I Love You Till The End

Escrito por Amanda Silva - Siga a autora no Twitter
Beta-Reader: Dana Rocha



Acordei com uma leve brisa que entrava pela janela e lá estava ela, linda e delicada dormindo sobre meu peito, a observava atentamente, amando cada detalhe de seu corpo esculpido. Suas curvas não definiam um corpo de modelo, mas para mim continuava perfeita, sua pele macia me delirava, seu rosto, agora calmo a tornava uma princesa.
Pela janela podia ver algumas estrelas e o brilho da lua cheia. Lembrando-me do dia em que a pedi em casamento.

Flashback *on*

- , vamos ver um filme aqui em casa hoje? – A convidei.
- Ótima ideia, mas qual?- sua voz era calma e doce.
- O que achar melhor- conclui.
- Pode ser P.S: Eu te amo? – sabia exatamente que cara estava fazendo,com aqueles olhos clamando que a resposta fosse sim, como dizer não?
- Perfeito, estou te esperando.- disse por fim.
Não demorou muito tempo e surgiu em minha porta.
- Oi amor – cumprimentou-me com um beijo –comprou alguma coisa pra comermos assistindo o filme?- colocou a bolsa sobre a pequena mesa no centro da sala.
-Sorvete– fechei a porta e fomos em direção a cozinha.
Algum tempo depois já comendo um pote de sorvete, sentados um na frente do outro na bancada do centro da cozinha.O único som que se ouvia era de look after you que passava na TV.
- As vezes eu acho que já deveria ter feito isso, as vezes eu acho que eu apenas deveria dar tempo ao tempo e deixar que você resolva isso por nós dois, como você sempre faz – olha pra você, muito confusa– mas eu também acho que eu devo tomar essa atitude, com medo ou não. Eu nunca tive dúvidas, - segurei sua mão -desde a primeira vez que eu te vi sempre soube que nós seriamos pra sempre, desde o momento em que disse que te amava – nunca esteve tão vermelha e nervosa – Eu vou estar onde você for, vou ser sua vida, por que você já é a minha. Minha razão pra sorrir, pra viver, pra tudo. – olhei no fundo de seus olhos– Eu só queria oficializar isso, por que eu sempre soube...
Então notou algo estranho no sorvete, algo brilhante e duro.
- Eu preciso de você, princesa, preciso de você hoje, amanha, pra sempre. – sorri, enquanto tenta descobrir o que é aquela coisa brilhante – Seja a minha garota.
E finalmente consegue pegar nossas alianças com coroas de rei e rainha.
- Quer se casar comigo? –olhei para ela, que esta usando aquele sorriso que só minha tem.
não tinha outra reação, não falar, não gritava
– Meu Deus, eu sabia que você não ia querer... – disse, ainda sem receber uma resposta, estava estática – sou um idiota.
Então pulou em meus braços, enchendo-me com uma grande remeça de beijos de volta.
- É claro, é claro que eu quero. – responde, tremendo de felicidade.
E como nas histórias a beijei docemente.

Flashback *off*

E aos pouquinhos pude ver seus olhos se abrindo calmamente, agora me encarando sonolenta.
- A quanto tempo esta me olhando assim ?- sentou-se na cama, com os cabelos bagunçados e os olhos um pouco inchados.
- Não faço ideia, me distrai observando você dormindo- disse dando-lhe um beijo.
- Não que pensava? – seus olhos se fixaram aos meus.
- Em nós– tirei uma mexa que esta em seu rosto.
- Eu te amo – sussurrou, deitando-se novamente sobre meu peito.
- Mais do que tudo princesa- dei um beijo de boa noite em sua testa – bons sonhos.
- Os melhores são quando estou com você- fechou os olhos, sorrindo.
Ela adormeceu nos meus braços enquanto eu sussurrava nossa música.
“When the morning light explodes, on your face it radiates.
I cannot escape… I love you 'till the end”

FIM

 

Comentários da autora



--