a menina aumentara o volume do rádio, o que nos deixou ainda mais dispostas. Estávamos de coque, cabelos bagunçados, algumas de meia, outras de chinelo, camisetão, shorts, calças largas...
- Gente, olha isso... - gargalhava e fomos correndo até ela. A garota havia aberto uma das gavetas de Louis, justamente a de cuecas. Haviam cuecas listradas, com desenhos, uma do homem aranha e outras de vários super-heróis. Rimos bastante, enquanto estava de cara fechada.
- Que que tem gente? São só cuecas!
- Cuecas que meu primo de cinco anos usa! - Falei e rimos.
- Saibam vocês que a cueca guarda u…
- EPA EPA EPA - gritou a nos assustamos - Guarde os detalhes, por favor - Rimos, inclusive . Terminamos de passar uma vassoura ali e tudo estava limpo, lindo e reluzente.
- Próximo! - estava animada.
- Pra quem não queria arrumar nada né? - disse e recebeu um tapa - Ai!
- Próximo quarto é o do DJ Malik! - falou e logo atropelou todas nós, indo abrir a porta.
Abrimos a porta e nossa! Não estava bagunçado, apenas a cama precisava ser arrumada. As malas de estavam num canto, em cima de um balcão havia vários produtos para o cabelo, dois secadores de cabelos, uma chapinha, que era de óbvio, e mais algumas maquiagens dela também. Ao lado havia um espelho enorme.
- Tá arrumadinho aqui né? - Falei e rimos. - E esse espelho enorme aqui? É claro que tinha que ter um!
- Ta pensando o que? Até que somos organizadinhos! - Rimos de se achando - E lógico que tem que ter um espelho.
- Vocês conseguem dividir esse espelho ou ficam brigando? - perguntou.
- Tem o espelho do banheiro, enquanto eu arrumo o cabelo ele se troca, depois o inverso.
- AI QUE LINDOS, MEU DEUS – gritou e jogamos na cama, a apertando e fazendo cócegas na garota.
- Parem! Por favor! - Paramos e ela estava semelhante a um tomate. Dessa vez e eu arrumamos a cama, enquanto e tiravam o pó, recolheu as roupas e ficou procurando coisas que não devia. Ela dobrou uma camiseta e foi guardá-la.
- Ops! Gaveta errada! - Falou e já fomos correndo igual doidas pra ver o que tinha dentro, principalmente . Era a gaveta de cuecas do garoto! Pelo menos não eram iguais as do Louis. Eram pretas, brancas, vermelhas, azuis, variadas. Ao lado havia um papel dobrado e do outro lado algumas camisinhas. - HM, VICK! Sr. Malik ta com tudo - falou balançando uma no ar, fazendo ficar vermelha de vergonha.
- DÁ ISSO AQUI - Ela falou e saiu correndo pela casa, com atrás.
- Essas duas viu! - começou - Parece que a outra nunca viu uma camisinha - Rimos.
- Que papel é esse? - Falei e o abri. Era a letra de uma música. No início estava escrito: “For O nome da música era They don’t know about us.
“They don’t know about the things we do They don’t know about the “I love you’s” But I bet you if they only knew They will just be jealous of us They don’t know about the up all nights They don’t know I’ve waited all my life Just to find a love that feels this right Baby they don’t know about, they don’t know about us”
Dizia uma parte da música, que lindo! Esse Zayn é romântico e fofo mesmo. Ri com esse pensamento.
- Que lindo! - Comentei.
- CLARISSA, VITÓRIA, SUBAM AGORA! VENHAM VER! - gritou e em menos de dois segundos elas estavam de volta. pegou o papel, leu e começou a chorar.
- Ah , não chore… - falou e fizemos um abraço conjunto.
- Que lindo… - Ela secou as lágrimas.
Terminamos de arrumar tudo ali e fomos para o quarto do meu duende.
- Quarto do Niall, lalalalala - Cantarolei e fui pulando até a porta, a abri e também não estava muito bagunçado.
- Ta menos bagunçado do que eu imaginava! - confessou.
