Let me be the one

Escrito por Láh Rezende - Siga a autora no Twitter
Beta-Reader: Hels



Deixou as lágrimas caírem assim que viu o noticiário, " e reatam namoro" e uma foto dos dois abraçados, pelo cabelo do rapaz podia-se notar o quão recente a imagem era.
Não que acreditasse em tudo que via pela televisão, mas não era uma garota qualquer, era . Lembrava-se de quando seu atual namorado era praticamente noivo de . Riu para si mesma sem forças. Fora sempre fã de e via o quanto ele era feliz com , isso a deixava feliz.
Fora uma coincidência muito grande começar a trabalhar na acessoria do rapaz assim que ele e terminaram, mas mesmo que estivesse com ele por mais de oito meses, ainda se sentia insegura em relação à mais velha. Não era tão bonita, não era tão experiente e nem era talentosa, além de que era dez anos mais nova que , enquanto tinha a mesma idade que o rapaz.
Seu corpo pesou e ela deslizou até o chão, tentando cessar as lágrimas inutilmente. Havia sido traída pela pessoa por quem era apaixonada desde a adolescência.
Procurou por seu notebook e o ligou, colocando-o na baixa mesa que se encontrava a sua frente. O skype se conectou automaticamente e logo fora colocada em uma chamada de vídeo em grupo. Viu e em um dos pequenos quadrados de vídeo, enquanto no outro se encontrava e . Pelo som que todos exalavam, podia-se notar que todos assistiram ao mesmo noticiário que ela.
- Você 'tá bem? - Perguntaram e logo começaram a falar várias coisas ao mesmo tempo, "ele não te merece", "fala sério, isso é mentira", além das ameaças que os rapazes faziam, dizendo que iam cuidar dele por ela. apenas escutava, absorta em seus próprios pensamentos, será que era verdade? Realmente poderia ser somente um rumor, mas havia tanta certeza naquela afirmação do noticiário que ela não conseguia não acreditar.
- Fala alguma coisa, . - pediu em um sussurro triste. Ela respirou fundo e olhou para a webcam pela primeira vez.
- Não sei o que falar, 'to em choque. Olha só para ela, linda, talentosa, experiente e tem a mesma idade que ele. Eu tenho dezoito anos e ele, vinte e sete. O que ele realmente iria querer comigo? Sabe, acho que a culpa é minha, eu me iludi demais. O que me magoa mesmo é saber disso pela TV, ele podia ter ao menos terminado comigo, conversado... Não sei. - Ela sorriu fraco, sentindo seu coração doer.
Poucos segundos depois ouviu a TV ser desligada. Sabia que era , conseguia sentir ele se aproximando aos passos silenciosos que ela tanto conhecia.
fechou o notebook e levantou com as duas mãos, aconchegando-a num abraço, seus dedos entrelaçados no cabelo da garota, enquanto ela ouvia o coração do rapaz bater tão rápido quanto o dela.
Ele havia ouvido tudo.
- A única pessoa comigo é você. Eu amo você e somente você, já disse para não escutar o que esses noticiários dizem. Confie em mim, só em mim. - disse quase em um sussurro desesperado, a apertando mais contra si como se não quisesse deixá-la ir para longe de si. E realmente não queria.
E então ela pôde se sentir segura e amada. Nada importava, somente os dois e o amor que ali existia.

 

 

Comentários da autora



N/A: SIM, EU SEI QUE ELA É SUPER PEQUENA DEMAIS, mas sério, eu não tinha intenção alguma de fazer ela grande, eu sonhei com o ocorrido dessa fic, então pensei em escrever, até pensei em não postar, por ser tão pequena, mas né, quem liga.
Né, eu escrevi com o meu bebê, que eu falei na nota anterior, vejam os dramas dele, até minha mãe é apaixonada por ele, just saying.
BEIJOS PROCÊS

N/B: Queria me pronunciar que amei essa fic, é sim. E EU LI A VERSÃO ORIGINAL PORQUE SOU DIVINEY, RISOS.
E só queria dizer a Cáa que não tenho nada a ver sobre a Láh ter terminado desse jeito, ok? Ok. Não tenho mesmo, não fui eu que apoiei e, é. Isso aí -q. Se não teve NC, a culpa não é minha, (Y). HEHEHE.
MAIS FICS, LARISSA, MAIS FICS, É. Minha N/B não conta como comentário, adik, farei algo mais bunis nos comentários.