Legendary Lovers

Escrito por Giulia Krein
Beta-Reader: Mariana



Parte do Projeto Songfics - 7ª Temporada // Música: Katy Perry - Legendary Lovers

- Finalmente. - falara, se sentando ao meu lado de baixo de uma árvore.
- Nós estamos livres, meu amor. Nada mais nos impedirá de ficarmos juntos. - Eu me virei e deitei a cabeça em seu colo, possibilitando a vista do céu laranja intenso que predominava àquela hora do dia.
- Sophie nunca mais ficará no nosso caminho, o advogado conseguiu com que ela assinasse o divórcio se eu a concedesse a nossa casa.
- Mas você ama aquela casa. - Eu acariciei sua barba com uma das minhas mãos.
- Eu aprendi com você que existem coisas no mundo bem mais importantes que casas de luxo, carros importados ou roupas de marca. Tendo alguém que me faça inteiramente feliz pelo resto da minha vida, o resto se torna apenas detalhes. - beijou minha mão e eu abri um enorme sorriso. Eu me impressionava com o modo em que ele me fazia sorrir com apenas palavras ou simples gestos.
- Eu prometo ser essa pessoa pelo resto de sua vida. Farei você sorrir nos momentos mais importunos, farei você dar boas risadas sempre que estiver do meu lado, te agradecerei cada dia pelo homem maravilhoso que você é e, o mais importante, farei você se sentir amado como nunca se sentiu na vida, dia após dia. - Foi a vez dele de sorrir e em um rápido momento ele se inclinou e selou nossos lábios em um beijo.
Assim que ele se afastou eu dei uma risada, o fazendo sorrir.
- O que foi, ? - Ele parecia não entender.
- Sei lá, eu acho que eu vou sentir saudades do tempo em que éramos amantes. Das nossas loucuras, das nossas fugidas escondidas, dos nossos erros, flagras e de todos os riscos que corremos juntos. Nós simplesmente marcamos história na família, . Quem diria que o casamento do dono de uma das maiores empresas do mundo iria ser destruído.
- Nós sempre seremos amantes, , amantes legendários. Você tem razão, nós marcamos história, mas antes de destruir um casamento, lembre-se que você salvou um homem da solidão, da eterna tristeza. Eu te agradecerei a cada dia pelo homem que me tornei graças a você.
- Nós seremos sempre e , certo?
- Certíssimo. Nem que a morte nos separe.
- Porque nosso amor vai muito além disso. Eu me lembro que antes de eu te conhecer, eu simplesmente não conseguia achar um jeito de ser feliz. Parecia que estava faltando um pedaço dentro de mim, um pedaço muito importante que eu encontrei sentado em uma mesa de bar desacompanhado. Lá se ia meus pensamentos "É apenas mais um solteirão que precisa de uma companhia para passar a noite. Por que não?" Eu consegui te conquistar naquele bar, nós passamos a noite juntos e eu descobri que você era casado. Eu me senti péssima, horrível, como se tivesse cometido um crime, mas eu já estava viciada em você. Nunca pensei que existisse algo tão forte, tão recompensador do que o amor. Eu havia me apaixonado por você.
- E eu pela garota que pediu um copo de bebida qualquer em uma sexta feira à noite e sussurrou para um desconhecido "Por que não?".
- Eu te amo "desconhecido." - Eu falei, com um enorme sorriso no rosto.
Nós dois nos beijamos novamente e aquilo parecia mágico, não errado. Pode ter parecido no início, eu me senti um lixo por destruir um casamento, mas como o mesmo falou, eu salvei um homem e me tornei a mulher mais feliz do mundo.
E, debaixo de uma árvore, com o sol iluminando dois rostos apaixonados, e eu começamos mais um capítulo da nossa história, talvez o mais lindo deles.

FIM

 

Comentários da autora