Ideias » #041 a #050

Volte ao menu de Ideias.

Doada por Dalila.
Resumo: O principal é assassinado. Após um ano, uma jovem chega a cidade e, aparentemente pode vê-lo. Ele ainda reside na tal pacata cidadezinha em que vivia até antes de ser morto. A principal descobre que ele está morto e se nega a aceitar esse fato, mas ele continua indo atrás dela, tentando convencê-la a achar seu assassino. Sua nova vizinha é Lisa, a ex-noiva do principal.
Fandom: Pode ser qualquer um, mas eu havia pensado na fanfic no fandom de McFLY.
Gênero: Suspense / Romance / Drama
Sugestões: Em base à nota acima, a assassina, no caso, seria Lisa, a ex-noiva do principal. O motivo primeiramente seria pelo dinheiro dele, mas é de seu livre arbítrio decidir o motivo de Lisa. Pode, talvez, criar uma personagem psicopata. Sociopata, quem sabe. Enfim, depois do assassino descoberto, eu não pude pensar em mais nada; portanto, o romance entre os principais fica de sua escolha também. Eles ficarão juntos? Ou não, tendo em mente que ele é um fantasma? Difíceis escolhas.
Esse projeto é muito importante pra mim e eu realmente espero que a autora dê o melhor de si para essa fanfic! Gostaria muito de acompanhar o desenvolvimento da fic, também. Caso aja dúvidas e/ou queira alguns conselhos em relação a ideia, eu também adoraria ajudar. (:
Contato: E-mail | Twitter
Nota: A fanfic foi, basicamente, criada enquanto eu assistia o clipe de The Ballad of Mona Lisa – Panic! At The Disco pela milésima vez.

Para adotar, complete o formulário a seguir: Link

Doada por Naty Sant’anna.
Resumo: Uma garota de dezenove anos apaixonada por McFly/One Direction desde o começo da banda e que nunca teve a oportunidade de conhecer eles pessoalmente, mas tudo muda com sua idéia de passar as férias que lhe restam no Caribe, o que ela não poderia imaginar é que acabara por ficar no mesmo hotel que eles estavam, sorte? Bem… Eu até diria isso, se a garota não fosse um pouco ?fora? do normal, e muito desastrada, sempre sendo pega em situações constrangedoras e engraçadas por eles, mas o que ela não poderia pensar, é que ela tinha acabado por conquistar ele com esse seu jeito meu sem jeito.
Fandom: McFly/One Direction
Gênero: Comédia Romântica
Sugestões: A protagonista tem que ser bastante desastrada, mas não do tipo que vive se machucando, ser engraçada vai ser fundamental para ela conquistar ele, tem que ser espertar pelo fato de ter que bolar planos em que ela pudesse encontrar com os meninos, ou apenas dar uma passadinha no quarto de um deles para pegar nem que seja… Hmm… Uma cueca? São situações desse tipo que vai deixar a fanfic com uma cara mais engraçada, e de uma maneira ou outra ela sempre vai ser pega em flagrante, e mostrando sua competência inventar mentiras para os meninos os fazendo acreditarem nela em todas essas situações. O ideal que se for escrita com o McFly o favorito dela fosse o Danny e com o One Direction fosse o Louis, porque eles são os mais tolos dali mais essa parte fica aberta para a opinião da autora.
Contato: E-mail | Twitter
Nota: Essa idéia veio na minha mente do nada, até tentei colocar a história em pratica, mas ela não saia, gosto dela, pode parecer irreal só que é o que faz dela ser engraçada. Espero que gostem.