Em um canto estavam as minhas malas, com algumas roupas e um par de sapatos meus em cima. Havia também uma bandeja com duas xícaras e dois pratos com migalhas.
- Lanche da madrugada,como sempre... - falou e rimos.
Fizemos o mesmo processo de arrumação de todos os quartos e pegou o violão do Niall para tocar.
- Larga o violão do meu duende! - Gritei correndo até ela.
- Meu Deus, não tô mais aqui! - Ela falou e o jogou na cama. Quando o peguei para colocar de volta no lugar, um papel caiu. No verso, estava escrito: “Inspiration to play this guitar” E na frente uma foto de nós, que Louis tirou enquanto fazíamos algo para comer juntos, havia chocolate no meu nariz e na bochecha do Niall. - Que lindo! Meu Deus! - Falei e logo um bolo de meninas loucas quase se matavam para ver a foto.
- Que fofo esse Nialler, só não é mais fofo que o Zayn!
- Pode parar , pode parar - Falei fazendo pose e rimos.
Cada dia que passa meu amor por Niall só aumenta, não me vejo mais sem ele. Ficamos mais um tempo ali terminando de arrumar as coisas, não conseguia parar de pensar naquela foto. Fomos para o quarto do Liam, último quarto. abriu a porta e estava tudo em perfeita ordem.
- Não tem nada pra arrumar aqui - resmungou.
- Nem falo o porque né? - olhou cerrado para , que corou.
- Vamos só passar uma vassoura e tirar pó ok? - sugeriu já passando a vassoura no pé de todo mundo.
- CALMA SUA BRUTA - Berrei e ela fez bico.
Comecei a passar pano no armário, abri as gavetas e encontrei muitas coisas fofas do Liam, fiz um lembrete mental de apertar as bochechas dele quando o visse. Até que achei um caderninho. Abri e vi que estava cheio de poemas, com o nome da .
- OLHEM ISSO, A MAIS DE TODAS! - Não me aguentei.
- Ai Jesus, eu sabia que ia dar merda - rolou os olhos.
- Se você não quiser ver - deu de ombros.
- ME DÁ ISSO - tomou da minha mãe e começou a ler. Os olhinhos dela brilhavam. - Que… Fofo!
- Só fofo? - fez careta.
- Cá entre nós, perfeito - riu.
Terminamos o andar de cima e descemos. Limpamos a sala de estar e de jantar, a cozinha, os banheiros de baixo e recolhemos as folhas do jardim. No final da tarde estávamos acabadas. Ficamos conversando na sala.
- ESCUTEM ESSA MÚSICA - colocou o rádio no último volume e eu me vi me acabando de dançar com as meninas.

Capítulo 27 – A vida não para.

Harry’s POV
Passamos o dia todo no estúdio, estávamos cansados. O trânsito nos atrasou um pouco, mas conseguimos chegar no loft. Da porta dava pra ouvir uma música muito alta.
- Que está acontecendo? - Zayn observava nossa casa.
- Acho que as meninas resolveram dar uma festinha - Louis fez uma dancinha, mas logo foi repreendido por todos nós.
- A música até que é legal - Niall já estava acompanhando as batidas com os pés. Só aí parei pra reparar na música. Era dançante e contagiante.
- Vamos entrar logo, ok? - Liam foi na frente.
Quando Liam abriu a porta eu não sabia qual reação ter. A casa estava impecável! A música vinha de um rádio que estava no último volume. “Para dançar isso aqui é bomba, para balançar isso aqui é bomba, para mexer isso aqui é bomba”. A letra era complicada pra mim e eu não entendia nada. Nossas meninas estavam de costas pra porta e nem ouviram quando nós chegamos. Elas dançavam uma coreografia bem sincronizada e riam muito.
- Sensual, o movimento é sensual! - berrou passando a mão pelo corpo. Elas rebolavam de um lado para o outro, jogando a mão pra baixo no “bomba”. A música acabou e desligou o rádio. Eu e os meninos não ousamos dizer uma só palavra, estávamos só observando.
- Imagina se alguém vê isso, que vergonha - riu.
