Posted by on 24/06/2016

Ruthless {Outros, Restrita, Finalizada}

Nota: (5 / 5)

ESTA CRÍTICA CONTÉM SPOILER!

ASPECTOS POSITIVOS: Eu jamais imaginaria que fosse ler um suspense com tanta vontade e tanta curiosidade. Honestamente, não sou fã de temas pesados, porque prefiro criar a ilusão de um mundo bem legal, diferente da que vivemos. Ruthless desde o início já começa com o sombrio, a inconformidade e a morte. Pensei duas vezes sobre continuar, pois a escrita, de fato, estava impecável. Curiosa para saber o que viria a seguir e também para ver se a qualidade da escrita seria mantida, tomei a decisão certa.
É possível ver, desde o início, quando olhamos o nome da autora, que ela é (ou deve ser) fã do gênero. Se está se arriscando postar sobre um pseudônimo, faria um favor para o mundo se dissesse quem é, porque a história é simplesmente genial.
As cenas vêm na medida certa, com o equilíbrio perfeito entre ação, reação, cenário e diálogo. Para um suspense, acredito que a autora tenha feito a escolha certa, principalmente na quantidade de informação que decidiu colocar em cada cena.
Os personagens parecem ter vida própria. Maduros e imaturos, seguros e inseguros, nos mostra um outro lado do mundo que não costumamos ver. O papel de mocinha e mocinho foi muito bem substituído por uma relação mais forte, em que nenhum dos dois quer receber um título que passe a imagem de alguém menor do que eles são. Sinceramente, exceto pela falta de descrição física (que não fez, em nenhum momento, falta), cada pessoa que entrava na história parecia ser bem elaborada.
Finalmente, o enredo é o que completa o combo de fatores dessa nota máxima. Do início ao fim foi um jogo de sedução e verdades que aguçou ainda mais a curiosidade e ansiedade pelo final – que, a propósito, me faria ficar discursando aqui por dias!
A história vale a pena do início ao fim. Para quem está começando a escrever e quer um bom exemplo de suspense, é uma short boa para se ter de exemplo.

ASPECTOS NEGATIVOS E COMO MELHORÁ-LAS: A única coisa que vi, de fato, foi a repetição de algumas palavras. Talvez pensar em sinônimos colaborasse, mas não que isso fosse fazer alguma diferença para a escrita, que foi muito boa; só iria ajudar a incrementar mais as qualidades da autora. Por essa razão, não considerei como ponto negativo.
Outro fator foi a autora ter escolhido a categoria Restrita. Esperei por cenas de tortura ou relação sexual explícita, mas não me pareceu que o descrito na história fosse razão para +18. Talvez +17, uma menção às cenas fortes, alertando os leitores sobre o enredo forte. Contudo, essa é uma escolha da própria autora, por isso, também não considerei como ponto negativo na nota.

MENSAGEM: Autora, você criou em mim a curiosidade de ler mais histórias assim, com todos os gêneros que citou na medida certa. O final foi muito bom e muito instigante! Adorei do início ao fim. Espero ter a oportunidade de ler mais de suas histórias aqui no site e que possa criticá-las com a mesma animação que fiz em Ruthless! Muito sucesso para você!

– Crítica por: Jess Manis

O site possui a permissão do autor em elaborar postar todas as críticas divulgadas em nosso domínio.
Leia outras críticas aqui.

CAMPANHA: VAMOS DAR TRABALHO ÀS BETAS!
ENVIE SUA HISTÓRIA PARA NÓS! CLIQUE AQUI.

[WWW] Participe de nosso novo projeto!
[WWW] Vagas abertas! Inscreva-se!
[WWW] Peça sua capa/crítica/trailer!

Posted in: Críticas
Tags:

Comments

Be the first to comment.

Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*