Para adotar, complete o formulário a seguir: Link

Doada por Luciana.
Resumo: O que aconteceria com as fãs caso o seu ídolo se apaixonasse uma garota fora dos padrões da beleza?
Fandom: One Direction / McFly
Gênero: Drama ou o que mais a autora preferir
Sugestões: Boom! Uma foto saiu na internet, uma suposta nova namorada de fulano junto com ele num shopping cai na internet, fãs vão a loucura, mas logo acaba o rumores, por conta de um fato, ela é gorda. Assim que o guy ler a noticia fica um pouco chateado por causa das gozações com a cara de sua amiga, vai a casa dela, mas a encontra normalmente com um sorriso de orelha a orelha e brincalhona como sempre. Algo com o tempo desperta dentro do peito dele, um sentimento que antes era admiração pelo fato dela não se importar com as brincadeiras com a cara dela na web vem se transformando em algo mais. Ele resolve ignorar, mas um dia quando viu ela sendo paquerada nos bastidores do show dele, ele fica tão nervoso que quer descontar a raiva em alguém e a escolhida foi ela, mas sem querer quando ela pergunta por que ela não tinha direito de paquerar e se paquerada, ele pra fugir da pergunta respondi sem pensar “por que você é gorda”, nisso ela fica paralisada e com os olhos brilhando pela “tapa” que essas palavras deram nela e deixa umas lágrimas rolar, quando ele percebe o que falou e tenta se desculpar tipo “Fulana eu..” e ela nem dar tempo pra ele já sai correndo.
Então o trabalho do fulano é reconquistar a amizade da fulana, ter coragem de dizer o que senti e ainda por cima as fãs não aceitam nadinha. Já que todos percebem só no jeito que ele olha pra ela, ou toca no nome dela que ele realmente senti algo muito especial por ela.
Contato: E-mail | Twitter
Nota: Mais uma coisa que eu não sei tirar da minha mente e passar pro “papel”.

Para adotar, complete o formulário a seguir: Link

Doada por Luciana.
Resumo: Ela leva uma vida toda organizada, até horário de chegada e saída de seu namorado em seu apartamento tem hora marcada, o guy curioso ao perceber que nunca acontece algo de diferente na vida da moça então decide perturbá-la…
Fandom: Escolha da autora
Gênero: Drama
Sugestões: Eles meio que criam uma amizade conturbada no começo, por conta dele ser despreocupado e ela toda neurótica por uma vida nos “padrões”, assim que ela descobre que o namorado anda a traindo, fica arrasada e quem vai ajudá-la é o guy, depois algo especial desperta neles por conta da paciência e ajuda do guy que tenta conciliar os horários da boyband dele com os horários costumes da garota. Mas o que acontece quando ele tem que fazer uma turnê?
Contato: E-mail | Twitter
Nota: Gira em torno dos problemas do Toc, pra quem não sabe se trata de um ciclo de manias, como de limpeza excessiva da casa, horários, até mesmo quantidade de comida que coloca no prato, etc.

Para adotar, complete o formulário a seguir: Link

Doada por Natashia Kitamura.
Resumo: Uma personagem que tem dificuldades em lidar com a fama, que a acompanha desde criança. O fato da própria fama se deve ao pai que fora um rockstar nos anos 90, porém morrera de overdose, sendo uma das lendas do rock. Por isso, a garota sofre com a pressão da mídia atrás da única herdeira de uma pessoa que fez revolução musical no mundo. Porém, o que se esconde é o que levou o homem a mexer com as drogas – e se separar da mãe da personagem.
Por causa dessa separação, a garota viu a mãe sofrer e jurou que não iria querer se relacionar com qualquer pessoa famosa para não sofrer a mesma coisa. No final das contas, ela conhece o favorito, que é parte de uma banda famosa – que ela não conhece por não seguir a mídia – e acaba entrando em um dilema consigo mesma.
Fandom: Livre (Deve ser uma banda)
Gênero: Romance / Drama
Sugestões: Seria bom se a fanfic não fosse narrada na primeira pessoa, para que haja o ponto de vista de ambos os personagens. Também seria uma boa se a personagem tivesse um certo preconceito contra artistas e sua vida “relaxada”.
Contato:
Nota: Por ser uma fanfic que valoriza bastante o mundo rock’n roll, poderia ser uma boa a autora se dedicar bastante na descrição principalmente do que gira em torno dos personagens para que nós leitores possamos entender perfeitamente seus pontos de vista.

Para adotar, complete o formulário a seguir: Link

Doada por Natashia Kitamura.
Resumo: Ela é uma garota ingênua que quer crescer na vida. Faz tudo para todos, vê sempre o lado positivo das situações e é completamente vulnerável a pessoas de gênio forte. Seu propósito é ser a jornalista principal de uma revista de moda/fama. Porém, ela não percebe que é sempre jogada para os piores projetos porque é a única que faz sem reclamar. Pode-se dizer até que ela sofre um tipo de ‘bullying’ no trabalho.
Tudo muda quando sua chefe lhe manda fazer uma reportagem sobre a vida de um artista, mandando-a acompanhar um artista (o favorito) que ela assinou contrato para a matéria. Então, a personagem deverá seguir o artista por um prazo (duas semanas – um mês) para criar sua matéria. O problema é que depois de um tempo, ele acaba se preocupando com a garota que era tão sorridente e tenta ajudá-la a sair daquela fria de empresa. Fandom: Livre
Gênero: Livre
Sugestões: A garota tem de ser ingênua, não boba. Seria legal se a fanfic fosse narrada na primeira pessoa do feminino, de modo que possamos ver que as pessoas fazem mal à ela propositalmente, mas ao mesmo tempo, ela não percebe e age como se fosse normal.
Contato: E-mail | Twitter
Nota: É fundamental que a autora sofra o ‘bullying’ para que possamos ver o quão “boa” e “ingênua” ela é com as pessoas. O fato do favorito querer ajudá-la apenas depois de um tempo de convivência, uma ou duas semanas, se deve ao fato de que é necessário haver um tempo para a garota conquistar a simpatia dele e a confiança também.