- É, imagina só se alguém vê , tsc tsc - Louis deu de ombros.
- MAS QUE CARALHO VOCÊS ESTÃO FAZENDO AQUI? - estava com a mão no coração. As outras meninas nos olhavam com surpresa.
- Como é que é Zayn? - Niall e Zayn tentavam imitar os passos.
- Eu só sei que é sexy - Falei e riram de mim.
- Não amor, é sensual - ficou meia hora tentando me ensinar a falar.
- Mas e essa limpeza toda? - Liam estava com um espanador na mão.
- A gente decidiu arrumar a casa porque não temos mais curso a tarde e tal - fez uma careta.
- AAAAAAAAA EU TO HORRÍVEL, CREDO! - se escondeu atrás do Zayn, que já não se aguentava mais de tanto rir.
- A casa tá linda e tudo mais, mas e a janta? - Niall fez bico.
- OMG EU ESQUECI - bateu a mão na testa - Ai! - Nós rimos - Vou fazer ok? Só aguardem uns minutinhos.
e Niall foram pra cozinha enquanto nós esperamos na sala. Conversamos sobre o novo emprego das meninas. e trabalhariam na Seventeen, na Vogue, num grande escritório de arquitetura e no Teatro de Londres. Nossas meninas são importantes. Depois de alguns minutos o casal buraco negro voltou da cozinha com alguns sanduíches e sucos.
- Não ia dar tempo de fazer comida gente, desculpa - fez bico e Louis apertou as bochechas dela.
Terminamos de comer e já fomos dormir, porque todos estavam cansados e as meninas teriam curso amanhã cedo, na parte da tarde, elas pintariam a casa. Fui ao banheiro escovar os dentes e quando voltei já estava dormindo. Com muito cuidado, tirei seus sapatos, coloquei um pijama nela e a cobri. Me troquei, beijei a testa dela e dormi também.

’s POV
Passamos o dia limpando a casa e quando os meninos chegaram nem janta tinha. Comemos e cada um foi pro seu quarto. Fui para o banheiro me trocar, mas quando cheguei lá notei que tinha esquecido o pijama, ótimo! E o pior é que eu já tinha tirado a roupa, estava só de calcinha e sutiã.
- ZAAAAAAAAYN - Gritei - Trás meu pijama aqui, to com preguiça de ir buscar.
- Tá na sua mala? AH, ACHEI! - Ouvi um barulho e logo Zayn apareceu na porta do banheiro com um camisetão na mão - Ta aqui o seu pij… - Ele parou de falar.
- Que foi? - Perguntei surpresa.
- Dane-se o pijama - Ele jogou meu camisetão no chão e começou a me beijar. Eu até pensei em parar com a aquilo, mas a saudade era tanta! Fomos nos beijando até a cama e lá ele tirou o restava das minhas ‘roupas’; fiz o mesmo com ele. Podia sentir todo seu corpo junto ao meu. Após alguns longos minutos me vi deitada de bruços com Zayn ao meu lado.
- Você não existe - Eu brincava com uma mexa do meu cabelo.
- Ah, eu existo sim - Ele virou de lado e me encarou com um sorriso maroto.
- Para de ser assim Malik - Joguei um travesseiro nele e nós rimos.
- Vamos dormir pra conseguir acordar amanhã - Zayn nos cobriu e me deu um beijo na testa.
- Boa noite DJ!
- Boa noite mô!
Sim, depois que o ensinei a falar ‘amô’ ele não para mais. Fiquei alguns minutos pensando, mas meus olhos se fecharam e acabei dormindo. I really, I really, whoa, I really need to know. Meu Adam me acordando.
- Or else, you gotta let me go, oh! I really, I really - Peguei o celular e comecei a cantar que nem uma idiota.
- Bom dia pra você também - Zayn me encarava.
- Ah, oi amor, te acordei? - Dei um selinho nele.
- Não, já estava acordado antes do seu show matinal - Nós rimos.
- Não canto tão bem quanto você, mas faço o que posso - Joguei o cabelo pro lado e ele riu.
