Como Funciona – Destaque TOP Fics

jan. 2, 2018 by

Coluna criada pela administração.

Desde o início, o Espaço Criativo conta com uma área de destaque chamada TOP Fics ou TOP Histórias. Nela, uma lista com 10 colocados recebe uma atenção maior em na página principal do site.
A colocação é definida com base em um sistema automático de análise, que verifica o número de visitas que a página recebeu em um determinado tempo (mês e ano).
Até o ano passado (2017), a seleção do TOP Fics era feita somente na lista das 10 histórias que constavam nos primeiros lugares da análise, sendo atualizada quinzenalmente.

O QUE MUDOU?

Agora que você já sabe como funcionava a seleção no ano passado, vamos entender como o TOP Fics funcionará a partir deste mês (Janeiro/2018).
O método de análise continuará sendo baseado no sistema automático, contudo, a seleção irá diferir um pouco do que era em 2017, para investirmos mais na divulgação, conforme informamos no lançamento da última versão do site.

1. NOVAS HISTÓRIAS

Durante o ano passado, acompanhamos todas as histórias que entraram no TOP Fics e chegamos à conclusão de que a lista raramente possuía novas histórias, sendo que, quando havia, eram aquelas que haviam saído na semana anterior, parecendo haver um ciclo fechado de determinadas histórias com mais visualização.
Sendo assim, uma mesma história poderá permanecer somente 3 meses SEGUIDOS em nosso TOP Fics, independente de sua colocação. Ele poderá retornar depois de 2 meses, caso permaneça entre os 10 mais visitados, para que os visitantes e leitores da história possam saber que suas visitas continuam sendo importantes.
Essa decisão faz com que novas histórias tenham a oportunidade de entrar no TOP Fics, além de criar uma diversidade maior na lista de divulgação do site.

2. SOMENTE HISTÓRIAS ATUALIZADAS

Diferente dos demais destaques, o TOP Fics não aceitará histórias que esteja em hiatus, a fim de valorizar fanfics da qual os autores se esforçam em manter atualizadas.
Além disso, histórias que acabaram de sair do hiatus deverão atualizar 2 ou mais vezes para entrar no TOP Fics.
O Espaço Criativo acredita que, para uma fanfic ser considerada TOP, é necessário mais do que muitas visualizações. É preciso também dedicação do autor em manter sua história atualizada. O leitor que desejar ler uma nova história, poderá apostar no TOP Fics para encontrar uma fic que seja atualizada com uma boa frequência, sem correr o risco de ver o enredo que tanto gosta sem atualizar por mais de 6 meses.

3. DIVULGAÇÃO

As fanfics listadas no TOP Fics receberá uma atenção extra na divulgação feita pelo site nas redes sociais. Autores que se dedicam às suas histórias e aos seus leitores, evitando deixar a fanfic sem atualizar por muito tempo merecem uma atenção dedicada do site.


O que você está esperando para atualizar suas histórias ou enviar novas para o site? O TOP Fics é somente uma das dezenas de maneiras de você ter sua fanfic em destaque no site!
Leia nossas colunas para aperfeiçoar sua escrita ou sair daquele bloqueio. Abaixo, indicaremos as colunas com mais visualização para que você expanda seu conhecimento:

E se você já está enfrentando problemas de bloqueio ou insegurança, aproveite o Brainstorm, um projeto em que tutoras aguardar sua inscrição para auxiliar a ultrapassar qualquer barreira que esteja impedindo você de postar ou atualizar sua história!

Envie sugestões para as próximas colunas: formulário de sugestões

A Profissão do Meu Personagem

dez. 26, 2017 by

Ao escrever, os autores traçam algumas características dos personagens e entre elas está a profissão que eles exercem. Quando o emprego não tem influência grande na história, os cargos costumam ser os mais genéricos possíveis: secretárias, advogadas, empresários, garçonetes, médicos… Há um grupo de profissões que forma um padrão que é constantemente encontrado no mundo da escrita. Ainda há os cantores, os atores e os artistas em geral, os quais costumam ser bem sucedidos na maioria de suas carreiras. Mas, ao desejar escolher uma profissão não clichê, as dificuldades aparecem. Como, então, escolher o ganha-pão dos personagens?

A primeira coisa a se fazer é avaliar a personalidade do personagem. É difícil imaginar um personagem misterioso que trabalha como publicitário, por exemplo, assim como pensar em alguém extremamente tímido ser vendedor de sapatos. A partir das características mais marcantes da pessoa, pode-se tirar um trabalho que explore a qualidade ou defeito do protagonista.

