Ideias » #001 a #010

Volte ao menu de Ideias.

Doada por Millena Borges.
Resumo: Você acorda pressa em um hotel. Mas como? Você pode jurar dormir em casa noite passada, e você estava sóbria até demais. Você não está sozinha, e deve fazer de tudo para se manter viva. Mas alguém irá te ajudar. Sempre tem uma luz no fim do túnel, e nesse caso, a luz é alguém bem interessante…
Fandom: A sua escolha.
Gênero: Terror
Sugestões: Sem sugestões.
Contato: E-mail | Twitter
Nota: Foi inspirada no Jogo Hotel 626, mas não precisa ter os mesmos acontecimentos…

Esta ideia já foi reservada!

Depoimento da doadora da ideia

“The Last Hotel Room foi, como a autora falou, um jogo de códigos e pistas. Eu achei maravilhosa a ideia dela de transformar uma fiction em um jogo, me senti uma detetive tentando decifrar as pistas. Quando eu enviei a ideia para o projeto, eu imaginava algo muito menor do que ficou, também porque eu não havia enviado muitas informações. Na verdade, eu nem imaginava que seria adotada. Eu posso dizer que The Last Hotel Room foi uma das melhores fics de suspense que eu já li. O desenvolvimento dela foi bom e as pistas e códigos foram dados no momento certo e com a pergunta certa. Aquelas que ficam na sua cabeça o dia inteiro, e você fica tentando decifrar e saber a resposta. Bom, pelo menos comigo foi assim, sempre que eu terminava de ler eu ficava pensando nas perguntas e tentando decifrá-las e já tinha uma resposta em mente, mesmo sendo errada. As respostas vieram em momentos que você já estava explodindo de curiosidade, o que às vezes é bom e às vezes é ruim. O que eu mais gostei dela, foi que quando eu iniciei a leitura eu já imaginava um final, e quando ela foi finalizada foi algo totalmente diferente do que eu pensava, eu gosto quando a história dá um final surpreendente e que ninguém esperava, acho que isso torna a história menos clichê. The Last Hotel Room ultrapassou minhas expectativas, foi maravilhoso ler ela, e o final foi perfeito, mesmo ela não tendo ficado com o ‘anjo negro’. As únicas partes que me deixaram meio chateada foi os capítulos curtos e, em poucas partes, a falta de descrição. Em momento algum eu me senti entediada lendo-a, mesmo a história sendo curta. Ela deixa o leitor com mais e mais vontade de continuar lendo depois de tal capítulo. Eu recomendo ela, mesmo pra quem não ouve Black Veil Brides (até porque todos podem ler, por não se tratar da banda). Ela é muito boa de ser ler, e te deixa curioso o bastante pra não parar de ler.”

– Millena Borges.

Doada por Natashia Kitamura.
Resumo: Eles são um casal de namorados que se amam, mas então a banda dele estoura no país/mundo e ele se vê querendo ter a vida que um rockstar tem, com todo o negócio do ‘sex, drugs & rock’n roll’. Devido a isso, ele decide terminar com a namorada e viver a vida de celebridade. Algum tempo depois (anos, de preferência), ele percebe que está cansado de não ter ninguém fixo e se lembra de como a vida era boa quando ele namorava a ex, que por sinal ainda a amava. Com tudo isso, ele resolve correr atrás dela, que a esta altura já não quer mais nada com ele pelo que ele a fez sofrer. E a fanfic se desenrola nos métodos de conquista que ele tem para consegui-la de volta.
Fandom: A sua escolha.
Gênero: Romance
Sugestões: Você pode acrescentar NC-18 se quiser. A fanfic deve ter um prólogo ou capítulo que demonstre como era o relacionamento antes para que as leitoras saibam que era algo forte e que o favorito apenas quis se ver livre disso porque era mais forte que ele a vontade de viver a vida de rockstar.
Contato: E-mail | Twitter
Nota: De preferência o namoro dos dois deve ser em uma idade não muito baixa, porque um amor verdadeiro deve ter tempo e idade, mas não alta, para que o passar dos anos não seja mínima (tipo, 1 ano depois), deve ser no mínimo três anos depois para que haja uma diferença de personalidade na garota e no garoto.

Esta ideia já foi reservada!

    • Nome: Effy Stanfield
    • Contato:@ | @effywrites
    • Em criação.

Doada por Stelah Segatelli.
Resumo: Você se apaixona por um paciente do seu consultório, mas ele é um dos seus clientes mais problemáticos. Você é uma psicóloga. O que fazer quando você sabe que está lidando com o perigo?
Fandom: Outros.
Gênero: Darkfic
Sugestões: —
Contato: Twitter
Nota: Se você aderir a minha ideia, por favor, me avise, porque eu fico muito curiosa. Quero ser a primeira a ler! u.u

Esta ideia já foi reservada!

    • Nome: Danii G. Rose
    • Contato:@ | @ifuconed
    • História no ar!
      Leia: To Apologize {Outros, Restrita, Andamento}

Doada por Erikah Lima.
Resumo: Estamos no século XXII e a e o planeta Terra tornou-se inabitável, a última chance da humandade é partir numa viagem através das galáxias para um planeta semelhante ao nosso, que está num outro sistema solar a milhares de anos luz da Terra. Porém como o planeta de destino fica assim tão distante. e se passarão centenas de anos até que a nave aterrise, será necessário fazer a viagem em cápsulas de hibernação e só há espaço para levar 560 pessoas, estando entre elas importantes chefes de Estado, e pessoas ricas o suficiente para comprar a passagem. Por sorte você e seu marido (O favorito) fazem parte do grupo escolhido para ter uma segunda chance, mas as vésperas do embarque você descobre que seu marido foi infectado por um super vírus, que desenvolve uma doença sem cura. O que você fará? Irá deixá-lo fazer o que quer, que é desistir da viagem para dar lugar a outra pessoa, saudável, ou lutará para que ele faça a viagem mesmo assim, se arriscando a sequer chegar vivo ao destino?
Fandom: A sua escolha.
Gênero: Ficção Científica
Sugestões: Que a fic seja escrita em primeira pessoa, no ponto de vista feminino, para que o leitor fique mais envolvido com as emoções pessoais dela, e veja tudo sob seu ponto de vista, para que quando ela pense em levar o marido isso não soe assim tão egoíta, afinal o cara é o amor da vida dela, certo?
Contato: E-mail | Twitter
Nota:

Esta ideia já foi reservada!