Nos trocamos, nos arrumamos e descemos. Todos já estavam lá e Niall reclamava sobre ter acordado cedo demais pra fazer o café; ela rebatia dizendo que não queria esquecer igual ontem. O café da manhã se passou assim: mil maravilhas. Terminamos de comer, nos despedimos dos meninos e fomos pro curso. Depois que fomos notificadas que a parte da tarde foi transferida para os nossos empregos, acordávamos até mais dispostas. A aula até que foi legal, tivemos que fazer um artigo de opinião sobre algumas notícias recentes. Depois da aula fomos almoçar e logo já estávamos na nossa casa nova organizando algumas coisas. Tínhamos que deixar tudo pronto para o dia que fossemos pintar as paredes. Os quartos iam ficar como eram no hotel, a mesma decoração e tudo mais. No final do dia estávamos mortas de cansaço. Voltamos pro loft pra fazer a janta.

Louis POV
O dia foi realmente muito corrido, como sempre. Logo começaria nossa turnê na Oceania, então tínhamos que resolver tudo antes de irmos. Era tão bom chegar em casa cansado de um dia de trabalho e encontrar as nossas meninas, lindas, cheirosas e perfumadas; além da janta na mesa. Beijei e a abracei forte.
- Ta tudo bem, Lou? - Ela falou no meu ouvido.
- Ta sim, só to com saudade da minha baixinha! - Rimos e ela selou nossos lábios de leve.
- Vem, vamos comer! - Me puxou e sentamo-nos à mesa, o jantar foi super animado, conversávamos alegremente e pelo que eu percebi os meninos também estavam super entusiasmados com a ideia de ter as meninas todos os dias ali, do nosso lado. Terminamos o jantar e cada um foi para o seu quarto, eu estava exausto! Tomei um banho bem quente, deitei ao lado de que passava os canais na televisão procurando algo de bom para ver.
- Não passa nada de legal! Vamos dormir Lou? To com sono! - Deitamos abraçados e ela dormiu primeiro que eu. Fiquei a observando dormir, como ela era linda. Abracei-a e dormimos.
A semana passou rapidamente, as meninas aproveitaram os dias de folga na parte da tarde para pintar a casa, arrumar algumas coisas de que já estavam lá e tudo mais. Eu e os meninos tivemos uma semana mais cheia que o normal, passamos alguns dias dando muitas entrevistas, tirando fotos, indo a rádios e outros dias presos no estúdio, gravando algumas músicas e discutindo sobre um clipe novo que começaríamos a produzir após a turnê. A sexta feira chegou chorada e finalmente conseguimos descansar um pouco. Teríamos o dia de folga, faríamos apenas uma apresentação rápida num programa ao vivo, à noite. As meninas acordaram cedo e foram para o curso, eu e os meninos decidimos cozinhar algo, afinal, quando chegávamos sempre tinha comida pronta na mesa. Dessa vez foi diferente, decidi que tentaria ajudar também. Niall dominou a cozinha e deixou que eu e os outros meninos ajudassem em poucas coisas, o que ele mais permitiu ajuda foi o Liam, que é o menos pior de nós. Harry, Zayn e eu arrumamos a mesa, colocamos os pratos, talheres e panelas em cima e nos sentamos no sofá enquanto esperávamos as meninas, que deveriam chegar logo.
- Será que elas vão gostar? - Liam perguntou.
- Acho que sim, o cheiro ta ótimo e o Niall que cozinhou né? - Harry comentou e rimos. Ouvimos um barulho de chave na porta e algumas risadas, até que a porta abriu. Elas nos olharam no sofá, olharam na mesa, sorriram até que finalmente falou algo.
- Hoje é o apocalipse zumbi e vocês querem se despedir de nós antes do ataque? - Começamos a rir das ideias da garota, ficamos um bom tempo assim, as meninas nos cumprimentaram e sentaram no sofá.
- Vamos comer logo? O cheiro tá bom e eu to com fome - se levantou, fazendo com que as meninas se levantassem também. Sentamo-nos a mesa.
- Quem fez a comida? O Nialler, né? - perguntou.
