Posted by on 04/03/2016

Fire a Gun {Outros, Restrita, Finalizada}

Nota: (4 / 5)
ESTA CRÍTICA CONTÉM SPOILER!

Aspectos Positivos: Particularmente, o que me chamou a atenção na história foi seu enredo. Gosto muito de fanfics que mexem com o tema de disputa entre polícia e ladrão, principalmente quando restrita. O próprio enredo pede para que a história traga um estilo mais pesado, trabalhando em vários dos sete pecados capitais.
Gostei bastante da narração na terceira pessoa, mas dando uma atenção ao ponto de vista masculino – não por ser masculino, mas sim por ser o lado do “bem”. Numa história com esse gênero, acho interessante quando estamos do lado do bem, pois podemos passar, junto com o personagem, todas as sensações de angústia e ansiedade que um policial passa quando está no meio de um caso. Além disso, acredito que, para a autora, seja mais fácil escrever o lado do “bem” – e quando digo “mais fácil”, não quero dizer que o caminho é pouco complicado ou menos merecedor de atenção, já que Dominique soube muito bem como nos apresentar um enredo bem elaborado.
Outro fator bastante positivo na história, foi que mesmo ele tendo um tema que requeria muito mais do que uma simples shortfic, a autora conseguiu explorar bastante não só do cenário, como dos personagens e de toda situação, mesclando com o que realmente pareceu importar logo na primeira vez que ela descreve a lembrança do principal sobre a principal: o desejo sexual. Mesmo não sendo a primeira vez que vejo um enredo com este tema, ou uma shortfic restrita bem elaborada, a autora não pode deixar de receber créditos por ter apresentado um conteúdo de qualidade. É possível perceber, no cuidado da escolha das palavras e formulações das frases, que ela se dedicou à escrita. Para mim, qualquer autora que se dedica, merece créditos.

Aspectos negativos: Mesmo com todos os aspectos positivos pulando da tela, houve um, em particular, que deixou a desejar. Estou falando do equilíbrio entre diálogo e descrição. Quando a história não é para ser comprida, é importante que haja esse meio-termo, principalmente porque a leitura deve, além de prender, ser prazerosa. Com uma imensa quantidade de descrição até chegarmos no diálogo entre os personagens principais – praticamente o primeiro da história – estava ansiosa demais para a parte em que houvesse qualquer tipo de conversa, nem que fosse entre dois policiais ou dois criminosos. Esse fato fez com que a história acabasse sendo muito mais pesada do que se somente carregasse o peso do enredo.
Com relação à gramática, mesmo em sua maioria sendo surpreendente, vi alguns erros de pontuação, coesão e repetição de palavras.
O final (bônus) foi um tanto confuso e me pergunto se necessário. Ele, ao mesmo tempo que deu a intenção de haver uma continuação, não me pareceu um final. Talvez se a cena tivesse sido escrita de uma outra maneira, mais elaborada e repleta de emoções como foi o início da história, poderia ter obtido um sucesso maior em fechar com chave de ouro. Inclusive fui até o comentário da autora verificar se havia alguma notícia sobre uma segunda parte, mas não havia nada. A autora havia feito um ótimo trabalho finalizando a história de uma maneira simples e completa, mas ao adicionar a cena de seis meses depois, acabou por quebrar todo o encanto que deu duro em oferecer durante todo o desenvolvimento.

Dica: Autora, é da sua escolha decidir a quantidade de diálogo e descrição da sua história, mas estou dando meu ponto de vista como uma leitora que gostou muito do seu modo de escrita! Você tem muito potencial para escrever um suspense longo, ao invés de shortfics. Uma maneira de trabalhar com o excesso de descrição, se você achar que está bom assim, é dividir a short em mini capítulos. O ato de mudar de capítulo ajuda o cérebro a respirar entre uma página e outra. O Espaço Criativo possui essa característica maravilhosa de dar esse privilégio ao autor de esperar a página atualizar para ler o próximo capítulo, dessa maneira, temos chance de processar o que acabamos de ler e deixar a mente preparada para o que vem em seguida.
Apesar disso tudo, você ganhou uma leitora que acompanhará suas histórias daqui para frente, pois se você foi bem com um tema que particularmente acho dificílimo de desenvolver, tenho certeza que irá arrasar com outros mais. Parabéns!

– Crítica por: Jess

O site possui a permissão do autor em elaborar postar todas as críticas divulgadas em nosso domínio.
Leia outras críticas aqui.

CAMPANHA: VAMOS DAR TRABALHO ÀS BETAS!
ENVIE SUA HISTÓRIA PARA NÓS! CLIQUE AQUI.

[WWW] O Game das Leitoras está de volta!
[WWW] Adote/doe uma ideia!
[WWW] Vagas abertas! Inscreva-se!
[WWW] Peça sua capa/crítica/trailer!

Posted in: Críticas
Tags:

Comments

Be the first to comment.

Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*