Outra coisa que deve ser lembrada é a influência que a carreira tem sobre o olhar que o leitor terá sobre seu herói; até mesmo pode inferir quem ele é. Se a personagem x é uma militar, podemos entender que ela é bem durona; se ela é estilista, imaginamos que seja alguém criativa, que goste de cores e de coisas novas. É claro que isso se dá a partir de estereótipos, mas é interessante o autor usar isso ao seu favor na construção de sua história.

Há também a interferência do enredo no personagem. Se as cenas se passam na faculdade, é interessante mostrar protagonistas antagônicos em suas escolhas de curso como engenharia civil e pedagogia. Se é o enredo pede um encontro em um clube à noite, um dos personagens pode ser um vigia ou recepcionista, e assim por diante. É importante lembrar que nem todos as pessoas na vida real vão a faculdade e que podemos usar como ponto de partida profissões que são marginalizadas e que contém salários mais modestos. Soldadores, funcionários de comércio, motoristas de ônibus, cinegrafistas, produtores musicais, compositores desconhecidos, ilustradores de livros infantis… Há uma infinidade de profissões esperando para serem explorados a espreita. Apenas é necessário pensar um pouco em quem o personagem é e no que a história pede/permite.

No livro Encanto da luz, da autora Nora Roberts, o protagonista, vulgo Grant Campbell, é um autor de quadrinhos que criava tirinhas para um jornal famoso, embora mantivesse seu nome em anonimato. Desde o começo da trama vemos como essa profissão reflete, de certa forma, o caráter de Grant e seus sentimentos no decorrer da história. Antes de escrever, é visível que a autora fez seu dever de casa ao pesquisar mais sobre o emprego dele e não deixou de lado essa característica peculiar do personagem. Ao escolher a ocupação do(a) herói/heroína, lembre-se de pesquisar o suficiente para mostrar segurança ao leitor da obra, procurando saber desde o que o profissional faz a quanto, em média, ele ganha.

Inspirações para a escolha das profissões estão ao redor de você o tempo todo! Se parar para analisar, todos produtos que são usados no dia-a-dia passam por profissionais de todas as áreas. Cabe a você, autor, ficar atento a existência deles.

Por fim, devemos reconhecer a influência que a profissão pode causar no enredo e que ela pode ser um reflexo da personalidade do personagem. Diante disso, devemos, também, usar a criatividade para escolhê-la na história, lembrando da importância que cada um dos profissionais têm e quão bem explorados seus trabalhos podem ser nas mãos de um bom autor.

DICAS DE PROFISSÕES:

Engenheiro cartográfico, farmacêutico, cartunista, consultor de marketing e mídias, contador, webdesigner, vendedor de sapatos, eletricista, banqueiro, atendente de loterias, geógrafo, lixeiro, professor particular, hoteleiro, designer de sobrancelha e etc.

Coluna por Maraíza Santos


First Sensibility {Asiáticos, EXO, Finalizada}

dez. 11, 2017 by

First Sensibility {Asiáticos, EXO, Finalizada}

Nota: (4 / 5)

RAZÕES PARA LER: A história tem um enredo muito interessante e é gostosa de se ler. Apesar de estar classificada com uma banda em específico, pode ser lida com qualquer artista coreano. O final foi ótimo, não esperava por ele daquela forma.

O QUE PODE MELHORAR: A história possui alguns erros gramaticais e de digitação, assim como alguns verbos conjugados de forma indevida. A autora precisa tomar cuidado também com o uso das vírgulas que pode causar uma leve confusão no sentido da frase quando colocada no lugar errado. Observei que alguns nomes/sobrenomes eram fixos, incluindo o nome “Suho” que é um dos integrantes do EXO, caso ele fosse meu favorito poderia haver uma grande confusão.

DICA: Como a história tem elementos de uma cultura não muito conhecida aqui no Brasil, seria legal se a autora colocasse uma nota de rodapé com o significado das palavras estrangeira e a forma como se pronuncia cada uma. Também poderia ser avisado na tabela da história que alguns nomes e sobrenomes são fixos e quais.

SUGESTÃO DE COLUNA: Dicas de Ortografia – A vírgula de cada dia
Dicas de Ortografia – Concordando com o Verbo
Eu, você e os tempos verbais
O que vem depois do travessão
Dicas de Gramática – Colocação Pronominal

– Crítica por: Eve

O site possui a permissão do autor em elaborar postar todas as críticas divulgadas em nosso domínio.
Leia outras críticas aqui.