- Sim, eu que fiz, com a ajuda do Liam em algumas coisas... - O próprio Niall respondeu.
- Já pode casar, hein leprachaun? - Falei dando tapas em suas costas, ele estava ao meu lado. Depois da minha fala, ele e ficaram completamente vermelhos, Niall mais do que já é. Harry percebeu e mudou de assunto.
- Mas então, como foi o curso hoje? - Todas as meninas começaram a falar ao mesmo tempo e virou uma confusão completa, tentava prestar atenção em todas, mas era impossível. O almoço foi super descontraído como sempre, ríamos de qualquer coisa, às vezes fazia algumas piadas, assim como eu. Após o almoço, as meninas trocaram de roupa e se deitaram nos sofás. Ligamos a TV e após alguns minutos, observei Zayn, que sorria e passava as mãos nos cabelos de , que dormia em seu colo.
- Vou levar ela pro quarto - Ele sussurrou e subiu com ela no colo. e Niall estavam entretidos com um filme que eu não sei o nome, não estava prestando atenção; Liam e estavam conversando no jardim, e Harry praticamente desmaiados no sofá.
- Quer fazer o que amor? - Perguntei pra .
- Vamos na piscina? - Perguntou.
- Mas a gente acabou de comer baixinha…
- E daí? A gente não precisa entrar, ficamos só com os pés na água, vem! - Ela me puxou e eu fui sorrindo.
Sentamos na borda da piscina e ficamos trocando carinhos com os pés na água. Após algum tempo, nos chamou, falando para nos arrumarmos que iríamos começar com a mudança. As meninas alugaram um pequeno caminhão, pois falaram que fazer mil viagens espremidas na van era desgastante, rimos e começamos a arrumar as coisas no caminhão, pelo fundo do prédio, para que ninguém ficasse tirando fotos ou bisbilhotando a nossa vida. Logo tudo estava dentro do caminhão, , , Zayn, , Harry e eu fomos na van, enquanto o resto do pessoal ia no carro das meninas. Em poucos minutos estávamos na casa, descarregamos tudo e começamos a arrumar. As paredes já estavam secas, iguais as do hotel, essas meninas tem talento mesmo. Levamos as respectivas coisas para cada quarto. Começamos pelo andar de baixo, , , Harry, Liam, e eu arrumaríamos a sala, enquanto , Zayn, Niall e arrumariam a cozinha. Após algumas horas tudo estava lindo e impecável.
- Ah, cansei! - se jogou no sofá.
- Quero dormir - falou e Zayn concordou.
- Novidade né? - rolou os olhos.
Ficamos um tempo conversando até que decidimos voltar pro loft, as meninas iriam ficar na casa para arrumar o resto das roupas, disseram que já queriam se familiarizar com o novo ambiente. Insistimos para elas dormirem no loft essa noite, todas já haviam cedido, menos .
- Ah gente, temos que arrumar as coisas aqui, logo, começamos a trabalhar e tudo mais... - Logo as meninas concordaram e voltaram para dentro da casa. beijou Liam, que assentiu mostrando que estava tudo bem, esses dois se comunicam por olhares. Me despedi das outras meninas e de .
- Tchau baixinha, fica bem viu? - Dei um beijo na testa dela e uma mordida na bochecha.
- Tchau gigante - Rimos - Até mais, se cuida também, te amo! - Ela me beijou.
- Também te amo, depois te mando mensagem... - Nos despedimos rapidamente porque Harry me puxava pela camisa. Acenei e entrei no carro, seguimos para o loft completamente cansados e com sono. Chegamos no mesmo e cada um foi para um canto, fui para o meu quarto, tomei banho, voltei para cozinha e encontrei Niall na cozinha, como sempre.
- Ta fazendo o quê de bom duende? - Perguntei.
- Tô fazendo um lanchinho pra mim, sempre como com a , mas já que ela não ta aqui como sozinho né? - Rimos.
- Já que ela não está aqui, faz para mim! - Falei, estava morrendo de fome.