Para adotar, complete o formulário a seguir: Link

Doada por Bianca.
Resumo: A principal está em coma depois de sofrer um grave acidente de carro onde todos exceto ela morreram. Ela têm sempre sonhos contínuos, que separam realidades. São dois tipos de sonhos, mais a consciência de tudo o que está acontecendo. Isso significa que ela, na realidade normal (no hospital) sabe tudo o que está acontecendo, exceto que é a única sobrevivente. Em seus sonhos são separadas as realidades de que ela é infeliz e solitária, tendo seus familiares e marido morrido, e na outra quem morreu foi sua filha de três meses, Sophia (ou qualquer outro nome). Na primeira realidade, ela é uma mãe solteira que tem que enfrentar todos os desafios da vida sozinha. Arrumar um trabalho, cuidar do bebê e tudo o mais. Além disso, sofre com a perda do marido e a família, o marido principalmente. É como se fossem duas fanfics em uma só. A principal, nessa primeira realidade, tem uma vida sofrida e quem aparece para “resgatá-la” é o fandom, e como isso acontece depende da autora. Porém, na segunda realidade, ela é ainda mais infeliz. Sem a filha e com o marido absorto no trabalho, ela cai em uma depressão profunda. Praticamente não sai de casa e está sempre mal arrumada, o que gera uma revolta no marido (nesse caso o fandom). Tudo piora quando ela descobre que está sendo traída, e que a amante do marido está grávida (o que a deixa com muita, muita inveja por causa da filha perdida). Ela sofre maus bocados, tenta suicidar-se e vive para sempre infeliz. A única coisa que a salva (na realidade do hospital, que é a verdadeira) é a outra realidade, onde ela consegue viver feliz novamente. No entanto, ela apenas tem consciência dessas duas realidades quando está durante a verdadeira realidade, em coma no hospital. Ou seja, sua vida enquanto está em depressão e sendo traída é sempre miserável.
Fandom: Livre
Gênero: Drama / Romance
Sugestões: Deixo a história da primeira realidade e da verdadeira bem subjetivas, mas preferiria se a autora escolhesse realmente ela tendo uma vida sofrível em um dos casos.
Contato: E-mail | Twitter
Nota: Adoraria manter contato com a autora, para melhor explicação das ideias e gostaria também de acompanhar bem de perto e desenvolvimento da fanfic.

Para adotar, complete o formulário a seguir: Link

Doada por Natty Darko.
Resumo: Quando uma garota se vê perdida, ela decide se arriscar sendo a cobaia de uma experiência sem garantias de voltar a ter uma vida normal. Ela enfrentou bravamente cada momento dessa experiência que a fez mudar totalmente, tornando-a irreconhecível. Agora tudo o que resta a fazer é ir pelo caminho que ela sempre quis ir e derrubar a todos que um dia ousaram enfrentá-la.
O experimento que vão fazer com ela é por conta da autora, mas se precisar de ajuda é só entrar em contato.
Fandom: Outros
Gênero: Drama
Sugestões:
Contato: E-mail | Twitter
Nota: A autora pode decidir se vai levar a fic mais para o drama ou para o lado obscuro.

Para adotar, complete o formulário a seguir: Link

Doada por Any Buss.
Resumo: Ela conhece a banda deles, mas só consegue gostar mesmo é de uma músicas deles: No Worries. Eles se conhecem e acabam se relacionando, então ele descobre no decorrer da fic que ela nunca fora em um show deles, pois a música que mais lhe importava nunca era tocada. Ele dá uma bola fora nela, fazendo alguma burrada (não traição, clichê demais) e então eles tocam a música “dela”, lhe mostrando o quanto ela é sim, considerada por ele.
Fandom: McFly
Gênero:
Sugestões:
Contato: E-mail
Nota:

Para adotar, complete o formulário a seguir: Link