- Não, você não é a
- Valeu ai Niall! Também não faço mais nada pra você... - Falei tentando ficar sério e ele me deu um tapinha na testa. - Ai!
- Eu faço, eu faço... - Pulei e dancei em volta dele - Se você deixar é claro!
- Deixo, deixo! - Sentei no banquinho e ficamos conversando, comemos em silêncio, conversamos mais um pouco e depois cada um foi para o seu quarto. Escovei os dentes e deitei, desejando ao meu lado pra dormir abraçada comigo.

Liam’s POV
A semana com as meninas passou muito rápido, nem acredito que elas já se instalaram na casa nova. Eu sei que é importante pra elas ter um lar, mas estava tudo indo tão bem com elas no loft. Saímos da casa nova e voltamos para a nossa casa. Tudo era tão vazio sem elas, sem a . Mas temos que nos acostumar, já que semana que vem vamos fazer shows na Oceania, vão ser longos dias sem as meninas. Acordei cedo no dia seguinte e quando desci, todos já estavam me esperando.
- Bom dia, família - Sentei-me ao lado de Zayn, que quase deixava a cabeça cair no prato, de tanto sono.
- Bom dia Liam, dormiu bem? - Louis brincava com Niall de quem conseguia enfiar mais cereais na boca, e quando falou, os cereais caíram na mesa.
- CREDO LOUIS, SEU PORCO! - Harry pegou um pano pra limpar.
- GANHEEEEEEEI! - Niall berrou e mais cereais sujaram a mesa.
- Respondendo a sua pergunta, eu dormi bem, mas acho que o Zayn não - Cutuquei Zayn, que se rendeu ao sono e cochilava na cadeira.
- Esse aí vive com sono - Niall riu - Mas agora temos que nos arrumar porque hoje é dia de resolver as coisas da turnê.
- Que empolgante - Harry rolou os olhos.
- Sabe o que eu acho? - Zayn falou do nada.
- MAS VOCÊ NÃO ESTAVA DORMINDO BABACA? - Louis ainda estava assustado.
- Vocês que pensam - Zayn deu de ombros - Enfim, acho que tá mais do que na hora de as meninas conhecerem nossas famílias.
- Verdade - Concordei - Só vai ser meio difícil reunir todo mundo, mas seria ótimo!
- É só marcar alguma coisa que todos vêm, sempre é assim - Niall mexeu no cereal.
- Devemos levar essa ideia pra frente, já que logo vamos sair em turnê - Harry comentou.
- Logo? A turnê já é semana que vem! E imagina trazer a família inteira do Zayn pra cá? Dois ônibus - Louis riu.
- HA HA HA Louis, olha quem fala, não sou eu que tenho uma penca de irmãs - Zayn mostrou a língua - Na realidade eu também tenho, mas ok - Nós rimosTerminamos o café e fomos nos encontrar com os empresários. Passamos a manhã inteira resolvendo pequenos detalhes que enchiam a paciência. Pausa para o almoço porque Niall não se aguentava mais. Mandei algumas mensagens para , mas ela disse que ainda estavam no curso. Voltamos para a reunião e uma tarde inteira se foi só para decidir ordem de músicas, figurinos, pausas durante o show e derivados. Nós podíamos simplesmente deixar essas decisões na mão dos empresários, só que gostamos de participar de tudo. Terminamos a reunião exaustos, agora só voltaríamos a conversar sobre os shows na sexta que vem e viajamos domingo.
- Lar doce lar - Louis se jogou no sofá e abraçou uma almofada.
- Que preguiça - Zayn bocejou.
- Então - Harry o olhou com reprovação - Vamos chamar nossos pais pra conhecerem as meninas?
- Meu pai já conhece a - Niall deu de ombros.
- Verdade né? No dia do “somos amigos”. - Ironizei.
- Isso vai ficar marcado né? Poxa - Nialler fez bico.
- Continuando! - Harry riu - Vamos marcar!
- Que tal a gente fazer uma surpresa pra elas? - Louis sugeriu - Chamamos as meninas pra virem aqui no loft e quando elas chegam: pá, ta todo mundo aqui!
- Lou